Novela Os Dez Mandamentos 2 terá personagens e passagens não tão conhecidas da Bíblia

2

A segunda temporada da novela Os Dez Mandamentos já teve seu primeiro capítulo escrito e entregue pela autora, Vivian de Oliveira, e deverá trazer novidades à história do êxodo hebreu.

Uma das formas encontradas para enriquecer os novos 60 capítulos foi dar ênfase a momentos da jornada no deserto que não são muito lembrados, mas que fazem parte do texto bíblico.

A informação foi antecipada pela jornalista Lígia Mesquita, da coluna Outro Canal, no site do jornal Folha de S. Paulo.

“Vivian de Oliveira entregou nesta semana os dois primeiros capítulos da chamada segunda temporada de Os Dez Mandamentos (Record). A continuação do folhetim bíblico, com 60 capítulos e estreia prevista para março, terá duas fases. No total, 20 novos personagens devem entrar na trama”, noticiou Mesquita.

Ainda de acordo com a Folha, a autora “contará passagens não tão conhecidas da Bíblia na nova novela, como a rebelião de Corá”, fazendo com que a novela mostre que nem tudo era festa durante o período do êxodo: “O foco agora, diz a novelista, será a caminhada e todos os obstáculos enfrentados pelo povo liberto por Moisés até a terra prometida”, acrescentou a jornalista.

O diretor Alexandre Avancini deve iniciar as gravações em fevereiro, assim que a nova cidade cenográfica construída pela Record para essa segunda temporada estiver pronta.

A expectativa na emissora é que o público responda bem à continuação, uma vez que o final do filme “Os Dez Mandamentos” deverá funcionar como uma introdução à história que os novos 60 capítulos irão contar.

Entre os produtores e distribuidores do filme, a expectativa é que o longa-metragem alcance o topo do ranking de maiores bilheterias do cinema nacional, superando a marca de 11 milhões de espectadores, hoje pertencente a “Tropa de Elite 2”.

Shopping

2 COMENTÁRIOS

  1. Empolgada com o sucesso do filme Os Dez Mantimentos, a Hellcord e a Ma$$edo Pictures vão lançar nos cinemas a biografia do Pedir Maiscedo…

    EDIRGRANA JONES E O TEMPLO DA PEDIÇÃO

  2. Manoel
    LEVE EM CONTA ESTA PASSAGEM.
    A Oferta da Viúva Pobre

    “41. Assentado diante do gazofilácio, observava Jesus como o povo lançava ali o dinheiro. Ora, muitos ricos depositavam grandes quantias. 42. Vindo, porém, uma viúva pobre, depositou duas pequenas moedas correspondentes a um quadrante. 43. E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta viúva pobre depositou no gazofilácio mais do que o fizeram todos os ofertantes. 44. Porque todos eles ofertaram do que lhes sobrava; ela, porém, da sua pobreza deu tudo quanto possuía, todo o seu sustento.”

    Marcos 12: 41 a 44.

    Ofertar é DAR. E a viúva deu 2 leptons (O Lepton era a menor moeda grega, era feita de cobre, moeda de pouquíssimo valor) , talvez na hora de se usar esta moeda pouca coisa se faria com ela. Mas diante de Deus foi uma grande oferta. “Se o dinheiro não for teu servidor, ele será o teu mestre”

    Jesus explica o porquê:

    – Todos deram do que sobrava.

    – Ela deu tudo o que tinha para seu sustento (100%)

    Nosso dinheiro tem duas finalidades: Sustento e Semear.

    Aqui nos aprendemos 3 princípios para ofertar:

    1) Amor

    – Ninguém a mandou, dar tudo. Ela ofertou livremente.
    – examine também a passagem, onde Abraão da seu dízimo ao sr. nada foi lhe pedido, mas voluntariamente o fez.
    -veja Jacó o devolveu porque fez um voto de prosperidade segurança e saúde.
    veja Abel e Caim, Deus nunca lhes pediu ofertas, mas espontaneamente o fizeram.
    conclusão as primeiras x registrados biblicamente aparecem por fé amor, e para agradar a Deus que nada pedira.
    Porém mais tarde vendo Deus que era bom, colocou na lei para que todos pudessem usufruir desta riqueza de benção.
    OLHE O QUE DIZ DEUS
    Eis que eu envio o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim; e de repente virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais; e o mensageiro da aliança, a quem vós desejais, eis que ele vem, diz o SENHOR dos Exércitos.
    Mas quem suportará o dia da sua vinda? E quem subsistirá, quando ele aparecer? Porque ele será como o fogo do ourives e como o sabão dos lavandeiros.
    E assentar-se-á como fundidor e purificador de prata; e purificará os filhos de Levi, e os refinará como ouro e como prata; então ao Senhor trarão oferta em justiça.
    E a oferta de Judá e de Jerusalém será agradável ao Senhor, como nos dias antigos, e como nos primeiros anos.
    E chegar-me-ei a vós para juízo; e serei uma testemunha veloz contra os feiticeiros, contra os adúlteros, contra os que juram falsamente, contra os que defraudam o diarista em seu salário, e a viúva, e o órfão, e que pervertem o direito do estrangeiro, e não me temem, diz o Senhor dos Exércitos.
    Porque eu, o Senhor, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.
    Desde os dias de vossos pais vos desviastes dos meus estatutos, e não os guardastes; tornai-vos para mim, e eu me tornarei para vós, diz o Senhor dos Exércitos; mas vós dizeis: Em que havemos de tornar?
    Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas.
    Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação.
    Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.
    E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos.
    E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos Exércitos.
    As vossas palavras foram agressivas para mim, diz o Senhor; mas vós dizeis: Que temos falado contra ti?
    Vós tendes dito: Inútil é servir a Deus; que nos aproveita termos cuidado em guardar os seus preceitos, e em andar de luto diante do Senhor dos Exércitos?
    Ora, pois, nós reputamos por bem-aventurados os soberbos; também os que cometem impiedade são edificados; sim, eles tentam a Deus, e escapam.
    Então aqueles que temeram ao Senhor falaram freqüentemente um ao outro; e o Senhor atentou e ouviu; e um memorial foi escrito diante dele, para os que temeram o Senhor, e para os que se lembraram do seu nome.
    E eles serão meus, diz o Senhor dos Exércitos; naquele dia serão para mim jóias; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve.
    Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve.
    Malaquias 3:1-18
    – Era algo espontâneo, honrando a Deus e sua obra

    – Deu por amor a Deus e seu reino

    2) Fé

    – Ela deu tudo, não ficou com nada, nem para o seu sustento

    – Jesus não demonstra nenhuma pena dela. Ele sabia que a mulher estava acionando um princípio poderoso de Deus para o seu suprimento: a Fé.

    – Dar quando se tem muito é fácil. Dar do que sobra é mais fácil ainda.

    – Mas dar quando se tem necessidade exige fé.

    Este é o princípio de Deus que abre as janelas do céu Ml 3:10: “Trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, seu eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.”
    ATENTE PARA ESTES VERSÍCULO, ELES NÃO FALAM EM LEI, MAS SIM EM PRECEITOS, A LEI SÓ É LEI QUANDO EXISTE INFRATOR, PARA AQUELES QUE ANDAM CERTO, É UM PRECEITO, É COMO UMA BOA EDUCAÇÃO, É COMO DIZER OBRIGADO, DA LICENÇA, POR FAVOR, É INERENTE AO SER HUMANO EDUCADO, ASSIM NÓS CRISTÃOS NÃO TEMOS COMO LEI MAS SIM COMO UM PRECEITO A QUAL AMAM E SEGUEM SEM DOR OU SACRIFÍCIO.

    – Isto significa confiar mais em Deus do que nas riquezas.

    – É ter fé que Deus proverá o meu sustento.
    -E só por isto Abraão é considerado pai da fé e onde todas as nações da terra são benditas. AMÉM.

    3) Sacrifício

    Na bíblia o conceito de oferta está ligado à idéia de sacrifício. Não devemos ofertar a Deus o que não significa nada ou não vale nada para nós.
    -Imagine vc. ter alguém que lhe da tudo, saúde segurança prosperidade família enfim tudo, e vc, deverá dar algo para esta pessoa que lhe da tudo.
    Que daria vc. de volta para ela…
    1- a sobra daquilo que ela te teu
    2- aquilo que não te faz falta
    3- algo que não te exija qualquer esforço para lhe dar.
    Certamente até por questão de manter a mão de seu benfeitor aberta fará ou lhe dará do melhor que ele lhe deu; certamente ele continuará a te abençoar.

    – Se as nossas contribuições não nos expõem ao sacrifício, ainda não atingimos o padrão ensinado por Jesus.
    Mas o justo viverá pela fé! Contudo, se retroceder, minha alma não se agradará dele”.
    visto que a justiça de Deus se revela no Evangelho, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: “O justo viverá pela fé”. A ira de Deus contra os sem fé
    Prometem-lhes total liberdade, porém eles próprios são escravos da corrupção; porquanto, toda pessoa se torna servo daquele por quem é vencido. …
    – A viúva estava disposta a passar privações para que outros não passassem.
    Entende meu irmão, existe aqueles que usam das bençãos de Deus para encher a barriga de pernil e vinho.
    MAS HÁ AQUELES QUE TEM PRAZER NA OBEDIENCIA NOS PRECEITOS DE DEUS
    Salmos 1

    “Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido. Os ímpios não são assim; são, porém, como a palha que o vento dispersa. Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo, nem os pecadores, na congregação dos justos. Pois o SENHOR conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá.”

    Comentário – o reino de Deus é construído nas bases do amor. Sendo assim a Palavra de Deus, e também a Sua Lei, tem o objetivo de nos trazer prazer e garantir nossa qualidade de vida.
    Deus é amor e por essa razão todo o Seu reino é fundamentado no amor. As Leis de Deus refletem o Seu caráter e foram estabelecidas para proporcionar prazer, alegria e proteção ao homem. as leis ou preceitos de Deus foi dado como um presente maravilhoso que propícia intimidade com o Criador. Por outro lado, obedecer tem sido um dos maiores desafios aos cristãos, porque os coloca na contra-mão do mundo. O Senhor, em Sua misericórdia, compreende os limites humanos e as dificuldades envolvidas, e sendo assim, oferece a todos fé e poder para vencer.
    MAS PARA NÓS SERVOS DO DEUS VIVO, A ÚNICA COISA QUE FICA É…..POR FÉ POR AMOR, POR LIBERALIDADE, POR ENVOLVIMENTO COM DEUS E SUA PALAVRA.

DEIXE UMA RESPOSTA