Vítima de grave atropelamento, idosa atribuí a Deus o fato de ter sobrevivido: “Tenho que agradecer a Deus por estar viva”

1

Nessa terça feira (26), uma senhora de 64 anos foi vítima de um grave atropelamento no centro de Maringá (PR). Ao ver as imagens do acidente, a idosa afirmou: “tenho que agradecer a Deus por estar viva”.

Mirtes de Oliveira Podesta aguardava para atravessar a rua quando foi atingida por um táxi Renault Fluence que teria cruzado a preferencial atingindo um Chevrolet Agile com três pessoas, duas delas crianças. Com o impacto com que foi atingida, a idosa foi arremessada a uma distância de cerca de 10 metros, sofrendo fraturas no pé, nos dois antebraços e uma fratura exposta na tíbia.

Ao reconhecer que o acidente poderia ter sido fatal, depois de ver imagens do momento em que foi atingida, gravadas por câmeras de segurança, Dona Mirtes atribuiu a Deus ter sobrevivido ao atropelamento, e ainda pediu mais consciência dos motoristas em relação à vida.

– É, tenho que agradecer a Deus, por estar viva. Espero que esses motoristas aí tenham um pouco mais de consciência com a vida dos outros, entendeu? – afirmou, ao assistir à cena do acidente.


Assista às gravações do momento do acidente, feitas por câmeras de segurança:

Assine o Canal
Assine o Canal

Por Dan Martins, para o Gospel+


1 COMENTÁRIO

  1. E qual a novidade disso a maioria do povo quando acontece isso da graças a Deus,graças a Deus ja virou modo de falar,mais isso nao quer dizer que servem a Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA