Igreja Perseguida: Pastor é severamente agredido por levar a Palavra às pessoas, mas avisa que continuará com seu ministério

1

Um pastor evangélico de uma aldeia na região Central do Vietnã foi severamente agredido no mês passado por um grupo de bandidos, por causa de sua pregação e seu trabalho evangelístico na região. Identificado como Vinh (nome fictício), o líder religioso foi obrigado a se ajoelhar diante de seus agressores, o que em sua cultura significa admissão de culpa e rendição a uma autoridade.

Por se recusar a se ajoelhar, o jovem pastor, de 24 anos, foi colocado de joelhos pelo líder do grupo de agressores, e recebeu um forte golpe. Além de uma série de golpes em seu joelho, o líder da gangue bateu também duas vezes na mandíbula de Vinh, usando o cabo da arma. O Jovem pastor caiu de bruços na sarjeta, e os bandidos fugiram do local.

A mandíbula do religioso foi quebrada em quatro partes, e ele passou várias semanas no hospital, sem sequer conseguir comer alimentos sólidos.

Vinh abriu uma igreja em janeiro de 2012, logo após se formar como pastor e, em seis meses, sua igreja cresceu muito. O crescimento do ministério chamou a atenção das autoridades locais, que consideram qualquer reunião organizada como uma ameaça à segurança nacional.

De acordo com a missão Portas Abertas, as autoridades de aldeias tribais do Vietnã, muitas vezes, contratam bandidos para ameaçar e desencorajar os pastores, como forma de evitar a implantação de novas igrejas.

Dois dias antes do ataque, o pastor havia participado de um programa de treinamento pastoral ministrado pela Portas Abertas Internacional, na capital do Vietnã, Ho Chi Minh, e foi considerado por seu pastor como um dos alunos mais promissores do curso.

Gravemente ferido no hospital, Vinh se recusou a passar por cirurgias, por acreditar que sua fé seria o suficiente para curá-lo. Ele relata que sua fé teve resultados pois, certa noite ele viu Jesus Cristo à sua cabeceira, e quando acordou na manhã seguinte sua mandíbula estava curada.

Um colaborador do Portas Abertas no país afirma que o pastor já está em plena recuperação, e que “ele está se preparando para voltar à igreja que ele abriu para dar continuidade ao ministério pastoral”.

Redação Gospel+

1 COMENTÁRIO

  1. Como os cristãos se dizem perseguidos se eles são a Maioria da população Da terra ?

    Os cristãos dos seculos 18 e 19 Mataram pessoas de outros povos que não professassem a sua fé em cristo. Exemplos os aborígenes Austrália Quase foram extintos por causa da evangelização dos protestantes. Os ingleses trataram os aborígenes com racismo e foram violentos com eles. Praticaram massacres enormes, decretaram leis discriminatórias e a sua imposição religiosa quase acabou com seus cultos animistas. Em 1806, o racismo dos colonizadores e soldados os levou a violar locais sagrados aborígenes e a caçar aborígenes por prazer. Em meados dos anos 1900, com a Austrália já independente da Inglaterra, a discriminação racial contra qualquer indivíduo que não fosse de ascendência inglesa continuava.

    • Ilton Will, de onde você tirou essa estatística inexistente de que cristãos são a maioria da população da terra? Veja o Brasil, como exemplo em que apenas 20% do povo é cristão evangélico, e outros tantos são católicos APENAS NOMINAIS??

  2. O Vietnã é predominantemente budista, a iluminação dos ensinamentos de Buda tem dado paz e desenvolvimento pleno a este país desde o término da guerra em 1975, guerra esta provocada iniciada e patrocinada por uma nação de maioria branca e cristã.Deixem o Vietnã em paz.Nem mesmo comunismo conseguiu modificar a natureza pacífica deste povo, visto que a economia de livre mercado impulsionou seu crescimento desde o início dos anos 90.Que prepotência essa dos missionários cristãos de se acharem no dever de dominar a expressão religiosa de todos os povos do mundo!!!

    • Se há vietnamitas crendo em Jesus significa que, para eles, o budismo não tem trazido paz para suas almas, não tem respondido às questões existenciais inquietantes. Ademais, há décadas o ocidente cultiva a ideia romântica de que budistas são pacíficos. Os fatos desmentes esse mito, não porque eles são budistas, mas simplesmente porque são seres humanos. A "paz" existe em uma localidade até surgir o outro diferente, o contraditório e talvez Myanmar seja o caso mais notório desse fato. Em Myanmar, país de maioria budista, a perseguição às minorias cristãs e muçulmanas é implacável. As minorias são obrigadas a conversões forçadas! Onde se vê cristão fazendo isso? Em lugar nenhum.

    • Mas é o que este pastor esta fazendo, ele esta cumprindo o ide da forma q Jesus nos ordenou. Ele só foi agredido pq em apenas 6 meses a igreja teve um grande crescimento de membros e isto trouxe medo aos lideres do governo . Se o Vietnã fosse tão pacifico este pastor n teria sido agredido da forma q foi. Este pastor n cometeu nenhum crime, a n ser q seja considerado crime anunciar o nome de Jesus Cristo, q é o NOME sobre todo nome, o único SENHOR.

  3. Eu sou totalmente contra os missionários. Sou a favor que as comunidades tradicionais, povos indígenas entre outros expulsem estes criminosos das suas terras. Eles vem para distruir as culturas tradicionais. Dizem que trazem a verdade mas, acabam levando doenças físicas e mentais para os povos tradicionais.

    • "Criminosos"? São criminosos apenas porque você discorda deles? Eles têm o mesmo direito de fazer proselitismo que você. Ou você acha que não faz proselitismo a favor de suas ideias, ideologia, etc…?

    • Prezada Sra. Gislene Neves, pelo seu comentário no mínimo simplório (para ser educado) consegui perceber que você nunca leu a Biblia. Eu tive o praze de fazê-lo e só vi contradições, incitação ao ódio, racismo, machismo, sexismo e homofobia. Agora, acredito eu, como a maioria da população no Brasil não tem uma formação crítica na escola, não conseguem fazer uma leitura adequada do documento histórico. Desculpe-me se fui ríspido mas a falta de conhecimento básico nas áreas de filosofia, antropologia, história e até mesmo teologia que você demonstra me obriga a sê-lo.

    • Prezada Elaine Coimbra,
      Eu considero que o importante é ser feliz. Se você é feliz acreditanto em "Deus", se isto te faz bem é o que importa! Eu sou agnóstico e sou feliz assim. O que não adimito é a imposição de crenças religiosas com fazem os missionários. Infelizmente o problema é muito mas profundo envolve questões filosóficas, históricas, políticas e culturais. Acredito que o serviço missionário de qualquer denominação cristã só trouxe desgraça para vários povos. Incluo nestes povos os nossos antepassados indígenas e negros.
      Amar é aceitar o outro como ele é, sem tentar impor a sua verdade. Quem ama conversa nao impõem, não é verdade?

  4. Vivemos em um mundo de completa inversão de valores. Uma pessoa é severamente agredida. Quebraram sua mandíbula em quatro partes e ainda assim, ele é taxado de "criminoso", ao invés de seus agressores…….O que será que está acontecendo? De onde vem tanta insensibilidade????

  5. Td bem, cada um tem sua opiniao, mas só digo uma coisa vcs q estao criticando os missionarios se lembrem q um dia vao "pagar contas com deus"

  6. GLÓRIAS A DEUS!!!

    SATANÁS ESTÁ FURIOSO, MAS ELE NÃO VAI IMPEDIR QUE UM AVIVAMENTO DE PROPORÇÕES GIGANTESCAS ALCANCE NAÇÕES COMO O VIETNÃ!

    SATANÁS TENTARÁ LEVANTAR TODO TIPO DE PERSEGUIÇÃO CONTRA OS MISSIONÁRIOS, MAS TODAS AS TENTATIVAS SERÃO FRUSTRADAS.

    DEUS ERGUERÁ O SEU POVO SOBRE A TERRA!!!

  7. Amém mesmo assim jesus ama você, as pessoas sabem que Deus existe so não querem aceitar. O fato de negar a gloria Deus homens é muito dolorosa para dar a gloria a Deus. Mais enfim ele é que vivifica nosso corpo, tenho fé que ele voltara e tudo isso valera apena amados irmões que estão em outros lugares.

  8. Amém mesmo assim jesus ama você, as pessoas sabem que Deus existe so não querem aceitar. O fato de negar a gloria Deus homens é muito dolorosa para dar a gloria a Deus. Mais enfim ele é que vivifica nosso corpo, tenho fé que ele voltara e tudo isso valera apena amados irmões que estão em outros lugares.

DEIXE UMA RESPOSTA