Rev. Augustus Nicodemus faz crítica ao movimento apostólico brasileiro: “Você não precisa de apóstolo hoje, porque os verdadeiros já fizeram a sua obra”; Assista

47

No início da última semana o reverendo Augustus Nicodemus Lopes, da Igreja Presbiteriana do Brasil, realizou uma palestra sobre movimento apostólico evangélico brasileiro. Com o tema “Apostolado no Brasil – Uma análise do movimento apostólico evangélico”, a palestra foi promovida durante o Café Teológico na Galeria Cultura Bíblica e teve o apoio da Editora Fiel.

A palestra teve como base a pesquisa realizada pelo reverendo durante seis meses no Seminário Teológico de Westminster, na Filadélfia (EUA), para um livro que está escrevendo sobre o tema, e que será lançado ainda esse ano. Entre os pontos tratados na palestra, os principais foram: “Verdadeiros Apóstolos”, “A nova reforma apostólica”, “Falsos apóstolos nos tempos da igreja primitiva”, “Apóstolo não é um Dom” e “Dominionismo”.

Explicado que o foco de seus estudos foi uma análise sobre os autodenominados apóstolos do movimento neopentecostal, o pastor que muitos desses ditos apóstolos se utilizam do termo de maneira errada e que, inclusive, muitas vezes se apresentam como superiores aos 12 (apóstolos que acompanharam Jesus em seu ministério).

– Já na época do novo testamento, tinha gente querendo ser apóstolo. A gente lê lá em segunda Coríntios capítulo 11 verso 4, capítulo 11 verso 13, capítulo 12 verso 11, Paulo se referindo a falsos apóstolos, ou “super apóstolos” de maneira zombeteira – afirma Nicodemus em sua palestra, explicando que ao estudarmos o contexto percebemos que se tratava de pessoas que se infiltravam na igreja afirmando serem apóstolos de Jesus e ensinando falsas doutrinas.


Ao longo de sua palestra, o pastor tratou do tema fazendo uma análise desde a origem do termo “apóstolo” até os diferentes entendimentos dados ao conceito ao longo da história e, segundo os organizadores da palestra, ressaltou “os movimentos heréticos que algumas destas falácias iniciaram”.

Sua palestra culminou com uma análise do presente fenômeno apostólico evangélico brasileiro, sobretudo no pentecostalismo. Citando nomes com Renê Terra Nova, Valnice Milhomens e Neuza Itioka, Nicodemus explica que todos esses ditos apóstolos são constituídos apóstolos por alguma visão, em que afirmam que Deus apareceu a eles dizendo que são apóstolos. Ele ressalta ainda que o movimento apostólico tem como “líder” e mentor mundial o teólogo C. Peter Wagner, percursor da doutrina da batalha espiritual.

Nicodemus explica que, após Wagner perceber o fracasso da doutrina da batalha espiritual, ele relata ter tido uma visão de Deus dizendo para ele que “faltavam generais nessa guerra”, surgindo assim os princípios para a chamada Nova Reforma Apostólica, que culminou no movimento apostólico moderno que hoje é adotado por várias denominações neopentecostais.

O ponto central da crença desse movimento, segundo explica Nicodemus, é a ideia de que Deus irá restaurar o mundo antes da segunda vinda de Jesus, dando aos crentes prosperidade e curas; e que promoverá essa restauração através das igrejas que estão sob a do modelo apostólico de governo.

No Brasil, ele explica que tal movimento se iniciou em agosto de 2001, quando o apóstolo Roni Chaves, da Costa Rica, ungiu “os primeiros apóstolos brasileiros” ligados à Nova Reforma apostólica: Valnice Milhomens, Arles Marques, Mike Shea e Jesher Cardoso. Porém, ele ressalta que outros líderes evangélicos se utilizam do termo de maneira isolada, como um título em suas denominações.

Nicodemus explica também o uso do título “paipóstolo” por Renê Terra Nova. Segundo ele, o termo nasceu de uma visão que Terra Nova afirma ter tido na qual Deus mandou que ele gerasse uma “geração apostólica” que iria governar o Brasil. Foi então que o movimento do G12 entrou como “método de preparação de apóstolos”. Além disso, foram criadas várias redes apostólicas no Brasil, de forma a unir as igrejas que acreditam nesse modelo de governo apostólico.

Ao fim de sua palestra, Augustus Nicodemus ressaltou algumas práticas heréticas defendidas pelas igrejas apostólicas, como o resgate de costumes judaicos e até mesmo a ideia que os apóstolos são intermediários entre Deus e seus seguidores de forma que “ninguém vai ao pai senão por um apóstolo”. Ele destaca também falsas profecias, como a afirmação de Renê Terra Nova de que Jesus voltaria em 2011, a manipulação da Bíblia a falta de conhecimento teológico por parte desses líderes, e a teologia da prosperidade, que ele afirma ser a base do movimento.

– Esse movimento é chamado de Nova Reforma Apostólica. Então minha crítica vai ser dizer: primeiro que não é nova, não é reforma e muito menos apostólica – resume Nicodemus, afirmando ser incorreta a comparação feita pelos defensores desse movimento com a Reforma Protestante, uma vez que querem colocar seus apóstolos acima até mesmo da autoridade das escrituras.

– Você não precisa de apóstolo hoje, porque os verdadeiros já fizeram a sua obra – finaliza.

Assista na íntegra:

Assine o Canal

Por Dan Martins, para o Gospel+

47 COMENTÁRIOS

  1. Esses caras vao de um extremo ao outro sem chegar ao meio termo ,o equilibrio que vem do Espirito de Deus,Esta registrado que Deus deu a alguns a apostolos,mestres,pastores,evangelista e profetas,estes sao os cinco ministerios legitimos que formam o corpo de Cristo e edificam a noiva,estes tem que agir,num so corpo e um so Espirito.Agora ,vejam bem,que estes auto intitulados,donos de igrejas empresas, estao fora do contexto(qualquer que seja o titulo dado)esta mais do que claro,pois eles sao gananciosos e manipuladores,e os seus frutos sao mais carne do que espirito.Mas afirmar que nao havera mais homens levantados por Deus e dirigidos pelo Esprito Santo a atuarem nestes ministerios especificados na biblia, presunçao ,arrogancia e cegueira.E querer ter dominio sobre a obra que Jesus inicio na cruz e tem que ser completada ate a revelaçao dos filhos de Deus,que ninguem se engane,Deus tem um plano e nao e o homem arrogante que vai barra-lo.Acorda povo

    • interessante esta discursao em torno do titulo de Apostolo, como se isso importasse em alguma coisa, pois o titulo nao leva a lugar nenhum se voce nao viver Cristo e seus ensinamentos em sua vida, vamos os primeiros apostolos na vida da igreja foram os 12 escolhidos por Jesus, depois com a morte de Judas os onze levantam Matias, e por fim vemos paulo, mais esquecemos que paulo menciona em romanos 16.7 outros apostolos, e me parece que estes nao sao os ultimos Apostolos na vida da igreja, nos Apolo, no seculo II na Africa temos varios utros apostolos, por que nao acabar com o ministerio de mestre, de evangelista, de profeta, pois o mesmo texto que diz que a uns ele deu pra Apostolo, diz tambem que ele deu a Evangelista, profeta, agora onde esta este ministerio de plesbitero, criado dentro da plebisteriana, onde esta na Biblia a Doutrina do Batismo em aguas por aspersao, onde esta na Biblia que salvo uma vez salvo para sempre, o que interessa os escritores sao temas que vendem livros, que esta na moda e que tras divergencias no seio da igreja e ai eles sabem que vao vender bem, sao instigados pelas editoras, denominacoes e etc.

      • Misericórdia o que os sem noção discorrem aqui,Misturam, doutrinas bíblicas com o tema central.
        Será que perdoar Deus está correto?
        Ir no movimento e não conversar com ninguém.
        Bom quem foi no encontro sabe o que acontece lá dentro.Sempre é bom conhecer os dois lados, ir no encontro e conhecer bem a palavra, com certeza logo você vai perceber que se trata de uma lavagem das boas, psicologia, neuro-lingustica, etc

  2. sim é verdaqde é impossível existir apóstolos nos nossos dias, pois para ser apóstolo teria de ter acompanhado ao senhor JESUS , em seu ministério e visto ele ressuscitar, paiulo passou, anos lutando para confirmar seu apóstolado

  3. Tem que ter visto o Senhor
    • Tem que ter aprendido diretamente com Jesus
    • Tem que ser chamado por Jesus
    (Mc 3.13-19; Mt 10.1-4; Lc 6.12-16)

    Então porque Paulo é considerado apóstolo?(Rm 11.13)

    Ter visto (At 9.17; 1 Co 15.5-10; 1 Co 9.1)
    Ter aprendido (Gl 1.1-24; 1 Co 11.23-26; 2 Co 12.1-12)
    Chamado (Gl 1.1; 1 Tm 1.1; Ef 1.1; Cl 1.1;
    • Tem que ter visto o Senhor
    • Tem que ter aprendido diretamente com Jesus
    • Tem que ser chamado por Jesus
    (Mc 3.13-19; Mt 10.1-4; Lc 6.12-16)

      • clamando disse: 23 de março de 2014 ás 4:36 pm
        sim é verdaqde é impossível existir apóstolos nos nossos dias, pois para ser apóstolo teria de ter acompanhado ao senhor JESUS , em seu ministério e visto ele ressuscitar, paiulo passou, anos lutando para confirmar seu apóstolado

          • É VERDADE JAEL, EXATAMENTE POR ISTO É QUE FOI ACEITO, VEJA O QUE ELE DIZ EM PRIMEIRA CORINTIAS CAP. 11 OQUE EU APRENDI DO SENHOR É TAMBÉM O QUE VOS ENSINEI. AMÉM

          • PARA SER EXATO
            Atos dos Apóstolos 9 ouvir
            1 E Saulo, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote.
            2 E pediu-lhe cartas para Damasco, para as sinagogas, a fim de que, se encontrasse alguns deste Caminho, quer homens quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém.
            3 E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu.
            4 E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?
            5 E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões.
            6 E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que eu faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e entra na cidade, e lá te será dito o que te convém fazer.
            7 E os homens, que iam com ele, pararam espantados, ouvindo a voz, mas não vendo ninguém.

      • vejamos, dois pontos interessantes a ressaltar.

        primeiro, a explicação do clamando foi perfeita. os apóstolos, junto com os profetas, são o fundamento da Igreja, sendo Cristo a pedra angular. depois de posto o fundamento, o edifício cresce, nós todos somos parte do edifício. isso está claro em Efésios. os apóstolos, como clamando disse, tinham que sim, ter visto, e aprendido diretamente de Jesus, e mais, serem testemunhas da sua ressurreição. basta ler os pré requisitos para escolherem o substituto de Judas. como o clamando disse, Paulo viu Jesus ressuscitado, também foi testemunha da sua ressurreição, e aprendeu diretamente dele. hoje em dia ninguém pode preencher esses pré requisitos. e além disso, os fundamentos da Igreja já foram lançados.

        segundo ponto. vejam bem o Paulo defendendo o apostolado de Valdemiro. isso me lembra alguém. parece q ele e stardust fazem parte da mesma milícia gay e atéia.

        • e digo mais. Paulo está comentando mais agora, e a jussara stardust está sumindo. isso pq o nick stardust já está desmoralizado, e clamando ainda solicitou alguma atitude dos moderadores do site para com ela. por isso, é natural q o Paulo se destaque até esquecermos a stardust. e pronto, em pouco tempo vai estar o paulo colando aquele estudo dos dízimos.

          eles são apenas bonecos a serviços da militância gay e atéia.

          • Como vc e’ babaca, nem do Valdemiro eu gosto, pra mim Universal e Mundial sairam do mesmo intestino grosso rsrs E eu nao tenho nada a ver com o Stardust, ele e’ ele e eu sou eu. Nao tenta compromete-lo com as besteiras que eu escrevo. O Stardust e’ um homem santo que com a biblia em riste coloca vcs na insignificancia a que vcs vcs pertencem, por isso esse odio coletivo contra ele. Perdeu playboy!!! rsrs

          • stardust um homem santo? hummmmmmm…

            paulo e essa mania de idolatrar homens. é Michael Jackson, stardust.. não é atoa que era feito de otário nos tempos de igreja, achando q pastor é algum tipo de semi-deus. largou a religião e acha q se livrou da idolatria, mas só mudou os ídolos: stardust, Michael Jackson, Jean Willys..

  4. Cambada, de “canastrão”
    ““ninguém vai ao pai senão por um apóstolo””
    evanjegue merece kkkkkk acredita em qualquer papagaio falante, então senta creusa!!! rsrsrs kkkk

  5. sinceramente, esse termo apóstolo tem sido utilizado sem critérios hj em dia. Parece até que qualquer um pode ser apóstolo, apesar da bíblia ter indicativos de que tal título não é dado a qualquer um. Pessoalmente tenho dificuldades em ver base bíblica para apostolos nos dias de hoje…

    ainda mais com os “apostolos” que temos visto por aí…

    O reverendo nicodemus realmente tocou num assunto bem interessante e atual. Gosto das explanações dele.

    • a cara nao considera que tal fulano e apostolo,engracado mais ele se considera reverendo batendo no peito que orgulho,inveja e pecado pq ele nao sai dais quatro parede e vai pregar aos que estao carente de Deus,avisao dos presbiteriano e fechada apostolo e liagem de um seguimento do ministerio que jesus emplantou no ministerio da igreja e so isso precisam quebrar essa religiosidade.

  6. É fato que existem distorções heréticas e exarcebadas em relação ao “apostólico” principalmente em nosso país, porém o fato de algo ser “falso” não anula o fato de existir pessoas com uma chamada apostólica verdadeira nos dias de hoje, não desrespeito a opinião alheia e também não critico quem age com desrespeito a opinião de outros, pois vejo que tais pessoas não aprenderam a respeitar a sí mesmo. Claro que não concordo com muita coisa nas igrejas evangélicas brasileiras e tão pouco com esses caras que não sabem nada acerca do “apostólico” e querem a todo custo títulos como o de “apóstolo”, muita coisa errada por aí, mas não se pode tentar anular o que pode ser verdadeiro por causa dos falsos, a essência verdadeira nada tem a ver com títulos, mas não adianta muito ficar falando para quem não quer entender, só fica claro quando essa essência é “revelada” “impressa” dentro do coração de alguém. Repudio sim quem quer somente esse título por obter um status se assim pode-se dizer, mas cada dará conta diante de Deus de seus atos, certamente serão cobrados por todos…o apostólico nunca será informação, porque é formação, podem escrever livros e livros, mas isso nunca mudará a realidade do que é um fato, concordo com a preocupação de alguns acerca disso, podem fazer todas as exegeses, podem ser os melhores teólogos do mundo, “teólogo” mais um título…”pastor” mais um título…mas nada muda Efésios 4.11, só isso basta ainda que exprimam essa parte dando suas opiniões, ou arranquem da Bíblia, não precisa de interpretações de grandes teólogos, ela se explica…
    ..”bora” pra frente e vamos ganhar vidas…deixem de religiosidades, tradicionalismos, parem de atar fardos pesados sobre o povo…

  7. Desde que me converte ou desde que dobrei meus fracos joelhos humanos e reconhece meu Senhor como meu unico e suficiente Salvador e passei a me dedicar em conhecer a verdade, e estudar com afinco a Santa e Gloriosa Palavra de DEUS, NUNCA de forma alguma concordei com estes a quem se auto intitularam Apostolos, e Apostolos de tudo quanto e jeito, cada um pior que o outro, o que vemos e sentimos e que, na verdade muitos se auto intitularam Apostolos sem o minimo criterio para tal proesa por eles mesmo se fizeram tal, eu doravante sou o Apostolo fulano e assim os vemos por ai esparramados aos quatro ventos, e com certeza muitos são realmente como diz o Presbiteriano falsos Apostolos, mas cada um tem o Apostolo que merece, pois não dão ouvidos a vos da rasão não dão ouvidos a verdade, e por isso são deveras enganados pois vivem a dar ouvidos a homens e não a DEUSSSSSSSSSSS, e as suas Santas Ordenanças

  8. Curioso porque ele nao fala nada sobre o seu apoio a teologia da missao integral,de aliancas partidarias,das ideias marxistas?Claro como sempre a velha guerra de interesses um grupo tentando enfraquecer o outro,vejam bem:calvinismo vs arminianismo, tradicionais(historicos) vs pentecostais, sessacionistas vs neo pentecostalismo, teologos reformadores vs pastores midiaticos, nao sou a favor da teologia da prpsperidade,nem do g12,muito menos esse tal apostolado,mais nao se pode negar que tem muitos cristaos nesse meio que estao dando mais frutos do que aqueles que se dizem sabios,bereanos,apologetas e por ai vai que so ficam em seus blogs,dentro de uma sala no ar condicionado criticando e julgando aqueles que estao de uma forma ou outra se certos ou Deus o sabe fazendo sua obra,e so olharmos para comprepdermos porque nas favelas e bairros mais pobres existem mais igrejas pentecostais,neo pentecostais do que as cultas igrejas reformadoras?

  9. JEAN
    MANCEBO
    DJ 28
    EIS AQUI A IGREJA QUE STARDUST FREQUENTA, E TAMBÉM ONDE ELE AJUDA A FAZER A OBRA, POSTOM SÓ PARA ESCLARECER SUAS PERGUNTAS
    LBV, uma seita que adora Satanás

    Dentre muitas heresias, a LBV afirma que Satanás deve ser amado

    Poucas são as pessoas que ainda não receberam um telefonema da “Legião da Boa Vontade” pedindo contribuição para ajudar obras assistenciais da entidade. Com esta abordagem, a LBV que é uma mistura de religião e
    instituição filantrópica, tem conseguido arrebanhar milhares de contribuintes e adeptos em todo o Brasil, além de propagar sua ideologia ecumênica, que é declaradamente Kardecista.

    O presidente da LBV, José Paiva Neto, prega a paz, amor e fraternidade citando sempre o nome de Jesus. No entanto, o seu discurso é uma apologia das ideologias da nova era, que busca criar um modelo dominador para o
    mundo, prometendo a tanto sonhada paz mundial.

    A LBV com a intenção de divulgar a “religião de Deus”, que foi um idealismo de Alziro Zarur para a instituição, organiza e realiza concentrações onde reúne seus simpatizantes, onde Paiva Neto dissemina suas filosofias religiosas misturadas com suas propostas de assistencialismo.

    Dentre os muitos ensinos blasfemos ensinados pela LBV, se destaca o poema ao irmao satanas. Para Paiva Neto Satanás é um irmão que precisa de perdão e Jesus é um ser evoluído pelo resultado de diversas encarnações até que chegasse à unidade com o Pai. Estas blasfêmias estão registradas em “A Bíblia para o povo” de Paiva Neto e “Livro de Deus” de Alziro Zarur.

    Este poema de Satanás consegue deixar qualquer cristão indignado, veja um trecho dele escrito na Pagina 288 do “Livro de Deus” de Alziro Zarur.

    “Se Deus é perfeito no que faz,
    E nada do que fez ao mal destina,
    Porque odiarmos nós a Satanás,
    Se ele, também, é criação divina?
    E se Jesus nos veio esclarecer
    Que amássemos até o inimigo,
    Por que não transformar num bom amigo
    A satanás, em vez de o combater?
    Amigos meus, oremos por satã,
    Amemo-lo de todo o coração,
    E respondamos sempre com perdão
    Aos males que nos faça, hoje e amanhã.
    E, um dia, todos nós iremos ver,
    Satanás redimido a trabalhar
    Por aqueles que veio tresmalhar
    Dos rebanhos de Cristo, e reviver!
    Porque se assim, amigos, não quiserem
    Aqueles que se chamam cristãos,
    Lavemos, desde já nossas mãos,.Por mim com honra, eu amo a Satanás, Meu
    pobre irmão perdido nos infernos, Com este amor dos sentimentos ternos, Para
    que ele também receba a paz “.

    Nossa intenção em escrever este artigo é mostrar aos amados as filosofias religiosas da LBV. E quero dizer que o Jesus que a bíblia revela não evoluiu por diversas vezes até se unir com o Pai. A bíblia nos ensina que ele é
    Deus, preexistente, eterno e criador de todas as coisas, ele estava no princípio com Deus.( João 1.1 Hebreus 1.8 Cl 2.16). O fato deles ensinarem que Jesus evoluiu vem da crença de que os homens por meio de reencarnações
    posteriores poderão chegar a ser um Deus. Se esta fosse uma possibilidade não havia necessidade de ser anunciada por Deus uma salvação, uma redenção. Ou o homem é salvo por meio de Cristo ou ele terá seu destino eterno bem amargoso e aflitivo com Satanás no inferno. E nos parece que Jesus, aquele que a LBV tem como um iluminado, não é a favor dos ensinos da LBV sobre satanás, aliás, ele nos iluminou acerca do destino de Satanás quando diz que o inferno está preparado para satanás e seus anjos(Mt 25.41) e ainda afirmou isto na revelação do Apocalipse dizendo que o diabo será lançado no lago de fogo e enxofre para serem atormentados para sempre( Ap 20.10).

    Não! Diria os universalistas LBV, Deus é amor. Sim, Deus é amor, mas este não é o único atributo que permeia sua natureza, Ele é também justiça, ele faz também juízo, ele é soberano para dar o destino que merecer as suas
    criaturas e seu amor, quando deliberadamente rejeitado como o fez satanás, dá ocasião à sua justiça.

    Ora, Jesus disse que satanás nunca se firmou na verdade e ele é o pai da mentira ( João 8.44) e a Escritura nos afirmam que quem pensa igual a Alziro Zarur foi cegado pelo diabo(2 Co 4.4) que trabalha para arregimentar a
    humanidade contra Deus.

    Se você for um contribuinte da LBV eu o convido a pensar sobre este teu seu investimento. Você esta ajudando, esta entre outras blasfêmias a serem propagadas, enquanto poderias estar trabalhando pelo reino de Deus. Pense
    nisto.

  10. concordo com a visão quase total do Nicodemus, menos o seu encerramento que ele diz que os Apóstolos verdadeiros já fizeram a sua obra e não precisamos de apóstolos hoje.
    A Bíblia fala em efésios que os 5 ministérios iriam promover a igreja num crescimento à estatura de Cristo. Onde não seríamos mais levados por qualquer doutrina.
    Efésios 4:13 – Até que cheguemos à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo.

    Em resumo não é isso que vemos hoje. O que vemos são um bando de igrejas, onde cada uma tem a sua verdade – inclusive a que ele pertence – e vive-se numa grande confusão teológica.
    A igreja hoje se parece muito com a de Corinto, cheia de dons e multifuncional, porém carnal ao extremo.

    Então enquanto persistir esse tipo de igreja, acredito que não só o ofício apostólico, mais também de mestre, evangelista, profeta e pastor são necessários na igreja.

    • Parabéns Marcelo. é isso mesmo…Vá num movimento deste e veja o que é espiritismo..
      Eu sei bem o que é isso, mais herético do que já fui impossível.
      Ex-Seminarista, quase padre, depois pai de Santo, pastor pentecostal, neopentecostal, Perfect LIbertY, psicanalista, Psicopedagogo, Teologo, Participante do G12, MDA.
      Chega de movimento.Hoje, me aquietei, Mas, foi bom para saber o que é cada uma, portanto afirmar que tudo isso, tem um pouco no MDA.Loucuras, show, gritarias, cura interior, quebra de maldição, Deus neste movimento esta TREMENDO, não é Tremendo.Pense na maçonaria evangélica, eis ai O MDA.

  11. O Rev. Augustus Nicodemus é sempre um grande mestre. Ele faz jus ao seu PHD e seu compromisso com as escrituras é inegável.
    Não acredito que ele esteja totalmente certo em nada, senão que a Bíblia é infalível e a verdade revelada sobre Deus.
    Seja como for, aceito toda e qualquer crítica contra ele, desde que seja embrasada. Primeiro na bíblia e depois na opnião de outros estudiosos da palavra de Deus. Frases do tipo “Famoso quem?” ou “o que importa é pregar” ou “título não vale de nada” sem o devido embasamento teolóigico é inútil.

    • Nicodemus, bola prá frente, você é conhecedor de fato.Eu, sou um dos que aderi ao movimento apostólico e tenho minhas criticas tanto ao movimento como as igrejas que estão inertes em favor do evangelho
      Posso dizer com toda certeza que o movimento apostólico montaram uma mega estrutura de marketing que é invejável, nada bíblico, mas muitas heresias, que nem eles, que estão nascendo, dentro deste movimento tem conhecimento para entender o que você esta falando.
      Para este movimento G12 ou MDA, OU OPUS DEI, ou dos apostolado, você é um herético, apostata, e para quem conhece bem as escrituras, sabe que é uma praga que vem tomando conta do mundo.Vale a pena ressaltar que todas heresias começam desta maneira.
      Mas, “o deus deste século cegou-os…..”

  12. Onde tem na Bíblia o termo reverendo? O que eu faço com a instituição dos cinco ministérios em Efésios 2:20, e 4: 8 a 16 ? Se não existem mais apóstolos, também não poderiam mestres evangelistas e pastores ( e o que dizer de alguém que se em titula reverendo)?
    O movimento apostólico no Brasil veio trazer limpeza nos púlpitos, restaurar o mover profético que aponta a apostasia das igrejas.O resgate em conhecer a cultura judaica, com vistas a se afastar dos modelos grego-romanos que implantaram na igreja histórica uma paralisia e conformismo. Outro fator é que as igrejas apostólicas jamais tem a palavra de um apostolo acima das escrituras. Porém quando usamos o termo “solas scrituras” o fazendo por verdades que possam ser vividas e não estudadas na palavra LOGOS (logica), mas com a inspiração do Espirito santo que traz a Rhema (revelação). Faço parte de uma igreja apostólica, mas refutamos a ideia de que somos filhos únicos do Pai , somos reino de Deus..

    • Reverendo é um termo usado não tem função na igreja, como V.Sa, Eminência, enfim, não existe mesmo.Em se tratar de Efésios,o argumento é sobre a igreja que Paulo organizava e como ela deveria se comportar para o crescimento.Mas, cada um na sua função.Nas igrejas ditas como apostólicas onde estão as outras funções?Seria o apostolo detentor dos outras 4 funções. Paulo descreve e argumenta que cada um tem seu processo no corpo de Cristo.
      Observe que o apostolo é o primeiro.Bom aí é outra aula.

      • graça e paz! se estamos prezando pela palavra, então não usemos termos, usemos a palavra. E sim, Paulo estava organizando a igreja de que forma deveria se comportar, ou o modelo que deveria ter, e disse sim, que Deus deu 5 don, ou ofícios ministeriais para o crescimento e aperfeiçoamento dos santos. mais uma vez expresso aqui, a igreja brasileira ainda não entendeu na plenitude a genuinidade do apostolado, e muitas andam errantes. Mas os outros 4 dons estão presentes sim na igreja apostólica genuina e não está centralizada em um spo chamado apóstolo, em uma igreja apostólica tem pessoas atuando em todos os ofícios, talvez vc esteja se baseando em pseuda igrejas apostólicas meu irmão.

  13. Oracao para afastar rival pra sempre e trazer amor de volta
    Minhas pombas giras façam sua gira e afastem (M.M.A) da (A.A) e de qualquer mulher com quem ela esteja nesse momento; e se estiver , que chame meu nome. Quero amarrar o espírito e o corpo da (M.M.A); pois o QUERO apaixonado por mim, quero que (M.M.A) fique dependente do meu amor, quero vê-lo louca por mim, me desejando como se eu fosse a última pessoa da face da terra. Quero seu coração preso ao meu eternamente, que em nome da grande Rainha Maria Padilha floresça este sentimento dentro da (M.M.A), deixando-a presa a mim 24 horas por dia. A pomba gira Rainha Maria Padilha há de trazer (M.M.A), para mim, pois eu a desejo, e a quero depressa. Pelos poderes ocultos, que ela comece a me amar a partir deste exato instante e que ela pense só em mim, como se eu fosse a única pessoa do mundo. Que (M.M.A) venha correndo para me encontrar cheia de desejos e tesão, que ela não tenha sossego enquanto não me procurar. Rainha Maria Padilha eu te imploro para que me traga (M.M.A) que ele me ame muito, venha manso e como eu desejo. Eu agradeço a grande Rainha Maria Padilha. E prometo sempre levar seu nome comigo. Oh! Poderosa Pomba Gira Sete Exus, quero de volta mimha amada que me entristece com seu desprezo, que ela esqueça e deixe de uma vez por todas outros amores e os que queiram nos afastar. Que (M.M.A) desanime, e esfrie para as outras pessoas. Que (M.M.A) se sinta sozinha, humilhada, envergonhada de tudo e por todos. Que Ela venha a mim, peça meu amor, meu perdão. oh! Linda Poderosa Pomba Gira Sete Exus, que nesse momento (M.M.A) não queira mais estar com ninguém nem com seus amigos e muito menos com as suas amigas. Que fique só pensando em mim e pensando como vai fazer para ME FAZER FELIZ. Preciso Rainha, de um sinal, um telefonema, qualquer contato para eu saber se (M.M.A) pensa em mim e que me quer, me tire dessa escuridão. Que (M.M.A) fale comigo, que sinta saudades. Você é forte e poderosa, traga (M.M.A) aos meus pés, para não mais sair, e que venha correndo, que largue tudo e a todos E que só pense em mim. Sr Exu Caveira que com seu grande e forte poder tire todas as barreiras que estão impedindo que (M.M.A) ME AME LOUCAMENTE e deseje se unir a mim. Quero minha amada, me amando e me admirando sempre. Que ela não sinta mais desejos sexuais por nenhuma outra pessoa. Que seus desejos sejam só para mim,que seus pensamentos, gentilezas e bondades sejam só para mim. Que ela (M.M.A) queira muito de verdade que eu, (O.P.N) ,FIQUE COM ela. Mas, quero que você, Exu Caveira, afaste de nós tudo e todos que nos separam. Que possamos ser felizes juntinhas. Que ela só sinta atração e desejo sexual por mim. Que ela me telefone, fale comigo de algum jeito, desde já e a todo instante. Que sinta saudades minhas, e que sofra longe de mim e não agüente mais sofrer. Quero que ela me ligue hoje e agora. Quero ouvir a voz dela, me pedindo para ficar comigo e voltando para mim para sempre, dizendo que me ama e que me quer. Obrigado.
    Copie e cole um pedido igual a este aqui em 7 altares diferentes e dentro de 7 dias seu pedido será realizado. Oração Forte Para Amarrar Alguém. Simpatia infalível, porém não se pode voltar atrás. Confiante eu a aguardo minha amiga Maria Padilha, Poderosa Rainha das Sete Encruzilhadas, pois já me faltam portas onde bater!!!

  14. Respeito amo e reconheço o imenso conhecimento do amado reverendo, porém, tudo na vida pode mudar e se reordenar, menos a tradição religiosa. O grande erro do nosso modernismo é que os escritores editam livros que mostram para os gentios o quanto á Igreja Cristã Evangélica no mundo está dividida em si mesma, em vez de ecangelizar. Em vez de guerrear contra o diabo ela faz guerra contra si mesma. Que o seu livro também mostre os pontos positivos do movimento apostólico. Deus te abençoe nesse seu projeto e que o Espírito te encha de bom senso cristão. Amém.

    • Sinceramente, a discussão é boa mesmo.Mas, O Rev.Augustus é conhecedor da teologia, concentra-se a penas arem obedecer Judas.vs3.Esta defendendo corretamente.Por que será que só agora esta onda apostólica?A igreja ficou tão cega, como na idade média? Só agora os movimentos ditos, como apostólicos começaram ter uma nova visão?Todas as seitas, a exemplo dos mórmons , TJ, ASD, tiveram uma nova revelação de Deus, só conhecer um pouco vai buscar esclarecimentos.Sou conhecedor que as igrejas tradicionais, ou dita como, não tem trazido beneficio para o crescimento da igreja, são igrejas amarradas, um povo que nada faz para que o evangelho tenha vida, parece um gueto de pessoas alienadas em função de uma instituição. Mas, por outro lado cresce em números as igrejas apostólicas, mas, sem vida e sim alegria, prazer, contentamento.Eu , já fiz parte dos G12,MDA,percebi que não existe estrutura evangélica e sim um modelo de Marketing extraordinário, a exemplo da away e outros..

      • Não duvido dos conhecimentos de Nicodemus, e não vou me expressar sobre as opiniões dele, vejamos, opiniões dele, assim como qualquer outra pessoa pode ter suas opiniões. O “movimento apostólico” não surgiu agora, engana-se quem pensa assim. outra coisa que muitos estão confundidos à tempos, confundem ministério apostólico com “visões estratégicas de evangelismo”, é um erro esse pensamento, a execução do ministério apostólico e profético não é o G12, MDA ou qualquer outro modelo nesse seguimento, G12, MDA e derivados, são estratégias evangelísticas. O grande problema é que os brasileiros querem importar as coisas e não sabem oq ue estão fazendo e falando e acabam arrebanhando uma multidão atrás de seus equívocos. Eu sei bem que o apostolado brasileiro é falho e tem milhares de equívocos e cheio de pessoas mal intencionadas, mas eu sei o que é o ministério apostólico genuino, é bíblico sim, é vigente sim…o problema é nas distorções que estão ocorrendo aqui no Brasil que manifesta uma aversão ao ministério. mas eu ainda assim creio que chegará o tempo em que tudo vai se alinhar.

  15. O Rev. Augustus Nicodemus está redondamente enganado e muito por fora da Palavra. Veja:
    Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
    Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. (Mateus 28vs.19 e 20).
    E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. (Marcos16:15).

    • O REV. Augustus Nicodemus está certíssimo! Toda sentença tem seu destino, tempo e a intenção de aplicação. Por exemplo: “Quando Deus disse em Isaías 43:10 “Vós sois minhas testemunhas…” não estava se referindo a nós e nem a Charles Teze Russel – fundador do russelismo, mas referia-se a ISRAEL, certo! Do mesmo modo que a – expressão de PAULO: “ele deu uns para apóstolos” e outros para …”, teve a intenção de classificar os ministérios e não alista-los em ordenação. PARA ESCLARECER FAÇAMOS UMA SÍMILE: Jesus ao se referir à validade da LEI após Seu nascimento, disse: ” A Lei e os Profetas duraram até João, desde então é anunciado o Reino de Deus…” Lucas 16:16. Conclusão: Embora a LEI permaneça sendo a Palavra de Deus, porém a sua aplicação foi encerrada em Cristo. Do mesmo modo, os Apóstolos se completaram perfazendo em numero de 12. Paulo completou o numero dos DOZE ao assumir o lugar de Matias que não fora escolhido por Deus, mas por um escrutínio da igreja. (ver atos 1:26) Compare com Apocalipse 21, onde descreve o numero dos apóstolos como sendo 12; concordando com as doze tribo de Israel e com as doze portas da Nova Jerusalém. Os demais foram MISSIONÁRIOS, com COGNOME “apóstolos”. E é esta a vigência para o termo que se aplica aos “apóstolos” de hoje!

      • Benny Dio, vc esta certo em boa parte de suas conclusões. Mas errou unicamente em duas coisas: 1- dizer que a lei nao serve mais para hoje (se é que o irmão quis dizer isso, se não foi, perdoe-me). A Lei nunca foi abolida irmão. Cristo é o fim da Lei, mas no sentido de que a lei leva à Cristo… O sentido em Romanos 10:4 (por exemplo) é de alvo ok? A função da lei sempre foi de levar o pecador à Cristo, compreende? Claro, não me refiro à Lei Cerimonial ok? Mas vc pode constatar o que digo em Mateus 5:17-19.

        Se voce assistir à essa serie, vai compreender o que quero dizer :D

        http://www.youtube.com/watch?v=YqWkv04KGE4

        2- Paulo não era um dos 12, ela era o 13º Apóstolo. A Bíblia não nos diz que Matias foi recusado por Deus.

        O conjunto original dos apóstolos compreendia doze homens. Matias substituiu Judas, o filho da perdição, tornando-se, assim o décimo segundo apóstolo.

        Paulo foi chamado depois da nomeação dos doze e da substituição de Judas por Matias. Isso faz dele o décimo terceiro apóstolo, e não um dos doze.

        Houve, portanto, treze apóstolos, mas apenas doze compunham o círculo inicial mais íntimo de Jesus, e a eles foi feita a promessa (qualquer que seja a interpretação dada): “Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel” (Mt 19.28).

        Há um número fixo. São 13 apóstolos (os doze e Paulo). Paulo se considerava apóstolo, mas não um dos doze. Ele mesmo escreveu:

        1Co 15.5-8: ” E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos […] Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos. E por derradeiro de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo”.

        No entanto, os sinais do apostolado são visíveis nele.

        Paz irmão!!

        Deus Abençoe!!

      • So complementando a minha resposta sobre o questão da Lei ok?

        Realmente, com a vinda de Cristo, virtualmente, tudo foi mudado, nesse sentido:

        Os sacrifícios de sangue cessaram, pois Cristo cumpriu tudo para o que eles estavam apontando. Ele foi o sacrifício final, irrepetível, pelos pecados. Hebreus 9:12: “Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção”.
        O sacerdócio que ficava entre o adorador e Deus não existe mais. Hebreus 7:23-24: “ E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer. Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo”.
        O templo físico cessou de ser o centro geográfico da adoração. Agora, o próprio Cristo é o centro da adoração. Ele é o “lugar”, a “tenda” e o “templo” onde encontramos Deus. Portanto, o Cristianismo não tem centro geográfico, nem em Meca, nem em Jerusalém. João 4:21-23: “Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai…Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem”. João 2:19-21: “Derribai este templo, e em três dias o levantarei…Mas ele falava do templo do seu corpo”. Mateus 18:20: “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles”.
        As leis alimentícias, que colocavam Israel aparte das nações, foram cumpridas e acabadas em Cristo. Marcos 7:18-19: “E ele [Jesus] disse-lhes: Assim também vós estais sem entendimento? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar, porque não entra no seu coração, mas no ventre, e é lançado fora?… (Assim declarou puros todos os alimentos)”.
        O estabelecimento da lei civil sobre a base de um povo etnicamente fixado, que foi diretamente ordenada por Deus, cessou. O povo de Deus não é mais um corpo político unificado ou um grupo étnico ou um estado-nação, mas são peregrinos e forasteiros entre todos os grupos étnicos e Estados. Portanto, a vontade de Deus para os Estados não deve ser tomada diretamente da ordem teocrática do Antigo Testamento, mas deve ser agora restabelecida de lugar para lugar e de tempo para tempo, pelos meios que correspondam ao governo soberano de Deus sobre todos os povos, e que correspondam ao fato de que a genuína obediência, enraizada como ela é na fé em Cristo, não pode ser coagida pela lei. O Estado é, portanto, fundamentado em Deus, mas não expressivo da regra imediata de Deus. Romanos 13:1: “Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus”. João 18:36: “Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos”.

        A LEI CERIMONIAL SIM, FOI ABOLIDA, CLARO! Já a Lei moral nao, entendeu??

        Veja o video:


        Assine o Canal

        Voce vendo esse video do Pastor Heber Campos Jr. Te fará compreender melhor o que quero dizer, sabe?? rsrs…

      • Graça e Paz!, felizmente meu irmão não é bem assim, a palavra apóstolo no seu original é a mesma e não muda como expressado. apóstolo é apóstolo, a tradução dentre outras palavras é “enviado” comissionado com um propósito” “embaixador”. Rever a “símile”, não há cognome, apóstolo é apóstolo. Outra coisa também, em nenhum momento a bíblia diz que Deus não aconcordou no apostolado de Matias, tão pouco que Paulo ficou sendo o 12°, se vc está aplicando a escolha de Matias como um possível erro da “igreja” teremos grandes problemas na crer na autenticidade da bíblia, já que ela é inerrante e os autores foram inspirados por Deus, e também grande problema em crer na autenticidade dos 11 outros apóstolos fora Judas, porque se eles eram os grandes apóstolos escolhidos por Cristo porque não recusaram, não se opuseram a eleição de Matias,… é porque como homens de Deus, entendiam das coisas de Deus,e sim Matias foi um apóstolo. A externação de sua opinião a respeito desse caso, não foi feliz. Pra que Cristo concedeu 5 dons ao ascender aos céus se Ele não queria que fossem usados? Será que Cristo se enganou nas palavras? Ou será que o autor de efésios não era de Deus e se enganou também? Compreendo e respeito suas opiniões como de qualquer pessoa, mas é preciso ponderar as mesmas. Paz e abraços irmão!

  16. PORQUE DECIDI SER ORDENADO APÓSTOLO.
    PRIMEIRO – Por entender que existem biblicamente duas classes de apóstolos. Os chamados apóstolos de Cristo (Ap.21:14), e os apóstolos dados por Deus a igreja. (1Co.12:28-29). Aos doze foi lhes dado o privilégio de participarem da fundação da igreja (Ef. 2: 10-22); aos outros, juntamente com Paulo e Barnabé, a função de edificarem a igreja. (Ef. 4:12).
    SEGUNDO – Por entender que os ministérios apostólico e profético estavam presentes já no primeiro século. (At. 13:1-4). Porém, com o passar dos tempos a igreja veio a operar apenas com três dos cinco ministérios mencionados por Paulo em Efésios 4:11-12. O apóstolo e o profeta foram rejeitados e considerados não mais necessários. O mesmo aconteceu com os nove dons (1 Co.12:7-11) de Primeira aos Coríntios doze. Portanto, chegou a hora da Igreja do Senhor Jesus voltar a atuar na potencialidade dos dons de poder e ministeriais.
    TERCEIRO – O pastor Roque Sátiro diz: “Dar a quem já tem, é o mesmo que confirmar uma credibilidade anterior e o mesmo que confirmar a continuação de um bem”. Essa afirmação de Sátiro me levou a recordar o tempo em que atuei na unção apostólica, quando no primórdio do meu ministério foi enviado e usado por Deus a abrir frentes missionárias, congregações, organizar igrejas nos Estados de Pernambuco, Bahia e edificá-las na doutrina apostólica. (O termo bíblico para apóstolo é enviado. A palavra equivalente no latim é missionário).
    Quando ainda cogitava sobre aceitar ou não a ordenação, deparei-me com o seguinte texto: “Por amor de meu servo Jacó, de meu escolhido Israel, eu o convoco pelo nome e lhe concedo um título de honra, embora você não me conheça”. (Isaías 45:4).
    QUARTO: A minha decisão de receber a unção apostólica com imposição de mãos deve-se também ao fato de ter recebido a confirmação por meio de palavras proféticas vindas da parte de Deus. Creio também que haverá um novo mover de Deus na minha vida que resultará em uma colheita especial. Esso acontecerá não por causa do título em si, mas, pela mudança de postura que essa nova unção requer de mim. Será um divisor de águas no meu ministério, não apenas na igreja local, mas também em relação à cidade, junto aos demais apóstolos, pastores e colegas de ministério.
    QUINTO: Sendo a Igreja do Senhor Jesus apostólica, não veja porque não ter no seu quadro ministerial alguém com o título de apóstolo, atuando em conformidade com a função e tendo os requisitos de um apóstolo. O que se espera dos tais é que não venham a se ensoberbecer e a se sentirem superior aos demais obreiros do Senhor. Admirou muito a atitude do apóstolo João, que por vezes o encontramos se intitulando de “presbítero”. Desta forma, vejo a ordenação de uma pessoa ao apostolado não como “promoção”, mas, uma atribuição de maior responsabilidade. O fato de ser apóstolo não coloca ninguém na crista na vez e nem num pedestal. Os tais devem revelar o poder da ressurreição em suas vidas e a realização de milagres e uma vida de humildade. (At 4.33; 1.22). As condições para ser um apóstolo são: o chamado; estar com Jesus (não visivelmente ou na carne, mas num relacionamento íntimo e real); terceiro, ser enviado e quarto, ter autoridade (Lc. 9:1-2). A autoridade provém da revelação, e a revelação é o resultado de estar com Jesus.
    SEXTO: Entendo que apóstolos e profetas são mais odiados por Satanás devido à abrangência dos seus ministérios. Mas, sabemos que Deus não nos poupa de embates, mas quando nos coloca em posições de honra e autoridade, adverte-nos que serem rejeitados e criticados. (Atos 11:1-3).
    Na decadência da igreja os apóstolos desapareceram, mas na sua restauração eles reaparecerão. Eles Vieram antes do nascimento da Igreja e agora, que nos aproximamos do fim, eles resurgirão trazendo um novo ânimo para à igreja de Cristo. A volta de Cristo está às portas. Segundo a Palavra, o Senhor irá restaurar todas as coisas (At 3. 21). Dentre estas temos a restauração dos cinco ministérios e dos dons dados à Igreja. Antes do arrebatamento veremos uma grande operação e mover do Espírito Santo. Se nos primórdios da igreja o sobrenatural era algo real, mais necessário se faz que nos seus últimos dias na terra a sua atuação seja poderosa. Não devemos temer voltar ao início, e nem mesmo as críticas dos opositores, pois o retorno às origens será mais glorioso do que possamos imaginar.
    SÉTIMO: Confesso que a minha ordenação acontece não se trata de uma decisão pessoal. Quando decidi aceitar o fiz por entender que dizer não seria uma forma de considerar-me digno do título, como não o sou, aceitei por considerar-me indigno. Deus não está procura de pessoas dignas e preparadas, mas disponíveis e dispostas a pagarem o preço de atingir o padrão do Varão Perfeito, Cristo Jesus. Pessoas dispostas a mudar de postura e que aceitem compromissos.
    Toda vocação espiritual tem o seu peso. Portanto, como o auxílio do Espírito Santo, assumo o compromisso de ser fiel ao meu Deus na vocação. Para que o peso não vá além das minhas forças peço aos amados irmãos que continuem me chamado “pastor”. Os colegas podem chamar-me Manoel, os mais íntimos, manoelzinho, os de Serra Talhada, Neco e que o Senhor de minha vida, me chame pelo que realmente sou: SERVO. E, não passo de um servo inútil ao meu Senhor.
    Desejo tão somente que Deus faço que milagres aconteçam no meu ministério; que me conceda autoridade para incomodar os religiosos e autoridades inescrupulosas; quando me prenderem, que as prisões sejam quebradas; que a mensagem que eu pregue seja de vida; que o meu ensino seja a sã doutrina; que eu seja uma fiel testemunha; obedeça a Deus e não aos homens e, possa viver para a glória do meu Senhor.

    • A paz do Senhor, amado!

      Qual o nível hierárquico de um apóstolo? Na lista de Efésios, ele está acima de pastor, mestre, evangelista e profeta?

      Se o apóstolo está no topo da hierarquia eclesiástica, quem teve autoridade para separá-lo? Foi o próprio Cristo Ressurreto que o fez, como fez a Paulo?

      Por que não existe um ofício de profeta? Por que não há unção com imposição de mãos para teólogo (mestre)?

      Por que todo apóstolo moderno usa a sua apostolicidade para autenticar uma Nova Visão de Reino de Deus?

      Por que todos os apóstolos brasileiros vêm de tradição pentecostal?

      • Paz Lucas! Não estou aqui para defender A ou B, mas quero aproveitar seus questionamentos e dizer que eu sei que há muitas distorções bíblicas e extremas, e muitos erros com respeito ao entendimento do ministério apostólico e profético. Mas nem por isso devemos generalizar todas as coisas, não é porque existe o falso que não possa haver o verdadeiro, muito pelo contrário, existe o falso justamente porque existe o verdadeiro. Há apóstolos desse tempo íntegros, honestos e cheios do espírito e com um comissionamento dado por Deus, ou seja, um envio. E há também muitos mal carateres no meio cristão. Te convido a ler nosso blog há algumas coisas sobre isso http://www.igrejacenaculoapostolico.blogspot.com , mas queria me expressar acerca de seus questionamentos ok, lembrando que ninguém, absolutamente ninguém, ou eu, ou nicodemus ou qualquer ser humano está com a plena verdade, mas sim as escrituras, e não sendo interpretada de forma pacial, centralizada numa ideologia ou tradicionalismo denominacional, mas como ela é.

        Qual o nível hierárquico de um apóstolo? Na lista de Efésios, ele está acima de pastor, mestre, evangelista e profeta?
        R- Na lista de Efésios apresentam os dons ou ofícios ministeriais que JUNTOS se completam, que ALINHADOS se completam, e que é na operação de todos JUNTOS que há uma edificação da “igreja” de Cristo, leia os demais versículos que falam do propósito da existência dos 5 ofícios. Portanto o nível hierárquico de um apóstolo não é maior nem menor,cada ofício tem sua habilitação para executar tarefas específicas. Mais um vez, todos se completam, a diferença é que Deus estabelece uam ordem para algumas coisas, e quando nesse texto apresenta o apóstolo primeiro assim como em 1 Coríntios 12.28 esse primeiro é próton, primeiro em lugar, primeiro em tempo, primeiro em posição ou ordem e não necessáriamente o MAIOR ou o MENOR.( maiores detalhes vc pode me contatar depois)

        Se o apóstolo está no topo da hierarquia eclesiástica, quem teve autoridade para separá-lo? Foi o próprio Cristo Ressurreto que o fez, como fez a Paulo?
        R- Como mencionei acima, no verdadeiro apostolado não há TOPO de hierárquia, há um alinhamento entre todos os outros ofícios, (os que assim agem hoje, não compreenderam ainda o apostolado genuíno, justamente o que causa esses conflitos de pensamentos e idéias e aversões ao ministério apostólico). Apóstolos genuinos não são separdos por homens, são chamados por Deus a serem apóstolos, recebem de Deus um comissionamento, um envio para um propósito nessa terra, sendo assim a igreja/corpo de Cristo reconhece alguém como apóstolo pelas suas marcas ou credenciais de seu apostolado manifestas. Assim como Cristo se revelou a Paulo e o comissionou, Ele continua sendo Deus e continua chamando pessoas para a obra do ministério.

        Por que não existe um ofício de profeta? Por que não há unção com imposição de mãos para teólogo (mestre)?
        R- Existe o ofício de profeta assim como existe os outros 4, acontece que muitos querem só criticar e criticar e ver oq ue querem ver, mas não sabem de tudo na realidade. Assim como o ofício de apóstolo vem sendo restaurado para servir a igreja, o Corpo, os ofícios de profetas, evangelistas e mestres também foram, o problema é justamente que muitos querem centralizar tudo em um só ofício chamado ‘pastor”, mesmo sabendo que Deus deu mais 4 ofícios para se completarem como equipe e não sobrecarregar ninguém, mas levando a igreja ao amadurecimento. Por isso o ministério apostólico está sendo restaurado na igreja, para por em ordem o que está fora de ordem. E sim, há imposição de mãos no reconhecimento de mestres, assim como no de pastor, evangelista e profeta.

        Por que todo apóstolo moderno usa a sua apostolicidade para autenticar uma Nova Visão de Reino de Deus?
        R- É bem verdade que há muitos que se dizem apóstolso que falam ter tido algumas revelações. Mas a visão de Reino de Deus é uma só e ela é expressa na bíblia, fora disso é heresia. O que pode acontecer é algumas pessoas receber de Deus um direcionamento de estratégias evangelísticas ou de atuação, isso não é uma nova revelação de Reino de Deus, mas uam revelação para atuação a nivel ministerial pessoal. Não é a visão que autentica um apóstolo, mas suas credenciais apostólicas manifestas.

        Por que todos os apóstolos brasileiros vêm de tradição pentecostal?
        R- É bem realidade que muitos dos apóstolos brasileiros vieram de uma linhagem pentecostal, mesmo porque o brasil tem uma raiz pentecostal muito forte, e o pentecostalismo abre margem para conhecimentos e desenvolvimentos espirituais, o que envolve muito o porfético e assim muitos compreendem sua chamada pelas experiencias pessoais com Deus. Mas não são todos os apóstolo brasileiros que vem do pentecostalismo, há muitíssimos homens de Deus de linhagem como a batista que compreenderam sua chamada apostólica e se movem no ofício de apóstolos assim como suas igrejas batistas se movem numa dimensão apostólica.

        O problema Lucas, é que de fato houveram muitas distorções e falta de entendimento acerca disso, mas creio que Deus irá fazer um alinhamento sobre o assunto. De fato não precisamos de apóstolso hoje para colocar o fundamento, porque esse já foi posto e é Cristo, não precisamos de apóstolos para escrever uma nova bíblia com novas revelações, porque essa já está definida. O ministério apostólico hoje atua para levar a igreja de volta ao fundamento (pois se perdeu nos seus tradicionalismos e costumes de homens e não bíblicos), junto com os demais ministérios conduzir o Corpo ao amadurecimento, é só ler o restante dos versículos de efésios. Se não fosse o propósito de Deus que houve os 5 ministérios, Jesus ao ascender aos céus não teria dado 5 dons para o aperfeiçoamento dos santos, mas teria dado apenas 1 o de pastor, ou 2 com o de evangelistas enfim, Ele deu 5, e 5 não é 4 nem 3 nem 2 nem 1. Ou Cristo teria se enganado…. meu irmão estou aberto ao seu contato, pelo blog tem o email. Grande abraço no amor de Cristo.

        Lembre-se : não é porque existe o falso que não haja os verdadeiros….

DEIXE UMA RESPOSTA