Em busca do apoio de evangélicos em sua reeleição, presidente Dilma Rousseff orienta Senado a não votar PLC-122

160

A presidente Dilma Rousseff realizou na última semana uma manobra para cooptar apoio de políticos evangélicos para sua reeleição nas próximas eleições. De acordo com o portal iG, a estratégia da presidente foi orientar a base no Senado a ceder ao desejo dos religiosos e não votar neste ano a PLC-122, motivo de inúmeras polêmicas entre políticos evangélicos e ativistas gays.

A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, foi a responsável por entrar em contato com os senadores por telefone, e orientou bancada a só votar a proposta depois das eleições, o que seria a condição imposta por evangélicos em troca de apoio para a reeleição da presidente.

Palco de constantes embates políticos entre parlamentares evangélicos e ativistas gays, as discussões a respeito da PLC-122 não geram consenso nem mesmo entre senadores da base ou entre senadores do próprio PT que integram a comissão.

Segundo o iG, a rejeição ou adiamento da votação da proposta como condição para apoiar a candidatura de Dilma Rousseff foi apresentada ao Planalto por senadores ligados a igrejas evangélicas, como Magno Malta (PR-ES). O senador, que também é pastor de uma igreja batista, reafirmou sua oposição ao projeto, e criticou a presidente por descumprir promessas feitas a lideranças evangélicas.


– Não adianta na época de eleições tomar café com pastor, visitar as igrejas e depois de eleitos, defenderem projetos contra a família, da forma que foi concebida por Deus. Nós vamos nos posicionar contrários aos políticos que defendem essa ideologia homossexual. No segundo turno das eleições, andei este país inteiro com a Dilma, mas agora ninguém vai me usar mais – afirmou Malta.

Já aprovado na Câmara, o projeto ainda terá que ser aprovado pela CDH e pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, e antes de chegar ao plenário da casa.

Por Dan Martins, para o Gospel+

160 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns aos evangélicos pela tomada de posição. Chega de serem usados por políticos descompromissados com o Projeto de Deus em troca de favores , que se comparados às dádivas que Deus tem reservadas para nós, são coisas absolutamnete insignificantes. Melhor agradar a Deus que aos homens.

  2. E, dizendo-o a Jotam, foi este, e pôs-se no cume do monte de Gerizim, e levantou a sua voz, e clamou, e disse-lhes: Ouvi-me a mim, cidadãos de Siquém, e Deus vos ouvirá a vós: Foram uma vez as árvores a ungir para si um rei; e disseram à oliveira: Reina tu sobre nós. Porém a oliveira lhes disse: Deixaria eu a minha gordura, que Deus e os homens em mim prezam, e iria a labutar sobre as árvores? Então disseram as árvores à figueira: Vem tu, e reina sobre nós. Porém a figueira lhes disse: Deixaria eu a minha doçura, o meu bom fruto, e iria labutar sobre as árvores? Então disseram as árvores à videira: Vem tu, e reina sobre nós. Porém a videira lhes disse: Deixaria eu o meu mosto, que alegra a Deus e aos homens, e iria labutar sobre as árvores? E disse o espinheiro às árvores: Se, na verdade, me ungis rei sobre vós, vinde, e confiai-vos debaixo da minha sombra: mas, se não, saia fogo do espinheiro, que consuma os cedros do Líbano. (Juízes 9:7-13, 15 ARC)

  3. Já era de se esperar, os porcos se atraem, fundamentalistas e PT, buscam seus interesses mesquinhos, de poder, assim como dos fundamentalistas, ambos os dois lados, querer poder a todo custo.
    podem até na atualidade se unirem contras as minorias e oprimi-las, (nesta tática satânica) mas DEUS um dia fará justiça, ao oprimido.

  4. Tem que chutar os petralhas comunistalhas terroristalhas do poder de uma vez, e o unico movimento com força para isto é o cristão, culturalmente esta facil de vencer, so o politico que ainda não tem tanta força.

  5. uma coisa é certa, é tudo um jogo politico de interesses!
    os ativistas gays ficam tudo se remoendo, mais são tão otários. depois que o comunismo se estabelecer com ajuda deles neste país, ai vai ser a vez dos rebeldes mulçumanos migrar para o Brasil e acabar com eles! estes ativistas gays são umas besta arrogantes que só pensa em sexo fecal e acabar com tudo que seja relacionado a Jesus Cristo. Irá acontecer aqui o que está acontecendo na Rússia e acontece em países socialistas, enfim tudo isto é uma estratégia global para implementação da nova ordem mundial e o aparecimento do anticristo!
    Continue o injusto a praticar injustiça; continue o imundo na imundícia; continue o justo a praticar justiça; e continue o santo a santificar-se. Apocalipse 22:11

  6. Sei não, soa mal esse tipo de comportamento. Fica a impressão que o estado brasileiro está à mercê de grupos, de religiões, de partidos, de convenções.

    O mundo dese que é mundo dispõe de normas discutíveis, normas favoráveis a determinados grupos, afinal a justiça não se encontra na lei, sim nela própria, a justiça.

    Quantas normas legais injustas na Lei de Moisés, que ao certo não legislaria muitos dos seus dispositivos se não fosse a situação peculiar vivida por ele, que carrega pelo deserto uma multidão de quase quatro milhões de pessoas, todas sob os seus ombros, o motivo do endurecimento do arcabouço legal.

    O estado brasileiro não pode ficar refém nem da moral católica e nem da protestante, muito menos espírita, ateísta, ou ainda a de cunho partidário, vez que a história tende a cobrar mais tarde todo e qualquer ato praticado sob emoção, sob chantagem, sob o medo, sob a força, sob a discriminação.

    Paulo, homem letrado e sábio, pois não basta apenas ser letrado, importa saber como conduzir-se, que isto não é outra coisa, senão a materialização do pleno estado de sabedoria, em uma de suas orientações de caráter religioso ensinou que a ele é dada a prerrogativa de poder fazer tudo, mas alerta que nem tudo a ele convém realmente fazer em face do seu novo estado de cristão.

    Sim, Cristo sabia que muitas dos comandos normáticos de sua época não possuíam amparo na sua doutrina cristã, mas nem por isso tratou de se tornar legislador, muito menos legislador de suas convicções, pois de caráter distintos.

    Ante o que a matéria traz, acho que devem alguns legisladores deste país ou mudarem de posição ou se afastarem da condição de legislador, vez que estão numa atividade muito difícil de conciliar com a fé que professam.

    Sim, fico a imaginar que se todos os legisladores deste país fossem católicos praticantes, ao certo arranjariam meios na lei para impedir que o governo fornecesse preservativos, se todos fossem adventistas, não permitiriam a transfusão de sangue e decretaria paralisação total nos dias de sábados.

    Pega muito mal esse tipo de matéria, em verdade ou se dá uma maleabilidade ou se deixa a política partidária, o que não pode é os evangélicos passarem agora a apresentar o mesmo viés do Partido dos Trabalhadores quando na oposição, pois de uma linha radical, e o de agora no governo, mais maleável e contemplativo como, por exemplo, está sendo agora com a privatização de certos setores da economia.

  7. ” a condição imposta por evangélicos em troca de apoio para a reeleição da presidente ”

    os evangélicos querem eleger a dilma, mas os cristãos já elegeram Cristo como único Rei à muito tempo!

    • Mas é a stardustjussara, elegeu a mentira e a falsidade, e a hipocrisia como seu rei e sua rainha..
      STARDUST disse: 1 de outubro de 2013 ás 1:46 pm
      Carta de Retratação Pública

      Eu, STARDUST, Venho com o devido respeito apresentar minha retratação à todas
      as pessoas, instituições e organizações e a todos os comentaristas deste site,
      em especial os que assinam pelo nick de Edy (ou ex ), clamando, vai arrebentar,
      e outros tantos que infelizmente não consigo lembrar no momento e da mesma
      forma aos senhores Edir macedo, Valdemiro Santiago, Marco Feliciano, RR Soares,
      Silas Malafaia e todos as outras pessoas que possuem cargos eclesiásticos nas
      respectivas denominações desses líderes dos comentários feitos de minha parte,
      sejam ofensivos, ou de pré-julgamento, ou que de qualquer forma não foram
      favoráveis à imagem publica dessas pessoas tendo em vista a manifestação de
      cunho pessoal realizada pela minha pessoa durante minha participação neste
      referido site.
      Infelizmente, errei por deixar minha condição de pessoa falha preponderar sobre
      minha condição de pessoa cristã, o que não pode e não deve ser interpretado
      como uma justificativa para meu erro, o qual, desde já, humildemente procuro
      retratar, através desta carta, a todas as pessoas que se sentiram ofendidas
      com esta situação, sejam de forma direta ou indireta. Peço a todos os lideres
      dessas denominações e os comentaristas deste site desculpas e igualmente o meu
      pedido de perdão.Peço novamente desculpas e retrato-me aos membros da IURD,
      IMPD, IIGD, AD e outras denominações cristãs pois o ato em si não teve, em
      absoluto, a intenção de atingir pessoalmente a ninguém que congrega em qualquer
      uma dessas denominações, tão pouco prejudicar o debate cristão em nivel
      teológico. É notório que estas denominações também ajudam cada uma com sua
      forma que pessoas venham conhecer o evangelho, e prestando relevante ajuda
      à sociedade. Gostaria de reiterar minha retratação pública com a consciência
      de que atos como estes não mais se repetirão.

      Sem mais,

      STARDUST.

  8. ESTUDO BÍBLICO:

    “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

    Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos usar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

    1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

    Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-32; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

    2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

    O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo do despojo de guerra quando resgatou seu sobrinho ló e jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

    Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

    No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

    3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

    Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

    Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

    Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

    Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

    Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

    Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas abraão e até moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

    4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

    O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90 % do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado josé de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

    Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

    Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

    5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

    Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

    Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

    6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
    Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

    “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

    e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

    “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

    Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

    “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

    Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

    O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

    O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

    O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

    “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

    Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

    Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

    Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

    Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

    7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

    Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

    A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

    Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

    1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

    2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

    3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

    4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

    Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

    Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

    Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

    Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

    Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

    8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

    Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

    Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

    9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

    O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

    Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

    Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

    Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

    Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

    10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

    O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

    A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

    Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

    Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

    Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

    Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

    Considerações finais:

    Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

    Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

    Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

    Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

    Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

    Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

    No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

    O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

    Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

    Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

    Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

    Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

    Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

    Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

    Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

    “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

    • DEUS nunca mandou DEVOLVER DIZIMOS BASEADO EM ESTUDOS.
      Pois ele JA DEIXOU CLARO, BEM CLARO…1º Ele disse: EU O SENHOR NÃO MUDO.
      Depois ele completa: A MIM ME ROUBAIS VOS A NAÇÃO TODA…
      Quer dizer todos estavam roubando dele…

      E ELE NUNCA MANDOU FAZER UM ESTUDO A ESSE RESPEITO.
      ELE SIMPLESMENTE DISSE: PROVAI-ME NISTO…
      Com respeito a dizimos DEUS MANDOU FAZER PROVA, E NÃO ESTUDO…

      MAS O DIABO SABE QUE CRENTE GOSTA DE UM ESTUDOZINHO, recheado de citações biblica, e quanto mais citações bíblicas tiver mais os crentes, fracassados se maravilham ,
      MAS SÃO INCAPAZES DE OLHAR OS RESULTADOS.
      POIS JESUS DISSE:
      A SABEDORIA É JUSTIFICADA PELAS OBRAS.

      E A onde estão as obras dos autores de tantos estudos e estudos???

      • ” A MIM ME ROUBAIS VOS A NAÇÃO TODA…”

        exatamente… a nação toda… e que nação era esta? a nação de israel, a unica com o mandamento de dizimar… somente israelitas tinham mandamento de entregar dízimo (numeros 18:26, hebreus 7:5 )

        Nós não somos israelitas, portanto nunca tivemos de entregar dízimo.

        Dízimo, a maior mentira da religião evangélica.

        • E SEGUNDO O APOSTOLO PAULO FOMOS ENXERTADOS NESSA NAÇÃO:
          Se alguns ramos foram cortados, e você, sendo oliveira brava, foi enxertado entre os outros e agora participa da seiva que vem da raiz da oliveira cultivada

  9. Stardust,

    Cristo não foi contra o dízimo e as ofertas, prove uma passagem que ele se pronunciou contra.

    Ao estado o que é do estado, à igreja o que é da igreja, foi essa a palavra quando instigado a falar.

    Ele mostrou uma viúva dando o que possuía, ao tempo que criticou os ricos que davam o que sobrava, ou seja, Cristo ensinando dar não o dízimo, sim 100%, embora isso fosse de cada um, pois Deus não impõe e nem as igrejas que faça nada, faz quem quer.

    Não ponha na boca de Deus o que Ele não falou, muito menos Cristo, pois é colocar na palavra o que nela não existe.

    Peça aí ao teu pessoal para publicar o meu texto, depois de publicado que não o retire, está sendo uma constante.

    • levi varela

      Esse argumento fraco de que Jesus nunca falou contra o dízimo já foi derrubado aqui, mas infelizmente depois de certo tempo essa alegação retorna.

      Novamente digo, se dízimo é para nós apenas pq Cristo não falou contra, então a circuncisão também é, pois Cristo também nunca falou contra a circuncisão.

      ” Ao estado o que é do estado e a igreja o que é da igreja…”

      curioso que na bíblia está escrito: ” à césar o que é de césar e a Deus o que é de Deus”… vale adulterar a bíblia na cara-dura também?

      ao hospício o que é do hospício, é o que combina mais com vc levi varela.

      • Mas é a stardustjussara, elegeu a mentira e a falsidade, e a hipocrisia como seu rei e sua rainha..
        STARDUST disse: 1 de outubro de 2013 ás 1:46 pm
        Carta de Retratação Pública

        Eu, STARDUST, Venho com o devido respeito apresentar minha retratação à todas
        as pessoas, instituições e organizações e a todos os comentaristas deste site,
        em especial os que assinam pelo nick de Edy (ou ex ), clamando, vai arrebentar,
        e outros tantos que infelizmente não consigo lembrar no momento e da mesma
        forma aos senhores Edir macedo, Valdemiro Santiago, Marco Feliciano, RR Soares,
        Silas Malafaia e todos as outras pessoas que possuem cargos eclesiásticos nas
        respectivas denominações desses líderes dos comentários feitos de minha parte,
        sejam ofensivos, ou de pré-julgamento, ou que de qualquer forma não foram
        favoráveis à imagem publica dessas pessoas tendo em vista a manifestação de
        cunho pessoal realizada pela minha pessoa durante minha participação neste
        referido site.
        Infelizmente, errei por deixar minha condição de pessoa falha preponderar sobre
        minha condição de pessoa cristã, o que não pode e não deve ser interpretado
        como uma justificativa para meu erro, o qual, desde já, humildemente procuro
        retratar, através desta carta, a todas as pessoas que se sentiram ofendidas
        com esta situação, sejam de forma direta ou indireta. Peço a todos os lideres
        dessas denominações e os comentaristas deste site desculpas e igualmente o meu
        pedido de perdão.Peço novamente desculpas e retrato-me aos membros da IURD,
        IMPD, IIGD, AD e outras denominações cristãs pois o ato em si não teve, em
        absoluto, a intenção de atingir pessoalmente a ninguém que congrega em qualquer
        uma dessas denominações, tão pouco prejudicar o debate cristão em nivel
        teológico. É notório que estas denominações também ajudam cada uma com sua
        forma que pessoas venham conhecer o evangelho, e prestando relevante ajuda
        à sociedade. Gostaria de reiterar minha retratação pública com a consciência
        de que atos como estes não mais se repetirão.

        Sem mais,

        STARDUST.

          • TEM OUTRA ESSA E MAIS FORTE AINDA…
            STARDUST disse: 1 de outubro de 2013 ás 12:22 pm
            COMUNICADO IMPORTANTE:

            Venho através deste comunicado informar que estou deixando de comentar no G+.
            Nada contra o site, que é fonte de informação, mas é uma decisão pessoal após
            orar e pedir direção a Deus. O Espírito Santo me mostrou a minha falha aqui.
            Levei um puxão de orelha “santo”. Peço perdão pela precipitação. Sei que todos
            somos falhos. E eu não vou esconder os meus erros. Não vou negar que cometi um
            erro, vários aliás. Peço perdão a todos que em maior ou menor grau se sentiram
            ofendidos com algo que eu disse.
            Peço perdão a todos que comentam aqui e em especial o clamando, edy ( ex ) e o
            vai arrebentar. Peço perdão a outros que não consigo lembrar. Peço que me
            perdoem pois eu pequei, errei. Peço que relevem. Não levem a sério. Eu errei e
            assumo publicamente meu erro.
            Peço perdão também a edir macedo, valdemiro santiago, marco feliciano,
            valdemiro santiago, silas malafaia e outros líderes religiosos que não consigo
            lembrar. Pequei contra vcs. Peço que igualmente me perdoem por tudo. Eu estou
            me retratando aqui que não agi corretamente com vcs também. E que Deus abençoe
            vcs e seus respectivos ministérios.
            Ao povo da iurd e outras denominações. Peço perdão. sim, pequei contra vcs
            também.
            A todos que não consigo lembrar, sejam comentaristas do site, ou pessoas do
            meio evangélico que se sentiram ofendidos com algo que eu disse, novamente peço
            perdão. Deixo a todos a seguinte mensagem de Cristo:

            ” [Mas, se não perdoardes, também vosso Pai celestial não vos perdoará as
            vossas ofensas.]” (Marcos 11:26)

            Estou pedindo perdão a todos. Os que me perdoarem, também terão seus pecado
            perdoados, pois todos somos pecadores.

            Agradeço aos que amigos que fiz aqui. Deus os abençoe da mesma forma que aos
            que estou pedindo perdão.
            Estou deixando o G+, e peço aos que comentam aqui que eu pedi perdão, que me
            perdoem. Vcs podem me responder?
            clamando, vc me perdoa? edy vc me perdoa? vai arrebentar vc me perdoa? E todos
            que se sentiram ofendidos comigo, vcs me perdoam?

            Aguardo as respostas.

          • Essa é forte mesmo kkkkkkk,puxão de orelha foi tão santo,que alem de voltar a comentar ,ainda jogou a culpa nas costas de outro,em vez de assumir que não vive sem comentar aqui,parece que vejo a cena ,se passou 2 ou 3 horas sem comentar,mas monitorando tudo com os dedinhos nervosos pra teclar kkkkkkkk ,a dor do puxão de orelha santo durou pouquissimo rsrs,

      • Stardust,

        Você lê algo na bíblia e emperra.

        Paulo, falando das tradições judaicas, deixou bem claro. Se alguém não quer comer algo, que não coma, e o que comer não pode ser impedido, então meu caro, se você quiser pode fazer a circuncisão, o que não deve é impor.

        Vou mais longe, Cristo disse; o que é de Roma, cumpram. O que é de Israel, cumpram.

        É que os judeus se irritavam com o fato de pagar imposto a Roma, afinal já pagavam ao estado teocrático, Israel.

        Você não consegue crescer em sabedoria, é uma pedra parada.

          • Stardut,

            Além da parca inteligência, você tem o problema de olvidar o que lê.

            Já disse e repito, Deus não obriga ninguém a fazer nada, muito menos dízimo. Aliás, se fosse obrigatório o dízimo seria chamado e conhecido como “imposto” tipo o imposto de renda, iptu…, pois se não pagos, o devedor é demandado administrativa e judicialmente, incidindo pena a ponto de desapropriar patrimônio quando da execução fiscal.

            Nunca vi igreja alguma fazer tal coisa, então o dízimo não é obrigatório, pois resulta a tais retirar o “devedor” do rol de membros, vá com calma.

            Saiba distinguir os institutos, bem assim as coisas terrenas das celestiais;

    • “Ao estado o que é do estado, à igreja o que é da igreja” ????? Não seria “Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.” Lucas 20:25????

      Confundir Deus com a igreja é complicado heim, além do mais analise o contexto do versículo, como é difícil nos dias de hoje encontrar quem estude as escrituras com critério sem pegar versículos isolados fora do seu contexto.

      Leia o contexto todo abaixo:

      “E os principais dos sacerdotes e os escribas procuravam lançar mão dele naquela mesma hora; mas temeram o povo; porque entenderam que contra eles dissera esta parábola.
      E, observando-o, mandaram espias, que se fingissem justos, para o apanharem nalguma palavra, e o entregarem à jurisdição e poder do presidente. E perguntaram-lhe, dizendo: Mestre, nós sabemos que falas e ensinas bem e retamente, e que não consideras a aparência da pessoa, mas ensinas com verdade o caminho de Deus. É-nos lícito dar tributo a César ou não? E, entendendo ele a sua astúcia, disse-lhes: Por que me tentais?
      Mostrai-me uma moeda. De quem tem a imagem e a inscrição? E, respondendo eles, disseram: De César. Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. E não puderam apanhá-lo em palavra alguma diante do povo; e, maravilhados da sua resposta, calaram-se.” Lucas 20:19-26

      O contexto é simples, os opositores de Cristo queriam que ele dissesse que não era lícito dar tributos a César para que eles então o pudessem acusá-lo de estar contra o governo Romano. Esta passagem só serve de apoio para que nós cristãos tenhamos sempre em mente que não podemos ser sonegadores e devemos cumprir com nossas obrigações junto ao estado. Devemos dar a César o que é de Cesar e o que é de Cesar nesse contexto? O dinheiro. E devemos dar a Deus o que é de Deus, e o que é de Deus nesse contexto? O Dinheiro? Caso fosse como atribuir que o dinheiro é de Cesar e também de Deus? Estranho não?

      Na minha visão a igreja pode pedir dízimo, trízimo, o que ela quiser, o que ela não pode é dizer que isso é mandamento, não é, não pode dizer que se não der será amaldiçoado e se der será abençoado, isso não é cristão. O dizimo faz parte da velha aliança, o que temos hoje são as ofertas em favor dos santos que deve ser, voluntária, proporcional e com alegria. O que passar disso não é Cristão.

      • Meu caro o dizimo não faz parte da velha aliança e nem da nova aliança.
        O DIZIMO SIMPLESMENTE É DE DEUS. so isso, ELE É DE DEUS.
        Não é questão de aliança, é questão de propriedade.
        Por isso DEUS disse: A MIM ME ROUBAIS..
        Ele não disse: VCS ESTÃO QUEBRANDO UMA ALIANÇA .
        Ele disse : a mim me roubais. E EM OUTRA PARTE ELE DISSE: MINHA É A PRATA E MEU É O OURO….

        Essa desculpa de DZ ser velha aliança, E SIMPLESMENTE ALGO que o diabo ensinou para pastores perturbados, ensinar ao povo, para que o povo não de o que é de DEUS.
        Pois esses pastores perturbados, recebem ofertas que são para seu sustento,..
        MAS AS PRIMÍCIAS QUE SÃO DE DEUS, ELES NÃO ENSINAM AS PESSOAS.

        ESSES SÃO PERTURBADOS ASSIM como aqueles que os seguem.
        POR ISSO SUAS VIDAS SÃO UMA DERROTA E UM FRACASSO…

        ATÉ HOJE EM 16 ANOS que conheço o evangelho.
        NUNCA VI UMA PESSOA QUE SE DIZ CRISTÃ E É CONTRA O DIZIMO SER BEM SUCEDIDA…

        ME MOSTRE UM, Pelo menos um dito cristão que rouba a DEUS, e é bem sucedido…

        VEJA O CASO DO CAIDO FABIO.
        QUE tem sua família destruída, e seu ministério fracassado.

        • Mais um texto bíblico para calar a boca dos que dizem que o dízimo não é da lei de moisés:

          ” E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, SEGUNDO A LEI, DE TOMAR DÍZIMO DO POVO, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.” (hebreus 7:5)

          mais uma vez, uma mentira dos “pró-dízimos” não se sustenta ao abrirmos a palavra de Deus… a obrigatoriedade de entrega do dízimo só existe na lei de moisés.

          Mas os cristãos não seguem a lei de moisés…

          dízimo… a maior mentira da religião evangélica!

          • ELES tinham ORDEM DE RECEBER DIZIMOS.
            Mas o dizimo é de DEUS.

            Por isso que a stardust jussara vive indo nas igrejas pedir cesta basica.
            e o edosn pedir 3 mil reais.. kKKKKKKKKKKKKKKK
            Ai o stardustjussra o edson tem mais fé para pedir do que a senhora…

            QUE DUPLA DE DERROTADOS:
            UM PEDI CESTA BASICA, E O OUTRO PEDE DINHEIRO PARA INVESTIR NA TELEXFREE.

          • o dízimo não era de Deus, e sim destinado aos próprios levitas que recolhiam a décima parte das colheitas e animais:

            ” Porque os dízimos dos filhos de Israel, que apresentam ao SENHOR em oferta, DEI-OS POR HERANÇA AOS LEVITAS; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel, nenhuma herança tereis.” (numeros 18:24)

            O DÍZIMO ERA DOS LEVITAS, POIS ERA ALIMENTO!

            dízimo… a maior mentira da religião evangélica!

          • AGORA O ATEUSINHO FRACO QUER DIZER QUE DEUS MENTIU?
            QUER DIZER QUE DEUS MENTIU Quando disse:
            A MIM ME ROUBAIS VOS A NAÇÃO TODA, MAS VOS DIZEIS EM QUE TE ROUBAMOS? NOS DIZIMOS E NAS OFERTAS…

            Quer dizer que DEUS mentiu?

            ELE NUNCA DISSE QUE ELES ESTAVAM ROUBANDO OS LEVITAS OU OS SACERDOTES.
            ELE DISSE: A MIM ME ROUBAIS…..

            E GRAÇAS A DEUS QUE A CADA DIA MAIS E MAIS. PESSOAS QUE SÃO POVO DE DEUS TEM DEIXADO DE ROUBA-LO E com isso o evangelho VAI CRESCER E CRESCER E CRESCER … E ARREBENTARRRRRR

          • A ordem de entregar dízimos partiu de Deus, e não dos levitas, eles eram os que recolhiam os dízimos e se beneficiavam deles, e também os necessitados ( viuvas, estrangeiros e orfãos).

            a não entrega do dízimo mencionada em malaquias estava deixando os levitas e os necessitados sem alimentos, coisa que não era permitida. O mandamento de dizimar só existia aos israelitas. Vários povos são mencionados na bíblia, e nunca se vê nenhum deles dando dízimo, pois era mandamento somente aos israelitas.

            Graças a Deus cada vez mais pessoas tem descoberto que dízimo não é dinheiro, nem nunca foi mandamento para os cristãos.

            Dízimo… a maior mentira da religião evangélica!

          • Abrão deu dízimo a Deus, Jacó fez o voto a Deus de dar dízimo de tudo.
            E na lei de Moisés, DEUS deu POR HERANÇA aos levitas, ou seja, pertence a Ele.

            “Em vez disso, DOU COMO HERANÇA aos levitas os dízimos que os israelitas apresentarem como CONTRIBUIÇÃO AO SENHOR. É por isso que eu disse que eles não teriam herança alguma entre os israelitas” Números 18:24

            Dízimo sempre é dado a Deus, como forma de agradecimento ou honra a Ele, seja durante a lei de Moisés ou antes/depois dela.

            Nada nos impede de darmos dízimos a Deus hoje também, é escolha da pessoa.

          • stardust,

            Veja no contexto do texto de Genesis 14, Abrão deu a Melquisedeque sim, mas como forma de agradecimento a Deus. Basicamente da mesma forma que os levitas recebiam dos israelitas, como “CONTRIBUIÇÃO AO SENHOR”.

            O dízimo sempre foi dado a Deus.

          • JEANN

            o texto de genesis 14 apenas menciona a entrega de dízimo dos despojos por parte de Abraão à melquisedeque, qualquer coisa além disso é pura adição do leitor, no caso vc.

            quando vc lê em I Coríntios 4:6 ” não ultrapasseis o que está escrito ” afinal o que vc entende?

          • E Melquisedeque, era um representante de DEUS.
            tanto é que ele deu a ABRAÃO PÃO E VINHO, uma representação da santa ceia…

            a stardust cada vez se enrola mais, e mais.
            O ATEUSINHO FRACOOOOOOOOOOO

          • Melquisedeque além de REI DE SALÉM era sacerdote de Deus, e em hebreus 7, é revelado que ele era um tipo de Cristo. aliás o capitulo 7 de hebreus deixa claro que o sacerdócio de Cristo é superior ao dos levitas, e que o dízimo era obrigatório somente na lei de moisés, ( hebreus 7:5 )pois era o alimento dos levitas.

            Jesus substituiu os levitas que se alimentavam de dízimos (hebreus 7:11)

            E por isso o mandamento de dar dízimo se tornou fraco e ineficaz (hebreus 7:18)

            Dízimo, a maior mentira da religião evangélica!

          • stardust,

            Vc mesmo comentou hoje em outra notícia (“Pastor Marco Feliciano rebate críticas a ele”), dizendo que “Melquisedeque é uma figura de Cristo”, de fato eu concordo com isso, da mesma forma que vários teólogos também concordam.

            Abrão não está dando a Deus também, através de seu “representante” ?
            Não estou acrescentando nada, é apenas interpretação.

          • jeann

            o fato de eu e muitos teólogos acreditarem que melquisedeque é uma figura de Cristo, não é questão de interpretação pessoal, e sim do texto de hebreus 7 que deixa isso muito claro.

            Melquisedeque NÃO ERA cristo, mas era uma representação dele, uma mostra que um sacerdote de Deus poderia não ser da tribo de levi, conforme ordenava a lei, visto que Jesus não era da tribo de levi, e sim da tribo de judá.

            Entenda uma coisa, Jeann, mesmo que eu entregue numa denominação séria, nunca será a Deus, pois serão homens que receberão e serão homens que aproveitarão dessa oferta.

            Deus pode até ordenar que seja feito o dízimo ( na lei de moisés ), e ofertas ( na nova aliança ), mas nunca será Dele essas coisas, pois com isso pessoas são beneficiadas.

            ou vc ainda acha que Deus come dízimos, e gasta consigo o dinheiro de ofertas?

          • stardust,

            Vc diz que mesmo dando a Deus, serão homens que aproveitarão dos dízimos.

            Exatamente isso, os dízimos na lei de Moisés eram dados como contribuição ao Senhor, mas era os levitas que usufruiram na verdade. Da mesma forma se faz hoje, seja com ofertas ou dízimos, ou como vc acha que Jacó também daria o dízimo fazendo o voto a Deus ?

            Lembre do que diz Mateus 25 (31-42)

            31: E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
            32: E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;
            33: E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
            34: Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
            35: Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
            36: Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
            37: Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
            38: E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
            39: E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
            40: E, respondendo o Rei, lhes dirá: EM VERDADE VOS DIGO QUE QUANDO O FIZESTES A UM DESTES MEUS PEQUENINOS IRMÃOS, A MIM O FIZESTES.
            41: Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;
            42: Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber.

            Resumindo, como se faz algo a Deus ? Simples, fazendo ao seu próximo (v 40).

            É aquela velha questão do “fariseu hipócrita”, que praticava a lei mas não praticava misericórdia, justiça e fé (Mt 23:23). Querendo ou não negligenciando o próximo, estaremos negligenciando a Deus também, note que a estes Jesus chama de “malditos” (v 41).

  10. INCAUTOS, NÃO ESQUEÇAM:

    Quando algum entitulado pastor vierer com essa conversa de que vc tem que vender sua casa, carro, tirar dinheiro do banco e dar na igreja dele em forma de sacrifício para que Deus veja a sua fé e te dê alguma benção, mostre a ele romanos 8:32:

    “Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?” (romanos 8:32)

    E Jesus confirmou isso ao dizer:

    “e tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis.” (Mateus 21:22)

    ENTÃO, PRA QUE SACRIFÍCIO EM DINHEIRO, SE CRISTO JÁ PAGOU O PREÇO???

    ” Por preço fostes comprados; não vos torneis escravos de homens.” (I Coríntios 7:23)

    • A NÃO SER QUE SEJA O HOMEM QUE FAZ ESTREMECER O INFERNO DE RIR, POIS CONSEGUE PARAR A OBRA DE DEUS SE DER O TRIZÍMO AI O STARDUST BIPOLAR ADVOGADO DO DIABO APRESENTA UMA BELA DEFESA

    • VC DEVERIA TER DITO isso para os apóstolos
      4 Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam propriedades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos…

      KKKKKKKKKKKKKKK E ainda aos HEBREUS PAULO ESCREVEU:
      Porque também vos compadecestes das minhas prisões, e com alegria permitistes o espolio dos vossos bens, sabendo que em vós mesmos tendes nos céus uma possessão melhor e permanente.

      mesmo depois de muito tempo os HEBREUS SACRIFICARAM SEUS BENS.
      Pois essa sempre foi uma pratica de fé no meio dos cristão da igreja primitiva.

      • arrebentar

        vc sempre cita o texto biblico até a parte que as pessoas entregavam… mas a parte que revela o que os apostolos faziam com o que era recebido vc omite:

        vc menciona Atos 4:34 “Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos…”

        Mas o versículo seguinte vc omite, vamos ver Atos 4:35 “E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha”

        Mas essa parte que os lideres devem repartir com os necessitados o que recebem vcs sempre fazem questão de esconder…

        mas estamos aqui para trazer a vdd.

          • Olá vai arrebentar. Eu sou seu grande amigo Bereano Radical, de volta. Fui punido e bloqueado por ter divulgado (não revelado, quem revelou foi o Paulo) a sua identidade. Eu deveria ter aprendido com a punição, mas é mais forte que eu, e vale mais um ou dois meses suspenso.

            Damas e Cavalheiros, eis o ferrenho defensor da IURD e da Record, Vai arrebentar (até daqui a um ou dois meses):



            Assine o Canal
          • KKKKKKKKKKKKKKK
            Vc foi punida? revelou a sua indenidade?
            BEREANA. VC É FRAQUINHO FRAQUINHO FRAQUINHO FRAQUINHO…
            Vai ficar suspenso de novo fraquinho fraquinho…

          • Vai arrebentar, estava com saudade de você. Pois é, fui punido. Parece que você tem bastante influência nesse site, devido a sua fama, por causa das suas tatuagens da Record, e suas declarações de que dá o sangue pela Record. To sabendo que tu também tatuou o Gugu Liberato, é verdade?

          • Não vou ser punido, vou ser esperto, vou publicar um vídeo da sua dancinha por dia, discretamente rs.., acho que fui punido porque exagerei. Mas é muito engraçado vai arrebentar. Só não entendo como consegue trabalhar na IURD com essa barba ridícula. Deve ter moral mesmo.

          • arrebentar

            hj recebi uma grande noticia. Tenho uma amiga que frequenta a igreja-empresa. Ela diz que gosta de lá, tem amigos e se sente bem lá… mas ela disse que por causa dos meus ensinamentos sobre dízimos e sacrifícios financeiros, não dá mais dinheiro lá, pois entendeu que nessa parte eles adulteram a palavra.

            Ela entendeu que dízimo não é para cristãos e que sacrifícios financeiros não são necessários, pois Cristo já pagou o preço.

            Glória a Deus por isso! estamos abrindo os olhos dos incautos. Como é bom ser usado por Deus…

          • NÃO ESTAVAS COM SAUDADES, APENAS O STARDUST ADORMECEU ESTE PERSONAGEM FANTASIOSO ESCRITO POR ELE E EDITADO POR ELE REPRESENTADO POR ELE, E AGORA DEPOIS DE DESPERTAR A ALGUNS NOVAMENTE, PRODUZINDO NOVO PERSONAGEM ADORARADOR DE VALDEMIRO, COMEÇOU A TRAZER DE VOLTA SUA LEGIÃO, PARA QUE ALGUM DE VOCES ASSUMAM A JÁ CANSADA ESTRELA CAÍDA DESGASTADA…PRECISA ADORMECER…SAIR DE CENA..TEATRELISANDO FAZENDO JOGO DE CENA, MAS AQUI ESTOU EU CLAMANDO PARA ALERTAR AOS IRMÃOS QUE É SÓ MAIS UM GOLPE TEU, AOS POUCOS TROUXE ALGUNS DE VOLTA…ESTOU DE OLHO , JÁ FOI DESMASCARADA VARIAS VEZES, JÁ NÃO ENGANAS MAIS JUSSARA

          • ESTE É STARDUST BEREANO RADICAL
            clamando disse: 19 de julho de 2013 ás 12:30 pm
            mais uma vez oi clamando aperta o stardust e este apela para seus varios nicks
            pai das safadesa mãe dass malandragens de simas agora afonso ana clara nick ijgmix e tantos outros…vi ele tripudiar em cima do vai arrebentar gritando como uma louca dizendo que o vai arrebentar estremece quando ele aparece…demonstrando sua vaidade e prepotencia a mesma que fezx a estrela caida subir e tentar colocar seu trono acima do de DEUS pobre coitada da estrela stardust…que quer dizer poeira da estrela caida…ou demonios a serviço de satanas…tua arrogancia te fez cair a primeira vez e te fara cair a segunda…ELE MESMO JESUS deixou iuns para pastores outros para evangelistas ele mesmo deixou agora chega a estrela caida e chama JESUS de burro, pois levantou errado…sim diz também a mesma palavra que ninguém sobe a o poder se DEUS não quiser….é se a estrela caída fosse de DEUS não seria ele pastor a cuidar das ovelhas….sim pois se é jesus que nomeia e tem o aval do pai quando diz que ninguém sobe ao poder se ele não permitir…logo concluo que a inveja que fez satanas se rebelar a estrela caída…ESTA PRESENTE NA VIDA DE JGMIX..PAI DAS SAFADESAS MÃE DAS MALANDRAGENS NICK DE SIMAS AFONSO ANA CLARA…E TEM MAIS …MAS É SÓ PARA FICAR CLARO……QUE STARDUST CHAMA A JESUS DE BURRO POIS ELE LEVANTOU OS PASTORES QUE AI ESTÃO E NÃO A JUSSARA QUE SE INTITULA POEIRA DAS ESTRELA CAÍDA….DEIXE TUA ARROGANCIA E PREPOTENCIA VOLTE ONDE CAIU PEÇA PERDÃO…POIS TEU DESTINOI É O LAGO DE FOGO JUNTAMENTE COM TEU SENHOR……E OU EXPLIQUE AQUI NO SITE…SE VOCE É UM ESCOLIDO PORQUE NÃO É VOCE QUE CUIDA DE UM POVO…PORQUE ESTA VIDA MISERAVEL SEM FRUTOS ALGUM ESPIRITUAL E MATERIAL….ONDE PODEMOS DIZER ALGO DE BOM SE ESTE ALGUÉM INUIMIGO DE DEUS TENTA A FORÇA DESVIAR E FECHAR AS PORTAS PARA EVENTUAIS PESSOAS QUE PODERIAM RECEBER O EVANGELHO…..MAS VOCE NÃO DEIXA POIS CHAMA DE LADRÕES AQUELES A QUEM CRISTO DEIXOU…POR FIM VA DE RETRO SDATANAS ESTYRELA CAÍDA POEIRA DAS ESTRELAS EXUS QUE ESTÃO A SERVIÇO DE SATANAS JGMIX

          • AGORA VEJAM COMO E QUANDO ACONTECEU, E DEPOIS VEJAM COMO ELA VOLTOU ONDE CAIU, SE ARREPENDEU….MAS NÃO ADIANTA COMO OS CÃES SEMPRE VOLTA A SEU PRÓPRIO VOMITO
            STARDUST disse: 1 de outubro de 2013 ás 1:46 pm
            Carta de Retratação Pública

            Eu, STARDUST, Venho com o devido respeito apresentar minha retratação à todas
            as pessoas, instituições e organizações e a todos os comentaristas deste site,
            em especial os que assinam pelo nick de Edy (ou ex ), clamando, vai arrebentar,
            e outros tantos que infelizmente não consigo lembrar no momento e da mesma
            forma aos senhores Edir macedo, Valdemiro Santiago, Marco Feliciano, RR Soares,
            Silas Malafaia e todos as outras pessoas que possuem cargos eclesiásticos nas
            respectivas denominações desses líderes dos comentários feitos de minha parte,
            sejam ofensivos, ou de pré-julgamento, ou que de qualquer forma não foram
            favoráveis à imagem publica dessas pessoas tendo em vista a manifestação de
            cunho pessoal realizada pela minha pessoa durante minha participação neste
            referido site.
            Infelizmente, errei por deixar minha condição de pessoa falha preponderar sobre
            minha condição de pessoa cristã, o que não pode e não deve ser interpretado
            como uma justificativa para meu erro, o qual, desde já, humildemente procuro
            retratar, através desta carta, a todas as pessoas que se sentiram ofendidas
            com esta situação, sejam de forma direta ou indireta. Peço a todos os lideres
            dessas denominações e os comentaristas deste site desculpas e igualmente o meu
            pedido de perdão.Peço novamente desculpas e retrato-me aos membros da IURD,
            IMPD, IIGD, AD e outras denominações cristãs pois o ato em si não teve, em
            absoluto, a intenção de atingir pessoalmente a ninguém que congrega em qualquer
            uma dessas denominações, tão pouco prejudicar o debate cristão em nivel
            teológico. É notório que estas denominações também ajudam cada uma com sua
            forma que pessoas venham conhecer o evangelho, e prestando relevante ajuda
            à sociedade. Gostaria de reiterar minha retratação pública com a consciência
            de que atos como estes não mais se repetirão.

            Sem mais,

            STARDUST.

          • Clamando (Márcio Collins), você é uma comédia. Mas não se preocupe, não tenho mais tempo nem paciência para ficar discutindo com você e o vai arrebentar sobre demônios alienígenas, demônios comedores de alface, e outras besteiras infantis que vocês dizem. E já disse várias vezes, pode me chamar de STARDUST, é uma honra para mim, fora esse negócio de Valdemiro Boiadeiro, disso eu to fora.

            Mas o que me interessa mesmo, é dar boas risadas com meu grande amigo Vai arrebentar, e sua dancinha. Com cuidado claro, para não ser bloqueado novamente. O cara tem tanta moral que consegue trabalhar na IURD com essa barba ridícula.



            Assine o Canal
  11. Ela jurou com mão sobre a Bíblia em um templo Ass de Deus q ñ seria a favor do aborto,depois de eleita,esqueceu o juramento e apoiou o aborto. Ela so está querendo ganhar tempo. Mas só otário cai na lábia dela de novo.

  12. A VERDADE OCULTA SOBRE O DÍZIMO NA NOVA ALIANÇA:

    o capitulo 7 do livro de hebreus fala sobre o dízimo, seu mandamento somente para os israelitas (hebreus 7:5), a substituição do sacerdócio dos levitas pelo sacerdócio de Cristo, (hebreus 7:11) e encerra com a seguinte constatação:

    “Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade” (hebreus 7:18)

    o precedente mandamento ao qual é referido é o de dizimar, pois dízimo era alimento, a ser entregue aos levitas, mas como o sacerdócio dos levitas se encerrou e o de Cristo foi introduzido, não há mais mandamento de dar dízimo, pois Jesus não se alimenta.

    o mandamento de dizimar se tornou fraco e inútil, como bem diz hebreus 7:18

      • Eu não preciso de cesta básica, mas eu sei que se um necessitado bater na porta da igreja-empresa para pedir ajuda, não receberá.

        Que preocupação com os pobres não é?

        • JUDAS SEU PAI NA FÉ TINHA UMA GRANNNNNDE PREOCUPAÇÃO COM OS POBRES,,, E por incrível que pareça ele também roubava JESUS, assim como vc rouba também…

          STARDUSTCESTABASICA

          • Jesus tinha preocupação com os pobres:

            “Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, DÁ-O AOS POBRES e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me’ (Marcos 10:21)

            ” Antes, ao dares um banquete, convida OS POBRES, os aleijados, os coxos e os cegos;” (Lucas 14:13)

            PAULO TAMBÉM SE PREOCUPAVA COM OS POBRES:

            “recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos POBRES, o que também me esforcei por fazer.” (Gálatas 2:10)

            OS DEMAIS APOSTOLOS TAMBÉM:

            “…vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.” ( atos 4:34b-35)

            AGORA O CASO DE JUDAS LEMBRA MUITO O DOS LIDERES DA IGREJA-EMPRESA:

            “Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava.” (João 12:6)

            Sou eu que fico recebendo ofertas e dízimos em nome do Senhor, e ao invés de ajudar os necessitados que estão na denominação, compro emissora de tv mundana, mansão particular e até um banco? E tudo fica no nome dele.

            quem tem o espírito de judas afinal?

          • arrebentar

            estou bem de saude e ao menos uma vez por ano faço check-up. Até qdo vai apelar para mentiras? Acha que se eu estivesse doente do jeito que vc fala, de forma grave, eu aguentaria ficar aqui divulgando a verdade?

            Vc tá desesperado, pois seu reinado de mentiras neste site acabou e vc não se conforma.

  13. Vai lá Bispo Macedo, Apoie a Dilma novamente, Ainda me lembro como hoje, o Pr falando que a Dilma foi pedir apoio ao Bispo, e em troca disse que nenhuma lei que tivesse intuito de atrapalhar o evangelho seria aprovada, até que Igrejas Evangélicas, assim como as católicas seriam isentas de pagar agua, luz e etc…
    Até hoje não ví isso se cumprir.

  14. arrebentar

    hj recebi uma grande noticia. Tenho uma amiga que frequenta a igreja-empresa. Ela diz que gosta de lá, tem amigos e se sente bem lá… mas ela disse que por causa dos meus ensinamentos sobre dízimos e sacrifícios financeiros, não dá mais dinheiro lá, pois entendeu que nessa parte eles adulteram a palavra.

    Ela entendeu que dízimo não é para cristãos e que sacrifícios financeiros não são necessários, pois Cristo já pagou o preço.

    Glória a Deus por isso! estamos abrindo os olhos dos incautos. Como é bom ser usado por Deus…

    • ISSO É SINAL QUE DAQUI A ALGUM TEMPO vamos ver um grande testemunho de uma pessoa. QUE DEIXOU DE SER FIEL E PERDEU TUDO,,,,,
      e que depois se arrependeu, e voltou a ser fiel e foi abençoada…

      NÃO EXISTE UM CRISTÃO SEQUER QUE ROUBA A DEUS E É ABENÇOADO;;;

      Só hoje mais de 2000 pessoas passaram a ser fiel a DEUS, se voltaram para ele, e decidiram devolver as primicias…..
      KKKKKKKKKK VAI ARREBENTARRRRRRRRRRRRRRRRRR

      • arrebentar

        A vdd é que cada vez mais pessoas tem descoberto a verdade sobre dízimo e que sacrificios financeiros é invenção de homens isentos da vdd…

        Ela mesma já me disse que nunca viu as promessas de que tanto falam os pastores se cumprir na vida dela… claro né? as promessas de prosperidade devido a entrega do dízimo só valia aos israelitas, tal qual as maldições da não entrega.

        O fato do numero de dizimistas estar caindo tem preocupado os lideres que vivem disso, obvio que não admitem publicamente, mas agora as metas financeiras que cada pastor deve cumprir ficarão cada vez mais dificeis de serem atingidas…

        Essa amiga mesmo me confidenciou que há tempos vinha se questionando sobre várias contradições sobre dízimos e sacrifícios financeiros e minhas explicações foram suficientes para faze-la entender que dízimo não é para cristão.

        Se isso lhe serve de consolo, ela ainda está na igreja-empresa, pois tem amigos lá e ela tá acostumada a ir lá mesmo, mas agora ela não dá mais dízimo, nem participa de campanhas que resultam em envelopes para serem enchidos de dinheiro.

        glória a Deus por isso!

        • Que o Dizimo é Bíblico isso é verdade.
          Mais Fogueira santa já é proposito da Igreja, as pessoas podem até ser abençoadas, mais acho errado o Pastor falar: Quem tem fé faz, quem não tem não faz, depois não adianta reclamar.
          Como disse, dízimos e ofertas é bíblico, fogueira santa, ajuda para templo não!

          • david ponciano

            dízimo é biblico, tal como circuncisão é biblica e guarda do sábado é biblica.

            Agora, essas coisas serem mandamentos para os cristãos é outra coisa…

          • JESUS deixou claro quando lhe deram um dinheiro em suas mãos.
            DAI A DEUS O QUE É DE DEUS, DAI A CESAR O QUE É DE CESAR..
            E DEUS DISSE: MINHA É A PRATA E MEU É O OURO DIZ O SENHOR DOS EXÉRCITOS….

          • O jovem rico também pensava assim, ele ate era dizimista.
            MAS QUANDO JESUS MANDOU ELE SACRIFICAR HUMMMMMM.
            Ele logo virou as costas…
            SEMPRE EXISTEM GENTE QUE SERVEM A DEUS MAIS OU MENOS, OU DO JEITO QUE ACHAM CERTO.

          • Jesus nunca mandou o jovem rico sacrificar, pois no judaismo sacrificio nunca foi dinheiro, vamos ver o relato bíblico em seu real contexto:

            Mateus 19:16 E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?

            Mateus 19:17 E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.

            Mateus 19:18 Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho;

            Mateus 19:19 Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.

            Mateus 19:20 Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?

            Mateus 19:21 Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.

            Mateus 19:22 E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades.

            Agora, com o texto bíblico em seu real contexto, fica óbvio que o jovem já era cumpridor dos mandamentos, e viveria por causa disso, mas Jesus disse, SE QUERES SER PERFEITO, vende o que tens e DÁ AOS POBRES (e não aos pastores)…

            Mas como ele era rico, se retirou triste com aquela palavra…

            porque na igreja-empresa os pobres não recebem o que é oferecido lá?

            hummmmmmmmm????

            Essa é a hipocrisia da igreja-empresa… manda dar, mas na hora dela dar o exemplo e repartir o que recebe, tal qual os apostolos faziam em atos 4:35, essa parte ela não faz!!!

            amor as almas??? que nada! é como já foi dito… “ou dá ou desce!!!”

    • Stardust,tantas tantas heresias,inclusive alguma delas pra pegar dinheiro dos incautos,e vc prova nao ser um defensor do evangelho,foca somente em dizimo e Iurd,parecendo psicopata

      • Ana clara

        Eu foco em dízimo, pois sei que os cães gulosos sentem mais quando tocamos na arrecadação deles…

        Se eu falar que cair no poder é errado, não serei mto atacado, se eu falar que mulher ser pastora é errado, não vão dar muita atenção, se eu disser que entrevistar demonio é antibiblico, não vão se importar…

        Mas qdo falamos que dízimo não é mandamento para cristãos, nem nunca foi entregue em dinheiro, por ele ser exclusivamente alimento, os pastores que vivem desse engano se enfurecem, pois estamos tocando na arrecadação deles.

        Portanto ana clara, por isso eu foco mesmo no dízimo, vc não está errada nesse ponto não… toque no bolso dos pastores e vc verá a “espiritualidade” deles… se vc acha que é exagero meu, faça o teste vc mesma.

        ana clara, eu vou considerar que vc está apenas está se permitindo ser usada, por isso nem vou levar em consideração a sua acusação de eu “parecendo psicopata”, só deixo um versículo para sua meditação:

        ” Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no Dia do Juízo;” (mateus 12:36)

        • Stardust,nao sou eu que estou sendo usada ,é vc,só que nao percebe,alias percebe,vc mesmo escreveu que levou um puxão de orelha santo,tudo o que vc escreve sobre dizimo está correto, eu no meu face sempre posto contra o dizimo e a favor de ajudar o próximo,assim estara verdadeiramente agradando Jesus,ja fu até ameaçada por um homem que se dizia pastor da Mundial,mas existem muitas heresias,pra que focar só no dizimo pra atingir pastores,temos que pensar nos incautos e outra nao é só o dizimo que usam para extorquir dinheiro dos incautos,é venda de bugigangas ungidas,,fogueira que ta longe de ser santa,passaporte,trizimo,coquitel do dizimo em dobro,campanhas que tem como unico objetiv arrancar dinheiro das pessoas e faxer com que elas se entreguem aos desejos materialistas,tudo isso levando as pessoas a perdiçao,me entende?

          • Ana Clara,

            Só pra deixar claro a respeito do dízimo, dar dízimo voluntariamente não é errado, Abrão deu dessa forma e Jacó fez um voto que daria dízimo também, e ambos deram voluntariamente, não estavam sob a lei de Moisés e não era apenas alimentos.

            O próprio stardust já confessou aqui que o dízimo voluntário nunca foi abolido.
            O problema é querer colocá-lo como obrigatório, aí sim é errado.

            Abraço, Deus te abençoe

          • está clara a implicância da jussara stardus com a IURD e com as igrejas. há muitas igrejas que não colocam o dízimo como obrigatório, as igrejas visitam detentos, doentes, livram mulheres de maridos alcóolicos e violentos, livram filhos das drogas e da prostituição. tenho certeza que se perguntar para uma mãe dessas, ela vai dizer que 10% é pouco, q isso não tem valor, não tem preço. pergunte a alguém que conheceu Jesus, o preço que isso tem. não tem valor. e pensar que quando você contribui com o dízimo, está ajudando outras pessoas a alcançar essa mesma paz.

            claro que há pastores ladrões, sempre houve, quando a igreja só tinha Jesus e doze apóstolos, já havia um ladrão, imagina hoje em dia. eles roubam, e vão se acertar com Deus. mas tenho certeza que o Senhor não vai deixar que um pastor ladrão impeça uma alma que ora angustiada de receber a sua palavra, pq Deus conhece os seus, e vai buscar a ovelha perdida esteja onde estiver.

            não tenho nada contra o estudo dos dízimos da jussara, já disse que ele é muito bom. mas acho q ela deveria abordar também q o dízimo voluntário nunca foi abolido, q não tem problema nenhum ajudar a igreja com os dízimos, desde q nao se esqueçam também dos pobres. mas ela coloca de forma maliciosa, de forma q parece q dízimo é errado, q é errado um pastor pedir o dízimo, q quem pede dízimo está roubando o povo. ela ofende pastores q não pregam o dízimo obrigatório, mas como forma de sustentar a igreja.

            jussara, não é obrigatório mais aos cristãos não matar. antes, se vc descumprisse a Lei, vc era punido. se se deitasse com outro homem, era punido com a morte etc., hoje nada é obrigatório, vc faz se quiser. mas isso não te isenta do julgamento final. lá vc vai encontrar a Lei de novo, se não confiar no advogado q é Jesus Cristo. ama teu próximo como a ti mesmo. perdoa para ser perdoado. da forma que julgar, será julgado. é a Lei do Talião, e está bem viva, pq vc não vai ser perdoado se não perdoar, não vai ser salvo se não amar ao seu próximo como a si mesmo, e por aí vai. a fé sem obras é morta. não é pq as obras justificam, mas pq as obras são frutos da fé. quem não tem fé, não tem obras, pq só crê da boca pra fora.

            sua desonestidade intelectual está clara na sua babação ao Valdemiro. quer dizer q rosa ungida não pode, mas colher de pedreiro ungida pode? não estou dizendo q um ou o outro esteja certo, mas dizendo q não está sendo coerente nas suas críticas. dízimo não pode, mas trízimo pode? vê, como vc é parcial nas críticas? isso pq como a Ana Clara disse, é coisa pessoal sua, não tem nada a ver com ajudar os incautos. seu negócio é com a IURD.

            o Paulo critica a IURD e todo o sistema religioso q ele chama de hipócrita, o mendigo Edson Souza também, a Ana Clara critica o dízimo obrigatório, a Mary critica as hipocrisias do sistema religioso, o vai arrebentar e o clamando defendem a igreja, vê, todos tem suas convicções. só vc jussara, troca de pele toda hora. sua crítica é pessoal com o Macedo, a prova disso é q vc critica o sistema religioso mas defende somente o Valdemiro.

            o seu negócio é acabar com a igreja? saiba q as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja.

          • Edy mancebo

            Seu texto pode ate parecer muito coerente com as escrituras, mas se formos coloca-lo em perspectiva e verificar cada paragrafo vai ficar ainda mais feio para vc, e também vai der um texto muito grande, então vou poupá-lo.

            Só algumas observações pontuais… vc está chamando denominações de igrejas, um erro muito comum, dos incautos… a igreja na vdd não é um templo físico, com uma placa… isso na vdd é denominação… a igreja na vdd são as pessoas que congregam em nome de Jesus, a igreja é o próprio cristão.

            Jesus disse que edificaria a sua igreja, mas infelizmente muitos quando leem isto, pensam que Jesus iria edificar um edificio… na vdd, Ele disse que edificaria as pessoas que creem Nele.

            “Efésios 2:19 Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus;

            Efésios 2:20 EDIFICADOS sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;

            Efésios 2:21 No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor.

            Efésios 2:22 No qual também vós juntamente sois EDIFICADOS para morada de Deus em Espírito.”

            ou seja, com o texto de efésios, comprovadamente vemos que a igreja que Cristo disse que edificaria, é o próprio Cristão e não um templo físico.

            Até pq, se a igreja for um edifício denominacional, quando Jesus vier buscar a Sua Igreja, serão os prédios que vão ser arrebatados???

            É uma coisa pra se pensar…

          • Jean e Edy,entendo vcs,porem o dizimo foi abolido,sou a favor de ofertar voluntariamente sem pressao de pastor ,padre sei la ,até mais que um só templo ,na minha cidade mesmo tem pastores verdadeiros,igrejas pobres,eu ajudo,mas sem apelaçao..

          • Ana Clara,

            O que foi abolido foi a lei de Moisés, não o antigo testamento, e nem o dízimo.
            O que foi abolido COM a lei de Moisés foi a OBRIGATORIEDADE de dizimar, o dízimo já havia antes mesmo da lei de Moisés, veja o exemplo de Abrão (Gn 14:20) e Jacó (Gn 28:22).

            Ou achas que Abrão fez errado ao dar o dízimo ? Claro que não, da mesma forma que Abrão deu e Jacó fez o voto a Deus em dar, podemos sim dar, mas isso voluntariamente (sem pressão) como eles fizeram, vai da pessoa.

            Muitas denominações pregam a respeito do dízimo voluntário, o que não é errado. Outras porém pregam a obrigatoriedade, aí sim é errado.

            Abraço, Deus te abençoe

          • Ana Clara,

            Respeito sua opinião, entendi o que vc quer dizer, mas acho que devemos sempre buscar conhecer a verdade.

            A respeito da lei de Deus e lei de Moisés, se puderes tirar um tempo leia a minha conversa com o Danilo na matéria “Pastor se arrepende e pede na Justiça a devolução de dízimos descontados de seu salário”, acho que irás compreender um pouco melhor do que estou falando.

            O dízimo nada mais é do que uma forma de expressar a gratidão a Deus, claro vc pode expressar de várias formas, uma opção é através de dízimos ou ofertas, dando a Ele uma parte do que Deus nos proporcionou. Agora vc poderia dizer, é dado a homens e não a Deus… isso eu expliquei nessa mesma matéria mais abaixo pro stardust também. Como agente faz uma coisa a Deus ? Simples, fazendo o bem ao próximo, nisso tudo se resume.

            “Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes” Mt 25:40

            Sobre o velho testamento ou apenas a lei de Moisés ser abolida…

            “anulando em seu corpo a lei dos mandamentos (lei de Moisés) expressa em ordenanças. O objetivo dele era criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz” Efésios 2:15

            “A ordenança anterior (lei de Moisés) é revogada, porquanto era fraca e inútil” Hebreus 7:18

            Abraço,
            Deus te abençoe

      • Mas vc não é atacado o stardtust.
        VC É PERTURBADO MESMO…
        Simplesmente perturbado ficou nervozinha porque queria qua a iurd te sustentasse com cesta basica. AI QUANDO FOI PEDIR UMA CESTA BASICA NA IURD . LEVOU NA LATA…

        O diabo odeia quando uma pessoa, ao receber tira os primeiros 10% e devolve a DEUS. Ele odeia isso.
        PORQUE normalmente as pessoas quando recebem a 1º coisa que elas se lembram e de pagar a farmacia, pagar o aluguel, pagar uma divida aqui e outra ali. coisas essas causada pelo diabo, então quando a pessoa faz isso ela esta dando suas primicias ao diabo pois continuam sustentado sua obra na vida delas..
        PORÉM QUANDO A PESSOA DECIDE, Parar de por dividas e problemas em primeiro lugar e começão a separar para DEUS suas primicias…
        ENTÃO O DIABO ODEIA ISSO, PORQUE ESSA PESSOA ESTA DESPREZANDO ELE, E COLOCANDO JESUS EM 1º LUGAR.
        Por isso o demoniostardust vive procurando estudos e mais estudos, para impedir as pessoas de serem fieis..
        O DIABO ODEIA VER AS PESSOAS DEIXANDO DE SERVI-LO PARA SERVIR A JESUS.

        Por isso ele usa a jussarastardust.
        que esta doente, e tem medo de ir ao medico e ser diagnosticada…

        • arrebentar

          Todo mundo aqui sabe que vc apela para mentiras, por isso está sem credibilidade aqui. Não consegue responder biblicamente as heresias que defende e distorce a bíblia na cara dura para defender esse sistema que visa somente ao dinheiro, e não as almas.

          Abaixo, um relato de 20 minutos de um ex-pastor que fala sobre o engano do dízimo e dos sacrifícios em dinheiro:

          http://youtu.be/9xgy8pFhOcw

        • Jean se eu estiver errada,ainda nao senti do E.Santo,eu creio independente do que qualquer um me fale,que tudo do antigo testamento foi abolido,tudo,tudo,mas ele foi deixado pra nós como exemplo,como a fé de Abraao,a coragem de Davi e Ester,o animo de Moises e por aí vai,no N.T tudo se resumiu em amar o próximo(assim vc nao roubara,nao vai trair,nao vai matar e vai claro ajudar),foi claro junto com todos os mandamentos abolido tb o dizimo e ficou a oferta pelo amor pra ajudar os necessitados,engraçado como alguns pastores tentam impor em partes certas coisas que lhe convem paravseus membros como dizimo,guardar o sabado,pq nao impoe aqueles castigos que por nem tao grande coisa geravam até morte,das bençaos eles querem usufruir,pegar dinheiro de dizimo,nao trabalhar no sabado(A.T),e os castigos somente aboliram,pior cego é aquele que não quer enxergar

          • Ana Clara, o Antigo Testamento não foi abolido, até porque o Antigo Testamento inclui além Lei, os profetas, fatos históricos, salmos, provérbios etc. Ou acabou também “O Senhor é meu Pastor e nada me faltará?”. Ou a história contada em Gênesis não é mais verdade? A promessa do descendente da mulher que esmagaria a cabeça da Serpente, não vai mais acontecer? A promessa de Jeremias não está acontecendo na sua vida? Não está recebendo as promessas de Israel?

            O que foi abolida foi a observância da Lei, não as Escrituras.

            “E desde a infância conheces as Sagradas Escrituras e sabes que elas têm o condão de te proporcionar a sabedoria que conduz à salvação, pela fé em Jesus Cristo.
            Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça.
            Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra”. – 2 Timóteo 3:15-17

          • Arthur,eu expressei errado,mas deu pra entender o que eu quiz dizer,resumindo a hipocrisia de querer impor em partes certar leis do Antigo Testamento,para ter certos beneficios(nao trabalhar no sabado,dizimo..etc),agora os castigos ,as mortes ,ja que era olho por olho ,dente por dente,aí sim eles concordam que foram abolidos,

          • Ana Clara,

            Respeito sua opinião, entendi o que vc quer dizer, mas acho que devemos sempre buscar conhecer a verdade.

            A respeito da lei de Deus e lei de Moisés, se puderes tirar um tempo leia a minha conversa com o Danilo na matéria “Pastor se arrepende e pede na Justiça a devolução de dízimos descontados de seu salário”, acho que irás compreender um pouco melhor do que estou falando.

            O dízimo nada mais é do que uma forma de expressar a gratidão a Deus, claro vc pode expressar de várias formas, uma opção é através de dízimos ou ofertas, dando a Ele uma parte do que Deus nos proporcionou. Agora vc poderia dizer, é dado a homens e não a Deus… isso eu expliquei nessa mesma matéria mais abaixo pro stardust também. Como agente faz uma coisa a Deus ? Simples, fazendo o bem ao próximo, nisso tudo se resume.

            “Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes” Mt 25:40

            Sobre o velho testamento ou apenas a lei de Moisés ser abolida…

            “anulando em seu corpo a lei dos mandamentos (lei de Moisés) expressa em ordenanças. O objetivo dele era criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz” Efésios 2:15

            “A ordenança anterior (lei de Moisés) é revogada, porquanto era fraca e inútil” Hebreus 7:18

            Abraço,
            Deus te abençoe

          • Jean se vc crê assim,e o E.Santo nao ti convenceu de que esta errado ,é pq é pra vc agir assim,eu creio dessa forma,por isso tb respeito sua opinião,parece ser uma pessoa boa,cheia do Espirito de Deus ,Jesus ti abençoe tb.

          • Ana Clara,

            É opção da pessoa, se eu tenho prazer em dar o dízimo não tem problema, da mesma forma não tem problema se vc não dá-lo e quiser dar através de ofertas ou outra forma. O importante é respeitar o próximo nessa questão também, só vejo que não se deve condenar uma coisa que a bíblia não condena. Concordo que há pastores que se aproveitam dessa questão dos dízimos, mas isso é outra coisa, aí nesse caso é errado claro.

    • DESAFIO A STARDUST ESTRELA CAÍDA OU POEIRA DA ESTRELA CAÍDA
      stardust estrela caída ou poeira da estrela caída amelheando gays ateus mal amadas desafortunados pessoas sem fé pessoas sem amor , pessoas como esta idiota, que quando no fundo do poço precisou de um ombro amigo precisou de socorro, e achou emk uma porta aberta, que é paga por aqueles que ofertam com fé e amor, assim como foi com o mendigo que apareceu aqui, com o islamico que estava indo se matar,m e com milhões de pessoas que receberam o evangelho no Brasil, inclusive o ateu satrdust, que só conheceu, porque alguém pagou, agora se exalta com alegria de fechar portas, se não é o diabo trabalhando na sua vida então?………já pensaram queridos irmãos SIM FALO COM TODOS VOCES QUE RECEBERAM O CRISTO VIVO EM SUAS VIDAS, ATRAVÉZ DE ALGUÉM QUE TAMBÉM RECEBEU O CRISTO VIVO DE UMA PESSOA E IGREJA COM PORTAS ABERTAS, E PAGA POR ALGUÉM, IMAGINEM UM BRASIL SEM IGREJAS, IMAGINEM OS GAYS E ATEUS LIVRES PARA FESTEJAR A VONTADE, NÃO EXISTE MAIS OPOSIÇÃO AS SUAS HERESIAS….ISTO , NÃO LEMBRA ARREBATAMENTO E REGIME DO ANTI-CRISTO…..ENTÃO VEJAM BEM PARA QUEM STARDUST TRABALHA….SE VOCE ENTENDEU…O QUE REPRESENTA IGREJAS DE PORTAS ABERTAS PESSOAS SENDO SALVAS, ARRANCADAS DO FUNDO DO PÓÇO , DO LAMAÇAL DO PECADO, DA TRISTEZA DA TRIBULAÇÃO DA DEPRESSÃO TENDO SEU NOME ESCRITO NO LIVRO DA VIDA..SE ENTENDEU O QUE ISTO REPRESENTA…VOTE 1…….AGORA SE JULGAS…QUE ESTE TRABALHO QUE AS IGREJAS FAZEM PODEM SER FEITO, OU AINDA SE O BRASIL SERIA O QUE É HOJE EM TERMOS DE CRISTÃOS QUASE 50% DA POPULAÇÃO DO MODO DO STARDUST VOTE 2…É SIMPLES ASSIM, SE VOTAR NO DOIS POR FAVOR FAÇA UM COMENTÁRIO ABAIXO….NÃO DANDO LIÇÃO DE QUALQUER COISA, MAS ENSINANDO COMO FAZER O QUE É FEITO PELAS IGREJAS SEM A FÉ SEM O AMOR…SEM AS OFERTAS E DÍZIMOS…SIM DIGA COMO FAZER…E MOSTRE ONDE ISTO ACONTECE COM SUCESSO

      • “COMO FAZER O QUE É FEITO PELAS IGREJAS SEM A FÉ SEM O AMOR…SEM AS OFERTAS E DÍZIMOS…SIM DIGA COMO FAZER…E MOSTRE ONDE ISTO ACONTECE COM SUCESSO”

        onde isso acontece com sucesso?

        ora, na própria biblia temos um exemplo:

        Mateus 10:5 Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;

        Mateus 10:6 Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;

        Mateus 10:7 E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.

        Mateus 10:8 Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.

        Mateus 10:9 Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,

        Mateus 10:10 Nem alforjes para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operário do seu alimento.

        E será que deu certo? vamos ver:

        “A seguir, Jesus lhes perguntou: Quando vos mandei sem bolsa, sem alforje e sem sandálias, faltou-vos, porventura, alguma coisa? Nada, disseram eles.” (Lucas 22:35)

        Se Jesus ensinou a fazer missões e pregar o evangelho sem receber dízimos e ofertas, quem é vc para dizer que Ele está errado?

        • sim agora mostre-me como seria feito isto nos dias de hoje, e mostre-me quem fez com sucesso, fugiu mais uma vez do desafio não mostrou, porque é um fracassado só garganta, que foi conhecer o evangelho pela mão dos ofertantes e dízimistas e hoje fechas as portas para quem não conhece. responda só a pergunta

          • Clamando, o STARDUST não é contra as ofertas. E nem contra o dízimo voluntário. É contra o dízimo obrigatório (vocês que acusam de ladrão quem não dá o dízimo). É contra a mentira de que o dízimo é obrigatório, e de que quem não dá o dízimo, rouba a Deus. E até agora, ninguém provou biblicamente que ele está errado. Contra as ofertas, não, as ofertas são incentivadas na Bíblia.

            Paulo mesmo diz que Deus ama quem oferta com alegria:

            “Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria”.

            Você não acredita que uma denominação possa sobreviver sem “impor” o dízimo obrigatório? Não acredita que Deus tenha poder para manter uma denominação só com ofertas?

            Existem denominações, que embora talvez sejam consideradas seitas, que no quesito da manutenção, conseguem se manter e muito bem sem impor o dízimo, como as Testemunhas de Jeová, a Congregação Cristã do Brasil, o Caminho da Graça etc., até mesmo a ICAR, onde se dá o dízimo, não fica martelando Malaquias e nem pressionando os fiéis a darem o dízimo, e se mantém muito bem não é? Nas poucas missas que fui nunca fui chamado de ladrão.

            Clamando (Márcio Collins), se essas denominações, que muitos de vocês evangélicos consideram seitas e Babilônia, vivem sem o dízimo obrigatório e muito bem, e pouco se houve falar de escândalo e pastor ladrão nelas, imagina a sua? Acha que Deus não teria poder para sustentar sua igreja sem impor de forma anti bíblica o dízimo obrigatório?

          • clamando

            mtas pessoas pregam o evangelho sem exigir dízimos e em alguns casos, nem pedindo oferta ( deixando claro que as ofertas podem sim ser solicitadas ), mas o problema é que esses servos do Senhor não aparecem pra midia.

            muitos missionários, evangelistas, grupos de oração em casas etc…

            o evangelho não é essas denominações com placa sendo sustentadas pelos membros, isso aí é disvirtuação do verdadeiro evangelho.

            E eu não conheci a Deus numa denominação, eu conheci a Deus lendo a bíblia na minha casa!

          • Clamando, também gostaria de responder sua questão. E não sou evangélico. Vou ser breve, para não encher vocês com informações complicadas.

            Pense o seguinte. Os judeus ainda seguem a Torah. Praticam a aliança da circuncisão (Brit Milah), observam os dias, guardam o shabat, mantém restrições na alimentação, conforme escrito na Torah, observam as festas santas, como Sucot (Tabernáculos), Pentecostes, Pessach (Páscoa) etc., e os dízimos (Maasser)?

            É de conhecimento geral que os judeus já não mais sacrificam. E por que? Simples, porque não existe mais o Templo do Eterno. A Torah é bem clara em como devem proceder os sacrifícios, e a instrução deve ser seguida rigorosamente, logo, sem o Templo, não há como observar essa mitsvah (mandamento).

            E os dízimos (maasser)?

            Na época do Templo Sagrado, os Cohanim (sacerdotes) e Leviim (levitas) eram os representantes do povo de Israel, dedicando seu tempo para o serviço Divino. Estes não receberam uma porção de terra para o cultivo, como as outras tribos, pois moravam na região do Templo em Jerusalém ou em cidades designadas para eles. Estas tribos, que tanto dedicavam-se em prol de Israel, eram sustentadas pelo povo.

            Depois da destruição do Templo e de Jerusalém pelos romanos, da miscigenação do povo judeu, hoje é muito difícil traçar a genealogia de alguém para confirmar se este é da tribo dos Leviim.

            Uma vez que não há mais pessoas da tribo de Levi trabalhando no Templo Sagrado, todo judeu tem a obrigação de dar um décimo de seu lucro para caridade e ajuda aos necessitados. Isto inclui desde comida para pobres, até bolsas de estudos e projetos e a qualquer indivíduo ou instituição beneficente de nossa escolha.

            Há muitas leis relativas ao maasser (dízimo) inclusive relativas ao plantio e colheita da terra em Israel que vigoram até hoje, beneficiando viúvas, órfãos e necessitados.

            Isso ocorre devido à mitsvah da Tsedacá, que diferente do que pensam muitos, não é caridade, mas justiça.

            “Se houver um carente entre seus irmãos, numa de suas cidades, na terra que D’us deu a vocês, não endureçam seus corações nem fechem a mão a seu irmão carente. Vocês definitivamente devem abrir suas mãos e lhe emprestar o suficiente para o que lhe faltar (Devarim 15:7,8)”.

            “Não retenha o bem daquele a quem é devido, quando está em seu poder fazê-lo.”

            Aquilo que damos aos necessitados rigorosamente pertence a eles, e a pessoa com meios é, na verdade, apenas o depositário da propriedade dos pobres. Por isso não devemos ficar resignados e de má vontade em ajudar, pois não consideramos caridade, mas justiça, essa parte da nossa renda pertence a eles, não é nossa.

            Portanto, Clamando, se os judeus, que ainda seguem a Torah, não mantém as sinagogas com dízimos, mas cumprindo a mitzvah, destinam o dízimo para justiça social, quanto mais os cristãos, que não tem obrigação de seguir a Torah, não tem o Templo, e seu sumo Kohen Gadol (Yeshua) não está na Terra para comer dos dízimos (Maasser).

            Mas os judeus mantém outras taxas, ofertam, mantém as sinagogas e ainda contribuem com a nação de Israel, e o Eterno nada deixa faltar.

      • Eu ti respondo Clamando,como Jesus fez usando somente a Palavra,sem entreterimentos,sem showzinhos,sem pessoas que copiam trechos da biblia,se dizem compositores e cobram absurdos pra cantar,acaso na biblia mostra Jesus pedindo dinheiro para passar a Palavra?pergunta,me perdoa ridicula

        • Clamando o ministério de Jesus foi perfeito sem mácula e sem extorquir dinheiro dos outros,pediu para que o jovem rico vendesse seus bens e distribuisse aos pobres ,ao contrario da maioria dos pastores ,que usam o nome de Jesus para extorquir dinheiro para si mesmos

          • jussara stardust trouxe quase toda a turma para responder por ti, faltou coragem, pois é impossível traduzir as palavras de JESUS sem que estás estejam, no contexto atual, passaportes passagens estadias comida, e toda a ajuda necessária para o campo missionária, poderia citar outras palavras de JESUS com tive fomew e não me deste de comer, estavas nu, e não me vestiu, tive fome e não me deu de comer, estive preso e não me visitou, então além de trazer toda a legião que te acompanha, ainda fugiu da questão, mostrar como sem ofertas e dízimos fazer e prestar o serviço que a igreja presta, nem vago foste apenas fugiu

          • clamando

            eu fui alcançado sem uso de dízimos ou ofertas. Conheci a Deus lendo a bíblia aqui em casa. Quer melhor exemplo que esse?

        • ana clara
          onde quem faz missões da showzinho? outra coisa não va atras da estrela caída, JESUS não cobrava dízimos , pois ainda não era igreja, mas pedia dinheiro sim pedia ofertas, era como ele vivia, o tesoureiro era judas, impossível fazer missões ganhar almas, sem ter de comer tinha mulheres que mantinham seu ministério

        • Ex-morador de rua conta como teve a vida transformada pelo trabalho de uma missão cristã

          Avatar de Dan Martins Por Dan Martins em 1 de dezembro de 2013
          Tags: Delon Ali, Deus, Ex-morador de rua, The Bowery Mission
          39 Comentários
          enviar
          imprimir
          email
          share no fb
          orkutar
          tweet

          Notícias Gospel em seu email

          Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

          Gospel+ no Twitter!
          ou no facebook

          Ex-morador de rua conta como teve a vida transformada pelo trabalho de uma missão cristã

          O ex-morador de rua Delon Ali, que viveu por seis anos nas ruas de Nova Iorque (EUA) após perder tudo devido ao uso de drogas, relatou recentemente em um vídeo publicado no YouTube sobre como teve sua vida transformada após encontrar um novo caminho em Deus, através da missão de resgate The Bowery Mission.

          Delon conta que tinha um bom emprego em uma grife nos quarteirões mais caros de Nova York, mas que não via muito sentido em sua vida, vivendo em um grande vazio. Então como forma de tentar preencher esse vazio que sentia, começou a frequentar boates e clubes noturnos da cidade, onde começou a beber. Ele então começou a usar crack e, viciado, perdeu o emprego, patrimônio e economias, o que o levou a virar um morador de rua.

          – Eu fui um sem-teto por seis anos, e a pior parte da minha vida foi quando estava rodando dentro de trens ou comendo em latas de lixo, por cerca de três anos. Não tinha esperança, não tinha amor, senso de direção ou propósito. Eu até mesmo considerei pular da Ponte de Brooklyn – resume Delon, ao falar de sua vida antes de encontrar cristo.

          Ele conta que, como morador de rua, foi se afundando em uma vida decadente até que um amigo o convidou para fazer uma visita ao projeto The Bowery Mission, onde, guiado pela fé poderia encontrar um novo caminho para sua vida.

          – Há cinco anos atrás eu recebi uma ligação, quando eu não tinha mais para onde ir. Eu estava drogado, bêbado. E lembro de um amigo dizer que eu poderia ir até o The Bowery Mission. Então, depois de passar a vida pulando de trens e vagando de porta em porta, parei na capela da missão e entreguei minha vida a Deus.

          – Deste momento em diante, minha vida nunca mais foi a mesma – completa.

          Ele conta que na missão ouviu testemunhos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas pelo projeto, o que o deu uma nova perspectiva de vida. Foi então que ele começou a trabalhar com a equipe da missão que prepara refeições para os pobres.

          Com ajuda da equipe de assistência social do Bowery Mission Delon obteve o GED (Diploma de Educação Geral), equivalente ao supletivo no Brasil, aprendeu a cozinhar, e obteve a carteira de chef de cozinha e um diploma da faculdade de estudos bíblicos, em Nova York.

          Agora, com a vida transformada, ele afirma que aprendeu que servir e mostrar o amor de Deus aos outros são sua real razão de viver.

          • Clamando (travesti Márcio Collins), sua pergunta já foi respondida por um monte de gente. A Igreja pode ser mantida sem os dízimos obrigatórios, só com dízimos voluntários e ofertas. O que é errado é vocês imporem o dízimo como obrigação, e chamar de ladrão quem não dá o dízimo.

  15. Dá a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus!, O que você tem dado a Deus, em vez de questionar tantas coisas banais, vai mudar o que isso tudo que se questiona, Amigo questiona sim, templos gigantes, dominadores da mídia evangélicas que ocupam redes de televisões e pagando (espaços nas redes que custam milhões) com as ofertas de (amor) pedidos nas televisões que chegam a milhões por mês, porque não se pega esses milhões e contemplam o povo mais pobres dessas igrejas e doam pra elas, fora os megas alugueis, e as murmurações por eles pedindo (não almas pra Jesus) mais parceiros para financiarem tudo isso…. sinceramente, paro por aqui!!!

  16. A questão da Sra. Excia. Presid. Dilma, povo de Deus, não vão mais submeterem como bucha do PT para serem de novo enganados, pois todo os programas de governo, não vem de Dilmar e as enxurradas de Leis vem simplesmente do programa do “PT”. E é assim que funciona o negócio. Vigiai e orai!

  17. clamando disse: 17 de dezembro de 2013 ás 9:23 am
    NÃO ESTAVAS COM SAUDADES, APENAS O STARDUST ADORMECEU ESTE PERSONAGEM FANTASIOSO ESCRITO POR ELE E EDITADO POR ELE REPRESENTADO POR ELE, E AGORA DEPOIS DE DESPERTAR A ALGUNS NOVAMENTE, PRODUZINDO NOVO PERSONAGEM ADORARADOR DE VALDEMIRO, COMEÇOU A TRAZER DE VOLTA SUA LEGIÃO, PARA QUE ALGUM DE VOCES ASSUMAM A JÁ CANSADA ESTRELA CAÍDA DESGASTADA…PRECISA ADORMECER…SAIR DE CENA..TEATRELISANDO FAZENDO JOGO DE CENA, MAS AQUI ESTOU EU CLAMANDO PARA ALERTAR AOS IRMÃOS QUE É SÓ MAIS UM GOLPE TEU, AOS POUCOS TROUXE ALGUNS DE VOLTA…ESTOU DE OLHO , JÁ FOI DESMASCARADA VARIAS VEZES, JÁ NÃO ENGANAS MAIS JUSSARA
    Comentar
    clamando disse: 17 de dezembro de 2013 ás 9:36 am
    ESTE É STARDUST BEREANO RADICAL
    clamando disse: 19 de julho de 2013 ás 12:30 pm
    mais uma vez oi clamando aperta o stardust e este apela para seus varios nicks
    pai das safadesa mãe dass malandragens de simas agora afonso ana clara nick ijgmix e tantos outros…vi ele tripudiar em cima do vai arrebentar gritando como uma louca dizendo que o vai arrebentar estremece quando ele aparece…demonstrando sua vaidade e prepotencia a mesma que fezx a estrela caida subir e tentar colocar seu trono acima do de DEUS pobre coitada da estrela stardust…que quer dizer poeira da estrela caida…ou demonios a serviço de satanas…tua arrogancia te fez cair a primeira vez e te fara cair a segunda…ELE MESMO JESUS deixou iuns para pastores outros para evangelistas ele mesmo deixou agora chega a estrela caida e chama JESUS de burro, pois levantou errado…sim diz também a mesma palavra que ninguém sobe a o poder se DEUS não quiser….é se a estrela caída fosse de DEUS não seria ele pastor a cuidar das ovelhas….sim pois se é jesus que nomeia e tem o aval do pai quando diz que ninguém sobe ao poder se ele não permitir…logo concluo que a inveja que fez satanas se rebelar a estrela caída…ESTA PRESENTE NA VIDA DE JGMIX..PAI DAS SAFADESAS MÃE DAS MALANDRAGENS NICK DE SIMAS AFONSO ANA CLARA…E TEM MAIS …MAS É SÓ PARA FICAR CLARO……QUE STARDUST CHAMA A JESUS DE BURRO POIS ELE LEVANTOU OS PASTORES QUE AI ESTÃO E NÃO A JUSSARA QUE SE INTITULA POEIRA DAS ESTRELA CAÍDA….DEIXE TUA ARROGANCIA E PREPOTENCIA VOLTE ONDE CAIU PEÇA PERDÃO…POIS TEU DESTINOI É O LAGO DE FOGO JUNTAMENTE COM TEU SENHOR……E OU EXPLIQUE AQUI NO SITE…SE VOCE É UM ESCOLIDO PORQUE NÃO É VOCE QUE CUIDA DE UM POVO…PORQUE ESTA VIDA MISERAVEL SEM FRUTOS ALGUM ESPIRITUAL E MATERIAL….ONDE PODEMOS DIZER ALGO DE BOM SE ESTE ALGUÉM INUIMIGO DE DEUS TENTA A FORÇA DESVIAR E FECHAR AS PORTAS PARA EVENTUAIS PESSOAS QUE PODERIAM RECEBER O EVANGELHO…..MAS VOCE NÃO DEIXA POIS CHAMA DE LADRÕES AQUELES A QUEM CRISTO DEIXOU…POR FIM VA DE RETRO SDATANAS ESTYRELA CAÍDA POEIRA DAS ESTRELAS EXUS QUE ESTÃO A SERVIÇO DE SATANAS JGMIX
    Comentar
    clamando disse: 17 de dezembro de 2013 ás 9:41 am
    AGORA VEJAM COMO E QUANDO ACONTECEU, E DEPOIS VEJAM COMO ELA VOLTOU ONDE CAIU, SE ARREPENDEU….MAS NÃO ADIANTA COMO OS CÃES SEMPRE VOLTA A SEU PRÓPRIO VOMITO
    STARDUST disse: 1 de outubro de 2013 ás 1:46 pm
    Carta de Retratação Pública

    Eu, STARDUST, Venho com o devido respeito apresentar minha retratação à todas
    as pessoas, instituições e organizações e a todos os comentaristas deste site,
    em especial os que assinam pelo nick de Edy (ou ex ), clamando, vai arrebentar,
    e outros tantos que infelizmente não consigo lembrar no momento e da mesma
    forma aos senhores Edir macedo, Valdemiro Santiago, Marco Feliciano, RR Soares,
    Silas Malafaia e todos as outras pessoas que possuem cargos eclesiásticos nas
    respectivas denominações desses líderes dos comentários feitos de minha parte,
    sejam ofensivos, ou de pré-julgamento, ou que de qualquer forma não foram
    favoráveis à imagem publica dessas pessoas tendo em vista a manifestação de
    cunho pessoal realizada pela minha pessoa durante minha participação neste
    referido site.
    Infelizmente, errei por deixar minha condição de pessoa falha preponderar sobre
    minha condição de pessoa cristã, o que não pode e não deve ser interpretado
    como uma justificativa para meu erro, o qual, desde já, humildemente procuro
    retratar, através desta carta, a todas as pessoas que se sentiram ofendidas
    com esta situação, sejam de forma direta ou indireta. Peço a todos os lideres
    dessas denominações e os comentaristas deste site desculpas e igualmente o meu
    pedido de perdão.Peço novamente desculpas e retrato-me aos membros da IURD,
    IMPD, IIGD, AD e outras denominações cristãs pois o ato em si não teve, em
    absoluto, a intenção de atingir pessoalmente a ninguém que congrega em qualquer
    uma dessas denominações, tão pouco prejudicar o debate cristão em nivel
    teológico. É notório que estas denominações também ajudam cada uma com sua
    forma que pessoas venham conhecer o evangelho, e prestando relevante ajuda
    à sociedade. Gostaria de reiterar minha retratação pública com a consciência
    de que atos como estes não mais se repetirão.

    Sem mais,

    STARDUST.

    • Clamando (travesti Márcio Collins), para começar, o vai arrebentar dançando é muito melhor que você cantando.

      Você é tão desonesto que inclui a Ana Clara na sua lista, e outro dia estava “cantando” ela.

      Há tempos parei de criticar fariseus hipócritas como você, e não vou voltar a fazer por causa das suas provocações. Estou muito zen e feliz para me importar com críticas de um “pastor” semianalfabeto.

      No demais, dou os parabéns ao STARDUST. Quando ele escreveu aquele comunicado importante, eu fui um dos que foi contra a saída dele, argumentando que ele iria abandonar pessoas como a Núbia, e deixar de alertar pessoas que precisam conhecer lobos em pele de ovelhas como você e o vai arrebentar. Ele errou em fazer esse comunicado, pois acho que ele tem um chamado especial, mas não em voltar.

      Clamando (Márcio Collins), você não é incomodado pelo Espírito Santo? Não sente o Espírito Santo te guiando na sua vida? Nunca foi repreendido pelo Espírito Santo, por exemplo, quando fez aquela performance ridícula vestido de travesti? Você nunca falhou? Nunca errou? Nunca deixou de seguir uma orientação do Espírito Santo? Eu mesmo diversas vezes orei e decidi parar de humilhar o vai arrebentar, mas meu sangue esquentava e eu voltava novamente. Mas se você não entende o que é isso, estou teclando com um robô ou com um anjo (aí sim justifica vc se travestir, pois anjo não tem sexo) e não sabia.

      Sobre o Valdemiro.. aí eu não vou falar nada, vai entender..,

      No mais Clamando (Márcio Collins), pode me criticar à vontade, ser chamado de SATÃ (opositor) do “deus” de vocês (Mamon) é honra para mim. E pare de trair a cabra Carmelita, ela não merece isso. E antes de criticar o próximo, medite nesse texto:

      “Quando também um homem se deitar com um animal, certamente morrerá; e matareis o animal”. – Levítico 20:15.

      Seu relacionamento com a Carmelita, pois mais bonito que seja, é abominação aos olhos de Deus. A Carmelita não pode dizer não, ela não fala, então o seu caso não é consensual, deveria deixá-la livre para ficar com alguém da espécie dela. Medite nisso Clamando (Márcio Collins).

      Deus te abençoe.

        • Fique à vontade Clamando (Márcio Collins), só quero me divertir. Já coloquei minha cota de vídeos do Vai arrebentar essa manhã, não posso abusar para não ser bloqueado, mais tarde eu volto. E medite:

          “Quando também um homem se deitar com um animal, certamente morrerá; e matareis o animal”. – Levítico 20:15.

          Sei que ama a Carmelita, e que na sua idade, sem dinheiro, semianalfabeto, vivendo de pesca nesse seu barquinho velho, é difícil conseguir uma companheira, mas em vez de forçar a Carmelita a isso, poderia comprar uma boneca inflável.

          Grande abraço.

      • Arthur Salomão,

        Tenho que discordar de vc com respeito ao Espírito Santo, se uma pessoa anda segundo a carne (praticando as obras da carne) ela de fato não está andando segundo o Espírito. O Espírito Santo está em nós para nos guiar, nos repreender e nos auxiliar, no entanto não podemos dar as costas ao que Ele nos fala.

        Concordo que as vezes é difícil, como vc mesmo falou, devemos buscar pela oração a orientação dEle. Isso é normal para todo cristão, é uma “luta” constante. Se deixarmos por um momento de seguir a orientação dEle, devemos voltar ao que o Espírito Santo nos orientou ou repreendeu, isso se chama Santificação.

        Não acho que o stardust fez errado com o comunicado, devemos sim perdoar-nos uns aos outros, como Cristo nos ensinou.

        Os que andam segundo a carne não podem agradar a Deus (Rm 8:8), e algumas dessas obras são: ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja (Gl 5:19-21).

        Paulo a bem claro quanto a elas, quem as praticam não herdarão o Reino de Deus.
        Tenhamos cuidado.

        Abraço, Deus te abençoe

        • É verdade JEANN, tenho que concordar com você, em relação ao Espírito Santo. Eu criticava muito as “igrejas-empresas”, mas também parei, porque entendi que o Senhor julgará. Mas parei aos poucos, não foi fácil. Por isso não condeno o STARDUST. Todos nós erramos, e às vezes vamos no sentido errado. Mas Deus nos dá a oportunidade de fazer a Teshuvah (retorno), por isso não repreendo o STARDUST, creio que o mesmo Espírito Santo está cuidando dele, e vai orientá-lo ao Caminho Certo. Ninguém aqui é robô ou anjo, todos em algum momento vamos na direção contrária da indicada pelo Espírito Santo. O próprio pecado é ir na direção errada, errar o alvo estabelecido por Deus para o nosso próprio bem, e todos pecados e carecemos da Graça de Deus. Se eu condeno a falha do STARDUST estou condenando a mim mesmo, com meu próprio julgamento, se um dia eu vier a falhar assim também.

          Eu acho que ele errou no Comunicado, por ter sido muito radical. Ele poderia só ter pedido perdão, não teria ficado tão “feio” o seu retorno. Sabendo que a carne é fraca, não devemos prometer coisas muito radicais, pois podemos voltar a fazer novamente, e nossa palavra fica comprometida. Minha esposa sempre diz: não promete o que não pode cumprir.

          “Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que produzirá o dia” (Pv 27.1).

          “Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece.
          Em lugar do que devíeis dizer: Se o Senhor quiser, e se vivermos, faremos isto ou aquilo”. – Tiago 4:14-15.

        • O problema não é o comunicado.
          NÃO HA NENHUM PROBLEMA COM O COMUNICADO.
          O Problema esta em não cumprir com o comunicado, ou com as suas palavras…

          UMA DAS MAIORES CARACTERÍSTICAS, DO CONVERTIDOS E A HONRA EM SUA PALAVRA.

  18. Sim Star, circuncisão e dizimo são bíblicos.
    Muitos não sabem mais ou até sabem mais não prestam a devida atenção que Jesus quando veio, veio para ser o ultimo sacrifício, então essas coisas de sacrificio e etc… foi banida por ele assim como outras praticas.
    Star não estou lhe criticando, pois muita coisa que escreve esta correto. como o fato da iurd falar mt de $$, sim falam mesmo eu frequento a IURD e sou contra isso, toda reunião de quarta, sexta e domingo falam sobre a palavra de Deus, dps falam em $$, quase tudo gira em torno do Dizimo.
    Quem não assume isso pode ser considerado cego.
    O Vai arrebentar se diz firme com Jesus mais é o que mais julga e chama os outros de perturbados?
    Cado o versículo de Tiago que diz que quem deve julgar é só Deus?

  19. O VELHO TESTAMENTO FOI ABOLIDO?

    Depende o que vc entende por velho testamento. Originalmente, velho testamento significa “velha aliança”, essa velha aliança é referente à lei de moisés, pois Deus fez uma aliança com os israelitas através da lei de moisés:

    “Disse mais o SENHOR a Moisés: Escreve estas palavras, porque, segundo o teor destas palavras, fiz aliança contigo e com Israel.” (Êxodo 34:27)

    essa aliança era EXCLUSIVA de Deus para com o povo de israel, portanto todos os mandamentos da lei de moisés não se referem a nós, inclusive os dez mandamentos. Pessoas que não fossem de israel, os estrangeiros ( gentios ) não eram obrigados a seguir a lei, mas caso por iniciativa própria quisessem participar da aliança , teriam de se circuncidar:

    ” Porém, se algum estrangeiro se hospedar contigo e quiser celebrar a Páscoa do SENHOR, seja-lhe circuncidado todo macho; e, então, se chegará, e a observará, e será como o natural da terra; mas nenhum incircunciso comerá dela.” (Êxodo 12:48)

    Mas nós que somos cristãos NÃO SEGUIMOS A VELHA ALIANÇA, e sim a nova aliança em Cristo Jesus.

    ” pois não estais debaixo da lei, e sim da graça.” (Romanos 6:14b)

    É necessário deixar claro algumas coisas:

    1°- o velho testamento que vemos na bíblia em sua maior parte está inserido na lei de moisés, que não tem validade para nós cristãos, por isso uma dica muito importante é nunca tomar algo que está mencionado no velho testamento como algo para nós, sem lermos o contexto do novo testamento. Ou seja, o velho testamento deve estar em concordancia com o novo testamento para servir de preceito para os cristãos.

    Exemplo: no velho testamento há a seguinte recomendação:

    ” Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; é abominação ” (Levítico 18:22)

    E no novo testamento temos a confirmação da manutenção dessa recomendação:

    ” semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro.” (Romanos 1:27)

    Ou seja, na lei de moisés, o homossexualismo era condenável e no novo testamento vemos a manutenção dessa condenação.

    Agora um exemplo de coisa que não devemos observar:

    NO VELHO TESTAMENTO ESTÁ ESCRITO:

    ” Portanto, guardareis o sábado, porque é santo para vós outros; aquele que o profanar morrerá; pois qualquer que nele fizer alguma obra será eliminado do meio do seu povo ” (Êxodo 31:14 )

    MAS NO NOVO TESTAMENTO VEMOS OUTRA RECOMENDAÇÃO:

    ” Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,” (Colossenses 2:16)

    portanto, a guarda do sábado não tem nada a ver com mandamento para os cristãos.

    2° – o novo testamento não começa na folha branca entre malaquias e mateus… o novo testamento, a nova aliança em Cristo começa com o Sacrifício de Cristo na cruz.

    ” Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador. Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive?Por isso também o primeiro não foi consagrado sem sangue;” (hebreus 9:16-18)

    A lei ( velho testamento, velha aliança ) só se encerrou na cruz:

    “tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz” (Colossenses 2:14)

    Jesus enquanto esteve fisicamente entre nós estava debaixo da lei de moisés ( gálatas 4:4), e como a lei de moisés ainda estava em vigor, Ele veio para cumpri-la (mateus 5:17-18). Quando Ele finalmente foi crucificado, a lei de moisés estava cumprida:

    ” Quando, pois, Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado! E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito.” (João 19:30)

    PORTANTO OS CRISTÃOS PODEM SIM LER E MEDITAR NO VELHO TESTAMENTO DA BÍBLIA, MAS É NECESSÁRIO SEMPRE TER EM MENTE QUE O VELHO TESTAMENTO DEVE SER CONSIDERADO EM CONCORDANCIA COM O NOVO TESTAMENTO.

    • stardus, vc e suas heresias.

      Caim matou Abel e foi condenado, já existia a Lei não matarás? e pq Deus disse q o pecado batia à porta dele? q lei Deus usou para condená-lo? deus disse q os pecados dos amorreus estava demais, pecado é errar o alvo, que alvo os amorreus estavam errando, se não existia Lei, e se não tinham obrigação de seguir a Lei? que pecados os habitantes de Sodoma e Gomorra cometeram? não existia Lei, dizem q cometeram homossexualismo, mas ainda não existia Levítico, então, pq Deus os considerou pecadores, se ainda não existia Lei? E nínive stadus? e as condenações de deus à Etiópia e outras nações q não faziam parte de Israel, e não seguiam a Lei?

      se é tão bom, responda essas questões. como Deus condenou pessoas q não estavam debaixo da Lei? eles não tinham a Lei para saber o q era ou não pecado, pq foram condenados como pecadores?

      • Acho que como muita gente não sabe ou não entende o que são de fato as leis, devemos entender primeiro que a bíblia refere-se a dois tipos de leis:

        1) lei de Deus (também chamada na bíblia de lei da liberdade, lei perfeita, lei real ou lei da fé). Nessa lei consiste os princípios morais e éticos, dados pelos 10 mandamentos. Alguns textos que a citam:

        – “E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom” Romanos 7:12
        – “Porque segundo o homem tenho prazer na lei de Deus” Romanos 7:22
        – “Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus”
        Romanos 7:25
        – “Falem e ajam como quem vai ser julgado pela lei da liberdade” Tiago 2:12
        – “Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer” Tiago 1:25

        Veja bem, a lei de Deus não nos dá a salvação, ela nos dá o conhecimento do pecado (Romanos 3:20), e por meio de Jesus a salvação. De fato, é a lei que nos dá o conhecimento do pecado, se não houvesse mais lei, não haveria mais pecado. Paulo mesmo reafirma a lei da fé em Romanos 3:27-31.

        2) lei de Moisés (também chamada na bíblia de livro da lei, livro de moisés, livro da aliança). Nessa lei são de fato as leis e ordenanças dados por Deus e escritas num livro por Moisés aos israelitas.

        A lei de Deus foi escrita em pedras, e colocada dentro da arca, simbolizando eternidade, já a lei de Moisés foi escrita em livros, colocada ao lado da arca. O livro de Moisés foi riscado (Colossenses 2:16).

        Resumindo, o Antigo Testamento não resume-se apenas as leis, mas também os profetas (tratam inclusive de eventos dos fins dos tempos), fatos históricos, salmos, provérbios, etc. como o Arthur Salomão citou antes.

        O que foi abolido de fato é apenas as leis e ordenanças de Moisés.

        • Jeann, como sempre muito sábio.

          deus tem princípios, que acredito terem sido passados desde Adão, e estão na nossa própria consciência, pq somos imagem e semelhança dele.

          sodoma e gomorra foram condenadas como cidades cheias de pecados, mas não existia a Lei de Moisés, como então, eles podiam ser acusados de pecados? e se a Lei só valia para Israel, como diz a jussara cesta básica, como Deus condenou Nínive, conforme o livro de Jonas? eles não eram israelitas, mas estavam sendo classificados como pecadores a tal ponto de Deus profetizar sua destruição. é óbvio q matar, não exercer hospitalidade, oprimir o pobre, sempre foram coisas abomináveis para Deus, independente do povo ser de Israel e seguir a Lei de Moisés.

          a lei serve, como vc disse, para nos dar conhecimento do pecado. a lei é justiça, a graça é amor. a lei não é válida? o livro de hebreus diz q Jesus é Sumo Sacerdote á maneira de Melquisedeque, e seu sacrifício é o sacrifício expiatório por todos nós, tudo isso está na lei. somos perdoados se também perdoarmos os pecados do nosso próximo, isso é a lei do talião, olho por olho e dente por dente. se a lei não fosse válida, para nos expor como pecadores, não precisaríamos de Jesus Cristo.

          q idéia dessa jussara cesta básica.

          • A lei só tinha validade para israel, isso a bíblia afirma categoricamente:

            “Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe PARA TODO O ISRAEL, a saber, estatutos e juízos.”

            a LEI veio por intermédio de moisés, por isso se chamar de “lei de moisés”, mas a graça veio por intermédio de Cristo:

            “Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.” (joão 1:17)

            se a bíblia afirma que a lei veio por intermédio de moisés, para ISRAEL, quem é vc , edy mancebo para afirmar o contrário?

            A lei não é para nós:

            ” pois não estais debaixo da lei, e sim da graça.” (Romanos 6:14b)

            Agora fica uma dica para quem insiste em seguir a lei:

            “De Cristo vos desligastes, vós que procurais justificar-vos na lei; da graça decaístes.” (Gálatas 5:4)

          • stardus, ninguém se justifica pela Lei, isso é óbvio. mas Paulo deixa bem claro q pela Lei conhecemos o pecado.

            me responda sabichona jussara cesta básica, pq Nínive foi condenada? pq Sodoma e Gomorra foram condenadas como pecadoras, se não tinha nem Jesus e nem Lei? me explica aí.

          • Edy mancebo

            Existe uma coisa chamada consciencia… por exemplo, uma criança sabe que é correto um homem e uma mulher se unirem, mesmo antes de ler isso na bíblia.

            A menção que homossexualismo era pecado abominável na lei, foi somente para deixar mais claro esse aspecto.

            Da mesma forma, uma criança sabe que não é certo roubar, antes mesmo que os pais ensinem isso… isso se chama consciencia. Os habitantes dessas cidades sabiam por suas consciencias que o homossexualismo era um erro, mas insistiam nele.

            Até pq, desde o inicio o Senhor disse:

            “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.” (Gênesis 2:24)

            logo, a concepção de que homem e mulher deveriam se unir, está explicita desde o éden.

          • jussara cesta básica, então é só para Israel? leia com atenção.

            “Eis que dias vêm, diz o Senhor, em que farei uma aliança nova com a CASA DE ISRAEL e com a CASA DE JUDÁ (então vc está fora dessa nova aliança jussara? ora, pq é para a Casa de Israel e de Judá).

            Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito (A velha aliança); porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o Senhor.

            Mas esta é a aliança que farei com a CASA DE ISRAEL (então vc está fora heim jussara) depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. (a lei vai ser inscrita no coração dos homens, quando recebemos o Espírito Santo por intermédio da fé em Jesus, e não abolida). – Jeremias 31:31-33.

            ou seja, o q antes fazíamos como obrigação, ordenanças, agora faremos por amor. mas vc está fora jussara, o messias não veio para te resgatar, afinal, as promessas do messias eram todas para ISRAEL.

            mas como vc não quer contribuir com a igreja e ainda quer desfrutar de cestas básicas e dos trízimos, vc só quer as promessas de Israel.

          • Edy mancebo

            Vejo que vc tem recebido ajuda, e seus textos tem melhorado de conteudo, apresentando novos conceitos, porém ainda assim esbarram em detalhes bíblicos, que podem passar despercebidos para quem não estudou a bíblia:

            No inicio da nação de israel, a terra prometida foi dividida em 12 tribos, posteriormente, houve uma separação de 2 tribos que formaram o reino de judá ( as duas tribos que formaram esse reino foram a tribo de judá e benjamim), enquanto as 10 restantes continuaram a ser o reino de israel.

            a capital do reino de israel era samaria, enquanto a capital do reino de judá era jerusalém. Era comum um reino entrar em conflito com o outro, apesar de originalmente ambos serem detentores da mesma origem e promessas.

            Ambos os reinos, foram invadidos e seus habitantes em sua maioria levados cativos ( a tribo de israel para a assíria, a de judá para a babilonia), porém enquanto o reino de israel se diluiu e se desintegrou, os do reino de judá no cativeiro na babilonia, após cerca de 70 anos de exilio, tiveram autorização para retornar à sua terra.

            Mais uma vez, é valido lembrar que o reino de judá era formado por 2 tribos, a de judá e a de benjamim. Sua capital, era jerusalém… como a tribo de judá era mais numerosa, se designou o termo judeus.

            Jesus era da tribo de judá (Hebreus 7:14), enquanto o apóstolo Paulo era da tribo de benjamim (Romanos 11:1), ambos eram da “casa de judá”.

            É valido lembrar também, que mesmo sendo do reino de judá, os mesmos eram considerados como igualmente detentores das promessas feitas a israel:

            “Pergunto, pois: terá Deus, porventura, rejeitado o seu povo? De modo nenhum! Porque eu também sou israelita da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.” (Romanos 11:1)

            portanto, as promessas relacionadas aos de israel, valem tanto para ” CASA DE ISRAEL e com a CASA DE JUDÁ”

            Ambos são descendentes de abraão, portanto tinham de cumprir a lei de moisés pois Ambos são a nação de israel originalmente criada por Deus.

          • Edy Mancebo, eh isso aí mesmo,

            É simples, pela lei se conhece o pecado, logo, se não houvesse mais lei, não haveria mais pecado.

            Paulo diz bem claro também que ele segue a lei de Deus:

            “Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus” Romanos 7:25

            Abração, Deus te abençoe

          • obrigado stardus, mas essa história de casa de israel e judá não colou. as promessas foram feitas realmente para os descendentes de Abraão, independentes de eles terem se dividido ou não. mas segundo vc, não valiam para quem estava fora da Casa de Israel. ora, vc mesma não disse q a Lei era só para a Casa de Israel? então, as promessas foram dirigidas para a descendência de Abraão, e não para os de fora.

            mas segundo o apóstolo Paulo, nós fomos enxertados na videira de Israel por intermédio de Cristo, e por intermédio de Jesus herdamos as promessas de Israel. mas vc diz q não. a nova aliança fora prometida para Israel, e não significava a abolição da Lei, mas uma nova aliança mais perfeita, o aperfeiçoamento da primeira. jesus mesmo disse isso, que não veio revogar a lei, mas cumpri-la, aperfeiçoa-la. disse q nossa justiça deve superar a dos fariseus. se antes cometer adultério era pecado, agora só desejar a mulher já é pecado. se antes matar era pecado, agora só odiar o irmão já é considerado pecado. se antes tinha a lei do divórcio, agora Jesus disse q o q Deus uniu não separe o homem. se antes os israelitas dedicavam um dia inteiramente para Deus (sábado), jesus deu exemplo de viver todos os dias para Deus. se antes 10% da sua renda era para deus, os apóstolos dividiam tudo q tinham entre si e ajudavam os necessitados. se antes o sacerdócio era segundo a carne (tribo de levi), agora o sacerdócio é superior, com um sumo sacerdote que vive eternamente. se antes sacrificávamos animais, agora temos um sacrifício muito superior, para expiação de toda a humanidade (Jesus Cristo). se antes tínhamos q adorar no lugar designado por deus, no templo sagrado, agora continuamos adorando no lugar designado, no templo, mas esse passou a ser o coração do homem, nós somos o templo do Espírito Santo, então se antes prestávamos culto em um lugar físico, agora adoramos em espírito e verdade, e como o templo era todo dedicado à santidade, a adoração, a deus, agora nossos corpos devem ser dedicados à santidade, adoração e a deus, pois somos templos mais perfeitos que o antigo, portanto, se peca contra seu corpo, peca contra a habitação do espírito santo. se antes era olho por olho e dente por dente, agora continua sendo. se vc recebeu uma misericórdia imerecida da parte de Deus, um perdão de uma dívida que vc nunca poderia pagar, agora é olho por olho e dente por dente, vc também tem q exercer misericórdia com seu próximo, tem q perdoar para ser perdoado, ou na lei do talião (olho por olho e dente por dente) será lançado na prisão até q pague o último centavo, se não perdoar uma dívida infinitamente melhor da que lhe foi perdoada (lembra da parábola, do devedor q foi perdoado pelo rei, e não perdoou uma dívida bem menor?).

            e por aí vai stardus. conforme vê, a lei foi aperfeiçoada, e ela não é mais escrita em pedra, mas inscrita no coração de todo aquele que crê, ela é inserida dentro do seu coração quando recebe o Espírito Santo. essa foi a profecia de Jeremias, para a nova aliança, repetida por paulo em hebreus, para a Casa de Israel, e extendida a todos que crêem em Jesus, e se inserem nas promessas de Israel por intermédio da fé em Jesus.

            isso é embasado pelos profetas, por Jesus, no livro de Atos, e em uma interpretação certa dos escritos de Paulo.

            veja stardus:

            .”..como igualmente o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada, ao falar acerca destes assuntos, como, de fato, costuma fazer em todas as suas epístolas, nas quais há certas cousas difíceis de entender, que os ignorantes e instáveis deturpam…” (2 Pedro 3:15b – 16 ARA).

            o próprio apóstolo Pedro diz q há coisas difíceis de entender nas cartas de Paulo. vc não pode ler as cartas de Paulo isoladas e interpretá-las, mas a sua interpretação deve estar em harmonia com os evangelhos, a lei e os profetas.

            a teoria de que a nova aliança substituiu a primeira, visto q a primeira fracassou pela incapacidade dos homens em cumpri-la, e q essa nova aliança não significa a revogação da lei, mas a revogação da lei em forma de ordenanças, sendo ela inscrita em nossos corações (conforme profecia de Jeremias), com a infusão do Espírito Santo (conforme profecia), aperfeiçoada (segundo os evangelhos), encontra embasamento na lei, nos profetas e no evangelho.

            agora, vc pega um texto isolado de paulo e interpreta, sem embasamento na lei, nos profetas e nos evangelhos? se não, onde jesus cristo cita q a lei seria abolida, revogada? o único embasamento é para o aperfeiçoamento dela, e não a revogação. de fato, nossa justiça deve SUPERAR a dos fariseus que cumpriam rigorosamente a lei, logo, nossa lei é mais perfeita, pq é espiritual, e não está escrita em tábuas, mas em nossos corações.

          • edy mancebo

            tanto os “da casa de israel” como “da cada de Judá” eram israelitas. Eram descendentes de abraão.

            Seu enorme texto não adiantou nada, perdeu seu tempo.

          • no entanto, deve-se deixar bem claro, q ninguém é justificado por obras ou pela lei. somos justificados pela fé, e somos salvos pela Graça.

            o problema q as pessoas não entendem, é a questão da causa e efeito. a fé sem obras é morta. o q isso significa? qualquer um pode falar da boca pra fora q tem fé, ou mesmo se enganar acerca da sua fé, como o fariseu q jejuava, batia no peito orgulhoso q dava o dízimo de tudo, e q não pecava, mas não foi justificado.

            a fé, a graça, é a causa, as obras são o efeito. as obras são a luz emitida da lâmpada. são a irradiação da graça que recebemos. por isso, quem diz ter fé, e não tem obras, simplesmente não tem fé. não pq as obras justificam, mas pq a fé e a graça produzem bons frutos. fé sem obras é como uma figueira q não dá frutos.

            são, como o jeann disse, os frutos do Espírito Santo. quem tem o Espírito Santo, produz os frutos do Espírito Santo, e quem está na carne, produz frutos da carne. não são os frutos q justificam, mas os frutos são o efeito, de onde vc está plantado (em Deus ou no mundo).

            somos salvos pela Graça, pela misericórdia imerecida que recebemos da parte de nosso Deus e Pai, pelo sacrifício de amor de nosso senhor Jesus Cristo, pela fé q depositamos em jesus como nosso salvador e mediador da nossa reconciliação com Deus, mas todo esse amor deve produzir bons frutos, e por isso iremos superar a justiça dos fariseus, pq antes o reino de deus era tomado à força, agora Cristo vive em nós, e somos capazes de produzir os frutos do Espírito Santo, de cumprir uma lei mais perfeita.

          • stardus, exatamente, todos eram descendentes de Abraão, e as promessas foram dirigidas a eles. é isso que eu quero dizer. assim como vc argumenta q a Lei era para os israelitas, eu argumento também q as promessas eram para os descendentes de Abraão. mas parece q vc está sendo beneficiado pelas promessas não? entendeu agora?

          • edy mancebo

            entendi agora. entendi que vc está fazendo outra confusão.

            As promessas de Deus à abraão é uma coisa, a lei que Deus deu à moisés é outra.

          • resumo stardus:

            1 – como vc é sempre incoerente no que diz (critica a IURD mas apóia a IMPD), não é de se espantar. vc argumenta q a lei era somente para a Casa de Israel, mas é incoerente, quando recebe as promessas q também eram para os descendentes de Abraão.

            2 – a lei foi aperfeiçoada, a nova aliança significa o aperfeiçoamento da lei, a revogação da lei em forma de ordenanças, a quebra da maldição da lei, e a lei escrita no coração dos homens, com o Espírito Santo, mediante a fé em Jesus Cristo, pela qual somos inseridos nas promessas de Israel. isso é embasado na interpretação das cartas de Paulo baseada nas profecias, e nos evangelhos.

            primeiro, se a Lei era para Israel, as promessas também eram rigorosamente voltadas para os descendentes de Israel. e onde há brecha de q essas promessas poderiam ser estendidas para nós? quando Deus diz q por meio de Abraão, todas as famílias da terra seriam beneficiadas. e somos, quando através de Jesus Cristo, somos enxertados da videira de Israel. ve, como até isso tem embasamento?

            agora, qual o embasamento na lei, nos profetas e evangelho para a sua interpretação das cartas de Paulo, de q a lei foi revogada? e como vc quer só as promessas de Israel?

          • edy mancebo/stardust,

            Acho que vcs estão falando de coisas diferentes no que se refere ao contexto das leis.

            1) O stardust falou a respeito da consciência, dando um exemplo de um criança saber o que é certo e o que é errado. Isso é verdade, mas o motivo disso é que a lei de Deus está em nós, foi escrita em nossos corações, esta é a lei de Deus a qual não foi abolida. “Porei minhas leis em suas mentes e as escreverei em seus corações. Serei o Deus deles, e eles serão o meu povo” Hebreus 8:10, está é a nova aliança, Deus ratifica sua lei.

            2) O que de fato foi abolido foram as ordenanças mosaicas pois foi tornada inutil com o sacrifício de Jesus na cruz para remissão de pecados, a lei de Deus foi aperfeiçoada por Jesus. A lei de Moisés nos dá conhecimento do pecado, mas quem tira o pecado é Jesus, Deus quis que nós entendêssemos isso.

            3) A respeito de Israel, fomos de fato “enxertados”, Jesus é o “cordeiro pascal” (1 Co 5:7) o que eliminou o pecado do mundo e não apenas de Israel, Paulo explica sobre a videira de Israel. Se não fosse dessa forma a salvação seria apenas aos israelitas e não extendida a nós.

            Temos que ter o cuidado quando se lê principalmente as cartas de Paulo, ele fala das leis, tanto da lei de Deus/lei da liberdade, quanto das leis mosaicas. Existe essa distinção.

            Note, aqui ele chama a lei da liberdade de perfeita: “Aquele, porém, que atenta bem para a LEI PERFEITA DA LIBERDADE, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecediço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito” Tiago 1:25, também em Sl 19:7.

            E aqui Paulo fala que a lei de Moisés (ou antiga aliança) é imperfeita: “Pois se aquela primeira aliança fosse perfeita, não seria necessário procurar lugar para outra” Hebreus 8:7

            Esse é outro exemplo claro de que se está falando de coisas diferentes.
            Tenhamos isso em mente.

          • jeann, a jussara não aceita, ela só quer receber. jussara, por acaso israel é descendente de quem? de abraão, a promessa foi feita a ele, e reafirmada para isaque e jacó, para essa descendência, da qual vc está fora. se não aceita como o jeann disse, q fomos enxertados por meio do cordeiro pascal q é cristo, fique fora das promessas também, inclusive das promessas do Messias.

            jeann, de tudo só não concordo q a lei era imperfeita. isso é impossível, pq a lei foi dada por Deus a Moisés, como Deus poderia dar uma lei imperfeita, sendo ele perfeito?

            o q foi imperfeita foi a velha aliança, não a Lei em si, q é santa, justa e boa.

            “a lei do Senhor é perfeita” (Sl 19.7)

            E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom.
            Logo tornou-se-me o bom em morte? De modo nenhum; mas o pecado, para que se mostrasse pecado, operou em mim a morte pelo bem; a fim de que pelo mandamento o pecado se fizesse excessivamente maligno.
            Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. – Romanos 7:12-14

            pq a velha aliança foi imperfeita? leia o livro de hebreus, e a promessa de Jeremias, e verá q a velha aliança foi imperfeita pq os israelitas não a cumpriram. a lei é espiritual, mas o homem é carnal. se uma das partes rompe com a aliança, ela se torna imperfeita, a aliança é quebrada. mas a aliança não foi quebrada por parte de Deus, ele sempre se mantém fiel, apesar da infelidade dos homens. a aliança foi quebrada pelos homens, por isso a velha aliança era imperfeita, pela incapacidade dos homens em cumprir plenamente a lei (só Jesus Cristo pode). por isso, a lei que era para a vida, se tornou instrumento de morte para os homens.

            ou seja, a lei é perfeita, pois procede de Deus. a incapacidade do homem em cumprir a lei perfeita, torna obsoleta a velha aliança, pois ela só condenava o homem. de fato, a lei serviu para nos mostrar o quão imperfeitos somos diante de Deus, e o quanto carecemos da sua Graça.

            em Cristo, estamos livres do pecado. a nova aliança é perfeita, pq salva. antes, a velha aliança era imperfeita, pq uma das partes não podia cumpri-la (os homens). agora é perfeita, pq não são as nossas obras que nos justificam, mas nossa fé em Jesus Cristo, ele é quem cumpriu a lei por nós, ele não rompeu a aliança, e sempre se manterá fiel, nenhuma das partes rompe a aliança, ela é perfeita.

          • Edy Mancebo,

            Me desculpe, não expliquei mais detalhadamente o final sobre a lei ser perfeita/imperfeita.

            Paulo muitas vezes trata em suas cartas a antiga aliança como “lei de Moisés” ou “livro da lei”, o que na verdade são as ordenanças dadas a Moisés, a antiga aliança feita com os israelitas. Veja Gl 3:10, Hb 10:28, I Co 9:9, há inúmeros textos que falam da “lei de Moisés” ou “livro da lei”, essa é de fato a Antiga Aliança.

            É aí que entra a confusão que todo mundo faz, as vezes Paulo trata apenas como “lei”, mas no contexto do texto vemos a que se refere, a lei de Deus (perfeita) ou a lei de Moisés (ordenanças, essas imperfeitas). Muita gente trata como sendo apenas uma “lei” e confundindo o que está escrito por Paulo.

            A lei de Deus de fato é perfeita, no entanto, a lei de Moisés (as ordenanças dadas a ele ou ainda, a antiga aliança) essa sim é imperfeita. É a isto que estava me referindo anteriormente para termos cuidado, quando Paulo se refere a “lei”, as vezes é a lei de Moisés (antiga aliança) e as vezes a perfeita lei de Deus.

            Espero que ficou um pouco mais claro…

            Ahh, e a respeito a aliança “com a casa de Israel” (Hb 8:8), está se referindo a Nova Aliança mesmo, na qual fomos “enxertados”, e por meio dessa temos a Salvação em Cristo. Não é apenas as tribos de Judá e Benjamim, senão somente eles seriam salvos por Cristo. Temos que ler Hebreus 8 inteiro, não um versículo isoladamente.

            Abração, Deus te abençoe

          • ainda bem que tem alguns com entendimento, mas além disso, humildade, paciência e bom coração como vc jeann. deu para entender tudo sim. obrigado.

      • E preciso de leis para entender o que é certo e errado? Os Sodomitas por exemplo será que não eram advertidos pelos pais sobre esta ´prática? Veja em Romanos, cap. 2, onde Paulo diz que os que não tem lei, serão julgados pela consciencia. De repente eu não conheço lei nenhuma, mas, como negar que espancar o próximo não é pecado, não é errado porque não existe uma lei escrita que me proíbe? Pode não existir lei escrita no papel ou na pedra, mas, ela está escrita no meu coração. Cabe a mim obedecer ou não.

  20. Não deu certo. A PL 122 foi pro brejo com o apensamento ao projeto do código penal brasileiro. Deus é muito mais poderoso que qualquer presidente de qualquer país. Deus enterrou de vez as aspirações à implantação da ditadura gay do PT.

  21. Se todos que seguem cristo se unirem, independente da religião, o Brasil chuta estes comunistas do capeta do poder na próxima eleição. Fora petralhas e toda a corja de psol, pstu e comunas em geral.

  22. tem gente ai falando que PMDB, PSDB são partidos de esquerda, vamos estudar política antes de ficar falando besteira, os gays são cerca de 10% da população brasileira, portanto, 10% dos impostos pagos para o país, portando, cidadãos como eu e vocês. Eles precisam ter seus direitos sim. Agora a questão religiosa, vocês que querem impor, a bíblia é clara, livre arbítrio, segue quem quer.

DEIXE UMA RESPOSTA