“Alone Yet Not Alone”: Filme cristão indicado ao Oscar é desclassificado da premiação

0

O filme cristão “Alone Yet Not Alone”, que surpreendeu o mundo ao ser indicado ao prêmio máximo do cinema na categoria Melhor Canção Original, pela música que leva o título do filme, foi recentemente desclassificada da premiação, e não mais concorrerá ao Oscar.

O anúncio da desclassificação da música, composta por Bruce Broughton e que tem letra de Dennis Spiegel, foi feito essa semana pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

De acordo com as informações da Academia, a canção foi desclassificada, pois seu compositor “mandou e-mails para membros do comitê interno que cuida do ramo musical da Academia para torná-los cientes da candidatura, durante o período de votação”. O comunicado afirma que, devido ao e-mail, a música teve uma “vantagem injusta” em relação às suas concorrentes, pois Broughton já foi líder do comitê, e ainda é membro do grupo.

– Não importa o quão bem-intencionada foi a comunicação, mas usar a influência de ser um ex-líder e atual membro do comitê para obter vantagem pessoal na candidatura cria uma impressão de vantagem injusta – declarou Cheryl Boone Isaacs, presidente da Academia.


Em resposta à desclassificação, Bruce Broughton disse, em uma declaração que teria aparecido em sua página no Facebook, que ele se sentia como “o alvo de uma campanha para desacreditar uma canção cuja indicação pegou as pessoas de surpresa.”

– Eu promovi a mais simples campanha, e isso se virou contra mim quando a música começou a ganhar atenção. Eu fui vencido por uma competição que tinha meses de promoção e propaganda por trás. Eu simplesmente pedi às pessoas que conhecessem a canção e a levassem em consideração – afirmou o compositor, segundo o Christian Headlines.

A cantora evangélica Joni Eareckson Tada, que interpreta a música, ainda não se manifestou sobre a decisão. Tetraplégica, Tada é tida como um ícone da música gospel norte-americana, e considerada um exemplo inspirador por cantar de maneira ímpar, apesar de ter sua capacidade pulmonar limitada devido à sua deficiência.

Segundo a Academia, nenhuma canção será indicada para substituir “Alone Yet Not Alone” na premiação.

Por Dan Martins, para o Gospel+

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA