Ministério Público quer impedir novos gastos do governo na Jornada Mundial da Juventude; Despesas totais podem ser de R$ 350 milhões

19

A realização da Jornada Mundia da Juventude (JMJ) no Rio de Janeiro custará aos cofres públicos um valor estimado entre R$ 320 e R$ 350 milhões, somadas todas as despesas das três esferas de governo e valores fornecidos por patrocinadores e voluntários.

O Ministério Público (MP) abriu investigações na última semana para investigar o papel da prefeitura e do governo do estado do Rio de Janeiro no total dessas despesas, segundo informações da Folha de S. Paulo.

No caso da prefeitura, o inquérito visa elucidar os motivos de a prefeitura ter assumido de última hora, uma despesa que estava prevista para a organização do evento, que é feita pelos católicos.

A licitação da prefeitura para contratar serviços de saúde durante a JMJ, estimados em R$ 7,8 milhões, foi suspensa na última sexta-feira, e à noite, mediante um recurso da prefeitura, a Justiça autorizou a abertura do envelope com as empresas que se lançaram à concorrência mediante a apresentação de garantias financeiras por parte da Arquidiocese do Rio de Janeiro.


A desembargadora Regina Lucia Passos frisou em sua decisão que não há motivo plausível para que o poder público assuma uma despesa que não estava prevista: “A bem da verdade, não há justificativas plausíveis para somente na undécima hora o Município do Rio de Janeiro resolveu abrir procedimento licitatório para contratar sociedades empresárias da área de saúde”, disse, de acordo com o site da revista Veja.

Custos

O valor variável entre R$ 320 e R$ 350 milhões para a JMJ se dá, segundo os organizadores, devido à impossibilidade de determinar o número final de peregrinos que participarão do evento. Quanto maior a quantidade de pessoas, maior será o custo.

“O custo total ainda está sendo definido e é variável em função do número final de participantes e inscritos”, resumiu a organização do evento. Porém, este valor inclui as despesas públicas, e também as despesas que serão arcadas pela Igreja Católica, como por exemplo, a contratação de empresas de segurança para a JMJ.

A parte das despesas que serão custeadas pela organização do evento deverá ser paga com recursos advindos da venda de produtos licenciados, arrecadação de doações voluntárias e de patrocínios. Entre as empresas patrocinadoras, estão o Bradesco, Itaú, Santander, Nestlé, Ferrero, Estácio e McDonald’s, além das agências TAM Viagens e Havas.

“Os patrocinadores ajudam com dinheiro, prestação de serviços e uso de seus produtos no evento”, diz a nota da organização do evento. Somando tudo, até agora foram arrecadados R$ 20 milhões pela JMJ.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

19 COMENTÁRIOS

  1. pois então amigo mauro pelo que vejo a estimativa de investimento …já superou e em muito o retorno..quer dizer vamos pagar a conta, e o que mais chateia é a propaganda que fazem contra os protestantes, isto me cheira a nova inquisição…

    • A vinda do Santo Padre é custeada pela inscrição da JMJ.

      Todo Papa é, além de líder máximo dos Católicos, Chefe de Estado e de Governo.
      Portanto é DEVER civil de todo Estado que acolhe o Papa (enquanto Rei) oferecer-lhe a segurança máxima para sua vida, assim como é mesmo dever oferecer a qualquer outro que faça visita oficial ao país.

      Não é preciso ser inteligente para ter este conhecimento.

      Além do mais os ganhos com a vinda do Papa ao País será em torno de mais de R$ 300 milhões de Reais.

      Em 2011 quando Obama veio ao Brasil foi gasto 120 milhões por dia, sem lucros.

      A Igreja irá arcar com suas próprias despesas. Até mesmo, a Arquidiocese do Rio contratou 2 mil seguranças particulares que serão pagos com o dinheiro da Igreja para a segurança dos peregrinos durante a Vigília e a Missa de Envio no Campus Fidei.

      Quando essa cúpula de ignorantes se juntam em suas “marchinhas”, (que também geram gastos ao governo), ninguém sai reclamando. E olha que ao contrário da JMJ, não há sequer retorno desse dinheiro.

      *Deo Patri sit gloria*

    • Quanto vai render do ‘RETORNO’ para a sua ‘caixa 2’ essa derrama de dinheiro todo, Clamando? Tu vais é ficar no prejuízo, meu velho! Salvo se nós formos armar barraquinhas de ‘espetinho de gato’ durante o evento, aí talvez sobre uns ‘trocadinho$’!!!

      • POIS EXATAMENTE ISTO É QUE ESTOU A DIZER …VEJA BEM QUANDO NO BRASIL DIZEM QUE VAI CUSTAR TANTO JA SABEMOS QUE NO MEIO DO CAMINHO JÁ PASSOU DO DOBRO DO ORÇADO E É POR ISTO COMO AQUELE ESTADIO DE 680 MILHÕES FICOU EM UM BILHÃO E TREZENTOS LOGO SOU CONTRA QUALQUER COISA QUE OI GOVERNO PROMOVA POIS SE O CUSTO É DEZ VALE MIL POIS ELES TEM DE DIVIDIR O ERARIO DE ALGUMA MANEIRA…MELHOR É NÃO FAZER NADA E OBRIGAR A ELES INVESTIREM EM SAÚDE SEGURANÇA E ENSINO

  2. É isso, ou seja, o que se pode fazer para contestar isso!?? esse casta de poilicos faz as despesas e nós ficamos com a conta! AGORA, COMO FICA A POSIÇÃO QUE SE PROPAGA, QUE O BRASIL
    É UM ESTADO LAICO? EU PARTICULARMENTE,CREIO! NÃO SÓ EU: MAS BOA PARTE DA SOCIEDADE QUE ESSES POLITICOS, COM ALGUMAS EXCESSÕES, SÃO UM BANDO DE ALOPRADOS.

  3. COM ESTA CAMBADA DE EVANJEGUES BELIGERANTES, INTOLERANTES E COM MENTES ASSASSINAS, ACHO POUCO QUALQUER VALOR QUE SE GASTE PARA A SEGURANÇA DO PAPA CATÓLICO E DOS TURISTAS QUE VÊM PARA O RIO DE JANEIRO. ALIÁS DEVERIAM FAZER A CONTA TAMBÉM DOS LUCROS QUE ESTES MILHÕES DE TURISTAS IRÃO DEIXAR AQUI.

    • Poi$ é, ‘peninha’ que de$tes milhõe$ de turista$,meu bol$o não será contemplado com nem um to$tão! $erá que tem alguém aqui que vai $e beneficiar com e$te monumental evento? – E você Vinício$, pelo $eu entu$ia$mo e$pero que $im!

    • Quando vc viu evangélico agredir fazer o que vcs fazem? Os nosso encontros nem de polícia precisa e depois não fica no lugar latas de cerveja, toco de cigarro nem de maconha.

      • Eu já fui agredida por evangélicos, pelo simples fato de ser católica. O evento de voces nao sujam as cidades? Hahahaha Faça-me rir! Proibiram eventos evangelicos no meu bairro, porque imundaram e afetou o transito de todo Rio de Janeiro.Parabéns pra voces que creem que seus pastores sao Deus na Terra. Ah! E não esqueçam de dar seus dizimos, para seus pastores viverem em uma mansão, enquanto vocês morrem na miseria!

      • Ja vi evangélico fazer coisa que você nao iria acreditar.ja vi roubar ,enganar,fazer de tido que uma pessoa sem coração faz.Cara deixa de ser besta e toma suas próprias decisões.A JMJ rendeu para a cidade do rio mais de 1 bilhão em gasto que os peregrinos deixaram ,e muitos comerciantes entre eles evangélicos estão felizes com a renda extra que ganharam nessa semana.Mais vamos deixar esses detalhes para trás ,vamos falar dos motivos.A JMJ e um evento para falar de paz , amor e principalmente de amor ao próximo ,independente de qual seja a religião desse próximo .Entao ao invés de falar de gasto ,fale de benefícios ,pois eu prefiro ver o governo gastando meus imposto em esses tipos de eventos ( independente de qual igreja realize).Pois esses eventos falam de amor e isso o jovem precisa ouvir para poder mudar esse mundo tão corrompido pela intolerância .

  4. Mesmo sendo um país laico o Brasil assinou com o Vaticano um acordo através de uma concordato, por esse e muitos outros motivos, tanto dinheiro e regalias concedidos pelos nossos governantes para a ICAR.

  5. Esse negócio de Estado Laico é meio conversa pra pagar depois, o governo toma posições nas quais pode se apoiar no maior numero de pessoas para se eleger ou se manter no poder; se amanhã 90% da população disser que é ateu, automaticamente o governo vai continuar se dizendo Laico, porém, com as políticas voltadas para ateus; não se enganem, o momento é de reflexão sobre o que está acontecendo com a sociedade brasileira, quais os rumos a serem tomados, conflitos de classes sociais e religiosas nunca tiveram vencedores, todos os lados perderam e muito; o melhor caminho é a tolerância e o respeito, se tem algo de errado nas contas pede uma vistoria pelo Ministério Público, faça um abaixo assinado pelas redes sociais, a verdadeira luta é travada nos bastidores, não se enganem.

  6. Se for sensato,leia e compreenda :
    Alguns pontos sobre o custo da vinda do Papa Francisco ao Brasil.

    1 -A vinda do papa é custeada pela inscrição da jornada.

    2 – Segurança é mais que obrigação do governo, afinal 75% jornada são estrangeiros, logo o governo deve garantir a segurança deles.

    3 – TODO PAPA É CHEFE DE ESTADO E DE GOVERNO.
    Portanto é dever civil de todo Estado que acolhe o Papa oferecer-lhe a segurança máxima para sua vida, assim como é mesmo dever oferecer a QUALQUER OUTRO que faça visita oficial ao país.

    4 – Os Ganhos com a vinda do Papa ao País será em torno de mais de R$ 300 milhões.

    5- Não há nenhum investimento do Governo na Jornada. Os Peregrinos que vêm serão acolhidos em Casas de Família, em alguns alojamentos públicos como casas de festa, escolas particulares e escolas estaduais.

    Nessas, toda a responsabilidade será da Paróquia que estiver na sua ‘coordenação’, não havendo nenhuma participação dos órgãos governamentais em limpeza ou manutenção.

    6 – O Papa ficará hospedado no Sumaré, que é mantido pela Arquidiocese do Rio de Janeiro.

    7 -Todos os gastos da Jornada estão sendo custeados pelo próprio Instituto Jornada Mundial da Juventude, por meio de contribuição dos católicos, voluntários e Peregrinos, que pagaram pela inscrição e ainda contribuíram com um Fundo de Solidariedade, que está destinado a colaborar na construção de toda a Jornada.

    Logo, não há investimento nem do Município, nem do Estado, menos ainda da instância Federal.

    10 – Na verdade, a Jornada está sendo usada como um “evento-teste” para provar que o Rio tem capacidade de receber grandes eventos e grande quantidade de pessoas.

    O dinheiro que será gasto pelos governo Federal, Estadual e Municipal com a vinda do Papa ao Brasil para a JMJ RIO 2013 será investido na melhoria da segurança, transporte e infraestrutura. Ao invés de estarem reclamando eles estão “adorando” pelo fato de que isso irá melhorar o transporte do Rio (que é precário), a segurança (como a instalação de UPP’S nas favelas) e o mais importante (para os governos): IRA AUMENTAR A ECONOMIA E O TURISMO tanto no Estado quanto na cidade do Rio de Janeiro. Quantos jovens (não só) irão querer voltar para o Rio de Janeiro? Quanto os jovens não irão gastar na cidade? Por exemplo, uma pesquisa feita disse que DURANTE A JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE os restaurantes ganham em 5 dias o que eles ganhariam em 5 meses.

    A Igreja irá arcar com suas próprias despesas. Até mesmo, a Aquidiocese do Rio contratou 2 mil seguranças particulares que serão pagos com o DINHEIRO DA IGREJA para a segurança dos peregrinos durante a Vigília e a Missa de Envio no Campus Fidei. Além disso, isso é “pouco” pelo que o governo terá que investir com a Copa do Mundo em 2014 e com as Olimpíadas em 2016.

    Olhemos para todo comércio, infra estrutura, hotelaria, restaurantes, lojas…e muito mais, que serão beneficiados. Assim foi em todos os países por onde passou a Jornada.

  7. Vamos trazer Fidel Castro ao Brasil e levar de um lado para outro para pregar o comunismo no Brasil se for do interesse dele.

    Ora, desde quando o estado brasileiro tem a obrigação de conduzir estadistas para cima e para baixo nas ações que são de interesse do seu estado?

    A proteção que o Brasil oferece é pequena, mínima.

    Quanto a ajuda às manifestações evangélicas e de gays, por exemplo, são com o fim pedagógico, o da tolerância, dia a justificação, pois este país tem mania de discriminar negros, evangélicos, nordestinos…

    Dizer que as ações são iguais é faltar com a verdade.

DEIXE UMA RESPOSTA