Postura pessoal de ministro do STF pode abrir precedente e tornar aborto legal no país, diz revista

23

A legalização do aborto no Brasil pelas vias tradicionais depende de aprovação do Congresso Nacional, mas poderá acontecer de uma forma heterodoxa, através de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Informações de bastidores da mais alta corte da Justiça brasileira foram reveladas pela coluna Radar Online, da revista Veja, na última terça-feira, 22 de setembro. A notícia dá conta de que um dos ministros do STF teria falado abertamente sobre seu pensamento a respeito da questão, afirmando que jamais condenaria uma mulher pelo crime de aborto.

Essa postura abriria um precedente, jogando a atual legislação em vigor no ostracismo, pois os tribunais de instâncias inferiores costumam seguir as decisões do STF como orientação.

“Um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) não esconde dos colegas que se lhe cair nas mãos um processo qualquer contra uma mulher acusada do crime de aborto, ele vai se recusar a puni-la, mesmo que não se trate de caso terapêutico ou resultante de estupro. Uma decisão dessas, tomada por um ministro do STF, tem força para abrir uma discussão definitiva na corte constitucional, que pode vir redundar na legalização do aborto”, diz o texto publicado no site da Veja.


A informação publicada pela coluna – que goza de alto prestígio pela precisão e objetividade das informações – não cita o nome do ministro, mas reproduz um trecho de seu argumento para defender esse pensamento: “O ministro não acredita que, em caso de legalização, os prontos-socorros do SUS vão ficar mais sobrecarregados do que já estão. Diz ele: ‘As complicações médicas advindas do aborto ilegal levam muitas mulheres a procurar o SUS, mas isso não aparece nas estatísticas’”.

No Brasil, a legislação permite apenas o aborto em casos de estupro. Mais recentemente, uma decisão do próprio STF abriu precedentes para tornar legal a interrupção do parto em casos de anencefalia. Já do ponto de vista da população, o aborto é reprovado por 79% das pessoas.

23 COMENTÁRIOS

    • VANESSA

      Oi, minha querida amiga!
      Eu vou bem, tirando o fato de que estão ch0vendo sobre mim os pi0res insult0s de uns idi0tas.
      Eles andam ofendendo também você e a Emanuelle.
      As criaturas do abism0 estão desesperadas por alguém tentar mostrar a verdade.

      Esse caso aí do ab0rt0, isso é lenda…
      Onde foi publicada essa “notícia”?
      Na revista Veja…o que não é el0gi0…
      Essa revista é assim: um jornalista escreve a 0piniã0 DELE e a revista publica, assim parece que é a 0piniã0 da revista.
      Já me falaram que o jornal Folha de São Paulo é assim também.
      Eu duvido que haja UM ministro do STF defendend0 o ab0rt0.

      • VANESSA

        Eu ach0 assim: se a mulher não quer filhos, use algum métod0 anti-c0ncepcional.
        Depois não pode “desistir” da criança.
        O ruim é que a Igreja Católica é radicalmente contra qualquer mét0d0, classificando como “pecad0”, então as mulheres católicas ficam num bec0 sem saída: se usam algum métod0, estão contrariando a Igreja, se não usam, ficam grávidas e dependend0 da situação, vão procurar quem faça esse crime h0rrend0.
        E os evangélic0s tem o pEDIR MAisCEDO, que é favorável ao ab0rt0.
        Ab0rto é matar, roubar uma vida, destruí-la.
        E quem mesmo veio para matar, roubar e destruir?
        Ele mesmo, o sórdid0 diabo.
        E como um “homem de Deus” faz propaganda disso?
        Deus passa longe daquele antr0 das trevas.

    • Amiga,não ligue para as ofensas,o que vale é o que você é de verdade!
      Aqui já fizeram isso comigo,mas eu não desanimei,continuei firme e forte.Eu sei que você também é guerreira.Amiga,é nós!kkkkkkkk………….um beijo no seu ♡zinho!

  1. Nota_se que o STF,trabalha somente pra contrariar as vontades da maioria da população,pois as coisas que eles,”os legalistas” não conseguem aprovar através do congresso,o supremo vem e aprova,foi assim com o “casamento gay”,talvez aprovem também o uso da maconha e agora o aborto.Só Jesus na causa!

  2. ESTRANHO QUE UMA NOTICIA A RESPEITO DO STF NAO TENHA NOME DO TAL MAGISTRADO COMO DE CUSTUME!

    TA PARECENDO UMA TENTATIVA JOGADA DA REVISTA MANIPULAR OPINIAO PUBLICA E PRESSIONAR O STF!

    ATIVISTAS FEMINISTAS E EMPRESARIOS TRAFICANTES DE FETOS DEVEM ESTAR NO COMANDO DA REDACAO!

    • HILDO

      A revista é a Veja?
      Se for, tá explicado.
      Essa porcaria, que vendem como revista, publica coisas assim, o jornalista coloca a opinião que é a DELE e passa como sendo da revista toda.
      O jornal Folha de São Paulo também é assim.
      Essa história é a famosa lenda urbana…
      Eles deveriam saber (e no 1º ano da facul de Jornalismo já se aprende…) que é pequena a distância entre o “furo” e a “barriga”.
      Em jargão jornalístico, respectivamente, “notícia quente” e “notícia errada”.

  3. Já disse um zilhão de vezes que a solução pra isso é pedir um estudo da BIOLOGIA ou/e da NEUROLOGIA para que se determina ONDE A VIDA COMEÇA.; Se ela começa no momento da formação do feto, que se dá na 13ª semana de gestação de acordo com a ciência, que o aborto seja permitido ATÉ A 13ª SEMANA.

    Como podem dizer que isso é assassinato se NÃO HÁ VIDA AINDA?

        • Faz o seguinte, vai até os países do primeiro mundo e DIZ ISSO PRA ELES. Alias, queria ver a sua reação quando souber como o REINO UNIDO lida com a questão….

          É um critério diferente do que eu apresentei. Apenas digo isso.

          • E que pena que vc não nasceu por lá né não?Só assim seria menos um com essas idéias horrendas!
            Tô brincando,não desejo a morte de ninguém,nem mesmo a sua.Você deveria ter mais compaixão com um ser humano,ainda mais um ser tão indefeso que está ali quieto dentro do ventre da mãe.Que Deus te perdoe por ser tão egoísta.SEM MAIS!

          • Os países desenvolvidos têm políticas de controle nascituro, senão, os próprios casais se propõem a não ter filhos, usando métodos contraceptivos, mulher nenhuma precisa engravidar e se submeter à uma prática horrenda que é o aborto(assassinato), infanticídio. Se você não sabe, esses mesmos países oferecem subsídios, para que as mulheres engravidem.Vlw, Flw.

    • SLASH

      Sua argumentação está errada.
      É algo conhecido em Psicologia como “Argumento da Autoridade”.
      Se a ciência fala que é verdade, então só pode ser verdade.
      Só que não é.
      O início da vida é o momento da concepção.
      Qualquer agressão a partir desse momento é nada menos que um homicídio, mesmo que leis dos homens permitam.
      Sendo a concepção o início da Vida, até a chamada “Pílula do Dia Seguinte” pode ser chamada de aborto.
      Supostamente a mulher que fez sexo hoje, até amanhã podia tomar essa pílula assassina, não sabendo que no “dia seguinte” a Vida já começou, portanto essa pílula usada como “tábua de salvação” é também um instrumento de aborto, um instrumento de Morte.
      Um aborto é uma tentativa da mulher de “ficar bem” com a família, e uma tentativa da família de “ficar bem” com a sociedade.
      Quando eu era criança, havia pais que impediam os filhos de brincar com crianças que eram “filhos de mãe solteira”, filhos esses mantidos afastados como párias.
      Assim como eu, menina católica, não podia brincar com meninas filhas de “crentes”.
      E como impedir essas mulheres de se tornarem “mães solteiras”???
      Ora, com o abort0!!!!!
      Tanto esforço para “ficar bem” com seres humanos e nenhum para “ficar bem” com Deus, que reserva a essas infelizes almas longos e duros castigos.
      Outro meio de salvar as aparências quando uma moça solteira se via grávida, era através do casamento, era uma maneira “chique” de provar à sociedade que era uma família “de bem”, se não desse certo separavam.
      Ora, se a moça ficasse grávida e o moço se recusasse a casar, já mostrava só com isso que não gostava mesmo dela, então esse “casamento” forjado era uma temeridade!
      A chance de dar certo era mínima, num “casamento” sem amor.
      E por que nos países muçulmanos dá pena de morte fazer sex0 antes do casamento?
      E por que mesmo em nosso país há toda essa história de “fornicação”, sex0 antes do casamento apresentado como pecado e merecedor do “inferno”?
      Porque uma mulher não-virgem é como uma “mercadoria estragada”, ninguém vai querer…
      O sonho de todo homem que tem X filhas é vê-las todas casadas, então se uma perder a virgindade, não conseguirá casar.
      Não faz muito tempo, a lei dava o direito a um homem de anular o casamento se visse que a mulher já não era virgem.
      Pórém, a mesma lei não dava à mulher o mesmo direito e é sabido que quase todos os homens são se casam virgens.

    • SLASH

      Sua argumentaçã0 está errad@.
      É alg0 c0nhecid0 em Psic0l0gia c0m0 “Argument0 da Aut0ridade”.
      Se a ciênci@ fala que é verdade, entã0 só p0de ser verdade.
      Só que nã0 é.
      0 iníci0 da vid@ é 0 m0ment0 da c0ncepçã0.
      Qualquer agressã0 a partir desse m0ment0 é nada men0s que um h0micídi0, mesm0 que leis d0s h0mens permitam.
      Send0 a c0ncepçã0 o iníci0 da Vida, até a chamada “Pílul@ d0 Dia Seguinte” p0de ser c0nsiderada como um ab0rt0.
      Sup0stamente a mulher que fez sex0 h0je, até amanhã p0dia t0mar essa pílul@ assassina, nã0 sabend0 que no “dia seguinte” a Vida já c0meç0u, p0rtant0 essa pílul@ usada c0m0 “tábua de salvaçã0” é também um instrument0 de ab0rt0, um instrument0 de M0r-te.
      Um ab0rt0 é uma tentativa da mulher de “ficar bem” c0m a famíli@, e uma tentativa da famíli@ de “ficar bem” c0m a s0ciedade.
      Quand0 eu era crianç@, havia pais que impediam os filh0s e filh@s de brincar c0m crianç@s que eram “filh0s de mãe s0lteira”, filh0s esses mantid0s afastad0s c0m0 párias.
      Assim c0m0 eu, menin@ católic@, nã0 p0dia brincar c0m menin@s filhas de “cren-tes”.
      E c0m0 impedir essas mulheres de se t0rnarem “mães s0lteiras”???
      0ra, c0m o ab0rt0!!!!!
      Tant0 esf0rç0 para “ficar bem” c0m seres human0s e nenhum para “ficar bem” c0m Deus, que reserva a essas infelizes almas l0ng0s e dur0s castig0s.
      0utr0 mei0 de salvar as aparênci@s quand0 uma m0ça s0lteira se via grávid@, era através do cas@ment0, era uma maneira “chique” de pr0var à s0ciedade que era uma famíli@ “de bem”, se nã0 desse cert0 separavam.
      0ra, se a m0ça ficasse grávida e o m0ç0 se recusasse a casar, já m0strava só c0m iss0 que nã0 g0stava mesm0 dela, entã0 esse “cas@ment0” f0rjad0 era uma temerid@de!
      A chance de dar cert0 era mínim@, num “cas@ment0” sem am0r.
      E p0r que n0s países mu-çul-ma-n0s dá pen@ de m0r-te fazer sex0 antes d0 cas@ment0?
      E p0r que mesm0 em n0ss0 país há t0da essa história de “f0rnicaçã0”, sex0 antes do cas@ment0 apresentad0 c0m0 pecad0 e mereced0r do “infern0”?
      P0rque uma mulher nã0-vir-gem é c0m0 uma “mercad0ria estrag@da”, nin-guém vai que-rer…
      0 s0nh0 de t0d0 h0mem que tem X filhas é vê-las t0das cas@das, entã0 se uma perder a virgind@de, nã0 c0nseguirá cas@r.
      Nã0 faz muit0 temp0, a lei dava o direit0 a um h0mem de anular o cas@ment0 se visse que a mulher já nã0 era vir-gem.
      Porém, a mesma lei nã0 dava à mulher o mesm0 direit0 e é sabid0 que quase t0d0s os h0mens nã0 se c@sam vir-gens.

    • SLASH

      Como não há vida ainda, se ela começa com a concepção?
      A própria Constituição Federal diz “A vida civil começa no nascimento, mas a Lei põe a salvo o direito do nascituro (o que ainda vai nascer), DESDE A CONCEPÇÃO.
      E que direito é maior que o da Vida?
      Se a própria Lei garante ao feto o direito de viver, o STF estaria se contradizendo!!
      Não acredito que essa notícia seja verdadeira…

    • SLASH

      Sua argumentaçã0 está errada.
      É alg0 c0nhecid0 em Psic0l0gia com0 “Argument0 da Aut0ridade”.
      Se a ciência fala que é verdade, entã0 só p0de ser verdade.
      Só que nã0 é.
      O iníci0 da vida é o m0ment0 da c0ncepçã0.
      Qualquer agressã0 a partir desse m0ment0 é nada men0s que um h0micídi0, mesm0 que leis d0s h0mens permitam.
      Send0 a c0ncepçã0 o iníci0 da Vida, até a chamada “Pílula d0 Dia Seguinte” p0de ser c0nsiderada como um ab0rt0.
      Sup0stamente a mulher que fez sex0 h0je, até amanhã p0dia t0mar essa pílula assassina, nã0 sabend0 que no “dia seguinte” a Vida já começ0u, p0rtant0 essa pílula usada com0 “tábua de salvaçã0” é também um instrument0 de ab0rt0, um instrument0 de M0rte.
      Um ab0rt0 é uma tentativa da mulher de “ficar bem” com a família, e uma tentativa da família de “ficar bem” com a s0ciedade.
      Quand0 eu era criança, havia pais que impediam os filh0s e filhas de brincar com crianças que eram “filh0s de mãe s0lteira”, filh0s esses mantid0s afastad0s com0 párias.
      Assim com0 eu, menina católica, nã0 p0dia brincar com meninas filhas de “cren-tes”.
      E com0 impedir essas mulheres de se t0rnarem “mães s0lteiras”???
      0ra, com o ab0rt0!!!!!
      Tant0 esf0rç0 para “ficar bem” com seres human0s e nenhum para “ficar bem” com Deus, que reserva a essas infelizes almas l0ng0s e dur0s castig0s.
      0utr0 mei0 de salvar as aparências quand0 uma m0ça s0lteira se via grávida, era através do casament0, era uma maneira “chique” de pr0var à s0ciedade que era uma família “de bem”, se nã0 desse cert0 separavam.
      0ra, se a m0ça ficasse grávida e o m0ç0 se recusasse a casar, já m0strava só com iss0 que nã0 g0stava mesm0 dela, entã0 esse “casament0” f0rjad0 era uma temeridade!
      A chance de dar cert0 era mínima, num “casament0” sem am0r.
      E p0r que n0s países mu-çul-ma-n0s dá pena de m0r-te fazer sex0 antes d0 casament0?
      E p0r que mesm0 em n0ss0 país há t0da essa história de “f0rnicaçã0”, sex0 antes do casament0 apresentad0 com0 pecad0 e mereced0r do “infern0”?
      P0rque uma mulher nã0-vir-gem é com0 uma “mercad0ria estragada”, nin-guém vai que-rer…
      0 s0nh0 de t0d0 h0mem que tem X filhas é vê-las t0das casadas, entã0 se uma perder a virgindade, nã0 c0nseguirá casar.
      Nã0 faz muit0 temp0, a lei dava o direit0 a um h0mem de anular o casament0 se visse que a mulher já nã0 era vir-gem.
      Porém, a mesma lei nã0 dava à mulher o mesm0 direit0 e é sabid0 que quase t0d0s os h0mens nã0 se casam vir-gens.

  4. mesmo o supremo, só pode julgar sobre a legislação existente, quem faz leis e camara e senado, supremo só julga, será que vão passar por cima da constituição novamente?

        • Quando não se propos a discutir a questão da homofobia, quando ignorou a questão do casamento gay CIVIL que é uma questão de DIREITOS CIVIS e nós sabemos o que aconteceu. O STF usou a constituição pra pelo menos garantir a união civil estável.

          Há coisas erradas nesse congresso. Parece que há um LEGALISMO forte lá e isso está atrapalhando o país em vários aspectos.

          • SLASH
            COMO SEMPRE, VCS, QUEREM QUE A CONSTITUIÇÃO, E QUE TODOS OS DIREITOS QUE DEVEM SER DADO A TODOS POR IGUAL, SEJA DIFERENTE PARA GAYS
            OLHE PORQUE A FOBIA DE GAYS, DEVE SER TRATADA DIFERENCIADA, DE OUTRA CLASSE QUALQUER DA SOCIEDADE?
            OU ESQUECE QUE A MAREIA DA PENHA QUE SERVE PARA MULHERES SERVE PARA VCS.? DEIXE DE SER TOLO A LEI É PARA TODOS IGUAL, POIS MATAM CIDADÃO VELHOS CRIANÇAS E MULHERES, NO QUE SÃO MELHORES OS GAYS DE QUE ESTES.
            O MESMO DIREITO A HERANÇA E BENEFÍCIO INSS JÁ POSSUEM, QUE MAIS FALTA ONDE DIREITOS DOS HETEROS SÃO NEGADOS?
            A CONSTITUIÇÃO É IGUAL PARA TODOS ENQUANTO CIDADÃOS, AGORA QUERER CASAR COMO SE FOSSEM HOMEM E MULHER, É ANTI- SOCIEDADE QUE HABITAM.

  5. wanessa eu não se você sabe ,mas numa democracia o congresso não deve legislar apenas pela vontade da maioria,pois assim sendo o direito de muitos seriam completamente ignorados, e sim em favor da manutenção e respeito ao direito de todos,inclusive o de vocês evangélicos que continuam sendo minoria,já pensou como seria se a maioria da população católica começasse a pressionar o congresso pra tornar o catolicismo a única religião reconhecida pelo estado, tornando todas as outras ilegais.

  6. wanessa eu não se você sabe ,mas numa democracia o congresso não deve legislar apenas pela vontade da maioria,pois assim sendo o direito de muitos seriam completamente ignorados, mas sim em favor da manutenção e respeito ao direito de todos,inclusive o de vocês evangélicos que continuam sendo minoria,já pensou como seria se a maioria da população católica começasse a pressionar o congresso pra tornar o catolicismo a única religião reconhecida pelo estado, tornando todas as outras ilegais.

DEIXE UMA RESPOSTA