Home » Internacional, Política, Sociedade

Vídeo de Donald Trump dizendo que proibirá muçulmanos nos EUA vira propaganda terrorista

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Vídeo de Donald Trump dizendo que proibirá muçulmanos nos EUA vira propaganda terrorista

Um vídeo de recrutamento lançado por um grupo terrorista formado por extremistas islâmicos está causando dor de cabeça à campanha do bilionário Donald Trump à presidência dos Estados Unidos.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

O clipe inclui uma fala do pré-candidato do Partido Republicano defendendo a proibição da entrada de muçulmanos nos Estados Unidos, segundo informações do portal SITE Intelligente Group. O trecho usado pelos extremistas mostra comentários de Trump durante uma visita ao estado da Carolina do Sul.

Além da fala de Trump, o vídeo mostra um antigo recrutador da Al-Qaeda, Anwar al-Awlaki, morto em 2011, dizendo aos muçulmanos do Ocidente para “ficar e lutar” ou deixar a região.

Al-Awalaki – que tinha origem árabe mas nasceu nos Estados Unidos – diz no vídeo que os muçulmanos do país devem “aprender com as lições da história” do continente. “Há nuvens de tempestade que recolhem em seu horizonte […] Amanhã será uma terra de discriminação e campos de concentração religiosos”, afirmou, fazendo referência ao passado de perseguição racial.

O material divulgado pelos terroristas mostra o pré-candidato republicano “chamando para um desligamento total e completo da entrada de muçulmanos nos Estados Unidos até que representantes do nosso país possam descobrir o que p… está acontecendo” na crise de imigrantes para a Europa e outros continentes.

De acordo com o grupo SITE, dedicado a monitorar atividades de extremistas nas redes sociais, o vídeo faz parte de um material de propaganda terrorista de 51 minutos, lançado pela filial da al-Shabbab na Somália. Esse seria o segundo vídeo de recrutamento direcionado a muçulmanos nascidos nos Estados Unidos para se juntarem à jihad, e teria sido publicado, no Twitter, pela Media Foundation al-Kataib, uma entidade militante islâmica, segundo informações da agência Reuters.

Mais Lidas da Internet

Recomendado para Você - Gospel+

Comentários via Facebook

3 comentaram, comente você também!

  1. É fato. Os muçulmanos serão maioria na terra. Os cristão preferem carro na garagem do que filhos. Ai a perseguição vai rolar solta. Quem estará preparado?

  2. Eles estão com medo que paises da europa e norte das américas fique igual ao seu país

    • Clamando,

      Pois não é que é.

      Existe uma regra nas leis internacionais justificando a postura dos países agirem do mesmo modo, na mesma moeda, chama-se princípio da reciprocidade.

      Se bem que eles expulsam e matam os da própria terra, como os de outra, apenas por conta da religião; enquanto aqui no ocidente decorre de crimes sucessivos de mortes.

      Esse povo é doido? Acha que o ocidente vai ficar sem se defender a vida toda? Um dia transborda a paciência, e aí o ser humano esquece a religião e vai à busca de um a um, numa carnificina total, não sobrando ninguém pra contar a história.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 555,820 comentários no Notícias Gospel.