Malafaia e Feliciano: acusações contra Cunha tiram “o foco do governo” no petrolão

80

Os pastores Silas Malafaia e Marco Feliciano (PSC-SP) comentaram as acusações feitas contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e questionaram o fato de o delator Julio Camargo, um dos colaboradores da Operação Lava-Jato, só ter lembrado das supostas propinas pagas ao presidente da Câmara agora, justo quando novos fatos que comprometem ainda mais o Partido dos Trabalhadores foram trazidos à tona.

Segundo Camargo, Cunha teria exigido R$ 5 milhões de propina por intermediar um contrato de uma empreiteira com a Petrobrás. Em resposta, Cunha acusou o governo de pressionar o delator para que ele mudasse seu depoimento, incluindo-o entre os envolvidos na corrupção. De quebra, anunciou seu rompimento formal com a administração Dilma Rousseff (PT) e deu andamento a 11 pedidos de impeachment da presidente.

Para Silas Malafaia, é estranho que as alegações feitas contra Cunha tenham tomado tal proporção, enquanto os membros do PT mencionados pelos delatores não são alvo de investigação.

“Só uma pergunta: porque a turma da elite do PT, [Aloizio] Mercadante, Edinho [Silva], Lula e Dilma, denunciada pelos delatores, não foram alvos da procuradoria? A coisa está muito estranha, tirando o tesoureiro [João Vaccari Neto], ninguém importante do PT foi denunciado como estamos vendo acontecer com outros. Quem estiver envolvido nessa lama do petrolão, que pague. E a turma do PT? Estão querendo tirar o foco do governo, isso é claro. Não estou defendendo ninguém, compartilho com o pensamento do jornalista Reinaldo Azevedo da revista veja. A coisa está muito estranha […] Se Eduardo Cunha tem culpa ou não, não posso afirmar. O delator em outros 4 depoimentos anteriores negou a participação dele, porque faz agora?”, questionou Malafaia.

Já Marco Feliciano saiu em defesa do presidente da Câmara: “O deputado federal Eduardo Cunha tem o meu respeito! Fala como um estadista. É preparado e amedronta os farsantes do PT! Força Cunha! O princípio da presunção da inocência (ou princípio da não-culpabilidade, segundo parte da doutrina jurídica) está a sua disposição! Minha força é pequena mas coloco-a à sua disposição, meu presidente”, escreveu o pastor em sua página no Facebook.

No Twitter, Feliciano elogiou a dinâmica que Cunha deu à Câmara dos Deputados: “Nunca trabalhamos tanto. Sua coragem nos inspira. O PT lhe teme”.


80 COMENTÁRIOS

    • Será que o Malafaia agora se colocará como professor da Polícia Federal? Sim, pois ele já deu uma de professor de genética e de evolução, entre outras disciplinas científicas, então para dar uma de professor da Polícia Federal não seria surpresa. Parafraseando o Romário, Malafaia calado é um poeta.

      • E contra o golpe até o próprio Cunha se manifestou contra (antes de seu nome ser citado como havendo, segundo Júlio Camargo, recebido 5 milhões de dólares em propina) ao dizer, repudiando o impeachment, que “o Brasil não é uma republiqueta”. Dilma foi eleita e concluirá seu mandato, e a oposição que faça seu papel a favor do Brasil, e não contra como esta fazendo ao impedir a presidenta de governar e tentar levar o país ao caos.

          • E quem vai querer debater com um histriônico que não deixa ninguém falar, já que pensa que ganha no grito? Olha, é tão sem noção certas defesas que você faz do Mala, ou seja, mesmo quando é patente que ele esta errado, que dá até a impressão que você tem tesão pelo cara.

          • Se a minha mente fosse igual a sua né, quem sabe. Mas graças a Deus eu não sou pervertida igual a você, que vê sexo até em um pedaço de pal. Vc é simplesmente ridículo e pervertido também.

          • Paráfrase da Bíblia: o publicano gay e os fariseus evangélicos:

            “Um homem e vários outros, incluindo uma mulher, subiram ao templo, a orar, fariseus (Vanessa, Clamando, etc., etc.), e outro publicano e gay (Sandro). Os fariseus estando em pé, oravam consigo desta maneira:

            “Ó Deus, graças te damos, porque não somos como os demais homens, injustos, adúlteros e homossexuais; nem ainda como este Sandro publicano gay. Jejuamos duas vezes na semana, e damos o dízimo de tudo quanto possuímos para os vendilhões do Evangelho.”

            O publicano gay, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: “O Deus, tem misericórdia de mim, pecador” [sim, pois não há um só que não tenha pecado e aquele que diz que não tem pecado é mentiroso].

            Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aqueles; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que si mesmo se humilha será exaltado”. (Lucas 18:10-14.)

  1. Se cunha é culpado ou não, isso ainda não está claro, mas quem o conhece sabe que ele não é tudo isso que aparenta ser… diz ser evangélico, mas fuma charutos cubanos escondido, e é conhecido por ser vingativo…

    o fato de sair do governo e na mesma semana desengavetar 11 pedidos de impeachment da Dilma mostra o ódio que cunha tem por seus inimigos. Enquanto era governo, escondeu tudo, agora sai e quer vingança… nada de Deus nesse cara, nunca terá meu voto.

    Afinal de contas, “o povo merece respeitoooooo…”

      • luciano

        nos anos 80/90 a desculpa no meio evangélico é que a politica tava na mão do diabo e que os crentes deveriam ir pra ela…

        essa foi a conversa, pois eles foram e o país só piorou, escandalos aumentaram e dificilmente um problema desse não tem ao menos um politico evangélico envolvido…

        Como esquecer da famosa “oração da propina” ?

          • luciano

            releia o inicio do meu comentário:”Se cunha é culpado ou não, isso ainda não está claro…” então não o estou acusando do escandalo propriamente dito…

            mas que ele fuma charuto cubano escondido, mesmo sendo evangélico e é vingativo, isso já é publico e notório, não adianta esconder, quem convive com ele sabe que isso é verdade.

            E essa conversa de que é “perseguição” já tá manjada, inventa outra…

            Nunca vi o Senhor Jesus mandando servo pra politica… Ele mesmo recusou os reinos deste mundo quando o diabo lhe ofereceu!

  2. Quem esta investigando tudo é a Polícia Federal, não tem nada a ver com o PT. Inclusive consta, segundo matéria publicada hoje no site Brasil247, que “a PF apura repasses de US$ 14 mi para chegar a Cunha”, ou seja, “Estão sendo rastreadas 35 operações financeiras feitas entre o lobista e delator da Lava Jato Julio Camargo e Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB no esquema; objetivo, que envolve movimentações de US$ 14 milhões, é identificar o repasse de US$ 5 milhões em propina que teriam sido pagos para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), conforme denunciou Julio Camargo em delação premiada.” Assim, talvez seria mais prudente aos senhores Silas Malafaia e Feliciano aguardarem a conclusão dos trabalhos da Polícia Federal antes de emitirem certas declarações.

    Fonte dos textos colocados entre aspas:

    w w w. brasil247. com /p t/247/brasil/189572/PF-apura-repasses-de-US$-14-mi-para-chegar-a-Cunha. h t m

  3. Será que o Malafaia agora se colocará como professor da Polícia Federal? Sim, pois ele já deu uma de professor de genética e de evolução, entre outras disciplinas científicas, então para dar uma de professor da Polícia Federal não seria surpresa. Parafraseando o Romário, Malafaia calado é um poeta.

  4. Segue vídeo contendo a íntegra do depoimento de Julio Camargo e onde ele responde, entre outras questões, o porquê de não haver feito antes, em Curitiba, a denúncia sobre os 5 milhões de dólares:



    Assine o Canal
  5. kkk
    malafaia$$$
    pensa que sempre vai vencer “no grito”!!! kkk


    o cerco do cunha está se fechando!!!!
    bem feito!!!! kkkk
    “Força-tarefa tem documentos de offshores mantidas para movimentar valores no exterior que seriam do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró e Fernando Baiano, apontados como ‘braços’ do PMDB no esquema de corrupção da Petrobrás”

    blog Fausto Macedo –

  6. O envolvimento de tantos parlamentares evangélicos com crimes tem sido a melhor resposta que a sociedade poderia ter em relação a se o Brasil seria um país melhor com governantes evangélicos.

      • Primeiro: não sou católico;

        Segundo: um erro não justifica outro;

        Terceiro: o tipo de protestantismo dessas nações não tem nada a ver com o pentecostalismo e neopentecostalismo: é antigo, histórico, tradicional, ético.

        • Seria, eu acho, uma ofensa aos católicos dizer que você é católico…

          Deconsidero sua análise de um erro não justificar o outro,pois winds não tivemos um governo protestante no Brasil.

          Nossa visão ainda se remete aos fundamentos do protestantivo na Europe, Martin Lutero e John Calvin estão bem conceituados no meio da congregação evangélica.

  7. Digam ao Cunha, ao Malafaia e a essa corja de pastores que enriquecem usando o ne de Jesus Cristo, que a hora deles vai chegar… e que nos iremos assistir, sentados, a decadencia deles… fora Cunha! Suma, Malafaia! O Brasil nao precisa de gente pulha como voces!

  8. Nossa! Como os lobos são previsíveis. O golpe já estava preparado, Cai a incompetente presidenta, o vice que deveria assumir renuncia e o presidente da câmara assume.

    Mais sujeira vai boiar e esta manipulação astuciosa vai cair.

    Astucia não e sabedoria, e todo astuto merece comer poeira assim como a serpente do Éden.

    Acorda povo os enganadores são os de dentro e não os de fora.

  9. Agora vamos aguardar os movimentos de rua.
    A voz do povo deve dizer mais alto fora Dilama! Fora IncomPTentes!
    Todos os que forem condenados devem pagar a pena grande ou pequeno!

    O impeachment é inevitável!
    Carpe diem Brasil vamos destruir essa magia negra dos Petistas!!!!

  10. O lado escuro do vaticanoLivro revela como a Igreja Católica ajudou o nazismo e outras ditaduras.

    “Se o papa ordena liquidar alguém na defesa da fé, faz-se isso sem questionamentos. Ele é a voz de Deus e nós somos a mão executora.” Assim pensava o cardeal italiano Paluzzo Paluz zi, que no século XVII exerceu o cargo de chefe da Santa Aliança – o temido serviço secreto do Vaticano, na Itália.

    E assim raciocinavam também ao menos outros 39 religiosos que atuaram no comando das
    organizações de espionagem e contraespionagem ligadas ao Estado do Vaticano desde a sua criação em 1566. Fartamente documentadas, as revelações estão detalhadas no livro “A Santa Aliança: Cinco Séculos de Espionagem do Vaticano” (Editora Boitempo), do jornalista e pesquisador Eric Frattini.

    Ele embasa as suas afirmações em amplas pesquisas realizadas há pelo menos 12 anos em arquivos oficiais da Igreja de diversos países.

    A Santa Aliança foi criada por ordem do papa Pio V com o
    objetivo de assassinar a rainha Isabel da Inglaterra, que era protestante, para restaurar o catolicismo no país. De lá para cá, 40 pontífices assumiram o comando da instituição e atuaram com mais ou menos rigor junto aos trabalhos de seus espiões. Segundo Frattini, houve um único papa que dispensou categoricamente os serviços desse organismo. Trata-se do papa João XXIII. Ele teve a coragem de enfrentar esse setor do Vaticano, que em seu entendimento trazia mais problemas do que soluções ao pontificado, e por isso ficou historicamente conhecido como o Papa Bom ou o Papa da Bondade.

    Uma das atuações mais polêmicas da Santa Aliança se deu durante a Segunda Guerra Mundial. Foi quando entrou em vigor a chamada Operação Convento, que ajudou na fuga de criminosos de guerra nazistas, entre eles o general da SS Hans Fischbock, o tenente-coronel da SS Adolf Eichman e o médico de Auschwitz Josef Mengele. O padre Karlo Petranovic e o bispo Gregori Rozman, notório antissemita, foram bastante ativos nessa época. Na década de 70, o autor menciona a atuação da Aliança na perseguição aos sacerdotes progressistas que defendiam a Teologia da Libertação, entre eles o brasileiro Leonardo
    Boff, ações que contaram inclusive com o apoio da CIA, agência secreta americana. A Igreja também teria incrementado os fundos do Banco do Vaticano através da venda de armamentos a países em conflito. Frattini dá como exemplo o que se passou durante o pontificado de João Paulo II, o papa João de Deus: proprietário de 58% da companhia armamentista Bellatrix, com sede no Panamá, o banco faturou comercializando mísseis Exocet com o governo ditatorial da Argentina durante a Guerra das Malvinas travada entre o país e a Inglaterra em disputa das Ilhas Malvinas (ou Falklands), na década de 80.

    As conexões internacionais do Vaticano são vastas: o dinheiro obtido com a venda desses mísseis teria sido usado para financiar o sindicato Solidariedade, na Polônia, e diversas ditaduras sul-americanas. Além da Argentina, houve intervenção na ditadura de Anastasio Somoza (Nicarágua), de François Duvalier (Haiti), Maximiliano Hernandez Martínez (El Salvador), entre outras. Depois que Ronald Reagan assumiu o poder nos EUA, a organização passou a contar efetivamente com o apoio da CIA, o que a tornou ainda mais atuante. Entre 1979 e 1982, cinco cardeais envolvidos em um
    inquérito que apontava irregularidades no Banco do Vaticano morreram em decorrência de motivos diversos – essas mortes teriam sido encomendadas para prevenir que esses religiosos acabassem por revelar segredos da Santa Aliança. Essa teoria conspiratória lembra os romances de Dan Brown, autor de “Anjos e Demônios” e “O Código Da Vinci” ? Claro, com a diferença que os fatos e os personagens não são mera coincidência.

  11. XUPA!!
    ,XUPA!!
    que é de uva(digo de chocolate)!!! kkk

    PASTOR FAZ FIÉIS ENGOLIREM COBRA VIVA E GARANTE: ‘VAI VIRAR CHOCOLATE’

    Um pastor evangélico em Pretória (África do Sul) estava causando polêmica com uma liturgia pouco ortodoxa: Prophet PenueL FAZ OS FIÉIS DA SUA CONGREGAÇÃO ENGOLIREM COBRA VIVA. Segundo o religioso, o réptil se transforma em chocolate, contou reportagem do “Metro”.

    A página da igreja no Facebook diz que a iniciativa de Penuel funciona, graças à fé dos seus integrantes.

    “Eu fiz e senti o gosto do chocolate. Era diferente, mas o gosto era bom”, afirmou um fiel na rede social.

    “Eu não estava seguro na primeira vez, mas quando mordi a cobra percebi que era o melhor chocolate que eu havia comido”, relatou outro membro da comunidade religiosa End Times Disciples Ministries.

    PENUEL DEFENDE A CRENÇA DA TRANSFORMAÇÃO DIVINA. no início deste ano, o pastor já havia causado polêmica ao pedir para os fiéis tirarem as roupas PARA QUE ELE PUDESSE SE SENTAR SOBRE OS CORPOS NUS E ORAR.

  12. Na politica muitos estao enlameados na mesma sujeira, a politica hoje se tornou uma profissão, com muitas vantagens,muitos hoje querem ser politicos pela facilidade que se tem de enriquecer, essa onda de corrupção nunca vai acabar, pois nao é de interesse das elites, vejam que a roubalheira é de milhões, mas alguem ja viu dinheiro ser devolvido?o povo pobre é quem paga pra cobrir a corrupção e a roubalheira, politicos evangelicos nao podem fazer nada pra mudar essa realidade, se nao já teriam feito.

  13. Satanás defende satanás., e a velha máxima a cada dia mais atual , se honesto não é político se político não é honesto., e Brasília está infestada de evanjegues mamando nas tetas gordas da corrupção ., só digo uma coisa com toda certeza deste mundo ., nosso senhor Jesus Cristo jamais pisou o pé nesta podridão .,. Então estes pastorecos acham que Deus está dos lado deles estão redondamente enganados ., a luz não se mistura com trevas ., politicagem evanjegue a vergonha nacional

  14. “Quando os evangélicos vão se pronunciar a respeito de Eduardo Cunha? Por Kiko Nogueira

    A bíblia de alguns evangélicos não é apenas literalista, mas cheia de indignação seletiva. Nenhuma liderança se manifestou sobre as denúncias envolvendo Eduardo Cunha. Aliás, as de sempre apareceram — como se esperava, a favor de Cunha.

    O velho e bom Marco Feliciano, num texto nas redes sociais repleto de exclamações, deu seu apoio ao d e p u t a d o: “Ele tem o meu respeito! Fala como um estadista. É preparado e amedronta os farsantes do PT! Força Cunha!”, escreveu.

    Feliciano, cuja carreira se fez com julgamentos e condenações de quem nunca pôde se defender, invocou a “presunção da inocência (ou princípio da não-culpabilidade, segundo parte da doutrina jurídica)”.

    Não esqueceu de bajular o chefe. “Minha força é pequena mas coloco-a a sua disposição meu presidente (sic)”.

    Seus seguidores repetem o blablabla. “O Cunha defende os princípios bíblicos, isto incomoda ladrões, gays, corruptos, ditadores que perseguem cristãos”, escreveu um deles.

    MF pediu um afastamento: o do d e p u t a d o Silvio Costa (PSC-PE), que argumentou que Cunha não tinha condições morais de continuar na presidência da Câmara. Costa estaria agindo de maneira “espetaculosa” e incorrendo em infidelidade partidária.

    Silas Malafaia, um pouco mais contido — por enquanto —, declarou que acha estranho que membros do PT mencionados na Lava Jato não fossem igualmente denunciados pelo procurador Janot.

    Marisa Lobo, que se apresenta sob a alcunha de “psicóloga cristã”, especialista na “cura gay” e consultora da bancada nesse tema, fez um alerta: “Acorda povo!! A quem interessa a saída de Cunha?”, perguntou. “Se vocês #Esquerdistas e #Ptistas odeiam cunha, então ele é muito bom para o Brasil (sic)”.

    Eduardo Cunha tem um salvo conduto desses religiosos para fazer o que bem quiser, desde que contra o que consideram seus inimigos. Sua ficha corrida é extensa e remonta ao tempo em que era o braço direito de PC Farias, mas isso não virá ao caso para eles.

    São 22 processos no STF, entre eles três inquéritos que apuram possíveis crimes da época em que foi presidente da Companhia de Habitação do Estado do Rio de Janeiro (CEHB-RJ), entre 1999 e 2000.

    Nada disso importa para os evangélicos. Para além do corporativismo e do protagonismo desempenhado por um fiel da Assembleia de Deus de Madureira, Cunha é também um crente que, segundo Feliciano, “chegou lá”. Ele tem um “passado de lutas e décadas de serviços prestados à Nação, sem nunca ter seu nome manchado nem envolvido em qualquer ato que o desabonasse”.

    Noves fora a burrice, isso é também resultado de décadas em que essas igrejas vêm pregando que a prosperidade material não é pecado, com pastores enriquecendo rapidamente (enquanto seus fieis continuam pobres).

    É o lado mais obscuro do neopentecostalismo. Condena-se veementemente o “gayzismo”, o “abortismo”, o “bolivarianismo” etc, mas não a ganância desmedida.

    Manuel Arturo Vasquez, professor de religião da Universidade da Flórida, especialista em seitas pentecostais no Brasil, diz que, quando fica explícita a ligação entre o mundo material e o espiritual, surge enorme espaço para o abuso. “As pessoas usam alguns dos recursos provenientes das congregações para seu próprio lucro”, afirma.

    O dinheiro que Cunha ganhou serve a um propósito maior, não importa a maneira como ele o obteve. Nesse momento, somem todos os versículos que costumam ser tirados do bolso para condenar os “esquerdopatas”.

    Ninguém nunca verá felicianos e malafaias recitando o sétimo mandamento ou um trecho de Efésios (“O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade”).

    Em 2012, Malafaia tratou da questão de corrupção nas igrejas num culto. O vídeo virou hit no YouTube: “Quem é que toca no ungido do Senhor e fica impune? Ungido do Senhor é problema do Senhor, não teu. Teu pastor é ladrão? É pilantra? Você não está gostando? Sai de lá e vai pra outra igreja. Não se mete nisso não, porque não é da tua conta”, berra. “Rapaz, aprenda isso: eu já vi gente morrer por causa disso, meu irmão”.

    Cunha é ungido do Senhor. Não se mete nisso. Não está gostando? Muda de país.”

    Fonte: site diariodocentrodomundo .com .br

    • Toda e qualquer critica de cunho tendencioso seja por descriminação religiosa ou posição politica deve ser tratada como merece um pouco de atenção e com muito desdém!!
      Enquanto houver somente um barburinho quero dizer o martelo ainda não bateu é inocente,e chora que dói menos!!!!

      • Interessante Samuel
        Na hora de chamar o PT de ladrão voce não pede atenção pra ninguém . . . .
        ladrão é ladrão, não importa o partito político nem a religião do cara . . .

        Eduardo Cunha é ladrão sim, começou a roubar nos anos 90 ainda . . . . vá se informar . . . .
        deixa de ser tonto . . .
        o choro é livre pra voce . . .

        • Meu caro Rui, talvez eu deva te recomendar mais cenouras e alface para o seu consumo diario pois os mesmos podem nutrir seu organismo com substâncias necessárias para uma boa memória!!!

          Não muito distante um escândalo com proporções conseideráveis afetou todos os brasileiros e os maiores envolvidos neste escândalo foram membros do governo do PT lembrou do que estou falando é isso mesmo o MENSALÃO
          então antes de acusar alguém de falta de memória faça o seu trabalho de casa!
          O partido dos trabalhadores é um câncer que nossa sociedade precisa exterminar!
          Impeachment Já!!!
          Fora Dilama!!!
          Fora PT!!!

          • kkkkkkkkkkkk
            ai ai
            sim, tem o mensalão
            e dai ??
            eu já falei que não defendo o PT, longe disso, também acho que é um cancer para o Brasil ( pelo menos concordamos em alguma coisa )

            Agora o que eu não entendi é, o fato do Mensalão ter acontecido faz o Cunha ser menos ladrão do que ele é ?
            ou voce acha que como teve o mensalão não se deve investigar e punir o Cunha ?/

            Quem é que esta defendendo bandido aqui ??
            resposta – é voce

  15. Amigos e Amigas ouça isto!
    A poderosa e falída Rede abominação (Globo) a mesma que está protegendo os ladrões do Planalto. Tem algo para esconder e a CPI do BNDS vai revelar e isso sim será o inicio do fim da rede Esgoto! Escreva o que estou falando!!!

    • É verdade é como a música do duduca e dalvam (espinheira danada), essa musica mostra como é a politica aliada a religião nos dias atuais, a globo sempre foi manipulada e manipuladora mas as outras emissoras concorrentes tambem seguem o exemplo, o que vemos nas cadeias é gente pobre, quem comete crimes milionarios, raramente ficam presos, pois o dinheiro que roubaram lhe garantem bons advogados e uma vida confortavel por um longo tempo,essa briga que vemos diariamente nos noticiarios é briga pelo poder e pelo vil metal.

    • É verdade é como a música do duduca e dalvam (espinheira danada), essa musica mostra como é a politica aliada a religião nos dias atuais, a globo sempre foi manipulada e manipuladora mas as outras emissoras concorrentes tambem seguem o exemplo, o que vemos nas cadeias é gente pobre, quem comete crimes milionarios, raramente ficam presos, pois o dinheiro que roubaram lhe garantem bons advogados e uma vida confortavel por um longo tempo,essa briga que vemos diariamente nos noticiarios é briga pelo poder.

    • Oi, Janio querido, estava com saudades de você e de seus lúcidos e inteligentes comentários. É muito bom ter sua companhia novamente nos debates das ideias.

  16. Silas Malafáias eu fui um grande admirador seu mas depois que você se envolveu com a política e defendendo pessoas sem caráter, corruptos, ladrões, assassinos como estes políticos que aí se encontram, não posso acreditar e aceitar que você continue a pregar a palavra de Deus. Pessoas como você, Marcos Feliciano e tantos outros que hoje estão envolvidos na politica, é uma vergonha pra toda comunidade evangélica, eu o desafio a me mostrar em bases Bíblicas onde Deus nos diz que devemos defender este tipo de pessoas pois o que diz a palavra de DEUS em 1º TIMOTIO 6, é tudo o contrario do que você esta fazendo e defendendo e com certeza senhor Silas, você não herdará os reinos do CEU.

DEIXE UMA RESPOSTA