Pastor Marco Feliciano abre debate sobre trabalhos missionários em aldeias indígenas

5

Os trabalhos missionários desenvolvidos por igrejas cristãs em aldeias indígenas será o próximo tema de debate na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), presidida pelo pastor Marco Feliciano (PSC-SP).

O assunto foi levantado pelo deputado federal Pastor Eurico (PSB-PE), que se queixou da burocracia e impedimentos para que as denominações que sustentam trabalhos missionários voltado aos índios prossigam com suas atividades.

“Entidades governamentais têm impedido a continuidade do trabalho de missões religiosas, especialmente as católicas e evangélicas, nas comunidades indígenas”, afirmou Eurico.

Segundo o site da revista Carta Capital, o Pastor Eurico teria solicitado que a CDHM desse atenção para o impasse: “Cabe a esta comissão debater a melhor forma de participação dessas instituições religiosas em detrimento do que permite a legislação brasileira sobre o tema”.


O debate foi acolhido pelo presidente da CDHM, Marco Feliciano, e deverá ser discutido com mais afinco nas próximas reuniões da comissão.

Na última quarta-feira, 11 de setembro, a presidente da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), Maria Augusta Assirati, esteve na CDHM ao lado de membros do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), do Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas (CONPLEI) e da Associação Brasileira de Missões (AMTB).

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA