“Diga não à prostituição”: Vereador cristão quer proibir anúncios de garotas de programa e disk-sexo em São Paulo

13

O vereador paulistano Eduardo Tuma (PSDB) apresentou projeto de lei que pretende proibir a veiculação de anúncios de acompanhantes, garotos e garotas de programa em jornais, revistas e periódicos em São Paulo. A proposta visa também a proibição das propagandas de disk-sexo na capital paulista.

Tuma é líder da Frente Parlamentar Cristã, grupo formado por 16 dos 55 vereadores da câmara Municipal de São Paulo, e afirma que as empresas de comunicação que anunciam garotas de programa cometem “crime de rufianismo, que nada mais é do que tirar proveito da prostituição alheia, participando diretamente de seus lucros ou fazendo-se sustentar, no todo ou em parte, por quem a exerça, prática conhecida pelo crime do gigolô”.

– O projeto de lei é proposto justamente para inibir a prática de crimes relacionados com a prostituição infantil, uma vez que tais anúncios podem e devem envolver pessoas que não são maiores de idade – afirma o vereador na apresentação da proposta.

A bancada evangélica da Câmara de São Paulo assinou apoio à proposta e deve conseguir aprová-la no plenário em duas votações até o final de setembro, segundo o Estadão.


Leia abaixo uma reprodução do texto da proposta:

proposta-contra-anuncio-prostituição

Por Dan Martins, para o Gospel+

13 COMENTÁRIOS

  1. Porque esse cara não cuida da vida dele ou para de mamar nas tetas do governo. Será que ele esqueceu que a vida intima e privadas das pessoas é inviolável

  2. realmente neste caso em particular, é uma bobagem, pois quem procura por este serviço , não tem nenhum tupo de moralismo com o assunto, e nós menos com isto, até nos jornais..está ali le quem quer

  3. Ótimo,espero que este exemplo siga em nível nacional também e quem for a favor e votar sejam anunciados e possamos ver a lealdade para com a nação ; já seria o começo para uma confiança a mostrar ao povo desta nação e então teríamos a quem escolher na próxima eleição.

  4. ignorancia total desses evangelicos, vao procurar o que fazer, cuidar do povo que necessita de ajuda
    nao ficar procurando cabelo em ovo,
    deixa as pessoas trabalharem , nao estão roubando , nem matando , estão prestando um serviço
    igual aos outros,
    cambada vai procurar o que fazer,,, tantas leis a serem aprovadas pelo bem do povo , e vao mexer com quem está quieto

  5. Anúncios de oferta sexual publicados nos jornais constituem, não liberdade de expressão, mas favorecimento `a prostituição, pois aliciam e induzem. Em tais anúncios há até menores infiltrados. Esse projeto de lei deveria ser aplicado em todo território brasileiro. Assim, o tráfico de mulheres seria reduzido. Infelizmente, nós não podemos importar políticos. Cristina Kirchner, por exemplo, proibiu anúncios sexuais. Aqui, a esmagadora maioria das autoridades não têm moral, a minoria, coragem para fazer valer o Art. 230 do Código Penal. É por isso que crianças, adolescentes e mulheres estão sendo estupradas e assassinadas por pedófilos e estupradores.

DEIXE UMA RESPOSTA