Esportes

Atacante realiza o sonho de fazer a “bicicleta de Deus”

Comments (16)
  1. Aarão disse:

    bicicleta de deus?!?! HAUHAUAH

  2. Carlos Roberto disse:

    Tais brincando!!!!!
    Depois dizem que eu sou crítico. Fazer o que? O sujeito fala uma besteira desta e depois não quer ouvir. É esse evangelho MEDÍOCRE que nós estamos tendo que engolir, onde, se é para Deus, qualquer coisa é válido. Conta outra!!!
    É isto que as autoridades evangélicas, se é que podemos definí-las assim, estão ensinando aos seus fiéis, façam qualquer coisa, mas façam para Deus.

    As igreja ergueram tantos andaimes religiosos como vigilias, jesuns, dietas, descarrego, encosto, autoflagelação, templos, estádios, MARCHAS, mas a distância entre o ser humano e Deus permanece tão vasta como sempre foi. Deus não precisa de gol, e este camarada precisa sim, de vergonha na cara e um pouco de respeito ao tratar das coisas Sagradas.

    Deus quer o nosso coração e não o nosso gol!!!

    Carlos Roberto
    crms2casa@hotmail.com

  3. Ivan disse:

    E o coitado do goleiro perdeu a chance de fazer uma “defesa de Deus”.

  4. JOELINE disse:

    É MARAVILHOSO SABER QUE PESSOAS COMO WILLIAN RECONHECEM EM SUA VIDA QUE TODO O NOSSO SUCESSO VEM DO SENHOR.COMO ELE DEVEMOS HONRAR O NOSSO DEUS EM NOSSA PROFISSÃO, NO ESTUDO ENFIM EM TUDO.TODA HONRA E TODA GLÓRIA SEJAM AO SENHOR JESUS.POIS NELE ESTÁ A PLENITUDE DE TODO O NOSSO EXISTIR.

  5. laerte disse:

    tudo é possível a quem crer. creia voce tambem e DEUS agirá.

  6. Missionária Delair disse:

    Que Deus continue abençoando esse jogador! Ele só fez glorificar o nome de Deus na sua profissão, ou seja, no seu trabalho. E o que vale é a intenção do coração dele. Creio que Jesus, que esquadrinha os corações, conhece a fé desse rapaz!

    Atos 1:8
    …e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.

    Ou seja, em todo lugar!

    I Coríntios 10:31
    31 Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.

    I Reis 2:3
    3 E guarda a ordenança do SENHOR teu Deus, para andares nos seus caminhos, e para guardares os seus estatutos, e os seus mandamentos, e os seus juízos, e os seus testemunhos, como está escrito na lei de Moisés; para que prosperes em tudo quanto fizeres, e para onde quer que fores.

    Que Deus abençoe esses que proclamam o Nome de Jesus mesmo sendo criticados e perseguidos! Não importa, o galardão vem é do alto!

    -Mateus 5:9
    9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;

    Que Deus abençoe todos nós! Que sejamos todos árvores frutíferas na Obra do Senhor!
    A Paz do Senhor Jesus a todos!!!!

    http://libertadordeisrael.blogspot.com

  7. Ane disse:

    bom, elel orou para que Deus pudesse dar a capacidade para ele fazer esse gol. E ele carinhosamente chamou assim em agradecimento a Deus. Não tem porque criticá-lo.

  8. reginaldo disse:

    nao tive como ,eu tentei mais nao consegui.tinha que falar algo ,eu le dois comentarios ,criticas incriveis a algo tao lindo ,pequeno ,mesmo quea pessoa nao tivesse feliz pelo gol em si ,agradecendo por ser um jogador,pela saude,pela sorte,o senhor nos ensina ,tudo ai graças ,entao pessoas tao nfelizes com a felicidade dos outros como e isso ,a maior causa de pessoas com problemas sao essas cobrao ,tanto qe deus tambem vai cobrar com mesma medida ,se o jogador estiver falando a verdade ele vai ser cda vezz mais feliz ,e vcs que nao conhece nem seus proprios coraçoes e melhor orar ,e ficar calado ,critica prostituta,traficante,ladroes ,boiolas,heresias,ate vai lar mais um trabalhdor ,

  9. jeferson disse:

    A Carlos Roberto,vai dormir cara,voce é muito chato,tudo pra voce é mediocre,tudo não presta,acho que o mediocre mesmo é você.Vai se converter e para de reclamar.

    É isso ai Willian ex-jogador do coxa que faz gol de magrela em cima do atletiquinho….tem todo o meu apoio heheheh

  10. Carlos Roberto disse:

    Meu caro Jeferson,

    Prefiro ser chato, aser redondo e ficar por aí rolando pelas vielas da vida espiritual, mendigando bençãos aos mercenários da fé. Mediocre é a sua capacidade de contra-argumentar, é a sua falta de consist~encia e a sua falta de preparo para trartar das coisas conscernetes ao Reino de Deus. Eu não brinco de esconde esconde com Deus…

    Eu entendo a sua revolta, entendo a sua indignação e a sua perturbação, são coisas da mediocridade religiosa que assola o Brasil. Potanto, não fique triste, você é apenas mais uma vítima do sistema religioso que abandonou a “DEMOCRACIA” e adotou a “DEMÔNIOCRACIA” ou a “BISPOCRACIA” como prática religiosa. Quem está acostumado com “curral de bode”, não consegue enxergar que há um “REDIL DE OVELHAS”, onde não há trapaças ou enganos quanto ao trato com a fé.

    Vou recomendar a você a leitura do livro do Sábio “Salomão”, el fala com propriedade sobre algo que está faltando em você: “S A B E D O R I A”. Ele é especialista no assunto. Com certeza, se os evangélicos observasse apenas o que está contido ali, nõs não teríamos tanstas bobagens sendo praticasdas em nome de Deus por ai.

    Mas, como o povo evangélico é preguiçoso e só sabe repetir o que o Bispo ou o Apóstolo falam…

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@hotmail.com

  11. jack disse:

    tem é um monte d religioso loko.
    por isso ki as vezes nós crentes recebemos muitas criticas.
    nem m vem com essa historia d dizer ki somos perseguidos por causa do nome de Deus, mas sim pq existe uns tolos ki nao consegue diferenciar profissionalismo d fé, ess palhaço chega ao extremo .
    afffffzzz
    agradecer é uma coisa, mas bicicleta de Deus é o cumulo cara!
    kkkkkkkkkkk
    E o coitado do goleiro perdeu a chance de fazer uma defesa de Deus(2)
    kkk
    daki uns dias surge grito de olé de Deus
    torcida futebolisticas de Deus,
    e e e e e e …..

  12. jeferson disse:

    Meu Caro Carlos,voce não me conhece portanto não sabe qual igreja frequento e e qual minha intimidade com Deus, e sim ja li o livro de salomão que fala da SABEDORIA esse livro chama-se Eclesiastes para quem não conhece,e vejo que a sabedoria falta a voce,em controlar a lingua (dedo) ao falar das coisas do Espirito,pois vejo em voce uma pessoa mais preocupada em costumes do que no reino espiritual,pois quando voce cobra principalmente o louvor, o que vejo em voce é uma profunda critica as letras das musicas dizendo que não tem inspiração divina….quem garante que não tem???e sobre o jogador do gol de bicicleta???voce prefiria que ele falasse que era uma bicicleta do demo??? quando ele falou que era a bicleta de Deus,ele não quis dizer que voce pode fazer qualquer coisa para Deus,mas que em tudo voce deve dar Gloria a Deus. Portanto meu caro Carlos não o conheço e nem tenho a pretenção de tal ato,portanto não sei se é ou não mediocre,mas os seus comentários o são.

    atenciosamente.

  13. Ane disse:

    Carlos Roberto. Creio que vc é um tremendo de um satanista!

  14. Carlos Roberto disse:

    Meu caro Jeferson,
    Te pegeui, ou melhor, você se entregou de bandeija.

    Desculpe, mas você demonstrou toda a sua falta de INTIMIDADE e de CONHECIMENTO da Bíblia. Você quase acertou no seu “CHUTE”, e me refiro a PROVÉRBIOS… Mas, é assim mesmo, uns ouvem o galo cantar, não sabem onde,e sai anunciando…Ò goldo sujeito é o famoso “para Deus, qualquer coisa serve”, até um gol… Quanta mediocridade religiosa, quanta HERESIA, quanta falta de discernimento das Escrituras… Tem muita gente confundindo “Espirito de Porco” com o “Espirito Santo” e isto tá causando disturbios na fé.

    Vai ai um texto pequeno sobre práticas e costumes, muito interesante.

    Cuidado!
    LEGALISMO MATA – SERÁ?
    AOS CRÍTICOS DO CONSERVADORISMO RELIGIOSO

    Se ser exigente com os princípios que regem a fé e as práticas religiosas é LEGALISMO, eu faço esta escolha sem medo de estar me colocando no mesmo patamar dos Fariseus. Existem aspectos importantes dentro do tema que não podem ser abandonados, mas que foram desprezados pelos defensores da liberdade religiosa pregada nos quatro cantos do universo. A distância entre o coração e a mente é muito pequena biologicamente falando, mas no âmbito espiritual esta torna-se kilométrica. Muitos tratam o coração sem relacioná-lo com a mente ou cérebro, esquecendo que um depende diretamente do outro no que diz respeito à vida espiritual.

    A grande questão é que tem muita gente esperta, usando a desculpa de “não querer” ser legalista para liberar geral. Preferem a libertinagem espiritual a terem que mostrar qualquer objeção aos conceitos modernos de religião. Acendem uma vela para Deus e outra para o Diabo e tudo bem! Uns buscam uma religião “LIGHT”, outros “DIET”, pois não estão dispostos a pagar o preço real por uma vida comprometida de verdade com os valores expressos nas Escrituras. O “crucificado eu já estou com Cristo” não faz sentido, pois ele já pagou o preço e me deu liberdade TOTAL, argumentam os anti-legalismo.

    Vivemos um momento muito perigoso, onde o cristianismo relaxado domina, onde ninguém quer se opor a nada e tudo é permitido. Deixamos de olhar para Jesus Cristo como padrão, e passamos a adotar conceitos de homens que não têm qualquer intimidade com Deus, outros que visam apenas os seus interesses.

    A religião foi literalmente banalizada, e em nome de avanços tecnológicos, culturais e sociais os homens acharam mais conveniente adaptar a fé a estes conceitos do que abraçar a causa de fortalecê-los sobre o fundamento sólido, Cristo Jesus.

    É certo que a moderação é o melhor caminho, mas daí a atrelar com mundo em alianças escusas que comprometem o exercício da fé é outra conversa. Em nome da liberdade religiosa, tem muita gente falando e fazendo bobagem; pregando heresias que atropelam e ofuscam a beleza do Evangelho, levando o mesmo ao descrédito total como vemos hoje.

    Falamos de Jesus, confessamos que o adotamos como padrão para as nossas vidas, no entanto não estamos dispostos a praticar na sua profundidade, nem na sua extensão aquilo que ele praticou. O lado fácil da vida de Jesus nos interessa, assim usamos a desculpa das “Bodas de Cana” para justificar a nossa participação em qualquer tipo de bagunça patrocinada pela religião hoje. A desgraça que intitularam de “GOSPEL” transformou-se numa armadilha para que o culto e a adoração fossem deturpados, dando lugar a uma onda de estrelismo jamais visto na história do cristianismo.

    Na verdade o que os críticos do legalismo querem e lutam para implantar é uma religiosidade de formas, sem qualquer conteúdo; que preencha os vazios do bolso, do corpo e não da alma e do coração. Querem impor uma fé incapaz de mover até mesmo um grão de mostarda, voltada para o materialismo, em detrimento total da espiritualidade. Inferno para estes, não faz muito sentido e, via de regra, até defendem praticas que são claramente perpetradas nos seus laboratórios.

    O que na verdade precisamos é de um cristianismo autêntico, fundamentado nos ensinos Sagrados, despido de conceitos pessoais e da máscara religiosa que criaram para o evangelho hoje. Precisamos de homens comprometidos com o Evangelho e não com evangélicos; obcecados por conhecerem mais a Bíblia e não Israel ou as Terras Santas.

    Em nome do “AMOR”(?) e eu não consigo ver qual, os homens estão demolindo o cristianismo, edificando sobre ele uma religião relaxada e desprovida de princípios, onde o que vale é a liberdade convertida pelo Diabo em libertinagem. A “DESCENCIA” e a “ORDEM”, regras básicas dos conceitos cristãos foram abolidas. O que antes era condenável, tornou-se aplicável depois da intervenção cirúrgica de Satanás na mente do homem, que anestesiou a alma e o coração, impedindo que os sentimentos de respeito e de reverência a Deus fossem postos de lado. Ser evangélico ou não, a diferença está apenas no título, pois em se tratando de comportamento as divergências inexistem, as práticas cristãs se equipararam as do mundo, e o vale tudo transformou-se em regra para o exercício da fé. Transformaram a IGREJA em clube; o CULTO em espetáculo; os PREGADORES em animadores de auditório; o LOUVOR em show onde quem aparece sistematicamente são os artistas, deixando o Espírito Santo num canto qualquer do palco; os MISSIONÁRIOS em curandeiros; a RELIGIÃO em um negócio mais rentável que a Bolsa de Valores – BM&F – e parece que não há nada de anormal nisto.

    Lamentavelmente o homem não busca a Deus pelo que ele é, e sim o que Deus pode lhe dar; os interesses são explícitos na onda de prosperidade que invadiu todas as camadas da vida religiosa, onde até o catolicismo embarcou nesta canoa materialista voltada para as necessidades terrenas da carne, mas que distanciam o homem do objetivo principal que é o céu.

    Carlos Roberto Martins de Souza
    Crms2casa@hotmail.com

  15. luciano disse:

    carlos roberto
    aff…
    menos…

  16. Carlos Roberto disse:

    Luciano,

    Sou curioso demais. Hoje, passei por uma destas “Unidade de Terapia Intensiva do Inferno”, e como não resisti ao barulho, entrei. O pau estava quebrando, era a “SEGUNDA DA BENÇÃO”, e como tem gente correndo atrás de bênçãos… Deus, eu acho que eles nem lembram…

    Tome prosperidade, tome cura, tome expulsão de capeta, eu lá segurando a língua para não dar umas boas gargalhadas. Lá pelas tantas, o camarada anuncia, “AGORA É A HORA DA BENÇÃO DA CARTEIRA”, isto mesmo! Todo mundo de mãos para cima segurando o depósito de ninharias! Eu vou contar até três, e Deus vai derramar o seu poder e vai sobrar prosperidade! Um, dois, três! Eu me belisquei para ver se era verdade, e o pior que era! Depois de uma conversa atravessada, que ele classificou como oração, aí veio a melhor parte. Agora, para provar a fé, todos que acreditam que receberão a recompensa de Deus, depositem nos saquinhos o que tiver nas carteiras! Parece até piada, mas a coisa é séria, a povão dando tudo para sustentar as mordomias dos Missionários daquele centro de exploração da fé.

    Eu saí triste, pois se eu fosse falar qualquer coisa, seria sacrificado vivo, tamanha a obsessão dos desesperados em conseguir algo nesta negociata com as coisas de Deus. É este o conceito de cristianismo que estamos vivendo e convivendo com ele hoje no nosso Brasil, cada um a seu modo, monta a sua lojinha de produtos piratas, coloca uma placa de IGREJA, com aqueles nomes mais ridículos, e em pouco tempo não cabe mais ninguém, não que estejam buscando Deus, mas sim o que ele pode oferecer para uma vidinha melhor aqui na terra.

    Não dá para pegar leve…

    Carlos Roberto Martins de Souza
    Ccrms2casa@hotmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *