“Sem Deus não existiriam religiões, nem ateus”, diz Rachel Sheherazade; Assista

201

A jornalista Rachel Sheherazade afirmou durante um de seus editoriais no Jornal do SBT que sem Deus, não existiriam católicos, protestantes ou ateus. O comentário era uma crítica ao protesto chamado de “desbatismo coletivo” que está sendo promovido em repúdio à visita do papa Francisco ao Brasil durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Organizado por Daniel Sottomaior, presidente da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA), o “desbatismo coletivo” alega protestar contra o uso de dinheiro público para custear a visita do pontífice católico, e também contra o uso de símbolos cristãos em prédios públicos e ensino religioso nas escolas, de acordo com informações do jornal O Globo.

A jornalista, conhecida por suas opiniões contundentes, afirmou que os ativistas ateus se esquecem que a intolerância religiosa é crime no Brasil.

“Aqui no Brasil, um pequeno grupo de ateus fundamentalistas prepara uma surpresa para o papa. Prometem fazer o ‘desbatismo coletivo’ contra aquilo que chama de imposição religiosa. Esquecem, esses ateus, que o cristianismo é uma escolha pessoal e racional, no exercício do livre arbítrio, onde até o batismo de crianças católicas, precisa ser confirmado na idade da razão. Mesmo assim, esses ateus pretendem fazer barulho e alertar contra “os males da fé”, afrontado o papa e milhões de fiéis em plena Jornada Mundial da Juventude. Esquecem eles, que a intolerância religiosa é inadmissível neste país, que garante a liberdade de crença”, discursou.


Finalizando seu comentário, Rachel lamenta a postura dos integrantes da ATEA em relação à fé: “Pobres ateus. Eles não sabem o que dizem. Inconformados e incomodados pela fé, protestando contra o que não acreditam, tentando em vão apartar o homem de Deus… Irônico é que sem Deus, não haveria nem católicos, nem judeus, nem islâmicos, nem agnósticos. Nem mesmo os ateus”.

Assista:

Assine o Canal

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


201 COMENTÁRIOS

  1. ESTUDO BÍBLICO:

    “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

    Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos usar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

    1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

    Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-32; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

    2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

    O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo do despojo de guerra quando resgatou seu sobrinho ló e jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

    Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

    No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

    3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

    Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

    Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

    Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

    Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

    Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

    Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas abraão e até moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

    4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

    O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90 % do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado josé de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

    Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

    Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

    5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

    Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

    Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

    6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
    Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

    “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL contra Israel, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

    e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

    “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

    Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

    “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

    Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

    O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

    O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

    O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

    “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

    Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

    Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

    Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

    Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

    7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

    Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

    A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

    Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

    1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

    2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

    3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

    4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

    Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

    Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

    Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

    Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

    Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

    8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

    Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

    Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

    9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

    O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

    Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

    Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

    Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

    Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

    10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

    O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

    A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

    Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

    Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

    Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

    Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

    Considerações finais:

    Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

    Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

    Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

    Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

    Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

    Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

    No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

    O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

    Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

    Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

    Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

    Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

    Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

    Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

    Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

    “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

      • ninguém nunca leu isso O EX.

        kkkkkkkkkkkkkk as pessoas mal mal lê. suas proprias coisas.
        kkkkkkkkkkkkkk

        O DEMONIO STARDUST ESTA DOIDO..
        MONROU NAS COSTAS DA JUSSARA, E fica escravizando ela.

        • ELE SÓ MANIFESTA AINDA PORQUE NÓS CHAMAMOS SE PARARMOS DE DAR ATENÇÃO RESISTIR AO DIABO OU ESTRELA CAÍDA ELE VAI EMBORA…MESMO TENDO OUTROS NICKS DELE MESMO PARA O AJUDAR NESTA EMPREITADA NESTE EBÓ…VAI PERDER FORÇA E SAIR.. POIS NÃO PODE RESISTIR AO SENHOR JEOVA

          • clamando edy e arrebentar

            Tres cães gulosos que vivem recebendo dízimos…

            Mas a boa vida tá acabando… O povo tá descobrindo a verdade !

          • é o povo esta vendo que assim como voce caiu a primeira vez por se exaltar sobre teus páres quis ser maior que DEUS agora da mesma forma quer ser maior que os pastores que DEUS colocou quer ser maior que DEUS vai cair novamente estrela caída

          • clamando

            Aonde na bíblia Deus autorizou pastores a tomarem dízimo dos cristãos?

            Acabou a vida mansa, falsos profetas… O povo tá descobrindo a vdd sobre a mentira que é esse dízimo que vcs insistem em tomar.

          • jeann

            não há proibição de entrega de dízimos. Da mesma forma que não há a obrigação. Ninguém vai perder a salvação pq não deu 10% de seu pagamento a um pastor.

            A bíblia em hebreus 7, fala sobre o dízimo, sua entrega por abraão, e sua obrigação… DOS JUDEUS ( FILHOS DE ISRAEL ), de entegarem dízimos aos LEVITAS. (hebreus 7:5 )

            mas pelo sacerdócio de Jesus Cristo, ser superior ao dos levitas ( pois estes vivem dos dízimos e depois morrem ), não há necessidade de entrega de dízimos:

            ” Pois, com efeito, o mandamento anterior é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade” ( hebreus 7:18 )

            E qual era esse mandamento anterior? é só ler o texto de hebreus 7, até chegar ao versículo 18, que vemos que o autor se refere ao dízimo…

            Pois se o sacerdócio de Jesus é superior aos sacerdócio dos levitas, portanto o mandamento de entregar dízimos se torna inutil, ineficaz.

            Jeann… leia hebreus 7 do versículo 1 ao 18 e veja como o autor explica sobre dízimos, sua instituição e coleta obrigatória pelos levitas ( hebreus 7:5 ), o sacerdócio superior de Cristo ( que não era levita, e sim de judá – hebreus 7:14 ) e sua abolição, por sua inutilidade ( hebreus 7:18 ).

            Esse texto de hebreus 7, nunca é pregado nas denominações pois os cães gulosos, pastores ( isaias 56:11 ), sabem que se o membro estudar esse texto, descobrirá que dízimos não são mais necessários.

            à menos que vc conheça algum legítimo levita, e vc seja oriundo de uma das outras 11 tribos de israel, portanto um israelita, e é claro, não creia no sacrifício do Senhor Jesus.

            Esse não é o meu caso, por isso estou convicto que não preciso dar dízimo de dinheiro em nenhuma denominação, espero que seja o seu também.

            medite em hebreus 7:1-18 e descubra o que os pastores não falam sobre dízimos!

          • Sim, entendo que não seja obrigado, mas o ato de dar o dízimo não é condenado na bíblia, isso acho que tem que deixar claro também.

            Eu vejo que “Deus ama quem dá com alegria”, se encaixa ao dízimo tb.
            Não devemos condená-lo, só deixar claro que se vc não quiser dar não precisa dar.

          • Jeann

            entendi o que vc quis dizer…

            ninguém vai pro inferno se der dízimo, da mesma forma que ninguém vai pro inferno se não der dízimo.

            Mas o texto de 2corintios 9:7, não tem nada a ver com dízimo, ele se refere somente a ofertas voluntárias sem barganhas com Deus.

            O problema é que muitas denominações ensinam que dízimo é obrigatório aos cristãos, e quem não dá perde a salvação… e ainda falam que o dízimo deve ser entregue por amor…

            que entrega de dízimo por amor é essa que se vc não der vc vai pro inferno?

            Portanto, é esse mito que estamos derrubando. claro, que os que vivem dessa prática malévola vão procurar nos taxar de hereges, de endemoniados, mas eles tremem pois sabem que podemos provar que dízimos não são obrigatórios usando a própria bíblia.

            Eu não sou dizimista. E sou cristão!

          • Stardust,

            Acho que na sua visão do dízimo vc o associa apenas ao salário dos pastores, certo ?
            Deixa eu explicar como funciona na igreja que frequento…

            O pastor principal tem o salário fixo de 4 a 5 mil reais (pelo que lembro) esse salário dele é retirado dos dízimos.
            Ajudamos mensalmente num ministério de evangelização de índios e numa instituição de recuperação de drogados, além de outros ministérios, e contas mensais da igreja como luz/água/telefone, esses valores são retirados dos valores arrecadados dos dízimos mensalmente.
            Se a igreja precisar de reparos ou investimentos em pintura ou coisa semelhante são retirados também dos dízimos.
            Agora se tiver um evento ou retiro especial, é retirado das ofertas, e o que faltar, o caixa da igreja cobre (proveniente de dízimos) e a mesma coisa pra outras ofertas específicas.
            A qualquer momento podemos ir lá pedir um relatório detalhado dos gastos, não tem problema nisso… o próprio pastor deixa claro isso.
            Em geral o dízimo é destinado a despesas fixas MENSAIS, não daria pra contar apenas com as ofertas, pq as vezes vc dá outras não dá…. já as ofertas vc destina para um determinado fim a sua escolha…

            Conheço outras 4 denominações aqui na minha cidade que funcionam da mesma forma.
            Acho quase impossível alguma denominação fazer todos estes trabalhos sem o dízimo, entende ?

          • jean
            ele sabe bem como é isto e estou cansado de afirmar estas verdades, mas ele não entende ou se faz…agora ele e sua guerra pessoal contra a iurd..é outra coisa ele veio de la e pronto….duvido que ele concorde contigo…mas para DEUS nada é impossível

          • jeann

            eu não associo o dízimo ao salário dos pastores.

            o meu entendimento de dízimo é que ele é ALIMENTO, que deve ser dado pelas 11 TRIBOS DE ISRAEL e deve ser entregue AOS LEVITAS.

            isso que vc vê hj nas denominações, e que chamam de dízimo, na verdade é apenas 10% do salário do membro… nada disso tem a ver com a bíblia.

            O fiel que se sujeita a frequentar uma denominação, pode, se assim desejar, contibuir todos os meses com 10% de sua renda, mas nunca se pode dizer que isso é dízimo, e que é obrigatório, muito menos usar textos do velho testamento para dizer que são ordenados por Deus aos cristãos.

            Sou contra o ensino que isso seja dízimo, pois biblicamente não é. Cristãos não são obrigados a dizimarem, se quiser pode contribuir com 5%, 7%, 10%, 15% ou até mais…

            Mas chamar isso, de dar dinheiro na mão de um pastor, numa denominação e chamar de dízimos, e forçar textos da biblia para fazer parecer que são obrigatórios, isso é errado.

            Sim… sou ex-iurd, mas tenho conhecimento que em diversas denominações o proceder é igual… os membros são ameaçados com o texto isolado de malaquias 3:10, para forçar os incautos a dizimarem, e depois, na maior cara de pau, dizem que o dízimo é “por amor”…

            Não há mandamento biblico, de se sustentar esses templos físicos seja com ofertas, ou muito menos dízimos… o templo é o próprio cristão, este sim deve ser sustentado!

            Sobre seu pastor receber 4 ou 5 mil, acho um valor muito acima e fora de propósito. Pastor não pode custar tão caro assim pra ser mantido.

            Vc diz que ofertas não são suficientes para manter a obra… a obra que temos mais visto é obras de templos suntuosos sendo edificados… mas o evangelho não depende de templos físicos…E o que os apóstolos arrecadavam era para seu próprio sustento e para auxílio aos necessitados. curioso que Jesus e os apóstolos não precisavam de dízimos para fazer a obra de Deus… e através deles, muitos milagres ocorriam… cegos enxergavam, mudos falavam, mortos ressucitavam…

            engraçado que hj, os pastores exigem dízimos além das ofertas, e estão fazendo muito menos do que vemos no novo testamento…

            Jeann… será que o custo do que dizem ser a obra de Deus hj, está valendo o benefício???

            Será que hj, os apóstolos aceitariam receber 4 mil por mês?

            neste dia, pense nisso!

          • Stardust,

            Não estou questionando qto a obrigatoriedade do dízimo, isso eu sei que quem tiver vontade contribui, como falei antes.
            Detalhe, Judas era tesoureiro de Jesus, logo tb recebiam dinheiro e não só alimentos.
            Vc confunde obra missionária com obra de edificação de templos, isso são as igrejas maiores, as exceções, mundial/iurd/etc… que visam PRINCIPALMENTE isso, o que não é o caso da maioria.

            Jesus ia pregar nas sinagogas tb (Jo 18:20), onde as pessoas se reuniam para ouvir da palavra de Deus (as igrejas de hj). Como vc faria sem ter um templo, pra pregar toda semana pra 200-300 pessoas por exemplo ? Faria em sua própria casa ? No meio da rua ? Ou iria de casa em casa ? Mais fácil numa igreja como fazemos hj, certo ?
            Claro que fora as sinagogas Ele tb ia pregar em outros lugares…

            Dízimo nada mais é do que um valor fixo de oferta, mesmo sendo dinheiro, é revertido para obra de Deus tanto os dízimos como ofertas.
            Pra sustentar um missionário na África por exemplo, vc precisa de um pouco de segurança que vai conseguir manter ele lá, por isso da idéia de um valor mensal, mas ambos são aplicados na obra de Deus.
            Vc mesmo afirmou “E o que os apóstolos arrecadavam era para seu próprio sustento e para auxílio aos necessitados”, Judas era o tesoureiro, eles arrecadavam dinheiro tb, “auxílio aos necessitados” é o mesmo que missões, entrega de cestas básicas, etc…

          • Jeann

            aonde eu disse que Judas recebia apenas alimentos? ora, eles recebiam ofertas, que podiam ser dinheiro, bens… nada a ver com dízimos…

            lembre-se que Jesus e seus discípulos não podiam receber dízimos, visto não serem levitas, e a lei de moisés dizia expressamente que somente levitas podiam toma-los.

            entenda uma coisa… oferta é uma coisa… dízimo é outra!

            oferta existia antes de Jesus, durante e depois!

            O dízimo só foi obrigatório AOS ISRAELITAS de leviticos 27:30 até o sacrifício de Jesus na cruz.

            Acabou dízimo… agora cristãos só devem ofertar!

            As ofertas devem ser para sustentar a obra missionária, sustentar os evangelistas e socorrer os necessitados. Biblicamente, ofertas não devem sustentar templos físicos.

            Não há no novo testamento, nenhuma oferta em favor do templo físico por parte dos cristãos, mas se vc conhecer alguma passagem que desmente isso, fique a vontade para mencioná-la.

            Se o cristão faz questão de frequentar uma denominação, ele pode sim ajudar na manutenção da mesma, mas dizer que isso tem base bíblica é outra coisa…

            O templo que deve ser mantido são as pessoas.

            sinagoga é a igreja de hj? pelo que eu sei a sinagoga eram pequenas edificações voltadas ao judaísmo, e nós cristãos sabemos que a igreja de fato é o próprio cristão.

            isso que vc chama de igreja, na verdade chama-se denominação. Igreja é a pessoa que aceitou a Cristo, denominação é edificação de homem.

            A casa de Deus não é uma denominação, ao qual se chamam erroneamente de igreja… a casa de Deus é o próprio cristão.

            obvio que não é errado frequentar esses templos físicos, mas o erro mais comum que a gente vê dos cristãos que se recusam a estudar a bíblia é dizer que denominação é igreja, que cristão deve sustentar isso com dízimos e lá é a casa de Deus…

            por isso estou aqui, procurando dismistificar essas bobagens que os pastores não fazem a menor questão de explicarem ao povo…

            Até pq, manter esse modelo de cristianismo, é mais lucrativo…

            Tem até pastor ganhando 4 mil!

          • Stardust,

            Deixa eu tentar explicar melhor…

            Eu vejo o dízimo de hj não tendo o mesmo significado do da velha aliança… na verdade vejo sendo aplicados como se fossem as ofertas. A grosso modo é um oferta de valor pré-fixado (o valor vc escolhe, não necessariamente 10%, embora alguns pregam isso).
            Onde essa “oferta” (hj dízimo) é dividida em manutenção da congregação, sustento do pastor e obra de Deus.

            É chamado hj de dízimo por ser pré-fixado todo mês, pra ser mais fácil de administrar os ministérios por exemplo…
            senão vc não saberia se teria condições de enviar um missionário pra algum lugar durante X tempo.

            É uma oferta mais controlada digamos assim.
            É assim que vejo o “dízimo” de hoje, não tem exatamente o mesmo intuito do da antiga aliança.

            Não sei se deu pra entender…

            A respeito dos 4 mil, se vc calcular direito, tirando gasolina p/ trabalhos e outras deduções, líquido resta +/- 3200, 3400, com dois filhos na faculdade e família pra sustentar não vejo como um valor absurdo… mto gente ganha mais q isso.

          • jeann

            Se o pastor, de qualquer denominação, precisa lançar mão de um expediente tão mentiroso, como é esse ensino de dízimos, usando malaquias 3:10, para forçar o povo a dizimar, quer dizer que esse pastor no minimo não crê que o Espírito Santo age na congregação e toca no coração dos fiéis para ofertarem generosamente.

            no minimo, para ser educado.

            pois o que mais temos visto por aí, são pastores que tomam dízimos e levam vida nababesca, e os fiéis só com a promessa de um dia prosperarem…

            vc viu a lista dos religiosos mais ricos do brasil da forbes? ao menos os 6 primeiros, todos tem em comum uma coisa, dentre várias… todos ensinam que dizimos são obrigatórios!

            Jeann, tentar vincular dizimo de hj, equivalente a uma oferta, é tentar usar uma palavra ( dízimo ) que está na bíblia, porém não se aplica a nós.

            É muito mais bíblico vc dar 20% de sua renda de oferta, do que dar 10% de dízimos mais 10% de oferta.

            Na verdade, essa entrega de 10% de dinheiro ao pastor, não é, nunca foi, e nunca poderá ser chamada de dízimo, mas estou usando um termo que vc possa entender.

            Sim, realmente, tem muito mais gente ganhando acima de 4 mil… mas ao menos não é a custa dos membros de uma denominação!

          • Jean
            Este vai ser o nome do meu filho.
            Mais deixa eu te fazer entender a revolta desta senhora poeira das estrelas mais para quem não conhece: Jussara ex esposa de pastor da IURD,hoje acho que é uma mulher separada mãe de filhos acho que dois uma menina e um menino,ela e o marido dela saíram da IURD por que foram mandados para Paraíba e não aguentaram o tranco ai o marido dela Roque,se separaram e hoje ela deve esta ferrada,e culpa a igreja IURD e abriram um ministério novo mais não vingou,hoje ela e contra tudo que se refere a dízimo.
            JEAN não perca seu tempo explicar nada para Jussara.

          • JGMX,

            Meu caro, você não consegue sair do princípio do cristianismo, então sugira ao povo que proceda de igual modo, como seja, vendendo o que possuem, casas, carros, jóias façam doação à igreja.

            Cristão primitivo doava tudo, hoje são dízimos e pequenas ofertas?

            Com a sua sapiência privilegiada tente me explicar: os que você defende(cristãos primitivos) se desfaziam de tudo, os de hoje, doam partes.

            primitiva, do passado.

          • Stardust,

            Desculpa mas “expediente mentiroso”, só se for na sua denominação e em outras que vc frequentava, na prática a maioria das denominações não são assim, conheço vários pastores e correm o dia todo.
            Você só toma por base os 6 pastores que são citados pela forbes, o que são minoria. Bem menos de 1% dos pastores…
            A grande maioria não “força” dizimo, já falei antes, vc se baseia nos que aparecem na mídia ou forbes apenas. Não estou falando dessa minoria, mas sim as demais denominações, as pequenas de bairro e outras assim, q são a maioria.

            Só pra mostrar uns exemplos básicos que eu sei da rotina do meu pastor e outros pastores q conheço bem… entre suas tarefas estão: visitas nas casas, ir orar qdo tem alguém doente, controlar as manutenções q são feitas no templo, ajuda na administração da denominação, faz velórios em qquer hora, ministração de cursos a noite, aconselhamento diversos.
            Se fores ver a rotina, eh de manhã cedo até tarde da noite, com plantão direto, é sempre difícil fala com ele, tá sempre correndo. Fora os fins de semana que deixa a família em casa pra ir pregar em outros lugares.

            Se vc for ver, ele tá servindo a congregação (nós), nada mais sensato do que ajudar no custeio dele tb, somos um corpo em Cristo, onde cada parte ajuda como pode, seja em serviço, orações e mesmo em dinheiro.

            A bíblia nos mostra que devemos sim congregar (Hb 10:25), e congregar tem que ser em um “local” específico, no entanto pra manter esse local tb precisa de dinheiro e tempo, cada parte do corpo de Cristo ajuda como der, certo ? É questão de bom senso.

            Dar 20% de ofertas ou 10% de dízimo + 10% de oferta, é a mesma coisa, vai pro mesmo caixa, administrado pela denominação, exceto qdo eh uma oferta direcionada para um trabalho em específico, aí vai direto pra isso. Esses 20% são aplicados onde tiver necessidade maior. Única diferença é que o dízimo hj eh um valor fixo que VOCÊ escolhe, só pra facilitar o planejamento a longo prazo dos trabalhos da congregação.
            Concordo que o nome “dízimo” que ainda é usado hj não eh o mais ideal, deveria ser “oferta mensal” ou algo assim, pois não tem exatamente o mesmo destino do que era na antiga aliança.

          • ex.,

            Tem muita gente que não conhece como os dízimos que damos hoje são aplicados.
            A visão geral que o povo tem eh que dízimo = salário do pastor, o que não é bem assim…
            Grande parte pensa que qto mais dízimos a denominação recebe maior o salário do pastor, o que não eh verdade.
            Claro, sempre tem algumas exceções, mas isso eh a minoria.

            Mas sempre tento ensinar como Paulo diz em 2 Timóteo 2:24 “Ao servo do Senhor não convém brigar mas, sim, ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente.”

          • JEANN

            não sou contra a denominação “sustentar” o pastor, pelo contrário, isso é biblico, os que pregam o evangelho vivem do evangelho.

            Só que 4 mil, tá meio exagerado pra um pastor… agora to entendendo pq tem gente largando emprego secular e querendo ser pastor… bons salários!!!

            Pelo jeito, seu pastor se dedica bastante, o que é bom, mas ainda assim, 4 mil tá fora de propósito… o que muito membro tem de trabalhar 4, 5 meses, seu pastor tira em apenas 1 mês… tá fora da realidade esse valor.

            Ele tem de ser receber salário da igreja sim, mas não precisa ser tanto assim tb, não é? por mais que ele realmente trabalhe em pról da denominação, o salário dele chega a ser um escandalo.

            sobre congregar, isso pode ser feito em casas… não precisa ser num edificio com placa denominacional… a igreja primitiva congregava em casas.

            Ao menos vc reconhece que dízimo já era…

            Agora ofertas não. O cristão deve ofertar voluntáriamente.

            Não por barganha, e sim por amor.

            É isso que venho ensinando aqui… não existe mandamento de dizimar… ninguém é obrigado a dar 10% do salário numa denominação. Isso é distorção da palavra.

            óbvio que quem quiser, dar 10% todos os meses, pode fazê-lo, mas chamar isso de dízimo é errado… isso é uma oferta.

            ah, e demonio chamado devorador não existe… isso é golpe para os lobos arrancarem dízimos do povo por medo.

          • Stardust,

            O dízimo como era praticado realmente não “vale” mais, mas o dízimo de hj eh diferente, não eh o mesmo destino… esse sim eu sou a favor.

            A questão do valor do pastor é definido por concenso da lidença, são levados vários fatores em questão.
            Por exemplo, tem dois filhos na faculdade, ele usa o carro próprio pra trabalho, fora os encargos q são descontados tb.
            Então como vc pode ver, eh muito variável essa questão, não existe “tabela” pra isso, eh definido por nós mesmos.

            Eu não questiono isso, eu sei que o objetivo dele não é se enriquecer, mtas vezes qdo falta dinheiro no caixa da congregação ele dispõe de parte do salário dele. Prefiro não julgar essa questão de valor, e sim simplesmente seguir o “dar com alegria”. Acho que todos devemos fazer assim.

    • Rapaz , vc já esta enchendo o saco ! com este negocio de dizimo, vc ja falou ja esta bom caramba! toda hora vem vc com este jornal falando do seu estudo, ja falou , ja falou e pronto; ta bom !

      • souza

        A razão de volta e meia eu retornar com o estudo que desmascara a mentira dos dízimos nas denominações evangélicas é pq sempre tem gente nova chegando no G+., e elas precisam conhecer essa verdade.

        E sei que a maioria aqui já conhece esse estudo, mas ele é destinado aos novatos do G+.

        • JEANN

          o dízimo de hj, não é dízimo e sequer tem respaldo bíblico. Associar isso que chamam de dízimo, com o verdadeiro dízimo de malaquias 3:10, é o macete desse golpe aplicado nas denominações.

          Vc alega que esse dízimo na verdade é uma oferta mensal…

          Só queria que vc me mostrasse na bíblia que a oferta tem de ser mensal e necessariamente em 10%.

          É claro que os enganadores vão usar o argumento de que tem de ser 10%, pq remete ao dízimo entregue pelos judeus… esse é o macete desse golpe.

          O cristão tem liberdade para ofertar como quiser, seja com menos de 10% de sua renda, ou até mais, se desejar e puder.

          Agora, limitar a “oferta mensal” como vc diz que deveria se chamar isso que chamam de dízimo em 10% é querer associar isso, com a contribuição obrigatória dos judeus para com os levitas, esse sim o legítimo dízimo.

          O cristão é livre para ofertar quando quiser, e como quiser. A obra é do Espírito Santo e Ele fala ao coração do cristão sobre quanto e quando ofertar.

          Pastor que precisa lançar mão de um expediente tão deplorável, querendo fazer a associação de que o dízimo que era alimentos ainda deve ser entregue em dinheiro, realmente não crê que o Espírito Santo age nos cristãos…

          Precisa ensinar essa mentira de dízimo para “fazer a obra de Deus” ?

          Jesus e os apóstolos nunca precisaram desse método, ( usar mentira para levar a verdade a todos ) para fazer a obra de Deus.

          eles fizeram a obra de Deus e em nenhuma parte do novo testamento, usaram o argumento de dízimo para isso… e paralíticos andavam, mortos ressucitavam, cegos enxergavam…

          Porém, hj muitos pastores exigem dízimos dizendo ser ” para a obra de Deus”… mas e quantos milagres temos vistos nessas denominações??? Apesar deles recolherem dízimos… temos vistos cegos sendo curados? mortos ressuscitados, mudos falarem, surdos ouvirem, paralíticos andarem?

          Realmente o “evangelho” hj, é muito diferente quando comparamos com a bíblia!

          Neste dia, pense nisso!

          • FALA A VERDADE PARA ON JEAN E4STRELA CAÍDA VOCE ESTÁ AQUI APENAS PARA ATACAR A IGREJA E SEUS PASTORES…CHAMANDO O SENHOR JESUS DE SEM NOÇÃO POIS NÃO CRE QUE É ELE MESMO QUE DEU E COMO DIS A PALAVRA NINGUÉM SOBE AO PODER SE DEUS NÃO QUISER …LOGO JGMIX É SALVADOR E DEUS POIS DIZ QUE ELES ERRARAM….CLARO NÃO GANHOU NADA E PORQUE SERA QUE NÃO É O HONESTISSIMO PAI DAS SAFADESAS QUE ESTA A FRENTE DESTAS IGREJAS…TSTSTS NÃO CONSIGO IMAGINAR….E AI LEVI ESTAVA DESAPARECIDO…..CARA QUANDO POSTAR E NÃO ENTRAR VAI APERTANDO F5 QUE NA MAIORIA DAS VEZES FUNCIONA

          • JEANN

            o auto-intitulado pastor, clamando está furioso com o meu trabalho de clarificação neste site… desmistificar a mentira dos dízimos é o que ele não quer, pois ele vive deles, e meu ensino põe a vida mansa dele em risco.

            clamando não quer almas, clamando quer dízimos!

            clamando… pra que F5, se vc foge em F3…F2…F1…

  2. Jumenta:

    Significado de Fundamentalismo

    s.m. Tendência conservadora de certos meios protestantes que só admitem uma interpretação literal das Escrituras e se opõem ao movimento ecumênico.
    Tendência de alguns adeptos de uma religião de retornar ao que consideram como fundamental ou original.
    Grande movimento dentro do protestantismo nos E.U.A. O movimento tenta preservar o que considera serem as idéias básicas do cristianismo, contra as críticas dos teólogos liberais.

    Como um grupo de ateus pode ser fundamentalista?

    • Luis, ela não é jumenta coisa nenhuma e está correta em sua colocação, pois em uma definição mais ampla você se enquadra como fundamentalista assim como os protestantes que primam pelo que é bíblico.

      Significado de Fundamentalista:

      Fundamentalismo refere-se a movimentos anti-modernistas nas várias Etnias e Raças, com ideologias separatistas, destinadas a voltar às características fundamentais do grupo que originou o grupo maior, que se impôs pela diversidade cultural, social e econômica.
      Enquanto o Grupo se “globaliza”, as minorias, revoltadas com a ampla diversidade cultural gerada por esse fenômeno, destinam-se a formar grupo que compartilhem as mesmas idéias separatistas, e tentam se impor de várias formas.

      Exemplo do uso da palavra Fundamentalista:

      As mais conhecidas tentativas separatistas por grupos fundamentalistas étnicos, podem ser encontradas nos Congressos Nacionais, Assembléias Legislativas, e em Partidos Políticos. Podem também se revelar em Estados Formados, destinados a eliminar minorias raciais, ou podem ser grupos armados separatistas, denominados terroristas.
      Por se tratar de um Fenômeno Universal, presente em toda a história da humanidade, desde as tribos nômades, índios e povos africanos, os conflitos étnicos gerados pelo Fundamentalismo, têm uma justificativa na retomada de valores e idéias que podem ter sido esquecidos, mas a guerra, e o terrorismo, não justificam a defesa de ideologias aceitas por minorias, ou por governos ditadores, bem como a matança de raças inteiras, para se eliminar uma Raça ou até mesmo uma Língua.

  3. Os crimes do ateísmo.

    Todo mundo já ouviu a ladainha de que o cristianismo matou milhões durante a famigerada Inquisição. Em primeiro lugar, não foram milhões. E em segundo lugar, não foi o cristianismo. É tão óbvio que chega a ser tedioso ter de afirmar isso. Mas quando a gente vê que o comunismo ateu goza de uma imagem mais positiva do que a religião cristã em certos meios, percebe-se que há uma grave distorção de avaliação.
    Pois bem, a partir de agora eu não direi mais que foram os governos comunistas e socialistas que mataram milhões na antiga União Soviética e na China Comunista. Direi que foi o ateísmo. É tão “honesto” quanto afirmar que o cristianismo matou na Inquisição. Não adianta argumentar que havia interesses de estado envolvidos na inquisição. Não adianta dizer que, apesar de ser lamentável a participação de autonomeados representantes do cristianismo, o cristianismo em si nada teve a ver com aquilo.
    É claro que o ateísta militante vai subir em seu tamanco e ficar ofendido: Que absurdo! Mas o fato é: Se o cristianismo é culpado pelas mortes da Inquisição, como querem os militantes ateístas, então o ateísmo é culpado pelas mortes dos vermelhos. É culpado pelos gulags e pelas merdáceas.

    E já que o argumento chinfrim veio para ficar, vamos enfiar o pé na jaca: Você já viu um estado comunista-cristão? Um estado socialista-cristão? Pois é! Podem existir partidos e indivíduos que respondem por esse tipo de estrovenga conceitual. Mas não existe uma nação sequer – se existir, é so citar, pois não lembro de nenhuma – que seja comunista e cristã. Contudo, olha que coisa!, já existiu e existem nações que são atéias e comunistas. Não é interessante? É uma associação quase que inevitável. Há mais coisas entre o ateísmo e o comunismo do que julga nossa vã filosofia.
    Uma das coisas que os ateus adoram reivindicar é o estado verdadeiramente laico. Já reparou isso? E quais são/foram os estados verdadeiramente laicos que existiram e existem? Bingo! Estados comunistas e socialistas. Repare que todos os pensadores marxistas, socialistas, comunistas – que têm alguma relevância – fazem parte da mesma igreja: O ateísmo dos últimos dias!

    Uma característica que tenho observado com freqüência na militância ateísta é uma atração mal disfarçada pelo estado. Observe que todo ateu militante – desses que vivem vociferando contra a religião – no fundo gosta do estado. Ele olha para o estado como uma espécie de panacéia contra a religião. É claro que não admite isso com todas as letras. Diz que o que livrará o mundo da religião é a razão. A razão dele, obviamente. Mas quando a gente lê o que esse cara escreve é possível ver como ele gosta do estado. É necessário um estado laico; O papa não tem de se meter nisso ou naquilo; As Igrejas têm de ficar de fora; Passar bobagens religiosas para crianças é crime; e por aí vai.

    Vou arriscar uma previsão: A qualquer momento – num futuro que, creio, não muito distante – o estado vai atender aos anseios desses bacanas. Você viu o caso da universidade La Sapienza, não viu? Aitolás do estado laico duma universidade fundada por um papa impediu outro papa de falar ali. Quantos intelectuais você leu ou ouviu defendendo o direito de o papa discursar ali? Meia dúzia de gatos pingados. E olhe lá!
    Esse tipo de (res)sentimento contra as religiões – contra o cristianismo em especial – vai aumentar. Quem foi o culpado pelo incêndio em Roma? Para o estado romano foram os cristãos. Não se engane: não demora muito e esses caras conseguem o estado “verdadeiramente” laico que tanto querem. E aí, você vai ver o que significa o quinto selo.

    Por isso, quando um ateu vier com essa ladainha anticristã, não perca tempo, jogue pra cima dele – e de todos os ateus militante – todos os milhões de cadáveres dos soviéticos e dos comunistas chineses! Afinal, ele não hesita em colocar nas suas costas todos os males do ocidente.

    • Falacia! So esqueceram de dizer que eram países comunistas que assim como outros países usaram a religião pra implantar uma ditadura… So que sem religião…

      • Amigo, nem o cristianismo, nem o comunismo matou milhões! Em nenhuma das teorias de quem defende ouve o incentivo a matar alguém. A ignorância é que mata as pessoas! O comunismo defende a igualdade entre as pessoas, a liberdade acima de tudo, sem líderes ou autoridades ou hierarquias. A teoria criada por Marx só entra em conflito com o que Jesus pregou nesse ponto. O capitalismo criado por países em que predominam o cristianismo, matou o destruiu a vida de milhões de americanos, asiáticos e principalmente africanos. Eram esses propagadores do genocídio cristãos? Eram esses assassinos comunistas? Não, não eram, nem sequer conheciam o que seguiam! Os verdadeiros ateus não se importam com a visita do Papa, nem possuem interesse nisso! Grandes mentes eram comunistas, e também se pode acreditar em Deus! Só a hierarquia humana é injusta e irreal. Não existem maiores ou menores! Encontre outro ponto em que o comunismo da teoria entra em conflito com o Novo Testamento? Encontre cristãos praticantes do verdadeiro cristianismo! Sendo assim concluo que não há nem cristãos e nem comunistas verdadeiros nesse mundo!

      • A sua ignorância arrogante lhe cai muito mal. Você passa recibo de alguém que tem alguma dificuldade para entender oque é colocado. Comunista não tem qualquer apego a religião nenhuma são na maioria ateus.

    • OS CRIMES DO DEUS DA GIBÍBLIA:

      Vamos considerar apenas os números explícitos na bíblia.

      A mulher de Ló, por olhar para trás (gen. 19,26) + 1 = 1

      Er, por ser mau aos olhos do Senhor (gen. 38,7) + 1 = 2

      Onan, por derramar sua semente (gen. 38,10) + 1 = 3

      Por adorarem o bezerro de ouro (ex. 32, 27-28) + 3.000 = 3003

      Por blasfemar (lev. 24, 10-23) + 1 = 3.004

      Por recolher lenha no sábado (num. 15, 32-36) + 1 = 3.005

      Corá, Datã e Abirão, e todas as suas famílias (num. 16, 27) +12 = 3.019

      Queimados vivos por oferecer incenso (num. 16,35) + 250 = 3.269

      Por reclamar (num. 16, 49) + 14.700 = 17.969

      Por se prostituir com as filhas de Moabe (num. 25,9) + 24.000 = 41.969

      Massacre midianita (num. 31, 1-35) +90.000 = 131.969

      Acã e sua família (josué 7, 24-26) +5 = 131.974

      Ataque a Ai (josué 8, 1-25) + 12.000 = 143.974

      Cananeus e farizeus (jz. 1,4) + 10.000 = 153.974

      Eúde mata em nome de deus (jz. 3, 15-22) 1-153.975

      Moabitas (jz.3, 28-29) + 10.000 = 163.975

      Midianitas forçados a matar uns aos outros (jz. 7, 2-22) + 120.000 = 283.975

      O espírito do Senhor vem até Sansão (jz. 14, 19) + 30 = 284.005

      Mais uma vez o Sansão se enche de espírito santo (jz. 15, 14-15) + 1.000 = 285.005

      Deus ajuda Sansão a matar (jz. 16, 27-30) + 3.000 = 288.005

      Mais benjamitas (jz. 20, 44-46) + 25.000 = 338.105

      Por olhar dentro da arca do Senhor (1sam. 6, 19) + 50.070 = 388.175

      Filisteus (1sam. 14, 12) + 20 = 388.195

      Samuel mata Agague (por ordem de Deus) (1sam 15, 32-337) + 1 = 388.196

      Deus feriu Nabal (1sam. 35, 28) + 1 = 388.197

      Uzá, por tentar impedir a arca de cair ( 2 Sam.6:6-7) + 1 = 388.198

      O filho de Davi, ainda neném ( 2 Sam.12:14-18) + 1 = 388.199

      Sete filhos de Saul enforcados diante do Senhor ( 2 Sam.21:6-9) + 7 = 388.206

      Punição pelo censo de Davi ( 2 Sam.24:13) + 70.000 = 458.206

      Um profeta por acreditar na mentira de outro profeta ( 1rs.13:1-24) + 1 = 458.207

      Deus entrega os sírios ( 1rs. 20:28-29) + 100.000 = 558.207

      Deus faz uma parede cair nos soldados sírios ( 1rs. 20:30) + 27.000 = 585.207

      Deus envia um leão matar um homem por não matar um profeta ( 1rs. 20:35-36) + 1 = 585.208

      Queimados vivos por Deus (2rs. 1:9-12) + 102 = 585.311

      Deus envia dois ursos para matar 42 crianças (2rs. 2:23-24) + 42 = 585.343

      Morreu por não crer em Elias (2rs. 7:17-20) + 1 = 585.344

      Jezebel (2rs. 9:33-37) + 1 = 585.355

      Deus mandou leões matar alguns estrangeiros (2rs. 17:25-26) +3 = 585.358

      Assírios (2rs. 19:35,) + 185.000 = 770.358

      Saul (1cr. 10, 14) +1 = 770.359

      Deus entrega Israel nas mãos de Judá (2cr. 13:15-17) + 500.000 = 1.270.359

      Jeroboão (2cr. 13:20) + 10 = 1.270.360

      O Senhor entregou os etíopes (2cr. 14:9-14) + 1.000.000 = 2.270.360

      Jeroão (2cr. 21:14-19) + 1 = 2.270.361

      A mulher de Ezequiel (ez. 24:15-18 ) + 1 = 2.270.362

      Ananias e sua esposa ( Atos 5:1-10) + 2 = 2.270.364

      Herodes ( Atos 12:23) + 1 = 2.270.365

      Então é isso, a contagem nesse momento está em dois milhões, duzentos e setenta mil, trezentos e sessenta e cinco mortes, todas provocadas ou ordenadas por deus.

      Vale lembrar novamente que esse número, apesar de grande, é apenas uma pequena parcela das mortes supostamente cometidas por Deus, já que não há como calcular quantos morreram no dilúvio, em Sodoma, ou em outros vários massacres a povos cujos números não foram divulgados na bíblia.

      • É isso mesmo meu querido, ninguém disse que Deus não mata e se dissesse estaria mentindo, pois ele mesmo disse na sua palavra eu mato eu firo, eu saro eu dou a vida..Todas estás mortes foram de acordo com a justiça de Deus, pois Rm¨6.23 diz que o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus. Crime é algo injusto e fora da lei e Deus estabeleceu leis, o unico injusto é o homem, engraçado você quase não citar o novo testamento: mulher adultera,a parte onde Jesus foi acusado de comer com publicanos e pecadores, o caso da Maria Madalena..Jesus disse eu e o pai somos um, Jesus demontrou o caráter de Deus.O homem vê só o que está diante dos seus olhos Deus contempla tudo, A justiça do homem diz a Biblia que é como trapo da imundicia…

  4. Essa mulher se acha a última coca cola do deserto, né? E daí cada um tem sua opinião. Eu por exemplo acredito em Deus mas não acredito em religião, paciência né Raquelzinha! Ah parece que eu li que um milhão de evangélicos vão protestar contra os gastos da vinda do papa então não culpe só aqueles que você não gosta!

  5. Hilter foi um cristão fervoroso e olha o que deu… Onde estavam os bondosos cristãos para impedir que judeus, homossexuais, ciganos e deficientes fossem parar nas camaras de gás ? Eles queriam que Hitler fizesse o trabalho sujo por eles. Deixe esses fanáticos soltos e vejam o que vai acontecer.

    • Luis, esse cara citado por você jamais foi cristão, se informe melhor sobre o assunto. O cara era praticante de magia negra, um místico e perseguiu e mandou matar judeus e cristãos (católicos, evangélicos e protestantes). Antes de colocar algum comentário infeliz pesquise.

        • Fumou canabis misturada com cocô de cavalo. Silva deve ter escutado estas declarações em algum culto evangélico.
          Num desses cultos, Marco Feliciano associou as 3 balas (na verdade foram 5 desferidos e 4 o atingiram) que mataram John Lennon ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Infelizmente ele se esqueceu de atribuir responsabilidade à bala que matou Martin Luter King, líder evangélico.

    • Hitler era católico, mas daí dizer que era um líder religioso do catolicismo tem grande diferença.

      Do que se sabe, apenas os líderes religiosos é quem possuem o poder de influenciar religiosamente.

      Nenhuma religião tem por princípio e fundamento institucional fazer o que Hitler fez, até mesmo algumas aí que costumam sacrificar gente em holocaustos, em cultos disso e daquilo outro.

      Já quanto ao comunismo, este veio com a história de: religião ópio do povo por saber que a fé das pessoas produzem unidade, e unidade tende a reunião, e reunião é sinônimo de conversas para reação aos opressores. Preferiram matar o “mal” pela raiz negando a existência de Deus.

    • que graça cristão e crente a Biblia diz que até o diabo é..Cristão verdadeiro pratica a Biblia, hoje temos cristãos homossexuais, mentirosos,mundanos etc, é fácil falar..

  6. “Enquanto isso, aqui no Brasil, um pequeno grupo de ateus…”

    Rachel está se referindo ao “pequeno grupo de ateus fundamentalistas” que estão protestando contra o papa, não a todos os ateus. Qual a parte do “pequeno grupo de ateus fundamentalistas” as pessoas não entenderam?

    • Não existem “ateus fundamentalistas”. A própria definição de ateu já anula a própria possibilidade de existir fundamentalismo.

      O que eles estão protestando não é contra o Papa, que é (ao contrário do Hatzinger), alguém que eu tenho criado bastante respeito, mesmo sendo ateu. Eles estão protestando contra o uso de dinheiro público para custear os gastos, e do uso da força policial para garantir a segurança dele, em detrimento do resto da população.

  7. Avisa pra ela que segundo a bíblia, a mulher só serve para procriar, que a opinião dela não serve para nada, e que ela seria queimada durante a inquisição por estar emitindo opiniões públicas independente do grupo criticado!

  8. Que eu saiba quem vem do pó e voltará ao pó são os cristãos…
    E temos ai o homem tijolo ( adão ) e a mulher costela ( eva ) para nos contar como é vir do barro…

    • Eu e você. Qualquer ser vivo, voltará ao pó um dia. Alguma dúvida à respeito? kkkkk Se a pessoa pós morte, por exemplo é cremada, vira o que Luiz? Entende a analogia do homem feito barro e pó? “Do pó viestes, ao pó retornarás”?

      • Eu sou feito de partículas, átomos, moléculas, de células que evoluíram… Se vc quer vir do barro…Como disse Einsten, somos energia e energia não morre. E ateus e gays são feitos todos dos mesmos átomos! Compartilhamos todos a mesma matéria, mas tem uns aqui que acham que são melhores que os outros…. Deve ser o tal do amor cristão…

        • Luiz,

          Que seja pó, que seja átomo (que compõe toda matéria que existe), que seja energia, que seja o que mais quiserem acrescentar.
          O debate em torno disso é simplesmente pobre por que não leva a nada.
          De verdade? Ateu ou religioso, ninguém é melhor que ninguém, simplesmente quer ser melhor impondo suas verdades e isso não é privilégio apenas dos evangélicos. É chato pacas ateus e religiosos tentando impor suas idéias aos outros. Vida que segue!

          • Bem lembrado, Fábio Costa: “É chato pacas ateus e religiosos tentando impor suas idéias aos outros”. Eu nunca vi nenhum ateu tentando converter ninguém ao atéismo. Quando aos evangélicos, já não posso dizer a mesma coisa. Parece que ganham uma espécie de participação nos lucros (ou no dízimo) por cada pessoa que conseguem converter. Que saco! Quando eu precisar de Deus, eu mesmo procurarei uma igreja. Melhor, como prega o próprio Jesus: entrarei no meu quarto, fecharei a porta e orarei em segredo; e o Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-me-á (Mt 6). Não preciso que ninguém me induza à conversão. Assim como muitos, acho que já tenho maturidade suficiente para saber o que é certo e o que é errado. Se opto pelo erro, a decisão é minha.

          • Roque,
            Como eu falei, “Vida que segue”. Seja feliz com suas escolhas, de verdade, eu sou com as minhas e não tenho inveja de quem é também com as suas!

        • Einten..aí vem voce de novo,você não está na internet, pesquise aí e veja que o mesmo Einsten que você citou cria em um unico Deus e era o Deus Jeova, o mesmo que você não crê. outra piada teoria da evolução: aposto tbém que você não sabe a verdadeira história que a midia esconde que Charles Darwim foi cristão, cria tbém em Jeová, porém ao se desviar, caiu em cegueira inventou a teoria, que por si só já a palavra diz “teoria” porém o que a midia esconde é que quando foi achado morto, estava com uma Biblia em cima do peito e deixou um bilhete dizendo que na verdade só cria mesmo é na Biblia e que tudo sobre a teoria da evolução foi coisa da cabeça dele.Será que alguém pregou uma peça nele? Bom a prova ta aí os macacos, nem todos evoluíram, os macacos que evoluiram creem em Deus. Ciência pra você sabichão: na terra tem ferro,manganes,niquel, potassio,agua,calcio magnesio,potassio,fosforo,aluminio etc tudo que tem no corpo humano.coincidência!

          • A que “fé” vc. acha que ele estava se referindo ? Fé em Deus, na bíblia, na religião ? Não! Ele se referia à fé no próprio esforço, na pesquisa, na conquista de um resultado, na solução de um problema, na descoberta.

  9. “Pobres ateus. Eles não sabem o que dizem. Inconformados e incomodados pela fé, protestando contra o que não acreditam……. “. Neste trecho ela resume tudo, os Ateus protestam contra aquilo que não crêem, não seria muito mas facil eles somente não crerem?.
    O Ateus é CRÊ que Deus não existe.

    • Até então eu admirava esta jornalista, mas ela falou besteira. Vai ver é evangélica. Os ateus não se importam com a crença de ninguém. O fato é que é impossível somente não crer, quando a pessoa é atacada por causa da sua não fé. Geralmente os crentes (principalmente os católicos e os evangélicos) associam a figura do ateu a uma pessoa perversa, demoníaca. Perverso é esse Deus cristão que sente prazer em cheirar a fumaça que sobe dos corpos de animais cremados em holocausto: “Então, esfolará o holocausto e o partirá nos seus pedaços.” [Lv 1:6] Queime a cabeça, gordura, e entranhas para um “cheiro suave ao SENHOR.” [Lv 1:8-9]. Abraão estava decidido a imolar o próprio filho para provar sua obediência a Deus. Quanta perversidade, tando de Deus quanto do pai para com o filho Isaac.
      No epísódio da fuga para o Egito, Deus salvou seu filho, mas permitiu que todas as crianças com idade até 2 anos fossem massacradas pelos soldados de Herodes. Quanta perversidade!
      Em um cápítulo da novela “A Escrava Isaura”, transmitida pela Record, Leôncio vociferava: “Eu sou mal, eu sou ateu”. Assim fica difícil os ateus simplesmente não crerem. Toda ação gera um a reação, portanto, os ateus tem o direito de se defenderem quando se sentirem agredidos.
      Em vez de declarar “pobres ateus”, ela deveria dizer: “Corajosos e inteligentes ateus”. Sim, porque não é qualquer um que tem a coragem para ir de encontro a essa velha opinião formada e manipulada sobre Deus.

        • Os cristãos se ridicularizam por si próprios. É por isso que venho aqui constantemente apresentar trechos da Bíblia que os padres e pastores jamais publicam nas suas missas e cultos.

      • Roque,

        Você está certo. ATEUS DE VERDADE não se importam com a crença e nem com o Deus de ninguém. Eles apenas dizem que podem viver perfeitamente sem Deus. Mas outros que se dizem ateus (assim como muitos que se dizem cristãos e não o são) vivem incomodados com a fé alheia, com a crença alheia, com o deus (Deus) de outras pessoas. Esses aí estão mais para religiosos ultra radicais ante teístas do que mesmo para ateus. E por sinal, na Inglaterra esse grupo de ateus (ateus religiosos) têm até igreja “atéia” e olha que lá eles se reúnem, meditam em algum livro ateu e cobram uma espécie de dízimo. Aqui no Brasil eles ainda não se organizaram religiosamente falando, mas são frequentes em sites religiosos, de preferencia evangélicos, pois não vivem sem um debate religioso.

          • Pq somente os religiosos podem se beneficiar da imunidade fiscal?
            Ateus devem ter os mesmos direitos! Parece um contradição uma igreja ateia mas sob esse ponto de vista nao.

          • Senhor Roque,
            Para convencer religiosos da verdade que eles supõem e da verdade que os ateus também supõe, já existem as escolas, precisamente, do ensino médio às faculdades. Não precisa-se de grupos militantes para tal. Passou da escola, é debate religioso e embate ideológico. Nada mais que religião, religião e religião.
            Se assim não o fosse, não haveria motivo, já que o objetivo é esclarecimento, para alguém do mundo ateu se incomodar com uma frase: “Deus seja louvado” nas cédulas de Real ( e que nem faz efeito no valor da moeda e nem na vida de ninguém), eu mesmo sei que ela está lá, mas não a leio há muito tempo. Isso é só um exemplo!

        • Venho aqui tentar abrir a mente de vocês e provar que não são donos da VERDADE absoluta e incontestável. Só por isso. Gostaria de poder expor minha ideias durante um culto evangélico, mas tenho certeza de que seria linchado por esses homens de Deus.

      • Roque , vc é um ateu por conviniencia , por ser gay , e se sentir acusado pela própria mente
        com certeza foi um crente fervoroso, com pais crentes , mas ; a sexualidade falou mais alto não è ?
        Foi melhor deixar as convicçôes religiosas, e, de DEUS para satisfazer os desejos da carne !
        Como vc escreve com muita propriedade da palavra de DEUS , para refutar DEUS, em vc está o espirito de Lúcifer “rebeldia”, vc sabe que o salário do pecado é a morte. Arrependa peça perdão ao seu criador, ainda da tempo.

  10. Perguntaram a José Saramago: “Como podem homens SEM DEUS serem bons?”. Ele respondeu com outra pergunta: “Como podem homens COM DEUS serem tão maus?”.

    • Respondendo a José Saramago: Os homens com Deus podem ser maus pq n somos perfeitos e cometemos pecados cotidianamente. Mas aquele que se arrepende e confessa seu pecado pedindo perdão no nome de Jesus, tem seus pecados perdoados.

      Pobre José Saramago, se achava tão inteligente, mas morreu sem Cristo…digno de pena.

      • Isso ta na bíblia mesmo! É um modo cristão para praticar td tipo de crime e atrocidade e sair impune. Pastora Suzane assassina, usou esse recurso, pastor Guilherme de Pádua assassino tb! Pastor Marcos Pereira estuprador, traficante, etc tb! Todos cristãos amorosos e ungidos, gente do bem pq acredita em deus! Acham que somos burros e idiotas? Rss

        • Achar que alguém que não é crente seja burro ou idiota é o cúmulo, não podemos e nem queremos chegar a isso, mas suponhamos que o Brasil fosse 86% de ateus, você acha que essas suas criticas teriam tanto peso como você impõe aos cristãos?
          Não me responda com a pesquisa “países ateu são mais pacíficos” por que, tanto a pesquisa como essa teoria já foram refutadas assim que ela foi divulgada.

          • Teoria ? Essas “teorias” tem provas! Procure ver no site da ONU a Finlândia ( primeira ministra lésbica!) Veja a Suécia ! Vejas sua religião , IDH, PIB, índices de violência.
            Veja a pesquisas que mostram que no Brasil 95% do presos acreditam em deus.
            São pesquisas serias feitas por instituições idóneas!
            Não é o pastor semi analfabeto ignorante que falou na igreja nao.

          • Como estes países conseguiram IDH, PIB melhores e às custas de quem? Antes de serem ateus, o que eles eram? O que trouxeram para países da América do Sul, Africa e Ásia? A França e o Reino Unido são países ateus? Canadá e EUA também são?
            Então, isso é muito relativo e depende muito dos primórdios da história dos países, sua estruturação social, sua relação com o meio e com os demais países. O Brasil, segundo a ONU e o IBGE, já figura entre os países de PIB e IDH elevado.

        • Meu amado pastor Marcos Pereira é totalmente inocente, coloco o meu pesçoço, por ele, tudo foi armação e calunia.. Jesus disse Mt.6 “Seríamos caluniados, injuriados e algumas vezes nos perseguiriam, mentindo diriam todo mal contra nós, porém a palavra diz que grande seria nossa recompensa no céu, pois assim perseguiram a Cristo e os discipulos que foram antes de nós. Entenda que Deus permite,estas coisas, pois algumas pessoas só enxergam o amor de Deus, quando perseguem injuriam,caluniam, outras como Paulo,Estevão,e o próprio Jesus, estás sofrem um pouco, porém com o sofrimento delas há muitos frutos para o reino de Deus. Paulo era perseguidor de cristãos e consentia com a morte deles, porém ao ver um Cristão verdadeiramente cheio do amor de Deus como Estevão morrendo e dizendo: Senhor não lhes impute seus pecados,pois não sabem o que fazem, a mesma frase que Jesus falou ao expirar na cruz.. Paulo enxergou ali algo extraordinário,algo que não poderia ser humano. Pois o amor humano é fraco,só ama os bons, mas Deus amou maus e pecadores e morreu por todos. Conheço alguém quem que ficou preso mais de 5 anos pela acusação de homicidio e não foi ele que matou, mas tinha o mesmo nome e era parecido, a própria vitima declarou incerteza, não houve provas porém Deus permitiu a justiça humana ser falha sabe porque? Deus sabia… que lá ele conheceria Jesus, ganharia muitas almas lá dentro, e após sair de lá Deus deu um trabalho excelente para ele,e uma familia abençoada. E não estou falando de coisas que me contaram pois eu sou um daqueles os quais fui evangelizado e ganho por ele lá dentro, hoje estou há 14 anos na igreja, servindo a Deus, tenho 4 filhos e uma esposa abençoada ao qual nestes 14 anos nunca pensei em trai-la.. Sendo que antes andava cada dia com uma mulher, e fazia um monte de coisas erradas.. Sabe porque porque conheci a Deus e pode ter certeza no fim toda a verdade virá a tona, pois a Biblia diz que não há nada em oculto, que não venha a ser revelado, não há nada encoberto que não venha a ser descoberto. Pode ter certeza Marcos Pereira é inocente, tem muitas coisas meu amigo que você não sabe e não entende, eu fui alvo da midia, e sei o quão mentirosa ela é, como distorce as noticias, compra pessoas para depor mentiras, pois tem propósitos malignos. Por isso Jesus disse:conhecereis a verdade e a verdade vos libertarás… libertará da midia..libertará do engano..libertará dos falsos..libertará de tudo..

        • Jael: “…deveis ser santos como Vosso Pai celeste é santo” (Mt 5,48). Seu argumento vai de encontro às passagens bíblicas. José Saramago e Oscar Niemeyer – pobres coitados. Niemeyer era declaradamente ateu. Morreu cedo porque fumava muito.

          • Niemeyer faleceu com 104 anos!
            Saramago com 87 anos!
            Realmente morrem muito cedo! Na flor da idade! Coitados !
            Acho que esses crentes cheiram alguma coisa na igreja que detona os neuronios …só pode!

    • Deus deu o liver arbitrio, vc faz oq quiser da sua vida!!

      Mais só há dois caminho um que a porta é larga, e a porta estreita., e vc escolçhe qual e não DEUS ESCOLHE POR VC!!

    • O homem longe de Deus pode ser tão mau quanto Lucifer ou até pior , mas nunca o contrário, o grau de maldade do ser humano e medido pela distância dele com o Criador. Mas pode o homem mesmo não conhecendo a Deus estar fazendo a vontade Dele sem saber, mesmo sendo ateu.

  11. Essa jornalista é das minhas, pois fala o que muitos marmanjos gostaria de falar mais nao tem coragem. Esses tal de ateus (numero insignificante) sao uns infelizes, os cristao no brasil sao milhoes é porque DEUS sempre esteve na frente. Querem crescer coloque DEUS SEMPRE NA FRENTE.

  12. Véi, numa boa, vai ler tua GIBÍBLIA, e conhece-la melhor, só assim vc deixarar de acreditar na falácia da Deidade cristã.
    Quem matou mais em nome da fé?(deus cristão)? O PRÓPRIO DEUS!
    matou milhões por afogamento
    matou milhares de crianças para proteger o seu
    destruiu SODOMA e GOMORRA

    MORTES CAUSADA PELO DEUS BÍBLICO:
    Vamos considerar apenas os números explícitos na bíblia.

    A mulher de Ló, por olhar para trás (gen. 19,26) + 1 = 1

    Er, por ser mau aos olhos do Senhor (gen. 38,7) + 1 = 2

    Onan, por derramar sua semente (gen. 38,10) + 1 = 3

    Por adorarem o bezerro de ouro (ex. 32, 27-28) + 3.000 = 3003

    Por blasfemar (lev. 24, 10-23) + 1 = 3.004

    Por recolher lenha no sábado (num. 15, 32-36) + 1 = 3.005

    Corá, Datã e Abirão, e todas as suas famílias (num. 16, 27) +12 = 3.019

    Queimados vivos por oferecer incenso (num. 16,35) + 250 = 3.269

    Por reclamar (num. 16, 49) + 14.700 = 17.969

    Por se prostituir com as filhas de Moabe (num. 25,9) + 24.000 = 41.969

    Massacre midianita (num. 31, 1-35) +90.000 = 131.969

    Acã e sua família (josué 7, 24-26) +5 = 131.974

    Ataque a Ai (josué 8, 1-25) + 12.000 = 143.974

    Cananeus e farizeus (jz. 1,4) + 10.000 = 153.974

    Eúde mata em nome de deus (jz. 3, 15-22) 1-153.975

    Moabitas (jz.3, 28-29) + 10.000 = 163.975

    Midianitas forçados a matar uns aos outros (jz. 7, 2-22) + 120.000 = 283.975

    O espírito do Senhor vem até Sansão (jz. 14, 19) + 30 = 284.005

    Mais uma vez o Sansão se enche de espírito santo (jz. 15, 14-15) + 1.000 = 285.005

    Deus ajuda Sansão a matar (jz. 16, 27-30) + 3.000 = 288.005

    Mais benjamitas (jz. 20, 44-46) + 25.000 = 338.105

    Por olhar dentro da arca do Senhor (1sam. 6, 19) + 50.070 = 388.175

    Filisteus (1sam. 14, 12) + 20 = 388.195

    Samuel mata Agague (por ordem de Deus) (1sam 15, 32-337) + 1 = 388.196

    Deus feriu Nabal (1sam. 35, 28) + 1 = 388.197

    Uzá, por tentar impedir a arca de cair ( 2 Sam.6:6-7) + 1 = 388.198

    O filho de Davi, ainda neném ( 2 Sam.12:14-18) + 1 = 388.199

    Sete filhos de Saul enforcados diante do Senhor ( 2 Sam.21:6-9) + 7 = 388.206

    Punição pelo censo de Davi ( 2 Sam.24:13) + 70.000 = 458.206

    Um profeta por acreditar na mentira de outro profeta ( 1rs.13:1-24) + 1 = 458.207

    Deus entrega os sírios ( 1rs. 20:28-29) + 100.000 = 558.207

    Deus faz uma parede cair nos soldados sírios ( 1rs. 20:30) + 27.000 = 585.207

    Deus envia um leão matar um homem por não matar um profeta ( 1rs. 20:35-36) + 1 = 585.208

    Queimados vivos por Deus (2rs. 1:9-12) + 102 = 585.311

    Deus envia dois ursos para matar 42 crianças (2rs. 2:23-24) + 42 = 585.343

    Morreu por não crer em Elias (2rs. 7:17-20) + 1 = 585.344

    Jezebel (2rs. 9:33-37) + 1 = 585.355

    Deus mandou leões matar alguns estrangeiros (2rs. 17:25-26) +3 = 585.358

    Assírios (2rs. 19:35,) + 185.000 = 770.358

    Saul (1cr. 10, 14) +1 = 770.359

    Deus entrega Israel nas mãos de Judá (2cr. 13:15-17) + 500.000 = 1.270.359

    Jeroboão (2cr. 13:20) + 10 = 1.270.360

    O Senhor entregou os etíopes (2cr. 14:9-14) + 1.000.000 = 2.270.360

    Jeroão (2cr. 21:14-19) + 1 = 2.270.361

    A mulher de Ezequiel (ez. 24:15-18 ) + 1 = 2.270.362

    Ananias e sua esposa ( Atos 5:1-10) + 2 = 2.270.364

    Herodes ( Atos 12:23) + 1 = 2.270.365

    Então é isso, a contagem nesse momento está em dois milhões, duzentos e setenta mil, trezentos e sessenta e cinco mortes, todas provocadas ou ordenadas por deus.

    Vale lembrar novamente que esse número, apesar de grande, é apenas uma pequena parcela das mortes supostamente cometidas por Deus, já que não há como calcular quantos morreram no dilúvio, em Sodoma, ou em outros vários massacres a povos cujos números não foram divulgados na bíblia.

  13. Cara, o problema não é ser religioso ou não, mas ter dinheiro público que não pertence á religião nenhuma mas sim ao estado laico financiando visita de líder religioso seja qual for. E quando ela diz que sem Deus não existiriam católicos, bla bla bla, ela está implicitamente colocando uma posição religiosa como pressuposto da coisa toda. E isso ela não tem direito não. Não é só porque âncora que pode falar o que der na telha, desse jeito pode chamar até o Zé da esquina para ser âncora de jornal. Ela tem obrigação de fazer um comentário mais inteligente e sim e de preferência mais criativo.

  14. AS PESSOAS SABEM QUE REPORTE SEJA DE RADIO OU TELEVISÃO SÓ APARECEM SE FOR CRITICANDO UM E OUTROS ESSA RANGEL REPORTE DO SBT SÓ SABE CRITICAR ;A PROFISSÃO DELA É ESSA ELA SABE SE NÃO CRITICAR OS CRISTÃOS, CATÓLICOS, ATEUS BUDISTA SEJA LA QUEM FOR ELA MORRE DE FOME.

  15. Olhe uma noticia muito boa para o G noticias gospel. esse jovem foi ia para JMJ e estava juntando o dinheiro com o seu grupo de jovens. Ele foi assaltado, tomou um tiro e os médicos falaram que ele iria morrer. saiu do coma se recuperou rapidamente. foi curado por JESUS.

    • Religião vem do latim religar-se, é o Homem tentando se religar a Deus

      Jesus não é religião, pois o cristianimo mostra o quanto o homem é falho, e Deus manda seu unico filho para que novamente Ele, exclusivamente ELE, nos ligue novamente…

      Não é pelo que fazemos, mas pelo que cremos, assim, se Cristianismo não é religião, e de fato em sua essência não o é, os Ateus, a Religião e o Cristianismo existem por que Deus existe.

  16. A questão da conversão está ligada ao convencimento da parte do Espirito de Deus sobre o homem e este se responde ou não.
    O fato dos irmãos tentarem te ” convencer ” refere- se o ao fato de eles estarem preocupado com a sua alma: se ela irá por inferno (lago de enxofre) ou passara a eternidade com o SENHOR JESUS. É simples assim. Pregam o Evangelho como Jesus ensinou, mas fique tranquilo, é apenas um questão de amor.

  17. Raquel está na dela,seu patrão não gosta de religião,e esse é o melhor meio de agradar o patrão, a respeito dos ateus existe um paradoxo;eles não creem em Deus mas teem convicção que Deus existe,se não, não polemizariam sobre á existencia de Deus,ateus são na verdade uns pobres coitados carentes de salvação, só isso.quanto à Raquel a Paraíba ficou surpresa com seu comentário.

    • Falta de estudo e cultura dá nisso!
      Fala besteira!

      Vamos a aula:

      O que é Ateu:

      Ateu é quem não crê em Deus ou em qualquer ser superior. A palavra tem origem no Grego “atheos” que significa “sem Deus, que nega e abandona os deuses”. É formado pela partícula de negação “a” juntamente com o radical “theos” (deus).

      O termo nasceu na Grécia Antiga para descrever aquelas pessoas que rejeitavam as divindades adoradas por grande parte da sociedade. Eram considerados ímpios por não acreditarem nos muitos deuses venerados.

      Nas religiões teológicas (que envolvem a crença em um ser divino), um ateu é aquele que nega a existência de um ser supremo, onipotente (que pode tudo), onisciente (que sabe tudo) e onipresente (que está ao mesmo tempo em todos os lugares).

      O ateísmo é a doutrina dos ateus. É uma postura filosófica que rejeita a ideia de existência de quaisquer deuses. É uma atitude de descrença perante a afirmação religiosa de que existem divindades e de que elas exercem influência no universo e na conduta humana.

      Um ateu pode ter uma atitude ativa (quando defende de forma veemente a ausência de qualquer deus) ou uma atitude passiva (quando nega apenas por não haver provas que demonstrem a existência da divindade).

      A atitude passiva é uma forma de agnosticismo, em que os ateus agnósticos não acreditam em Deus, mas ao mesmo tempo não descartam a possibilidade de existência.

  18. “Abaixo, texto excelente, lúcido e pertinente de Ivone Gebara, uma religiosa, filósofa e teóloga brasileira que anos atrás foi condenada pelo Vaticano por fazer críticas à rigidez da doutrina moral oficial da Hierarquia da Igreja Católica” – Analu Yamamura

    Carrego em mim um mal estar quando grupos em nome de sua fé religiosa e da necessidade de um estado laico reivindicam leis a favor ou contra as mulheres e outros grupos. Ou ainda, quando grupos religiosos em nome de sua fé querem interferir nas leis do Estado. Embora as posturas possam ser socialmente e politicamente diferentes esses grupos estão usando as mesmas moedas de troca e as mesmas palavras justificando discursos muitas vezes opostos.

    Quando católicas falam em nome de sua fé católica para exigir que o Estado aprove ou não leis em favor das mulheres, estas estão de certa forma afirmando o contrário de um estado laico. Quando igrejas evangélicas se arvoram a manifestar-se publicamente contra qualquer lei do Estado em nome de sua fé religiosa estão igualmente negando a existência de um estado laico. Será que nossa cidadania não é suficiente? Será que necessitamos sempre do apoio ou do uso de argumentos religiosos interpretados conforme nossos interesses? O problema é bastante complexo e não temos respostas cristalinas para ele.

    A meu ver, um estado laico não deveria se guiar através de pressões religiosas, mas através da vontade popular manifestada a partir das diferentes instâncias de representação, das manifestações populares de diferentes formas e inclusive dos plebiscitos e meios de comunicação social.

    Por exemplo, quando mulheres católicas ou protestantes pedem às suas igrejas uma mudança de teologia e de legislação em relação a certos assuntos que tocam a vida dos fiéis as coisas são diferentes. Ficamos no âmbito da comunidade de fé e de uma mesma tradição ético-religiosa apesar da multiplicidade de interpretações e conflitos. Mas, mesmo dentro desse âmbito fica sempre presente a liberdade de consciência que deveria gerir as decisões a ser tomadas. Entretanto, é preciso dizer com clareza, que no cotidiano as decisões que tomo nem sempre são em consonância com a fé religiosa que professo ou da igreja à qual pertenço. Muitas vezes tomo decisões contra a minha consciência e contra aquilo que julgo ser minha convicção, pois preciso naquele instante “salvar” a minha vida. Aqui ‘minha vida’ parece valer mais do que posturas individuais de fé outrora assumidas, muito embora nem sempre seja possível ter clareza sobre esse delicado assunto. Tudo depende das pessoas e das situações. Tudo depende do momento, do sofrimento suportável ou não, da instabilidade psicológica, das pressões de todo tipo, dos medos que assolam minha existência naquele instante. As situações, as circunstâncias podem modificar o comportamento que eu imaginava ser uma aquisição tranqüila, quase uma tradição ética em mim. Por isso, os princípios são linhas norteadoras, mas não funcionam necessariamente na prática onde o “salvar a vida” se impõe como preocupação primeira. Aqui, creio que é minha vida como realidade mais próxima de mim mesma, como eu mesma, que faz as regras imediatas do jogo. É difícil julgar quando se está fora do embate das tensões mortíferas, fora do campo de batalha, fora dos cárceres, fora das pressões do tempo e das instituições. As pessoas excepcionais que conseguem manter firmes suas convicções não podem ser tomadas como exemplos absolutos a serem seguidos, visto que também há muitas coisas que desconhecemos nas razões que as levaram a tomar essa decisão. A vida dessas pessoas serve como ideal e como referência teórica e ética. Tem a sua importância reconhecida, mas uma importância que não é decisiva em muitos momentos da vida. Portanto, aqui de certa forma se impõe a afirmação cara aos Evangelhos do “não julgueis” ou “não atireis a primeira pedra”. Cada vida é uma vida muito embora vivamos em sociedade e necessitemos uns dos outros para dar continuidade ao sopro vital que nos é comum.

    Vários problemas estão em pauta na conjuntura político-religiosa atual. Enumero apenas três. O primeiro deles tem a ver com uma espécie de controle e legislação da vida privada pelo Estado, expressão do desejo de alguns grupos religiosos. O segundo tem a ver com a nova compreensão das relações entre público e privado presente em nossa sociedade. E o terceiro tem a ver com a intromissão de crenças religiosas nas políticas de um Estado laico e pluralista.

    A vida privada é a vida de cada individuo nas suas múltiplas relações consigo e com os outros. É bem mais do que a vida doméstica, pois engloba algo da interioridade de cada pessoa, da intimidade que temos conosco mesmas. Nessas complexas relações há aquilo que chamamos de foro interno em que, em última análise, a vontade do individuo passa a ser soberana mesmo que essa vontade atente contra a sua vida ou a vida de outrem. Vontade, decisão, liberdade não podem mais ser considerados conceitos isentos de negatividade, isentos da contradição e da mistura inerentes à própria vida. Muitas vezes as leis, as imposições sociais, as crenças religiosas atuam apenas no nível da exterioridade e só têm certa eficácia enquanto uma situação ameaçadora de minha vida não se apresente. Quando o acontecimento imprevisto/previsto sucede é ele que passa a direcionar nosso comportamento de maneira que nosso bem estar individual e integridade sejam minimamente salvaguardados. Nesse particular os processos educativos desde a primeira infância e os processos sociais de respeito à vida da coletividade e de cada individuo são fundamentais embora não possam sempre impedir os imprevistos e as armadilhas da vida. É na linha da vida íntima que o individuo é soberano, ou seja, sua soberania é pragmática no sentido de ser movida pelo acontecimento do momento ou pela urgência que tem que enfrentar. O respeito a si e aos outros deve sem dúvida continuar como um ideal social, muito embora saibamos que na prática uma sociedade em que todos respeitem a todos seja impossível, ao menos nesse momento de nossa história comum. Continuamos com nossa dose diária de crueldade, injustiça e mentira mesmo falando de amor e de justiça. Nesse sentido querer legislar sobre a vida íntima, dar normas claras à subjetividade parece um empreendimento hoje fadado ao fracasso. As inúmeras tentativas de algumas igrejas de “cura gay”, de proibição do casamento homossexual, de proibição do aborto ou de não uso de preservativos aparecem como uma tutela poderosa que acaba desrespeitando as pessoas. As instituições que acreditam fazer o bem e se erigem em vista do bem acabam por esse mesmo caminho prejudicando a vida individual e social de muitas pessoas. Seus ensinamentos podem provocar em muitas pessoas sentimento de culpa, porém não ajudam a avançar na linha do crescimento pessoal.

    As relações entre público e privadomerecem ser refletidas segundo as novas situações da história atual. Nelas há uma relação íntima entre público e privado na sua relação atual com o Estado. O Estado é a mediação que permite a administração coletiva das necessidades vitais comuns, que promove a partilha de serviços, que garante os direitos e a segurança das cidadãs e cidadãos. No Estado moderno as preocupações privadas migram para o espaço público e muitas vezes corremos o risco de estabelecer legislações sem discussão e sem participação das cidadãs/aos, sobretudo dos/das mais interessadas. A grande massa de acomodados ou de ignorantes acaba sendo manobrada pelas espertezas dos que têm mais poder sobre os outros. A questão hoje é que muitas vezes as leis impõem um comportamento padronizado aos cidadãos a partir de situações totalmente distantes da realidade vivida, de forma que sua exeqüibilidade se torna problemática e quase impossível. Isso é igualmente verdadeiro no âmbito das prescrições religiosas em relação à vida sexual e outros comportamentos. Nessa linha precisamos ter presente o caráter ao mesmo tempo privado e público de uma prática religiosa. A expressão pública ou o público de uma fé religiosa é diferente do público político embora muitas vezes se toquem e se cruzem. Por isso, uma reflexão mais acurada sobre as relações entre o que chamamos privado e público se faz necessária.

    As crenças religiosas nos espaços políticos públicos são um fenômeno crescente em nossa época e em nosso meio. Elas invadem os espaços públicos mesmo num Estado que constitucionalmente se afirma como laico. Deputados, senadores, vereadores, juízes eleitos ou escolhidos para servir o bem comum não conseguem estar isentos de suas crenças religiosas. Suas crenças passam a ser bandeiras políticas de forma que estamos continuamente sendo vítimas de um Estado religioso constitucionalmente afirmado e reconhecido como laico. Este paradoxo pode ser observado nas muitas manifestações religiosas que temos assistido nos últimos anos para interferir em políticas públicas, sobretudo as que tocam a sexualidade humana. Vale notar, nesse particular, o uso indevido de textos religiosos para fundamentar posturas políticas através de uma retórica impressionista usada para convencer o público. Creio que isto é um delito que atenta contra a Constituição Nacional e merece ser enfrentado pelo conjunto de cidadãs e cidadãos das mais diferentes formas.

    A questão é de saber como se pode colocar entre parêntesis sua crença religiosa em favor do bem comum. Ou, como crescer em consciência em relação à diversidade de situações num mundo tão complexo quanto o nosso? Como se educar para uma sociedade pluralista onde minha crença religiosa e política não é verdade para toda a sociedade? Além disso, trata-se de educar-se para discernir entre a necessidade de leis e minha escolha pessoal. Não é porque existe a legalização do aborto ou casamento homossexual que tenho que vivê-los e nem acreditar que as pessoas serão menos morais ou menos responsáveis se uma lei se efetivar. Em outros termos, não é porque o casamento homossexual ou heterossexual existe que vou me casar e nem porque o aborto é permitido por lei que vou abortar. As muitas polêmicas de nosso tempo não chegarão a lugar nenhum se não assumirmos a realidade do pluralismo de nossa nação e de nosso mundo. Pluralismo significa diversidade e diversidade significa que algumas leis devem ter validade para todos os cidadãos/ãs e outras podem ser escolhas de cada um e cada uma diante de sua própria consciência e da contingência em que está vivendo. Significa igualmente não bloquear o caminho e as escolhas de outras pessoas que vivem e pensam diferentemente de mim.

    Nesse contexto as muitas soluções devem ser relativizadas, isto é, entendidas a partir da diversidade e particularidade das situações. Por exemplo, algumas soluções afirmam a necessidade de leis proibitivas em torno da sexualidade e apostam numa legislação rígida que tenha efeito punitivo das /os infratores. Outras optam por uma legislação permissiva que chame a atenção da responsabilidade individual e coletiva frente aos problemas da sexualidade. Outras ainda propõem medidas educativas com diferentes propostas. E nesse universo de observações há igualmente uma grande maioria da população que está fora do debate e da busca de soluções. Estão numa postura de desinformação política e social aguardando que um problema individual irrompa e venha motivar a sua procura imediata de soluções.

    Nessa conjuntura somos chamadas/os ao discernimento e a uma reflexão que busque ver os muitos matizes de uma mesma situação. Não há mais lugar para posições absolutas, para princípios imutáveis fundados numa imagem de Deus que é facilmente manipulada pelos diferentes grupos. O desinteresse pelo pensamento é algo que nos choca. Reduz-se o pensamento crítico aos interesses individuais ou partidários sem que se reflita na humanidade plural que constitui a nação brasileira e todas as outras nações do mundo. Estamos necessitadas de uma compreensão não sectária de nossos problemas e da busca de soluções viáveis. Essa compreensão deve ser ampla para ser compatível com as diferentes visões do que se considera vida justa e bem viver. Mas, onde vamos encontrá-la? Creio que o único caminho é o diálogo incessantemente recomeçado pelos diferentes grupos, um diálogo onde desde o início, embora com nossas convicções, estejamos dispostos a ouvir os outros. Ouvir é a grande questão, pois na realidade desaprendemos a ouvir numa sociedade onde predomina o barulho das máquinas, dos muitos sons, dos muitos gritos humanos que de tão fortes não conseguem ser distinguidos pelos ouvidos de uns e de outros. Baixar a nossa voz, talvez até silenciar para ouvir a melodia da música alheia, para aprender outros sons que também constituem as notas da musicalidade humana e da sinfonia do universo. Baixar a voz para aprender a pensar, para escutar a nossa voz interior. E só então, dar alguns passos em conjunto sabendo que estamos todas/os a caminho, com possibilidades inevitáveis de tropeçar e de perder o rumo, mas estamos juntas/os na extraordinária aventura humana.

    Julho 2013.

  19. Mudou o rumo, compadre. Não estou falando de lesbianismo, nem de rumo politico de países. Estou perguntando se o peso dessa sua afirmação aos cristãos seria o ,mesmo se o Brasil fosse 86% ateu.
    Não compare um pais fundado em princípios morais com um Brasil que Historicamente começou sendo explorado por ladrões, que recebia como mão- de- obra, criminosos lá de Portugal e que deixou esse gene ruim nas futuras gerações. é uma realidade muito diferente, você não pode afirmar que ateísmo no Brasil nem sequer seja viável do ponto de vista exemplar. Seria o mesmo patamar dos religiosos. Idoneidade vem de berço. Ou você acredita que seu ateísmo é responsável pelo seu caráter? Sendo assim, o crescimento do ateísmo no Brasil está sendo ineficiente na redução da violência nas ruas, pois esta só aumenta.

    • OBS. Em resposta à replica do senhor Luiz.

      E aliás, senhor Luiz, eu não sigo pastor nenhum, não sou pastor e tenho escola, tenho um currículo invejável também e principalmente, sou muito bem informado, pois faz parte do meu trabalho estar atento aos fatos!

    • Cientificamente falando não existe gene do mal! Ou gene “ruim” como vc o chama! Isso não existe! Do ponto de vista social posso citar a Austrália que foi colonia penal e não tem os mesmos problemas que os nossos…E ai ? Como ficamos?

      • Colonia penal? Ah se Portugal pensasse dessa forma, os criminosos não teriam casa, comida e família no meio social da colônia. Uma coisa é você dar a entender ao criminoso que ele está ali cumprindo pena e retornar apos algum tempo, após pagar por seus crimes ou escolher viver redimido na colônia, outra é livra-se dele mandando ele para trabalhar na colônia e fazer morada eterna lá sem o jugo da justiça nos seus calos!
        Simples assim.

        • Os primeiros colonos britânicos chegaram à Austrália em 1787 à zona de Port Jackson, actual Sydney. Os primeiros barcos trouxeram criminosos condenados a sete anos de degredo e seus guardas. Durante muitos anos a Austrália foi uma colónia penal do Império Britânico.

      • Esse senhor aí? Não é aquele que tem um preconceito doentio com os nordestinos e pessoas manos favorecidas que conseguiram alguma ascensão no governo Lula? Ah tá. É, realmente “excelente”, esse senhor, tal qual como os pastores pop stars só que sem religião, o que piora o argumento de que todo ateu é bonzinho!

        • este cara a i é o mesmo que foi despedido de emissora de tv, porque xingou os manézinhos da ilha pois tavam se achando gente …onde ja se viu pobre ter carro e perturbar os ricos da cidade…sera que o ateu aa i é rico?

    • Até os animais parecem ser melhores, mais generosos e éticos que os religiosos.

      O altruísmo e a bondade dos animais
      24 de dezembro de 2012 0

      Muitos de nós conseguimos nos lembrar de momentos em que estávamos tristes ou angustiados e que nossos cães ou gatos, por meio de um olhar ou de lambidelas no rosto, pareceram expressar grande preocupação conosco. A bondade e o altruísmo dos animais já foram comprovados cientificamente, através de gestos e atitudes que observamos no nosso cotidiano. Quem nunca ouvia a história do cão que salvou a vida do seu dono que estava tendo um infarto? E a história comovente da cadelinha que permaneceu horas e horas sentada ao lado do corpo de um cachorro atropelado, como que pedindo socorro?

      Recentemente foi publicada da imprensa a notícia de um papagaio que salvou a vida da dona que sofria de distúrbios do sono. Barbara Smith-Schafer sofre de apneia obstrutiva do sono, que pode elevar a pressão sobre o coração e provocar sérios problemas cardíacos. Quando a mulher de 62 anos para de respirar, a ave Dominic começa a imitar seu ronco, bater as asas e morder seu ombro para acordá-la.

      Um estudo publicado recentemente na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences revela que os chimpanzés também são animais generosos. A pesquisa demonstrou que um grupo de fêmeas de chimpanzés optou por compartilhar um prêmio com seu parceiro, sobretudo se este se mostrava paciente. “Este estudo confirma a natureza social dos chimpanzés com testes mais adaptados à espécie”, disse um dos autores, Frans de Waal, do Yerkes National Primate Research Center. Os pesquisadores apresentaram aos animais um cubo com fichas de duas cores diferentes. Uma delas poderia ser trocada por um prêmio para ser compartilhado com o companheiro e o outro por um prêmio só para elas. As sete fêmeas optaram pela primeira opção, sobretudo quando o parceiro se mostrava paciente, revela o estudo.
      No entanto, eram mais reticentes a premiar os companheiros inquietos, que pediam a recompensa ou cuspiam água nelas, o que demonstra que seu altruísmo era espontâneo e não fruto de intimidação. “Ficamos emocionados ao ver que as fêmeas escolheram a opção que proporcionava comida tanto para ela quanto para seu companheiro”, afirmou Victoria Horner, outra autora do estudo.
      >
      > O tema do altruísmo animal também já virou livro. Em A Bondade nos Animais, a escritora e defensora dos animais Kristin von Kreisler oferece provas evidentes de que os animais são capazes de mostrar sentimentos extremamente fortes e que eles podem escolher expressar suas emoções por meio de um comportamento que é virtuoso e ético. Ela nos conta histórias verídicas e cativantes sobre gatos, cães, ursos, cavalos e outros animais cujas ações dizem mais do que volumes e volumes de palavra impressa. É caso da porquinha que se deitou no meio da rua, em pleno tráfego, na frente da sua casa, soltando gritos agudos para conseguir ajuda para sua dona, que havia sofrido um ataque cardíaco. Ou do macaco de Sumatra que, durante doze dias, levou bananas e brotos de bambu para um sargento britânico que havia ficado preso numa árvore ao saltar de pára-quedas durante a Segunda Guerra Mundial.

      • Meu amigão tudo que você relata, para mim serve para adorar a Deus, pois, a Biblia diz que Deus criou coisas boas, pode olhar a natureza, os astros, as estrelas, os animais, toda está criação foi feita para glorificar o criador e está debaixo da sua sujeição e obediência, tudo está debaixo das regras de Deus e por causa disso há uma perfeita harmonia. A desarmonia só vem pela intervenção humana. Agora raciocine comigo que todas estas criações, não possuem livre arbitrio pois a elas foi imposto uma ordem: Haja expansão, haja águas e haja separação entre elas,haja luminares para diferenciar dia e noite…produza agua repteis,produza a terra animais e sejam sujeitos ao homem. Agora entenda que o mundo, por si só sem a intervenção humana é perfeito e digamos feliz, porém entenda tbém que em relação ao ser humano Deus com todo o direito que ele tem pois é soberano, e criador resolveu dar livre arbitro ao ser humano, a natureza e os animais não possuem consciência por isso glorificam a Deus de uma maneira involuntária, mas ao homem Deus quis dar conciência,alma,inteligência,vontade e sendo assim ele decidiu que o homem devia ter livre arbitro decidir o seu destino, diferente do resto da criação. Toda a infelicidade, a falsa religiosidade, a baixa espiritualidade, vem porque a maioria não busca a Deus, como já falei, no comentário anterior pq tem uma visão distorcida e errada de Deus. Alguém pode ainda querer contender e dizer porque Deus fez assim, sabendo que o mal se proliferaria? Por que ele, quis demonstrar seu grande amor, dando seu filho pela humanidade, e a biblia diz que alguns se voltariam voluntariamente para ele, porque ele julgará aqueles aos quais ele amou, ama, porém não querem se voltar para ele, preferem, ficar achando justificações e tentando culpa-lo por tudo, tentando culpar os religiosos do mundo, porém naquele dia ele dirá: quem te amou? quem morreu por ti? quem bateu na porta do teu coração? quem muitas vezes quiz aproximar de ti? foi os religiosos! foi os falsos! não fui eu! Então não haverá desculpa Deus te ama e te chama hoje, venha até ele pois ele está dizendo eis que estou aporta e bato, se ouvirdes a minha voz entrarei e cearei contigo.Ap 3.20

        • Não é bem assim!
          Um budista não vai concordar com vc!
          Um hindu tb não vai concordar com vc!
          Um xintoísta tb não vai concordar com vc!
          Um judeu vai discordar de muitas coisas…
          Um muçulmano tb não vai concordar com muita coisa.
          Na Grécia antiga tb não concordariam com vc!
          Os vikings tb ano concordariam com vc!
          Os índios tb não concordariam com vc!
          Os aborígenes australianos tb não vão concordar com vc!
          Os ateus não vão concordar com vc em nem com ninguém acima!
          Ou seja… Td que vc falou não passa de bobagens que vc acredita, por isso religião deve ser algo pessoal e de foro intimo! Não deve ser imposta a ninguém como vcs sempre fazem!
          Isso so demostra o grau de ignorância dos evangélicos que parecem criaturas da era medieval.
          Respeitem as pessoas que não compactuam com os seus delírios.

          • Meu querido aonde eu desrespeitei você? Onde está Maomé? onde está Buda? bobagens para você,para mim fatos, a Biblia, tem muita prova cientifica, as pessoas negam a Biblia e não se dão por conta que ela está em tudo, em história você vai apreender fatos que vão de acordo com o que a Biblia relata, em Geografia, em ciências, em matemática e assim por diante. Povos que outrora eram tidos como ilusórios,pois só eram citados na Biblia hoje a Arqueologia os comprova e centenas de outros achados..pesquise em arqueologia biblica, não seja neófito,incredulo, vocês falam tanto em estudar, mas quando há fatos comprovados, citam teorias? vá visitar o tumulo de Cristo e veja o que está escrito lá…Há os judeus roubaram o corpo!!Meu amigo Jesus ressucitou. acorda você é que está na lavagem cerebral..para seu governo eu só aceitei Jesus e me converti com 26 anos de idade e já havia experimentado tudo que talvez você não tenha experimentado.. Quando abrimos o coração para Deus ele prova que Buda é piada,Maomé é mentira …Xico xavier está morto..Há um só Deus e pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Meu amigo sabe pq cremos na Biblia porque ela é real, tudo que está nela se cumpre na nossa vida. Nós crentes sabemos tudo que vai acontecer amanhã..sabe meu querido isto é tremendo, o mundo jaz na escuridão, no engano, todo aquele que não vir para a luz será enganado.Pois Jesus disse :Por não darem credito a verdade eu os entregarei ao espirito do erro, pois não tiveram interesse em buscar ao criador. Sl 10.4 O impio não investiga por causa da sua arrogância todas as suas cogitações sõ que não há Deus..Um abraço

    • Todos nascemos ateus! Por isso qdo crianças somos felizes, depois somos corrompidos pela religião que as famílias lhes impõem, apos isso vem o processo de doutrinação, uma lavagem cerebral e depois de anos temos o que temos aqui… Esse povo lindo de deus cheio de ódio e rancor.

      • Você é feliz quando é criança pela fase da inocência(fase ao qual não conhecemos pecado…), por não ter preocupações,por ser simples e por ainda não enxergar ainda com clareza o mal existente no mundo, porém a partir do momento que começamos a ter conhecimento do certo e do errado, temos que começar a tomar uma decisão e aí começa nossa infelicidade. Pois não conhecemos o amor de Deus, não conhecemos a sua soberania, nem seus planos e temos medo de nos aproximar dele, pelas distorções religiosas que foram criadas pelo próprio homem, porém quando no nosso intimo e particular, como uma criança simples e humilde que a menor aproximação de perigo chama pelo pai(figura que representa proteção, tbém clamamos a ele, pela sua proteção, amor e carinho, aí esse Deus sim começaaa.. a revelar-se a nós, pois começamos a nos aproximarmos do novo nascimento que é espiritual..Pois Nicodemos era um religioso desses meu amigo que você vê por aí, porém Jesus disse a ele: Nicodemos necessário vos é nascer de novo, e tbém Jesus disse:” Aquele que não se tornar como criança não verá o reino de Deus” ou seja para voltarmos aquela felicidade que você de uma maneira correta mencionou, precisamos voltar a sermos crianças, porém agora de um modo espiritual, nascendo da água que é a palavrade Deus e do Espirito que é o nosso ajudador,consolador..Meu amado não se impressione com a falsa religiosidade, ou com a baixa espiritualidade de alguns, se você buscar a Deus com todas as suas forças e de uma maneira sincera ele vai te mostrar um caminho que é sobremaneira excelente e tbém vai te mostrar um remanescente fiel que busca a Deus que almeja e que luta para ser um cristão que verdadeiramente represente um filho de Deus, um servo,um seguidor ou seja como for, alguém que vive o evangelho de Deus e não apenas fala..Um forte abraço em Cristo.

        • Bem… Pelo visto vc parte do pressuposto que seu deus é o único é que ele existe… Lamento informar que no mundo existem milhares de religiões e milhares de deuses e nunca foi provada a existência de nem mesmo um único deus.
          O fato de existir milhares de religiões e vc acreditar em somente na sua, na qual vc foi doutrinado e desde criança e não acreditar em deuses budistas, xintoístas entre outros já te faz um ateu em relação as outras religiões.
          Esse FATO invalida tudo o que vc disse aqui.
          Mas continua a ser uma fato que uma criança nasce ateia! Isso ninguém pode mudar! Se eu pegar um filho de um evangélico ou um islâmico e levá-lo para a China para ser criado por pais chineses provavelmente ele será budista.
          É fato que as religiões começam desde a mais tenra idade a doutrinar as crianças pq quanto mais cedo vc conseguir fazer um lavagem cerebral mais efetivo e eficaz ele será.
          Já ser ateu é uma consequência, é um caminho que no final te leva a razão a logica a sabedoria, quando nos livramos de anos de lavagem cerebral Impostas por religiões que querem nos controlar e mandar em nossas vidas.
          Religião deveria ser ensinado para adultos alfabetizados, para ter um bíblia a pessoa deveria tem licença pq pode ser usada como uma arma. Como ja vimos em vários países fundamentalistas que matam e praticam atrocidades em nome de deus.
          A época que a religião dominou o ocidente é chamada de idade das trevas, uma época negra da humanidade que pouco se progrediu cientificamente e socialmente pq a religião não permitia.

          • Não estou falando de religião, e sim da verdade, a verdade te liberta da religião, ou melhor da religiosidade que foi o que Cristo condenou quando esteve na Terra. Deus eu tenho certeza que só existe um, agora espiritos que se passam por Deuses isto tem bastante. Eu fico admirado da cegueira espiritual, falar em razão,lógica…misericórdia isto é o que mais mata vocês..Vocês não entendem, Deus só explica o seu ser para nós quando o aceitamos por fé. Quando você não aceita isso não existe lógica..Vocês não conseguem pensar pois estão na lógica da cegueira.Por exemplo as tuas crenças são baseadas em coisas que você lê, que você olha na midia.. Você não faz idéia o quanto as noticias são manipuladas..quantas mentiras nós acreditamos desde criança. Desafio você a entrar nos videos do verdade oculta e olhar toda a reportagen que prova com fatos cientificos que o homem não foi a lua. estou falando fatos meu amigo,não teorias mas a maioria de vocês estudadinhos dizem que é palhaçada,preferem acreditar em tudo que a telona mostra,olhe lá meu querido e veja as denuncias dos parentes dos astronautas que morreram naquele foguete que não saiu do chão,olhe lá a reportagem que mostra Neil Armstrong falando quando o reporter pergunta sobre as estrelas,olhe você que gosta de estudo a prova cientifica sobre a luz da lua e a luz elétrica, olhe o que os russos falam sobre a camada radiotiva chamada Van halen que nenhuma nave pode atravessar, olhe por fim a montagem do esquema todo..depois pesquise sobre o Word trade Center e veja outra mentira que você e milhões de tijolinhos acreditaram, seja livre meu querido, pesquise estude como você mesmo falou, mas te humilhe e clame a Deus para ele abrir teus olhos espirituais e se revelar a você. Jesus disse conhecereis a verdade e ela te libertará João 8.32 Não há nada em oculto que não venha a ser revelado, não há nada encoberto que não venha a ser descoberto, todas as coisas estão nuas e pátentes diante daquela ao qual um dia todo ser humano terá de comparecer para prestar contas.

  20. Já publiquei aqui e repito: tudo em excesso é patológico, seja o fanatismo evangélico ou ateu; da bichinha perereca que pretende fazer do mundo um puteiro gay, ao evangélico que tenta a todo custo reprimir a sexualidade alheia, passando pelo machão que tem como meta comer todas as “minas” e a piriguete motosserra. Acho que para tudo deve haver um ponto de equilíbrio.

  21. Quem colocou a frase, deus seja louvado no dinheiro foi o ex-presidente Sarney.
    Por conta própria como um monarca que manda e pronto.
    Daquela família linda e cristã e honestíssima do Maranhão.

  22. Rachel tem uma capacidade de virtudes, que Deus a abençoe e as demais mulheres procurem imita-la.A Fátima, será que não pode também absolver essas qualidades? Jesus vem, prepara-te!

  23. Rachel sempre tem sido muito sábia, nas suas considerações sobre diversos assuntos.Este sobre a liberdade de culto é um. Será que as demais mulheres da mídia não poderia imitá-la?Jesus está chegando.

  24. ” Igreja Universal perde quase 230 mil fiéis em dez anos

    Fenômeno nos anos 1990, igreja perdeu mais de 10% do seu público

    O mundo evangélico pentecostal sofreu mudanças significativas na última década. Fenômeno dos anos 90, a Igreja Universal do Reino de Deus perdeu quase 230 mil fiéis em dez anos, passando de 2,101 milhões para 1,873 milhão. Uma queda de mais de 10%.

    No universo chamado neopentecostal (que exclui a Assembleia de Deus, mais tradicional), duas novas igrejas são a maior ameaça à Universal. Segundo técnicos do IBGE, os microdados mostram que a Igreja Mundial do Poder de Deus, do apóstolo Valdemiro Santiago, já arrebanhou 315 mil fiéis. A outra grande dissidência é a Igreja Internacional da Graça de Deus, do missionário R.R.Soares. Ainda não há dados disponíveis sobre o número de fiéis da Igreja Internacional.

    Somadas ao fenômeno do crescimento dos evangélicos sem vínculo com igrejas, as novas denominações fizeram diminuir também o número de fiéis de outras igrejas, como a Nova Vida e a Congregação Cristã no Brasil.”

    FONTE: estadão – 29 de junho de 2012

    • Caro,

      Precisas nascer de novo para compreender.

      Esses que se vão, a tendência é de formar novos grupos, novas células, bem como transferir para outras(descentralizadas do poder) a metodologia, o aprendizado. É como câncer.

      O cristianismo sempre foi assim. Crescendo com a divisão seja por questões administrativas, teológicas e/ou de outros motivos.

      Preocupe-se não, desses dez por cento separado haverão surgir minimamente mais cinco outras igrejas iguais ou parecidas com a Universal, como ocorreu com Valdomiro, com as Assembleias de Deus, com as Batistas e Presbiterianas, inclusive com a Católica: protestantismo, ortodoxa, grego, brasileira, anglicanismo, carismáticos, tenha calma.

      DIVISÃO PARA CRESCER, e se não fosse assim ao certo ficariam brigando como gato no mesmo saco, portanto sem levar a mensagem de AMOR de Cristo, afinal apeados por algo maior: Cristo para todos.

      Razão

      • Você nem se deu da conta da idiotice contraditória que escreveu: “ficariam BRIGANDO (grifo) como gato no mesmo saco, portanto sem levar a mensagem de AMOR (grifo) de Cristo”.
        É exatamente isso que acontece e a postura desses pastores nada tem a ver com os ensinamentos de Jesus. É, Luis, você tem razão. Esse povo é totalmente sem noção. Deveria ser criada uma lei para curar esses loucos.

        • Ora, qual grupo humano que não discute?

          Outra coisa. Quando falo em ficar brigando, é ficar com pormenores, com detalhes, sem avançar, sem focar no que é principal, o amor de Cristo.

          Mas acho que você não vai entender o que falo, pois os ateus nasceram do comunismo, e este deixou de garantir o direito à fala, a se expressar, somente o aceitar e sem discutir, sem divergir. Partido único não dá esse direito.

  25. Uma coisa é certa,os ateus em sua maioria são gays que revoltados com o pecado da imoralidade,da vida promíscua e das orgias que praticam,se rebelaram contra o criador.Muitos recitam até versículos bíblicos para repreender quem não concorda com o que pensam,logo não são ateus e sim rebeldes.

    • Vc esta errado! Tem muito gay tonto que é cristão! Gay crente então ta cheio.
      Ahhh por falar em vida promiscua e orgias, pastor Marcos Pereira pode lhe ensinar muito sobre isso, sugiro que vá se aconselharar com esse homem de deus defensor da moral e do celibato.
      Parafraseando Marcos Pereira, saudades do seu rabo.

    • Vocês, fanáticos idiotas, se acostumaram a atribuir tudo o que não presta aos gays. Nesse ponto, você quebrou a cara, porque todos os ateus e espíritas que eu conheço são pessoas boas e honestas.

  26. Se alguém não crê em Deus até aí ainda vá lá, mas dizer que nascemos ateus é um absurdo tremendo porque com tantos séculos de ciência ainda não descobriram como o corpo de uma mulher pode gerar uma criança e esta multiplicar as células e virar um adulto, a cada dia somos surpreendidos com doenças que nunca pensamos em existir. SE UM ATEU FOR LEVADO AO ESPAÇO QUEM SABE ELE PODERÁ VER DE PERTO AS MARAVILHAS CRIADAS E MANTIDAS POR QUEM TEM O PODER ATÉ SOBRE O INFERNO.

    • Como assim: “dizer que nascemos ateus é tremendo absurdo”? – Então Vc. acha que cada um já nasce católico, ou evangélico, islâmico, hinduista, judeu, etc.? Isto não é absurdo, é burrice. Já pensou, um casal cristão ter um filho islâmico, outro judeu, outro fiel do candomblé ? – Indo ao espaço, não se fica mais perto de nada.

        • Calma aí Luis,

          O que talvez o LDM quis dizer você não entendeu.

          Se você não acredita nas coisas pequenas, então, no espaço, verão de melhor ângulo o tamanhão das coisas, por sua vez deixar de lado que foi gente igual a nós outros que fizemos o mundo.

          Quando falo de coisas pequenas, as vistas do ângulo da terra, aí se inclua o teu próprio corpo, visto ser você a única pessoa na terra com as tuas características, um chip especial colocado por Deus.

          Cientifica e Tecnologicamente dizem que somos únicos no tocante as listas das digitais, da menina dos olhos, a distância que vai de um olho a outro e passando pelo nariz. No reino animal, dizem o mesmo com as listras na pele das zebras..

          Aí vem agora, as profecias bíblicas, precisamente as de apocalipse, já tendo sido lançado fogo na terra em que todos os olhos viram(Bim Ladem e as torres gêmeas) as testemunhas do capítulo 11( os papas que sabem de tudo e que usam roupas de saco- São Francisco)

          Meu caro, saiba lê as coisas em derredor de você.

          • Levi Varela, fogo sobre a Terra existe antes mesmo de o homem ter surgido. Pior, o fogo não lançado por Bin Laden, mas deve ter sido pelo próprio Deus, porque veio do ceu. Estude mais sobre os meteoros (para 2029 está prevista a colisão de um com a Terra) e achará respostas melhores e mais convincentes do que estas que você lê no livro do Apocalipse.

          • É, mas sobre a afirmação “científico-religiosa-burralda” do LDM, de que ninguém nasce ateu, ninguém diz nada ? – Sobre o espaço, onde quer que se vá, se está longe de tudo, como na terra.

          • Concordo com você, pois Deus sempre mandou fogo sobre a terra.

            A diferença agora é que são acontecimentos em datas próximas, não daqui a dezesseis anos, 2029.

            Vou citá-los: fome, falta de amor em face das drogas, último papa, desestruturação da economia mundial, pestes de doenças e nos animais, guerra e rumores de guerras após o ataque nas torres gêmeas, Bim Ladem que passou mais de dez anos para ser encontrado como se vê em apocalipse: ele está aqui está acolá(escondendo-se da maior nação do mundo), povo de Israel retornou, duas guerras mundiais, ciência multiplicada, bolaines em Israel, em andamento a guerra do Armagedon(siria com mais de cem mil mortes), terremotos, vulcões, tsunamys…

            Meu caro, quando foi que você ouvir falar em tantos sinais juntos?

    • Calma aí Luis,

      O que talvez o LDM quis dizer você não entendeu.

      Se você não acredita nas coisas pequenas, então, no espaço, verão de melhor ângulo o tamanhão das coisas, por sua vez deixar de lado que foi gente igual a nós outros que fizemos o mundo.

      Quando falo de coisas pequenas, as vistas do ângulo da terra, aí se inclua o teu próprio corpo, visto ser você a única pessoa na terra com as tuas características, um chip especial colocado por Deus.

      Cientifica e Tecnologicamente dizem que somos únicos no tocante as listas das digitais, da menina dos olhos, a distância que vai de um olho a outro e passando pelo nariz. No reino animal, dizem o mesmo com as listras na pele das zebras..

      Aí vem agora, as profecias bíblicas, precisamente as de apocalipse, já tendo sido lançado fogo na terra em que todos os olhos viram(Bim Ladem e as torres gêmeas) as testemunhas do capítulo 11( os papas que sabem de tudo e que usam roupas de saco- São Francisco)

      Meu caro, saiba lê as coisas em derredor de você.

  27. Calma aí Luis,

    O que talvez o LDM quis dizer você não entendeu.

    Se você não acredita nas coisas pequenas, então, no espaço, verão de melhor ângulo o tamanhão das coisas, por sua vez deixar de lado que foi gente igual a nós outros que fizemos o mundo.

    Quando falo de coisas pequenas, as vistas do ângulo da terra, aí se inclua o teu próprio corpo, visto ser você a única pessoa na terra com as tuas características, um chip especial colocado por Deus.

    Cientifica e Tecnologicamente dizem que somos únicos no tocante as listas das digitais, da menina dos olhos, a distância que vai de um olho a outro e passando pelo nariz. No reino animal, dizem o mesmo com as listras na pele das zebras..

    Aí vem agora, as profecias bíblicas, precisamente as de apocalipse, já tendo sido lançado fogo na terra em que todos os olhos viram(Bim Ladem e as torres gêmeas) as testemunhas do capítulo 11( os papas que sabem de tudo e que usam roupas de saco- São Francisco)

    Meu caro, saiba lê as coisas em derredor de você.

    Vai ser preciso buscar apoio judicial e polícia para vocês publicarem o que escrevo?

    • Levi Varela, fogo sobre a Terra existe antes mesmo de o homem ter surgido. Pior, o fogo não lançado por Bin Laden, mas deve ter sido pelo próprio Deus, porque veio do ceu. Estude mais sobre os meteoros (para 2029 está prevista a colisão de um com a Terra) e achará respostas melhores e mais convincentes do que estas que você lê no livro do Apocalipse.

    • Ta difícil entender o que vc quis dizer…
      Qto as profecias, se eu for fazer uma profecia genérica como essas ai e esperar um dia elas vão se realizar, so esperar!
      Fogo virá dos céus? Temos cometas, asteroides, lava lançada por vulcões e agora temos muito mais coisas com fogo que por vir dos ceus…
      Isso não prova nada!

      • Roque e Luiz,

        Leia o texto de apocalipse 13, 13 e verá que fala de um homem que manda fogo do céu sobre a terra, embora enfatize chame de besta, ou seja, um bicho que dá coice:

        13 E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens.

        Vamos decifrar o versículo: E fez grande sinais que significa matar muita gente com atentados, formar exércitos financeiros e de homens para agir como ele queria e uma língua que era pura lábia.

        Se isso não bastasse, ele fez vir do céu fogo, como seja, os aviões que são coisas dos céus, ou seja, voa sendo usado como armas.

        Na presença dos homens, como seja, as câmeras que filmavam as torres gêmeas filmaram tudo, portanto na presença dos homens.

        Acho que agora dá pra entender, apenas lembrando que no versículo anterior fala do poder que veio da outra besta, como seja, religião nascida aos moldes da igreja católica em que se exigia a conversão à força.

  28. Como estes países conseguiram IDH, PIB melhores e às custas de quem? Antes de serem ateus, o que eles eram? O que trouxeram para países da América do Sul, Africa e Ásia? A França e o Reino Unido são países ateus? Canadá e EUA também são?
    Então, isso é muito relativo e depende muito dos primórdios da história dos países, sua estruturação social, sua relação com o meio e com os demais países. O Brasil, segundo a ONU, já figura entre os países de PIB e IDH elevado e também em breve nos mapas do IBGE.

    • A gente tem que deduzir pq ta difícil entender o que o pessoal escreve aqui…
      IDH alto o Brasil não tem! Nem poderia! Só olhar o numero de assassinatos nesse pais cristão…
      O PIB pode ate ser alto mas isso não se traduz em riqueza do povo! Somos um pais rico com um povo pobre.
      Nossa educação é uma lastima! Para isso basta ver o nível cultural dos evangélicos aqui…
      O que achei interessante foi a insinuação ou afirmação que esses países foram religiosos e por isso são ricos? É isso ?
      Obvio que no passado a religião foi importante em maior ou menor grau em todos os países, uns se deixaram dominar pela religião e outros a domaram. Apenar que países nórdicos tem tradição em serem mais liberais a muito tempo, tanto que qdo alguém estava fugindo da igreja geralmente se refugiava nesses países.
      Religião nunca foi a fonte da ética da moral da razão e isso podemos obter na filosofia e na ciência.Como consequência de um povo mais culto e educado esses países são mais desenvolvidos pq não permitiram que a religião interferisse onde não deve e a colocaram em seu lugar!
      Tanto é que igrejas estão fechando.
      O mais interessante é ver como países com um alto índice de ateus se desenvolve mais que os mais religiosos, é mais justo com menos diferenças entre classes sociais, com baixíssimos índices de violência, são países que nunca provocaram guerras,
      Foram os primeiros a permitir o casamento homossexual e a adoção por casais homossexuais.
      Em algum é consumo de drogas até é permitido…
      Resumindo: São países com alto grau de liberdade e justiça.

  29. AGORA IMAGINEM OS IRMÃOS QUE AQUI POSTAM E SÃO DIZIMISTAS…A ESTRELA CAÍDA CHAMA OS PASTORES DE LADRÕES POR RECEBEREM PELA FÉ E O AMOR A OBRA DO SENHOR DEVOLVIDO PELOS IRMÃOS…PERGUNTEI A ELE QUE SE ESTES LADRÕES DE DIZIMOS NÃO TIVESSEM MANDADO OS MISSIONÁRIOS PARA O BRASIL…ONDE ELE TERIA CONHECIDO O EV. LEMBRE-SE HOJE SOMOS MAIS DE 40 MILHÕES AGORA ESTES RECEBERAM A SALVAÇÃO PROPORCIONADA POR ESTES PASTORES LADRÕES DE DIZIMOS SEGUNDO ELE…..
    PERGUNTA ALGUÉM DE VOCES DEIXARIA DE DEVOLVER TEU DÍZIMO SABENDO ISTO;;;ACHO QUE NÃO …POIS OBRAS SEM FÉ É MORTA MAS TER F[E SEM OBRAS A BÍBLIA DIZ LANÇAI LOA FORA OS QUE NÃO DÃO FRUTOS ONDE HA TREVAS E RANGER DE DENTES…EU SEI DE UMA COISA OBRA DE DEUS TEM DE SER FEITA…COMO DIZ PAULO NÃO IMPORTA ATÉ SE FOR POR TORPE GANACIA…PREFIRO NÃO ESTAR ENTRE OS LADRÕES

      • roque

        O “pastor” clamando tá tão desesperado com o povo descobrindo que o dízimo ensinado nas denominações evangelicas é uma mentira que está falando coisa com coisa…

        Vender o barco dele e dar aos pobres ele não quer… Mas arrancar 10 por cento dos membros ele está sempre afim…

        • veja bem o poeira da estrela caída, diz que todos os pastores são ladrões….então perguntei como ele conheceu o ev…..ele não respondeu simplesmente chamou-nos de ladrões ou cão vorazes..perguntei como chegou o ev…..e ele respondeu a mesma coisa…então perguntei aos internautas que são dízimistas e ajudam a ganhar almas para o reino de deus……se eles se negariam a devolver o dízimo tendo a estrela caída nos chamado de ladrões ou se continuariam a fazer a obra…..onde você se encaixa aqui….com jgmix ladrão e pastor de si mesmo ou entre aqueles que ajudam a fazer a obra? desenhei legal…

        • Seria cômica se não fosse trágica a situação dessa gente. É em cima dessa massa semianalfabeta que os líderes religiosos fazem a festa. Alguns, como Waldemiro Santiago, também não tem estudo, mas são espertos e tem poder de manipulação. Por que esses pastores não tentam manipulat pessoas como nós, Luis?

          • clamando

            quem chama os pastores de cães gulosos é a própria bíblia:

            “E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte.” (isaias 56:11)

            E eu não conheci o evangelho através de uma denominação. Deus me chamou quando eu li uma pequena bíblia de bolso.

            Inclusive, frequentando as denominações percebi que o evangelho ensinado lá está longe de ser o verdadeiro, o da bíblia.

            Se ensina tanta mentira nessas denominações que fui obrigado a deixar de frequenta-las, senão deixaria de crer em Deus…

            Pastores que só querem tosquiar as ovelhas, coloca-las sobre o seu jugo.

            O seu próprio comportamento aqui, me perseguindo por falar a vdd e ameaçando agredir os gays, mostra que vc não é Cristão. Nem seu barco que fica mais parado que funcionando vc quer vender e dar aos pobres…

            Jesus disse que o bom pastor dá a vida pelas ovelhas… e vc, clamando? tem dado a vida pelas suas ovelhas? Vc tem arrancado dízimos delas… aonde que vc é levita para poder fazer isso?

            Por isso vc não tem crédito neste site… vc não responde pois sabe que está em PAPAS DE ARANHA, e no seu desespero vc se aliou até os pastores da iurd.

            Na hora de sugar as ovelhas, os lobos entram em acordo!

          • pois quando chegou aqui eu ja lutava contra esta gente e contra a teologia da prosperidade e de pastores ladrões, e você sem causa com a desculpa de perseguir a iurd saiu foi a meu rastro perseguindo, mesmo sabendo que trabalho não vivo da igreja, e que a igreja a qual estou a frente faz missões em varios países levando todo tipo de coisas que precisam……médicos enfermeiros hospitais comida missionários, e muito mais. não realmente você ou não quer reconhecer a luta leal de igrejas sérias que fazem a vida humana seu maior patrimonio, trazendo paz onde havia guerra, luz onde havia trevas….amor onde havia ódio…para voce pouco interessa as vidas que foram salvas de perseguição fome nudez ….ou na verdade você usa a iurd como desculpa e esta aqui atacando a mim e meu ministério pois é apenas um membro de satanas aqui , para tentar destruir aqueles que fazem algo……realmente podes enganar alguém aqui, mas os mais escolados e espirituais tranquilamente veem tua guerra particular é com o clamando, mas te adianto, não vamos parar de ganhar almas e nem de dar assistencia ou seja com remédios ou com comida. tua luta contra meu ministério esta perdida…pois quem peleia por mim é o SENHOR DOS EXÉRCÍTOS

          • clamando

            todos aqui sabem que é vc que me persegue… seu reinado neste site acabou! assim como saul perseguia a davi, assim vc age comigo, mas eu te perdoo pq sei que vc está no engano.

            Toda vez que eu comento, vc vem embaixo do meu comentário e tenta me ridicularizar, todo mundo aqui já viu isso.

            Agora me fala… quem neste site, dá credito a vc?

            quando vc me viu falando contra a iurd, vc ficou feliz, mas viu que eu ia além, falava contra os cães gulosos que insistem em arrancar dízimos. E vc tremeu pq viu que eu usei a própria bíblia para desmentir esse erro.

            Como vc viu que a sua festa ia acabar, se uniu ao iurdianos que vc dizia combater… engraçado… na hora de arrancar dízimo vc se entende bem com os iurdianos…

            Não adianta vc me perseguir, pois a perseguição só me confirma o que foi dito… ” você vai ser perseguido, odiado”…

            Vc treme na base pq sabe que eu tenho capacidade de usar a própria bíblia para desmentir tudo o que vc fala.

            E outra, seu comportamento neste site está deixando ainda mais duvidas de sua real intenção… ficou de conversa fiada com a lorena, ameaça bater em gays e é a favor da pena de morte…

            O fato de vc querer arrancar dízimos, mesmo não sendo levita, portanto totalmente contra a palavra, só é a ponta do iceberg…

            Eu já te desmascarei, e não terei problemas em continuar desmascarando vc… fugir continua sendo sua melhor opção…

            clamando fugindo em 3…2…1…

          • sim teu comentário deixa claro, heheheh estrela caída não ha mal que perdure..quando novamente caíres não vai poder chorar…logo voce que diz que o a.t. não serve para nada pois foi abolido pelo novo …argumentando com o velho…só mostra como é neofito

          • Porque vocês já são!! no que você acredita? Rede globo?papai Noel?,acredita que o homem foi a lua, fast food…venera os americanos..semi analfabeto meu querido!! isso aí não faz diferença para Deus… A Biblia diz que não são muito os ricos e poderosos que são salvos, porém o cristão mais analfabeto da terra é mais inteligente que o considerado maior intelectual. Até a mula de balaão é mais esperta que o tal, pois o mesmo por não se interessar em conhecer o criador, acaba por ser enganado de tal maneira que não faz idéia..Conhecereis a verdade e verdade te libertará…Sabe do que? justamente da ignorância…um abraço. Oro para que Cristo como diz a palavra te desperte entre os mortos e te esclareça.

          • o ser “inteligente” os cristãos de fato praticam o q a bíblia ensina e dizimo é mandamento de Deus Malaquias 3.10!!! mas isso tu já deve saber é tãoooo inteligente……

    • Como alguem pode afirmar que se não existisse deus não existira a humanidade, se nunca conseguiram provar a existencia de deus ? E não venha cm a msm desculpa de religiota, ”eu sinto ele” ilusão do cerebro não prova nada.

      • Amigo, antes de falar besteras neo-atéias, leia as 5 vias de são tomás de aquino, veja o milagres que a ciência não provou, os corpos dos santos incorruptíveis nos túmulos que a ciência tbm não provou, o fato de crescer ossos dentro da barriga na gravidez que a ciência não provou, as obras e milagres como os da síria que a ciência não provou, entre vários outros fatos como o da propria contradição da teoria evolucionista que a ciência mesma o fez( os proprios cientistas falam que o evolucionismo é uma loucura) entre muitas outras provas da existência de Deus antes de chegar argumentando babaquices infundadas

      • Lógica, meu amigo, é só isso. A mesma lógica percebida e defendida pelos maiores filósofos de todos os tempos (Platão e Aristóteles), que é o sustentáculo das verdades científicas mais importantes e até das teses mais inusitadas ou “improváveis”, como a da relatividade e do “big-bang”, por exemplo, em que pesem os delírios de alguns de seus próprios autores ou defensores com relação a alguns pontos. Portanto, o ônus da prova compete a você, cujo raciocínio, enviesado pelo delirante idealismo “kantiano”, refoge à lógica natural das coisas perceptíveis, que é a base da própria ciência natural. Então vamos lá: prove você como é que o mundo foi criado sem Deus, ou como poderia ter se “auto-criado” sem um impulso de vontade anterior e superior, coisa que a maioria dos cientistas atuais (os sérios) rejeitam com veemência. Mas não me venha com aqueles velhos “dogmas científicos” jamais provados, aliás, desmascarados, como o da “teoria da evolução”, por favor.

  30. como pode se afirmar que a vida não existiria sem deus, se nunca ao menos provaram que ele existe ? e não venham com respostinhas do tipo ”ah eu sinto que ele existe” ilusões do cerebro não provam nada.

  31. Seu Deus não existiriam Ateus
    Sem luz nao existiria escuridao
    sem ódio nao existiria amor
    Sem ignorantes nao existiriam inteligentes
    E seríamos todos um monte de pedras amontoadas sem sentimentos e convicçoes ou opiniões a respeito de qualquer coisa

  32. Pare e pense: se essa gente, que por crer, eh rotulada por vc de analfabeto, porém pra seu governo tem até juízes, senadores, presidentes, magistrados, professores, universitarios, enfim toda uma gama de profissionais liberais e gente relacionada as artes, música, desportos e inclusive cientistas do passado, bem como do presente, sim, se estas pessoas estiverem erradas conforme vc afirma, após a morte não terão nada a temer, pois seguiram algo bom e construtivo, MAS, PORÉM, TODAVIA, CONTUDO, se voces ateus estiverem redondamente enganados (como sei por certo que estão), lamento informar que voces terão tudo a perder!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA