Pastor que desviou fundos de igreja e fugiu durante julgamento se entrega à Polícia

28

Um pastor que era acusado e foi condenado por roubar o equivalente a R$ 123 mil resolveu se entregar às autoridades. Ele desviava valores de casamentos e funerais.

O caso foi registrado em Darton, no distrito de Barnsley, na Inglaterra. Simon Reynolds, 50 anos, liderava a All Saints Church quando desviou os valores pagos por famílias que usaram o templo para a realização de 32 casamentos e 23 funerais.

Entre os anos de 2007 e 2013, quando estava à frente da igreja, o reverendo recolhia os valores e, mesmo prestando relatório das arrecadações, depositava o dinheiro em sua conta pessoal.

De acordo com o Daily Mail, o caso gerou grande indignação no país, principalmente porque um dos funerais em que Reynolds teria embolsado o valor pago pela família foi o do soldado Matthew Thornton, que morreu pela explosão de uma bomba durante uma missão no Afeganistão.


Reynolds fugiu durante a pausa para almoço de seu julgamento, na quarta-feira da semana passada, 22 de julho. O juiz do caso questionou o advogado de defesa sobre o paradeiro do réu, e como ele não sabia da localização de seu cliente, o magistrado emitiu um mandado de prisão para o reverendo e concluiu o julgamento à revelia, condenando-o a 2 anos e 8 meses de prisão.

Ele havia fugido para a Alemanha, mas após um apelo dos seus superiores na Diocese da Igreja Anglicana da Inglaterra, ele resolveu se entregar à Polícia na última segunda-feira, 27 de julho. A Interpol já estava avisada da fuga e havia iniciado as buscas.

Agora, ele deverá cumprir a pena na íntegra, pois como fugiu, o juiz do caso removeu o direito à fiança.

Funeral do soldado inglês foi um dos que tiveram as taxas desviadas pelo pastor
Funeral do soldado inglês foi um dos que tiveram as taxas desviadas pelo pastor

28 COMENTÁRIOS

    • Luciano

      O Tiago só não gostou da MENTIRA QUE VOCÊ CONTOU sobre este assunto na matéria: “Canal de humor faz vídeos com piadas sobre os pastores Malafaia e Feliciano e sofre censura”.

      Ele postou esta matéria para destruir a MENTIRA que você contou. Parece que você e muitos pa$tore$ evangélicos estão ACOSTUMADO A DIVULGAR ESTÓRIAS MENTIROSAS e NÃO ESTÃO PREOCUPADOS COM A VERDADE dos fatos.

      TUDO ISSO É VERGONHOSO!!!

      • Eu não invento nada,tudo que publico é verídico.

        Francisco oque você acha da decisão do papa aconselhando o povo a não acreditarem nos videntes de medjugore que falam em nome de maria?

          • Francisco eu andei pesquisando e realmente é sacerdote protestante.
            mais quando eu li a noticia no saite catolico ”rainha maria” de forma nenhuma apontou ele como sendo protestante.
            mais desde já pesso Desculpas a todos.

          • Olha ai que coisa mais linda…

            o Luciano se mostrando humilde e sensato ao reconhecer um erro…

            Parabéns garoto, segundo a lógica do seu livro, essa é uma verdadeira atitude cristã!

  1. O funcionário fantasma da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), padre Luiz Augusto Ferreira da Silva, de 54 anos, disse que,caso seja condenado pela Justiça, não tem como devolver o valor de R$ 18 milhões ao Estado.

    O padre recebia pelo cargo de analista legislativo R$ 11,8 mil de salário bruto. De acordo com servidores da Assembleia, padre Luiz Augusto não cumpria expediente na Casa há pelo menos 20 anos (leia aqui)

    “Eu não tenho dinheiro, vou ficar preso então. O dinheiro está as pessoas”, diz, apontando para um folheto onde há pessoas atendidas em obras sociais.”

    O funcionário fantasma foi admitido em 1980 na Assembleia Legislativa e, segundo a denúncia, teria recebido até agora, R$ 3 milhões sem prestar os serviços pelos quais foi contratado. O montante a ser devolvido, segundo o MP, pode chegar a R$ 18 milhões por conta de juros e multas.

    “Sou funcionário efetivo e fiz uma opção para ganhar um salário da Assembleia um pouquinho maior, hoje de R$ 7,3 mil líquidos. Pago plano de saúde para para as pessoas doentes que eu cuido e sobra R$ 6,3 mil para comprar algum alimento para eles”

    “Tenho 35 anos de Assembleia. Se eu me aposentar, com a graça de Deus, vou esse dinheiro para cuidar dos pobres, dos que precisam, o ano que vem”, revela.

    O promotor do Ministério Público de Goiás afirma que ele recebeu indevidamente sem prestar trabalho público. Se ele está fazendo caridade, o problema é dele.

  2. ESSA JANETE TEM UM JEITO DE MULHER BRAVA,VEM EM MIM JANETE QUE EU TE AMANSO IGUAL AMANSO ÉGUA BRAVA,ÉGUA AMANSA COLOCANDO UM TRONCO PESADO ATRAS PRA ELA PUXAR,EU COM VOCÊ COLOCO ALGO UM POUCO MENOR QUE UM TRONCO MAS VAI FICAR MANSINHA,MANSINHA

  3. Muitas vezes nas minhas postagens afirmava da perseguição de protestantes a Igreja Católica e muitos expressavam que eu estava falando mentira. Olha só o que encontrei hoje na internet

    Protestantes Alemães Pedem Perdão pela Iconoclastia (Destruição das Imagens) da Reforma

    A Igreja Protestante Alemã (EKD) pediu desculpas pela destruição generalizada de imagens religiosas durante a Reforma.
    “A Igreja Protestante rejeita a destruição de imagens. As imagens há muito tempo se tornaram uma expressão da piedade protestante”, ressaltou a ‘bispa’ protestante Petra Bosse-Huber em um encontro de delegações do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla e da EKD.
    Os clérigos se reuniram em Hamburgo para discutir a palavra “imagem” a partir dos pontos de vista ortodoxo e protestante. O Patriarca Ecumênico Bartolomeu e o presidente da EKD, o bispo Heinrich Bedford-Strohm, enviaram saudações e bênçãos ao encontro de Hamburgo.
    Destruir imagens foi mais comum no período posterior à Reforma. Na primeira metade do século XVI, as estátuas da Virgem Maria e dos santos, as janelas com vitrais, os órgãos e quaisquer outros objetos associados a milagres e ao sobrenatural foram removidos das igrejas católicas e das capelas de beira de estrada e, em muitos casos, destruídos. Particularmente a Suíça, Holanda, Inglaterra e o sul da Alemanha sofreram com isso.
    No sul da cidade alemã de Ulm, em um chamado “Götzentag” (“Dia da idolatria”) em 1531, os defensores da Reforma que estavam convencidos de que os artefatos da igreja eram uma idolatria supersticiosa removeram à força 60 altares e órgãos da catedral.
    Genebra testemunhou uma das ondas mais devastadores de quebra de imagens religiosas. Incitados por um grupo de teólogos protestantes, incluindo o próprio João Calvino, algumas das peças de arte cristã mais preciosas da cidade foram destruídos.
    Christa Pongratz-Lippitt, publicada na revista The Tablet.
    Blog. Comshalom.org/carmadelio

  4. Padre rouba dinheiro da igreja para gastar na gandaia

     | 

    Polícia acredita que reverendo levava uma vida dupla

     

     

     

    TVC/R7

    O reverendo Kevin Gray, de 64 anos, não está com uma boa imagem perante os colegas de igreja. Ele foi preso após roubar mais de R$ 2 mil da paróquia de Waterbury, no estado de Connecticut, Estados Unidos.

    Gray gastou o dinheiro na farra. Pagou por acompanhantes masculinos, boates e roupas da Armani. 

    Segundo a polícia, o padre, em uma outra oportunidade, comprou cães e um piano e pagou para ter aulas e os cuidados com os animais, também com dinheiro sagrado. 

    A suspeita da polícia é a de que Gray levava uma vida dupla. A de padre em Waterbury e de um homem comum em Nova York. 

    Outra suspeita envolvendo o nome do padre é a de que ele teria mentido sobre ter câncer e, usando a doença como desculpa, conseguia ir à Nova York constantemente para torrar a grana.

  5. Notícia veiculada hoje no jornal Gazeta do Povo:

    “Delator que acusou Cunha também fez repasse à Assembleia de Deus Em fevereiro deste ano, Cunha chegou a participar de um culto de mais de duas horas na igreja que recebeu R$ 125 mil de Júlio Camargo'”

    Em fevereiro deste ano, Cunha chegou a participar de um culto de mais de duas horas em comemoração a sua eleição para a Presidência da Câmara junto com outros políticos na Assembleia de Deus Madureira, no Rio de Janeiro. Na ocasião ele declarou ter trocado a Igreja Sara Nossa Terra pela Assembleia de Deus Madureira. A bancada evangélica foi uma das que mais apoiaram Cunha na eleição para a Presidência da Câmara. (…)”

    “O presidente da Assembleia de Deus Madureira no Rio, pastor Abner Ferreira, contemplou o presidente da Câmara no culto. “O Satanás teve que recolher cada uma das ferramentas preparadas contra nós. Nosso irmão em Cristo é o terceiro homem mais importante da República”, disse o religioso na época. Abner Ferreira é irmão do pastor Samuel Ferreira, que preside a Assembleia de Deus no Brás, em São Paulo, e aparece no registro da Receita Federal como presidente da Assembleia de Deus Madureira em Campinas, que recebeu os R$ 125 mil da empresa de Júlio Camargo.”

    “A reportagem entrou em contato com a assessoria do pastor Samuel Ferreira, que informou que ele não iria se manifestar sobre o caso. A defesa de Júlio Camargo também não quis comentar a transação.

    “A reportagem também telefonou para o celular de Eduardo Cunha, que não atendeu.”

    Leiam a matéria completa acessando site do jornal paranaense Gazeta do Povo.

    É como disse um leitor: acendem uma vela para Deus e outra para o diabo.

    • A Assembleia de Deus recebeu dinheiro de propina da Petrobras. Putz!!

      Sabemos que o Brasil está infestado de corrupção, mas DINHEIRO SUJO INDO PARAR NA IGREJA EVANGÉLICA É REALMENTE O FIM DA PICADA.

      Prestígio, dinheiro, poder, MANIPULAÇÃO, mentira, politicagem… Satanás está aplicando cada uma das ferramentas preparadas contra a AD, mas os pa$tore$ discordam!

      E os fiéis da AD, segundo o pa$tor Malafaias, não podem nem tocas nestes ungidos do senhor!

      • Padre rouba dinheiro da igreja para gastar na gandaia

         | 

        Polícia acredita que reverendo levava uma vida dupla

         

         

         

        TVC/R7

        O reverendo Kevin Gray, de 64 anos, não está com uma boa imagem perante os colegas de igreja. Ele foi preso após roubar mais de R$ 2 mil da paróquia de Waterbury, no estado de Connecticut, Estados Unidos.

        Gray gastou o dinheiro na farra. Pagou por acompanhantes masculinos, boates e roupas da Armani. 

        Segundo a polícia, o padre, em uma outra oportunidade, comprou cães e um piano e pagou para ter aulas e os cuidados com os animais, também com dinheiro sagrado. 

        A suspeita da polícia é a de que Gray levava uma vida dupla. A de padre em Waterbury e de um homem comum em Nova York. 

        Outra suspeita envolvendo o nome do padre é a de que ele teria mentido sobre ter câncer e, usando a doença como desculpa, conseguia ir à Nova York constantemente para torrar a grana.

  6. Assim diz o YHWH: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor! Jermias 17-5

    O povo quer mesmo ser enganado, confia nos homens, que criam instituições religiosas e rejeitam o messias o único pastor o único mestre. Aquele que deu a vida e o sangue não merece seu crédito?? Mas os cães gulosos o povo idolatra.

DEIXE UMA RESPOSTA