Pastor Pat Robertson diz que dirigir acima do limite de velocidade não é pecado para Deus

6

O pastor Pat Robertson voltou a dar mais uma de suas declarações polêmicas ao dizer que dirigir acima do limite de velocidade pode ser considerado uma infração de trânsito sob as leis humanas, mas que na lei de Deus, isso é totalmente legal, desde que você não faça mal a ninguém.

A afirmação foi feita durante seu programa de televisão, em resposta a uma telespectadora que escreveu perguntando se era pecado ter um pouco mais de pressa no trânsito.

“Pat, é um pecado dirigir constantemente acima do limite de velocidade? O meu marido insiste em excesso de velocidade, mesmo quando ele não está atrasado”, questionou a telespectadora, identificada como Nora. “Nos últimos dois anos, ele tomou quatro multas por alta velocidade e nosso seguro subiu. Ele não sente que Deus se importa se ele acelerar. O que você acha?”, acrescentou.

A resposta do pastor pode não ter ajudado Nora a conseguir convencer o marido a andar mais devagar. Robertson disse que ele é um motorista que gosta de acelerar, e costumava dirigir um Corvette de 450 cavalos de potência, e agora, dirige um ainda mais potente, com 650 cavalos.


“É um pecado? Eu acho que é um pecado se machucar alguém. Eu acho que é um pecado para dirigir de forma imprudente”, disse Robertson.”Eu vejo estes palhaços tentando ser rápidos no meio do tráfego pesado. Quando eu dirijo na cidade, eu dirijo muito lentamente – a minha esposa está sempre dizendo: ‘Vá mais rápido’”, disse o pastor.

Robertson disse que se preocupa com o efeito que sua forma de dirigir pode ter sobre terceiros: “Se a sua condução põe em perigo outras pessoas, você está pecando, não há nenhuma dúvida sobre isso. Mas, em um trecho de estrada aberta, você vai ao Texas, acho que algumas áreas não há limite de velocidade”, ilustrou.

Perguntado se poderiam ser parados por policiais, o pastor brincou: “Eles não vão nos pegar. Nós estamos em uma missão de Deus”, disse.

Assista:

Assine o Canal

6 COMENTÁRIOS

  1. HAHAHAHAHAAH
    que pidada

    Esses pastores são verdadeiros PALHAÇOS .
    Como esse cara pode afirmar o que é pecado e o que não é ?? ???
    Se acha intermediário de Deus na terra ??

  2. Eu acho que é um pecado para dirigir de forma imprudente”!

    mas excesso de velocidade não é imprudência?

    colocar uma arma na cabeça para fazer roleta russa só seria imprudência se for na cabeça de outra pessoa?

  3. Dirigir perigosamente, é o mesmo que sair dando tiros em todas as direções, sem se preocupar com o destino final das balas.
    Acho que ele nunca perdeu algum conhecido em um acidente de trânsito.

  4. Concordo com esse pastor.

    Comparar dirigir rápido com roleta russa é insensatez. Roleta russa é uma brincadeira imprudente. Dirigir rápido muitas vezes é necessidade. Quem disse que dirigir acima da velocidade da placa pode causar danos ao próximo? Muitas vezes essas placas foram mau feitas e mau calculadas. Basta usar o bom senso e dirigir sempre pensando no próximo, como Jesus faria.

    Dever satisfações às autoridades é apenas para que se tenha “vida mansa sobre a terra”. É óbvio, se você irar o rei você vai sofrer punições. Da mesma forma, se dirigir rápido deve estar preparado para receber multas. Mas, isso não é necessariamente um pecado contra Deus.

    Esse tema nem deveria ser debatido de tão simples que é.

  5. Todo aquele que serve a Deus deve respeitar as leis, desde que elas não entrem em contradição com a “Lei de Deus”, ou seja, desde que a lei dos homens não te faça pecar (por exemplo, se o Rei cria uma Lei te obrigando a negar seu Deus, ou a praticar idolatria ou qualquer prática abominável a Deus, deve antes obedecer a Deus e sua Lei do que ao homem):

    “Dizendo: Não vos admoestamos nós expressamente que não ensinásseis nesse nome? E eis que enchestes Jerusalém dessa vossa doutrina, e quereis lançar sobre nós o sangue desse homem.

    Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens”. (Atos 5:28-29).

    Mas quanto ao resto, devemos sim ser obedientes à lei do país, até mesmo para sermos exemplos de cidadãos, e para com uma postura irrepreensível e justa honrarmos a Deus e a Congregação:

    “Toda a alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus”. (Romanos 13:1).

    “Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fosse dada” (Mt 22:37).

    “Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor; quer ao rei como soberano; 14 quer às autoridades como enviadas por ele , tanto para o castigo dos malfeitores, como para louvor dos que praticam o bem. 15 porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos; 16 como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus. 17 Tratai a todos com honra, amai aos irmãos, temei a Deus, honrai ao rei.

DEIXE UMA RESPOSTA