Jean Wyllys estaria com medo de não ser reeleito devido a estratégia do pastor Silas Malafaia; Entenda

31

O deputado federal e ativista gay Jean Wyllys estaria preocupado com uma suposta estratégia do pastor Silas Malafaia para impedir sua reeleição no próximo ano.

Como em 2010 Wyllys obteve pouco mais de 13 mil votos e foi eleito apenas pelo coeficiente eleitoral, sendo carregado pela expressiva votação de Chico Alencar, agora sua equipe estaria preocupada com a possível candidatura do pastor assembleiano Jefferson Barros.

De acordo com informações do jornalista Lauro Jardim, da Veja, Wyllys desconfia que a filiação do pastor Barros em abril deste ano seria parte de uma estratégia de Malafaia para tirá-lo da Câmara dos Deputados na próxima legislatura.

Com o apoio dos evangélicos, Jefferson Barros poderia ter votação superior à de Wyllys, e caso Chico Alencar repita seu desempenho nas urnas, o pastor tomaria o lugar do ativista gay e ex-BBB.


Em sua coluna Radar Online, Jardim não publicou nenhuma declaração das pessoas citadas, lembrando apenas que Malafaia e Wyllys já trocaram farpas públicas devido ao polêmico PL 122, em votação no Senado.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

31 COMENTÁRIOS

    • não se pode falar de alguém se baseando so em achismos sem conhecer a pessoa realmente.nos ouvimos falar q eles fazem isso q eles fazem aquilo, mas sabe-se la se e verdade e se for verdade já tem quem os julguem .

    • Se for para pregar o amor ao próximo também teremos que alerta-las que Deus abomina relações homossexuais, eu acredito que Jean Wyllys será apenas uma vaga lembrança, é claro que isso chega a dar piripaque em seus seguidores, é normal, quanto falta argumentos a imaturidade das pessoas acaba falando mais alto rss…, by by Jean, ameiiii te conhecer KKKKKKKKK….

  1. Ministério Público do RJ denuncia casal por ato obsceno na ‘Marcha das Vadias’ durante a visita do de Francisco ao Brasil.

    O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) informou na noite de segunda-feira (9) que denunciou um casal que danificou imagens de santos na Marcha das Vadias que aconteceu no dia 27 de julho em Copacabana, durante a Jornada Mundial da Juventude. Eles foram denunciados por prática de ato obsceno em local público e de preconceito de religião.

    Eles tiraram as roupas, quebraram as imagens e ainda sentaram na cabeça de uma delas. A marcha ocorreu durante a concentração de peregrinos para a 1ª missa da Jornada Mundial da Juventude com o papa Francisco.

    Segundo o texto da denúncia, o casal demonstrou intolerância religiosa com os católicos presentes ao evento. “Os denunciados, com consciência e vontade, vilipendiaram publicamente santos e imagens católicas, quebrando-os intencionalmente para demonstrar o seu desprezo e preconceito pela religião católica”.

    A Marcha das Vadias reuniu cerca de 1.500 pessoas na orla de Copacabana. As ativistas protestavam contra a política da Igreja Católica e reivindicavam o Estado laico. Durante a marcha houve, distribuição de camisinhas, mulheres se beijando e cartazes a favor do aborto

    A ação do casal que quebrou as imagens não teve relação com as organizadoras do evento, segundo nota em sua página do Facebook. “Tínhamos o compromisso com a segurança das pessoas e fizemos tudo o que esteve ao nosso alcance para garantir isso, seja de quem estava apenas marchando, seja de quem estivesse performando. Acreditamos e defendemos a liberdade de expressão artística, religiosa, de consciência, de pensamento, de crítica, de vestimenta, e todas as liberdades civis individuais e coletivas garantidas pela Constituição Cidadã de 1988″, dizia o texto.

    O artigo 6º da Constituição diz que ”é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”.

    O artigo 208 do Código Penal prevê pena de prisão de um mês a um ano, ou multa, para quem “vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso”.

  2. Confesso que fiquei pasmado quando soube que esse cara tinha virado deputado, só porque participou de um programa de TV.E ainda por cima fez feio, só criticou os evangélicos e provocou polemicas não só dentro das igrejas também pra sociedade. Uma vez lá, os caras querem eternizar, quem tem que dá a resposta é o povo, e nas eleições fazer bonito e tentar buscar políticos que de fato lutem pelo bem maior de uma sociedade” Saúde, educação, e segurança”. Sou muito contra evangélicos se meterem em assuntos políticos, porém a igreja vem sendo perseguida por causa de suas doutrinas que a anos são pregadas. Poxa, acho que se a pessoa não quer ouvi algo, então não mexe com quem vc sabe que vai contra vc… a igreja também é sociedade e cidadãos com seus direitos assegurados como todos. Penso que se os homossexuais sabem que na igreja se prega contra essa pratica, não deveriam ir pra comprovar e acusar a igreja, deveriam entender que ninguém jamais vai lhe obrigar a frequenta uma igreja. Vc opta por um caminho, porém terá que pagar o preço dele, os evangélicos a anos foram e são descriminados mais nem por isso exigiram tratamento diferenciado, sempre pagamos o preço pelas nossas escolhas só quem sabe é quem vive. Só acho que a pessoa que vai mexer com a Igreja, tem que aguentar a represália pois o povo evangélico não é povo pra desistir fácil… Pois é impossível acabar com a instituição mais antiga do mundo. Essa é minha opinião.

  3. O PSOL prevê em seus estatutos que não hajam evangélicos?

    Esse partido, na última eleição, não contava com nenhum seguimento religioso no RJ?

    Qualquer pessoa não faria o mesmo, ou seja, procurar um partido que possa ser eleito com o mínimo de votos por obra e graça da legislação eleitoral?

    Se todos podem, somente evangélicos é que não vão fazer uso, é que são impedidos?

    Ora, mais que claro que o deputado não vai ficar com os 13 mil votos apenas, pois recebera dividendos e muito com o engajamento e a militância ante o seguimento gay.

    • Se Deus existir, Feliciano e Malafaia tem lugar garantido no inferno. São ladrões, vivem na luxúria, odeiam e pregam o ódio ao próximo e mentem o tempo todo. Talvez Deus até te perdoe por ser apenas mais um otário enganado por esses falsos pastores. Talvez.

    • Se Deus existir, Feliciano e Malafaia tem lugar garantido no inferno. São ladrões, vivem na luxúria, odeiam e pregam o ódio ao próximo e mentem o tempo todo. Talvez Deus até te perdoe por ser apenas mais um otário enganado por esses falsos pastores. Talvez.

  4. Tudo que acho é que os políticos não tem que ficar, um defendem direitos só do evangelho outros só com outras religiões, são eleitos para defender leis que vão de encontro com a necessidade da nação e não os interesse pessoais ou que vá de encontro aos financiadores de políticos. É isto que nós como sociedade estamos assistindo.

  5. SE PRECISAM DE ””ESTRATEGIA PRA TIRAR JEAN, É POR QUE ELE INCOMODA… NINGUEM CHUTA CACHORRO MORTO, KKKKKKK.

    MAS QUAL A FONTE QUE ELE ”ESTARIA COM MEDO” DO MALACRAIA?? UM ACHISMO, COMO OS DE SEMPRE DOS EVANGELICOS, SEM PROVAS OU FONTE SEGURAS? AH, JEAN VAI SE ELEGER SOZINHO DESSA VEZ.. AGUARDEM E CHOREM.

    • Isso nem tem nada a ver com evangélicos, esse Jean legisla em causa própria, e age como se a maioria da população fossem gays e prostitutas, mão acrescenta nada e é uma ameaça a moral e aos boons costumes, ele já vai tarde e vai ficar só na lembrança HAHAHAHA…
      Deviam organizar uma festinha de despedida.

  6. OLHA A INVEJA DOS CRENTES! Que feio, seu Silas Malafalha… mas nao é voce que fala tanto em ”liberdade de expressao” e democracia??? Golpe sujo! Jean Wyllys foi o melhor congressista de 2012, merece muito mais estar lá e ser reeleito do que aquele bandido estelionatario da CDH… O Feliciano, aquele que foi esquecido pela grande midia e precisa lancar leis contra gays (que nunca serao aprovadas) pra aparecer! Fazer o que? Cada um tem o reperesentante que merece…

    • Se há estratégia é essa máscara de preocupação de algo que declara “suposta estratégia”. O mesmo direito de um lançar-se a canditadura é de todos que almejam. Não há exclusividade para categorias. sta postura revela insegurança, fragilidade, falta de domínio, que no desespero procura lançar fumaça para dificultar a visão de uma população. Isto é estratégia, primária claro, mas é. Não vislumbro o cerceamento de liberdade de expressão por parte do Pastor Silas Malafaia, mas este argumento é com certeza, ausencia de conteúdo da parte do deputado federal, seu e de todos os demais que mergulham neste fantasma que o desputado criou e agora assola a própria mente contagiando aqueles que possuem mente vazia. Aprendam que Canditadura à eleições é concorrencia que deve ser leal, com princípios ético e moral.

  7. França aprova lei que pune ‘CLIENTES’ de prostitutas. Enquanto isso, no Brasil, querem “legalizar” a “profissão”.

    A Câmara Baixa do Parlamento da França aprovou lei que prevê multas de pelo menos 1,5 mil euros (R$ 4,9 mil) para clientes de prostitutas.

    De acordo com a lei, que ainda precisará passar pelo Senado, a multa de 1,5 mil euros será para clientes flagrados pela primeira vez. Caso cometam o crime novamente, eles poderão ser condenados a pagar multas duas vezes maiores.

    Trata-se de uma das leis mais restritivas da Europa, contrastando com a tradição de tolerância no país.

    A proposta gerou protestos contra e a favor na França. Para o ministro dos direitos das Mulheres, Najat Vallaud-Belkacem, que liderou a campanha a favor, todo tipo de prostituição é inaceitável e o objetivo do governo é, no futuro, acabar com ela de vez.

    Por outro lado, os contrários à nova lei dizem que ela pode até aumentar o perigo que correm as prostitutas. Isso porque a criminalização poderia levar as prostitutas a operar ainda mais no submundo, tornando-as mais vulneráveis à exploração de quadrilhas de tráfico humano.

    Estima-se que existam 20 mil prostitutas na França, sendo que 90% são estrangeiras.
    A lei

    A lei foi apresentada pelo Partido Socialista, do presidente François Hollande, que detém a maioria no Senado – onde agora o projeto será votado.

    O governo argumenta que a lei foi feita para coibir redes de tráfico de mulheres.

    Pela nova lei, a prostituição em si continuará sendo legal na França, e a exploração da prostituição, continuará sendo crime. Por outro lado, pela primeira vez no país, pagar por sexo passará a ser punido.

    O projeto substitui a legislação criada no governo do ex-presidente Nicolas Sarkozy, que penalizava as prostitutas.

    Segundo o governo, a nova legislação trata as prostitutas como vítimas e não como criminosas, ao penalizar quem contrata os serviços nessas condições.

    A lei prevê um fundo para o acompanhamento social e profissional de mulheres que deixarem a prostituição. As estrangeiras que estiverem atuando na França terão autorização para ficar no país por pelo menos seis meses, período no qual devem integrar algum dos programas de apoio à saída da prostituição.

    Os clientes que forem enquadrados na nova lei, em vez de pagar a multa, terão a opção de fazer um curso destinado a aumentar a conscientização sobre a realidade enfrentada pelas prostitutas.
    Reação

    A principal reação contra a lei veio por meio do manifesto Touche pas a Ma Pute! (“Não mexa com minha prostituta”, em tradução livre), assinado por 343 homens, que se intitulam “343 porcos sujos”.

    O abaixo-assinado faz uma referência às “343 vacas sujas”, grupo de mulheres que assinou documento defendendo o direito ao aborto em campanha nos anos 1970.

    O texto acusa os parlamentares de invadir a esfera privada da vida das pessoas e de tentar “decretar normas para o desejo e o prazer”.

    “Acreditamos que todos têm o direito de vender livremente os seus charmes”, diz.

    O manifesto causou uma contrarreação instantânea. O Partido Socialista disse que a petição era “escandalosa e reacionária, expondo o verdadeiro objetivo dos que defendem a prostituição, que é preservar a dominação do homem e a submissão da mulher”.

    Já a líder da organização feminista Osez le Feminisme, Anne-Cecile Mailfert, o manifesto é trabalho de “343 homens dominadores que querem proteger sua posição e continuar usando dinheiro para conseguir o corpo das mulheres”.

    Fonte BBC

  8. Tem gente que entra em site evangélico só para fazer barraco. Ninguém evangélico atacou homossexual algum, é anti-bíblico, o que temos o direito de contestar ou melhor, não apoiar, é a prática do homossexualismo. Não apoiamos o comportamento, nada contra o ser humano que é amado por Deus tanto quanto o hétero.

  9. engraçado eu vejo as pessoas falando que os gays inseriram a pedofilia no Brasil, que os gays quem direitos especiais, que os gays querem ter privilegios, contudo, o que eu vejo são igrejas cada vez mais ricas, políticos “cristãos” defendendo causa propria, vários canais evangelicos, diversos conteúdos sobre a fé das pessoas em detrimento de outras religiões. Eu vejo pessoas sendo discriminadas por se vestirem diferente das outras pessoas, eu vejo pessoas que ao assumirem sua orientação sexual serem taxadas de “demonio”, ou seja, a pessoa era santo e agora virou a “escoria da humanidade”, mas o que me assusta e ver que os homossexuais serem julgados por estarem procurando seus direitos, que na verdade foi preciso devido a humilhação e perseguição que eles sofrem, seja na vida privada como na vida profissional, pois, se uma pessoa assume ser homossexual, na visão dos cristãos ela está “condenada”, e veja bem a pessoa está condenada …por quem…o que ela fez,,,contra deus..mas deus não ama e perdoa a todos…por que as pessoas desse mundo então tem que condenar as pessoas por nascerem e serem assim…eles não teriam que ser julgados por Deus…..e passando esse assunto, ainda tem mais…o exemplo que essas pessoas vão deixar….ai eu te falo…quantos padres, pastores, gays, bispos, muçulmanos, judeus, ja não cometeram barbaridades….e vejam o quantos casais heterossexuais cometem barbaridades com seus filhos,,,enfim deixando rasrto de morte, enfim….os homossexuais são taxados dessa maneira devido a perseguição que foi passada de geração a geração….agora comparar gays com pedofilos, gays com doença….e de uma covardia total….pode fazer uma pesquisa com os casais homossexuais e com casais heterossexuais e vcs veram que nada disso influi na educação e no desenvolvimento dessas crianças,..o que influi e essa covardia, discriminação, falta de amor ao proximo e o ódio contra essas pessoas…o que eu penso sobre isso e que as pessoas julgam as outras por acreditarem nas suas doutrinas e na sua fé…não digo todas, mas vários são assim….e pra terminar ..se as pessoas acham que isso e uma doença…será que vcs acham que um homossexual iria querer optar em ser assim numa sociedade como a nossa…alias…o que acontece…e que muitos cristão acreditam ser cura…e a pessoa se esconder. viver uma vida para agradar os outros….ou seja, essas pessoas tem vida dupla…tem mulheres mas tbm tem relação com pessoas do mesmo sexo e..e são essas mesmas pessoas que atacam os homossexuais….

    • Lobo, você pelo jeito nem leu a matéria seu alienado, isso não tem nada a ver com Igrejas ou qualquer religião que seja, ele não vai ser reeleito por que ele legislou como de a maioria da população fosse gay como ele, ele não vai ser reeleito, mais uma vez deu deu pra ver que os gays querem ser especiais e querem ter privilégios, e toda a sorte de bestialidade parte dessa gente mesmo.
      Jean Wyllys vai ser apenas uma leve lembrança do passado aqui uns dias…

  10. ele nao sera reeleito porque so legislou em causa propria!o cara se esqueceu que no Brasil ainda se morre de fome,ha pessoas sem rede de esgoto e agua potavel, sem saude,sem educação,sem segurança,sem luz, sem moradia,sem transporte,enfim, por que reeleger mais um politico oportunista,parasita e “SEM” projetos???

  11. Resumindo…,ele so esta preocupado em Salvar o casamento gay,( como se else se preocupassem com opinion da igreja,ou dependessem para fiscal juntos,ate parece!),a legalize ao da prostituicao,a approval ao do aborto E O PIOR a diminuicao da idade. Sexual,ou seja esse filho do cabrunco esta querendo Abrir as portas do inferno para a PEDOFILIA,ja nao basta tantos casks de PEDOFILIA no Brasil nao?!,pois se ja vai tarde!!!

DEIXE UMA RESPOSTA