Opinião dos eleitores evangélicos sobre candidatos a presidente ainda não está formada, diz jornal

10

A opinião dos evangélicos sobre as eleições presidenciais deste ano ainda não está formada, apesar de a maior parte deste público preferir Marina Silva (PSB) e ter receios quanto a candidata Dilma Rousseff (PT).

O jornal O Estado de S. Paulo produziu uma reportagem em que entrevistou fiéis de diversas denominações, e constatou que a indicação de voto feita por pastores como Silas Malafaia e Marco Feliciano não é fator decisivo para os eleitores.

“Eles deveriam se preocupar menos com o casamento gay e mais com a saúde, porque o povo está morrendo no corredor do hospital lá da minha região”, afirmou a fiel Maria de Souza, que trabalha como diarista e frequenta a Assembleia de Deus no Brás, do Ministério de Madureira, em São Paulo.

A insegurança sobre a política é uma das razões de ainda não ter opinião formada sobre os candidatos: “Sempre fui petista, mas estou arrependida. O Aécio não sei o que faz. A Marina… É, estava pensando em votar nela, porque é evangélica, mas eu estou com tanta raiva de político, que esse ano acho que não vou votar em ninguém, nem se o pastor pedir. Acho que esse ano, nem se Deus mandar!”, disse Maria.


Na pesquisa do Datafolha divulgada ontem, 10 de setembro, a candidata à reeleição Dilma Rousseff aparece com 36% das intenções de voto, tecnicamente empatada com Marina Silva, que tem 33%. Aécio Neves (PSDB) aparece com 15%.

Entre os evangélicos, Marina tem 43% das intenções de voto, segundo o Estadão, à frente de Dilma. Num eventual segundo turno, Marina Silva teria o dobro das intenções de voto de Dilma entre os fiéis evangélicos. Em termos gerais, Marina tem 47%, contra 43% de Dilma, de acordo com o Datafolha.

“Ser evangélico tem peso maior. Então, Marina seria a minha candidata, mas como ela entrou na disputa gora, ainda estamos avaliando propostas”, disse Luiz Roberto, 30 anos, montador de móveis e frequentador da Igreja Universal do Reino de Deus.

Apesar de muitos fiéis demonstrarem independência na escolha do voto, há também quem faça sua escolha a partir das orientações dos pastores: “Para mim não faz diferença. Vou em quem o pastor mandar, porque nesse meio político tem muita gente que quer atrapalhar o trabalho da igreja”, disse Débora Silva, 28 anos, empregada doméstica e membro da Igreja do Evangelho Quadrangular.

Para o cientista político Marco Antonio Carvalho, professor da Fundação Getúlio Vargas, o eleitorado formado pelos fiéis evangélicos podem decidir a eleição para presidente: “Em uma disputa tão polarizada, e se considerarmos que eles têm um comportamento coeso, os evangélicos podem decidir essa eleição”.

10 COMENTÁRIOS

  1. O pessoal da Assemblieia de Deus do BRAS na minha opiniao nao deveria nem expor opiniao… ha algumas semanas atrás estavam sedendo o pulbito para a presidente pedir votos… Não concordo com essa atitude do pastor dessa igreja, mas respeito a opinião dele assim como tenho certeza que os demais irmãos desta denominação irá respeitar a minha opinião.

  2. Admiro o histórico da Marina na militância ambiental,oriunda da velha ala do PT, que no passado foi importantíssimo ao país, acho ela muito inteligente. Mas tenho receio, pois para governar o presidente tem que negociar com o congresso.

    Outro entrave é a bancada fundamentalista, que ira, a todo custo querer impor seus projetos retrógrados com o apoio do executivo.

    Na verdade Marina ainda é uma incógnita!

  3. concordo com o comentario de souza pois eu nao confio na habilidade de marina governar este Pais de vido a falta de experiencia , se marina se eleger o Pais vai virar mais um caos novamente ,negociar com Congresso e o Senado nao e facil vai precisar de muito punho , e para completar eu sendo evangelico condeno a participaçao de evangelicos na politica pois eles acabm se corrompendo, e melhor que cada um cuide de sua igreja e deixe a politica para outros , e querendo ou nao muitas leis vao ser aprovadas , sera que o povo evangelico nao ve que estamos no final dos tempos e Deus falou que tudo isto ia acontecer amem

  4. Tanto Valdir Catélico (comentário acima), quanto o de Souza, esao equivocados. Dizem que Marina não tem experiência. E quanto a Lula. Lula já foi alguma vez alguma coisa. só sindicalista. Quando foi deputado, fez um mandato pífiu, de ridículo. E este petralia até conduziu relativamente bem as coisas. Marina tem muita experiencia, como senadora, por 3 vezes, ministra, além atuar de várias formas como ambientalista, em comites, ong´s, etc. Portanto dizer que Marina não tem experiência é uma mentira.
    Realmente penso na estratégia de votar no Pr. Everaldo no primeiro turno, e na Marina no segundo. Explico, Pr. Everaldo no 1 turno seria para sinalizar para os demais candidatos, Dilma e Aécio, que o voto do evangélico é mais importante para eles do que dos homossexuais e pró-aborto. Como seu que Pr. everaldo não vai passar de 20%, e Marina iria ao 2 turno, daria meu vota a uma evangélica, na esperança de que ela entendeu o recado do 1 turno, ou quem quer que ganhe.

  5. “Eles deveriam se preocupar menos com o casamento gay e mais com a saúde, porque o povo está morrendo no corredor do hospital lá da minha região”

    Silas PISADO.
    Nessas horas tenho que concordar com o Caio Fábio. O que Silas faz na questão gay nesse país, é uma JIHAD DE ÓDIO. E o mais triste são os tolos que o seguem. É bom ver que não são todos. Outros promovem essa JIHAD igualmente errada, contra crenças afro. Sabem quantos locais de cultos diversos são invadidos por ano?

  6. Apesar de muitos fiéis demonstrarem independência na escolha do voto, há também quem faça sua escolha a partir das orientações dos pastores: “Para mim não faz diferença. Vou em quem o pastor mandar, e ainda dizem que evangélicos tem opinião propria rsrssrsrsrsrs

    • Eu por exemplo, nem sei em quem os pastores e presbíteros de minha comunidade local vão votar, tampouco me importa saber. Meu voto é pessoal e segundo as minhas opiniões. Ademais, o púlpito da igreja não é local de “boca de urna”.

    • Muitos possam ser que não tenham, mas alguns como eu por exemplo, não perdem seu tempo votando em indivíduos, que usam a bíblia para angariar votos.

      E muito menos perdem seu tempo votando em VAGABUNDOS

      • …Como eu dizia, votando em vagabundos que almejam transformar o país em um imenso antro de gays pervertidos!

        Eu imagino que isso seja mais o tipo de candidatos que tem como fans, idiotas como você.

  7. O candidato tem de representar aquilo que você acredita. Não posso votar em alguém que é a favor das drogas, ou do aborto. Isso é comum em qualquer eleição. E não existe essa de separar fé e razão, até os ateus são pessoas de extrema fé, pois creem que a vida na Terra surgiu por acaso.

  8. Sou evangélica graças a Deus e só dou meu voto pra evangélico!
    Meu voto vai para meu irmão em Cristo, mais primeiro eu analiso pra ver se esse irmão ou irmã na fé, são comprometido com a bíblia!
    Porque primeiro a palavra de Deus!
    Porque para nós evangélico o Sr. Jesus em primeiro lugar!

  9. DA “EUFORIA” À “FRUSTRAÇÃO”

    “Os Profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam pelas mãos deles, e o meu povo assim o deseja, mas que fareis ao fim disto?” – Jeremias 5:31

    Diz um ditado muito antigo que “QUEM COM PORCO SE MISTURA, FARELOS COME”. Nunca na história este ditado foi tão evidente no meio de um segmento que outrora era modelo na sociedade. Jamais um adágio se encaixou com tanta perfeição para quem deveria, por compromisso de fé, ser o exemplo na sociedade sob todos os aspectos. Os “EVANGÉLICOS” se misturaram com os “PORCOS” do meio político e agora estão comendo farelo ou restos de uma frustração generalizada que se abateu sobre a igreja evangélica no Brasil.

    Se você souber responda, qual foi o ganho para a igreja de Jesus Cristo com este seu envolvimento inconsequente com o mundo da política? Quais foram os benefícios para o Reino de Deus? Quantas “ALMAS” foram ganhas ou resgatadas para Deus nesta briga entre “LOBOS” e “BODES”? Foi realmente uma vitória dos evangélicos? Não teria sido uma derrota humilhante da igreja no Brasil? Eu poderia enumerar mais de uma centena de perguntas, mas basta que você responda a estas acima e julgue se não estou com a razão nas minhas colocações. O que diriam os Apóstolos desta bancarrota moral que se abateu sobre a igreja?

    A igreja no Brasil está em frangalhos, como uma prostituta depois de usada ou de prestar seus serviços. Como muitas, por falta absoluta de vergonha na cara, ela igreja, vai continuar a sua caminhada na prostituição espiritual, fazendo ponto nas esquinas políticas de dois em dois anos, na maior pouca vergonha. Isto sem falar que com os “ELEITOS” ela irá se prostituir diariamente, sem nenhum pudor ou constrangimento.

    Então, o que fazer? Se algum líder evangélico resolver, por dor de consciência, com honestidade, com integridade e com “BRIO NA CARA” rever seus conceitos, que o faça sabendo, no entanto, que a desgraça que abateu sobre a igreja é muito grande. Nós estamos diante de uma tragédia anunciada, inclusive pelo próprio Jesus Cristo. Ele alertou-nos de que viriam muitos em Seu nome querendo passarem-se por Cristo, e que estes “ENGANARIAM” a muitos.

    Sobrou enganos nesta eleição por parte das lideranças evangélicas e de seus subordinados, o povo está sendo literalmente passado para traz, a igreja rebaixada a “REDUTO ELEITORAL” de candidatos e de partidos. É uma vergonha tamanha que não há registro na história.

    O que esperar desta igreja capenga? O que esperar dos chamados evangélicos? O que esperar desta liderança evangélica corrompida e anestesiada pela política? O que esperar deste evangelho ideológico, partidarista e distorcido? A minha resposta sincera e honesta é “NADA”!!! Absolutamente nada!!! Este não é o Evangelho dos meus “SONHOS”, é o meu “PESADELO” de fé e de vida cristã. Sinto que ao final desta disputa inglória nós, cristãos sinceros, nos tornamos reféns de uma militância religiosa que se enveredou pelos caminhos do inimigo. Estamos à mercê de homens comprometidos, não com o Reino de Deus, mas com os seus interesses. Fora evangélicos!!!

    A Verdade Bíblica

  10. Esses evangélicos realmente são muito estranhos. Um afirma que não vota em ninguém mesmo Deus mandando, outra afirma que está indecisa com PT e Marina, sem a mínima luz de ver que o PT é um MAR DE CORRUPÇÃO e cheio de maus espíritos e uma outra porque Marina é evangélica. Qual a dúvida então MEU DEUS??? Só terão sucesso aqueles que tentam novas alternativas e abrem novas portas. Nosso governo está um LIXO, cheio de MENTIRAS e CORRUPÇÃO. Muito lamentável alguém ainda ter esperança e acreditar no PT. QUE DEUS PROTEJA TODOS NÓS!

  11. Claro que está,pois sou pastor e vejo os irmãos todos dizendo que vão votar na Marina e também pedem voto fora do meio evangélico.Portanto os evangélicos já decidiram por Marina como a melhor opção de Deus para governar o Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA