Aposentado, Kobe Bryant afirma que carreira vencedora no basquete estava nos planos de Deus

0

Kobe Bryant, tido como um dos maiores gênios da história do basquete, se aposentou do esporte na última quarta-feira, 13 de abril, aos 37 anos, em uma carreira gloriosa, que segundo ele, fazia parte dos planos de Deus.

Os 20 anos de carreira no basquete começaram logo que Bryant saiu do Ensino Médio, depois de chamar a atenção em torneios interescolares. O talento segundo o atleta, foi um presente divino.

“Esse propósito estava ali desde que eu era criança. Eu sabia o que Deus tinha me colocado para fazer. Eu amava isso demais”, afirmou o jogador norte-americano.

Filho de outro jogador que atuou por oito temporadas na National Basketball Association (NBA), a liga profissional de basquete dos Estados Unidos, Joe Bryant, Kobe Bryant venceu a competição nacional – considerada a mais importante do mundo no esporte – cinco vezes.


Na noite da última quarta, Bryant marcou 60 pontos durante a partida final de sua carreira e ajudou o Los Angeles Lakers a conquistar uma vitória. Ao deixar a quadra do Staples Center, foi mais uma vez aplaudido.

“Obrigado a todos pelo carinho. Foi inesquecível. Vocês moram no fundo do meu coração. Muito obrigado por tudo o que vocês fizeram. Não só hoje como em toda a minha carreira. Um final perfeito seria com um campeonato. Mas essa noite voltando a jogar bem e proporcionar pela última vez um momento assim a todos me deixa muito feliz”, disse o jogador, que atingiu um recorde em sua despedida, tornando-se o jogador mais velho da NBA a pontuar mais de 50 pontos em uma partida, de acordo com informações do SporTV.

O outro grande nome do time em que Bryant fez carreira, Magic Johnson, homenageou o jogador: “Kobe foi a maior celebridade desta cidade nos últimos 20 anos. Não apenas um ícone esportivo, mas um dos maiores (jogadores) a vestir o roxo e dourado (cores dos Lakers). Kobe nunca traiu o jogo, nunca enganou seus fãs. E merece tudo isso. Só podemos dizer obrigado”, resumiu Johnson, considerado o maior atleta da história do Lakers, antes de dar um demorado abraço no colega.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA