“Um livro de milagres”, diz idoso de 80 anos que copia a bíblia para exercitar a mente

Um militar aposentado de 80 anos achou uma maneira mais eficiente de exercitar a mente e manter seu relacionamento com Deus; ele resolveu copiar a Bíblia inteira com as próprias mãos

0

Um dos exercícios mentais mais comuns entre os idosos são as palavras cruzadas, popular também em outras fases da vida. Mas, para Ralph Reed, exercitar a mente significa uma ótima oportunidade para aprofundar ainda mais seu conhecimento bíblico e aprender sobre Deus. Após oito meses reescrevendo a bíblia com suas mãos, o idoso de 80 anos afirma categoricamente, que este é um “livro de milagres”.

“Estou escrevendo a Bíblia porque é a melhor maneira de me lembrar dela. Acabei de terminar o Velho Testamento e acabei de terminar os Salmos. Algo veio a mim para fazer o que estou fazendo. Tenho trabalhado nisso há cerca de oito meses”, disse ele em uma publicação no site de notícias Sun Herald.

Ele que trabalhou como comissário na Base da Força Aérea de Keesler, nos Estados Unidos, durante anos, teve que se aposentar aos 40 devido a ferimentos, o que dificulta muito atualmente sua permanência por longos períodos na igreja que é membro.

Reed viu no estudo da bíblia e sua escrita, uma forma de se manter espiritualmente íntimo com Deus, mas também ativo mentalmente, tendo a oportunidade de se envolver com os personagens bíblicos e aprender lições de vida muito valiosas com a Palavra de Deus. Ele considera sua motivação vinda da própria Escritura, a qual acredita ser um “livro de milagres” e mistérios:


“Eu tenho estudado a Bíblia há 50 anos. Eu sempre amei estudá-la. Mas não posso acreditar no que estou fazendo. Eu estou sendo levado a fazer isso. Minha motivação vem da Palavra. A Bíblia é um livro de milagres, mas também de mistérios e inspiração. Estou usando os anos que tenho para fazer isso”, disse ele na matéria.

Reed passa horas do seu dia reescrevendo a bíblia e memorizando suas passagens. Ele disse que o tempo nessa atividade depende das circunstâncias, como se está chovendo, tomando café, sem sono, etc., podendo chegar à 10, 12 ou 16 horas copiando a Bíblia em uma sala batizada pela família de “escritório oval”.

“Às três da manhã, eu estava inquieto, então eu me levantei e fui lá. Pode ser algo como quatro horas, tomar uma xícara de café. Então duas, três, mais quatro horas. Eu acredito que se você tiver uma mente aberta e estiver inspirado, você será levado a fazer alguma coisa”, disse Reed, acrescentando que não possui nenhum dom especial dado por Deus, mas apenas o seu desejo de conhecê-lo ainda mais; “Deus me permite apreciá-lo. Eu não conheço a palavra de Deus; Conheço Deus”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA