Livre, pastor Saeed Abedini inicia fase de transição na Alemanha para retorno aos EUA

1

O pastor Saeed Abedini, que recentemente foi liberado da prisão no Irã, está se preparando para a volta aos Estados Unidos, e vem se submetendo a um estágio de transição, enquanto aguarda questões burocráticas na Alemanha.

O deputado Robert Pittenger tem acompanhado o pastor (foto), e revelou que ele tem se saído relativamente bem, levando em consideração que passou mais de três anos na cadeia.

“Seu espírito é grande. Ele está em boa saúde física. Eu acho que ele saiu de lá muito bem, mentalmente, fisicamente, emocionalmente”, afirmou Pittenger, que é deputado pela Carolina do Norte.

De acordo com informações do Charisma News, a maior parte do tempo em que esteve preso, Abedini foi mantido em isolamento, em celas solitárias. Porém, durante os últimos seis meses, ele teria sido tratado melhor e recebido melhor alimentação. Especula-se que isto se deve à expectativa das autoridades iranianas em oferecer a liberação do pastor como parte do acordo nuclear, e eles não gostariam de devolvê-lo aos Estados Unidos más condições de saúde física e psicológica.

“Acho que os iranianos provavelmente tinham predeterminado que eles estavam se preparando para libertá-lo, de modo que cuidaram muito bem dele, eu acho que, nos últimos seis meses […] Eu acho que eles o trataram muito bem e alimentaram-no bem para se certificarem de que ele engordasse e parecesse bem”, afirmou Pittenger.

O pastor teria dito que tem buscado a direção de Deus para o seu futuro e o retorno para casa, para a família. “Ele é muito perto do Senhor, nós tivemos um momento maravilhoso de oração. Ele sente o chamado de Deus em sua vida e ele quer agradá-lo por meio de sua vida e sua família, em primeiro lugar”, relatou o deputado.

A preocupação com a família se deve ao fato de, em novembro de 2015, sua esposa, Naghmeh, ter relatado que o casal vinha tendo problemas conjugais logo antes dele ser preso, com discussões intensas.

“A realidade é que não somos heróis. Jesus é o único herói. Ele é nosso único exemplo, e nós somos pessoas quebradas com problemas”, afirmou Naghmeh à CBN News horas após a confirmação de liberação de Abedini, respondendo a uma pergunta sobre as reais condições do casamento.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA