Home » Brasil, Capa, Política, Sociedade

Jean Wyllys se queixa do salário de deputado e diz que “cristãos deveriam se preocupar com os lucros obscenos dos pastores”; Assista

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Jean Wyllys se queixa do salário de deputado e diz que “cristãos deveriam se preocupar com os lucros obscenos dos pastores”; Assista

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) afirmou durante uma entrevista que o salário dele como parlamentar é igual ao que recebia como professor universitário antes de se eleger, e que por isso, não considera a remuneração “excessiva”.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

As declarações foram dadas ao jornalista Marcelo Tas, durante o programa Tas Ao Vivo, no portal Terra, na última quinta-feira. Wyllys disse que com os descontos de Imposto de Renda e Contribuição Partidária, seu salário líquido é de R$ 15 mil. “Eu não acho que [o salário de um deputado] seja excessivo”, afirmou, antes de concluir dizendo que a população deveria se queixar dos vencimentos que os grandes executivos recebem de empresas privadas.

O deputado também comparou seus vencimentos com a de sua época como professor e disse ser “quase a mesma coisa”.

Assista a opinião de Jean Wyllys sobre seu salário de deputado:

No Twitter, diversos cristãos se incomodaram com as declarações de Jean Wyllys, e reclamaram dos argumentos usados pelo deputado para defender a ideia de que o salário de um parlamentar – R$ 26.723,13 segundo o site da Câmara dos Deputados – não seja excessivo.

Em resposta, Wyllys afirmou que os cristãos não deveriam se preocupar com o salário dos deputados, mas sim com os pastores: “Nunca vi, em minha TL, ‘cristãos’ tão preocupados com o salário de um deputado, mas não com os lucros obscenos de seus pastores!”, atacou.

twitter jean wyllys

Como o assunto cresceu nas redes sociais, alguns internautas foram investigar o uso que o deputado Jean Wyllys faz da verba recebida por ele para uso com o gabinete. Entre os gastos apresentados por ele à Câmara dos Deputados, estão o custeio de refeições à beira da praia, cafés em aeroportos e até R$ 200,00 gastos numa churrascaria.

“O cara tem um salário de 26 mil reais, 1,2 milhão em uma legislatura, descontando os impostos, são 720 mil livres. Ele com auxílio moradia ou residência oficial, etc, auxílio paletó, ainda faz a gente pagar reembolso de gasto em restaurante dele”, reclamou Leonardo Lopes.

Refeição à beira da praia

Refeição à beira da praia

R$ 200,00 gastos numa churrascaria

R$ 150,00 gastos numa churrascaria

Já o site Reaçonaria publicou detalhes de outras despesas, como transporte, e apresentou o uso de R$ 4 mil do dinheiro público para locação de carros, além de uma corrida de táxi sem nota fiscal.

Locação de automóveis e corrida de táxi sem nota fiscal

Locação de automóveis e corrida de táxi sem nota fiscal

Jean Wyllys classificou o assunto como distorção de suas palavras e disse que nenhuma campanha difamatória contra ele seria bem sucedida.

“Os difamadores burros já deveriam ter aprendido que não adianta me difamar nas redes sociais, deturpando minhas palavras em entrevistas. Quem acredita na difamação é gente mal informada ou de má fé, ou seja, gente que já não vota em mim, me odeia e acredita na difamação… Além disso, tentar me difamar para que meia dúzia de gente estúpida e homofóbica me insiste em minhas redes é perda de tempo. Sou imune! Não desperdicem seu tempo, difamadores e asseclas. Procurem estudar, ler livros, expressar-se bem na língua escrita. É melhor! Gente que entra em histeria a partir de deturpações nas redes sociais apenas evidencia o quão pode ser manipulada; e destila ódio à toa”, escreveu o deputado.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

59 comentaram, comente você também!

  1. JOEL CARVALHO disse:

    Então esse deputado nojento que posa de ético, não passa de mais um ser repugnante entre os outros 513 da Câmara? Tenha vergonha na cara! A maioria dos brasileiros sonham em ganhar 10% de seus R$ 15.000,00 alegados por você! E, duvido muitíssimo que sejam apenas 15.000,00!
    Você não gosta desse gordo salário e ainda acha pouco seu deputadinho, que foi eleito com pouco mais de 10.000 votos, graças aos votos de legenda? Não era nem pra você estar aí na Câmara! Então vá virar empresário e ser produtivo ao país!
    Quanto aos pastores, que na verdade são poucos os que recebem grandes salários, eles não são diferentes dos grandes sindicalistas milionários, que inclusive muitos deles são ligados à sua ideologia esquerdopata e até mesmo ao seu partido!

    - Quantos aos pastores, seu ridículo, há um detalhe: Aqui mesmo em Brasília, testemunhei a morte de um pastor da Assembleia de Deus, o qual morreu à míngua no Hospital Regional de Taguatinga em 21 de fevereiro de 2013, por falta de cirurgia cardíaca em tempo hábil, e, depois de ter ficado internado por 27 dias aguardando vaga para cirurgia! Podem pesquisar lá no Hospital, o nome dele era Roberto Pereira.
    Nunca vi um deputado morrer assim, por falta de recursos financeiros, já que jamais irão esperar fila em hospitais públicos!

    CALA A SUA BOCA SUJA, SEU DEPUTADO NOJENTO!

  2. Vagabundo, também o que poderia se esperar de um ex-BBB. Existe uma diferença clara entre você, Jean Wyllys e os tais pastores que você menciona, já que estes recebem doações voluntárias, dá dinheiro quem quer, já você ganha salários graças aos impostos compulsórios cobrados pelo Estado, ou seja, quem não quiser pagar, vai preso. Vai ser desonesto assim lá na…

  3. esse André é um gay de plantão

    • Minha sexualidade só diz respeito, a mim mesmo, entretanto sou cristãos, e amo a Cristo e ao meu próximo, independente, da maneira que este tenha escolhido, viver, todos tem livre arbítrio, e principalmente cumpro a PALAVRA DE DEUS, que diz: Aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus a quem não vê”?
      (1Jo 4, 20-21).
      Coisa que você e muitos que se dizem cristãos desconhecem, pois estão cegos pelo fundamentalismo, o ódio e preconceito.

      • MOIZES BORGES disse:

        VC ESTA COMPLETAMENTE CERTO QUANDO DIZ QUE SUA SEXUALIDADE SE REFERE A VC, MAS VC PODE FAZER CARIDADE, AMAR O PROCIMO, ETC, MAS SE VC E EU TODAS AS PESSOAS NAO NOS ENQUADRARMOS NOS PLANOS DE SALVAÇÃO QUE A BÍBLIA NOS ENSINA, INFELIZMENTE TODOS VAMOS PARA O INFERNO NOS TEMOS O LIVRE ARBRIITO E POR MAIS QUE POSSAMOS ARRUMAR DESCULPAS ESTAREMOS ENGANANDO NOS MESMO OK ABRAÇO

  4. Renato cavallera porque que sempre que posto contra politicos meus comentários desaparecem ou não entram que se passa

  5. Olá Jean Willis, a coisa é muito simples, deixa de ser Deputado, pois tá achando que o salário é pouco e se converte de verdade e vai ser Pastor, eu disse de verdade, e aí tu vai ver que a rapadura é doce mas não é mole não.

  6. Jean Wyllys seu safado …nao porque os intitulados pastores se dao bem com doaçoes que vc tem o direito de achar que pode se dar tambem e com os nossos impostos …esses arrancados sem dó dos nossos salarios sem nem pedir permissao …ja que estamos nessa onda de protestos temos que protestar tambem contra esses sangue sugas que nao fazem absolutamente nada para o povo alem de levarem vida mansa …o salarios desses camaradas tem que ser salario minimo como todo trabalhador e ponto…chega de mordomia pra esses espertalhoes que so sabem fazer promessas em suas campanhas e depois fica gastando nosso dinheiro com futitilidades e povo que se dane…

    • lorena dai vemos que os professores que tanto se queixam e fazem greves que seus salarios são autissimos mas ainda trabalham pouco é verdade mas trabalham e os nobres deputados e senadores não fazem nada e levam, e tem mais ele mentiu sobre o salario pois não falou em custos de cada deputado na camara no estado mais pobre da união cada deputado estadual custa mais de 2 milhões e oitocentos mil certamente um federal no minimo o dobro…é uma vergonha e o salario minimo 600 merrecas, estes sim são constrangidos pelo dono do mercadinho da farmacia

    • realmente os professores se queixam de seus salarios mais de quinze mil por 40 horas se trabalhar em dois serviços o normal e até menos que qualquer profissinal no brasil ganham uma fortuna mas estes ainda trabalham…pouco mais trabalham mas um deputado estadual que custa 2.800.000,00 no estado mais poibre da união quanto não custa este deputad gay que não produziu nenhuma lei em beneficio da sociedade…a vergonha ele vir a publico e dizer que ganha pouco….este país chamado Brasil é uma vergonha que o povo não pare de fazer protestos e de ir a rua…não desistam de buscar leis contra a corrupção e farra com o erário publico, centenas morrem todos os dias nos hospitais sem atendimento, esta é outrea classe que deveria ser monitorada pela sociedade…deveria ter uma lei em que pessoas que estudam em universidades publicas deveriam ter no minimo 6 anos servindo no sistema unico de saude…esta classe usa do corporativismo para inriquecer, são iguaizinhos aos politicos…nada que é do governo funciona

  7. Excelentíssimo deputado só pode estar de brincadeira, achando que o salário que recebe é pouco, enquanto milhões de brasileiros ganham um salário mínimo de R$ 678.00 e outros dependem de bola isso, bolsa aquilo.
    Façamos as contas entre o que ele recebe e entre oque recebe um assalariado em 12 meses:
    Deputado: 15.000,00 x 12 = 180.000,00 / 365 dias = R$ 493,15 (por dia de trabalho)
    Assalariado: 678,00 x 1 2=8.136 / 365 dias = R$ 22,29 (por dia de trabalho)

    Ainda excelentíssimo deputado se diz inume, além de distorcer o assunto mudando o foco para a questão de sua opção sexual, e ai ele arremata atacando a igreja e os evangélicos, mas ele pode, pois preconceituosos são apenas os evangélicos.

  8. Excelentíssimo deputado só pode estar de brincadeira, achando que o salário que recebe é pouco, enquanto milhões de brasileiros ganham um salário mínimo de R$ 678.00 e outros dependem de bola isso, bolsa aquilo.
    Façamos as contas entre o que ele recebe e entre oque recebe um assalariado em 12 meses:
    Deputado: 15.000,00 x 12 = 180.000,00 / 365 dias = R$ 493,15 (por dia de trabalho)
    Assalariado: 678,00 x 1 2=8.136 / 365 dias = R$ 22,29 (por dia de trabalho)

    Ainda excelentíssimo deputado se diz inume, além de distorcer o assunto mudando o foco do assunto para a questão de sua opção sexual, e ai ele arremata atacando os evangélicos, mas ele pode, pois preconceituosos são apenas os evangélicos.

  9. marcos oliveira disse:

    o pais numa pindaiba danada e o jean reclamando do salario acorda Brasil

  10. Bah ! Coitado, e o povo nem tem dó desses míseros deputados e ficam criticando…

  11. marcos oliveira disse:

    nao mudem o foco o assunto aqui éo jean reclamando do baixo salario não ta nem ai pro povo que acorda cedo rala pra caramba passam mais de tres horas dentro de um busão e ele reclamando do salario cde os amiguinhos dele deixem sua queixas aqui registradas

  12. Eu acho que a comunidade gays não suporta estar sendo criticados,o salário dos deputados é algo que não corresponde a média salarial no Brasil mas se lá tem gay ele quer proibir os brasileiros de requerer o seu direito garantido pela constituição,direito este de protestar por o que é considerado errado na constituição.

  13. Até hj não tinha nada contra esse cara, ta la lutando pelos direitos que ele acredita, tem todo direito disso, mas não tem direito nenhum de falar o que ele não sabe! Isso que ele disse, foi a coisa mais ridícula que ele já falou! Nossa, uma das coisas mais absurdas que já ouvi da minha vida! Não tem nada pra falar, por favor, fique quieto. O seu salário quem paga somos nós, e temos o direito sim de saber o que vc faz com ele, quando, como e se está sendo abusivo ou não! 720 mil livres, NUNCA que um professor vai ter aqui no Brasil, me poupe da sua hipocrisia. Outra que, o salário é IMPOSTO, ou seja, é estipulado, o que nós damos a igreja, é dado de coração sem ngm estipular valor, pelo menos eu, sei pra onde tá indo, semana passada mesmo foram enviados orçamentos pra África, pra que os pastores pudessem comprar bicicletas pra pedalar quilômetros pra pregar o evangelho, enquanto um camarada desse me gasta o MEU dinheiro de impostos na beira de uma praia, esbanjando e ostentando com o dinheiro que, desculpa ai Jhean, sai do suor do meu trabalho e de muitos brasileiros ;) Não estamos te pagando pra comer camarão na beira da praia, mas pra promover um Brasil melhor! Independente de religião ou não, o que fazemos com o nosso dinheiro que TRABALHAMOS pra ter é problema nosso. E outra, preferimos bancar trabalhos sociais como na África do que bancar ostentação de uma pessoa que acha que ser rejeitado é inadmissível, é o fim do mundo, vc ainda não conhece nada sobre a vida. Existem pessoas rejeitadas pela sociedade em lugares do mundo onde vc nem imagina, e quem vai lá dar de comer somos todos nós, a igreja do Senhor Jesus, através de oração e doações, coisas que vc no seu mundinho de faz de conta de ativista gay, nem se importa, acredite, existem exclusões piores do que a sua escolha sexual, existem exclusões de comida, de bebida, de moradia! No meu ver, com essa declaração perdeu toda dignidade que como pessoa eu tinha a respeito. Quem banca essas regalias todas, somos nós, na dificuldades do nosso dia, ganhando com muito suor nosso dinheiro, então, seu trabalho não é especular pastores, pra isso a igreja se levanta, seu trabalho é ser um parlamentar, porque nem mesmo membro você é, então cuide do que lhe pertence e só fale do que vc sabe! Assim vai parecer menos ostentador e ignorante!

  14. Eliseu Oliveira de lima disse:

    Fico alarmado com a descrição que acima li sobre as despesas minúsculas que um deputado não se envergonha e pede reembolsos. Muito humilhante, tomar um cafezinho e solicitar que seja pago pela união, acho mesmo um absurdo…

  15. Ivone Gabriel disse:

    Os pastores (se usam o dinheiro para seus proprios deleites é problema deles com Deus e vão pagar caro por isso) …e é dinheiro que pertence a Deus pra obra de Deus! dinheiro dos fiéis da igreja…..Uma coisa não tem nada a ver com a outra…

    Este cara é uma piada! e um tremendo de um babaca!

  16. Moises Oliveira disse:

    Esse deputado de bosta é a escória da sociedade brasileira nunca apresentou nada que prestasse no Congresso se tá achando pouco o salário pq.. não larga de vez se palhaço,bichona.de terceira categoria fala de coisa que não conhece…

  17. Cada país tem parlamentar que merece.

    • É, triste, mas é por isso que temos aqui, Bolsanaros, Felicianos, Renan, João Carvalho, dentre outros, o povo ainda não é politizado.

      • André, não admito q coloque o Bolsonaro junto com essa corja de safados. Se tem do q falar dele, fale, mas não generalize, seja muito claro. Não me venha com o argumento ridículo q ele já foi militar q isso não justifica. Seria o mesmo q acusar Jean W. só pq ele é gay. Jean Willis simplesmente ofende a população trabalhadora brasileira ao se queixar do salário q recebe. E Jean W. se comporta como criança pois está sempre brigando no Congresso por causa d bobagens. Deixe os religiosos em paz Jean e vai trabalhar de verdade!!! Vai pagar tb. as suas contas e não gastar com restaurantes e aluguel dwe carros às custas do $ do povo!!!

  18. magnolia pires silveira disse:

    Por que ele Jean, não deixa o salário de deputado e volta a ser professor, muito fácil, será que o trabalho de deputado é tão exaustante qto a de um professor? Vá ser imbecil longe…

  19. Alex Graciano disse:

    Se o nobre deputado se queixa de baixo salário que tal fazer um bico para aumentar a renda? Deixo aqui a minha dica: jeanwyllys.com.br/wp/lei-da-prostituicao-divide-camara
    De repente, vendendo o corpinho, ajunte um qualquer e, de quebra, sirva de garoto-propaganda da sua proposta de lei que almeja regulamentar a prostituição.

  20. Fora os gastos em saunas, produtos de beleza e serviços amorosos. Vá trabalhar seu imundo!

  21. marcos oliveira disse:

    cde meu comentario

  22. marcos oliveira disse:

    cade os gays de plantão neste site não vão manifestar sua opiniao sobre o salario do colega em pauta micharia ganham os aposentados deste pais e o cara tomando café a beira da praia não moral nenhuma pra falar de ninguém usando verba “publica” para satisfazer seus caprichos ha tem mais sabe porque muitos neste pais nao sabem escrever como ele mesmo diz é porque em vez de esta preocupado com educação o jovem parlamentar ta procupado é o que fazer com o rabo dele sem mais

    • Alex Graciano disse:

      E vc acha que eles vão sair do armário agora que a chapa esquentou pro lado deles? No mínimo devem estar, desesperadamente, procurando algum vídeo antigo do Malafaia ou Feliciano para contra atacar!

  23. Nunca ouvi tanta verdade junta! Parabéns! Jean Wyllys e a ditadura gay será julgada e condenada no dia do juízo final, bem como todos os políticos corruptos, mas também está escrito que maior rigor haverá para quem já conhece a Palavra de Deus, se batizou e opta por pecar e tripudiar sobre os fiéis. Simplesmente está ficando difícil continuar vivendo normalmente neste mundo do jeito que está e para onde parece que está indo, porque parece, que se não se levantarem mais João Batista¨¨, o caos completo se instalará. Realmente se o Senhor não abreviar esses dias, talvez ninguém se salvará.

  24. Homem sábio eu concordo com contigo em 1000 por-cento mas como já disse e volto a repetir nem todas igrejas evangélicas e nem todos os lideres são iguais no meu ponto de vista era para serem iguais em todos os sentidos mas infelizmente não são, mas sim temos igreja que todo final de ano e feito o balanço de tudo o que foi arrecadado e todos os gastos são feitos no culto do ultimo dia do ano com todos os membros presente para a aprovação perante a assembleia juntamente com os membros que estão empenhados para tal mister esta igreja se chama assembleia de Deus ministério de Madureira e também assembleia de Deus ministério missões e também assembleia de Deus ministério seta, desta eu posso afirmar ate porque fiz parte destas áreas agora as outras eu não posso afirmar porque não as frequento e não sei como e o procedimento das mesmas em relação a isto, se se as mesma mudaram o seu modo de proceder agora, enquanto em as frequentei era assim o proceder, e na que congrego hoje não mudou continua a proceder deste jeito desde que foi fundada-de certa forma temos que concordar que tem muitas denominações não so no brasil mas no mundo inteiro que na realidade não são igrejas são no fundo mesmo grupos com intuitos financeiros usando Jesus para arrecadação de fundos para enriquecimentos ilícitos esta e que e a pura e simples verdade, e e por isto que vemos o descredito por parte de muitos brasileiros pelos evangélicos QUE DEUS ABENÇOE

  25. Eta povinho na carne , será que este povo é batizado no Espirito Santo?

  26. Vejo tanta gente preocupada com pastor que me representa ou nao , meu líder ou nao e ai me pergunto quande será que estas pessoas irão crescer e deixarem de falar como meninos. Meu Líder se chama Cristo, agora orientador espiritual ai sim cabe a mim escolher aquele que melhor me ensina a entender a bíblia que na verdade é um misterio bonito e que não é facil me converti tem 4 anos porem antes sempre gostei de assisti em igreja e olha ja ouvi cada pregaçao absurda.Hj sei escolher igreja onde posso visitar pois tenho entendimento dai quando o pastor fala algo de errado e ainda manda todos darem Glória a Deus, eu peço a Deus misericordia para ele. Vejo é que muitos abrem igreja nao pelo espirito porem pela carne em olho no dinheiro que pode ser arrecadado ai nao nao consegue passa um tempo fecha as portas ai me pergunto CADÊ A ESPIRITUALIDADES DESSES PASTORES

  27. Desculpe-me, Vossa Excelência, mas não são todos os pastores q tem salários exorbitantes… Meu pastor não recebe R$ 15.000,00 de salário… Outro detalhe: dízimo envolve entrega voluntária, já impostos, bom o próprio nome já diz tudo!!

  28. A despeito da orientação sexual de Jean Wyllys, a qual não compactuo, mas não faz dele um monstro que alguns pensam, tem algumas posições desse parlamentar que, sim, poderia fazer-nos refletir. Será que estamos agindo como cristãos? Será que faríamos um protesto em relação aos ganhos de alguns líderes que se dizem cristão? E a conta usada nas Igrejas, são bem administradas.
    .
    Sou cristão e digo: Teríamos que dar um choque de realidade nas denominações. Para poder utilizar as isenções tributárias todas as Igrejas deveriam mostrar um balanço de seus gastos e prova que estão usando os recursos para alimentar os famintos, recolher os órfãos, assistir aos feridos, ajudar os viciados, e muita coisa boa que precisa ser feita.
    .
    Mas será que os nossos parlamentares “evangélicos” aprovariam tal lei. Isso seria impactante em nosso país.

  29. Esse povo que ta saindo as ruas deveria pedir a reforma dos politicos (homens ou nao), e nao reforma dos partidos ou politica.
    E, Se esses politicos tivessem alguma vergonha na cara, eles estariam cometendo suicidio a cada descoberta de suas acoes ilicitas, ae sim, sobrariam alguns, que tem vontade de mudar esse pais. EU ACHO NÉ!
    O nobre e “caro” deputado come pra cacete! Pelo que gasta com alimentação podemos ver. Tambem não sabemos se ele costuma almoçar sozinho e, ou com alguem. SERÁ que seu dignissimo marido nao o acompanha? EU nao sei, nem afirmo nada… so estou especulando… não adianta me processar… Eu só queria saber de verdade, se ele costuma comer… sozinho?
    Assim até eu vou me candidatar mano!!!!

    tovarischi

  30. VC QUER SABER SOBRE O QUE OS “BISPOS” IURDIANOS CONVERSAM QUANDO ESTÃO LONGE DOS MEMBROS???

    escute e veja a “espiritualidade” dos “homens de Deus” da iurd…

  31. Pra mim esse cara assessor dá besta

  32. É muito Sério o que as Pessoas fazem com o dinheiro dos fiéis que são entregues a igreja para ser empregados na Obra de Deus…

  33. …Concordo com você Jorge Vinicius.
    Infelizmente para mim que sou evangélico, fica muito difícil não concordar com tais comentários.
    Mas, uma coisa eu posso dizer com toda a certeza que, enquanto a igreja era igreja, isso não acontecia, mas quando a igreja deixou de ser igreja para estas pessoas e passou a ser vista como empresa, fonte de lucro fácil, e de manobra mental, tudo que está acontecendo são os reflexos de atitudes que não condiz com o objetivo santo da igreja que é reabilitar famílias, jovens, Homens e mulheres que sem uma estrutura enveredam-se em caminhos que não conseguem sozinhos sair, esse ou essa é a obra da igreja que ora parece que por essas pessoas que visão só o leite e não a ovelha foi esquecida e mudarão para o seu bel-prazer.
    Mas, a minha alegria é que DEUS não tem ninguém por inocente… E a Bíblia nos diz que é lícito que venha o escândalo mais ai daquele pelo qual vier o escândalo…. A Bíblia também afirma pelo ensino do apostolo Paulo dizendo: Todas as coisas me são lícitas mas nem todas me convêm, todas as coisas me são lícitas mas não me deixarei dominar por elas…. Desculpe não colocar os livros e os versículos pois sou ruim de memorizar mais está na Bíblia Sagrada.

  34. Jorge Vinicius eu concordo com você em quase tudo so não posso concordar e com o seu comentário sobre silas malafaia, porque do jeito que você escreveu dá-se a um sentido que o mesmo e líder das assembleia de DEUS o que não e verdade o Silas Malafaia e líder da assembleia de DEUS vitória em CRISTO não das outras assembleia, por exempl o a assembleia ministério de Madureira que não tem nada haver com o ministério vitória em cristo temos muitos ministérios por isso são chamadas as assembleias de DEUS eu fui congregado da assembleia ministério de Madureira foi la que me converte ao SENHOR JESUS hoje eu congrego e faço parte do ministério missão assembleia de DEUS ministério missão não temos nada haver com o Silas Malafaia, ve que não podemos ser julgados por causa de um líder que não e o nosso líder e como de todos os outros ministérios temos ministérios extremamente corretos nas ordenanças que nos foi dada por DEUS–ok meu amigo que DEUS TE ABENÇOE

    • ricarte

      muito pertinente seu comentário sobre silas malafaia.

      Eu vivo dizendo que mesmo na própria assembléia de Deus, silas malafaia não é bem visto, e seu esclarecimentos só comprova isso. Várias assembléias fazem questão de informar que malafaia não os representa nem fala por eles…

      Tanto que malafaia precisou abrir sua própria versão de assembléia de Deus para poder pregar sua teologia da prosperidade e suas inovações malafaianas.

      Agora fica a pergunta… se malafaia sequer representa todas as assembléias, porque ele iria me representar?

      Pois quem distorce a bíblia, jamais vai falar por mim, em lugar nenhum…

      silas malafaia não me representa!

  35. COM Trabalho e Contentamento

    “Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.” (1 Timóteo 6:8)

    Vivemos dias em que a relação das pessoas com o dinheiro está muito complicada. No meu coração creio que isso é fruto de uma relação desequilibrada com o trabalho e seu resultado.

    Alguns grupos falam tanto de prosperidade que a impressão que passam é que tudo que importa é ter, ter e ter. Não somos contra os bens materiais nem as riquezas, mas amá-las e depender delas para ter sentido na vida é avareza, que é idolatria como aprendemos em Colossenses 3:5. Ser rico é um assunto, estar de bem com Deus pelo que já recebeu é outro. Ter mais e mais nem é sinônimo, necessariamente, de prosperidade. Enriquecer não pode ser a prioridade para nenhum servo de Deus, mesmo que, de fato, tenha muito mais dinheiro do que possa gastar.

    Outros negligenciam o seu sustento a ponto de passarem necessidades e dependerem da misericórdia alheia. Considero muito impróprio alguém “servir a Deus” de uma forma que tudo lhe falta e não consegue nem ao menos se alimentar com o fruto de seu trabalho. Isso é inadequado, no mínimo. O trabalhador é digno de seu sustento, portanto é uma questão de ajuste. Se não quiser ter bens materiais, ok; Jesus também não tinha. Mas sustento e com que se cobrir é básico e isso Jesus tinha. Uma relação saudável e equilibrada com o trabalho e, por conseguinte, com o dinheiro, é aquela em que produz sustento e cobertura, como disse Paulo nesse versículo. Se tiver mais do que isso, não será errado nem pecado, mas o contentamento já estará estabelecido. Isso não significa almejar mais ou ir além, de forma nenhuma. Mas mesmo que não consiga o contentamento com a provisão de Deus estará lá. Alguns confundem contentamento com comodismo. Quem está contente está num nível de gratidão tal como se tivesse recebido tudo que tinha para receber, mesmo que venha mais. Quem está acomodado pode até ser ingrato, apenas não está satisfeito. Sejamos gratos. Estejamos contentes, não acomodados. Lutemos por ir além para abençoar os que não puderem, mas sem perder o contentamento com o que já temos, pois veio de Deus.

    Oremos: “Senhor, eu preciso muito me relacionar direito com meu trabalho, mas minha carne aponta noutra direção. Ensina-me a trabalhar o que for necessário, mas de forma equilibrada. Preciso de Ti.” Amém!

    • os lideres que recebem dízimos estão até na lista da forbes!

      1º edir macedo US$ 950 milhões

      2º valdemiro santiago US$ 220 milhões

      3º silas malafaia US$ 150 milhões

      4º rr soares US$ 125 milhões

      5º estevan-sonia hernandes US$ 65 milhões

      Só quem ensina e recebe dizimos tem testemunho para dar…

    • Jorge Studart disse:

      Obsceno e o que ele faz!!!!!!!!!! Alem de tudo mentiroso, então ele quer dizer que os professores no Brasil ganham bem!

  36. BOM DIA E UM INÍCIO DE SEMANA COM MUITAS BÊNÇÃOS: “TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE.” BUSQUE NO SENHOR JESUS FORÇAS PARA VENCER AS ADVERSIDADES QUE POR VENTURA VIEREM SOBRE SUA VIDA, POIS “ELE” É O ÚNICO QUE PODE TE OUVIR NOS MOMENTOS DAS DIFICULDADES, DEUS VOS ABENÇOE. AMÉM. PR.GBS

  37. Olá povo Brasileiro, Profetizo em nome de Jesus que o jovem Jean Wyllys será um porta voz de Deus nesta terra, e saberá que o Senhor é Deus. Oremos por ele e toda a sua familia. Estamos deixando Deus trabalhar, pois é hora de se calar e deixar Deus agir. Amém!!!

  38. É inacreditável a declaração de idiota desses… Enquanto a maioria dos Brasileiros ñ ganham nem 1000 conto direito, ele ganha 15 vezes mais e diz q ñ é muito alto… É uma piada de muito mal gosto!

  39. Mais se ele não esta contente com o salario de deputado é so se renunciar ou nem se candidatar mais
    duvido que ele vai fazer isso Esse jean é uma piadalllllllllllll esse sim so fala besteira e nao me representa lllllllll ainda bem .

  40. Fabiano Dantas disse:

    Jean Wyllys desvia a questão dos altos salários dos parlamentares tentando apontar o mesmo caso em outras áreas como o salário dos executivos de grandes empresas e dos pastores milionários. Vou me deter no caso dos pastores evangélicos e mostrar a falácia do argumento deste parlamentar.

    Ao falar dos lucros exorbitantes de certos pastores evangpelicos brasileiros, é bom que se faça algumas considerções. Os pastores brasileiros que obtém salários e lucros altissímos não são minoria no Brasil. Geralmente eles são os líderes máximos de certas igrejas neopentecostais que tem sua teologia voltada para as bençãos materiais. A grande maioria (GRANDE MESMO) dos pastores e líderes evangélicos no Brasil não recebem altos salários. Ao contrário, muitos recebem salários baixissímos e muitos nem mesmo recebem salários.

    Jean Wyllys esquece que muitos desses pastores recebem duras criticas por parte do meio evangélico. Uma rápida pesquisa no google mostrará vários sites e blogues evangélicos nos quais há criticas pesadas a pastores como Silas Malafaia, Edir Macedo, Valdomiro Santiago etc. Embora, os seguidores destes líderes religiosos sejam uma multidão, há também uma boa parcela de evangélicos que os criticam ferozmente. Contudo, não podemos apenas criticar os de “nossa casa”, por assim dizer. Devemos também criticar os de fora e é nesse sentido que os avangélicos tecem criticas aos altos salários dos parlamentares brasileiros.

    Nem todas as igrejas evagélicas do Brasil pregam a teologia da prosperidade. Existem igrejas histórico-tradicionais, como batistas, presbiterianas, metodistas, luteranas etc, que se opõem a ela veementemente e de forma alguma concordam com os lucros exorbitantes de certos líderes religiosos. Não se pode colocar todas as igrejas evangélicas num saco só. Elas não são iguais!

    Alguns dos pastores criticados por serem milionários, não conseguiram sua fortuna apenas com as ofertas e dízimos de seus fieis. Alguns deles são empresários e grande parte de sua renda vem de suas empresas e não propriamente da igreja. Se é certo ou não ser pastor e empresário ao mesmo tempo é outra história, mas não se pode dizer que todos eles enriqueceram APENAS com o dinheiro de ofertas e dízimos.

    O caso dos parlamentares é pior do que os pastores milionários. Pois estes últimos obtém suas riquezas com ofertas voluntárias. Ao contrário dos parlamentares que recebem seus altos salários contra a vontade da população, que os paga através de seus impostos. Se os evangélicos doam muito dinheiro a tais “mercadores da fé”, o fazem de boa vontade ao contrário do que acontece com os políticos. Então, o caso é diferente. Ao pastor eu QUERO dar meu dízimo, mas ao parlamentar não!

    Para finalizar, gostaria de esclarecer que sou terminantemente contra o enriquecimento de tais líderes evangélicos e eu sou o primeiro a criticá-los. Mas também não posso fechar os olhos diante de outras injustiças. Os parlamentares também recebem salários muito altos e nisso todos que discordam estão certos!

  41. Igrejas são imunes de impostos sobre doações, mas pagam diversos encargos.
    abril 9, 2012 Alexandre Fernandes Geral 18 comments
    As igrejas, de qualquer linha, são imunes do recolhimento do Imposto de Renda. Ou seja, elas não têm de pagar Imposto de Renda sobre o valor obtido com doações, mesmo se envolverem imóveis, veículos ou jóias. Essa isenção acontece porque os templos religiosos são considerados entidades isentas ou imunes.

    Apesar dessa imunidade, as igrejas são obrigadas a apresentar anualmente a DIPJ (Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica) para a Receita Federal. “As igrejas têm que ter contabilidade. A diferença é que elas são imunes do IR”, disse Valdir Amorim, especialista em IR da IOB Thomson.

    Em alguns Estados, como São Paulo, as igrejas também são isentas de alguns tributos estaduais, como o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores). Nesse caso, é preciso requerer a isenção do tributo. No caso de IPTU, algumas cidades tentam cobrar imposto das igrejas, mas a quase totalidade delas contesta e derrota a cobrança na Justiça.

    “A igreja paga taxas de iluminação, esgosto, limpeza pública, além de todos os encargos trabalhistas de seus funcionários”.

    Matei sua curiosidade?

  42. Isenção, imunidade e tributação das igrejas
    Escrito por Marcone Hahan de Souza

    “Dai a Cézar o que é de Cézar, e a Deus o que é de Deus.” Mt 22.20 – O texto bíblico acima é muito conhecido e no meio dos cristãos há quase uma unanimidade de que àqueles que querem seguir fielmente às Escrituras Sagradas devem “Dar a Cézar o que é de Cézar”, ou seja, pagar os seus tributos.Observa-se que esta ordenança bíblica deve ser aplicada a todas as pessoas, quer sejam pessoas físicas (naturais) ou jurídicas (empresas, entidades, igrejas, etc.).
    Quanto às Igrejas, se perguntássemos aos seus líderes, certamente diriam que gostariam que a Igreja que dirigem cumprissem rigorosamente com as obrigações tributárias. Porém, para a Igreja, que como regra tem a missão de pregar o Evangelho, esta procura cumprir bem o “Dar a Deus o que é de Deus”, e para tanto investe em estudos, recursos humanos, tempo, instalações, etc. para melhorar cada vez mais nesta área. Mas, como “Dar a Cezar o que é de Cezar” se a igreja, na maioria das vezes, não sabe muito bem o “que é de Cezar”? Ou seja, as igrejas, muitas vezes, não sabem se são imunes ou isentas de um tributo, ou se tem que pagá-lo. E se tiver que pagá-lo, quanto? Como? Há mais obrigações acessórias, como a de prestar informações em relação aquele tributo?
    Muitos dizem que as Igrejas são isentas e imunes a impostos. Ao analisarmos mais profundamente a questão, observamos que esta matéria não é tão simples assim. Em primeiro lugar, a Constituição Federal, em seu art. 150, concede imunidade aos templos de qualquer culto – denominação utilizada na legislação tributária, que pode ser lida como Igrejas – quanto aos impostos sobre o patrimônio, renda e serviços, quando relacionados com a atividade fim da Igreja.
    Neste sentido, duas questões importantes devem ser observadas.
    1º) A legislação tributária brasileira classifica tributos em: impostos, taxas e contribuições. Portanto, a Constituição Federal garante a imunidade somente sobre impostos (Ex: IPTU, Imposto de Renda, etc.). Logo, as taxas (Ex: Taxa de Lixo, Taxa de Iluminação Pública, etc.) e contribuições (Ex: Contribuições Previdenciárias – INSS-, etc.) podem, num primeiro momento, ser exigidos sua cobrança.
    2º) O fato de estar previsto na Constituição Federal a vedação da cobrança de impostos, dá o caráter de imunidade ao mesmo. Logo, não pode ser cobrado pelo Município, Estado ou União. A não ser que seja alterada a Constituição Federal. Há casos de tributos que não tem sua imunidade garantida na Constituição Federal, mas o ente que o cobra (Município, Estado ou União) pode dispensar o seu pagamento. Este instituto é o da isenção. Na isenção, quem a concede (Município, Estado ou União) pode revogá-la a qualquer momento. Portanto, tornando o tributo exigível.
    No Brasil há cerca de 75 tributos entre impostos, taxas e contribuições. Na prática, para poder usufruir de imunidade ou isenção de um determinado tributo há necessidade de cumprir alguns requisitos. Portanto, há necessidade de um estudo onde seja verificado que a Igreja atende a todos os requisitos para isenção ou imunidade daquele tributo. Tal estudo deve ser realizado tributo por tributo.
    Como regra geral, as igrejas facilmente obtêm a isenção ou imunidade sobre as receitas próprias de suas atividades, quanto ao Imposto de Renda Pessoa Jurídica, Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, COFINS, IPTU, ITBI, Contribuição Sindical, entre outros, desde que cumpra alguns requisitos, como:
    - Não remunerar dirigente, a qualquer título;
    - Aplicarem integralmente, no país, os recursos na manutenção de seus objetivos;
    - Manterem escrituração contábil de sua movimentação financeira e econômica;
    - Conservar a documentação contábil, pelo prazo prescricional;
    - Recolher os tributos retidos;
    - Apresentar a Declaração de Rendimentos e demais obrigações acessórias pertinentes;
    - Assegurar, em seu estatuto, no caso de extinção da entidade, a destinação de seu patrimônio a outra entidade semelhante;
    - Outros requisitos previstos especificamente na legislação para gozo da isenção ou imunidade do tributo analisado.
    Já as igrejas devem pagar, normalmente, as Contribuições Previdenciárias, Taxa de Lixo, Taxa de Iluminação Pública, tributos retidos, etc.
    Portanto, deve ser analisado, caso a caso, se a Igreja cumpre ou não com os requisitos necessários para a obtenção da isenção ou imunidade do tributo analisado. Um profissional contábil, com experiência na contabilidade de Igrejas, certamente poderá assessorar os dirigentes a “Dar a Cézar o que é de Cézar”.
    ________________________________________
    Fonte: Reprodução Autorizada do site http://www.institutojetro.com

  43. Carlos Pereira disse:

    “Quem acredita na difamação é gente mal informada ou de má fé, ou seja, gente que já não vota em mim” Ou seja só acreditam os 13 mil que votaram nele.

  44. esse cara e um idiota!

  45. Até quando esse ser vai continuar vomitando essas baboseiras?O cara tem a petulância de falar de pastor,logo depois de falar que nossos nobres deputados ganham pouco?Tenha do!!Jean,conforme-se:O “estilo” de vida que você escolheu nao agrada a Deus.Inclusive você so existe graças ao tipo de família “margarina” que vocês tanto gostam de dizer.Nao adianta tentar inverter a ordem natural da criação,macho e fêmea de cada espécie…Noe nao colocou na arca 2 leões ou 2 elefantes macho.Pense nisso!E pra finalizar,Deus ama a todos,mas odeia o pecado.A paz a todos.

  46. Jorge Vinicius disse:

    Forbes lista pastores milionários no Brasil

    No topo da lista, está o bispo Edir Macedo, que tem uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões
    “Religião sempre foi um negócio lucrativo.” Assim começa uma reportagem da revista americana “Forbes” sobre os milionários bispos fundadores das maiores igrejas evangélicas do Brasil.
    A revista fez um ranking com os líderes mais ricos. No topo da lista, está o bispo Edir Macedo, que tem uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões, segundo a revista.
    Em seguida, vem Valdemiro Santiago, com R$ 400 milhões; Silas Malafaia, com R$ 300 milhões; R. R. Soares, com R$ 250 milhões; e Estevan Hernandes Filho e a bispa Sônia, com R$ 120 milhões juntos.
    Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, além de ser o pastor mais rico do Brasil, possui templos até nos Estados e um jatinho particular, de modelo Bombardier Global ExpressXRS, estimado em R$ 90 milhões.
    Macedo tem 10 milhões de livros vendidos, alguns deles extremamente críticos à Igreja Católica e a algumas religiões africanas.
    Seu maior movimento aconteceu na década de 1980, quando adquiriu a rede Record, a segunda maior emissora do Brasil. Além disso, é dono do jornal “Folha Universal”, que tem uma circulação de 2,5 milhões de exemplares, e da gravadora Record News.
    Seguindo os passos de Macedo, Valdemiro Santiago é ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. Após se desentender com o chefe, ele fundou sua própria igreja: a Igreja Mundial do Poder de Deus, que tem 900 mil seguidores e mais de 4.000 templos, muitos deles adornados com imagens dele. Sua fortuna é estimada em R$ 400 milhões.
    Silas Malafaia é líder da Assembleia de Deus, a maior igreja pentecostal brasileira. Entre os pastores, ele é o mais polêmico, e se envolve frequentemente em controvérsias com a comunidade gay do Brasil, já que declara ser o maior opositor ao casamento gay.
    Ele também é uma figura proeminente no Twitter, onde possui mais de 440 mil seguidores.
    Em 2011, Malafaia, cuja fortuna é estimada em R$ 300 milhões, lançou uma campanha a fim de arrecadar R$ 1 bilhão para a sua igreja, com o intuito de criar uma emissora de televisão global, que seria transmitida em 137 países. Os interessados podem contribuir com somas a partir de R$ 1.000, e em troca receberão um livro.
    Já o cantor, compositor e televangelista Romildo Ribeiro Soares, conhecido como R. R. Soares, é possivelmente o mais multimídia entre os pastores brasileiros. Fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus, R. R. Soares é uma das faces mais regulares da TV brasileira.
    Ele também é ex-membro da Igreja Universal do Reino de Deus, além de ser cunhado de Macedo. Autointitulado “missionário”, tem uma fortuna estimada em R$ 250 milhões. Seu jatinho particular, de modelo King Air 350, custa “apenas” R$ 10 milhões.
    Fundadores da Renascer em Cristo, o “apóstolo” Estevam Hernandes Filho e sua mulher, a “bispa” Sônia, possuem mais de mil igrejas no Brasil e no exterior – várias delas na Flórida, nos Estados Unidos.
    Com uma fortuna estimada em R$ 120 milhões, o casal foi manchete dos jornais internacionais em 2007,quando foram presos em Miami sob a acusação de levarem consigo mais de R$ 100 mil não–declarados. Algumas notas estavam escondidas em meio às páginas da Bíblia, segundo agentes norte-americanos.
    Eles voltaram ao Brasil um ano depois, onde respondem por outros crimes, entre eles a queda do teto de um de seus templos, que deixou nove pessoas mortas em 2009.
    Entre seus ex-fiéis mais conhecidos, está o jogador de futebol Kaká, que doou mais de R$ 2 milhões no período em que frequentou a igreja. Ele deixou a instituição após as denúncias de fraude envolvendo o casal Hernandes.
    Ser um pastor evangélico no Brasil é o sonho de muitas pessoas, de acordo com a Forbes. Diferente de muitas igrejas protestantes, que requerem que seus pastores tenham uma graduação, as igrejas neopentecostais brasileiras oferecem cursos intensivos para “criar” pastores com um custo de R$ 700, para poucos dias de aula.
    Não é apenas uma questão de dinheiro – Malafaia, por exemplo, chega a pagar salários de R$ 20 mil a seus pastores mais talentosos – mas também de poder, segundo a reportagem.
    Muitos pastores brasileiros conseguiram passaportes diplomáticos nos últimos anos. Alguns, especialmente os mais ricos, são cortejados por políticos em época de eleições. Para finalizar, igrejas são isentas de impostos.
    Crescimento os evangélicos
    A Forbes também destaca o crescimento dos evangélicos no Brasil –de 15,4% para 22,2% da população na última década–, em detrimento dos católicos. Hoje, os católicos romanos somam 64,6% da população, ou 123 milhões de brasileiros. Os evangélicos, por sua vez, já somam 42 milhões, em uma população total de 191 milhões de pessoas.
    Para a revista, um dos motivos do crescimento de religiões evangélicas se dá graças à teologia da prosperidade, segundo a qual o progresso material é resultado dos favores de Deus. Enquanto o catolicismo ainda prega um olhar conservador sobre o além-vida, os evangélicos –sobretudo os neopentecostais– são ensinados a ter prosperidade nesta vida.
    A fórmula parece estar funcionando. De acordo com a revista, os evangélicos formam uma parte da nova classe média brasileira, conhecida como classe C. Enquanto isso, os mais ricos e os mais pobres permanecem católicos.
    Os evangélicos não só usufruem de seus bens como doam uma parte de sua renda à igreja – prática conhecida como “dízimo” e que também está presente em outras religiões cristãs. Isto faz com que certas igrejas pentecostais sejam negócios altamente lucrativos, e seus líderes, milionários. É a chamada “indústria da fé

    • Rapaz , esses caras foram citados pela Forbes só conseguiram essa grana toda porque “algumas milhares de pessoas” quiseram realizar uma barganha com Deus e doaram, dizimaram e outras coisas, mas com relação ao deputado que recebe um salário que não condiz com oque se produz, ou seja, nada de bom para o país e sua população. São três dias na semana e quinze mensais de trabalho e ainda reclama, com várias mordomias como fica provado na matéria, salário esse que é fruto de impostos de um povo, em sua maioria composto de assalariados que mal ganha para pagar a cesta básica e as contas.
      O sujeito se mostra agressivo e ofende as pessoas demonstrando despreparo e uma tremenda falta de educação, despreparado para ser representante daqueles pobres que votaram nele, pois não trata a verba pública com seriedade e ainda acha pouco, muito provavelmente a maioria que votou nele faz parte dessa camada de menos favorecida financeiramente e no conhecimento da escrita correta da nossa língua, portanto estão sendo ofendidos por ele também, mas coitados fazer oque?

    • o deputado classificou as pessoas que expressarão as suas opiniao como, defamadores e burros, mandando o povo estudar e ler livros, mas aq vai o meu recado senhor deputado, não somos mau informado, nem burros. Burros é quem acredita em vc, que se enrrola em um bandeira cor de arco-íris e não pode receber nem uma critica porque a transforma em homofobia, quem tem que ler livros é sua classe basta ler o eles escrevem contra pastores BAIXARIAS E ORGIAS.

    • Alex Graciano disse:

      Caramba, Jorge Vinicius, você teve esse trabalho todo para justificar o salarinho de 15 mil de reais do Jean Willis? O assunto em questão é o comentário do seu coleguinha sobre o salarinho que recebe no parlamento brasileiro. Agora que sabemos o seu ponto de vista sobre os pastores milionários que tal emitir sua opinião sobre o assunto em pauta? O Jean Willis está certo ao reclamar do seu irrisório salário?

      • Decepcionado disse:

        Pra dizer a verdade, em partes concordo com o deputado purpurinado…
        Realmente o salário de 15K líquidos não é nenhum absurdo para um parlamentar. O absurdo é o montão de auxílios-isso e auxílios-aquilo que esses caras têm e que fazem eles tirarem aproximadamente 86K mensais.

      • Decepcionado disse:

        Em partes concordo com o deputado purpurinado…
        De fato, 15K de salário não é nenhum absurdo. Absurdo é o montão de auxílios que esses caras têm, que fazem com que abocanhem até 86k mensais dos cofres públicos.
        Se do meu salário de aprox 1800 reais (bruto), eu tenho que tirar o meu vestir, o meu comer, a minha locomoção e várias outras coisas, pq eles não podem fazer o mesmo com seus 27 mil (Bruto)?

  47. CESAR ALONSO CARRERA disse:

    BOM DIA.
    Gostaria de solicitar resposta a esta pergunta simples ao Sr. DEPUTADO Jean Wyllys. Pois ele afirma ser normal a união de homem com homem e mulher com mulher.
    Pergunto e o Povo pergunta Sr. DEPUTADO já viste a união dos animais irracionais pelo mesmo sexo? Se viste em algum lugar do MUNDO nos informe. Pois com certeza dirão que é uma aberração. Pois nós animais racionais temos que escutar esta afirmação e vontade dos amados homossexuais e lésbicas e não podemos dizer que é uma aberração.
    Amado DEPUTADO eu e todos os evangélicos amamos a cada um de vocês, mais não podemos amar ao que vocês fazem. DEUS CRIOU O HOMEM E A MULHER e nada além disso. Se não ELE deixaria escrito na PALAVRA. Mais se não crês em UM ÚNICO DEUS criador de todas as coisas, ai não podemos fazer nada. Agora estude, procure, pergunte visite fazendas sítios, chácaras se encontrares touro procurando touro e vaca procurando vaca. Ai terás razão se não cala-te. E DEUS te dará sabedoria mais veja bem o DEUS VERDADEIRO pois há muitos falsos deuses por ai em.
    Abraços

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 440,018 comentários no Notícias Gospel.