Terremotos em Israel são prelúdio do cumprimento de profecia do Apocalipse, diz evangelista

0

O livro de Apocalipse traz diversas profecias que antecipam o que é interpretado como o fim dos tempos, e nesse cenário, previsões que fala sobre fatos específicos ganham destaque quando algo relacionado acontece, como terremotos registrados nos últimos meses em Israel.

No capítulo 11 de Apocalipse há a profecia de que um abalo de grandes proporções fará um grande estrago em Jerusalém durante os três anos e meio de profecia das duas testemunhas. “Naquela mesma hora houve um forte terremoto, e um décimo da cidade ruiu. Sete mil pessoas foram mortas no terremoto; os sobreviventes ficaram aterrorizados e deram glória ao Deus do céu”, diz o versículo 13.

O evangelista Kelly McDonald Jr, ligado ao Hungry Hearts Ministries (“Ministério Corações Famintos”, em tradução livre), publicou um artigo sobre o tema no portal Charisma News e afirmou que Israel está localizado sobre uma grande falha geológica, e alguns terremotos vêm acontecendo com frequência nos últimos meses.

“Você pode não estar ciente disto, mas a nação de Israel se senta em uma grande linha de falha. O último grande terremoto para atingir Israel foi em 1927, que matou cerca de 500 pessoas e danificou, de certa forma, todas as casas em Jerusalém e Hebron. Nos últimos 12 meses, vimos um aumento da atividade sísmica próximo/ou em Israel”, afirmou.


McDonald Jr destacou que no dia 15 de abril de 2016 houve um tremor, mas sua escala não foi medida; No dia 16 de maio de 2016, o terremoto alcançou 5.0 graus na escala Richter; No dia 20 de novembro de 2016, o grau do terrmoto foi de 3,6; Nove dias depois, outro tremor, maior, chacoalhou a Terra Santa: 4,4 graus; Já em dezembro, no dia 02, o terremoto foi de 3,8; E agora, 17 de janeiro de 2017, um abalo em Creta 5,5 e foi sentido em Israel.

“Podemos observar claramente um aumento na atividade sísmica em Israel e na região do Mediterrâneo. Isso aponta para algo maior no futuro próximo? Apocalipse 11 nos diz que um terremoto maior está chegando. Israel está tão convencido de que um grande terremoto está chegando que eles estão conduzindo estudos para se preparar para isso”, comentou o evangelista.

O preparo a que McDonald Jr se refere é o trabalho de uma subcomissão do Comitê de Relações Exteriores e Defesa de Israel, que se reuniu recentemente para discutir a capacidade do país para lidar com as consequências de um grande terremoto.

O subcomitê concluiu que, “no caso de uma catástrofe desse tipo, o país poderia ter até sete mil vítimas e danos de até US$ 52,5 bilhões”, com 8.600 feridos graves e 170 mil desabrigados.

“Os judeus não messiânicos não lêem o livro do Apocalipse, pois não faz parte do Tanakh (o que os cristãos chamam de Antigo Testamento). No entanto, suas próprias descobertas são consistentes com o que Deus profetizou para acontecer no futuro. Isso só confirma a profecia e afirma que Deus está trabalhando no coração do povo judeu antes que este poderoso capítulo profético venha a acontecer”, concluiu o evangelista.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA