Dezenas de igrejas foram incendiadas e centenas de cristãos mortos no Egito, em ataques atribuídos à Irmandade Muçulmana

7

Os cristãos do Egito têm vivido momentos de terror com os ataques que vêm sofrendo desde a destituição do presidente islamita Mohamed Mursi, da Irmandade Muçulmana. Depois que o líder islamita foi deposto, as manifestações em todo o país se tornaram batalhas campais, que tem como principal vítima a comunidade cristã do país.

De acordo com a AFP, seguidores de Mursi se voltaram contra os coptas, principal grupo cristão do país, pois o líder espiritual dos oito milhões de cristãos coptas do Egito, Tawadros II, apoiou a retirada dos militares que apoiavam Mursi e a suspensão da Constituição do Egito.

Já foram registrados episódios de violência contra 52 igrejas, que foram queimadas em várias cidades do país, além de ataques escolas cristãs, mosteiros e instituições como a Sociedade Bíblica. Os atacantes começaram a queimar igrejas no país pouco depois da sangrenta expulsão, na quarta-feira, dos seguidores de Mursi que acampavam em duas praças do Cairo, no que parece ser uma represália. Depois de várias igrejas terem sido queimadas, foram registrados também ataques contra residências e lojas pertencentes a cristãos.

– Muçulmanos têm pintado um ‘X’ preto nas lojas cristãs para marcar quais seriam queimadas. Multidões atacaram igrejas e cristãos estão sitiados em suas casas. Sabe-se de cristãos que foram mortos com golpes de facas e facões em suas casas – relatou o jornal The New York Times.


Um movimento da juventude copta, intitulado união Juvenil Maspero, a essa série de ataques é uma “guerra de represálias” contra a minoria religiosa cristã, que representa 10% da população egípcia, composta por 85 milhões de pessoas.

– É um autêntico desastre – afirmou o arcebispo caldeu Louis Sako, que teve uma das igrejas de sua comunidade queimada na quarta-feira.

Os números oficiais falam de 525 mortos, incluindo 43 policiais, e 3.000 feridos em todo o país. A Irmandade Muçulmana aumentou o número de mortos para 4.500.

No começo de agosto, organizações humanitárias afirmaram que a situação das minorias religiosas egípcias, como os cristãos, está se deteriorando ao longo dos levantes da Primavera Árabe no país, que se iniciou em 2011. Em seu relatório anual sobre a violência contra os seguidores da fé, o ministério Portas Abertas, classificou o Egito como um dos locais em que os cristãos mais estão expostos a riscos sérios de ataques.

Na última quinta-feira o governo interino instalado pelo exército, depois do golpe que tirou Mursi do poder, classificou os ataques como uma “linha vermelha” e afirmou que as autoridades “responderão energicamente” a qualquer provocação. O general Abdel Fatah al-Sissi, ministro da defesa e chefe das forças armadas que liderou o golpe, afirmou também que o exército pagará a reconstrução das igrejas destruídas.

O primeiro-ministro interino, Hazem Beblawi, também se manifestou sobre a onda de violência contra os cristãos, e anunciou se reunirá com o líder copta para manifestar sua solidariedade.

Países como o Reino Unido, França e Alemanha se manifestaram sobre a onda de violência no Egito. O presidente francês propôs, inclusive, uma intervenção internacional para evitar uma guerra civil; e o Governo da Turquia pediu que “a comunidade internacional, liderada pelo Conselho de Segurança da ONU e da Liga Árabe” possa intervir e impor medidas radicais para parar os assassinatos.

De acordo como R7, os cristãos temem que com atual radicalização dos conflitos as iniciativas políticas pautadas pelo islamismo promovam, além dos ataques violentos, um levante para que o país venha aderir à lei do alcorão, conhecida como Sharia. A adoção da Sharia ameaçaria ainda mais os direitos e a segurança da comunidade cristã no Egito, segundo representantes dos coptas.

Por Dan Martins, para o Gospel+

7 COMENTÁRIOS

  1. o reino unido, o EUA, e a ONU e seus parceiros precisa tomar uma posição firme contra esses ataques, é necessario manter a integridade dos cidadãos e seus direitos junto a constituição, ou coisas piores vão acontecer. A final todo mundo teve ter seu livre direito de escolha assegurado, isso é vital. Será que o Hitler está de volta??

  2. Anton Mendel, caro irmão esquisito, se fazem isso com as igrejas, já “imaginou” que gay lá morre a pedrada?, agora sai da imaginação porque e realidade o que estou escrevendo.

    Ateu, gay, etc aqui nesse “brasil” fazem o que querem e ainda acusam os ouros de realizar maldade sem nunca ter visto um crente fazer as ta\is maldades, porque os que fazem maldades não são os crentes mas gentes do próprio convivio de vocês, aí fica facil ficar apontando, se sentindo um juiz da vida sem nunca ter estudado, entendeu?

  3. is meses.

    ” E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu.
    E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação.
    E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.
    Se alguém tem ouvidos, ouça.”

  4. QUE DEUS TEM MISERICÓRDIA DE TODOS NÓS QUE BLASFEMAMOS CONTRA A ELE pois mesmo se dizendo cristãos muitos ainda não praticão O AMOR…… A PAZ DO SENHOR JESUS ESTEJA COM TODOS E QUE O ESPIRITO SANTO DE DEUS POSSA TOCAR CADA PESSOA QUE VISUALIZAR ESTA REPORTAGEM. SEJA IMPACTADO PELO ESPIRITO SANTO DE DEUS. E OREEEEEEEEEEEEEEEEEEEE SEM CESAR .

  5. o tempo de Deus estar chegando sobre o EGITO, e a sua opreção serar contra te propio.

    ISAÍAS- 19.1 PESO do Egito. Eis que o SENHOR vem cavalgando numa nuvem ligeira, e entrará no Egito; e os ídolos do Egito estremecerão diante dele, e o coração dos egípcios se derreterá no meio deles.
    2 Porque farei com que os egípcios, se levantem contra os egípcios, e cada um pelejará contra o seu irmão, e cada um contra o seu próximo, cidade contra cidade, reino contra reino.
    3 E o espírito do Egito se esvaecerá no seu interior, e destruirei o seu conselho; e eles consultarão aos seus ídolos, e encantadores, e aqueles que têm espíritos familiares e feiticeiros.
    12 Onde estão agora os teus sábios? Notifiquem-te agora, ou informem-te sobre o que o SENHOR dos Exércitos determinou contra o Egito.

    EZEQUIEL-30.4,A espada virá ao Egito, e haverá grande dor na Etiópia, quando caírem os traspassados no Egito; e tomarão a sua multidão, e serão destruídos os seus fundamentos.
    6 Assim diz o SENHOR: Também cairão os que sustém o Egito, e descerá a soberba de seu poder; desde a torre de Syene ali cairão à espada, diz o Senhor DEUS.
    7 E serão desolados no meio das terras assoladas; e as suas cidades estarão no meio das cidades desertas.
    8 E saberão que eu sou o SENHOR, quando eu puser fogo no Egito, e forem destruídos todos os que lhe davam auxílio.
    9 Naquele dia sairão mensageiros de diante de mim em navios, para espantarem a Etiópia descuidada; e haverá neles grandes dores, como no dia do Egito; pois, eis que já vem.

DEIXE UMA RESPOSTA