Missionária Marina Silva põe nas mãos de Deus e da Justiça a decisão sobre registro do Rede Sustentabilidade

14

A ex-senadora e missionária assembleiana Marina Silva declarou, às vésperas do julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que depositou nas mãos de Deus o destino do partido Rede Sustentabilidade, que ela visa fundar.

“Tenho confiança em Deus, na Justiça e no trabalho que fizemos, que foi um trabalho íntegro. Apresentamos as assinaturas dentro do prazo, 668 mil assinaturas. Confiamos que o TSE fará justiça à Rede Sustentabilidade”, afirmou.

O julgamento dos ministros do TSE acontece nesta quinta-feira, 03 de outubro. Caso optem por recusar o registro da Rede Sustentabilidade como um partido, Marina Silva teria que filiar-se a algum partido até o dia 05 de outubro, que é o prazo final para que integre alguma legenda e possa disputar as eleições de 2014.

O Ministério Público Federal (MPF) emitiu parecer contrário à criação da Rede Sustentabilidade. Na visão do procurador Eugênio Aragão, a Rede enviou apenas 442 mil assinaturas válidas, número inferior ao necessário, que seria 492 mil.


Marina Silva minimizou a opinião do MPF: “Tenho confiança de que os ministros vão julgar de acordo com aquilo que está nos autos. Os ministros seguirão sua convicção”, afirmou, observando que 95 mil assinaturas foram invalidadas pelos cartórios eleitorais de forma injusta.

Segundo informações do G1, Marina alegou que os cartórios recusaram essas assinaturas porque são de idosos que não votaram na eleição passada, de jovens que votarão pela primeira vez em 2014 ou de eleitores que justificadamente não participaram do último pleito, e que por isso, os dados desses eleitores não constam dos registros das últimas eleições.

“A democracia plena é a que assegura o pluralismo político. É para isso que estamos lutando. A preocupação da Rede não é com a eleição, é com a democracia, que não deve ter dois pesos e duas medidas. Conseguidas as assinaturas, elas devem ser validadas. Se são invalidadas, tem que haver justificação, coisa que não foi feita em relação a 95 mil assinaturas”, afirmou.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


14 COMENTÁRIOS

  1. Voces conhecem a nova cor do comunismo ? É verde, sendo assim a Marina Silva é como uma melancia, verde por fora mas vermelha por dentro como os comunistalhas, vermelho dos 100 milhões de mortos pelo comunismo na Eurasia, tirar o PT do poder e colocar no lugar a Marina Silva é como trocar seis por meia duzia, eles são a mesma coisa, ela foi do PT durante não sei quantos anos, adora ecoterrorismo, adora a esquerdalha toda, seus partidarios são todos comunistalhas e por isso adoram aborto, liberação das drogas, pedofilia, prostituição, odeiam todas as religiões principalmente o cristianismo, são satanazes em forma de pessoas e a Marinoca ai não é diferente.

    • Antigamente os direitóides usavam o termo ecochatice e ecochatos para se referirem a um assunto serio como ecologia e ridicularizar os defensores do meio-ambiente, agora parece que estao usando “ecoterrorismo”.. O PT nao e’ flor que se cheire, principalmente depois que se vendeu a IURD e se uniu ao Edir Macedo para cafetinarem juntos a Tv Record, mas a luta pela protecao do meio-ambiente nao deve ser restrito aos politicos da esquerda, todos temos ess responsabilidade. E a Marina por ser religiosa deveria ficar fora da corrida presidencial e ir cuidar da igreja dela, assim como o Feliciano, o Malacraia e esse oportunista do Crivella. Fora com todos eles!!!

  2. Até que eu queria votar nela, mas aí mineiro que sou prefiro apoiar o Aécio Neves, pois apesar de comentarem tantos erros dele, foi nos mandatos dele que Minas Gerais alavancou, agora se Marina for Vice dele acho que ficaria legal, só de serem contra a política do partido que hoje preside o nosso País, pra mim já será uma excelente escolha.

  3. O que deve ser analisado no momento é o seguinte: A Dilma está com medo da Marina, e fará o possível para não tê-la como adversária em 2014. Lamentavelmente, vivemos uma ditadura petista. Não há independência dos poderes. A Marina e sua Rede Sustentabilidade foram pro saco, pelo menos por enquanto.

  4. Nas mãos de Deus ? E desde quando um deus que se diz justo irá pactuar com essa política desonesta e interesseira do Brasil ? Marina está perdida antes de ser candidata, que dirá depois…Não acham que já tem evangélicos-políticos demais ?!

  5. A finalidade das igrejas é:
    I Corintios 7:23 façais escravos de homens.
    Gênesis 15:13 disse o Senhor a Abrão: Sabe com certeza tua descendência será reduzida à escravidão,
    Gálatas 3 : 29 E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa .
    I Samuel 8:17 Tomará o dízimo servireis de escravos.
    Amós 4:4 e de três em três dias os vossos dízimos.
    II Pedro 2 :19 prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção;
    I Corintios 15:18 Logo, também os que dormiram em Cristo estão perdidos.
    Os pastores e padres pegam os fieis em três fatores: medo, ganância e culpa.
    Os três P (políticos,padres e pastores) resume em maçonaria.
    Deuteronômio 28:29 serás oprimido e roubado todos os dias, e não haverá quem te salve.
    NAUM 2:9 Saqueai a prata, saqueai o ouro;( saqueai,roubai).

    • Mateus 12, 36-37 “Mas eu vos digo que de toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo.
      Porque por tuas palavras serás justificado e por tuas palavras serás condenado”

  6. Marina Silva e boa parte dos políticos brasileiros (sim, é preciso reconhecer que são raras as exceções que destoam da agenda liberal) negam princípios religiosos, mas princípios “inscritos na natureza humana”, princípios “comuns a toda a humanidade”. Isto conta como ônus na hora de escolher o candidato? Talvez para muitos eleitores, não, pois boa parte da nossa sociedade hoje rejeita até mesmo o conceito de “Lei Natural; mas, para nós, cristãos, é importante, sim, nem que seja para, depois, fazer um juízo mais minucioso e escolher o que muitos têm chamado de “mal menor”.

    De todos os modos, é importante a divulgação de textos sobre Marina e o que ela pensa sobre união homoafetiva e aborto para que o povo não se iluda com a máscara de “religiosa piedosa” que Marina já usou nas eleições de 2010 e que certamente vai usar de novo em 2014. E é aqui que entramos na questão de caráter.

    Marina dá pouca relevância a algo que é, sim, muito importante, e que diz respeito à célula mater da sociedade, a família.

    Paz e Bem

  7. Complementando… Marina não negocia valores para ela inegociáveis, inclusive meio-ambiente e “casamento” gay. Podem colocar em plebiscito aborto e drogas, mas aquelas duas questões sagradas, jamais.

    Não sei o que mais pesa nesses valores. O passado dela como militante comunista, ou seus conselheiros espirituais: o ex-católico Leonardo Boff e o ex-presbiteriano Caio Fábio.

    Seja como for, a imagem “pró-vida” não cai bem nela. O título de “conservadora” (alguém que se opõe à cultura da morte em sua totalidade) lhe cai muito pior, pois o histórico dela nada tem a ver com conservadorismo.

    Mesmo assim, os marqueteiros e estrategistas de Marina estarão trabalhando duro para vender a imagem dela como “pró-vida” entre cristãos desavisados. E entre evangélicos, alguns líderes fazem questão de promover a imagem de uma Marina piedosa.

    Cuidado !

  8. Aumentos de partidos políticos não resolverão os problemas do Brasil, e sim aumentarão as despesas com mais parlamentares, que não fazem absolutamente nada. A política no Brasil é um grande negócio para quem está dentro dela, em detrimento do povo brasileiro que continua sofrendo com essa política de 5ª categoria.

  9. Tenho profunda admiração por Marina, mas não creio que, um novo partido traga mudanças numa politica cujos partidos são em números excessivos, desejo tê-la na politica, pois os seus ideais são progressistas e caracterizam virtudes, qualidades que não tenho encontrado nos demais políticos, use outros mecanismos, Marina, e adentre ao universo politico você nasceu para governar.

DEIXE UMA RESPOSTA