Destaque

PL 29 – Canais evangélicos podem ser retirados da TV por assinatura brasileira

Comments (35)
  1. É tem gente grande incomodados com a audiência dos programas evangélicos,ai a chiadeira é inevitável.

  2. monika disse:

    vamos ver no que vai dar….
    afinal, política é política.

  3. Celso disse:

    Em ano de eleição tudo pode acontecer.

  4. Welligton disse:

    Tem q tirar mesmo!!!! Chega desse povo arrumar mios de pedir dinheiro!!!!!!!!! Chegaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…….

  5. Elton disse:

    Welligton seu comentario é horivel e se odeia o cristianismo o que faz em um site cristão?

  6. evankut disse:

    ora,ora
    Se isso não a mão o anti-cristo é a mão do capeta mesmo, pois canais pornograficos tem bastante esse pode ?
    Não posso aceitar se eu estou pagando para assistir por que não posso escolher?
    é mole?

  7. reinaldo disse:

    A TV paga está em melhoria contínua, enquanto a TV aberta está cada vez pior.

  8. Clark disse:

    Primeiro querem nos colocar uma mordaça gay…agora querem coibir o acesso do povo ao evangelho… É … é o fim dos tempos mesmo.

    Notícias do futuro: “Aprovada por unanimidade Lei que condena a pena de morte quem anunciar ou proferir a fé em Jesus Cristo”.

    Só espero não estar vivo até lá.

    Abraços…

  9. Charles disse:

    Se for prá ter canal de tv pra incentivar o ódio e preconceito tem que tirar mesmo, assim como falar mal de outras igrejas, ou pedir doações milionárias como faz o Silas Malacheia e comprar um avião de 20 milhões.
    Audiência? Esse pastor está mal informado, a audiência de programas evangélicos não dá um ponto no ibope, nem em canal aberto.

  10. Frank disse:

    Esse governo está dando sinais de censura, como é na Venezuela, se essa Dilma ganhar isso aqui vai virar uma ditadura comunista.Cada um assiste o que quer na TV, não se pode obrigar as TVs produzirem o que o governo quer.Ele já tem o Canal Brasil que ninguém quer assistir e custou milhões de reais, agora quer obrigar os outros a seguirem sua ditadura da mídia.Espero que o Serra ganhe.

  11. Welligton disse:

    Ora, ora caro Elton, bem, espero responder sua pergunta: O que faz num site “cristão”? Bem, faço o que todos fazem ” comentários “.Só isso!!! Sim! E dar mídia ao site, para que os anunciantes vendam seus produtos meu caro. O que mais esperavas dos internautas num site ” cristão “? Além de opinar na vida dos outros, ficamos sabendo das maracutais como de: Silas Malafai, Valdemiro Santiago, os pastores com armas contrabandeadas, enfim, tudo sobre o mundo gospel meu caro! E em nenhum momento citei a palavra “ódio” nos meus comentários, a não ser agora. Sou cristão de ” corpo e alma “. Apenas não concordo com as ideologias mascaradas. Bem, espero ter respondido sua questão.
    Ok?
    Abraços e que Deus de ilumine meu caro.

    O que é ser cristão

    O latinizado termo grego Christianos, encontrado apenas três vezes no Novo Testamento, designa os seguidores de Cristo Jesus, os exponentes do cristianismo. — At 11:26; 26:28; 1Pe 4:16.

    “Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” (At 11:26) É possível, então, que este nome já fosse usado desde 44 d.C., quando ocorreram os eventos que cercam este texto, embora a estrutura gramatical desta frase não necessariamente indique isso; alguns acham que foi um pouco mais tarde. De qualquer modo, por volta de 58 d.C., na cidade de Cesaréia, o termo era bem conhecido e usado até mesmo por autoridades públicas, porque, naquela época, o Rei Herodes Agripa II disse a Paulo: “Por pouco me persuades a me fazer cristão.” — At 26:28.

  12. Luis Claudio disse:

    Cristãos uni-vos. Acordem!
    Efésios 5:14 Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.

    Tiago 4.1 De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?

    9 Senti as vossas misérias, e lamentai e chorai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo em tristeza.
    10 Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.
    11 Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz.

    Lucas 9
    49 E, respondendo João, disse: Mestre, vimos um que em teu nome expulsava os demônios, e lho proibimos, porque não te segue conosco.
    50 E Jesus lhes disse: Não o proibais, porque quem não é contra nós é por nós.

    AQUELE QUE NÃO UNE SEPARA, ACORDEM IGREJA ! ACORDEM IGREJA!
    Efésios 5:14 Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.

  13. Justino Hermes Cansaver disse:

    Esse weligton deve ser adepto de seitas satanicas,por isso e’ contrario a tudo o que e’ do bem, e esta’ aqui tentando jogar contendas entre os irmaos.DEUS odeia lingua mentirosa,olhos altivos,maos que derramam sangue inocente e os que proferem falsos testemunhos. Esse filho do diabo e’ daqueles que deve asssistir a tudo o que e’ de pornografia que ha nestes canais abertos.Cuidado com as tuas ofensas aos evangelicos, o nosso DEUS nao dorme!

  14. Welligton disse:

    HEHEHEHEHE….. HILÁRIO JUSTINO SEU COMENTÁRIO! HEHEHEHE….. SEU SENSO DE HUMOR TÁ EM ALTA! HEHEHEHEHE…… MAS DIGO UMA COISA: VC ACABA DE CONCORDAR COM MEU COMENTÁRIO CARA! OLHA GARARNRO A VC QUE NÃO PERTENÇO A NENHUMA SEITA CARA! ISSO EU TI GARANTO. TÁ VENDO VC, MALHANDO O PAU EM UMA PESSOA QUE NÃO PODE SE DEFENDER, OLHANDO OLHO NO OLHO! AGORA SE VC CONSEGUIR ATRAVESSAR A ATLANTICO, DAÍ SIM PODEMOS DEBATER!
    ABRAÇOS JOVEM!!!! FICA COM DEUS….

  15. Luis disse:

    QUEM SABE SE ARRANCAREM A GENTE DA “COMODIDADE” DAS TELINHAS, NÓS NÃO ACORDAMOS E VAMOS CUMPRIR O IDE PESSOALMENTE QE JESUS MANDOU !

    VAMOS AGUARDAR

  16. ezequiel Paciencia disse:

    Quase todos os seriados e filmes trazem conteúdo religioso. O que eles tem nos ensinado é a bruxaria! Cadê a leis??? Tandas fadas e gnomos, discos voadodores! Está cada vez + provado que um espíto de mentira haje na telinha!

  17. reinaldo disse:

    Wellington vai acostumando, tem uns comentários engrassadíssimos, eu me divirto com alguns.

  18. luiz cledio disse:

    Nata 10, para o comentário do “Luis”

    shalon

  19. Welligton disse:

    Pois é! Mta gente não sabe o q é : Liberdade de expressão!!!

  20. reinaldo disse:

    O mais engaçado são os argumentos e acusações sem sentido e sem fundamento, não sei de onde tiram tanta besteira. Eh Justino você não tem jeito mesmo.

  21. Raphael disse:

    Vamos orar para que os programas evangélicos que pregam a verdade não saiam do ar.

  22. reinaldo disse:

    Nããããããããããããããoooooo !!!!!!!!!!!!

  23. Celso disse:

    Welligton disse em outra notícia:

    “Agora sim!!!!! A bíblia ordena que os “crentes” devem fuder apenas em casa? Meus deus!!! Que prova que os antepassados só fudiam nas suas casas???”

    Welligton diz nessa notícia:

    Sou cristão de ” corpo e alma “.

    Posso estar sendo “chato” mas creio que comportamento cristão deve ser testemunho para alcançar as vidas.

  24. Fernando disse:

    Nós que Somos Do senHor temos que se unir.. e não ficar discutindo coisas em Vão !

  25. Carlos Roberto disse:

    ALELUIA!!!

    A minha oração é para que esta proposição seja votada e aprovada logo, chega desta carnificina religiosa onde as pessoas são assassinadas com programas ditos “EVANGÉLICOS”, mas que não passam de programas de “ARRECADAÇÃO DE FUNDOS” para sustentar impérios religiosos numa desmoralização sem precedentes do Evangelho de Jesus Cristo.

    A “INDUSTRIA DA FÉ”, usando de meios ilícitos para arrecadar fundos, encontrou na televisão a “GALINHA DOS OVOS DE OURO”. Na base da venda de milagres, curas, indulgências e até de vagas no céu os emprresários da fé conseguém levantra fortunas que pouquíssemas empresas no Brasil consigam, trabalhando honestamente. Os “MERCENÁRIOS”, sabendo que a lei está favorável à liberdade religiosa, aproveitam para expandir os seus reinados, para isto usam e abusam da fé do povo, transformando gente em verdadeiros palhaços. Os picadeiros não tem publico nas suas cadeiras, tem palhaços que aplaudem e ovacionam os animadores de auditório.

    Como disse, é melhor tirar estes picaretas doar do que permitir que a desmoralização do evangelho continue, causando estragos irreparáveis para milhares de pessoas, que por desinformação, recorrem a estas EMPREJAS S/A na expectativa de verem os seus problemas solucionados.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  26. daniel disse:

    é bom nós oramos para DEUS colocar bons políticos e a responsabilidade ta muito em nossas mãos porque somos quase 30% da população brasileira então pense bem e ore muito em quem vota.

  27. Carlos Roberto disse:

    daniel,

    São sim 30% de “EVANGÉLICOS”, pois qualquer um pode se declarar assim, agora “CRISTÃO VERDADEIRO” comprometido sinceramente com CRISTO, a coisa cai para 1%, se chegar a isto. Então, devagar com o andor que o santo é de barro… Eta hitória de somos isto ou auilo precisa respitar alguns critérios estabelecidos na Bíblia.

    E é ai que a coisa pega, crente tem com sobra no mercado da fé, agora, CRISTÃO, ai a coisa fica feia, o bicho pega prá valer… Este produto está cada vez mais escasso, e provavelemte estará em extinção logo logo, o predador Satanás está levando a melhor neste negócio.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  28. Welligton disse:

    Celso, disse que era cristão e não evangélico ( crente lunático )!

  29. Carlos Roberto disse:

    ESTOU COM O CELSO!!!

    Evangélico ou cristão?
    UMA QUESTÃO DE ESCOLHA

    “…Porque eu não me envergonho do evangelho… mas, de ser evangélico”
    Romanos 8:16

    Hoje, após anos caminhando no meio do cristianismo e sendo tratado como “evangélico”, depois de sofrer com o descaso e com a sujeira que se instalou no meio religioso, diante da exploração imoral da fé e de pessoas, das decepções que acumulei nestes últimos tempos com a igreja, tomei uma decisão importante para a minha vida espiritual. Para tanto me debrucei sobre a Bíblia e, criteriosamente, analisei todos os fundamentos que definem o comportamento de alguém efetivamente comprometido com os ensinos de Jesus. Li com exaustão Atos dos Apóstolos, para só depois tomar a decisão que achei a mais sensata diante do quadro que se instalou no meio religioso. Assim, deixei de ser mais um “evangélico” e decidi ser “cristão assumido”. Você pode estar pensando que é tudo a mesma coisa, que não há qualquer diferença nas duas expressões, mas apesar de se assemelharem, definitivamente não há como serem associadas. Não da forma como pregam por aí nos transatlânticos da fé ancorados em quase todas as esquinas das cidades ou nos supermercados religiosos que vivem abarrotados de pessoas à procura de novidades. Aliás, vale salientar que os discípulos foram, em Antioquia, reconhecidos como “cristãos” e não como “evangélicos”. – Atos 11:26

    Você pode estar me chamando de maluco ou desinformado, pode estar me considerando um herege, um rebelde frustrado, mas diga-me, quem são os “evangélicos” hoje? Que atributos credenciam alguém ao titulo de ser “evangélico”? Sugiro que você, antes de um prejulgamento contra a minha pessoa, faça uma lista contendo “um” nome de expressão no Brasil, no seu estado ou em sua cidade, de alguém que você considera evangélico, pessoa que esteja ligada à política, meio empresarial, educação, saúde ou órgão do governo. Não vou exigir muito, estes me servirão como base para a minha tese. Vamos continuar o exercício, agora me diga, dos nomes que você listou, em qual desses setores você pode dizer, com todas as palavras, que “põe a mão no fogo” pelo indicado? Para qual dos escolhidos você seria capaz de ir aos tribunais defendê-lo na sua conduta como “evangélico”? Se a lista fosse minha, nenhum! E olha que não estou sendo radical, apenas sincero. É isto mesmo, a banalização do evangelho, com práticas construídas sobre interesses denominacionais e não sob as ordenanças Divinas, me dão sustentação suficiente para fundamentar os meus argumentos e a minha defesa. Cansei de ver raposa tomando conta de galinheiro.

    Obviamente que existe ainda um grupo de pessoas com boas intenções, gente que de alguma forma busca viver o que prega, que ainda acreditam na propagação do Evangelho como único instrumento capaz de satisfazer aos anseios do coração e da alma do homem. Louvo a Deus por estes que ainda resistem bravamente às investidas de satanás contra a igreja de Cristo e espero que não desistam de seus objetivos. Pena que sejam pouquíssimos!

    Já ao final de seu ministério, Charles Spurgeon* escreveu uma série de artigos intitulados “O Declínio”, onde ele estava advertindo a igreja de seus dias, lá no passado, quanto ao fato de que o cristianismo estava em declínio e, o que era pior, o ímpeto de descida parecia estar vencendo todas as tentativas de conter esta decadência. Os líderes cristãos estavam se tornando mundanos, espiritualmente frios e tolerantes aos erros doutrinários. Isso acontecia em tal nível, que Spurgeon tinha receios de que a igreja perderia completamente o seu testemunho. Infelizmente, a previsão de Spurgeon se tornou em realidade insofismável hoje. A igreja está indo ladeira abaixo passando por cima de todos os conceitos estabelecidos para ela um dia, por Cristo Jesus.

    Lamentavelmente o que vemos, é muito mais gente que usa do titulo de “evangélico” para se esconder, para se auto-promoverem, para ganharem um bom dinheiro, contrariando com comportamentos condenáveis o que na verdade significa ser “evangélico”. O rotulo, mesmo falsificado, neste caso enseja confiança aos desavisados. Para onde foram os bons costumes? Onde está o senso de moral? O mundo encontra-se hoje numa situação vergonhosa e desesperadora, no entanto, os seus habitantes não têm vergonha do que fazem ou dizem e muitos encontraram na religião um lugar seguro para agirem sem serem incomodados.

    Me envergonho do evangelho ao ligar a televisão e ver homens inescrupulosos negociando com a fé das pessoas, ao saber que na frente das telas da TV há muitos pobres evangélicos aprovando e até contribuindo com tudo que é mostrado ali, ao ver o comércio da fé sendo explorado livremente nas igrejas eletrônicas, onde vende-se de tudo, ao ver a religião evangélica fazendo parcerias indissolúveis com o inimigo; ao ver líderes atrelados, andando de mãos dadas com o diabo na maior naturalidade. Me envergonho ao ver homens mudando a verdade de Deus em mentiras, honrando e servindo mais a criatura do que ao Criador. Quanto dinheiro jogado fora nas fossas podres da religiosidade permissiva, nociva à sociedade e à vida espiritual. Quanta vergonha! Vergonha acompanhada por um misto de indignação e revolta, pois mesmo com todo o meu protesto e o meu esforço, percebo que a coisa caminha num retrocesso acelerado rumo a um abismo espiritual intransponível.

    Me cansei de carregar na testa o rotulo de evangélico. São todos iguais, afirmam as pessoas, colocando todo mundo num mesmo patamar, misturando joio e trigo em um só saco. Justos e pecadores, sérios ou não, todos sem distinção estão, pelas palavras da sociedade, confessando e comungando comportamentos religiosos semelhantes. Os “evangélicos”, lamentavelmente são os que mais enganam, os que faltam com a honra da palavra, os que difamam, subjugam pessoas, envolvem-se em escândalos espreitam a derrota, inclusive, dos próprios “irmãos da igreja”, são os que mais se divorciam segundo dados, os que mais sabem apontar o indicador de condenação, os que matam o amor pregando o amor. Cansei-me dos chavões, dos sermões e palavras construídas sob encomenda, pois de nada adianta falar do amor de Deus enquanto pessoas, do lado de fora dos templos, estão sem entender o barulho que se faz lá dentro.
    Do outro lado, o que vemos, no entanto, são pessoas simples dividindo o pouco que têm, com seus semelhantes sem ter nenhuma denominação religiosa por trás, enquanto muita gente que diz ser “servo de Deus”, e até se orgulham disto, com tudo que precisam e mais alguma coisa, com todos os pressupostos de felicidade à disposição, gente de triunfo, de sucesso, que pouco ou nada fazem, mesmo tendo muito mais do que precisam para viverem uma vida tranqüila. São os “cristãos” que não abrem mão de um centavo para socorrer o próximo. SOCORRER!!! Não dar uma esmola ou um trocado para um prato de comida. A tal compaixão, é osso duro de roer para os crentes em Jesus Cristo, desta forma os pobres continuarão pobres, e isto é problema deles, e os crentes continuarão crentes, crendo numa religiosidade sustentada na “caridade” e não no “amor verdadeiro ao próximo”. Um marmitex eu dou, mas…

    A ideologia do “ensinar a pescar”, é a mais pregada e ensinada nos meios cristãos, todos parecem entender tudo e mais um pouco de pescaria. Quando Jesus ordenou aos seus Discípulos que lançassem as redes ao mar, ele não estava ensinando a pescar, ele já havia providenciado os peixes e apenas orientou aqueles homens de como deveria proceder para obterem sucesso. Ele poderia ter feito perguntas como: Vocês já tentaram isto? E aquilo? Já verificaram se a rede está furada? Mas, Jesus não se deixou levar pelas circunstâncias, ele foi ao âmago da questão, os peixes que, por alguma situação de momento, havia se dispersado daquele lugar. Ele poderia ter dado uma aula de pescaria, de manutenção de barcos, poderia até ter contado “causos”, mas se os homens buscavam peixes, deu-lhes o que procuravam.

    Ser “evangélico” está na moda, ser “cristão” não. O primeiro é bonito, é moderno, é diferente, é místico, é favorável e em alguns casos dá status. O segundo, pelo contrário, não atrai pelas exigências de fidelidade e comprometimento sincero com princípios que poucos estão dispostos a arcarem com o peso que eles colocam sobre os ombros. Basta só dar uma espiadinha na lista de artistas, de jogadores e de políticos que se declaram “evangélicos” todos os dias… Ter um destes sujeitos no rol de freqüentadores da igreja pode render bons lucros. Coloca a igreja em evidência na sociedade e até na mídia, já que com o evangelho que ela prega isto é impossível. Quanta hipocrisia! Quanta enganação!

    Por tudo que relatei acima, tomei a decisão sensata de abandonar a fachada de “evangélico”, para ser apenas “cristão”. Decidi viver bem com Deus, sem, no entanto, fazer propósitos irracionais, sem viver na alienação dos temores, sem ser forçado à obediência a líderes que intimidam e não pregam o Evangelho. Decidi ser mais espiritual, mais humano, mais emocional, mais racional, mais sensível. Decidi ainda a abandonar a religiosidade vazia fundamentada em formas e resolvi correr atrás de conteúdo, algo que preencha todos os vazios do meu coração e da minha alma. Quero ser cheio de compaixão, exprimir amor na sua profundidade e na sua extensão, quero entender o sofrimento alheio. Quero, simplesmente, ser “cristão”.

    “Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que não vêem, porque as que se vêem são temporais, e as que não se vêem são eternas”
    II Coríntios 4:18

    * Charles Haddon Spurgeon, foi um pastor batista britânico, que

    Carlos Roberto Martins de Souza

  30. daniel disse:

    carlos roberto eu concordo com você e são os evangelicos que mais atrapalha na obra de Deus a exemplo de muitos famosos que se dizem evangélicos e muitos veem na vida deles como muito é o mundo; então vamos orar para DEUS colocar verdadeiros guerreiros de DEUS , seja qual for a circustancia .

  31. lurdinha disse:

    por isso é importante termos politicos comprometidos com a palavra de Deus .

  32. Maria disse:

    Fiz minha assinatura Sky só por causa da RIT e da TV Novo tempo (moro no interior do Pará). Se cancelarem, vou assinar a Via embratel que é mais barato.

  33. henrjk disse:

    Para esses canais ditos “evangelicos” não continuarem na tv por assinatura é muito simples: basta pararem de contribuir com esses “telepastores” e o problema estará solucionado.
    Como foi dito na matéria acima, esses “telepastores” pagam para serem exibidos e não é pouco dinheiro.

  34. mms disse:

    Chega de ladroagem mesmo. Esses programas são uma afronta a ética do brasileiro. Onde já se viu só sabem pedir dinheiro e mais dinheiro. Chega de dar dinheiro para pastores gastarem com viagens, mulheres, carros e casas de luxo.

  35. Sou contra a retirada, vc está pagando e tem o direito de escolher. Onde está a tolerância e os direitos individuais tão difundidos ultimamente, liberdade pra isso, pra aquilo?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *