Em Fortaleza, autoridades entregam chave da cidade a evangélicos durante a Marcha Para Jesus

4

Alguns dos principais líderes evangélicos de Fortaleza (CE) receberam das autoridades, no último sábado, 28 de maio, as chaves da cidade. A entrega, simbólica, aconteceu durante a Marcha Para Jesus.

O evento reuniu uma multidão de fiéis, além de artistas e pastores que se apresentaram nos trios elétricos e também na concentração. Um flash mob com aproximadamente 150 jovens marcou o início da Marcha: “Eles (jovens) são cheios de alegria, e têm sido dedicados dentro da igreja”, disse o pastor Francisco Paixão, presidente da Ordem dos Ministros Evangélicos do Ceará (Ormece), organizadora do evento.

A ministração da Palavra ficou a cargo do pastor Abe Huber, que fez um apelo ao final da mensagem e centenas de pessoas se converteram ao Evangelho, de acordo com informações do portal Guia-me.

“Nós tentamos influenciar os jovens, buscamos preparar a próxima geração. Buscamos fazer uma música boa, que não fique apenas aqui nesse palco, mas que também chegue ao Céu, tem que sair do coração […] O mais importante é que o louvor de cada um seja entregue ao Rei dos reis”, comentou o ministro de louvor Josenias Freire. “Nós passamos pela região do Trilho e vimos tantas pessoas nos prédios, com os braços abertos e isso aí não tem preço. A gente está aqui pra agradecer pelo que Jesus fez na cruz”, acrescentou.


O vereador Elpídio Nogueira (PSB) e o atual Secretário de Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, representaram o prefeito Roberto Cláudio na entrega simbólica da chave da cidade aos pastores.

“Com muita alegria, nós viemos aqui, representando o prefeito Roberto Cláudio, porque ele pensa, acredita e tem a firme convicção de que os evangélicos são uma força poderosa, que trabalha pelo bem da nossa cidade, pregam o bem, fazem o bem e têm muitas obras sociais”, disse o vereador. “Com isso, simbolicamente, ele [prefeito] entrega a chave da cidade para dizer que as portas da cidade estão totalmente abertas para o Evangelho. O prefeito recebe o povo evangélico como parte e como uma ação construtiva da nossa cidade”, acrescentou.

O pastor Paixão comentou o gesto: “Eu me baseio muito no poder da Palavra. A Bíblia nos mostra que a palavra que sai da nossa boca tem poder. Quando eu vejo uma atitude dessa, que o prefeito, mesmo não conseguindo vir, envia representantes para nos entregar essa chave, percebemos que isso é uma expressão de alma, uma expressão de poder. Como ele é uma autoridade, eu acredito no campo espiritual, algo forte esteja acontecendo”.

4 COMENTÁRIOS

    • Concordo. Mas tem que entregar aos católicos vários mois de corda quando do sírio de nazaré. Cada um com a sua palhaçada? Então qual é a tua?

DEIXE UMA RESPOSTA