Único sobrevivente de queda de avião diz que clamou momentos antes do acidente: “Jesus, me salva”

0

“Jesus, me salva”. Essa foi a oração desesperada do fotógrafo Clodoaldo Marques Gomes, 46 anos, único sobrevivente de um acidente aéreo ocorrido na última segunda-feira, 05 de dezembro, na cidade de Cruz Machado (PR).

A aeronave de pequeno porte transportava o fotógrafo que iria fazer imagens aéreas da cidade paranaense e, de repente, após duas horas de voo, perdeu estabilidade e caiu sobre o cemitério local.

Gomes contou que o piloto percebeu que havia alguma coisa errada com o avião: “Ele disse que tinha alguma coisa errada. Quando falou ‘Tem alguma coisa errada’, vi que a aeronave já inclinou e entrou em declive. Só deu tempo de falar ‘Jesus, me salva’. Quando terminei, a gente bateu”, revelou o sobrevivente, em entrevista ao G1.

O fotógrafo sofreu apenas arranhões, mas o piloto Louis Fernando Chinkevicz, de 34 anos, morreu na hora. “Foi muito rápido […] Eu vi onde a gente ia cair. Ele puxou o comando do avião, mas o avião não obedeceu”, relembrou.


Ele saiu andando do local da queda e na terça-feira já recebeu alta hospitalar. “Não tem explicação. A gente acompanha acidente aéreo e eu, particularmente, nunca vi ninguém sair andando da forma que saí. É um milagre”, disse.

João Lourenço de Souza, um pedreiro que estava próximo ao local do acidente, afirmou que viu quando o avião se desestabilizou: “Pensei: ‘Não está certa alguma coisa’. Quando vi, só tinha um poeirão. Peguei o carro e fui. Já tinha pegado fogo”, contou.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA