Malafaia e líderes religiosos criticam a indicação de Roberto Barroso para o STF: “Princípios contrários aos nossos”

25

A indicação feita pela presidente Dilma Rousseff (PT) do advogado constitucionalista procurador do Estado do Rio Luís Roberto Barroso, 55, para o Supremo Tribunal Federal (STF) tem causado polêmica entre líderes religiosos.

Barroso é conhecido por ter defendido o ex-ativista político italiano Cesare Battisti e também por ter entre as causas que já defendeu no próprio Supremo a equiparação das uniões homoafetivas às uniões estáveis convencionais e a pesquisa com células-tronco aborto de anencéfalos, assuntos controversos no meio religioso.

– As uniões homoafetivas são fatos lícitos e relativos à vida privada de cada um. O papel do Estado e do Direito, em relação a elas como a tudo mais, é o de respeitar a diversidade, fomentar a tolerância e contribuir para a superação do preconceito e da discriminação – escreveu o advogado, em parecer sobre a causa gay.

A rejeição à escolha de Barroso vem de diversos grupos religiosos, e de várias vertentes e crenças.


O advogado Paulo Fernando, do grupo Pró-Vida, ligado à Igreja Católica, se manifestou contra a indicação feita pela presidente, afirmando que buscaria apoio especialmente de parlamentares ligados aos segmentos religiosos para fiscalizar Barroso.

– Vamos fazer uma espécie de dossiê com todas as declarações dele sobre os assuntos que nos são caros. Dificilmente o nome dele será derrubado, mas ele precisa saber que estamos de olho afirmou Paulo Fernando.

A escolha de Barroso para o STF foi recebida com críticas também entre os evangélicos. O pastor Silas Malafaia, líder da igreja Assembleia de Deus Vitoria em Cristo (ADVEC), comentou a indicação afirmando se tratar de um indicativo para os evangélicos acerca dos valores defendidos pela presidente que, segundo ele, contrastam com os valores evangélicos.

– É importante o povo evangélico ver as convicções ideológicas da presidente da república. Não adianta durante o período eleitoral aparecer na foto com pastores – afirmou Malafaia, que disse ainda que “nós, evangélicos, temos que amadurecer no processo eleitoral e exercer a nossa cidadania aqui na terra como o próprio Jesus falou, com inteligência e justiça”.

– Como podemos votar em alguém onde a sua pratica sinaliza seus princípios que são totalmente contrários aos nossos? O advogado indicado para a mais alta corte no país defende o aborto e a causa gay. Assim como a presidente tem o direito de fazer esta indicação, nós temos o direito de dizer com o nosso voto que não concordamos com esta ideologia. – completou o pastor.

Por outro lado, o nome do constitucionalista agradou aos ativistas gays, que o consideram “maravilhoso aliado da dignidade humana”.

– Foi a melhor pessoa para a nossa comunidade – diz texto de Toni Reis, secretário de Educação da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.

A escolha foi também comentada pelo jornalista Reinaldo Azevedo, colunista da Veja, que afirma que “ao nomeá-lo, Dilma certamente procurou dar uma resposta àquilo que as esquerdas chamam “onda conservadora no Brasil”.

– Barroso atuou ainda em favor da pesquisa com células-tronco embrionárias, união civil de homossexuais e do aborto de anencéfalos. Estivéssemos nos EUA, ele seria apontado como “um liberal”, segundo o vocabulário que se emprega lá. Aqui, o sinônimo é “esquerda”, eventualmente “progressista” na novilíngua que se passou a usar por aí – destacou Azevedo.

Por Dan Martins, para o Gospel+

25 COMENTÁRIOS

  1. Barroso é um dos maiores constitucionalistas vivos NO MUNDO, a melhor indicação da década para o STF. Entretanto para pessoas que estudaram por anos a Bíblia Sagrada mas nunca gastaram 5 minutos de suas vidas lendo alguma obra de Direito Constitucional, não é um bom nome…

    Por favor pessoal. Vamos estudar a Bíblia? Sim! Vamos ler outras obras evangelizadoras? Sim!
    Mas vamos estudar um pouquinho de outros assuntos também. O Direito Constitucional é interessante, porém dificílimo, requer muita dedicação. Mas com alguma leitura entenderemos o suficiente para não precisarmos seguir opiniões esdrúxulas e maniqueístas como a dos citados nas reportagens.

    Como poderemos ser levados a sério na sociedade com opiniões ingênuas e (digo com muito pesar) ignorantes como essas? Vamos estudar! Chega de papel de bobo!

  2. indicado pelo pt, esperamos corrupção olhos fechados para falta de decoro e a pl 122 votado no ministério da justiça assim como fizeram com o casamento gay e adoção, assassinato assistido eutanasia, e assassinato de indefeso anencefalos, tem mais é que chiar, alguém sem temor de DEUS e a favor dos gays…..

    • Quem está envolvido em corrupção é a sua bancada evangélica o retardado, envolvida não, atolada até o pescoço.

      Esse barroso tem um caráter que você e a sua turma (evanjegua) não tem e nunca vão ter.

      Morre Invejoso!

      • mensalão diz algo a voce
        lei do casamento gay te diz algo
        adoção de crianças por gay sabe alguma coisa
        assassinato de indefeso anencefalo
        assassinato assistido eutanasia
        gays na mesma lei do racismo
        dinheiro vem da onde para comprar a bancada evangélica
        corruptos e corruptores tudo farnha do mesmo saco e quem paga a conta eu e voce… defender a ou b é dar tiro no próprio pé..

  3. não tenho duvidas que ele é um profissional competente. entretanto este senhor é declaradamente a favor do assassinato de crianças indefesas (ABORTO). E uma pessoa que é a favor do aborto não é exemplo,a ser seguido.outro sim,foi Barroso e Luís eduardo greenhalgh que atuaram em favor do TERRORISTA CESARE BATTISTI. Barroso faturou a causa por um voto,e o Brasil ficou com um bandido a mais à solta.mas como a senhora Dilma tem o direito de indicar,eu tenho o direito de Lamentar !!!

  4. Antigamente, antes do governo Petista, somente quem tinha “notável saber jurídico” poderia ser ministro do STF, hoje em dia, basta ser advogado defendendo interesses do PT como Dias Toffoli… a coisa virou piada!

  5. Eu já aconselhei ele e o Simas a procurarem urgentemente um psi. Acho que a essa altura não adianta mais. De Simas ouví dizer que tem 75 anos, e, não pela idade, mas pelos pensamentos, podemos dizer que já aizheimou.
    Pelo nome, Dante deve ter menos, mas na loucura se assemelham.

  6. O pastor Silas Malafaia, não tem procuração para representar o povo evangélicos não, ele deve falar por si só, mesmo porque este é o Reino dele, que ele diz que Jesus mandou ele se preocupar. Mas eu não encontrei o Senhor Jesus nos mandando se preocupar com governo mundano nem com suas escolhas e mentiras…. o que Jesus nos ensinou é que o Reino D’Ele não é desse mundo e nem o dos discípulos pois assim diz a sua palavra:

    36 Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui.

    E também…
    Vós não são do mundo, como eu do mundo não sou. Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo” (João 17:14–18).

    “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tiago 4:4).

    Isso sim é o que Jesus nos ensinou, e não se envolver na politica mentirosa com preocupações de quem vai ou não dirigir os seus próprios desígnios…

    Os que assim pensam e ensinam são todos mentirosos , na verdade a preocupação destes é encher seu ventre com suas próprias mentiras.

  7. Mais de 90% dos invectados pela HIV são gays, porque será? o resto foram invectados acidentalmente,criminalmente ou por imprudência esses gays como; Casuza,Fred mercury,renato russo e cia receberam o que lhes convinha pelos seus pecados e muito em breve se juntarão a eles não só a presidenta Dilma,luis r. barroso(STF) e todos os que por eles são aplaudidos, Eu não preciso nem dizer onde vai ser né?

  8. Essa atitude mental de afastamento dos ensinamentos cristãos dos negócios públicos levou ao segundo período mais contemporâneo, que a religião é considerada inimiga dos negócios públicos. A transição é algo um tanto natural, pois dizer que a religião é impertinente à ordem social vale o mesmo que conceder à irreligião predomínio na ordem social. Deixar a religião fora dos negócios públicos não é como deixar o azul fora de uma colcha de retalhos; é como arrancar os olhos fora da cabeça. A cegueira é a consequência da doutrina de que os olhos são desnecessários à vida; a desavença é a consequência da doutrina de que o mutuo amor é desnecessário às relações entre marido e mulher; a violência, a desordem, o derramamento de sangue são a consequência da doutrina de que a justiça é estranha à ordem econômica De modo semelhante, deixar a Palavra fora da ordem social não é a negação de alguma coisa indiferente; é a privação de alguma coisa indispensável. Deixar fora da ordem secular a justiça, o amor, a caridade, os direitos humanos, os deveres, todos os quais pertencem aos cristãos, é como deixar a alma fora do corpo. Deixar a alma fora do corpo não é ficar com o corpo sem alma, é a morte; Deixar a Palavra fora da sociedade não é ficar com uma civilização secular, é o caos. Demonstra a historia que, se uma sociedade ignora a religião, nunca se transforma exatamente em uma sociedade irreligiosa; torna-se anti-religiosa. A vida é apenas a soma das forças que resistem à morte, e uma vez terminada a resistência a essas forças contrárias começa o desaparecimento. Do mesmo modo, no mesmo instante em que se nega a religião o direito de interferir na ordem política e econômica apodera-se destas a antirreligião. A ordem secular nunca vive no vácuo: nem mesmo neutra pode ser; se os cidadãos de um Estado abandonaram a religião e o seu dever de dar a Deus o que a Deus pertence, imediatamente julgará César que até Deus recebe Sua autoridade de César. E então é permitido a qualquer propagandista barato de Moscou ou Berlim pregar o seu ateísmo ou o seu racismo, enquanto o homem de Deus que prega a justiça e a caridade é tido como um inútil intruso. O ódio de classe é o mau fruto do desprezo da caridade; a desonestidade em política é a triste herança do desprezo da justiça; o comunismo na vida nacional é o resultado do desprezo da redenção e do amor fraterno.

    O mundo comete um grave erro ao pensar que pode deixar a religião fora de sua norma de procedimento nacional e continuar a ser o mesmo mundo de antes. Seria isso verdade se a religião não passasse de um acidente da ordem social como as corridas de cavalos, e não a soma das virtudes que condicionam a justiça e a paz. A casa vazia será, afinal, a casa arruinada e a sociedade religiosa será, afinal, a sociedade antirreligiosa. A religião que não interferir na ordem secular logo descobrira que a ordem secular não se absterá de interferir nela, como a mãe que se abstém de corrigir os seus filhos desobedientes verá em breve os filhos a corrigi-la.

    O mesmo mundo que há vinte anos aceitava ser a religião desligada da economia e da política é o mundo que hoje hostiliza a religião. Não é bem porque a violência, o ateísmo, o racismo sejam consequentes ao declínio da religião, como o castigo se segue ao ato de desobediência; é antes porque são eles inseparáveis, como um lírio podre e seu desagradável odor, ou a semeadura e a colheita.

  9. Mais uma vez estamos vendo que as nomeações da Dilma segue o mesmo principio do Lula, é só olhar para os ministros indicado pelo Lula, quaze todos estavam envolvido em falcatruas mensaleiros, e a dilma apoiando esses grupos que tenta acabar com os principios sagrado, isso é coisa da maioria dos ptista, que querem desmoralizar a nação. acorda Brasil

  10. O que pode se esperar de onesto etico, deses governo do pt é só olhar, Varios ministros escolhidos, mensaleiros, e muitas outras falcatruas me diga com quem anda e direi quem tu es.

  11. Malafaia está descontente com a indicação de Barroso por causa dos “valores contrários” aos dele/da religião? Mas e a indicação de Feliciano, que tem causas contrárias aos Direitos Humanos? Agora está errado, Malafaia? Sei… Façamos o seguinte: Barroso sai se o Feliciano sair também. Que tal??? …Bem como os membros podres do CCJ… Lá e cá…

  12. Infelizmente temos pastores involuídos intelectualmente como esse Silas “Mala-Cheia”. O pastor não conhece da área jurídica e judicial e muito menos de psicologia. Não sabe do riquíssimo “curriculum vitae” do profº dr. Luis Roberto Barroso: jurista progressista, escritor, poeta, musicista, professor com livre-docência, brilhante defensor de causas públicas e privadas, homem de caráter ilibado, possuindo todos os requisitos legais e morais para assumir como Ministro do STF. Parabéns a presidenta Dilma pela feliz escolha criteriosa e consciente. Álvaro Machado de Sá-Goiânia-Goiás-.

  13. Essa atitude mental de afastamento dos ensinamentos cristãos e evangelicos dos negócios públicos levou ao segundo período mais contemporâneo, que a religião é considerada inimiga dos negócios principlamente no serviços públicos federal. A transição é algo um tanto natural, pois dizer que a religião é impertinente à ordem social vale o mesmo que conceder à irreligião predomínio na ordem social. Deixar a religião fora dos negócios públicos não é como deixar o azul fora de uma colcha de retalhos; é como arrancar os olhos fora da cabeça. A cegueira é a consequência da doutrina de que os olhos são desnecessários à vida; a desavença é a consequência da doutrina de que o muito amor é desnecessário às relações entre marido e mulher; a violência, a desordem, o derramamento de sangue são a consequência da doutrina de que a justiça é estranha à ordem econômica De modo semelhante, deixar a Palavra fora da ordem social não é a negação de alguma coisa indiferente; é a privação de alguma coisa indispensável. Deixar fora da ordem secular a justiça, o amor, a caridade, os direitos humanos, os deveres, todos os quais pertencem aos cristãos, é como deixar a alma fora do corpo, Deus deu o vida para viver, mais vem esse monstro para fazer leis mal fora STJ Luis Roberto Barroso vc, não pentence a esse mundo fora de nossa sociedade.

DEIXE UMA RESPOSTA