Igreja Presbiteriana aceita ordenação de pastores gays e causa divisão na maior denominação evangélica dos EUA

59

Considerada a maior denominação evangélica/protestante dos Estados Unidos, a Igreja Presbiteriana dos EUA, está enfrentando atualmente o maior êxodo da denominação em toda sua história no país. No ano passado, a Comunhão Presbiteriana (PCUSA) contabilizou a saída de mais de cem congregações de sob a liderança da organização.

O motivo desse forte êxodo na igreja foi uma mudança no estatuto geral da denominação, que passou a permitir a ordenação de clérigos assumidamente gays. De acordo com o site Protestante Digital, a Assembleia Geral da Igreja Presbiteriana dos EUA (PCUSA) revelou que durante o no ano passado (2012) viu a maior saída de congregações da denominação, com 121 abandonos solicitados.

O desligamento de congregações da Comunhão Presbiteriana teve seu início em 2010, quando a 219ª Assembleia Geral, formada pela maioria dos presbitérios, votaram e aprovaram a Alteração da emenda 10 do estatuto da denominação, permitindo que os clérigos abertamente homossexuais pudessem ser ordenados. No ano seguinte, quando Scott Anderson foi o primeiro clérigo abertamente gay a ser ordenado pastor da denominação, a saída foi de 21 congregações, a grande maioria por discordarem das novas regras a respeito da ordenação de pastores.

Emily Enders Odom, coordenador de comunicação da Assembleia, explicou a situação em um comunicado, no qual afirma que apesar da dor produzida pela separação apenas “29 por cento dos 173 presbitérios” opuseram-se à norma.


O estudioso de religiões Jim Miller, do Instituto de Religião e Democracia, comentou o caso citando um estudo que mostra que as congregações das Igrejas Presbiterianas dos EUA (PCUSA-sigla em inglês) estão sofrendo um declínio no número de membros regulares. Ao final de 2012 eram cerca de 1,84 milhões de fiéis, ante aos 1,95 milhões no final de 2011. Isso representa uma perda de mais de 102 mil membros neste período.

A saída desse elevado número de congregações da comunhão motivou também a criação de uma nova ordem para acolher tais igrejas, que já se organizam em uma nova comunhão denominacional.

Por Dan Martins, para o Gospel+

59 COMENTÁRIOS

  1. O que me intriga nisso tudo é que só saíram 102 mil de quase de milhoes??
    Ou a galera da igreja tá completamente errada e ainda sobrou 29% dos lideres concordando com isso?
    Isso é complemente estranho e errado.
    Como o kra ai disse, se os homossexuais quiserem participar do culto, blz! Mas virar lider?? Isso é totalmente contrária a palavra de Deus, como o homem consegue se corromper tanto assim com quase 2 milhões de “fiéis” ?
    Deve ser fake isso ai não é possível!

  2. eita poca vergonhaaaaaaa ….. eles ja estao brincando de ser crente “quer dizer evangelicos” porque crente a te o diabo é …olha a salada mista que virouu lamentavell,, nao deveriao nem usar o noome de DEUS nissoo ,pois o deus que eu conheco perante o que a biblia relata, nao tem nada ver com decisoes como esta…. o deus deles é hum deus estranho…homens e mulhres de deus nao se deixe levar por coisas mundanas como tais,vigiam a vinda do grande deus esta proximoooo . vigia para que nao fiques pro ranger de dentesss ….deus é de misericordia mas tb de justiça….

  3. Não é de hoje que uma parte da Igreja Presbiteriana(EUA) vem tomando rumos contrários aos ensinamentos de Cristo, desde que James Anderson um pastor presbiteriano assumiu ser maçom e queria que a Igreja aceitasse tal conduta. Nada contra os maçons, mas não cabe a um cristão tal prática ritualística praticada pelos maçons em suas lojas.

  4. CRENTES JULGADORES E CONDENADORES, FIQUEM SABENDO QUE JÁ EXISTEM ATÉ DENOMINAÇÕES EVANGÉLICAS GAYS E LÉSBICAS. VÃO DIZER QUE NÃO ACEITAM, ETC… MAS NA HORA DAS ESTATÍSTICAS QUE APONTAM COMO JÁ QUASE 40 MILHÕES DE EVANGÉLICOS NO PAÍS, ENTRE OS QUAIS ESTAS DENOMINAÇÕES ESTÃO INCLUÍDAS, AÍ SAEM VIBRANDO E DANDO GLÓRIAS.
    ÊTA POVINHO FALSO.

    • Isso para quem está preocupado com igreja cheia de pessoas vazias,pois os verdadeiros crentes entendem que não é a quantidade e sim a qualidade dos seguidores de Cristo que é importante.

  5. Ordenar cargo de pastores a gays assumidos?
    Isso pode trazer o fim da igreja Presbiteriana e manchar o nome dessa igreja.

    Os que não aceitam essa artimanhas de satanás tem que se desligar mesmo desse lideres pervertidos para não se contaminar.

    Inferno para todos os gays!!!

  6. É importante ressaltar que essa atitude foi da IGREJA PRESBITERIANA DOS EUA, a igreja presbiteriana do BRASIL continua sendo uma igreja seria, e ha muitos anos não está ligada com a igreja dos EUA, justamente por não concordar com o rumo que a igreja mãe estava tomando. A igreja Presbiteriana do BRASIL continua sendo uma igreja SÉRIA.

  7. Gente sou presbiteriano e fiquei chocado e triste com a notícia, todavia, não podemos discriminar ou julgar mal a igreja em geral. Somos um povo que tem história e lutas que resultaram na liberdade religiosa. Este caso aqui, de gays sendo ordenados, mostra que a PCUSA perdeu de vista o foco das Escrituras, com tudo, não podemos falar da igreja como em geral. Ainda somos uma igreja, séria de valores bem estabelecidos. Julgar a igreja seria erro fatal, mas julgar o caso de gays sendo ordenados nela, creio que não, pois a Bíblia diz que é errado, e, sendo a Bíblia é a palavra de Deus, convém dizer que Deus abomina, odeia e lançará no inferno aqueles que tais erros cometem fazendo isso que estão fazendo com a igreja Presbiteriana. Esta é a minha breve opinião. Deus os abençoe e orem pelas igrejas do Brasil e do mundo inteiro que professam sua fé no Deus vivo como está nas Escrituras, que a Bíblia como regra de fé e pratica.

  8. Deus de fato é amor, mas o povo esquece que esse mesmo de Deus de amor é também justiça, os gays gosta de falar do amor de Deus, nunca vi falarem da justiça, acordem ainda a tempo.

  9. Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis.
    Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. (2 Timóteo 3:1-5) =>Paulo está alertando Timóteo a se afastar dessas pessoas.

    O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. Tais ensinamentos vêm de homens hipócritas e mentirosos, que têm a consciência cauterizada (1 Timóteo 4:1, 2 NVI)

  10. Só acho que a manchete deveria ser “Igreja Presbiteriana dos EUA aceita ordenação de pastores gays e causa divisão na maior denominação evangélica do país”, do jeito que foi posto parece que tem ligação com a Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB), que repudia esse tipo de atitude e não tem relações com PCUSA. Não custa nada ser cauteloso…

  11. Não faz sentido, a Bíblia ensina como devemos viver e passar para os outros a nossa conduta de fé e prática.A relação sexual de pessoas do mesmo sexo é condenada por DEUS.Isso é inquestionavel, portanto o novo homem deve fugir dessa prática.Sou presbiteriano duas vezes, a segunda presbiteriano Independente.Tudo por causa do calvinismo, que não se alinha a fé cristã. A maçonaría e a predestinação antes da fundação do mundo, essa última não foi alcançada pela queda de Adão e Eva. E daí vai.Criaram uma soberania para Deus, tem que ser como eles querem, e não como DEUS determinou.Jesus está chegando.Amém!

  12. QUEM VAI DIRETAMENTE Pra o inferno são esses falsos pastores, NÃO OS GAY!! AFINAL DEUS DEMONSTROU QUE ELE É AMOR, TENHO HORROR A ESSAS PASTORES FALSO DISSIMULADOS CHEGA DE HIPOCRISIA, GAY São seres humano feitos vcs, quero ver quando esses povinho sem cultura que é cheio frustrações ter um filho gay,

  13. Está claro que há uma agenda mundial para que a doutrina “homossexualista” seja implantada em todos os setores da sociedade. Olhando para as escrituras essa doutrina maldita está se constituindo a “MARCA DA BESTA”. Ora, o que é uma “Besta” dentro da escatologia? É uma criatura simbólica, maligna, uma quimera, um animal mutante, híbrido e composto por outras criaturas num só corpo como resultado de uma união abominável e o cruzamento sexual luxurioso de várias espécies e sementes e tal criatura que foge ao padrão familiar estabelecido pelo CRIADOR dos céus e da terra, tal criatura abominável fruto da imoralidade e corrupção representa OS GOVERNOS que se rebelaram e se opuseram contra O CRIADOR DO UNIVERSO mudando suas leis espirituais e naturais e fora da presença de TODO-PODEROSO criaram uma outra civilização e uma outra forma de agir, de se conduzir e pensar totalmente contrários a Santa Palavra, geralmente praticando atos provocativos e totalmente contrários a naturalidade da criação. O Eterno senhor tem uma MARCA que é o sinal da aliança com a família Bíblica e inserido a esta aliança há muitas promessas e bençãos, direitos e deveres e um deles é que para haver BENÇÃO e prosperidade na terra UM HOMEM E UMA MULHER (macho e femea) DEVEM SE CASAR, SE AMAR, CONSTITUIR UMA FAMÍLIA E GERAR FILHOS NO SEIO DESTA FAMÍLIA e ensinar a ELES A MAIS ANTIGA ALIANÇA QUE O CRIADOR FEZ COM A HUMANIDADE e que cujo símbolo é o ARCO COLORIDO NAS NUVENS. Como o Diabo é o pai da mentira e Adversário da verdade e também LADRÃO, acabou furtando este sinal e símbolo da Aliança com a FAMÍLIA BÍBLICA MODELO PARA TODAS AS GERAÇÕES FUTURAS DA TERRA e passou a influenciar e incorporar na cabeça de seus enganados “pensadores engemheiros sociais” a usar como sinal e símbolo DE SUA PRETENSA “FAMÍLIA” DA “DIVERSIDADE” SEXUAL, se bem que as cores do tal movimento da diversidade é diferente, são cores mortas e não vivas! Como a pretensa Família é uma anomalia e diversa em que não se tem um MODELO DE CASAL DEFINIDO, ISTO É, O QUE MANDA É O IMPULSO DA IMORALIDADE SEXUAL E O QUE TIVER DISPONÍVEL SERÁ O TAL PARCEIRO, DESTA DIVERSIDADE DE ESPÉCIES UNINDO-SE SEXUALMENTE SEM DISTINGUIR E LEVAR EM CONSIDERAÇÃO O QUE AS ESCRITURAS NOS DIZEM E NOS APONTA O QUE SEJA UM CASAL, UM CASAMENTO E O GÊNERO, segundo a Escatologia, A BESTA (Sistema) é o fruto da mais perversa IMORALIDADE SEXUAL E INFIDELIDADE AOS MANDAMENTOS DE JAH. O Sistema bestial que detém controle absoluto na economia e política mundial está impondo seu sinal, sua MARCA e aqueles que se opõem a sua marca e sinal são perseguidos e neutralizados através de muitas formas e métodos diabólicos. Estejam atentos a esta MARCA Homossexualidade e sodomia, os que se levantam contra no momento estão sendo ridicularizados e perseguidos pela MÍDIA e já se ver também sendo usado como CHANTAGEM FINANCEIRA sobre aqueles que não aceitam a tal MARCA.

  14. Lamentamos essa atitude dessa denominação, perdeu a direção como diz em apocalipse lembra de onde caiste, volte as primeiras obras, esssa atitude não é da igreja de Cristo lamentammos. Deus tenha misericordia de nós.

    • Paulo de Traso, desculpe mais copiei sua menssagem está ótima
      O SENHOR JESUS DECLAROU QUE PESSOAS NASCEM HOMOSSEXUAIS

      Ao contrário do que afirma o Pastor Silas Malafaia,
      o Nosso Senhor Jesus Cristo disse que pessoas nascem homossexuais.

      Leiam: Mateus 19.12. Porque há eunucos (homossexuais) que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.

      Geralmente, em sua esmagadora maioria, as pessoas não pedem, nem optam, nem aprendem, nem tem comportamos adquiridos para serem homossexuais ou heterossexuais. Tire essa conclusão por você mesmo. Você não decidiu, não optou e não aprendeu a ser heterossexual. Simplesmente agiu heterossexualmente. Assim também acontece com os homossexuais.

      Quem faz usos dessas afirmações não sabem como se manifesta a sexualidade no ser humano, e, em particular, o homossexualismo. Estão delirando sob teorias preconceituosas e, nesse caso, pior: teorias religiosas preconceituosas.

      Por isso temos que tratar os homossexuais com o máximo respeito e amor. Cristo Jesus morreu também pelos homossexuais. É falácia vociferar palavras de cunho forte e dizer que isso é amor. A forma como falamos, ainda que fosse verdade, afastam, em vez de atrair, os homossexuais a Cristo… ninguém tem o direito de afastar os homossexuais de Cristo… ninguém…

      Infelizmente, pastores políticos (não me refiro ao Pastor Silas Malafaia, mas a Pastores da índole de Marcos Feliciano) estão se utilizando do homossexualismo para se projetarem politicamente… isso é hediondo, horrível, maldoso, satânico…

      Observem: esses pastores políticos não estão se popularizando politicamente por ter feito algo maravilhoso ou grandioso para o povo brasileiro… mas por explorarem e se aproveitarem de temas sensíveis, que fere muita gente, que doem em membros de todas as famílias como é a natureza do homossexualismo… isso é horrível, satânico, diabólico!

      Mentem, esses pastores políticos, ao dizerem que estão lutando pelos “valores cristãos”… Essa expressão em si enoja. As verdades do Evangelho de Cristo devem ser pregadas na sociedade pela conversão de cada individuo, não via política… quem faz isso, não faz pelo Reino de Deus… quem tentar impor, via política, os “valores cristãos”, estão a serviço de espíritos de demônios e de suas próprias ambições…

      Os “valores cristãos”, ou melhor dizendo, as Verdades Eternas do Evangelho do Nosso Senhor Jesus Cristo devem ser seguidos por aqueles que aceitaram a Jesus como Salvador e Senhor, que fizeram profissão de fé em seguir a Jesus… Portanto, tentar impor à sociedade “valores cristãos” é um serviço ao inferno e não ao Reino de Deus. Tentar impor os tais “valores cristãos” os que não fizeram profissão de fé em seguir a Jesus é fazer um serviço a Satanás…

      O Pastor, Silas Malafaia, ainda um homem de Deus, faz declarações fortes irresponsáveis, preconceituosas e desastrosas para alma de muitas pessoas… Ele, como todos os Pastores, foram chamados para pregar “a Cristo e esse crucificado”… não foram ungidos por Deus para lutarem por causas civis ou sociais… está se desviando de sua missão….

      Isso aconteceu com a grande maioria dos Pastores americanos se envolveu com o civilismo político e social americano. O resultado foi que eles perderam a Cristo… O Espírito Santo que antes os inspiravam foram substituído por outros espíritos de demônios que, da mesma forma, lhes inspiravam…

      Portanto irmãos, não endossemos a atitude do irmão e Pastor Silas Malafaia e repudiemos, como obra de espíritos imundos, as atitudes de Pastores como Marco Feliciano…

      Que Deus abra os seus olhos…

      • Andre, o Pastor silas e muitos outros que não concorda com a pratica pecaminosa dos Gays, por não concordar não quer dizer que está desrespeitando essas pessoas, é um direito nosso de não compactuar e por isso somos condenado por eles não concordar conosco não discriminamos nem perseguimos, como muitos deles fazem, vão para porta das Igrejas aprontando barraco agredindo fieis como tem acontecido só que a mídia não divulga.o que você citou sobre eunuco, diz respeito a pessoas com problema de saúde ou impotente não se trata de homossexualismo, castravam-se eunuco porque eles cuidavam das mulheres dos seu donos é diferente. A sua tese não tem sentido. O pastor marcos é um homem de Deus que prega a verdade e quem vive no engano ou na mentira não suporta a verdade. dizendo. hediondo horrível maldoso satânico. esses predicados que você descreve é cabível nas pessoas que vivem na pratica do pecado.a palavra de Deus diz que haveria tempo em que as pessoas queriam lideres que pregasse aquilo que eles queriam ouvir. e não o que precisariam ouvir. que Deus ilumine abra a sua mente para entender a vontade de Deus e ser feliz. João 8 -32 diz conhecereis a verdade a verdade vos libertara a verdade e a Palavra de Deus
        Deus te Abençoe.

      • A igreja, Presbiteriana sempre na vanguarda, vencendo paradigmas preconceituosos, todos os estudiosos de Teologia, sabem que o Homossexualismo nunca foi, uma problema para Jesus. Tanto que ele jamais citou o amor homoerótico, e quando se referiu aos eucnuco nascidos de mãe “homossexuais” Ele não os condenou mais disse que para eles não existia a obrigatoriedade de casar. O que todo cristão deve saber sobre homossexualidade εεε υ ε αεα ε α ε ε εε α ε εαα ε ε α Moichos – adultero Malakoi – Efeminado Arsenokoites – sodomita (palavra derivada da cidade de Sodoma, uma das cidades destruídas por causa da prática (como dizem hoje) HOMOSSEXUAL. Porque uma palavra utilizada na tradução de hoje não existia naquele tempo, não quer dizer que a prática não fosse condenada. “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!” (João, 8:32) – LIBERTARÁ DO PECADO, NAÕ QUER DIZER QUE DÁ LIBERDADE À PRÁTICA DELE 1) Não há, na Bíblia, nenhuma só vez as palavras homossexual, lésbica ou homossexualidade. Todas as Bíblias que empregam estas expressões estão erradas e mal traduzidas. A palavra homossexual só foi criada em 1869, reunindo duas raízes lingüísticas: Homo (do Grego, significando “igual”) e Sexual (do latim). Portanto, como a Bíblia foi escrita entre 2 e 4 mil anos atrás, não poderiam os escritores sagrados terem usado uma palavra inventada só no século passado. Elementar, irmão! VEJA A EXPLICAÇÃO NO NÚMERO 4 ACIMA 2) A prática do amor entre pessoas do mesmo gênero, porém, é muito mais antiga que a própria Bíblia. Há documentos egípcios de 500 anos antes de Abraão, que revelam práticas homossexuais não somente entre os homens, mas também entre Deuses Horus e Seth. Segundo o poeta e escritor Goethe, “a homossexualidade é tão antiga quanto a humanidade”. Certamente, cada tempo com sua experiência singular, mas com o mesmo direcionar de desejo: o igual. (DISSE TUDO. A ORIGEM É PAGÃ E ANTIBÍBLICA) 3) No antigo Oriente, a homossexualidade foi muito praticada. Entre os Hititas, povo vizinho e inimigo de Israel, havia mesmo uma lei autorizando o casamento entre homens (1.400 antes de Cristo). Como explicar, então, que, entre as abominações do Levítico, apareça esta condenação: “O homem que dormir com outro homem como se fosse mulher, comete uma abominação, ambos serão réus de morte” (Levítico, 18:22 e 20:12). (ERAM REUS DE MORTE PORQUE?) Segundo os Exegetas (estudiosos das escrituras sagradas), fazia parte da tradição de inúmeras religiões (PAGÃS) de localidades circunvizinhas à Israel, a prática de rituais (PAGÃOS) homoeróticos, de modo que esta condenação visa fundamentalmente afastar a ameaça daqueles rituais idolátricos (PAGÃOS E PECAMINOSOS) e não a homossexualidade em si (UMA BELA FORÇADA NA EXEGESE). Prova disto é que estes versículos condenam apenas a homossexualidade masculina: teria Deus Todo Poderoso se esquecido das lésbicas ou, para Javé, a homossexualidade feminina não era pecado? (QUEM DISSE QUE NÃO? TANTO É QUE PAULO AOS ROMANOS FALA CLARAMENTE DESTA QUESTÃO ROMANOS 1.22-27 Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis. Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém! Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro).Considerando que, do imenso número de leis do Pentateuco, apenas duas vezes há referência à homossexualidade (e só à masculina), concluem os exegetas que a supervalorização que os cristãos conferem a este versículos é sintoma claro e evidente de intolerância machista de nossa sociedade, um entulho histórico, e não um desígnio eterno de Javé, do mesmo modo que inúmeras outras abominações do Levítico, como os tabus alimentares (por exemplo, comer carne de porco) e os tabus relativos ao esperma e ao sangue menstrual, hoje completamente abandonadas e esquecidas. Por que católicos e protestantes conservam somente a negação contra a homossexualidade, enquanto abandonaram dezenas de outras proibições decretadas pelo mesmo Senhor?. Intolerância machista e ignorância que Freud explica! (PARA APLICAÇÃO E OBSERVAÇÃO DA LEI DE DEUS BASTAVA APENAS O PRINCÍPIO, NÃO SERIA NEM MESMO NECESSÁRIO UMA LEI ESPECÍFICA – 1. E DEUS OS FEZ HOMEM E MULHER – 2. CRESCEI-VOS E MULTIPLICAI-VOS….3. E SE UNIRÁ O HOMEM À SUA MULHER E SE TORNARÃO UMA SÓ CARNE – 4. AO HOMEM CHAMOU ADÃO … A MULHER LHE DEU O NOME DE EVA, OU SERÁ QUE FOI ADÃO E IVO? OU ADA E EVA… ? ) 4) Se a homossexualidade fosse prática tão condenável, como justificar a indiscutível relação homossexual existente entre David e Jônatas?! Eis a declaração do salmista para seu bem-amado: “Tua amizade me era mais maravilhosa do que o amor das mulheres. Tu me eras deliciosamente querido!” (II Samuel, 1:26). Alguns crentes argumentarão que se tratava apenas de um amor espiritual, ágape. Preconceito primário, (OU INTERPRETAÇAÕ TENDENCIOSA – A PALAVRA DELICIOSO NÃO EXISTE NESTE TEXTO DO HEBRAICO E TODO AMOR PRESSUPÕE ATO SEXUAL? TODA FORMA DE AMOR É DE FATO EXPRESSA EM ATOS, PRÁTICAS, MAS ISSO NAÕ QUER DIZER HOMOSSEXUALIDADE.. VÊ SE NÃO FORÇA)- pois só as coisas materiais são referidas com a expressão “delicioso”, e não resta a sobra da menor dúvida que David, em sua juventude, foi adepto do “amor que não ousava dizer o nome”. Não foi gratuitamente que o maior escultor de nossa civilização, Miguel Ângelo, ele próprio, também homossexual, escolheu o jovem Davi, nu, como modelo de sua famosa escultura de Florença, na Itália. Negar o amor homossexual entre estes dois importantes personagens bíblicos (“amizade mais maravilhosa que o amor (Eros) das mulheres”) é negar a própria evidência dos fatos. (OU SIMPLESMENTE TENTAR JUSTIFICAR O PECADO?) “Tendo olhos, não vedes? E tendo ouvido, não ouvis?!” (Marcos, 8:18). 5) Pelo visto, embora o Levítico fosse extremamente severo contra a prática da cópula anal (determinando igualmente a pena de morte contra o adultério e o bestialismo), outros livros sagrados revelam maior tolerância face ao homoerotismo. O Eclesiastes ensina: “É melhor viverem dois homens juntos do que separados. Se os dois dormirem juntos na mesma cama se aquecerão melhor” (ESTA TRADUÇÃO É HORRÍVEL – NÃO EXISTE A PALAVRA HOMENS NEM NO HEBRAICO, NEM NA SEPTUAGINTA) (4:11). Num país quente como a Judéia, o interesse em dormir junto só podia ser mesmo erótico. Portanto, na teoria o Levítico era uma coisa e a prática, desde os tempos bíblicos, parece ter sido outra. “Deus nos fez ministros da nova aliança, não a da letra e sim a do Espírito. Porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.” (II Coríntios, 3:6) (NÃO SE APLICA AO CONTEXTO) 6) A destruição de Sodoma e Gomorra? Indagarão alguns. Oferecemos três informações fundamentais e cientificamente comprovadas que, em geral, são propositadamente escondidas e desconhecidas pelos cristãos: 1) não há evidência histórica ou arqueológica que confirme a real existência dessas cidades; 2) este relato é obra dos “Javistas” (escritores bíblicos do século X a.C.), que se apropriaram de relatos mitológicos de outros povos anteriores aos judeus; 3) a própria destruição da suposta intenção homoerótica dos habitantes de Sodoma em relação aos três visitantes de Abraão (anjos ou homens?) apresenta dificuldades sérias de interpretação, pois quando os habitantes de Sodoma declararam desejar conhecer os visitantes, maliciosamente se interpretou o verbo “conhecer” como sinônimo de “ato sexual”. Segundo os exegetas, das 943 vezes que aparece esta palavra no Antigo Testamento (“yadac” em hebraico), em apenas 10 ela tem significado heterossexual – nenhuma vez o sentido homossexual. A associação do pecado dos “sodomitas e gorromitas” com a homossexualidade é um grave erro histórico, que tem sua oficialização pela igreja católica apenas na Idade Média, a “idade das trevas”. (SE O SENTIDO NÃO ERA SEXUAL, POR QUE LÓ AFIRMOU QUE LHES DARIA AS PRÓPRIAS FILHAS EM LUGAR DOS ANJOS PARA QUE OS HABITANTES DACIDADE FIZESSEM O QUE QUISSESSEM COM ELAS? E AINDA ROGOU QUE NÃO FIZESEM MAL AOS HOMENS – ANJOS? – NOVAMENTE FORA DE CONTEXTO). 7) A própria Bíblia e o filho de Deus nos dão a chave para corrigir esta maliciosa identificação de Sodoma e Gomorra com a homossexualidade. Segundo os mais respeitados estudiosos das Sagradas Escrituras, o pecado de Sodoma é a injustiça e a anti-hospitalidade, nunca a violação homossexual. Prova disto, é que todos os textos que aludem à Sodoma no Antigo Testamento atribuem sua destruição a outros pecados e não ao “homossexualismo”: falta de justiça (Isaías, 1:10 e 3:9) (JUSTIÇA NÃO SIGNFIFICA JUSTIÇA CONFORME MAGISTRATURA, MAS DIZ RESPEITO À INCOFORMIDADE COM A LEI DIVINAOuvi a palavra do SENHOR, vós poderosos de Sodoma; dai ouvidos à lei do nosso Deus, ó povo de Gomorra – tr:îAT ESTA PALAVRA É A ENCONTRADA NO VERSÍCULO, OU SEJA TORAH.. .LEI DE DEUS REFERINDO-SE AOS CINCO PRIMEIROS LIVROS DA BÍBLIA) adultério, mentira e falta de arrependimento (Jeremias, 23:14); orgulho, intemperança na comida, ociosidade e “por não ajudar o pobre e indigente” (Ezequiel, 16:49); insensatez, insolência e falta de hospitalidade (Sabedoria 10:8; 19;14; Eclesiástico, 16:8 (ESSES SÃO APÓCRIFOS NÃO FAZEM PARTE DO CANON BÍBLICO FORAM INSERIDOS NA BÍBLIA CATÓLICA APENAS NO CONCÍLIO DE TRENTO SÉCULO XVI PARA DAR SUPORTE ÀS PRATICAS IDOLATRAS E TENDO COMO FUNDO A CONTRA-REFORMA ). No Novo Testamento, não há qualquer ligação da destruição de Sodoma com a sexualidade e, muito menos, com a homossexualidade (Mateus,10:14; Lucas, 10:12 e 17:29 NENHUM DOS TEXTOS TEM A INTENÇAÕ DE RELACIONAR A DESTRUIÇÃO DAS CIDADES COM UM PECADO ESPECÍFICO, MAS TEM A INTENÇÃO DE RELACIONAR A DESTRUIÇÃO VINDOURA POR CAUSA DO MESMO MOTIVO, NÃO OUVIRAM A VOZ DE DEUS, PORTANTO, PECADO- OU SEJA, NÃO IMPORTA O PECADO, TODO IMPENITENTE HAVERÁ DE DAR CONTAS A DEUS – INCLUSIVE O DA HOMOSSEXUALIDADE ). Só nos livros neotestamentários tardios de Judas e Pedro, é que aparece em toda a Bíblia alguma conexão entre Sodoma e a sexualidade (Judas, 6:7, Pedro, 2:4 e 6;10). Mesmo aí, inexiste relação com o “homoerotismo”. (COMO DITO ANTERIORMENTE, SÓ O PRINCÍPIO JÁ É SUFICIENTE. E JÁ QUE HÁ ESTA LIGAÇÃO, ELA EM CONJUNTO COM O QUE JÁ HAVIA SITO DITO ANTERIORMENTE EM TODA A BÍBLIA, SEJA NO AT, OU NO NT, NENHUM TEXTO PODE SER INTERPRETADO DE FORMA INDEPENDENTE… TODA A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS. MESMO POR QUE A PRÁTICA HOMOSSEXUAL OU HOMOEROTISMO É UMA DISTINÇÃO QUE NÃO JUSTIFICA O PECADO, E NÃO JUSTIFICA A PRÁTICA DE NENHUMA DAS DUAS COISAS, SE É QUE SEJAM DIFERENTES) 8) Dirão, agora, os crentes mais intolerantes: e as condenações de São Paulo aos homossexuais? Autoridades exegetas protestantes e católicas – como Mcneill, Thevenot, Noth, Kosnik, e muitos outros -, ao examinarem, cuidadosamente, na língua original, os textos das Epístolas aos Romanos 1:2 (TEXTO ERRADO, É 1-22-SS COMO DITO ANTERIORMENTE) , I Coríntios 6:9, Colosences 3:5 e I Timóteo 1:10, concluíram que, até agora, os cristãos têm dado uma interpretação errada a estas passagens. Quando Paulo diz que certas categorias de pecadores não entrarão no Reino dos Céus – ao lado dos adúlteros, bêbados, ladrões etc… – muitas Bíblias incluem nesta lista os “efeminados” e “homossexuais”. Logo de início, há uma condenação injusta, pois muitos efeminados (como muitas mulheres masculinizadas no comportamento) não são necessariamente homossexuais. ESTA É UMA DISTINÇÃO QUE NÃO CABE NA SITUAÇÃO. TODO COMPORTAMENTO TEM ORIGEM ESPIRITUAL. A CORREÇÃO É POSSÍVEL, E PASSÍVEL, TANTO BIBLICAMENTE, QUANTO PSICOLOGICAMENTE. As mais modernas e abalizadas pesquisas exegéticas (BEM QUE A BÍBLIA AFIRMA QUE NO FINAL DOS TEMPOS SURGIRIAM FALSOS MESTRES E QUE AS PESSOAS NÃO SUPORTARIAM A SÃ DOUTRINA, MAS QUE PROCURARIAM MESTRES SEGUNDO SEUS PRÓPRIOS DESEJOS E INCLINAÇÕES COMO QUE SENTINDO COCEIRA NOS OUVIDOS 2Timóteo 4.3. Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; concluem que, se Paulo de Tarso quisesse condenar especificamente os praticantes do homoerotismo, teria empregado o termo corrente em sua época e de seu perfeito conhecimento, “pederastas”. Em vez desta palavra, Paulo usou as expressões gregas “malakoi”, “arsenokoitai” e “pornoi” – que as melhores edições da Bíblia em português traduzem por “pervetores”, “pervertidos” e “imorais”. Portanto, foram estes pecadores que Paulo incluiu na lista dos afastados do Reino dos Céus, e não os “pederastas”, e muito menos os “homossexuais”, palavra desconhecida na Antigüidade (já refutado) . Segundo os historiadores, vivendo São Paulo numa época de grande licenciosidade sexual – tempo de Calígula, Nero e de Satiricon -, esperando o próximo retorno do Cristo e o fim do mundo, ele condenou, sim, os excessos e abusos sexuais dos povos vizinhos, mas nunca o amor inocente e recíproco, tal qual o de David e Jônatas. Há teólogos protestantes que chegam a diagnosticar Paulo de Tarso como homossexual latente (alusão feita por ele próprio ao misterioso “espinho na carne” (PURA ESPECULAÇÃO – O MESMO CASO DA SITUAÇÃO PROPOSTA ENTRE DAVI E JONATAS – NÃO HÁ PROVAS BÍBLICAS) que tanto o preocupava, além de sua manifesta e cruel “misoginia” ou ódio às mulheres). E, se a condenação paulina inclui também os bêbados, corruptos, caluniadores, por que atirar tanta pedra somente nos homossexuais? Também aqui, Freud explica! E tem mais: o próprio Filho de Deus disse que “há eunucos que assim nasceram desde o seio de suas mães” (Mateus 19:12), ensinando, num sentido figurado, que faz parte dos planos do Criador que alguns homens tenham uma sexualidade não reprodutora biologicamente. Todos somos imagem de Deus! 9) O maior argumento para se comprovar que as Escrituras Sagradas não condenam o amor entre pessoas do mesmo gênero, é o fato de Jesus Cristo nunca ter falado nenhuma palavra contra os homossexuais! Se o “homossexualismo” fosse uma coisa tão abominável, certamente o Filho de Deus teria incluído esse tema em sua mensagem (MAIS UMA ESPECULAÇÃO – QUANTAS VEZES JESUS, NOS EVANGELHOS, TRATOU DE UM PECADO ESPECÍFICO? MESMO POR QUE ELE AFIRMOU DE FORMA CLARA: MATEUS 3.15 – QUANDO AFIRMA SOBRE A JUSTIÇA QUE DEVERIA SER CUMPRIDA, É DICAIOSSOUNÉ – dikaiosu,nh dikaiosu,nh –––– UMA PALAVRA QUE SIGNIFICA – DESÍGNIO, ENSINO, LEI DE DEUS, REFERINDO A TODO ENSINO PROFERIDO ANTES DE SUA ENCARNAÇÃO – O AT… OU SEJA,,, ELE SIMPLESMENTE NÃO TIROU UMA VÍRGULA DO QUE ESTAVA PRESCRITO NA LEI MORAL DIVINA.) . O que Jesus condenou, sim, foi a dureza de coração (REFERINDO-SE A UM CORAÇÃO NÃO CONTRITO POR CAUSA DA CONDIÇÃO PECAMINOSA, CORRUPTA QUE TODO SER HUMANO NASCE COM ELA), a intolerância dos fariseus hipócritas, a crueldade daqueles que dizem Senhor, Senhor!, mas esquecem da caridade e do respeito aos outros (Mateus, 7:21). E foi o próprio Messias quem deu o exemplo de tolerância em relação aos “desviados”, andando e comendo com prostitutas, pecadores e publicanos. E tem mais: Jesus Cristo mostrou-se particularmente aberto à homossexualidade, revelando carinhosa predileção por João Evangelista, “o discípulo que Jesus amava”, o qual, na última Ceia, esteve delicadamente recostado no peito do Divino Mestre. Há teólogos que chegam a sugerir que Jesus era homossexual, pois além de nunca ter condenado o homoerotismo, conviveu predominantemente com companheiros do seu próprio gênero, manifestou particular predileção pelo adolescente João e nunca se casou, além de revelar muita sensibilidade com as crianças e com os lírios do campo, comportamentos muito mais comuns entre homossexuais do que entre machões. O ensinamento do discípulo que Jesus amava não podia ser mais claro: “Filhinhos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e tudo o que é amor é nascido de Deus e conhece a Deus” (I João, 4:4). (O AMOR NÃO PRESSUPÕE ADOÇAR O PECADO, ANTES DEMONSTRÁLO COM CLAREZA PARA QUE O INDIVÍDUO NÃO VÁ PARA O INFERNO CRENDO QUE ESTÁ EM CONFORMIDADE COM A LEI DIVINA. MOSTRAR A VERDADE DÓI, MAS É DESTA FORMA QUE ELE PODE SER DE FATO ENTENDIDO COMO AQUILO QUE NÃO ESTÁ EM CONFORMIDADE COM A PRESCRIÇÃO DIVINA… MELHOR FALAR DURO AGORA, DO QUE NÃO DIZER NADA COMO SE O SUJEITO, SEJA ELE QUEM FOR, VÁ PARA O INFERNO SEM NUNCA TER SIDO ADVERTIDO… NÃO EXISTE PROVA MAIOR DE AMOR DO QUE ESTA – CONFRONTAR O ERRO COM O FIM DE PROPORCIONAR O CONHECIMENTO DO CAMINHO DE SALVAÇÃO, JESUS CRISTO). 10) A Bíblia é um livro muito antigo, repleto de imagens simbólicas, parábolas e figurações. Interpretar as Escrituras ao pé da letra é ignorância, fanatismo e até pecado, pois o próprio Filho de Deus garantiu: “Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. (COMPLETAMENTE FORA DO CONTEXTO) LOGO DEPOIS DESTE EVENTO, ELE VEIO E FALOU O QUE ERA NECESSÁRIO VER ATOS 1. Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á a verdade” (João, 16:12). Do mesmo modo como Galileu ensinou-nos a verdade a respeito da Astronomia, corrigindo a Bíblia (ESSA AFIRMAÇÃO É UMA FALTA TOTAL DE CONHECIMENTO BÍBLICO – GALILEU NUNCA SE OPOS A ESCRITURA, SE OPOS A IGREJA CATÓLICA – A BÍBLIA NÃO É UM LIVRO QUE TEM A PRETENSÃO DE ENSINAR CIÊNCIA, MAS TODAS AS SUAS AFIRMAÇÕES CIENTÍFICAS ESTÃO ABSOLUTAMENTE CERTAS EM TODAS ELAS, SEM EXCESSÃO). e opondo-se à crença dos cristãos de sua época, assim também hoje todos os ramos da Ciência garantem que a homossexualidade é um comportamento normal (FISICAMENTE NÃO PODE SER NORMAL… NÃO FOI ESSA A AFIRMAÇÃO EM GÊNESIS? CRESCEI-VOS E MULTIPLICAI-VOS- SE FOSSE NORMAL HOMEM COM HOMEM NASCERIA UM OUTRO SER DESTA UNIÃO DA MESMA FORMA UMA UNIÃO LÉSBICA TERIA SUA GERAÇÃO… MAS NÃO DÁ… PORTANTO NÃO É NORMAL… E MORALMENTE DETURPADO), saudável e tão digno moralmente (SEGUNDO A MORAL HUMANA, OU DIVINA EXPRESSA NAS SUAS LEIS?) como a orientação sexual da maioria das pessoas. Negar esta evidência científica (A CIÊNCIA SE MOSTROU PROFUNDAMENTE ERRADA EM VÁRIOS MOMENTOS DA HISTÓRIA. LIVROS E LIVROS FORAM ESCRITOS, REEDITADOS, MUDADOS, POR QUE O QUE SE CONHECIA COMO VERDADE SE MOSTROU PROFUNDAMENTE ERRADO – A BÍBLIA É A MESMA EDIÇÃO ATÉ HOJE, A PRIMEIRA.) é repetir a mesma ignorância intolerante do Papa que condenou Galileu. Não devemos temer a verdade que libertapois o próprio Jesus nos mandou imitar “o escriba instruído nas coisas do Reino dos Céus, que como um pai de família, tira de seu tesouro coisas novas e velhas” (Mateus, 13:52). Mesmo que o Papa ou os pastores continuem a negar os direitos humanos dos gays e lésbicas, mesmo que cristãos ignorantes continuem a repetir as ultrapassadas abominações do Velho Testamento, para os verdadeiros crentes o que vale é o exemplo do Filho de Deus, Jesus Cristo, que nunca condenou a prática da homossexualidade. “E conhecereis a verdade, a verdade vos libertará!” (João, 8:32). , ( VEJA O CONTEXTO… SUA APLICAÇÃO ESTÁ FORA – LIBERTA DO PECADO, NÃO LIBERTA PARA PRÁTICA DELE: JOÃO 8.34. Replicoulhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: todo o que comete pecado é escravo do pecado) Mateus 19.12. Porque há eunucos (homossexuais) que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o – ESTE TEXTO NUNCA TEVE NADA A VER COM HOMOSSXUALIDADE… ESTA INTERPRETAÇÃO ESTÁ LONGE, MUITO DISTANTE DE SEU CONTEXTO. PIOR EXEGESE QUE JÁ VI DE UM TEXTO. JESUS ESTAVA FALANDO ACERCA DO DIVÓRCIO E CASAMENTO ENTRE UM HOMEM E UMA MULHER: VEJA OS VERSÍCULOS ANTERIORES V.1010. Disseram-lhe os discípulos: Se essa é a condição do homem relativamente à sua mulher, não convém casar. EUNUCOS NÃO TEM NADA A VER COM HOMOSSEXUAIS – EUNUCOS SÃO PESSOAS QUE POR UM MOTIVO OU OUTRO NÃO SE CASAVAM. E JESUS EXPRESSA TRÊS MOTIVOS 1. 2. 3. NASCERAM DO VENTRE DA MÃE – DEFEITO CONGÊNITO – UMA VEZ QUE A PRÓXIMA CONDIÇÃO É DA FALTA DO MEMBRO VIRIL, OU OUTRA CONDIÇÃO QUE O IMPEÇA DE CASAR E TER O ATO SEXUAL COMO A NATUREZA DA CRIAÇÃO DETERMINOU. CASTRADOS PELOS HOMENS, VEJA 2 REIS 20.18; ESTER 2.14 – TAIS HOMENS ERAM CASTRADOS PARA SEREM OS GUARDIÃES DOS HARÉNS DOS REIS. UMA CONDIÇÃO DEPLORÁVEL FOMENTADA PELO MEDO DOS REIS DA POSSIBILIDADE DE TRAIÇÃO DE UMA DE SUAS MULHERES OU CONCUBINAS. SE FIZERAM EUNUCOS, DECIDIRAM NÃO SE CASAR… ESSE FOI O CASO DO APÓSTOLO PAULO QUE PERMANECEU SOLTEIRO POR CONVICÇÃO, ESTA ÚLTIMA CATEGORIA DIZ RESPEITO AO QUE TAMBÉM PODEMOS CHAMAR DE CELIBATÁRIOS – VEJA I CORINTIOS 7.26 – ESTA É UMA CONDIÇÃO DE ESCOLHA PARTICULAR (NÃO SE CASAR – NÃO TRATA DE UMA IMPOSIÇÃO.

      • Olá a Paz de Cristo, você interpreta a Bíblia como quer, peço que olhe no dicionário o que significa “eunuco”, não diz que a pessoa é homossexual e sim que ele nasceu com problema de não funcionar os órgãos por motivo congenitamente e isso não quer dizer que ele é homossexual ou tenha que ser por este problema. Que pecado grande você disse que o próprio Jesus falou isso, mentira sua são suas palavras para justificar o que você quer ser na vida. Peço a Deus que tenha misericórdia de você e que possa abrir seus olhos espirituais e um dia possa reconhecer Jesus como seu salvador.

  15. A igreja, Presbiteriana sempre na vanguarda, vencendo paradigmas preconceituosos, todos os estudiosos de Teologia, sabem que o Homossexualismo nunca foi, uma problema para Jesus. Tanto que ele jamais citou o amor homoerótico, e quando se referiu aos eucnuco nascidos de mãe “homossexuais” Ele não os condenou mais disse que para eles não existia a obrigatoriedade de casar.
    O que todo cristão deve saber sobre homossexualidade

    “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!” (João, 8:32)

    1) Não há, na Bíblia, nenhuma só vez as palavras homossexual, lésbica ou homossexualidade. Todas as Bíblias que empregam estas expressões estão erradas e mal traduzidas. A palavra homossexual só foi criada em 1869, reunindo duas raízes lingüísticas: Homo (do Grego, significando “igual”) e Sexual (do latim). Portanto, como a Bíblia foi escrita entre 2 e 4 mil anos atrás, não poderiam os escritores sagrados terem usado uma palavra inventada só no século passado. Elementar, irmão!

    2) A prática do amor entre pessoas do mesmo gênero, porém, é muito mais antiga que a própria Bíblia. Há documentos egípcios de 500 anos antes de Abraão, que revelam práticas homossexuais não somente entre os homens, mas também entre Deuses Horus e Seth. Segundo o poeta e escritor Goethe, “a homossexualidade é tão antiga quanto a humanidade”. Certamente, cada tempo com sua experiência singular, mas com o mesmo direcionar de desejo: o igual.

    3) No antigo Oriente, a homossexualidade foi muito praticada. Entre os Hititas, povo vizinho e inimigo de Israel, havia mesmo uma lei autorizando o casamento entre homens (1.400 antes de Cristo). Como explicar, então, que, entre as abominações do Levítico, apareça esta condenação: “O homem que dormir com outro homem como se fosse mulher, comete uma abominação, ambos serão réus de morte” (Levítico, 18:22 e 20:12). Segundo os Exegetas (estudiosos das escrituras sagradas), fazia parte da tradição de inúmeras religiões de localidades circunvizinhas à Israel, a prática de rituais homoeróticos, de modo que esta condenação visa fundamentalmente afastar a ameaça daqueles rituais idolátricos e não a homossexualidade em si. Prova disto é que estes versículos condenam apenas a homossexualidade masculina: teria Deus Todo Poderoso se esquecido das lésbicas ou, para Javé, a homossexualidade feminina não era pecado? Considerando que, do imenso número de leis do Pentateuco, apenas duas vezes há referência à homossexualidade (e só à masculina), concluem os exegetas que a supervalorização que os cristãos conferem a este versículos é sintoma claro e evidente de intolerância machista de nossa sociedade, um entulho histórico, e não um desígnio eterno de Javé, do mesmo modo que inúmeras outras abominações do Levítico, como os tabus alimentares (por exemplo, comer carne de porco) e os tabus relativos ao esperma e ao sangue menstrual, hoje completamente abandonadas e esquecidas. Por que católicos e protestantes conservam somente a negação contra a homossexualidade, enquanto abandonaram dezenas de outras proibições decretadas pelo mesmo Senhor?. Intolerância machista e ignorância que Freud explica!

    4) Se a homossexualidade fosse prática tão condenável, como justificar a indiscutível relação homossexual existente entre David e Jônatas?! Eis a declaração do salmista para seu bem-amado: “Tua amizade me era mais maravilhosa do que o amor das mulheres. Tu me eras deliciosamente querido!” (II Samuel, 1:26). Alguns crentes argumentarão que se tratava apenas de um amor espiritual, ágape. Preconceito primário, pois só as coisas materiais são referidas com a expressão “delicioso”, e não resta a sobra da menor dúvida que David, em sua juventude, foi adepto do “amor que não ousava dizer o nome”. Não foi gratuitamente que o maior escultor de nossa civilização, Miguel Ângelo, ele próprio, também homossexual, escolheu o jovem Davi, nu, como modelo de sua famosa escultura de Florença, na Itália. Negar o amor homossexual entre estes dois importantes personagens bíblicos (“amizade mais maravilhosa que o amor (Eros) das mulheres”) é negar a própria evidência dos fatos. “Tendo olhos, não vedes? E tendo ouvido, não ouvis?!” (Marcos, 8:18).

    5) Pelo visto, embora o Levítico fosse extremamente severo contra a prática da cópula anal (determinando igualmente a pena de morte contra o adultério e o bestialismo), outros livros sagrados revelam maior tolerância face ao homoerotismo. O Eclesiastes ensina: “É melhor viverem dois homens juntos do que separados. Se os dois dormirem juntos na mesma cama se aquecerão melhor” (4:11). Num país quente como a Judéia, o interesse em dormir junto só podia ser mesmo erótico. Portanto, na teoria o Levítico era uma coisa e a prática, desde os tempos bíblicos, parece ter sido outra. “Deus nos fez ministros da nova aliança, não a da letra e sim a do Espírito. Porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.” (II Coríntios, 3:6)

    6) A destruição de Sodoma e Gomorra? Indagarão alguns. Oferecemos três informações fundamentais e cientificamente comprovadas que, em geral, são propositadamente escondidas e desconhecidas pelos cristãos: 1) não há evidência histórica ou arqueológica que confirme a real existência dessas cidades; 2) este relato é obra dos “Javistas” (escritores bíblicos do século X a.C.), que se apropriaram de relatos mitológicos de outros povos anteriores aos judeus; 3) a própria destruição da suposta intenção homoerótica dos habitantes de Sodoma em relação aos três visitantes de Abraão (anjos ou homens?) apresenta dificuldades sérias de interpretação, pois quando os habitantes de Sodoma declararam desejar conhecer os visitantes, maliciosamente se interpretou o verbo “conhecer” como sinônimo de “ato sexual”. Segundo os exegetas, das 943 vezes que aparece esta palavra no Antigo Testamento (“yadac” em hebraico), em apenas 10 ela tem significado heterossexual – nenhuma vez o sentido homossexual. A associação do pecado dos “sodomitas e gorromitas” com a homossexualidade é um grave erro histórico, que tem sua oficialização pela igreja católica apenas na Idade Média, a “idade das trevas”.

    7) A própria Bíblia e o filho de Deus nos dão a chave para corrigir esta maliciosa identificação de Sodoma e Gomorra com a homossexualidade. Segundo os mais respeitados estudiosos das Sagradas Escrituras, o pecado de Sodoma é a injustiça e a anti-hospitalidade, nunca a violação homossexual. Prova disto, é que todos os textos que aludem à Sodoma no Antigo Testamento atribuem sua destruição a outros pecados e não ao “homossexualismo”: falta de justiça (Isaías, 1:10 e 3:9), adultério, mentira e falta de arrependimento (Jeremias, 23:14); orgulho, intemperança na comida, ociosidade e “por não ajudar o pobre e indigente” (Ezequiel, 16:49); insensatez, insolência e falta de hospitalidade (Sabedoria, 10:8; 19;14; Eclesiástico, 16:8). No Novo Testamento, não há qualquer ligação da destruição de Sodoma com a sexualidade e, muito menos, com a homossexualidade (Mateus,10:14; Lucas, 10:12 e 17:29). Só nos livros neotestamentários tardios de Judas e Pedro, é que aparece em toda a Bíblia alguma conexão entre Sodoma e a sexualidade (Judas, 6:7, Pedro, 2:4 e 6;10). Mesmo aí, inexiste relação com o “homoerotismo”.

    8) Dirão, agora, os crentes mais intolerantes: e as condenações de São Paulo aos homossexuais? Autoridades exegetas protestantes e católicas – como Mcneill, Thevenot, Noth, Kosnik, e muitos outros -, ao examinarem, cuidadosamente, na língua original, os textos das Epístolas aos Romanos 1:2, I Coríntios 6:9, Colosences 3:5 e I Timóteo 1:10, concluíram que, até agora, os cristãos têm dado uma interpretação errada a estas passagens. Quando Paulo diz que certas categorias de pecadores não entrarão no Reino dos Céus – ao lado dos adúlteros, bêbados, ladrões etc… – muitas Bíblias incluem nesta lista os “efeminados” e “homossexuais”. Logo de início, há uma condenação injusta, pois muitos efeminados (como muitas mulheres masculinizadas no comportamento) não são necessariamente homossexuais. As mais modernas e abalizadas pesquisas exegéticas concluem que, se Paulo de Tarso quisesse condenar especificamente os praticantes do homoerotismo, teria empregado o termo corrente em sua época e de seu perfeito conhecimento, “pederastas”. Em vez desta palavra, Paulo usou as expressões gregas “malakoi”, “arsenokoitai” e “pornoi” – que as melhores edições da Bíblia em português traduzem por “pervetores”, “pervertidos” e “imorais”. Portanto, foram estes pecadores que Paulo incluiu na lista dos afastados do Reino dos Céus, e não os “pederastas”, e muito menos os “homossexuais”, palavra desconhecida na Antigüidade. Segundo os historiadores, vivendo São Paulo numa época de grande licenciosidade sexual – tempo de Calígula, Nero e de Satiricon -, esperando o próximo retorno do Cristo e o fim do mundo, ele condenou, sim, os excessos e abusos sexuais dos povos vizinhos, mas nunca o amor inocente e recíproco, tal qual o de David e Jônatas. Há teólogos protestantes que chegam a diagnosticar Paulo de Tarso como homossexual latente (alusão feita por ele próprio ao misterioso “espinho na carne” que tanto o preocupava, além de sua manifesta e cruel “misoginia” ou ódio às mulheres). E, se a condenação paulina inclui também os bêbados, corruptos, caluniadores, por que atirar tanta pedra somente nos homossexuais? Também aqui, Freud explica! E tem mais: o próprio Filho de Deus disse que “há eunucos que assim nasceram desde o seio de suas mães” (Mateus 19:12), ensinando, num sentido figurado, que faz parte dos planos do Criador que alguns homens tenham uma sexualidade não reprodutora biologicamente. Todos somos imagem de Deus!

    9) O maior argumento para se comprovar que as Escrituras Sagradas não condenam o amor entre pessoas do mesmo gênero, é o fato de Jesus Cristo nunca ter falado nenhuma palavra contra os homossexuais! Se o “homossexualismo” fosse uma coisa tão abominável, certamente o Filho de Deus teria incluído esse tema em sua mensagem. O que Jesus condenou, sim, foi a dureza de coração, a intolerância dos fariseus hipócritas, a crueldade daqueles que dizem Senhor, Senhor!, mas esquecem da caridade e do respeito aos outros (Mateus, 7:21). E foi o próprio Messias quem deu o exemplo de tolerância em relação aos “desviados”, andando e comendo com prostitutas, pecadores e publicanos. E tem mais: Jesus Cristo mostrou-se particularmente aberto à homossexualidade, revelando carinhosa predileção por João Evangelista, “o discípulo que Jesus amava”, o qual, na última Ceia, esteve delicadamente recostado no peito do Divino Mestre. Há teólogos que chegam a sugerir que Jesus era homossexual, pois além de nunca ter condenado o homoerotismo, conviveu predominantemente com companheiros do seu próprio gênero, manifestou particular predileção pelo adolescente João e nunca se casou, além de revelar muita sensibilidade com as crianças e com os lírios do campo, comportamentos muito mais comuns entre homossexuais do que entre machões. O ensinamento do discípulo que Jesus amava não podia ser mais claro: “Filhinhos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e tudo o que é amor é nascido de Deus e conhece a Deus” (I João, 4:4).

    10) A Bíblia é um livro muito antigo, repleto de imagens simbólicas, parábolas e figurações. Interpretar as Escrituras ao pé da letra é ignorância, fanatismo e até pecado, pois o próprio Filho de Deus garantiu: “Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora.
    Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á a verdade” (João, 16:12). Do mesmo modo como Galileu ensinou-nos a verdade a respeito da Astronomia, corrigindo a Bíblia e opondo-se à crença dos cristãos de sua época, assim também hoje todos os ramos da Ciência garantem que a homossexualidade é um comportamento normal, saudável e tão digno moralmente como a orientação sexual da maioria das pessoas. Negar esta evidência científica é repetir a mesma ignorância intolerante do Papa que condenou Galileu. Não devemos temer a verdade que liberta, pois o próprio Jesus nos mandou imitar “o escriba instruído nas coisas do Reino dos Céus, que como um pai de família, tira de seu tesouro coisas novas e velhas” (Mateus, 13:52). Mesmo que o Papa ou os pastores continuem a negar os direitos humanos dos gays e lésbicas, mesmo que cristãos ignorantes continuem a repetir as ultrapassadas abominações do Velho Testamento, para os verdadeiros crentes o que vale é o exemplo do Filho de Deus, Jesus Cristo, que nunca condenou a prática da homossexualidade. “E conhecereis a verdade, a verdade vos libertará!” (João, 8:32).

    INDICAÇÕES DE LEITURA:

    1. Homossexualidade: Ciência e Consciência, de Marciano Vidal (Edições Loyola, SP, 1985).
    2. A sexualidade humana: novos rumos do pensamento católico americano, de Anthony Kosnik (Editora Vozes de Petrópolis, RJ, 1982).
    3. Pastoral com homossexuais, do Padre José Transferetti (Editora Vozes de Petrópolis, RJ, 1999).

    • Em resposta a “O que todo cristão deve saber sobre homossexualidade”
      Em primeiro lugar, quando li esta matéria e vi tamanha heresia quase cai para trás, e a partir daí Deus me incomodou muito até que eu fizesse esta resposta. Em segundo lugar, quando alguém escreve alguma coisa sobre uma pessoa, grupo, entidade etc., é necessário deixar espaço para a resposta, e isso vocês não fizeram. Agora vamos à resposta de algumas coisas sobre o seu texto (heresias).
      Tudo que aqui escrevo faço referência à Bíblia, pois para mim ela é a Palavra de Deus e é isso que importa, e não livros escritos por seres humanos, como constam na sua indicação de leitura ao final de sua matéria.
      Para começar, digo que Deus criou o homem e a mulher. Em Gênesis 1-27 diz: E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Em Gênesis 2- 22 lemos: E da costela que o SENHOR Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão. 23 E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada. 24 Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. Gostaria que você me provasse através da Bíblia uma única passagem onde está escrito que Deus criou outro ser (terceiro sexo), como os homossexuais, lésbicas e efeminados. Todos esses três foram criados pelo próprio homem (diabo).

      Você cita a Bíblia como sua fonte de verdade para justificar o que você quer ser. Quando você finaliza sua matéria a Bíblia não é citada com referência para pesquisa, somente textos escritos por pecadores e por católicos. Em Romanos 3-23 diz “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;”. Como confiar nos escritos que você fez referência em sua matéria e anular a Palavra de Deus? Em II Timóteo 3-16 diz: “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;”, e você coloca a Bíblia em dúvida quando diz coisas absurdas que veremos mais abaixo. Para mim pouco importa a sua opção sexual, importo-me com sua salvação de vida eterna junto a Deus, e continuando assim não a terá. Em I Coríntios 6-9 diz: “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas…”.
      Você usa uma passagem Bíblica em João 8-32 que diz: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!”, sim, isso é verdade, mas você pelo visto não crê nisso, pois se realmente conhecesse na Bíblia, e como eu disse acima em II Timóteo 3-16, teria que acreditar e não discutir. Mas isso não é tudo. Além de conhecermos a verdade, precisamos de mais uma coisa. Veja em João 8-36: “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” Jesus é quem nos liberta, e pelo que li em seu texto, Jesus não está contigo – veremos mais abaixo.
      Realmente não existem na Bíblia as palavras “homossexual, lésbica ou homossexualidade”, e como você disse “a Bíblia foi escrita entre 2 e 4 mil anos atrás”. Afirmo que há 2 mil anos foi escrito a palavra “efeminado”, como está em I Coríntios 6-9. Caso você não saiba a diferença entre elas, vou te dizer: – Efeminado: (adj. e s.m. Que ou o que tem modos próprios de mulher), e – Homossexual: (adj. Relativo a afinidades ou atos sexuais entre pessoas do mesmo sexo) o homem que é homossexual automaticamente é efeminado, pois seu desejo é ser mulher.
      Como eu disse acima, o homossexualismo não foi criação de Deus, ainda que você afirme que “é muito mais antiga que a própria Bíblia” e também “que revelam práticas homossexuais não somente entre os homens, mas também entre Deuses Horus e Seth”, como prova que você não conhece a Bíblia e não a respeita. Deus disse em Êxodo 20- 3: Não terás outros deuses diante de mim.”, e em Isaías 43-10b …e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.” então a mim pouco importa o que esses deuses homossexuais em quem você acredita tenham feito, pois HÁ SOMENTE UM DEUS VERDADEIRO, QUE É O DEUS DA BÍBLIA.
      Você disse “abominações do Levítico” – se toda a escritura foi inspirada por Deus como eu disse acima (II Timóteo 3-16), como pode ser isso considerado abominações? Vamos ao texto: “O homem que dormir com outro homem como se fosse mulher, comete uma abominação, ambos serão réus de morte” (Levítico, 18:22 e 20:12).” Aqui a Palavra é clara, não tem discussão. Quanto as suas palavras “teria Deus Todo Poderoso se esquecido das lésbicas ou, para Javé, a homossexualidade feminina não era pecado?”, você precisa ler mais a Bíblia, se é que você a lê ou só conhece o que te convêm. Veja o que diz em Romanos 1-26: Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. Pergunto: – Você sabe qual é a natureza da mulher? Pelo que sabemos, mulheres se deitam com homens, e aqui a Palavra diz que a mulher mudou a natureza, ou seja, ela é lésbica, concorda comigo? Ou estou errado? Sendo assim não diga que o Deus Todo Poderoso esqueceu das “lésbicas”, pois Deus é perfeito. Você prefere discutir a Bíblia e fazer conforme a sua vontade, mas te digo que a Bíblia não se discuti e sim obedece. Você disse “Segundo os exegetas (estudiosos das escrituras sagradas)”, então vamos ao entendimento do que são os Exegetas: – Aquele que faz exegese; intérprete (de textos diversos, obra de arte, etc)). O que é Exegese? Exegese é a interpretação profunda de um texto bíblico, jurídico ou literário. Exegese, portanto, é a denominação que se confere à interpretação das Sagradas Escrituras desde o século II da Era Cristã. Como podemos ver o significado, percebemos que são intérpretes de textos e não estudiosos das escrituras sagradas como você disse, e aí há uma grande diferença. Assim sendo, eu e você podemos interpretar qualquer coisa, e nem por isso se torna uma regra ou pode superar a Palavra de Deus. Agora vamos as seus comentários: “concluem os exegetas que a supervalorização que os cristãos conferem a este versículos é sintoma claro e evidente de intolerância machista de nossa sociedade, um entulho histórico, e não um desígnio eterno de Javé” – conforme foi mostrado acima, será que eles podem mudar a Palavra de Deus? Outro texto: “católicos e protestantes conservam somente a negação contra a homossexualidade, enquanto abandonaram dezenas de outras proibições decretadas pelo mesmo Senhor? Intolerância machista e ignorância que Freud explica!” – eu não posso falar por católicos e protestantes, mas falo por mim que sou um servo do Deus vivo, eu tento cumprir toda a Palavra de Deus, mas somente um homem cumpriu que é JESUS. Você disse “que Freud explica”, pergunto: quem é Freud? Como já mostrei acima, ele também foi um pecador, então não quer dizer que o que ele explica seja verdadeiro, pois é apenas um simples pensamento dele. Se você tem explicação para tudo, te digo: lendo a Bíblia e praticando-a você achará nela a explicação verdadeira, pois ela foi inspirado por Deus (II Timóteo 3-16).
      Muitas seitas usam somente um versículo para defender a sua crença, exatamente como você está fazendo com este versículo para falar que Davi amava Jônatas mais que qualquer mulher, para defender a sua homossexualidade. Suas palavras “relação homossexual existente entre David e Jônatas?! “Tua amizade me era mais maravilhosa do que o amor das mulheres. Tu me eras deliciosamente querido!” (II Samuel, 1:26)”. Gostaria que você voltasse um pouco mais no texto de II Samuel e lesse o versículo 23 que diz: “Saul e Jônatas, tão amados e queridos na sua vida, também na sua morte não se separaram; eram mais ligeiros do que as águias, mais fortes do que os leões.” Aqui diz que Saul e Jônatas eram homens de valor e homens de confiança de Davi na guerra e haviam morrido. Pergunto a você, quando morre alguém que te é muito querido (a), você porventura não fala o que sentia por ele (a) em vida, assim foi com Davi? Alem disso, Jônatas era tio de Davi, em I Crônicas 27-32, diz, “E Jônatas, tio de Davi, era do conselho, homem entendido, e também escriba; e Jeiel, filho de Hacmoni, estava com os filhos do rei.” acho que justifica o amor de Davi por Jônatas ou não? Outra fala sua diz que “Miguel Ângelo, ele próprio, também homossexual, escolheu o jovem Davi, nu, como modelo de sua famosa escultura de Florença, na Itália.” – qualquer pintor ou escultor que queira fazer uma arte sua, como você é homossexual, colocando-te como um verdadeiro homem fazendo sexo com uma mulher, (conforme o seu entendimento quando citou esta arte de Miguel Ângelo), significa então QUE VOCÊ REALMENTE É HOMEM? Mas uma vez pergunto: quem foi Miguel Ângelo? Também um pecador. E Para provar que Davi não era homossexual com você diz, leia o texto de II Samuel 11(todo). Vou citar somente estes dois versículos que são 26: Ouvindo, pois, a mulher de Urias que seu marido era morto, lamentou a seu senhor. 27 E, passado o luto, enviou Davi, e a recolheu em sua casa, e lhe foi por mulher, e deu-lhe à luz um filho. Porém esta coisa que Davi fez pareceu mal aos olhos do SENHOR. Leia todo o capítulo 11 de II Samuel e verá o que Davi planejou para ficar com Bate-Seba, a mulher Urias. Será que algum homossexual faria qualquer coisa desse tipo para ficar com a mulher de um homem? Ou faria o contrário, mataria a mulher para ficar com o homem? Pois é de homem que o homossexual masculino gosta, estou certo? Então não venha você pegar textos isolados na Bíblia para justificar as suas vontades da carne.

      Mais uma vez eu digo: você está lendo seus versículos separados para fazer a sua vontade e cobrir os seus erros. Leia todo o texto de Eclesiastes 4, que diz que o homem sofre quando no seu trabalho há um opressor, e se refere também à inveja e vaidade. Veja os versículos 9: Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. 10 Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. 11 Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará? 12 E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” Aqui deixa claro que é melhor sermos dois do que um. Naquela época somente o homem trabalhava. Para encobrir a sua homossexualidade você usa apenas o versículo que o convém. Será que nesse versículo a que você se refere diz que os dois tem de necessariamente fazer sexo quando dormem? Isso é invenção dos homossexuais para dizer que Deus aprova esta atitude. Você diz “Deus nos fez ministros da nova aliança, não da letra e sim a do Espírito. Porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.” (II Coríntios, 3:6) Faça uso desse versículo o qual diz que a letra mata, porque isso está matando você, pois somente o Espírito dá entendimento à letra. Busque este Espírito de Deus para abrir-te o entendimento, que você ainda não têm, mas se buscar com todo o seu coração Deus vai permitir que Ele te abençoe.

      Você disse: “Oferecemos três informações fundamentais e cientificamente comprovadas”. Como já mostrei que toda Palavra foi inspirada por Deus (II Timóteo 3-16), aqui você deixa claro que um cientista (pecador, Em Romanos 3-23) têm mais crédito que a Palavra de Deus. Em Sodoma e Gomorra, não havia pessoas honestas, que podemos ver em Gênesis 18 20 a 33. Em Gênesis 18-20: “ Disse mais o SENHOR: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito” (…), aqui deixa claro que o pecado deles se agravou muito, então pergunto se não existia nada de bom ou também não existia uma só pessoa honesta lá? Porque não poderia ter homossexual lá? Só porque você não quer? A Bíblia relata em várias passagens que os sodomitas não herdarão o céu – leia a Bíblia. CUIDADO QUANDO VOCÊ JUGA A PALAVRA DE DEUS, para seu próprio interesse.
      Suas palavras “Dirão, agora, os crentes mais intolerantes: e as condenações de São Paulo aos homossexuais? Autoridades exegetas protestantes e católicas – como Mcneill, Thevenot, Noth, Kosnik, e muitos outros -, ao examinarem, cuidadosamente, na língua original, os textos das Epístolas aos Romanos 1:2, I Coríntios 6:9, Colossences 3:5 e I Timóteo 1:10, concluíram que, até agora, os cristãos têm dado uma interpretação errada a estas passagens.” Quando Paulo diz que certas categorias de pecadores não entrarão no Reino dos Céus – ao lado dos adúlteros, bêbados, ladrões etc… – muitas Bíblias incluem nesta lista os “efeminados” e “homossexuais”. Pergunto: porque você diz que temos interpretação errada da Palavra, pois se os textos citados por você não há como entender erradamente? Pelo visto, você que não quer aceitar a Palavra. Pode até ser que em algumas Bíblias apareça a palavra “homossexual”, mas não sei se você sabe, existem Bíblias com versões na linguagem de hoje, mas mantém a originalidade das Escrituras. Mas a palavra “efeminados” consta desde quando Paulo escreveu a primeira carta à Igreja de Corinto, então, você não pode dizer que elas não existem na Palavra de Deus. Cuidado com o que diz! Em I Timóteo 1-10 lemos “Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina…”, aqui diz “para os roubadores de homens”. Digo isso porque você está tirando um homem do caminho correto, como também de uma mulher, conforme Deus criou um para o outro, como já citei em Gênesis 2-24 24: “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.” Como também você está contrário à sã doutrina, distorcendo-a e fazendo-a conforme a sua vontade.
      Suas palavras “o próprio Filho de Deus disse que “há eunucos que assim nasceram desde o seio de suas mães” (Mateus 19:12), ensinando, em um sentido figurado, que faz parte dos planos do Criador que alguns homens tenham uma sexualidade não reprodutora biologicamente.” Pergunto: só por isso ele tem de ser necessariamente homossexual? Isso não consta na Palavra, e somente porque você quer. Na sua mensagem diz que “faz parte dos planos do Criador”, então não há como você questionar e dizer que dessa maneira qualquer pessoa tem de ser homossexual. A Palavra diz em I Tessalonicenses 5-18: “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo.” Você disse: “Todos somos imagem de Deus!”. Sim, Deus nos criou à sua imagem e semelhança, mas nem todos podem dizer que são filhos de Deus, pois a Palavra diz que temos de cumprir Sua vontade e obedecê-lo, como também algumas coisas a serem feitas para tornarmos seu filho, como por exemplo, batismo de arrependimento nas águas. Receber Jesus como único Senhor e Salvador de nossa vida, dessa maneira, podemos ser filhos de Deus. Veja João 1- 12: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome”; e em II Coríntios 5- 17: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. Aqui diz que tudo em nossa vida tem de ser novo, ou seja, não podemos continuar sendo o mesmo que éramos antes. Pergunto: você fez isso? Caso contrário, em João 8- 42: “Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas ele me enviou. 43 Por que não entendeis a minha linguagem? Por não poderdes ouvir a minha palavra. 44 Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. 45 Mas, porque vos digo a verdade, não me credes. 46 Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes? 47 Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus.” Como está claro na Palavra de Deus, de quem você é filho?
      Sua palavra “Jesus Cristo nunca ter falado nenhuma palavra contra os homossexuais! Se o “homossexualismo” fosse uma coisa tão abominável, certamente o Filho de Deus teria incluído esse tema em sua mensagem.” Ele não disse por que as pessoas já tinham isso com condenação, como têm até hoje, e também os que praticavam tais coisas NÃO TINHAM CORAGEM DE APARECER. Naquela época esse tipo de coisa era condenado e seriam apedrejados, talvez por isso não conste essa mensagem. Hoje em dia vocês estão mais sem vergonha, pois o diabo está com os dias contados. Mas caso tenha tanto interesse em saber, pergunte ao próprio Jesus, afirmo que Ele vai te responder com todos os detalhes. Como já disse acima, as coisas encobertas pertencem a Deus (Deuteronômio 29-29), ou como está em João 16-12: “Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora”.
      Sua palavra “E foi o próprio Messias quem deu o exemplo de tolerância em relação aos “desviados”, andando e comendo com prostitutas, pecadores e publicanos”. Jesus disse em Mateus 9: 11: “E os fariseus, vendo isto, disseram aos seus discípulos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores? 12 Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes. Em Marcos 2 16 E os escribas e fariseus, vendo-o comer com os publicanos e pecadores, disseram aos seus discípulos: Por que come e bebe ele com os publicanos e pecadores? 17 E Jesus, tendo ouvido isto, disse-lhes: Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores ao arrependimento. A sua palavra “desviados” não significa somente homossexuais, mas sim os que precisam voltar-se para Deus.

      Quanto à aberração que você escreveu: “Jesus Cristo mostrou-se particularmente aberto à homossexualidade, revelando carinhosa predileção por João Evangelista, “o discípulo que Jesus amava”, o qual, na última Ceia, esteve delicadamente recostado no peito do Divino Mestre.” Então, se no meu meio de convívio ou local de trabalho eu tiver predileção por um amigo com quem me dou bem, eu sou homossexual? Onde você pode me mostrar isso na Bíblia? Ou psicólogos e psiquiatras afirmam isso? Suas palavras “nunca se casou, além de revelar muita sensibilidade com as crianças e com os lírios do campo”, como você pode usar essas palavras para dizer que Jesus poderia ser homossexual? Se uma pessoa não se casa pode ser por opção, e não por ser homossexual, tanto é que existem homossexuais casados e solteiros. Em Mateus 19-12 diz: “Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.” Conforme diz a Palavra “por causa do reino dos céus”, significa então que aqueles que optarem por cumprir essa passagem são homossexuais? Você acha que pode condenar Jesus a ser homossexual? Porque creio que Ele não se casou por causa da obra d’Ele aqui na terra, que foi nos salvar – inclusive eu e você. E por gostar de crianças também significa que Ele era homossexual? Veja o que disse Jesus sobre as crianças em Mateus 19-14, Marcos 10-14 e Lucas 18-16, em todas essas passagens Ele diz que delas é o reino de Deus. Pergunto: eu não poderia gostar dos meus filhos, sobrinhos ou das crianças do mundo, porque caso contrário eu seria homossexual? Imagine se todo homem descriminar ou destratar um criança qualquer só pelo simples fato de não pensarem que ele poderia ser homossexual por isso? CUIDADO COM A DESCRIMINAÇÃO CONTRA AS CRIANÇAS, pois um dia você também foi uma. E quanto aos lírios do campo, a Bíblia relata o que Deus pode fazer por nós, e não como você escreveu, como sendo coisas de homossexuais. Suas palavras “O ensinamento do discípulo que Jesus amava não podia ser mais claro: “Filhinhos, amemo-nos uns aos outros”, pergunto: porque os homossexuais quando vêem a palavra “amemos” só pensam em sexo, e não no verdadeiro significado dela? Os homossexuais pelo que já vi só têm sexo na mente, e te digo que isso é IDOLOTRIA, caso você não saiba isso é condenado por Deus, e, além disso, não herdarão o reino dos céus (a vida eterna).

      Suas palavras “Galileu ensinou-nos a verdade a respeito da Astronomia, corrigindo a Bíblia e opondo-se à crença dos cristãos de sua época, assim também hoje todos os ramos da Ciência garantem que a homossexualidade é um comportamento normal, saudável e tão digno moralmente como a orientação sexual da maioria das pessoas.” Como pode um pecador corrigir a Bíblia se toda a Escritura Sagrada foi inspirada por Deus (II Timóteo 3-16)? Você está ficando louco em usar isso para dizer que homossexualismo é coisa de Deus. Você diz que a ciência garante que a homossexualidade é saudável, mas é através deste ato que existem tantas doenças transmissíveis, basta ler os jornais e pesquisas. Suas palavras “Mesmo que o papa ou os pastores continuem a negar os direitos humanos dos gays e lésbicas, mesmo que cristãos ignorantes continuem a repetir as ultrapassadas abominações do Velho Testamento, para os verdadeiros crentes o que vale é o exemplo do Filho de Deus, Jesus Cristo, que nunca condenou a prática da homossexualidade.” Primeiramente nós não negamos os direitos, nós pregamos a Palavra de Deus. Desde quando a Palavra de Deus é ultrapassada, mesmo que seja no Velho Testamento? Como você só se interessa por sexo com homens não consegue enxergar outras coisas. Quero te dizer, caso você não saiba, que o que você chama de ultrapassado é o livro mais vendido no mundo – faça uma pesquisa! Não somente para os cristãos, mas para TODOS, o que vale É O EXEMPLO DE DEUS, JESUS CRISTO, que em toda a sua vida aqui na terra fez a vontade do Pai. Se você continuar a afirmar que Jesus é homossexual e não proibiu o homossexualismo, você afirma claramente que Deus também é homossexual, CUIDADO!

      Mas tudo o que você falou em seu blog pode ser perdoado por Deus. Veja o que diz em Mateus 12 31: “Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens. 32 E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro.” Ainda há tempo para a sua correção no modo de agir e julgar a Palavra de Deus usando-a conforme queira.

      Em suas indicações de leitura ao final de seu texto você indica livros de pecadores (Romanos 3-23). A Bíblia para você serve somente para proteger o seu lado homossexual, como você a citou durante todo seu texto. Ela teria de constar nas indicações de leitura também, não acha? Então, se a Bíblia não serve para estudo, ela não poderia constar nas suas justificativas para o seu ato errado, e ainda por cima, pelo que você diz, Deus é mentiroso, enganador, tem duas palavras, e Seu filho Jesus da mesma forma, e além de tudo, são homossexuais como você. SOMENTE A BÍBLIA VAI TE LIBERTAR DE TUDO.

      Para você falar da Palavra de Deus precisa estudar muito ainda. Ter o Espírito Santo ao seu lado para o seu entendimento, como você mesmo citou em II Coríntios 3-6: “O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica.”
      Deu para entender?

      Veja o que diz em Apocalipse 22-18: Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; 19 E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro. Aqui acho que não precisa de uma explicação.

      Termino usando a sua frase de início, que está em João 8-32 que diz: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará!”.
      Mas não esqueça de João 8-36 que também diz: “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.”
      Estarei orando por todos para um dia vir a aceitar Jesus como seu Salvador e poder desfrutar da vida eterna ao seu lado. Quando disse “desfrutar” não entenda que sou homossexual por dizer isso, pois é assim que você entende quando citou Davi e Jônatas

      Deus te abençoe ricamente em nome de JESUS. Amém.

    • Caro André, seus argumentos são bastante interessantes, entretanto desprovidos da verdade. é clara sua tendenciosidade e manipulação do sentido teológico da verdade de Deus através de hipóteses falaciosas. esta sua linha de interpretação é conhecida como liberalismo teológico surgida no fim do século XVIII que procurava distorcer as verdades absolutas e imutáveis da Palavra de Deus, todavia insustentáveis gramaticalmente, hermeneuticamente e exegeticamente. São bastante incoerentes sua posição em usar textos fora do contexto como pretextos para validar seu pensamento em defesa do homossexualismo. Mas posso assegurar-lhe que se for honesto na interpretação bíblica você verá que é condenada por Deus, não só no sentido teológico, mas também insustentável psicologicamente, socialmente e geneticamente; trata-se de um desvio de comportamento, uma anormalidade que tem sua origem no pecado que todos temos, e como o ser humano não aceita seu erro, ele ou nega-o ou tenta justificá-lo e para isso faz como você: usa o engano para distorcer a verdade, mas como não podemos fugir de nossa consciência, ela grita em você afirmando que essa prática é errada e inaceitável perante Deus, mas chega um momento que o ser humano está tão entregue a este mal que sua consciência fica cauterizada e não dá mais ouvido à verdade. Que Deus tenha misericórdia de você e de tantos outros que incorrem no erro.

    • André, tanto quanto homossexuais, no passado distante, sempre existiram bandidos, assassinos, prostitutas, mentirosos e todo tipo de instrumentos de Satanás, desde que o mundo é mundo.
      Não me atrevo aqui a condenar o pecador e sim o pecado. Eu sou pecador da pior espécie e dependo exclusivamente da misericórdia de meu Deus.
      Você não difere, em sua tentativa desesperada em trocar a verdade pela mentira, desses instrumentos malignos e que Deus o alcance a tempo, com Sua misericórdia.
      Eu nunca vejo pessoas como você citando textos específicos que matam qualquer dúvida sobre essa prática sexual abominável.
      Em primeiro lugar, citar a descendência de Jesus como praticante do mal, na figura do Rei Davi, é contorcer a promessa e o plano perfeito de Deus na escolha de nosso salvador Jesus Cristo.
      Depois, o texto de Romanos 1 abaixo, aniquila qualquer argumento, inclusive o meu, se houver qualquer orgulho e vaidade em minhas palavras. A Palavra fala por si só.
      Aqui encerro qualquer gasto de tempo com tamanha estupidez, dita por alguém como você André, que com tanto blá, blá, blá, só consegue passar a seguinte mensagem: “Eu prefiro fazer o que me dá prazer, do que ser sujeito ao Criador e à Sua soberana vontade, nem que para isso eu tenha que desesperadamente contradizê-lo, para tentar achar alguma justificação em mim.”

      Romanos 1: 21-32

      Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
      Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
      E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
      Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
      Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
      Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
      E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
      E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
      Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
      Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
      Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
      Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.
      Romanos 1:21-32

    • André o seu texto foi brilhante! Parabéns. Que todas as igrejas possam seguir o exemplo da Igreja Presbiteriana USA, que é a igreja mãe do Prebiterianismo no Brasil, mas que sua filha mais velha (IPB) se afastou completamente de sua forma de pensar e agir, sendo que hoje é a maior igreja reformada do Brasil, mas está isolada no mundo reformado e presbiteriano, pois não pertence a nenhum organismo ecumênico! Infelizmente é uma igreja com uma bela história, mas que optou por se isolar e apoiar posições autoritárias, preconceituosas, machistas e retrógradas. A igreja no Brasil que tem ligações com a Igreja mãe do Presbiterianismo é a Igreja Presbiteriana Unida do Brasil, sendo assim sua filha mais próxima, essa apesar de pequena é ligada a todos os organismos ecumênicos e tem uma visão muito interessante do Cristianismo. Mas não sei qual é a posição dela sobre este assunto! Mais uma vez parabéns pelo seu texto lúcido.

  16. O amigo André confunde a falta de virilidade sexual,e a esterilidade com pederastia e lesbianismo.A prática de sexo, anal, oral e etc. para Deus é abominação.Depois que Adão e Eva caíram em pecado patrocinado pelo diabo, a criatura humana ficou sujeita a todo tipo de mazela.Cabe agora ao homem se erguer e obedecer a DEUS naquilo que DEUS condena.Jesus está chegando.

  17. As pessoas ficam discutindo religião jogando pedras uns contra o outros e esquece do alvo que é JESUS ele veio para nos libertá transformá e salvá. Parem de falar um dos outros pegue a palavra de Deus para ler e pessam sabedoria a Jesus que ele é a direção ele é o caminho a verdade e a vida e ninguém vai ao pai se náo for por ele.

    • Carlos Ronaldo, Jesus como foco? de Silas e Feliciano?

      Na verdade estes dois só se encontram na mídia por causa dos gays, unção não vejo em suas palavras, o amor de Cristo se esvaiu a muito tempo, acredito que um dia o tiveram.

      Estes dois, trocaram a unção pelo dinheiro e estão levando uma multidão, a guerra, tem crente aqui que fala até em matar, prender, enforcar.

      O discurso que gay vai acabar com a família é no mínimo desonesto.
      O que acaba coma família é a falta de Cristo no lar.
      Que leva muitos pais de família, a bater na esposa e filhos, abusar sexualmente de seus filhos 60% dos abusos infantis são pelos próprios pais, a falta de amor leva, estes filhos a usar drogas, se prostituir, leva esposa a deixar seu filho recem nascido na rua, e por ai vai.

      Me diz em toda está história onde os gays destruidores de lares se encaixam? na verdade é pra rir.
      Deixa os caras que se casem, o problema é deles, existe livre arbitrío lembram? E vão evangelizar e cuidar do pobre e da viúva como crsito ensinou.

  18. eu amo saber que sou gay , que eu me sinto mulher , sei que sou hemafrodita interno por mensagens do além eu soube disso , não tenho memdo de evangélicos , mas tenho reseio por ele etrem me discriminado muito dentro das igrejas evangélicas , hoje tenho cabelos compridos , tenho pequenos mamilos , que embreve estaram em tamanho médio , volumos por debaixo da minha roupa , bem vissível, salve deus o amor entre gays , etc…..

  19. A Bíblia nos diz de forma consistente que a atividade homossexual é pecado (Gênesis 19:1-13; Levítico 18:22; Romanos 1:26-27; I Coríntios 6:9). Romanos 1:26-27 ensina especificamente que a homossexualidade é resultado de negar e desobedecer a Deus. Quando a pessoa continua em pecado e incredulidade, a Bíblia nos diz que Deus “a abandona” a pecado ainda mais perverso e depravado para mostrar-lhe a futilidade e desesperança da vida longe de Deus. I Coríntios 6:9 proclama que os “transgressores” homossexuais não herdarão o reino de Deus.

  20. Caros irmãos em espírito, a verdade e o amor em Cristo Jesus liberta até o maior assassíno! Deus odeia e condena o pecado, mas seja qual for o pecador, Deus o ama. Devemos aceitar de coração os gays e lésbicas ou toda a sorte de assassínos na casa de Deus. De seguida confiar em Deus para que essas almas perdidas possam ser salvas. A Igreja não pertence ao Pastor, a Jesus Cristo pertence e o Senhor jamais negaria a entrada de um pecador na Sua casa para O receber e O aceitar. Álias, foi para isso que Jesus veio ao mundo, para salvar. E não somos todos pecadores em busca de salvação? Como servos os gays podem e devem frequentar a Igreja, mas enquanto ligados ao pecado dessa forma, jamais podem exercer o pastorado na Igreja. É obrigação da Igreja, amar e ajudar as almas perdidas a encontrarem a Luz de Jesus Cristo. Nós somos todos membros de um só corpo, a uma cabeça pertencemos. Lembrem-se que os gays estão espiritualmente cegos, presos ao pecado. Não nasceram assim, tornaram-se gays através de manifestações, possessões e opressões demoníacas, através também de maldições hereditárias, do passado e relacionadas com o crescimento familiar, amizades, filmes, etc… O segundo mandamento é claro: amai ao próximo como amais a vós mesmos; o amor fraternal e verdadeiro salva e liberta o pecador das trevas. Bem haja, que Deus abençoe a todos os opinadores e leitores. Pastor Emanuel.

  21. Se preferir, André, pode acessar o seu texto refutado ponto a ponto
    duro é querer ir contra os significados das palavras traduzidas tendenciosamente indo contra os seus significados nos dicionários acadêmicos…

    A igreja, Presbiteriana sempre na vanguarda, vencendo paradigmas preconceituosos, todos os estudiosos de Teologia, sabem que o Homossexualismo nunca foi, uma problema para Jesus. Tanto que ele jamais citou o amor homoerótico, e quando se referiu aos eucnuco nascidos de mãe “homossexuais” Ele não os condenou mais disse que para eles não existia a obrigatoriedade de casar.
    O que todo cristão deve saber sobre homossexualidade

    I Corintios 6.9 ῎Η δὲν ἐξεύρετε ὃτι οἱ ἄδικοι δὲν θέλουσι κληρονομήσει τὴν βασιλείαν τοῠ Θεοῠ; Μὴ πλανᾶσθε. οὔτε πόρνοι1 οὔτε εἰδωλολάτραι οὔτε μοιχοὶ2 οὔτε μαλακοὶ3 οὔτε ἀρσενοκο4 ται

    1. Pornoi – fornicador, homem ou mulher.
    2. Moichos – adultero
    3. Malakoi – Efeminado
    4. Arsenokoites – sodomita (palavra derivada da cidade de Sodoma, uma das cidades destruídas por causa da prática (como dizem hoje) HOMOSSEXUAL. Porque uma palavra utilizada na tradução de hoje não existia naquele tempo, não quer dizer que a prática não fosse condenada.
    “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!” (João, 8:32) – LIBERTARÁ DO PECADO, NAÕ QUER DIZER QUE DÁ LIBERDADE À PRÁTICA DELE
    1) Não há, na Bíblia, nenhuma só vez as palavras homossexual, lésbica ou homossexualidade. Todas as Bíblias que empregam estas expressões estão erradas e mal traduzidas. A palavra homossexual só foi criada em 1869, reunindo duas raízes lingüísticas: Homo (do Grego, significando “igual”) e Sexual (do latim). Portanto, como a Bíblia foi escrita entre 2 e 4 mil anos atrás, não poderiam os escritores sagrados terem usado uma palavra inventada só no século passado. Elementar, irmão! VEJA A EXPLICAÇÃO NO NÚMERO 4 ACIMA
    2) A prática do amor entre pessoas do mesmo gênero, porém, é muito mais antiga que a própria Bíblia. Há documentos egípcios de 500 anos antes de Abraão, que revelam práticas homossexuais não somente entre os homens, mas também entre Deuses Horus e Seth. Segundo o poeta e escritor Goethe, “a homossexualidade é tão antiga quanto a humanidade”. Certamente, cada tempo com sua experiência singular, mas com o mesmo direcionar de desejo: o igual. (DISSE TUDO. A ORIGEM É PAGÃ E ANTIBÍBLICA)
    3) No antigo Oriente, a homossexualidade foi muito praticada. Entre os Hititas, povo vizinho e inimigo de Israel, havia mesmo uma lei autorizando o casamento entre homens (1.400 antes de Cristo). Como explicar, então, que, entre as abominações do Levítico, apareça esta condenação: “O homem que dormir com outro homem como se fosse mulher, comete uma abominação, ambos serão réus de morte” (Levítico, 18:22 e 20:12). (ERAM REUS DE MORTE PORQUE?) Segundo os Exegetas (estudiosos das escrituras sagradas), fazia parte da tradição de inúmeras religiões (PAGÃS) de localidades circunvizinhas à Israel, a prática de rituais (PAGÃOS) homoeróticos, de modo que esta condenação visa fundamentalmente afastar a ameaça daqueles rituais idolátricos (PAGÃOS E PECAMINOSOS) e não a homossexualidade em si (UMA BELA FORÇADA NA EXEGESE). Prova disto é que estes versículos condenam apenas a homossexualidade masculina: teria Deus Todo Poderoso se esquecido das lésbicas ou, para Javé, a homossexualidade feminina não era pecado? (QUEM DISSE QUE NÃO? TANTO É QUE PAULO AOS ROMANOS FALA CLARAMENTE DESTA QUESTÃO ROMANOS 1.22-27 Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis. Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém! Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro).Considerando que, do imenso número de leis do Pentateuco, apenas duas vezes há referência à homossexualidade (e só à masculina), concluem os exegetas que a supervalorização que os cristãos conferem a este versículos é sintoma claro e evidente de intolerância machista de nossa sociedade, um entulho histórico, e não um desígnio eterno de Javé, do mesmo modo que inúmeras outras abominações do Levítico, como os tabus alimentares (por exemplo, comer carne de porco) e os tabus relativos ao esperma e ao sangue menstrual, hoje completamente abandonadas e esquecidas. Por que católicos e protestantes conservam somente a negação contra a homossexualidade, enquanto abandonaram dezenas de outras proibições decretadas pelo mesmo Senhor?. Intolerância machista e ignorância que Freud explica! (PARA APLICAÇÃO E OBSERVAÇÃO DA LEI DE DEUS BASTAVA APENAS O PRINCÍPIO, NÃO SERIA NEM MESMO NECESSÁRIO UMA LEI ESPECÍFICA – 1. E DEUS OS FEZ HOMEM E MULHER – 2. CRESCEI-VOS E MULTIPLICAI-VOS….3. E SE UNIRÁ O HOMEM À SUA MULHER E SE TORNARÃO UMA SÓ CARNE – 4. AO HOMEM CHAMOU ADÃO … A MULHER LHE DEU O NOME DE EVA, OU SERÁ QUE FOI ADÃO E IVO? OU ADA E EVA… ? )
    4) Se a homossexualidade fosse prática tão condenável, como justificar a indiscutível relação homossexual existente entre David e Jônatas?! Eis a declaração do salmista para seu bem-amado: “Tua amizade me era mais maravilhosa do que o amor das mulheres. Tu me eras deliciosamente querido!” (II Samuel, 1:26). Alguns crentes argumentarão que se tratava apenas de um amor espiritual, ágape. Preconceito primário, (OU INTERPRETAÇAÕ TENDENCIOSA – A PALAVRA DELICIOSO NÃO EXISTE NESTE TEXTO DO HEBRAICO E TODO AMOR PRESSUPÕE ATO SEXUAL? TODA FORMA DE AMOR É DE FATO EXPRESSA EM ATOS, PRÁTICAS, MAS ISSO NAÕ QUER DIZER HOMOSSEXUALIDADE.. VÊ SE NÃO FORÇA)- pois só as coisas materiais são referidas com a expressão “delicioso”, e não resta a sobra da menor dúvida que David, em sua juventude, foi adepto do “amor que não ousava dizer o nome”. Não foi gratuitamente que o maior escultor de nossa civilização, Miguel Ângelo, ele próprio, também homossexual, escolheu o jovem Davi, nu, como modelo de sua famosa escultura de Florença, na Itália. Negar o amor homossexual entre estes dois importantes personagens bíblicos (“amizade mais maravilhosa que o amor (Eros) das mulheres”) é negar a própria evidência dos fatos. (OU SIMPLESMENTE TENTAR JUSTIFICAR O PECADO?) “Tendo olhos, não vedes? E tendo ouvido, não ouvis?!” (Marcos, 8:18).
    5) Pelo visto, embora o Levítico fosse extremamente severo contra a prática da cópula anal (determinando igualmente a pena de morte contra o adultério e o bestialismo), outros livros sagrados revelam maior tolerância face ao homoerotismo. O Eclesiastes ensina: “É melhor viverem dois homens juntos do que separados. Se os dois dormirem juntos na mesma cama se aquecerão melhor” (ESTA TRADUÇÃO É HORRÍVEL – NÃO EXISTE A PALAVRA HOMENS NEM NO HEBRAICO, NEM NA SEPTUAGINTA) (4:11). Num país quente como a Judéia, o interesse em dormir junto só podia ser mesmo erótico. Portanto, na teoria o Levítico era uma coisa e a prática, desde os tempos bíblicos, parece ter sido outra. “Deus nos fez ministros da nova aliança, não a da letra e sim a do Espírito. Porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.” (II Coríntios, 3:6) (NÃO SE APLICA AO CONTEXTO)
    6) A destruição de Sodoma e Gomorra? Indagarão alguns. Oferecemos três informações fundamentais e cientificamente comprovadas que, em geral, são propositadamente escondidas e desconhecidas pelos cristãos: 1) não há evidência histórica ou arqueológica que confirme a real existência dessas cidades; 2) este relato é obra dos “Javistas” (escritores bíblicos do século X a.C.), que se apropriaram de relatos mitológicos de outros povos anteriores aos judeus; 3) a própria destruição da suposta intenção homoerótica dos habitantes de Sodoma em relação aos três visitantes de Abraão (anjos ou homens?) apresenta dificuldades sérias de interpretação, pois quando os habitantes de Sodoma declararam desejar conhecer os visitantes, maliciosamente se interpretou o verbo “conhecer” como sinônimo de “ato sexual”. Segundo os exegetas, das 943 vezes que aparece esta palavra no Antigo Testamento (“yadac” em hebraico), em apenas 10 ela tem significado heterossexual – nenhuma vez o sentido homossexual. A associação do pecado dos “sodomitas e gorromitas” com a homossexualidade é um grave erro histórico, que tem sua oficialização pela igreja católica apenas na Idade Média, a “idade das trevas”. (SE O SENTIDO NÃO ERA SEXUAL, POR QUE LÓ AFIRMOU QUE LHES DARIA AS PRÓPRIAS FILHAS EM LUGAR DOS ANJOS PARA QUE OS HABITANTES DA CIDADE FIZESSEM O QUE QUISSESSEM COM ELAS? E AINDA ROGOU QUE NÃO FIZESEM MAL AOS HOMENS – ANJOS? – NOVAMENTE FORA DE CONTEXTO).
    7) A própria Bíblia e o filho de Deus nos dão a chave para corrigir esta maliciosa identificação de Sodoma e Gomorra com a homossexualidade. Segundo os mais respeitados estudiosos das Sagradas Escrituras, o pecado de Sodoma é a injustiça e a anti-hospitalidade, nunca a violação homossexual. Prova disto, é que todos os textos que aludem à Sodoma no Antigo Testamento atribuem sua destruição a outros pecados e não ao “homossexualismo”: falta de justiça (Isaías, 1:10 e 3:9) (JUSTIÇA NÃO SIGNFIFICA JUSTIÇA CONFORME MAGISTRATURA, MAS DIZ RESPEITO À INCOFORMIDADE COM A LEI DIVINA – Ouvi a palavra do SENHOR, vós poderosos de Sodoma; dai ouvidos à lei do nosso Deus, ó povo de Gomorra – tr:îAT ESTA PALAVRA É A ENCONTRADA NO VERSÍCULO, OU SEJA TORAH.. .LEI DE DEUS REFERINDO-SE AOS CINCO PRIMEIROS LIVROS DA BÍBLIA) adultério, mentira e falta de arrependimento (Jeremias, 23:14); orgulho, intemperança na comida, ociosidade e “por não ajudar o pobre e indigente” (Ezequiel, 16:49); insensatez, insolência e falta de hospitalidade (Sabedoria 10:8; 19;14; Eclesiástico, 16:8 (ESSES SÃO APÓCRIFOS NÃO FAZEM PARTE DO CANON BÍBLICO FORAM INSERIDOS NA BÍBLIA CATÓLICA APENAS NO CONCÍLIO DE TRENTO SÉCULO XVI PARA DAR SUPORTE ÀS PRATICAS IDOLATRAS E TENDO COMO FUNDO A CONTRA-REFORMA). No Novo Testamento, não há qualquer ligação da destruição de Sodoma com a sexualidade e, muito menos, com a homossexualidade (Mateus,10:14; Lucas, 10:12 e 17:29 NENHUM DOS TEXTOS TEM A INTENÇAÕ DE RELACIONAR A DESTRUIÇÃO DAS CIDADES COM UM PECADO ESPECÍFICO, MAS TEM A INTENÇÃO DE RELACIONAR A DESTRUIÇÃO VINDOURA POR CAUSA DO MESMO MOTIVO, NÃO OUVIRAM A VOZ DE DEUS, PORTANTO, PECADO- OU SEJA, NÃO IMPORTA O PECADO, TODO IMPENITENTE HAVERÁ DE DAR CONTAS A DEUS – INCLUSIVE O DA HOMOSSEXUALIDADE ). Só nos livros neotestamentários tardios de Judas e Pedro, é que aparece em toda a Bíblia alguma conexão entre Sodoma e a sexualidade (Judas, 6:7, Pedro, 2:4 e 6;10). Mesmo aí, inexiste relação com o “homoerotismo”. (COMO DITO ANTERIORMENTE, SÓ O PRINCÍPIO JÁ É SUFICIENTE. E JÁ QUE HÁ ESTA LIGAÇÃO, ELA EM CONJUNTO COM O QUE JÁ HAVIA SITO DITO ANTERIORMENTE EM TODA A BÍBLIA, SEJA NO AT, OU NO NT, NENHUM TEXTO PODE SER INTERPRETADO DE FORMA INDEPENDENTE… TODA A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS. MESMO POR QUE A PRÁTICA HOMOSSEXUAL OU HOMOEROTISMO É UMA DISTINÇÃO QUE NÃO JUSTIFICA O PECADO, E NÃO JUSTIFICA A PRÁTICA DE NENHUMA DAS DUAS COISAS, SE É QUE SEJAM DIFERENTES)
    8) Dirão, agora, os crentes mais intolerantes: e as condenações de São Paulo aos homossexuais? Autoridades exegetas protestantes e católicas – como Mcneill, Thevenot, Noth, Kosnik, e muitos outros -, ao examinarem, cuidadosamente, na língua original, os textos das Epístolas aos Romanos 1:2 (TEXTO ERRADO, É 1-22-SS COMO DITO ANTERIORMENTE), I Coríntios 6:9, Colosences 3:5 e I Timóteo 1:10, concluíram que, até agora, os cristãos têm dado uma interpretação errada a estas passagens. Quando Paulo diz que certas categorias de pecadores não entrarão no Reino dos Céus – ao lado dos adúlteros, bêbados, ladrões etc… – muitas Bíblias incluem nesta lista os “efeminados” e “homossexuais”. Logo de início, há uma condenação injusta, pois muitos efeminados (como muitas mulheres masculinizadas no comportamento) não são necessariamente homossexuais. ESTA É UMA DISTINÇÃO QUE NÃO CABE NA SITUAÇÃO. TODO COMPORTAMENTO TEM ORIGEM ESPIRITUAL. A CORREÇÃO É POSSÍVEL, E PASSÍVEL, TANTO BIBLICAMENTE, QUANTO PSICOLOGICAMENTE. As mais modernas e abalizadas pesquisas exegéticas (BEM QUE A BÍBLIA AFIRMA QUE NO FINAL DOS TEMPOS SURGIRIAM FALSOS MESTRES E QUE AS PESSOAS NÃO SUPORTARIAM A SÃ DOUTRINA, MAS QUE PROCURARIAM MESTRES SEGUNDO SEUS PRÓPRIOS DESEJOS E INCLINAÇÕES COMO QUE SENTINDO COCEIRA NOS OUVIDOS 2Timóteo 4. 3. Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; concluem que, se Paulo de Tarso quisesse condenar especificamente os praticantes do homoerotismo, teria empregado o termo corrente em sua época e de seu perfeito conhecimento, “pederastas”. Em vez desta palavra, Paulo usou as expressões gregas “malakoi”, “arsenokoitai” e “pornoi” – que as melhores edições da Bíblia em português traduzem por “pervetores”, “pervertidos” e “imorais”. Portanto, foram estes pecadores que Paulo incluiu na lista dos afastados do Reino dos Céus, e não os “pederastas”, e muito menos os “homossexuais”, palavra desconhecida na Antigüidade (já refutado). Segundo os historiadores, vivendo São Paulo numa época de grande licenciosidade sexual – tempo de Calígula, Nero e de Satiricon -, esperando o próximo retorno do Cristo e o fim do mundo, ele condenou, sim, os excessos e abusos sexuais dos povos vizinhos, mas nunca o amor inocente e recíproco, tal qual o de David e Jônatas. Há teólogos protestantes que chegam a diagnosticar Paulo de Tarso como homossexual latente (alusão feita por ele próprio ao misterioso “espinho na carne” (PURA ESPECULAÇÃO – O MESMO CASO DA SITUAÇÃO PROPOSTA ENTRE DAVI E JONATAS – NÃO HÁ PROVAS BÍBLICAS) que tanto o preocupava, além de sua manifesta e cruel “misoginia” ou ódio às mulheres). E, se a condenação paulina inclui também os bêbados, corruptos, caluniadores, por que atirar tanta pedra somente nos homossexuais? Também aqui, Freud explica! E tem mais: o próprio Filho de Deus disse que “há eunucos que assim nasceram desde o seio de suas mães” (Mateus 19:12), ensinando, num sentido figurado, que faz parte dos planos do Criador que alguns homens tenham uma sexualidade não reprodutora biologicamente. Todos somos imagem de Deus!
    9) O maior argumento para se comprovar que as Escrituras Sagradas não condenam o amor entre pessoas do mesmo gênero, é o fato de Jesus Cristo nunca ter falado nenhuma palavra contra os homossexuais! Se o “homossexualismo” fosse uma coisa tão abominável, certamente o Filho de Deus teria incluído esse tema em sua mensagem (MAIS UMA ESPECULAÇÃO – QUANTAS VEZES JESUS, NOS EVANGELHOS, TRATOU DE UM PECADO ESPECÍFICO? – MESMO POR QUE ELE AFIRMOU DE FORMA CLARA: MATEUS 3.15 – QUANDO AFIRMA SOBRE A JUSTIÇA QUE DEVERIA SER CUMPRIDA, É DICAIOSSOUNÉ – dikaiosu,nh – UMA PALAVRA QUE SIGNIFICA – DESÍGNIO, ENSINO, LEI DE DEUS, REFERINDO A TODO ENSINO PROFERIDO ANTES DE SUA ENCARNAÇÃO – O AT… OU SEJA,,, ELE SIMPLESMENTE NÃO TIROU UMA VÍRGULA DO QUE ESTAVA PRESCRITO NA LEI MORAL DIVINA.). O que Jesus condenou, sim, foi a dureza de coração (REFERINDO-SE A UM CORAÇÃO NÃO CONTRITO POR CAUSA DA CONDIÇÃO PECAMINOSA, CORRUPTA QUE TODO SER HUMANO NASCE COM ELA), a intolerância dos fariseus hipócritas, a crueldade daqueles que dizem Senhor, Senhor!, mas esquecem da caridade e do respeito aos outros (Mateus, 7:21). E foi o próprio Messias quem deu o exemplo de tolerância em relação aos “desviados”, andando e comendo com prostitutas, pecadores e publicanos. E tem mais: Jesus Cristo mostrou-se particularmente aberto à homossexualidade, revelando carinhosa predileção por João Evangelista, “o discípulo que Jesus amava”, o qual, na última Ceia, esteve delicadamente recostado no peito do Divino Mestre. Há teólogos que chegam a sugerir que Jesus era homossexual, pois além de nunca ter condenado o homoerotismo, conviveu predominantemente com companheiros do seu próprio gênero, manifestou particular predileção pelo adolescente João e nunca se casou, além de revelar muita sensibilidade com as crianças e com os lírios do campo, comportamentos muito mais comuns entre homossexuais do que entre machões. O ensinamento do discípulo que Jesus amava não podia ser mais claro: “Filhinhos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e tudo o que é amor é nascido de Deus e conhece a Deus” (I João, 4:4). (O AMOR NÃO PRESSUPÕE ADOÇAR O PECADO, ANTES DEMONSTRÁ-LO COM CLAREZA PARA QUE O INDIVÍDUO NÃO VÁ PARA O INFERNO CRENDO QUE ESTÁ EM CONFORMIDADE COM A LEI DIVINA. MOSTRAR A VERDADE DÓI, MAS É DESTA FORMA QUE ELE PODE SER DE FATO ENTENDIDO COMO AQUILO QUE NÃO ESTÁ EM CONFORMIDADE COM A PRESCRIÇÃO DIVINA… MELHOR FALAR DURO AGORA, DO QUE NÃO DIZER NADA COMO SE O SUJEITO, SEJA ELE QUEM FOR, VÁ PARA O INFERNO SEM NUNCA TER SIDO ADVERTIDO… NÃO EXISTE PROVA MAIOR DE AMOR DO QUE ESTA – CONFRONTAR O ERRO COM O FIM DE PROPORCIONAR O CONHECIMENTO DO CAMINHO DE SALVAÇÃO, JESUS CRISTO).
    10) A Bíblia é um livro muito antigo, repleto de imagens simbólicas, parábolas e figurações. Interpretar as Escrituras ao pé da letra é ignorância, fanatismo e até pecado, pois o próprio Filho de Deus garantiu: “Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. (COMPLETAMENTE FORA DO CONTEXTO) LOGO DEPOIS DESTE EVENTO, ELE VEIO E FALOU O QUE ERA NECESSÁRIO VER ATOS 1.
    Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á a verdade” (João, 16:12). Do mesmo modo como Galileu ensinou-nos a verdade a respeito da Astronomia, corrigindo a Bíblia (ESSA AFIRMAÇÃO É UMA FALTA TOTAL DE CONHECIMENTO BÍBLICO – GALILEU NUNCA SE OPOS A ESCRITURA, SE OPOS A IGREJA CATÓLICA – A BÍBLIA NÃO É UM LIVRO QUE TEM A PRETENSÃO DE ENSINAR CIÊNCIA, MAS TODAS AS SUAS AFIRMAÇÕES CIENTÍFICAS ESTÃO ABSOLUTAMENTE CERTAS EM TODAS ELAS, SEM EXCESSÃO). e opondo-se à crença dos cristãos de sua época, assim também hoje todos os ramos da Ciência garantem que a homossexualidade é um comportamento normal (FISICAMENTE NÃO PODE SER NORMAL… NÃO FOI ESSA A AFIRMAÇÃO EM GÊNESIS? CRESCEI-VOS E MULTIPLICAI-VOS- SE FOSSE NORMAL HOMEM COM HOMEM NASCERIA UM OUTRO SER DESTA UNIÃO DA MESMA FORMA UMA UNIÃO LÉSBICA TERIA SUA GERAÇÃO… MAS NÃO DÁ… PORTANTO NÃO É NORMAL… E MORALMENTE DETURPADO), saudável e tão digno moralmente (SEGUNDO A MORAL HUMANA, OU DIVINA EXPRESSA NAS SUAS LEIS?) como a orientação sexual da maioria das pessoas. Negar esta evidência científica (A CIÊNCIA SE MOSTROU PROFUNDAMENTE ERRADA EM VÁRIOS MOMENTOS DA HISTÓRIA. LIVROS E LIVROS FORAM ESCRITOS, REEDITADOS, MUDADOS, POR QUE O QUE SE CONHECIA COMO VERDADE SE MOSTROU PROFUNDAMENTE ERRADO – A BÍBLIA É A MESMA EDIÇÃO ATÉ HOJE, A PRIMEIRA.) é repetir a mesma ignorância intolerante do Papa que condenou Galileu. Não devemos temer a verdade que libertapois o próprio Jesus nos mandou imitar “o escriba instruído nas coisas do Reino dos Céus, que como um pai de família, tira de seu tesouro coisas novas e velhas” (Mateus, 13:52). Mesmo que o Papa ou os pastores continuem a negar os direitos humanos dos gays e lésbicas, mesmo que cristãos ignorantes continuem a repetir as ultrapassadas abominações do Velho Testamento, para os verdadeiros crentes o que vale é o exemplo do Filho de Deus, Jesus Cristo, que nunca condenou a prática da homossexualidade. “E conhecereis a verdade, a verdade vos libertará!” (João, 8:32). , ( VEJA O CONTEXTO… SUA APLICAÇÃO ESTÁ FORA – LIBERTA DO PECADO, NÃO LIBERTA PARA PRÁTICA DELE: JOÃO 8. 34. Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: todo o que comete pecado é escravo do pecado)

    Mateus 19.12. Porque há eunucos (homossexuais) que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o – ESTE TEXTO NUNCA TEVE NADA A VER COM HOMOSSXUALIDADE… ESTA INTERPRETAÇÃO ESTÁ LONGE, MUITO DISTANTE DE SEU CONTEXTO.
    PIOR EXEGESE QUE JÁ VI DE UM TEXTO.
    JESUS ESTAVA FALANDO ACERCA DO DIVÓRCIO E CASAMENTO ENTRE UM HOMEM E UMA MULHER: VEJA OS VERSÍCULOS ANTERIORES
    V.10. Disseram-lhe os discípulos: Se essa é a condição do homem relativamente à sua mulher, não convém casar.
    EUNUCOS NÃO TEM NADA A VER COM HOMOSSEXUAIS – EUNUCOS SÃO PESSOAS QUE POR UM MOTIVO OU OUTRO NÃO SE CASAVAM. E JESUS EXPRESSA TRÊS MOTIVOS
    1. NASCERAM DO VENTRE DA MÃE – DEFEITO CONGÊNITO – UMA VEZ QUE A PRÓXIMA CONDIÇÃO É DA FALTA DO MEMBRO VIRIL, OU OUTRA CONDIÇÃO QUE O IMPEÇA DE CASAR E TER O ATO SEXUAL COMO A NATUREZA DA CRIAÇÃO DETERMINOU.
    2. CASTRADOS PELOS HOMENS, VEJA 2 REIS 20.18; ESTER 2.14 – TAIS HOMENS ERAM CASTRADOS PARA SEREM OS GUARDIÃES DOS HARÉNS DOS REIS. UMA CONDIÇÃO DEPLORÁVEL FOMENTADA PELO MEDO DOS REIS DA POSSIBILIDADE DE TRAIÇÃO DE UMA DE SUAS MULHERES OU CONCUBINAS.

    3. SE FIZERAM EUNUCOS, DECIDIRAM NÃO SE CASAR… ESSE FOI O CASO DO APÓSTOLO PAULO QUE PERMANECEU SOLTEIRO POR CONVICÇÃO, ESTA ÚLTIMA CATEGORIA DIZ RESPEITO AO QUE TAMBÉM PODEMOS CHAMAR DE CELIBATÁRIOS – VEJA I CORINTIOS 7.26 – ESTA É UMA CONDIÇÃO DE ESCOLHA PARTICULAR (NÃO SE CASAR – NÃO TRATA DE UMA IMPOSIÇÃO).

    Rev Julio Cesar Pinto.

  22. Isso aqui a cima, que o André escreveu, é mais que heresia. Este jovem está querendo dizer que Paulo não tinha autoridade pra dizer que os homossexuais irão para o inferno. Como é que ele explica Lv 18:22? Precisamos ver se o que Paulo disse tem respaldo bíblico.

  23. André, a Igreja presbiteriana paga um pato que não é dela. É sustentar o calvinismo.Como a Igreja de Deus incentiva as pessoas ser contra a lei de Deus.Isso é loucura.Jesus está chegando.

  24. Comece mudando a si mesmo. Ninguém muda o mundo se não consegue mudar a si mesmo …

    Cuide da Saúde do Planeta. Não desperdice água, não jogue lixo no lugar errado, não maltrate os animais ou desmate as árvores. Por mais que você não queira, se nascemos no mesmo planeta, compartilhamos com ele os mesmos efeitos e conseqüências de sua exploração …

    Seja responsável: não culpe os outros pelos seus problemas, não seja oportunista, não seja vingativo. Quem tem um pouquinho de bom senso percebe que podemos viver em harmonia, respeitando direitos e deveres …

    Acredite em um mundo melhor. Coragem, Honestidade, Sinceridade, Fé, Esperança são virtudes gratuitas que dependem de seu esforço e comprometimento com sua Honra e Caráter. Não espere recompensas por estas virtudes, tenha-as por consciência de seu papel neste processo …

    Tenha Humildade, faça o Bem, trabalhe. Não tenha medo de errar, com humildade se aprende, fazer o bem atrairá o bem para você mesmo e trabalhando valorizarás o suor de teu esforço para alcançar seus objetivos …

    Busque a Verdade, a Perfeição, uma posição realista frente aos obstáculos, uma atitude positiva diante da vida…

    Defenda, participe, integre-se à luta pacífica pela Justiça, Paz e Amor. Um mundo justo é pacífico, e onde há paz pode-se estar preparado para viver um grande Amor …

  25. Pessoal respeitar e uma coisa ,aceitar e outra COMPLETAMENTE diferente.Convivo com algums gays e sempre os respeitei,porem nunca aceitarei a escolha deles perante o mundo.O meu manual de vida e bem claro (1 Coríntios 6:9-10 ).Deixo bem claro o posicionamento de Deus sobre este asssunto (Apocalipse 22:18-19)…

DEIXE UMA RESPOSTA