Grave acidente em rodovia federal mata família evangélica e outras duas pessoas

1

Uma família evangélica morreu em um grave acidente de trânsito na rodovia BR-364, no Acre, após o carro em que viajavam colidir contra uma carreta. Ao todo, sete pessoas faleceram.

Rony Sandro da Silva, 39 anos, e sua esposa, Samirene Simão, 33 anos, viajavam na companhia dos filhos Ana Kevelkyn Simão, 13 anos, Ane Kemellyn Simão, 9 anos e Kaio Davi Simão, 8 anos, na rodovia federal, no sentido Porto Velho (RO) a Rio Branco (AC), quando houve a colisão.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que apenas o laudo pericial poderá esclarecer as causas do acidente, segundo informações do G1. Duas pessoas que estavam no caminhão também perderam a vida, mas não foram divulgados detalhes sobre a identificação delas.

“Eles já estavam voltando para casa, quando o acidente aconteceu. A família está acabada, porque sempre procuramos estar juntos. Eles são evangélicos e não sabemos ainda o que pode ter acontecido”, lamentou Jaqueline Simão, irmã de Samirene.


Nas horas vagas, Rony era instrutor de Tae-kwon-do em um projeto social que atende, gratuitamente, 150 jovens do bairro Wilson Ribeiro.

Leonardo Teixeira, 31 anos, afirmou que Rony era habituado a trafegar nas estradas do estado, e não acreditou quando soube da notícia: “A gente começou a ligar para o telefone da mulher, quando alguém do IML [Instituto Médico Legal] atendeu e nos informou do acidente. Uma tragédia, o Rony era uma pessoa maravilhosa, um pai de família exemplar. Uma tragédia”.

“O Rony nunca deixou faltar nada para os filhos e para ela. Era um marido exemplar. Agora vamos receber cinco corpos, um já é doído, imagina cinco”, comentou a sogra dele.

Família Simão
Família que faleceu no acidente

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA