Missão Portas Abertas divulga novo ranking dos países que mais perseguem cristãos no mundo

3

A Missão Portas Abertas divulgou o novo ranking dos piores países na questão da perseguição a cristãos em todo o mundo.

A edição 2013 da World Watch List (WWL) traz a Coreia do Norte no topo, sendo o país que proíbe a prática do cristianismo em todas as esferas da vida: pessoal, familiar, comunidade, congregacional e público.

Na Coreia do Norte, considerada o país mais fechado do mundo, por especialistas em diversas áreas, a perseguição ao cristianismo é tão intensa, que apenas a posse da Bíblia é suficiente para uma pena que pode variar de prisão até sentença de morte.

De acordo com o site WND, no caso de uma condenação à prisão por posse da Bíblia, o cidadão condenado é enviado a um campo de trabalho forçado, e as três próximas gerações de sua descendência também são condenadas igualmente.


Os países que acompanham o top 5 da lista de maiores perseguidores são formados por população majoritariamente muçulmana: Arábia Saudita, Afeganistão, Iraque e Somália.

A lista possui 50 países que exercem perseguição a cristãos e que merecem atenção especial, de acordo com a Portas Abertas.

A agência de notícias Reuters informou, baseada no relatório da Missão Portas Abertas, que no mundo todo, o número de países que registram alguma espécie de perseguição é maior: “Há mais de 65 países onde os cristãos são perseguidos”.

No site em português, a Portas Abertas divulgou um apelo para que a comunidade cristã se uma em intercessão pela igreja perseguida: “Enquanto trabalhamos nessas publicações, junte-se a nós em oração: dedique um tempo de estudo sobre a lista que já divulgamos e desafie-se a interceder por cada um dos 50 países citados, para que os cristãos perseverem na fé em Cristo e para que, através de seus testemunhos, outras vidas sejam alcançadas. Somos um com eles”.

Confira abaixo, o novo ranking do WWL divulgado pela Missão Portas Abertas:

Pasta1

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

3 COMENTÁRIOS

  1. O que me deixa chateado é que no Brasil o cristão não sabe o que perseguição e aproveita para viver um evangelho descompromissado, se chove nao vai à igreja, se faz frio não vai á igreja, se esta calor , não vai à igreja, se achou que a palavra foi pra ela, deixa de ir á igreja, enquanto homens e mulheres estão servindo a Cristo em meio ao fogo da provação e tendo mais paz do que muitos aqui. Homens dos quais o mundo não é digno e se fazem nuvem de testemunha através das suas obras por amor a Cristo.

  2. achei interessante o $ilas não comparecer na cerimônia e ao invés de enviar um familiar, enviou como seu “representante” um candidato a “De pu tado” Federal que ele já demonstrou apoio…

    pra mim.. só a demonstração de apoio político inclusive por parte da camara municipal ao candidato e uma maneira de promover o candidato com dinheiro público, já que a “homenagem” foi na camara municipal…

DEIXE UMA RESPOSTA