Livros Gospel ou Cristãos

Livro defende a cobrança do dízimo nas igrejas evangélicas

Comentários (74)
  1. Ir Alberto Silva disse:

    O dizimo foi instituido para manter os sacerdotes que trabalhavam no templo de Israel. O Velho Testamento diz claramente que o dizimo seria pago em mantimentos exclusivamente. ERa vedado, sob pena de pecado mortal, os sacerdeotes exigirem ou receberem dízimos em dinheiro,ouro ou prata. Confiram na Biblia

    Com a destruição do Templo em 70DC pelo General romano Titus Flavius a obrigação de pagar dizimos ao templo foi extinta, já que não havia mais templo e nem sacerdotes. O imposto havia perdido o objeto.

    Desde 70DC que os rabinos judeus deixaram de cobrar dizimos de seus fieis. Os catolicos desde a instituição de sua Igreja em 30 DC não cobram dizimos.

    A cobrança de dizimos foi instituida pelos pastores protestantes solascripturistas sequisos de enriquecimento desfrute de vida de conforto sem trabalhar duro. Enriquecerem -se e viverem no ócio a custa do suor dos seus infelizes crentes.

    Estes pastores solascripturistas prestarão contas a Deus por enganar os seus pobres crentes , que deixam de comprar o leite para os filhos ou pagar uma prestação da geladeira para entregar este dinheiro, que ganharam derramando muito suor, para o ” feliz” pastor solascriptursita.

    Diz um ditado : o ladino só existe porque há bestas . Vai aqui meu brado de alerta aos crentes . Deixem de colaborar para a riqueza e vida de ócio destes pastores descompromissados com a doutrina de Jesus Cristo.

    Ressalvo. Os pastores protestantes não solascripturistas não cobram dizimos de seus fiies, aliando-se a postura da Igreja Judia e Catolica .

    Pensemos nisto

    Ir Alberto
    iralberto2007@yahoo.com.br

  2. O Mago disse:

    Após ler o comentário deste Cristão acima este sim reconhece que é cristão, faço as palavras dele as minhas não acrescento ou retiro nada.

  3. Jaime Alves. disse:

    Eu me sinto a vontade para fazer apologia sobre esta questão, já que não sou pastor e nem pretendo sê-lo, e nem tão pouco considero-me um encalto no que se refere a teologia em si.
    Dizer que dízimo foi dirimido seria dirimir algo que não foi estipulado por lei, mas por fé, onde Abraão pela fé devolveu a decima parte a um sacerdote chamado Melquisedeque, o escritor do livro de Hebrues aborta sobre esta questão e afirma que no meio deles exitiam os que devovliam dízimos (Hb. 7: 08), cam certeza estava polarizando uma questão sacerdotal em que eternizava o sumo sacerdote, sumo sacerdote este que contemporizou esta questão especifica quando referendou a este respeito (Mt. 23: 23).
    Desde a epoca de Abraão dizimo é uma questão de fé e de amor, no meu caso amor a obra de Deus, agora se pastores estão agindo de forma reproba, com certeza prestarão contas a Deus e não a mim.
    Jaime Alves.

  4. Karla Cristina disse:

    Quem é dizimista fiel,não passa necessidade,pois aí entra a promessa de Deus que diz ‘PROVAI-ME NISTO!’,com certeza,quem critica o dízimo é porque não tem compromisso com Deus e nem com a igreja que é sustentantada pelos dízimos e ofertas e o principal,desconhecimento biblico.É muito engraçado vermos o crescimento das igrejas evangélicas pelo Brasil e pelo mundo e pessoas insinuarem que isso é para o enriquecimento de fulano,beltrano e sicrano rsrrsrrssrs é como sempre digo,como Deus permite que homenszinhos ‘usem’ seu SANTO NOME para ‘roubar’ os outros? Certamente esse pensamento pertence a pessoas que não acreditam em Deus,ou que desconhece que ‘horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo'( Hebreus 10 – 31 )

  5. Phillipe disse:

    Faço as palavras de Jaime Alves, Mago e Ir Alberto Silva as minhas.

    Infelizmente não é o que vemos em muitas igrejas, onde o fiel é manipulado por seus lideres a dar o dinheiro com a justificativa de que receberão de Deus bênçãos em troca. É a famosa barganha divina. Quem der mais, recebe mais de Deus. É toma lá dá cá!

    Só não consigo entender o motivo dessa barganha beneficiar somente os líderes das igrejas…

    E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa SEGUNDO A SUA VONTADE, ele nos ouve (1 Jo 5,14).

    Curai enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expeli demônios; DE GRAÇA recebestes DE GRAÇA dai (Mt 10,8).

    A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: VISITAR OS ÓRFÃOS E AS VIÚVAS nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo. (Tiago 1:27).

    Graça e paz!
    Salvação não é prosperidade!

  6. Karla Cristina disse:

    É como sempre digo rsrsrsrsrsrsrsrs

    ‘Malaquias 1 – 6 ao 9 – O filho honra o pai, e o servo, ao seu senhor. Se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o respeito para comigo? -diz o SENHOR dos Exércitos a vós outros, ó sacerdotes que desprezais o meu nome. Vós dizeis: Em que desprezamos nós o teu nome? Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? -diz o SENHOR dos Exércitos. Agora, pois, suplicai o favor de Deus, que nos conceda a sua graça; mas, com tais ofertas nas vossas mãos, aceitará ele a vossa pessoa? -diz o SENHOR dos Exércitos.

  7. Karla Cristina disse:

    E digo mais rsrsrsrsrs

    ‘Malaquias 3 – 8 ao 12 – Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, vós, a nação toda. Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida. Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos. Todas as nações vos chamarão felizes, porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o SENHOR dos Exércitos.

  8. Karla Cristina disse:

    E digo mais ainda rsrsrsrsrsrs

    ‘Malaquias 3 – 13 ao 18 – As vossas palavras foram duras para mim, diz o SENHOR; mas vós dizeis: Que temos falado contra ti? Vós dizeis: Inútil é servir a Deus; que nos aproveitou termos cuidado em guardar os seus preceitos e em andar de luto diante do SENHOR dos Exércitos? Ora, pois, nós reputamos por felizes os soberbos; também os que cometem impiedade prosperam, sim, eles tentam ao SENHOR e esca pam.Então, os que temiam ao SENHOR falavam uns aos outros; o SENHOR atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao SENHOR e para os que se lembram do seu nome. Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que prepararei, diz o SENHOR dos Exércitos; poupá-los-ei como um homem poupa a seu filho que o serve. Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não o serve.

  9. Karla Cristina disse:

    E pra finalizar,as palavras do Sr Jesus,o Sr da Graça rsrsrsrsrs

    ‘Mateus 23 – 23 – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer ESTAS COISAS, sem OMITIR AQUELAS!’

    Melhor que a opinião de fulano,sicrano,ou beltrano,melhor que livrinho de fulano,sicrano,ou beltrano,vai pela Bíblia,que a Bíblia é muito melhor rsrsrsrsrs

  10. Renato disse:

    Jesus disse: “Não vim para revogar a lei, mas cumprir.”

    Sendo assim, conforme é descrito em Malaquias 3:8-10, faz-se necessário dizimar e ofertar olçadamente, não por dever e tristeza de coração como se fosse faltar alguma coisa, mas com alegria, amor e fé.

    Para falar a verdade, acabando de vez com a hipocrisia, estou bastante cansado com crentes que “quebram a cabeça” para justificar a sua falta de fé, de compromisso com Deus, e consequentemente a sua falta de conversão sincera para com o Espírito Santo. Pessoas assim estão na metade do caminho com o inimigo, pois não são fiéis, querem apenas de Deus, mas nunca sacrificam a Ele, exigem melhores salários, melhores empregos, querem a esposa/esposo mais bonita(o), a casa mais bela e confortável, mas verifiquem comigo um detalhe, não possuem nenhum fruto dígno com Deus, verifique a obra de sua mãos e verás que são apenas números na multidão, são apenas seguidores, não são amigos e nem íntimos do Senhor Jesus, quando “Deus” fecha a porta, blasfeman no rosto do Senhor, identicamente como o povo que saiu da terra do Egito, um povo com um coração duro, perverso, cheio de teorias e de argumentos para não fazerem a vontade de Deus.

    Percebam também putro detalhe, essas pessoas prosperam? Conseguem alcançar seus objetivos? Pergunta como é a vida do cidadão? Pergunta aos amigos do cidadão como ele é, como ele age, pergunte a família e verás a semente que foi plantada no coração desse indivíduo, não digo isso por vanglória, ou por irresponsabilidade, falo por amor, porque não quero que naquele grande dia seja encontrado iniquidade em vosso coração, não é atoa que o Senhor abriu esse espaço para lhe advertir sobre esse tema. Procure o Senhor, procure a Palavra, entenda a Palavra, não a dirvirtue como os gentios que não conhecem ao Senhor e os seus estatutos.

  11. JACQUELINE disse:

    PARABÉNS Jaime Alves, Mago e Ir Alberto Silva, FICO FELIZ QUANDO VEJO QUE EXISTEM PESSOAS DISPOSTAS A ESCLARECEREM E FALAREM A VERDADE. O POVO QUE SE DIZ DE DEUS DEVERIA ESTUDAR E LER AS ESCRITURAS, ASSIM NÃO SERIAM ROUBADOS E ENGANADOS COMO TEM ACONTECIDO NAS IGREJAS.

  12. David Cohlen disse:

    Lamento ler que alguém diga que já não existem dízimos entre judeus. Só um evangélico muito mal informado diria isso.

    Sou judeu, e entre nós existem contribuições religiosas até hoje (desculpe Ir Alberto Silva, mas vc chutou na torcida essa)

    Concordo com o Jaime, quem ama a Deus, dá subsidios para que os
    que o anunciam continuem a fazê-lo. E conhecendo a Deus, sabemos que ninguém ganhará dele no dar.

    Só conheço gente próspera entre os que, desde bem pobres, os vi ofertando. Entre nós judeus, sabemos, o dinheiro fica na terra pra ser usado (se bem ou mal usado, Deus fará seus acertos pessoais depois…) mas a atitude de ofertar sobe aos céus, e é essa atitude de coração que é vista e muitas vezes retribuídas pelo Altíssimo.

  13. Karla Cristina disse:

    É muito triste ver uma pessoa se dizer cristã e não ter conhecimento biblico e nem conhecimento de Deus,para fazer julgamento e do dízimo que é um mandamento Bíblico,só pode ser influência da mídia mundana e Deus,que sabe e conhece tudo,como Ele poderia permitir que homenszinhos usassem seu SANTO NOME,para roubar em nome de Deus,isso com certeza é incredulidade,falta de um encontro com o verdadeiro Deus!Quem escreveu esse livro é um pastor de uma igreja que tem séculos de existência,sem falar da Assémbleia( uma igreja centenária),Metodista(outra centenária),Universal,que tem mais de 3 decadas,Renascer(que também tem muitos anos de existência),e outras igrejas que também possuem muito tempo,que ensinam em suas igrejas e mostram na expansão de seus trabalhos e dos testemunhos do povo abençoado a eficácia da obediencia em se devolver os dízimos e ofertas,já não é por faltade Palavras Biblicas,pois já coloquei mais acima,mas deve ser a má vontade de Procurar na Bíblia e o prazer de ter uma lingua maldizente rsrssssrs

  14. Alan disse:

    Minha opinião?
    Guardo pra mim..

    No dia do juízo, todos veremos quem tá certo ou errado! ;)

  15. Henrjk disse:

    Triste é interpretar mal o texto de Malaquias.
    Ele estava falando isso ao povo de Israel naquela época e assim tem que ser interpretado e não espiritualizado para hoje.
    Para mim o dízimo tinha uma função social que era para servir de alimento àqueles que serviam no sacerdócio,às viúvas e aos pobres como tambem aos estrangeiros necessitados. Por isso o dízimo era feito através de produtos da terra.
    Ainda não encontrei dentro do Novo Testamento algum texto que mande o crente entregar o dízimo. Só lí sobre ofertas.
    O dízimo atual foi instituido pela igreja romana após perder suas regalias diante dos governos de então e pelo aperto em suas finanças. Creio que o dinheiro era muito utilizado para mega-construções de templos e hoje não é muito diferente.
    Portanto vejo o dízimo cobrado hoje muito aquem do instituido na lei Mosaica.

  16. Karla Cristina disse:

    Henrjk,você colocou muito bem,você disse :’pra mim…’

    mas não é pra Deus,nem pra Bíblia e nem pra nós,os que cremos

    a devolução do dízimo não é algo interpretativo,é um mandamento,que só aqueles que o RECONHECEM como SENHOR conseguem fazê-lo,por isso vemos tantos,relutando,questionando,ponderando,mas quem crê nas escrituras,é fiel,simples assim rsrrsrsssrs

    ‘Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir’ Mateus 5 : 17

    ‘Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; DEVÍEIS,PORÉM,FAZER ESTAS COISAS,SEM OMITIR AQUELAS!’ Mateus 23 : 23

    Marcos 12:17 ‘Disse-lhes, então, Jesus: Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. E muito se admiraram dele.’

    ‘Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é mister socorrer os necessitados e recordar as palavras do próprio Senhor Jesus: Mais bem-aventurado é dar que receber.’ Atos 20 : 35

    BOA LEITURA rsrsrsrsrs

  17. Henrjk disse:

    Karla Cristina

    Não sei o porquê dos risos, mas eu não ligo pra isso.
    Veja então no link abaixo e tente entender um pouco mais sobre o dízimo e como é distorcido. Não foi possível copiá-lo aqui por ser um pouco extenso, mas é bem minucioso e didático.
    Só posso dizer que dízimo nunca foi dinheiro, sempre foi produto do campo.

    Ir Alberto Silva e aos demais.
    Espero que o texto acima “enriqueça” mais em conhecimento.
    É bem esclarecedor e vale a pena ler.

  18. henrjk disse:

    Karla Cristina

    Dízimo nunca foi dinheiro.
    Dízimo sempre foi produto do campo: agricultura e agropecuária.
    Dízimo é a décima parte de um todo.
    O dinheiro está incluido nas ofertas e nunca como dízimo.
    Em Mateus 23:23 que postou mostra o que eu disse acima.
    Em Marcos 12:17 trata-se de tributo, imposto ou taxa.
    É bom ler Marcos 12 desde o início para entender melhor o texto e conhecer o contexto em que vivia o povo naquela época.
    Eis um bom texto que esclarece muito bem o que estamos discutindo:

    http://yeshuasarshalom.foroportal.us/foro/viewtopic.php?t=151

    Nunca fui contra as contribuições na igreja, mas acho que a forma que aí está não é a correta.

  19. Karla Cristina disse:

    henrjk,perdoe meu riso,é porque sou uma pessoa feliz,rsrsrrsrs,
    Agora sobre o dízimo e ofertas,eles foram instituidos em uma época em que não existia o dinheiro que conhecemos hoje,nem o papel moeda e nem cheque,cartão,nem nada disso(rsrsrs),os animais tinham valor de dinheiro naquela época,quando as pessoas pretendiam adquirir propriedades,ou algum bem,eram os animais que entravam como dinheiro na compra(Levítico 27),ou ‘Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? -diz o SENHOR dos Exércitos. Agora, pois, suplicai o favor de Deus, que nos conceda a sua graça; mas, com tais ofertas nas vossas mãos, aceitará ele a vossa pessoa? -diz o SENHOR dos Exércitos.'(Malaquias 1 – 7 ao 9)

    Em Mateus 23 – 23,o Sr. Jesus diz que não devemos negligenciar,os preceitos da LEI :a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!(o sem omitir aquelas se trata do dízimo de quem o Sr. Jesus estava falando!)

    Ao invés de de se basear em opinião de pessoas,vai pela Bíblia que é muito melhor,tchau!

  20. Karla Cristina disse:

    Leia acima,a opinião do,David Cohlen,que é judeu e evite ler comentários de pessoas que tentam justificar suas más vontades em relação aos dízimos e ofertas,tchau!

  21. Henrjk disse:

    Karla

    O dinheiro existia naquele tempo.
    Veja Genesis 23.15-16:

    15 Meu senhor, ouve-me, a terra é de quatrocentos siclos de prata; que é isto entre mim e ti? Sepulta a tua morta.

    16 E Abraão deu ouvidos a Efrom, e Abraão pesou a Efrom a prata de que tinha falado aos ouvidos dos filhos de Hete, quatrocentos siclos de prata, corrente entre mercadores.

    No livro de Genesis está cheio de demonstrações.

    Genesis 20.14-16:
    14 Então tomou Abimeleque ovelhas e vacas, e servos e servas, e os deu a Abraão; e restituiu-lhe Sara, sua mulher.

    15 E disse Abimeleque: Eis que a minha terra está diante da tua face; habita onde for bom aos teus olhos.

    16 E a Sara disse: Vês que tenho dado ao teu irmão mil moedas de prata; eis que ele te seja por véu dos olhos para com todos os que contigo estão, e até para com todos os outros; e estás advertida.
    O dinheiro moderno hoje é apenas representativo. Cheque não tem valor algum se não tiver lastro e do mesmo jeito é o papel moeda cujo país deve ter lastro. Caso não tenha, ele não passará de papel pintado.
    O link que apresentei é realmente de um judeu.
    Quanto ao David não tenho certeza de que ele seja judeu(de sangue mesmo) por uma simples questão: os dízimos e ofertas estão sendo guardados aonde?
    A Casa do Tesouro é Templo em Jerusalem e hoje está uma Mesquita.

    Como afirmou o Alberto no início, com a destruição do Templo muita coisa foi suspensa. Só discordo dele quando afirma que foi extinto sendo que está suspenso e acredito que o Templo deverá ser reerguido.

  22. Karla Cristina disse:

    Henrjk,bom eu não disse que não existia dinheiro naquela época,eu disse que os animais também eram moedas de compra e vendas e a casa do tesouro,hoje é a igreja e o mais importante assim temos crido,assim temos feito e assim temos sido abençoados,tchau!

  23. Karla Cristina disse:

    Só faltou uma coisa,que o dinheiro daquela época,não tem nada a ver com o dinheiro dos tempos de hoje,então não podemos esperar que a prãtica seja igual como era antigamente,só permanece o espírito,a intenção,que é de fidelidade a Deus e de sustento de sua obra,tchau!

  24. henrjk disse:

    Karla
    Vê se entende bem, Casa do Tesouro só pode ser uma.
    Igreja é congregação e os templos onde se reunem são casas de oração, não há como mudar isso.
    Quando o Apóstolo Paulo coletava as ofertas fora de Israel, isso ocorria nas sinagogas e eram encaminhadas para Jerusalem.
    Os primeiros seguidores de Jesus eram judeus e os gentios foram se ajuntando aos poucos até superar em número aos judeus.
    É preciso estudar um pouco de história para melhor compreensão.
    Eu tambem pensava assim como você, bons livros são bons acessórios.
    O papel-moeda de hoje é uma evolução do dinheiro daquela época. Quando se faz uma transação sem a interferência de dinheiro, chamamos de escambo. Exemplo: você me presta um serviço e eu lhe em galinhas, feijão ou qualquer outra mercadoria que corresponda ao seu trabalho.
    Você já leu sobre quantos navios naufragaram após o descobrimento da América com baús cheios de moedas de prata e ouro?
    Ninguem hoje anda com moedas de prata ou ouro. Primeiro não se faz mais e segundo leva-se quantia em papel-moeda equivalente.
    Veja esta informação no link abaixo:
    [link retirado]

  25. Henrjk disse:

    Karla
    Não há como lutar contra fatos. Quando você estuda Economia entenderá melhor o mundo financeiro. Logo em breve esse dinheiro que está correndo hoje acabará e dará lugar aos cartões e chips e outras coisas mais avaçadas, porem o ouro e a prata não perderão seu valor.
    Não estou incentivando a não contribuir com a igreja, mas contestando algo que está sendo erroneamente informado aplicado aos fiéis.
    Devemos, sim, contribuir com toda alegria na obra do Senhor como tambem para atendimento aos necessitados como está escrito na Bíblia.

  26. naldo disse:

    é muito interessante como vemos tantas pessoas serem contra os dízimos, mas não vemos as mesmas serem contra os que usam seus dinheiros para prosperarem uma souza cruz, as destilarias de bebidas, os traficantes, os contrabandistas, etc…
    se todas as pessoas que dizimam em suas igrejas, o fazem deixando de pagar uma conta de luz ou a compra de um remédio para seus filhos por causa do dízimo, e mesmo assim as igrejas estão cada vez mais cheias e mais pessoas dizimando, ou todos são muito ignorantes, masoquistas, por que gostam de sofrer, não tem amor próprio ou para com os seus,ou só me resta dizer que alguma coisa de muito bom acontece na vida destas pessoas para incentiva-las que em meio a tantas criticas e contrariedades elas continuam dizimando e mostrando-se muito felizes!!!!
    Bem a resposta eu sei; a palavra de Deus é verdadeira, deixo a teoria para os teologos, enquando vivencio a prática em minha vida.

  27. henrjk disse:

    Naldo

    Ninguem aqui é contra o dízimo.
    O problema é aplicação errada do termo “Dízimo”.
    O termo “Dízimo” é utilizado unicamente a produtos agrícolas e pecuária.
    Leia atentamente Números 18:21-32.
    – 21. A herança dos filhos de Levi são os dízimos em Israel.
    – 23 e 24. Os levitas não terão herança a não ser os dízimos.
    – 26.Os levitas tinham que dar o dízimo dos dízimos.
    – 31. O dízimo é para ser comido. Ninguem come dinheir, nem prata e nem ouro. Portanto dízimo é comida.
    Levítico 27:30-34. Novamente aqui se fala em cereais do campo, frutos das árvore e gado e rebanho.
    Deuteronômio 14:22-29. Novamente se fala em alimentos.
    Em Neemias 10:32 é imposta uma taxa anual para o serviço do Templo. O que nós pagamos como dízimo é essa taxa que está em Neemias 10. A diferença é que lá era cobrada anualmente e em nossas igrejas é cobrada mensalmente o valor de dez porcento enquanto lá não era percentual e sim um valor fixo que devido a situação difícil pós-exílio dos israelitas, o valor é menor que o que está determinado em Êxodo 30:11-16.
    Portanto o “Dízimo” cobrado hoje não é e nunca será o mesmo “Dízimo” que foi instituido por Deus. O dízimo é anual e não mensal.
    A leitura que se faz de Malaquias 3:10 é uma leitura equivocada. Ela deveria ser lida a partir do capítulo 2 para que se saiba todo o contexto do que estava ocorrendo.
    Uma boa leitura da bíblia sem nenhuma paixão por ideologias seria saudável para seu entendimento.

  28. Karla Cristina disse:

    Por isso Abrãao se destacava entre aqueles de sua geração,pois de tudo ele dava o dízimo,ou seja ele não ficava cogitando isso ou aquilo,no mesmo caso foi em relação ao sacrifício de se filho,ele não ficou ponderando,ou analisando isso,ou aquilo ele foi lá e fez.Vamos ser menos cerebrais e mais espirituais,quando a Bíblia chama Abrãao de pai da fé,é por que quer que sejamos mais como ele do que como aqueles que eram seus contemporaneos.

  29. henrjk disse:

    Karla

    Eu já sabia que alguem falaria sobre Abraão.
    Abraão não pode ser considerado como um dizimista ativo porque ele só deu o dízimo uma única vez e assim mesmo foi dos despojos de guerra ou seja conforme está em Genesis 14:24.
    Veja Hebreus 7:4.
    Onde você viu que Abrão “dava” o dízimo de tudo? Abraão era “destaque em sua geração”?
    Eu acredito que “falaram” isso a você. Por isso devemos ser como os Bereianos, temos que confirmar tudo que nos dizem com as escrituras.
    Não pode ultrapassar e nem ser diminuido, deve ser exato.

    Desculpe-me se estou pegando no seu pé, mas não consigo ficar quieto diante de certas coisas. Isso não é com você, mas no que ocorre no dia-a-dia.
    Porem isso é bom para exercitarmos aquilo que conhecemos.

  30. Karla Cristina disse:

    Ora henrjk,se lermos o testemunho de vida de Abrãao,podemos facilmente chegarmos a essa conclusão de que ele se destacava entre os seus contemporaneos e henrjk,você pode até nem acreditar mas sou de uma igreja a onde somos estimulados a ler a Bíblia e praticá-la e o que aconteceu e acontece na minha vida,não é fruto de sorte ou pensamento positivo,mais sim o cumprimento das promessas biblicas.A Blíblia não precisa ficar repetindo toda hora que fulano era fiel,ou tnha muita fé,ou que andava com Deus e na única ves=z em que a Bíblia se referiu em que Abrãao foi fiel em tudo está em Gênesis 14 vers. 18 em diante,ali está demonstrado que tipo de pessoa era Abrãao,eu acho que não devemos ser assim tanto como os Bereanos,já pensou aquela passagem que diz que é melhor ficar sem um olho,ou melhor ficar sem uma mão,não podemos esquecer que a letra mata!O mais importante é o espírito,como já comentei lá em cima,tchau!

  31. henrjk disse:

    Eu disse que Abraão não era destaque em sua época por causa do sentido empregado. Ele vivia em uma cidade politeista e com pais da mesma concepção religiosa.
    Como Deus não olha o exterior, chamou a Abraão por sondá-lo no seu interior. Espero tê-la feito entendido.
    Peço que você analise direito Gênesis 14:12-24. Veja em especial os versos 22 a 24.

    Quando você diz que “a letra mata”, há uma certa preocupação por seu uso devido a algumas pessoas usá-la para não ir a fundo nas escrituras e espiritualizar tudo, não é o seu caso. Muitos usam esse versículo para atacar àqueles que estudam teologia.
    Paulo em II Timóteo 4.13, diz:

    “Quando vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, bem como os livros, especialmente os pergaminhos.”

    Eu sempre procuro ler alguma literatura auxiliar de boa confiabilidade.

  32. Paulo Roberto de Matos disse:

    Karla Cristina, É necessário ter conhecimento de causa sobre o que se esta dizendo.
    Eu conheço bastante gente que devolve dizimo, morando em favelas, desempregados,ou até mesmo enfermos e são pessoas que fazem de coração. Será que Deus ama mais ou menos estas vidas? Vou te explicar: Quando a chuva vem molha o impio e o justo, e o Nosso Deus, no meu caso é o Senhor Jesus, e não Malaquias, e tampouco o São dizimo; Ele (Jesus) não é mentiroso!
    Dá uma lida no livro de Gálatas de preferência inteiro, mas se a preguiça não deixar, leia o cap 3 e cap 5, observe o que Paulo diz a respeito dos praticantes da Lei.
    Eu não quero me alongar em detalhes por ter uma quantidade enorme de informações, mas deixa te informar:
    O dizimo do crente Abrão a Melquisedeque, Rei e Sacerdote, tipologia de Cristo, foi despojo de guerra, Os pastores tentam justificar, embora eu não vejo, já tentei ler assim e não consegui: Eu Melquisedeque e Abrão, deixamos instituido por estatuto perpétuo, que: todo Gentio convertido ao Cristianismo na época da Graça deve todo mês dar a igreja 10% do seu salário! Me desculpe, em (Genesis 14:20) agora te pergunto: ja que tem de praticar Gênesis 14:20 porque logo adiante uma página e meia além, os pastores não praticam a circuncisão? Gênesis 17:10 ào 13??? Por favor me responda. Você mencionou Malaquias, você já leu o cap 1:1, deu ao trabalho de ver para quem Deus está falando? Não me leve a mal, a Bíblia tem que ser lida com texto e contexto, jamais versiculos isolados e em cima disso fabricar-se heresias, A época da Graça começa na prática com a morte de Jesus para resumir, Tudo que Jesus disse em vida ainda estava debaixo da Lei, inclusive Mateus 23:23 além do que não está implicito nada sobre pagamento de dizimo, tudo isso é fruto de gente desonesta. Sou ofertante na Casa de Deus, conforme a minha prosperidade, não oferto a Deus querendo nada, absolutamente nada, pois no Calvário Cristo Jesus ressurreto já nos deu a vitória, além de Louvá-lo atravéz do canto, também não faço campanhas, pratico a caridade, a solidariedade, oro por cura dos enfermos e os mesmos são curados pela Graça de Deus, que eu sou simplesmente falho pecador, ajudo todos aqueles que posso, e te digo, Não falta nada em minha vida financeira. E ai o que me diz???

  33. Karla Cristina disse:

    Então tá,vocês vivem a vida de vocês sem serem dizimistas e eu vivo a minha sendo dizimistas e conheço muita gente que vive essa vida e mudou de vida,UÉ!Tchau!

  34. henrjk disse:

    Calma Karla

    Não é bem assim que você está pensando.
    Vou tentar simplificar.
    Ninguem está mandando parar de ofertar e nem incentivando.Estamos tentando explicar que aquele dinheiro que se coloca no envelope e que se diz que é dízimo, na realidade é oferta ou mais apropriadamente “taxa”.
    Dízimo é um termo usado errôneamente para dinheiro.
    Dízimo é para ser comido, portanto é produto da terra e da pecuária.
    Taxa é dinheiro, ouro ou prata que serviam para pagar os serviços feitos para manter a estrutura do Templo.
    O Dízimo era uma imposição.
    O problema é tão grave que há igrejas que excluem membros que não dão o “dízimo” (tenho conhecimento de algo igual). Às vezes esses membros estão numa situação tão ruim que estão mais na condição de serem ajudados que se der algo passará fome.
    Há muitas igrejas que se enriquecem às custas da fome que passam seus membros e nunca partem em seu socorro, apenas dizem que é falta de fé.

  35. MayconJaFerreira disse:

    Referencias.
    Dízimos não pertencem a Graça. Foi uma obrigação apenas para Israel e não era dinheiro.

    Como se deve contribuir para os santos NECESSITADOS.

    1
    Mateus 2.11
    Os sábios magos trazem presentes a Jesus.
    2
    Mateus 5.23-34
    Instruções espirituais para quem for ofertar.
    3
    Mateus 5.40
    “Larga-lhe também a capa…”
    4
    Mateus 6.1-2
    Jesus condena a hipocrisia dos que dão para serem vistos.
    5
    Mateus 6.1-4, 19.21 25.40, Lucas 11.41
    Ofertas para ajudar os necessitados- um ato de amor para com o próprio Cristo.
    6
    Mateus 6.19-21
    O coração reside junto ao tesouro.
    7
    Mateus 10.8
    “… de graça recebeste, e de graça dai…”
    8
    Mateus 14.16-21
    Jesus manda dar de comer, e depois providencia comida.
    9
    Mateus 19-16-22, Marcos 10-17-22
    Jesus ordena ao jovem rico que dê seus bens para remover a barreira espiritual de amor ao dinheiro.
    10
    Mateus 26.6-13, Marcos 14.3-9, João 12.1-8
    A mulher pecadora derramou um vaso de alabastro sobre a cabeça de Jesus. Uma linda demonstração de dar por gratidão e amor.
    11
    Marcos 7.1-13
    Jesus denuncia a prática farisaica de Corbã. A mesma foi usada para justificar a falta de dar.
    12
    Marcos 12.41-44
    A oferta da viúva pobre. Ela recebeu elogio de Jesus por causa da magnitude de expressão de seu amor em comparação com a oferta de outros. Ela deu tudo.
    13
    Marcos 9.41
    Quem dá em nome de Cristo, recebe recompensa.
    14
    Lucas 3.11-14
    Quem tem duas túnicas, dá uma ao que não tem e também alimentos a quem tem fome.
    15
    Lucas 6.38
    Devemos dar uma boa medida.
    16
    Lucas 7.37
    Uma mulher dá o seu melhor para Cristo.
    17
    Lucas 10.25-37
    O bom samaritano demonstra amor real pelo próximo.
    18
    Lucas 18.22
    Quem dá aos pobres receberá um tesouro no céu.
    19
    Lucas 19.1-10
    A história de Zaqueu. O resultado de uma experiência com Jesus é a entrega. Zaqueu entregou-se, e entregou seus bens em mais da metade, motivado pelo amor de Jesus.
    20
    Atos 2.44-45
    Os primeiros cristãos tinham tudo em comum e repartiam tudo que tinham uns com os outros.
    21
    Atos 4.34-37
    Havia uma entrega de bens aos pés dos apóstolos, voluntária e espontaneamente para uso na Obra.
    22
    Atos 5.1-11
    Ananias e Safira mentem e negam a oferta que propuseram a Deus.
    23
    Atos 8.18-24
    Simão ofereceu dinheiro para merecer o poder do Espírito.
    24
    Atos 11.29
    Os discípulos socorriam a cada um conforme suas posses.
    25
    Atos 20.23-35
    O cristão deve trabalhar para ter o que oferecer. Ter para dar é maior bênção do que precisar receber.
    26
    Atos 28.1-10
    O povo de Malta deu oferta ao Apóstolo Paulo.
    27
    Romanos 12.8
    Devemos repartir com liberalidade.
    28
    Romanos 15.26-27
    O uso das coisas materiais reflete o crescimento espiritual.
    29
    1Coríntios 9.6-27
    O ministro deve viver para o evangelho, sendo sustentado pelas contribuições da igreja.
    30
    1Coríntios 16.1-3
    A oferta levantada para socorrer os crentes em Jerusalém.
    31
    2Corintios 8.1-24
    A contribuição sacrificial da igreja Macedônica.
    32
    2Coríntios 9.1-5
    A prontidão no atendimento da beneficência.
    33
    2Coríntios 9.6-15
    O crescimento na graça de dar e o seu galardão.
    34
    2Coríntios 11.8-9
    O espírito cooperativo e donativo entre as igrejas.
    35
    2Coríntios 12.13
    A igreja torna-se inferior, quando não é ensinada a dar.
    36
    Efésios 4.28
    O cristão trabalha para ter o que repartir.
    37
    Filipenses 4.15-19
    Oferta das igrejas para o ministério apostólico de Paulo.
    38
    38
    Tiago 1.27, 2-16
    A fé viva é demonstrada quando damos bens materiais.
    39
    1João 3.17-18
    Diante da necessidade de alguém, o crente tem a responsabilidade de dar.

    Paulo em suas Epistolas explica bem como se deve ajudar a Igreja verdadeira. Isso é segundo o coração de cada um e suas posses.

  36. Valéria disse:

    Maycon,você esté feliz e bem sucedido em não dar o dízimo ? Então vá em frente,mas quem é fiel nos dízimos e ofertas,como eu,outros também tem sido,temos sido abençoados,entenda bem,não ficamos só analisando as escrituras,fazemos isso também,mas além da análise,há a prática e temos visto o resultado em nossas vidas…cada um irá colher o fruto daquilo que está sendo plantado,seja obediência as escrituras,ou seguindo seu próprio raciocínio.
    Olha o que a Bíblia diz :

    NO VELHO TESTAMENTO – “Porque eu, o SENHOR, não mudo” ( Malaquias 3 : 6 ) Quer dizer,isso serve tanto para o Velho,como para o Novo Testamento

    NOVO TESTAMENTO ( ÉPOCA DA GRAÇA ) – “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir.” Disse o SENHOR da GRAÇA ( Mateus 5 : 17 )

    “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!” ( Mateus 23 : 23 )

  37. Valéria disse:

    As vezes as pessoas alegam que a doação do dízimo,não é obrigatório,ou era coisa da “LEI” e alegam que devemos ajudar aos pobres…mas a verdade é que a pessoa não faz nem uma coisa ( sustentar a igreja e o trabalho missionário ) e nem ajuda os pobres ( diáriamente,ou semanalmente,ou mensalmente,com mantimentos,ou qualquer assistência ) e isso se chama HIPOCRISIA !

  38. Filipe disse:

    Eu gostaria de saber das pessoas acima que acreditam que não se dê o dízimo em forma de dinheiro e que acreditam que o dízimo era em forma de comida: então deveríamos dar o dízimo em cestas básicas de acordo com o nosso rendimento? ou seja, se meu dízimo é de R$ 50,00, devo comprar R$ 50,00 em mantimentos e entregá-lo como dízimo? porque até onde eu conheço e acredito, somos orientados a dar dízimo de tudo que nos vem à mão, seja mensal ou anual. As ofertas não quero comentar pois é muito claro pra todos. Não escrevo pra ofender ninguém e muito menos a desafiar, mas de acordo com os argumentos acima, ficou minha dúvida.

  39. henrjk disse:

    Filipe

    Vou tentar simplificar assim, embora não seja o correto: dízimo é como sinônimo de produtos agropecuários.
    Leia com bastante atenção a instituição dos dízimos no livro de Levítico.
    Dê uma lida em Neemias 10:37.
    Se você for agricultor, eu não veria nenhum problema em oferecer o dízimo da sua produção. Entendeu?
    Dízimo é alimento.
    Dê uma olhada neste link: [link retirado]
    Acho que você vai entender melhor.

  40. Valéria disse:

    Felipe,procure seu pastor que ele irá te orientar e o que ele disser para fazer,faça,pois seu pastor é quem realmente zela pela sua alma e não um estranho…

  41. henrjk disse:

    Felipe

    Complementando o que eu postei quero dizer o seguinte:Continue contribuindo como você está fazendo.
    O que estou dizendo é que a palavra “DÍZIMO” se relaciona com alimentos produzidos na terra e com a criação de animais.
    Acho que ninguem entendeu nada, principalmente a Valéria.

    Se na sua bíblia tiver dicionário, procure o significado. Na minha bíblia de estudo diz que “Dízimo” é a décima parte de uma propriedade ou produto. Portanto não diz que são dez porcento.

    Veja o que diz em Deuteronômio 14:22-29
    22 Certamente darás os dízimos de toda a novidade da tua semente, que cada ano se recolher do campo.

    23 E, perante o SENHOR, teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu cereal, do teu mosto, do teu azeite e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR, teu Deus, todos os dias.

    24 E, quando o caminho te for tão comprido, que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que escolher o SENHOR, teu Deus, para ali pôr o seu nome, quando o SENHOR, teu Deus, te tiver abençoado,

    25 então, vende-os, e ata o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que escolher o SENHOR, teu Deus.

    26 E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; come-o ali perante o SENHOR, teu Deus, e alegra-te, tu e a tua casa;

    27 porém não desampararás o levita que está dentro das tuas portas; pois não tem parte nem herança contigo.

    28 Ao fim de três anos, tirarás todos os dízimos da tua novidade no mesmo ano e os recolherás nas tuas portas.

    29 Então, virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão, para que o SENHOR, teu Deus, te abençoe em toda a obra das tuas mãos, que fizeres.

  42. Karla Cristina disse:

    Que enrolação,pra que complicar…faça o mais simples!

    ‘Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.'(Malaquias 3 – 10)

  43. luiz disse:

    Tem crente que diz que jesus veio pra cumprir a lei, foi o único homem que cumpliu toda a lei,a lei não se resume só no dizimo não, a palavra de Deus diz que aquele que cumprir uma só lei deve cumprir todas, quando uma mulher adulterava era apredejada na praça, na sua igreja o pastor faz isso se não fizer tá errado, alei da divisão das terra, muitas outras lei tem que ser cumprido não é so o dizimo. O dizimo era para alimentar as viúvas e os orfão, que havia muita guerra e morria muitos pai e maridos e não tinha do que viver então os levitas repartiam e comia com todos eles. nenhum local do novo testamento diz que o crente te que dá o dizimo, tem ele repreendendo os fariseu que dava o dizimo cuendro do cuminho mais o que mais importante que a miséricordia e o amor eles não praticavam, jesus tava repreendendo um fariseu que vivia na lei que era obrigado a dá o dizimo, hoje é coletas voluntarias de acordo que propuser no seu coração. se for assim tenho que guardar o sabado não posso comer peixe de coro , porco e outros animais que lei não podia comer, os pastores vá trabalhar e se sustentar com o suo do seu rosto que diz na palavra de Deus. Apalavra de se cumpre até hoje neste mundo enganador Deus falou que por causa da desobdiência do homem ,a mulher teria dor no seu parto até hoje mulher tem dor no seu parto, falou que a serpente ia rastejar por toda a sua vida até hoje a serpente rasteja, que o homem ia trabalhar e sustentar com o suo do seu rosto isso não acontece com os pastores, não querendo trabalhar para que apalavra de Deus se cumpra sua vida, quem não quer trabalhar que tambem não coma vaaagabuundos (pastores).

  44. henrjk disse:

    Comece a ler o início do capítulo 2 de Malaquias e você entederá todo o contexto.

  45. luiz disse:

    Malaquia é no tempo da lei, novo testamento é depois que cristo morreu pra frente.

  46. Karla Cristina disse:

    Não tem contexto nenhum e sinceramente e acho que a sua opinião sobre essa palavra(Malaquias 2) é puramente inerpretativa fora do contexto até perigoso para os incautos,se você não aceita e não faz é um direito que você tem,mas acho perigoso…se você acredita que dízimos e ofertas são animais e vegetais,rsrsrsrsrrsrsrs,então apresente isso no altar da igreja em que você vai uai?Mas com prazer dou no envelopinho dado em minha igreja e Deus tem me honrado…

  47. Jacson Ramos disse:

    Caros, sou discípulo de Jesus Cristo. Acredito que há dois caminhos: fé ou obras, dois testamentos: o Velho ou Novo. Prefiro viver pela fé e, sem dúvida alguma, o novo testamento. As coisas velhas já passaram e tudo fez-se novo.
    Deixo a todos (em deferência ao Dízimo): Deuteronômio 14 dos versículos 22 ao 29. Mas por amor a Jesus Cristo, estudem com imparcialidade.
    Que o Deus de Abrão, Isaque e Jacó, o meu Deus, abençoe a todos.

  48. luiz disse:

    Essa Karla Cristna só pode ser alguma pastoral, para defender tanto o dizimo e ser for pastora está mas uma vez fora da doutrina do senhor jesus, porque mulher não pode ser pastora segunda as escritura sagrada. Para os crente que serve o senhor jesus na graça é ofertas voluntarias, pode ser 10,20,30,40 até 100% mais é voluntarios o que Deus propuser no seu coração. Karla esquece isso de dizimo daí de graça o que você recebeu de graça, a não ser que você pagou. mas o dimheiro é seu você dá pra quem quiser menos pra Deus. porque Deus não pede dizimo na graça é graça. alei não existe mas é graça de jesus cristo. De cristo estais desligado vós que quereis justifica na lei da graça tendes caído.

  49. henrjk disse:

    Karla
    Estou falando de dízimo e não de ofertas. Vou repetir novamente: Dízimo é referência a produtos da terra e quem os dava eram os agricultores e pecuarístas.

    Desde Malaquias 1 Deus fala diretamente aos sacerdotes que eram responsável por guiar o povo israelita na lei.

    Em Malaquias 2:1 diz: Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.

    Em 2:8 diz: Mas vós vos tendes desviado do caminho e, por vossa instrução, tendes feito tropeçar a muitos; violastes a aliança de Levi, diz o Senhor dos Exércitos.
    Os sacerdotes são obrigados a instruir o povo no caminho de Deus.
    Na igreja gentílica cabe aos pastores essa tarefa e os dízimos e ofertas não devem ser descaminhados.

    Em Malaquias 3.10-11:
    10 – Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.
    11 – Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.

    No verso 10 as “as janelas do céu” vai derramar dinheiro ou chuva?
    No verso 11 o “devorador” que consumia o fruto da terra era o quê senão o gafanhoto ou peste?
    Agora onde você vê dinheiro, prata ou ouro nestes textos?

    Deuteronômio 14:22-29(NTLH) é bem explícito:

    22 — Todos os anos juntem uma décima parte de todas as colheitas
    23 – e levem até o lugar que o SENHOR, nosso Deus, tiver escolhido para nele ser adorado. Ali, na presença do SENHOR, nosso Deus, comam aquela décima parte dos cereais, do vinho e do azeite e também a primeira cria das vacas e das ovelhas. Façam isso para aprender a temer a Deus para sempre.
    24 – Mas, se o lugar de adoração ficar muito longe, e for impossível levar até lá a décima parte das colheitas com que Deus os abençoou,
    25 – então façam isto: vendam aquela parte das colheitas, levem o dinheiro até o lugar de adoração que o SENHOR tiver escolhido
    26 – e ali comprem tudo o que quiserem comer: carne de vaca ou de carneiro, vinho, cerveja ou qualquer outra coisa que desejarem. E ali, na presença do SENHOR, nosso Deus, vocês e as suas famílias comam essas coisas e se divirtam à vontade.
    27 — Porém não esqueçam os levitas que moram nas cidades de vocês. Eles não receberão terras em Canaã, como as outras tribos.
    28 – De três em três anos juntem a décima parte das colheitas daquele ano e guardem nas cidades onde vocês moram.
    29 – Essa comida é para os levitas, pois eles não têm terras próprias; é também para os estrangeiros, os órfãos e as viúvas que moram nas cidades de vocês. Assim todos eles terão toda a comida que precisarem. Façam isso para que o SENHOR, nosso Deus, abençoe todo o trabalho de vocês.

    Mais explícito que isto é impossível.

  50. henrjk disse:

    Luiz

    Acho que houve um equívoco seu.

    Jesus disse em Mateus 5.18(NTLH)
    – Eu afirmo a vocês que isto é verdade: enquanto o céu e a terra durarem, nada será tirado da Lei — nem a menor letra, nem qualquer acento. E assim será até o fim de todas as coisas.
    Os céu e a terra ainda estão ativos.
    Já ouvi isso de um pastor no púlpito e fiquei arrepiado como ele ao afirmar que Jesus revogou a lei.

    Vivemos na Graça, mas temos responsabilidades.

  51. luiz disse:

    Karla tudo isso que você falou seria possivel, e era legitimo se você vivesse na lei, você vivi na graça de jesus cristo, esqueça malaquia. Não existem mais dizimo é ofertas voluntarias. Não tem um versículo no novo testamento que jesus e seus discípulos pediu o dízimo, jesus perguntou a seus discipulos, no reino da terra quem paga os tributo os filhos o os alheios, os discipulos responderam os alheios, jesus respondeu porém os filhos estão isentos. trazendo para o reino de Deus os filhos de Deus estão isentos de tudo ele quer é tua obdiência, que você se livre do mal, da vaidade, da prostituição, das festa etc.. e que você dê as coletas de acordo com a doutrina de filho o Senhor jesus. que Deus venha abrir os olhos daquele que não quer reconhecer a verdeira doutrina dada pelo espirito santos através de seus discipulos. tem olhos mais não ver, tem boca mais não fala, tem perna mais não anda suas frente esta virada para trás para não ver o que esta a sua frente, só quando verdadeiramente o Deus abrir seus olhos carnais olhos de dinheiro facil, olhos de vida facil de mordomia achando que dando o dizimo para o homem estará comprando a Deus… Misericoooordia.

  52. Jacson Ramos disse:

    Henrjk,

    Eu como você, acredito em todas estas coisas. Deuteronômio 14:22-29 é bém claro e muitos sabem disto, mas esta interpretação “errônea” não é da atualidade. Isto é antigo. Depois que Deus me revelou esta passagem – e aí não precisa de interpretação, pois é clara (Deuteronômio 14:22-29) – fiquei atordoado. Algum tempo após chamei meu Pastor e mais dois irmãos para que eu pudesse falar deste fato. Na ocasião me sentir o pior dos anti-cristos, mas Deus me mostrou-me o contrário. Vi claramente os três tentando justificar o injustificável. Pela atitude dos mesmos percebi que muitos sequer sabem desta passagem bíblica e os que sabem, fazem que não sabem, pois estão debaixo de autoridades superiores ou, o pior, tiram proveito disto. Se Jesus Cristo não morresse por mim, estaria “ferrado” pois não sou judeu não tinha chance de pelo almenos tentar cumprir a lei – eu não as tinha – e, além disto, ninguém pode cumprir a lei. Ficaria difíscio para as igreja ficarem sem o dízimo? Sim, mas aí estariam vivendo somente pela fé.

    Bom, existe o antigo e o novo testamento. No primeiro tenho que cumprir a lei, no outro Jesus, não revogou, cumpriu para mim.

    Em suma não sou filho de Agar, sou filho da promessa.

  53. luiz disse:

    Jacson Ramos concordo, se você cumpri-se toda as leis da escritura, vocês resume só no dizimo onde está o restante da lei que são mais de seissentas, vocês sabe quais são. mais só usa a lei do dizimo. onde tem o dinheiro que comrrompe todos os bons ensino.

  54. Jacson Ramos disse:

    Luiz

    Acho que houve um OUTRO equívoco seu. Por favor leia minha postagem anterior, de novo e com atenção, e perceberá seu engano.

  55. henrjk disse:

    Jacson

    Não estou incentivando a não contribuição para a igreja, mas mostrando que o termo utilizado é errado.
    As igrejas precisam sim das contribuiões para realizar seus trabalhos locais, para pagar suas taxas de água e luz e salários de serviços prestados e missões. Para estas coisas é que existe as ofertas.
    É preferível não discutir com pastores, mas pedir que explique, mas sem confrontação e com domínio sobre a matéria não somente desta como tambem de qualquer outra.

    Lembro de um amigo que foi discutir com o padre o mandamento de não adorar outros deuses ou ajoelhar-se a estátuas.
    Simplesmente o padre tomou-lhe a bíblia e mandou-o embora. Esse rapaz era um novo convertido.

  56. Georges disse:

    Para mim o sr. Rubens Corim é um picareta querendo ganhar dinheiro fácil. Complementando o comentário do Henrjk, eu pergunto desde quando o NT manda construir igrejas que vão gerar despesas como as tais taxas de água, luz, zeladoria etc. A oferta neotestamentária era para ajudar os pobres, não para pagar impostos. Tá pra nascer alguem que me prove o contrário. Nem o seu Rubens Corim. Se alguém quiser me dar o livro dele, eu aceito, mas comprar nã compro não.

  57. Georges disse:

    Queria saber se o sr. Rubens Corim também incentiva a circuncisão, os levitas, o voto, o nazireado, o não tocar em mulher nos dias do fluxo, o não tocar em pessoa morta, o apedrejamento do o filho rebelde, a guarda do sábado (será que ele lava o carro no sábado? então está em pecado…); se ele nos indicaria quais seriam as cidades de refúgio, se ele acha que o soldado quando se casa não deveria ir para o quartel senão depois de um ano, se ele come carne de porco (animal impuro), se ele come chouriço ou frango ao molho pardo (são feitos de sangue)…

  58. Rey disse:

    Essa de dízimo é mesmo uma “Gigante Roda”. Parece até que depois de dois mil anos de segunda aliança o NT, estão querendo reinventar a “Gigante Roda”. Tem que ler e entender a proposta do NT! Jesus cumpriu a lei por nós, sendo ele também Judeu. Até mesmo essa coisa de dízimo ele cumpriu. Mas há uma má interpretação em nossos dias, desprezando toda a obra de Cristo. E alguns se cravejam na cruz de Cristo, e querem dar as ordens que simplesmente estão bem claras na Bíblia! Fardos, e pecados apenas um levou! “Quem está unido com Cristo é uma nova pessoa; acabou-se o que era velho, e já chegou o que é novo”! Esqueça o que passou! Ficou na história! Agora é tudo novo até mesmo o dízimo é novo! Não tem limites! Você pode fazer sem limites! Quando se põe limites (10%), não é para a igreja. A igreja segundo o NT, é tudo! O quanto propõe o teu coração! O quanto Deus te prosperou! Seja fiel a si mesmo, e fique em paz assim você estará em espírito, conhecendo a vontade de Deus!

  59. Diego disse:

    os dizimos e ofertas é biblico lá fala honra ao senhor com 10% de toda sua renda.A igreja depende deste dinheiro para se manter como ela pagaria agua,luz,telefone, aluguel e os reparos da igreja e ainda ajudaria os irmão mais carentes, claro que em algumas igrejas tem pessoas corruptas mas ai eles que vam acertar as contas com nosso bom Deus os que contribuem com os dizimos e ofertas estão fazendo a sua parte e garantindo o seu galardão.

  60. Rd696989 disse:

    O que acho engraçado é que as igrejas cobram o dízimo mas não tem demonstrações claras do que é feito com o dinheiro. Defendo que o pastor que se dedica integralmente deve ter um salário fixo para suas despesas mas sem 13º mas com direito a aposentadoria para que possa se sustentar quando estiver velhinho. Mas não todo o dinheiro que entra dentro da igreja. O membro da igreja é só membro para dar o dízimo, mas não pode opinar, dirimir questões, tem que confiar 100% no pastor? Está escrito na bíblia que maldito é o homem que confia no homem. Os pastores devem sim se submeter aos membros fiéis que contribuem na igreja e devem colocar os projetos da igreja para os irmãos, em oração, possam definir e deferir a favor ou contra. Esse negócio de um só ganhar e outros só pagarem não é biblico, o dízimo faz parte da lei, o próprio Jesus não tinha onde reclinar a cabeça como o mesmo falou e como podem pastores viverem do dízimo alheio e ainda definirem fazer o que bem entenderem? Trocar de carro por trocar e ainda usar todo o dinheiro da igreja para os próprios? Será que é muito caro a água, luz do templo, telefone? Os outros irmãos trabalham sempre gratuitamente e ainda contribuem , agora só o pastor ganha salário? Para quem era o dízimo, para o órfão, a viúva e o estrangeiro….? Experimenta ir pedir algo para o pastor para ver se vc não ganha um “corridão”. Jesus nunca pediu nada a ninguém. Eu concordo em contribuir para as despesas, pagar um salário fixo para o pastor que se dedicar integralmente a igreja, mas sem férias nem 13º por que afinal de contas o chamado pastoral é algo divino que não cabe fazer para ganhar dinheiro e sim para cumprir o chamado de Deus e ganhar as almas para Deus, ensinar, levar uma palavra amiga. Agora ficar martelando em malaquias 3:10 tira a fé das pessoas e faz com que elas fiquem encucando que se não derem 10% vão ser amaldiçoadas. Contribuição deve ser feita com alegria e não com fardo e ameaças. A igreja evangelica poderia ser muito mais próspera em termos de ganhar as pessoas se não fosse esse tipo de ensinamento. É uma pena que os pastores querem batizar muitas vidas não apenas para ganhar as almas e sim para ter mais dízimo entrando nas igrejas. Jesus fica muito triste com tudo isso. O amor ao dinheiro está estragando as igrejas. Fico triste com isso. E cada vez surgem mais e mais igrejas de várias denominações. Isso é um absurdo, já não bastam as que existem? Isso tudo é porque a constituição libera e veda a cobrança de impostos, então é fácil abrir igrejas e mais igrejas. Acho que devia ser vedado a igreja comprar helicópteros, aviões, carros de luxo e deveria ter uma auditoria em cada uma delas para coibir os que se aproveitam de tudo isso para roubar aos pobres e se aproveitar da fé alheia. Para que pastores andarem de carro importado ou de luxo? Não decidiram ser pastores e bispos, apóstolos para fazer a obra de Deus? A obra de Deus deve ser feita com responsabilidade. Jesus virou commoditie e vende muito. Os mesmos que crucificaram-no estão vendendo até hoje suas vestes e ensinamentos. De graça recebei, de graça dai.

  61. Rd696989 disse:

    O dízimo era para os levitas, os sacertodes, para manter as despesas da igreja e não para ser centralizado para alguém ganhar e os outros terem que pagar. Acho que se é para ameaçar as pessoas que não derem o dizimo que estao roubando a Deus, entao antes de qualquer culto, sejam claros e digam: Olha pessoal, o negocio é o seguinte: Vocês vão ser abençoados e ir para o céu se obedecerem aos mandamentos de Jesus Cristo, como ele pregou e ainda dar 10% de tudo que receberem. Quem não tiver de acordo não adianta estar na igreja pois vai estar roubando a Deus e ir para o inferno. Então nem perca seu tempo na igreja, quem quiser tomar a Santa Ceia deve contribuir e obedecer aos mandamentos de Cristo em tudo. Não seria melhor e mais claro? Ao invés disso vão enrolando as pessoas e não são homens(claro que não generalizando) integros para falarem a verdade. Jesus disse que Ele é o caminho a verdade e a vida e ninguém vem ao Pai senão por Ele. Então JEsus é o caminho, mas antes você deve pegar e ir a Malaquias 3:10, depois volta ao novo testamento e lÊ tudo o que Jesus ensinou. E pior de tudo, se vc não dá te chamam de avarento…. Então de um lado temos irmãos avarentos e pastores ambiciosos. É um grande absurdo, fico com vergonha de ser evangélico as vezes. As pessoas querem Jesus, querem ser abençoados, mas o povo tá cansado de ser enganado. Essa igreja grande que pega o dinheiro do povo para colocar em outras coisas que não tem nada a ver com a igreja e que mercantilizaram a palavra de Deus, são uma grande arma do Diabo para afastar as pessoas da igreja. Que pena né. Você já viu algum programa evangélico que não pede dinheiro?

  62. Rd696989 disse:

    Se com o dízimo Deus vai abrir as janelas do Céu então todos os crentes deveriam ser ricos e prósperos. Ganhar muito dinheiro mesmo. Porque isso não acontece? Deus é mentiroso? Sabe porque isso não acontece? porque Jesus veio para salvar as pessoas dos pecados e lavá-las no seu sangue e não para enriquecer as pessoas. Deus dá alegria , vida e vida com abundância. Podem dar muito o dízimo que não tem nada a ver com salvação. Dízimo é contribuição e cara ainda por cima. Deus quer nosso coração e uma vida santa e remida no seu sangue. Agora quem vai na igreja para ficar rico tem que se lascar mesmo, Deus da a salvação, quer ter dinheiro vai estudar e trabalhar. E pastor que quer vida boa que vá trabalhar do contrário se contente com que uma vida humilde, não miserável, mas humilde, carro popular, roupas simples e tal e não roupa de marca, carrão do ano, em vez de fazer isso que pegue e ajude enviando mais missionários. Que poupe, pare de assinar tv a cabo com dinheiro da igreja, internet da mais cara e pagando juros para bancos. Fazer crédito pessoal e pagar com dinheiro da igreja para que? Dar cheque sem fundos, misturar dinheiro da igreja com dinheiro pessoal. E ainda quando vão fazer alguma reforma no templo ou ampliação, construção, pedem todo o material e os irmãos que são pedreiros fazem de graça. Isso que revolta, só vc tando dentro de uma igreja para ver. Se vc é músico, tem que comprar o instrumento, levar, trazer, gastar td por tua conta e ainda as vezes recebe cara feia de pastor. Quantas vezes vi irmãozinhos pobres serem humilhados além de trabalhar de graça? Ta loco isso é um absurdo. Pastores que vão nas casas alheias comer, beber e ainda por cima cobrar o dízimo. Fazem uma oração simples e tchau. Que absurdo é esse? O dízimo é comigo e Deus.

  63. roberto disse:

    Quem prega o dizimo obrigatorio esta pregando errado dizimo e para a tribo de levi e nao para os pastores ficarem cada vez mais rico e nao ha base biblica para pastor presidente e nem para pastor liderar a igreja nao e biblico igreja matriz e filiao esse dizimo cobrado pelos pastores nao e bilbico.

  64. Marconi Costa disse:

    Concordo com tudo e com todos…não sou contra contribuições para que sejam usados em favor do bem.Os10% e as contribuições da sacolinha deveriam ser submetidas às taxações fiscais tal como o I. renda.Outra coisa temos que acabar com essas tais instituições filantrópicas, fachadas para muitos “Lavadores de Cérebros” se enriquecerem e ficarem viajando pelo mundo visitando lugares ditos sagrados afora as mansões onde moram e passeiam com seus iates..se não fui bem claro…tudo bem, eu só sei que tendo religião ou não sou filho de DEUS (força que rege a natureza) e a terra que jogarão em cima do meu cadáver é a mesma para todos.

  65. Georges disse:

    É um picareta querendo arrecadar um fixo por mês. 10% de cada um, apenas.

  66. Jacir m.. disse:

    Povo de Deus, ou vcs acreditem na biblia ou no homem, hoje estamos no tempo da apostasia, o velho testamento era para os judeus e Israelitas, nos somos os gentios, em Romanos cap. 10 vc 4, diz, porque o fim da lei eh Cristo…., e em Galatas cap. 5 vc 4 diz De Cristo vos desligaste vos que procurai justificais na lei, da graça tem decaido…, o unico argumento que eles tem eh mateus 23. vc 23 soh que o Senhor Jesus estava cumprindo a lei em homem, e na cruz quando ele morreu disse, esta consumado…., Hoje vivemos na nova aliança, pois quem vive pela lei, esta debaixo da maldição….
    A falta de conhecimento, faz o povo acreditar em homens e em igrejas.

  67. Carlos disse:

    O dizimo em deut.14 nos ensina que o mesmo não era em forma de dinheiro e sim de alimentação e que deveria ser tomado e comido mas, quem assim o fizesse não deveria se esquecer dos orfãos, viuvas e os levitas. Nisso essas classes de pessoas são tomadas como nescessitadas. Os orfãos por não terem pais para lhes sustentarem bem como as viuvas que passam por tribulações incriveis quando perdem seus maridos e os levitas foram a unica tribo de juda que não foram beneficiados com a herança de Jacó ao contrario de todas as outras tribos que receberam bens materiais. Portanto para bom entendedor estes mesmos dizimos deveriam ser tomados e de acordo com a nescessidade de cada um membro de determinada congregação supririam os mesmos por um periodo de ajustamento e tambem claro, o sustento do templo. Quando Malaquias disse que a respeito do dizimo, de que seria para não faltar alimento em minha casa podemos tambem entender que é o alimento material para o homem já que ¨Deus não habita em templos construidos por maos humanas¨ e ¨nos somos morada do espirito Santo¨. É muito pratico hoje como li alguns dizendo que dão o dizimo e o que os pastores fazem com ele e problema deles com Deus. Não é bem assim, não podemos ser complices de algo que esta errado pois seria a mesma coisa que acorbertar um crime. Hoje os lideres se esbaldam nos dolares, jatos particulares, cruzeiros luxuosos, casas hollyoodianas e mesmos rodas de escarnecedores e alguns até mesmo se perdendo na luxuria. Portanto você que dizima se torna indiretamente um contribuinte para tal situação. Pegue seu dizimo e oferta, leve a alguma pessoa nescessitada mas leve tambem uma palavra de consolo. Se voçe tem um entendimento melhor, se é um pouco esclarecido oriente este irmao em algum negocio para que ele ande com as proprias pernas e possa cultivar seu proprio sustento. Ou voce tem medo de que ele se saia melhor que voçe. Se isso acontecer não se esqueça que ele podera ser o seu socorro num futuro não muito distante. Se isso não acontecer e este mesmo aquem voçe socorreu lhe virar as costas ai sim, O grande Deus lhe será por socorro.

  68. Marilene disse:

    Crianças
    PARA SER SALVO VC PRECISA APENAS FAZER ISSO:
    “Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo.”
    “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé”
    (Romanos 10:9; Efésios 2:8).

    AGORA SE VC QUER SER PRÓSPERO FINANCEIRAMENTE:
    “dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão;” (Lucas 6, 38)

    Por isso que em muitas igrejas existem tantas pessoas que são abençoadíssimas vão para o céu com certeza más financeiramente …

    Enquanto isso o Bill Gates DOA rios de dinheiro através da Fundação Bill e Melinda Gates… o Carlos Slim Helú mantém sua agenda de filantropia farta com Projetos sociais e culturais a Apresetadora … os Jogadores de futebol … etc não ficam pobres nunca …

    E eu aprendi após 15 anos amargando com 01sm mensal… as duras penas mas hoje dei um ap e um carro para cada um de meus filhos hehehehehehehehehehehehehehehe

  69. Marilene disse:

    O dízimo; obediência – fidelidade
    repreende o devorador

    Oferta é uma dádiva de amor!
    Aumenta a vossa sementeira (aumenta renda, o dinheiro)

    O bom mesmo é a prática.
    A teoria é loucura para muitos.

    É somente quando eles começam a ver sua vida financeira mudando “da água para o vinho” é que alguns entendem.
    E outros ainda continuam buscando justificativas na economia, nas circunstâncias sei lá, acham até que eu fiquei inteligente, economicamente falando, de uma hora pra outra e passei a fazer investimentos corretos. Grande ilusão …

    A minha inteligência econômica foi apenas a de crer na palavra de Deus e a passar a devolver o dízimo que não é meu e a dar ofertas para as Obras Sociais de minha própria denominação, que aprendi a fazer com amor e alegria.

  70. pb. fernando disse:

    Os levitas tinham por direito todos os dízimos de israel pois era seus salários, no entanto hoje pessoas que nem mesmo são israelitas quanto mais levitas e outra, nem mesmo são prosélitos do judaísmo (visto que não se pode ser cristão e judaizante ao mesmo tempo) ressuscita um mandamento da lei dos ritos mosaicos que já caducaram cuja a igreja primitiva cortou qualquer relação At. 15.5,10,19. e pede obrigando através de pressão psicológica alienando as mentes indefesas usurpando um direito que não é deles, na verdade um direito autoral uma herança levítica cuja a tribo existem em israel que nem mesmo trabalham mais no templo que esta destruído não tem mais nenhum tipo de sacrifício, os levitas que seriam os verdadeiros dono dos dízimos não o recebem mais pois trabalham secularmente, por que tenho que dar o dizimo?
    isso é usurpar herança dos outros já que passaram esse tempo recebendo dinheiro que que não é de nenhum pastor ou bispo, a conselho a todos, a devolverem aos seus verdadeiros donos (os levitas, viúvas, órfãos, estrangeiros, necessitados.) todos os dízimos que já pegaram sem contar os pobres necessitados que estão ao nosso redor que nunca receberam um pão
    sequer, é esse o verdadeiro significado de Malaquias, privar alguém do que lhes é devido comete injustiça, pergunto! quem é o ladrão de Malaquias? claro que eram alguns dos próprios sacerdotes Mq. 3,11. por favor não mintam contra a verdade!!

  71. pb. fernando disse:

    comentando sobre o que diz Marilene: minha irmã conheço pessoas “fieis” aos dízimos a mais de 25 anos que continuam na mesma dificuldade financeira sem contar os problemas na família e na saúde é claro que você também conhece! você de veria lembrar do – tende bom animo. por favor nunca fale do que não entende colocando o dizimo no lugar de Deus poi só quem pode repreender devorador é Deus, isso é um ato de idolatria. pazzzz

  72. enilton dias disse:

    Karla, você esta totalmente equivocada e até um tanto confusa.primeiro escreve que não existia dinheiro,posteriormente tendo seu argumento caido por terra,desmente.a verdade e que as igrejas tem no dízimo a “galinha dos ovos de ouro”, os pastores encostam os membros na parede insinuando que são ladrões entre outras barbaridades;é notório e confirmado em pesquisas que o brasileiro não sabe interpretar textos ainda mais a Biblia que mal entendida é a mãe de todas as heresias.Portanto minha querida não confunda antigo testamento com o Novo e lembre-se que Jesus ao alertar os fariseus sobre dizimo aindfa não havia cumprido sua obra expiatória na cruz.

  73. enilton disse:

    karla, é necessário saber interpretar a biblia literalmente antes de espiritualizar tudo como você está fazendo,portanto leia a bíblia corretamente.

  74. Peço aos leitores desta página, que procurem lê o livro; DÍZIMO O “IMPOSTO” QUE JESUS NÃO MANDOU COBRAR. A paz de CRISTO!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

ANÚNCIO
ANÚNCIO
ANÚNCIO