Internacional

Pastor Pat Robertson diz que dirigir acima do limite de velocidade não é pecado para Deus

Comments (6)
  1. Dennis disse:

    HAHAHAHAHAAH
    que pidada

    Esses pastores são verdadeiros PALHAÇOS .
    Como esse cara pode afirmar o que é pecado e o que não é ?? ???
    Se acha intermediário de Deus na terra ??

  2. Cláudio Ferreira disse:

    Era melhor ele ter respondido o que Jesus respondeu sobre pagar tributos a César.

  3. Torreal disse:

    pecado soh eh pecado quando os outros cometem…

  4. Gilson disse:

    Tem muita gente levando Deus e a vida de fé na brincadeira. Deus é justo e não só misericordioso. “Aquele me me negar diante dos homens”…

  5. nosferatu disse:

    Eu acho que é um pecado para dirigir de forma imprudente”!

    mas excesso de velocidade não é imprudência?

    colocar uma arma na cabeça para fazer roleta russa só seria imprudência se for na cabeça de outra pessoa?

  6. Alexandre disse:

    Dirigir perigosamente, é o mesmo que sair dando tiros em todas as direções, sem se preocupar com o destino final das balas.
    Acho que ele nunca perdeu algum conhecido em um acidente de trânsito.

  7. Thiago disse:

    Concordo com esse pastor.

    Comparar dirigir rápido com roleta russa é insensatez. Roleta russa é uma brincadeira imprudente. Dirigir rápido muitas vezes é necessidade. Quem disse que dirigir acima da velocidade da placa pode causar danos ao próximo? Muitas vezes essas placas foram mau feitas e mau calculadas. Basta usar o bom senso e dirigir sempre pensando no próximo, como Jesus faria.

    Dever satisfações às autoridades é apenas para que se tenha “vida mansa sobre a terra”. É óbvio, se você irar o rei você vai sofrer punições. Da mesma forma, se dirigir rápido deve estar preparado para receber multas. Mas, isso não é necessariamente um pecado contra Deus.

    Esse tema nem deveria ser debatido de tão simples que é.

  8. Valhim disse:

    Todo aquele que serve a Deus deve respeitar as leis, desde que elas não entrem em contradição com a “Lei de Deus”, ou seja, desde que a lei dos homens não te faça pecar (por exemplo, se o Rei cria uma Lei te obrigando a negar seu Deus, ou a praticar idolatria ou qualquer prática abominável a Deus, deve antes obedecer a Deus e sua Lei do que ao homem):

    “Dizendo: Não vos admoestamos nós expressamente que não ensinásseis nesse nome? E eis que enchestes Jerusalém dessa vossa doutrina, e quereis lançar sobre nós o sangue desse homem.

    Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens”. (Atos 5:28-29).

    Mas quanto ao resto, devemos sim ser obedientes à lei do país, até mesmo para sermos exemplos de cidadãos, e para com uma postura irrepreensível e justa honrarmos a Deus e a Congregação:

    “Toda a alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus”. (Romanos 13:1).

    “Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fosse dada” (Mt 22:37).

    “Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor; quer ao rei como soberano; 14 quer às autoridades como enviadas por ele , tanto para o castigo dos malfeitores, como para louvor dos que praticam o bem. 15 porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos; 16 como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus. 17 Tratai a todos com honra, amai aos irmãos, temei a Deus, honrai ao rei.

  9. Marco disse:

    É issi ai mano esse texto tira qualquer duvida, de palavra de Deus esse Pasto não entende nada

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *