Governo federal ordena liberação de verba para entidades cristãs que trabalham na recuperação de dependentes químicos

6

O governo federal decidiu liberar recursos para as comunidades terapêuticas ligadas a denominações evangélicas e católicas, através da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad).

A decisão ocorre às vésperas da votação do projeto de lei que prevê internação compulsória para dependentes químicos.

As organizações não governamentais que gerenciam centros de recuperação e tem seu trabalho comprovadamente bem sucedido, estão agora numa lista que será analisada até junho pelo secretário interino, Mauro Roni Lopes da Costa.

Em entrevista ao jornal O Globo, Costa afirmou ser “uma questão de honra” que os projetos sejam analisados e classificados para a assinatura dos convênios, que viabilizarão o repasse das verbas.


Costa disse ainda que a ordem para que essas entidades recebam recursos da Senad veio diretamente da presidente Dilma Rousseff, através da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman: “[A orientação é] que se pactue logo, que se viabilize logo a política pública, e elas têm razão. Estamos fazendo isso, correndo atrás, todo mundo trabalhando. É ordem deles que essa é uma ação prioritária, e assim nós iremos encarar e assim nós temos feito”, pontuou.

A decisão do governo de repassar verbas para as comunidades terapêuticas ligadas a igrejas causou contrariedade na antiga responsável pela pasta, Paulina Duarte. Devido a essa nova diretriz, a ex-secretária deixou o cargo sob argumento de que assumirá uma nova função na Organização dos Estados Americanos, em Washington.

O pastor Everaldo Dias Pereira, vice-presidente nacional do Partido Social Cristão (PSC), afirmou em seu blog que a decisão pode ser apenas uma estratégia política.

“É aquela história do ‘leite derramado’ que aqui se aplica. Ou seja, dizer: Por que só agora? Será que é apenas porque o Planalto começa a perceber que vem desagradando aos evangélicos e que eles já começam a ficar ressabiados com a presidente Dilma e tendendo a mudar de voto? Será que eles vêm com essa história de liberar verba pra recuperação de dependentes químicos pensando que os evangélicos não têm senso crítico? A possível iminência da perda do apoio evangélico deve estar mesmo tirando o sono das equipes palacianas”, afirmou o pastor, que é um dos cotados para ser o candidato do PSC à presidência da República em 2014.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

6 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de ser feito num momento estratégico, é muito útil para a sociedade.

    A instituição que mais recupera viciados em drogas é a igreja, pena que o governo esperou estrategicamente por esse momento.

  2. Muito boa a decisão. P/ futuros problemas onde será gasto a verba fornecida, é mais do q necessário a fiscalização do emprego das verbas sobre as igrejas!

  3. ola. não so afavor porque sedi o direito das igrejas ser fiscalizada no seus gastos esso pode gerar desconfiaça da população e as pessoas que ja ajuda as igrejas não mais ajuda por causa dessa verba e muitas igrejas ser prossesada por algum motivo banal sem fundamento

  4. ola.não sou a favor de verba para istituição como igreja porque no dia em que a igreja permiti ela esta fexando as portas pois sera fiscalizada ao ponto de fechar as portas se população duado o inimigo ja fica furioso imagina se o guverno dua so vai da pastores e padres presos por fiscalização inlisctas e de ma fe

  5. A PAZ!

    …………………………………………..”SOU TOTALMENTE CONTRA!”…………………………………………

    Os desvios seriam fatais, e as seleções também, aquele pode, esse não, aquele e de nossa Igreja, esse não, somente se for dízimista e se cadastrar em nossa Igreja, etc…

    Relação Governo + Verbas + Igrejas nunca terá fim bom, existem intenções pessoais e ganânciosas nesse meio. E isso e 99% de acerto, 1% são os que serão apontados e vão pagar o preço. os outros farão conchavos, isso e certo.

    Quando procurar Médicos, Dentistas, Advogados, aprendi que os da Igreja e “fria”, funcionários e fria, raramente dão certos porque serem da mesma Igreja logo vem o querer de vantagens, e a aproximação em demasia, Igreja e para Evangelização, Louvor, e a Palavra e as visitações devem ser para ajuda e orações com tempo somente para o propósito e nada de cafézinho!, isso vira fofoca, diz que diz, E FATAL.

  6. Repassando verbas o governo sai no lucro. Senão vejamos: instalações apropriadas, empregados, médicos,enfermeiras, psiquiatras, psicologas, fisioterapeutas, corpo administrativo, alimentação,medicação, água, luz. Esqueci alguma coisa?… Não faz mais que a obrigação, para isso são os impostos pagos por nós, cidadãos, ou não?. Tomara que o valor que economizou seja empregado na saúde ou educação. Quando ele repassa mal dá para pagar o mínimo dos gastos. Digo isso porque trabalhei em serviço público, meu trabalho era fazer a conferencia (de acordo com as cláusulas estipuladas no convênio) da documentação dos gastos efetuados. ( entidades como Apae, São Vicente de Paulo, Sta Casa, etc.)

  7. Clarita, e vc o que tem para apresentar a Deus naquele dia, será estatistica! Outro dia, conversando com um senhor dependente quimico que dormia dentro de um carro abandonado, o mesmo aceitou ajuda e levamos ele a emergencia de um hospital para tirar os bichos de pé que ele tinha, isto após recusas em postinhos de saúde que ficaram com nojo de tirar, depois levamos a um centro de recuperação chamado ágape, e conseguimos interna-lo, após fazermos alguns documentos que a vigilancia do governo exige. No outro dia o responsável do centro me ligou pedindo para que se havia a possibilidade de levar este paciente p/ fazer os curativos, pois o centro fica distante da cidade. E conversando com o responsável o mesmo me falou que não tinha um carro para levar, ai eu perguntei se eles não tinham ajuda do governo, ele me falou que o governo mandou foi fiscal da vigilacia sanitária, que exigiu que colacasem um exaustor na cozinha e no momento ele não tinham o dinheiro nem para isto. E foi assim pegamos ele levamos novamente ao hospital que queria cobrar os curativos. Enfim compramos alguns remédios e levamos ao centro e o mesmo esta lá. junto com outros em recuperação. Não coloquei este relato para receber glória de ninguém mas para que sirva de um pequeno exemplo.

    • OPs..nessa eu entro também…a luta de familias que tem dependentes em casa é grande, e o governo tem que ajudar sim….poderia começar assim….os traficantes que tem bens e muita grana, esse dinheiro deveria ir direto para este fim…assim os traficantes perderiam tudo na recuperação de viciados, quando mais viciados mais a repressão contra as drogas e os traficantes e tomar tudo deles, onde já se viu traficante morar bem e ter carrão, mansões e etc…tira tudo e investe na recuperação dos drogados e isso tem que acabar…..

DEIXE UMA RESPOSTA