Marcha Para Jesus: Justiça condena políticos a indenizarem prefeitura em R$ 1 milhão

37

O ex-prefeito de Sorocaba (SP) e atual deputado federal Vitor Lippi (PSDB) foi condenado pela Justiça a indenizar os cofres públicos em R$ 1 milhão por conta de verbas públicas destinadas à organização da Marcha Para Jesus na cidade, durante os anos de 2006 a 2010.

O processo foi resultante de uma ação do Ministério Público, que enxergou improbidade administrativa no repasse de R$ 340 mil para organização do evento religioso. Além do ex-prefeito, o então secretário de Cultura, Anderson Santos, o deputado estadual Carlos Cézar (PSB) e o Conselho de Pastores Evangélicos de Sorocaba foram processados, e deverão dividir, igualmente, o valor da indenização.

Cabe recurso à decisão da Justiça, mas o caso poderá abrir importante precedente jurídico, já que é prática comum de prefeituras Brasil afora o repasse de verbas para locação de infraestrutura (palco, som, iluminação, etc) ou pagamento de cachê para cantores gospel para a realização de edições da Marcha Para Jesus.

Segundo informações do jornal Cruzeiro do Sul, a decisão da Justiça impõe a perda de mandato e a suspensão de direitos políticos por oito anos, já que trata-se de improbidade administrativa, termo técnico para se referir à má administração do dinheiro público.


O ex-prefeito afirmou que recebeu a decisão da Justiça com surpresa, pois no seu entendimento, a liberação das verbas durante seu mandato à frente da prefeitura de Sorocaba para organização da Marcha Para Jesus na cidade havia sido feita dentro dos parâmetros legais.

“Nós iremos recorrer desta primeira decisão com a certeza de conseguirmos realizar o adequado esclarecimento dos fatos. Tudo foi feito com respeito a população e sem prejuízo ao erário público”, afirmou Lippi, em nota oficial.

O deputado estadual Carlos Cezar, também por meio de nota, disse que ainda não foi notificado: “Quando for, entrarei com recurso, pois tenho convicção que todas as minhas ações sempre foram dentro da legalidade”.

A mesma estratégia será usada pelo ex-secretário de Cultura, Anderson Santos: “Por mais que exista esse entendimento diverso sobre o Estado laico, a mim só cabia cumprir a obrigação da lei municipal que existia. Por conta disso, meu nome foi envolvido e fui condenado. Não era eu quem determinava a quantidade de verba e pra quem ia a verba. Essas questões eram da contabilidade”, argumentou, pontuando que seguiu a lei municipal Nº 7.458/2005, existente à época, que instituía a Marcha para Jesus em Sorocaba e determinava a dotação orçamentária do evento.

37 COMENTÁRIOS

  1. Ontem eu postei aqui no Gospelmais uma palavra profética, e hoje nos deparamos com essa notícia que é apenas um sinal do que virá no futuro e um alerta de Deus aos vendilhões.

    Hoje existem investigações alcançando os que querem ficar ricos na política; no tempo de Deus terão início investigações dos que querem – e estão conseguindo – enriquecer através das igrejas.

    Há muitos Acãs nas igrejas, e Deus mesmo providenciará para que esses vendilhões em algum momento no tempo de Deus, respondam por seus atos blasfemos, pois usam dos santos nomes de Deus para enriquecimento pessoal, desafiando as ordens de Cristo: “não furtarás” e “não ajuntarás tesouros na terra”. O tempo da semeadura do joio já foi feita, o joio cresce e agora esta dando frutos e se distinguindo do trigo precioso. A colheita virá em breve e será feita a separação.

    Palavra profética publicada em 23 de fevereiro de 2015. (“As próprias pedras clamarão” Jesus)

    “Mas os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos loucos e nocivos, que afundam os homens na ruína e na desgraça.” (I Timóteo 6:9)

    Vemos este alerta de Timóteo se cumprindo na vida de homens e mulheres cujos nomes e prisões a imprensa tem dado muito destaque no Brasil em relação à operação Lava Jato.

    Mas esse versículo não serve como alerta apenas aos políticos, mas, sobretudo, aos vendilhões do Evangelho, pois não tarda a hora em que a mão do Senhor Deus pesará sobre eles e serão tão certamente conduzidos à prisão como hoje são os corruptos na política.

    Cuidado, vendilhões do Evangelho, e políticos corruptos falsamente chamados de crentes, pois vem a hora em que vocês sentirão a justiça de um Deus que não admite, como já o demonstrou através de Jesus ao expulsar os cambistas do Templo, que Sua casa seja chamada de lugar do mercadejar das coisas sagradas e antro de ladrões e salteadores da igreja e da nação.

  2. unipensar…para carnaval ,pode !!! para parada gay ,pode !!! é desse jeito…

    mas eu concordo ,pois o povo de Deus deve ser exemplo & estar fora das coisas mundanas(seguir moda)…pois quando o mundo entrou nas igrejas ,Deus saiu !!!

    Deus é grandioso ,mas suas coisas são pequenas (porta ) & estreito o caminho…grandes templos é do mundo ,não de Deus & hoje estão muito preocupados com grandes e lotação de templos (com quantidade e não qualidade) !!! arrecadação

  3. alguém ai conprou farelo pra galinha colorida HOLT?
    Ela deve ta ciscando de fome por uma minhoca.
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Dar dinheiro a carnaval não fere o Estado laico. Antes de falar, vocês deveriam estudar um pouco mais, porque conquanto tenhamos direito de expressar nossas ideias, é preciso lembrar que passaremos vergonha não por escrevermos errado, mas por emitirmos invencionices e ideias tolas, risíveis e facilmente refutáveis, como essa que você expõe em seu comentário.

  4. Mais do que justo. Os profissionais religiosos uniram-se aos profissionais políticos para desviarem o DINHEIRO PÚBLICO. Duas classes de ratos. Falam que ‘toda regra tem exceção’. Porém, nesses dois seguimentos não EXISTE. São todos iguais!!! Mateus 23:27,28,33

  5. O que dizer de um país onde é crescente o número de usuários de drogas, pessoas envolvidas em crimes, abortos,gravidez na adolescência, desvio de conduta daqueles que deveriam legislar e zelar pelo bem público, inversões de valores morais e princípios ??…………Não há instituição neste país que mais recupera o ser humano do que as igrejas evangélicas!.(se não acreditam façam uma pesquisa)…..Mas na contra mão dos princípios morais e sociais, o governo e o ministério publico acham válido financiar parada gay, marchas das vadias,carnaval rock em rio entre outros eventos que nada tem de cultura e somente incentiva o sexo, o uso de drogas, o tráfico e a corrupção de menores….Lamentável, isso é Brasil!

  6. Quem acha que os valores destinados à parada gay – que movimenta o comércio, gera milhões em impostos e é aprovado por comerciantes, empresários, turistas e outros seguimentos – se coloca no mesmo nível dessa pantomima chamada “marcha para Jesus”, mas que outra coisa não é que uma marcha para vendilhões do Evangelho, políticos evangélicos mancomunados com a corrupção e a instrumentalização das igrejas evangélicas para fins nada republicanos e cristãos, que reclame aos órgãos da Justiça e não fiquem aqui dando piti e defendendo a sórdida corja que enriquece vendendo Jesus em uma marcha de subversivos do Evangelho, estelionatários da fé.

    Nunca se viu igrejas cristãs mais sérias, como a Católica, a Anglicana, A adventista, a Luterana, a Presbiteriana, a Congregação Cristã no Brasil, a metodista, entre outras, participando da marcha blasfema utilizada para fazer ativismo político de direita, desestabilizar e conspirar politicamente.

    Eu não vou a parada gay, pois não gosto de grandes ajuntamentos, mas considero a parada gay e o carnaval mais santos, por assim dizer, que a marcha para os estelionatários da fé, pois aqueles não usam do santo Evangelho e dos santos nomes de Deus para vil mercantilismo da fé.

    • sandro papa banana vc. e caio fabio só falam mer**, perder tempo olhando gay e defensores de gay, o primeiro a desviar dinheiro adultero que fez casamento do filho gay, ora ora vai g*g* que passa , tome os remedios direito que isto passa

      • É muito típico de desonestos intelectuais falaciosos como você, que atacam o homem, não suas palavras, até porque tudo o que o Caio Fábio falou é a pura verdade, lacaio.

          • Floresvaldo Capelão
            bem fácil fica identificar as pessoas e quem elas são, veja basta olhar o sandro e de quem ele é admirador, quem são aqueles que ditam seus parametros, ou quem dita a conduta a seguir, identificamos a sandro, fica fácil também identificar a caio, pois este reúne em sua órbita apenas desviados gays e ateus, logo, os iguais se atraem e se multiplicam em sites com este ativismo ateu e gay.
            eles só não seguem a Jesus.

          • Floresvaldo Capelão,

            e quem tem moral nesse meio evangélico entregue ao sórdido e vil mercadejar do Evangelho, à união da Igreja com o mundo através da militância política e partidária, bem como da corrução?

            Ademais, que é você para julgar o Caio Fábio por ele ter cometido adultério, pois o fato é que ele se arrependeu e, como Davi, encontrou perdão e justificação em Deus. Agora não me consta que Malafaia haja se arrependido de haver realizado o terceiro casamento de Bolsonaro.

            Por fim, entenda uma coisa: é muito feio usar da falácia ad homem, ou seja, atacar, não as ideias, mas a pessoa que as expõe.

            O Rev. Caio Fábio só disse VERDADES nesse vídeo!

  7. kkkkkk
    se cuida malafaia$$$$$ kkkk

    aqui no Rio de Janeiro – marcha para jesus???kkk nunquinha!!!! kkkk
    É ” marcha D0 malafaia$$$ ” paga pela prefeitura(custo de MAIS de 2,5 milhões )
    isso é fato!!!!!

  8. Crentinhos, entendam uma coisa, crianças fofas e às vezes traquinas:

    a Constituição assim estabelece, no tocante a relação do Estado com as religiões:

    “Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:

    I – estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público.”

    Neste sentido, observem o que disse Pontes de Miranda, citado por SILVA, 2008, p. 251:

    “(…) estabelecer cultos religiosos está em sentido amplo: criar religiões ou seitas, ou fazer igrejas ou quaisquer postos de práticas religiosas, ou propaganda. Subvencionar cultos religiosos está no sentido de concorrer, com dinheiro ou outros bens da entidade estatal, para que se exerça a atividade religiosa. Embaraçar o exercício dos cultos religiosos significa vedar, ou dificultar, limitar ou restringir a prática, psíquica ou material, de atos religiosos ou manifestações de pensamento religioso.

    Observem, ainda, fundamentação de decisão do Tribunal Constitucional Federal Alemão:

    “O Estado, no qual convivem seguidores de convicções religiosas e ideológicas diferentes ou mesmo opostas, apenas pode assegurar suas coexistências pacíficas quando ele mesmo se mantém neutro nas questões religiosas. […] Tais dispositivos não admitem a introdução de formas jurídicas religiosas estatais e proíbem que se privilegie determinadas confissões assim como a exclusão de outros crentes […]. Isto não se dá em razão da representatividade numérica ou da relevância social de uma crença […]. O Estado tem que, pelo contrário, observar um tal tratamento das diferentes comunidades religiosas e ideológicas que seja orientado pelo princípio da igualdade […]”

    As citações acima poderão ser encontradas nesta fonte:

    h#t#t#p:#//#thiagogv.#jusbrasil#.com.# br#/artigos/121942815/evento-religioso-e-verba-publica-a-inconstitucionalidade-nossa-de-cada-dia

  9. ESCLARECENDO
    não FOI denuncia de OUTRO PA$$TOR!!!!!

    ” O pastor de uma igreja evangélica de Jundiaí (SP) foi preso depois de confessar à Polícia Civil ter estuprado a filha durante seis anos. Segundo informações da polícia, o suspeito, de 57 anos, é dirigente da instituição religiosa e admitiu que abusava da filha, hoje com 14 anos, desde que ela tinha 8.”

    ” Reincidência
    Após a denúncia da mãe, a polícia fez buscas pelo suspeito, que foi encontrado e confessou o crime na delegacia na quarta-feira (24). Conforme as investigações da polícia, esta não foi a primeira vez que ele foi denunciado por abusar sexualmente de um menor de idade. “Ele já foi preso por um caso de estupro ocorrido há 20 anos com um sobrinho”, afirma a delegada.”

    g1

  10. Caros amigos e amigas debatedores,

    não sei se serve para alivio ou desespero, mas nada – nada mesmo! – é exatamente como a gente pensa que é, e isso por um motivo muito simples: a nossa percepção é muito falha e não alcança jamais a realidade última das coisas. Deveríamos, portanto, ser mais humildes e tolerantes.

DEIXE UMA RESPOSTA