Evangelista Billy Graham alerta cristãos sobre aumento da perseguição: “Preparem-se”

23

“Preparem-se para a perseguição”. Com este alerta, o evangelista Billy Graham, 96 anos, dirigiu-se aos cristãos em um artigo publicado no site de sua Associação Evangelística.

O texto de Graham, que também será publicado na revista Decisão, na edição desse mês, chama a atenção para a real possibilidade de que os cristãos norte-americanos passem a enfrentar uma perseguição como nunca viveram.

O evangelista, que completará 97 anos no próximo dia 07, destaca que os seguidores de Jesus Cristo nos Estados Unidos são conscientizados do que acontece com seus irmãos na fé ao redor do mundo, mas não sabem do que se trata na realidade.

Billy Graham vai além e fala que a “imunidade à perseguição que os cristãos dos Estados Unidos têm experimentado nos últimos dois ou três séculos é incomum”, e que pelos rumos que a sociedade norte-americana vem tomando, essa exceção vai acabar: “Como um todo, a nossa nação não sabe o que realmente é a privação. Nós não sabemos o que é sacrifício. Nós não sabemos o que é sofrimento. A perseguição deve atingir a Igreja na América, como aconteceu em outros países”, alertou.


Em tom de lamento, Billy Graham acredita que nos próximos anos, os Estados Unidos podem viver uma apostasia sem precedentes: “Uma vez que temos experimentado pouca perseguição religiosa neste país, é provável que, sob pressão, muitos negariam Cristo. Aqueles que gritam mais alto sobre a sua fé podem render-se mais rápido”, pontuou.

Sugerindo “cinco maneiras para fortalecer a si mesmo de modo que você seja capaz de se firmar diante da perseguição”, o evangelista incentivou os cristãos a aprofundarem seu relacionamento com Deus, caminhar com Ele, ler regularmente as Escrituras Sagradas, orar sempre e meditar sobre Cristo: “Hoje nossa nação se classifica como o maior poder sobre a face da Terra. Mas, se colocarmos a nossa confiança no poder das armas em vez do Deus Todo-Poderoso, o conflito que está por vir pode se voltar contra nós”.

Graham exortou os Estados Unidos a se voltarem a Deus: “A história e a Bíblia indicam que a tecnologia e bens materiais não são suficientes em tempos de grande crise”.

O artigo do evangelista é um dos primeiros alertas que reconhece a mudança cultural na sociedade norte-americana, que vê cada vez mais grupos de ateus militantes se levantando contra a liberdade religiosa, a título de impor um pensamento distorcido sobre a laicidade do Estado.

A Cruz

Em sua última mensagem na televisão, veiculada há dois anos, Billy Graham destacou a necessidade de um avivamento espiritual nos Estados Unidos, e convocou os cristãos a lembrarem que a cruz é um insulto com o qual deve-se confrontar as pessoas sobre suas escolhas e anunciar Cristo. Assista:

Assine o Canal

23 COMENTÁRIOS

  1. Isto é bíblico. Ninguém sabe quando os eventos descritos na bíblia – perseguição, anticristo etc – acontecerão. Pode ser daqui a 10 anos, 100 anos, 500 anos… o ponto é que ocorrerá.

    Do ponto de vista político, o cristianismo está sob fogo cruzado dos capitalistas (liberais em material de moralidade), das esquerdas e do Islã.

  2. SE EUA NAO FOR A BABILONIA BIBLICA…JA ESTA SENDO!

    E DE LA QUE VEM ATUALMENTE APOIO AS ABOMINACOES MUNDIAIS ESPIRITUAIS COM SUA INFLUENCIA CHEFE NA ONU!

    QUE CRISTO NOS AJUDE A SER-MOS FIEIS, TA DIFICIL!!

  3. É necessário fazer uma distinção entre os EUA da ONU (majoritariamente democratas) e os EUA nacionalista (majoritariamente republicanos).

    Essa possível perseguição já está em curso contra os americanos nacionalistas que são essencialmente cristãos, na sua maioria. Já se fizeram muitos filmes anti americanos e muita imposição ideológica de esquerda, que já arrastou milhares de americanos inclusive contra sua própria bandeira.

    O que pode ser muito bom para a américa são os republicanos vencerem e devolverem aos EUA a supremacia da sua cultura judaico-cristã é o que está faltando. Mas se os democratas vencerem prevejo os piores cenários possíveis para os cristãos tanto lá quanto em países como o Brasil, somente os EUA apoiando o exército brasileiro será capaz de tirar os comunistas (PT) do poder como foi em 64.

    Seja feita a vontade de Deus. Se o tempo estiver próximo sigamos o que o nosso Senhor Jesus Cristo nos ensinou:

    Lc 21.28 Sendo assim, quando esses fatos começarem a surgir, exultai e levantai as vossas cabeças, pois está muito perto a vossa redenção!”

    • Como todo bajulador, você se perde nas próprias palavras, pois nem mesmo o nome do Tiago Chagas você digitou corretamente – você disse “Paulo” -, você, cidadão, que vive criticando o Tiago Chagas pelas postagens que ele faz sobre notícias envolvendo a questão homoafetiva e a igreja – sim, pois o que você quer é censurar notícias sobre gays neste site -, como se o mesmo tivesse de submeter as postagens que faz aos seus critérios, caprichos e birras, seu intolerante.

  4. Com 97 anos, o famoso pregador delira com suas teorias conspiratórias. Não haverá perseguição alguma contra cristãos nos EUA. O que poderá haver – e já esta havendo – é o enquadramento na LEI de fanáticos que promovam o preconceito e a discriminação contra minorias, exatamente como foi feito em relação aos evangélicos que se opuseram ao fim da escravidão e aos que, na década de 70, se opuseram ao casamento entre brancos e negros. Fanáticos não terão vez nos EUA.

    • Sandro

      Acho que você não leu direito.
      Ainda não há perseguição, ela virá ainda.
      Os americanos que põem sua fé “nas armas” podem sofrer um revés.
      Até você mesmo que se diz cristão está na lista dos perseguidos.
      E perceba que o islamismo está invadindo os EUA bem de mansinho e que muitos americanos estão se convertendo a essa religião.
      O ateísmo é um grande perseguidor, pois não passa de uma religião apesar de não ter um “deus”. Eles próprios o são.

      • Henrjk,

        eu li direitinho, sim, meu caro, e entendi o que Billy quer dizer.

        O fato é que não haverá perseguição, pois os cristãos são e continuarão sendo a grande maioria nos EUA e outros países. Quanto aos islâmicos, os que se convertem em países como os EUA não se tornam como os radicais, além do que jamais se tornarão tantos ao ponto de ameaçar os cristãos. Não se esqueça também de que cresce no o número de budistas, hinduístas, jainistas, céticos, ateus, etc. O problema com evangélicos é darem asas às paranoias que os perseguem e em razão das quais deliram e sofrem o dia todo.

        • Sandro

          Há tempos os EUA vem deixando de ser cristão.
          Os cristãos estão sumindo e igrejas estão fechando.
          O que ocorrerá será uma safra de cristãos nominais assim como os católicos aqui no Brasil.
          O Hedonismo é a religião do americano, é só enxergar melhor.

      • Caro Henrjk,

        A perseguição pelos mulçumanos é dura e com armas.

        A perseguição pelos ocidentais é através dos meios legais, das leis.

        Isso tudo é muito recorrente, o cristianismo ou é perseguido de maneira selvagem ou seus membros são proibidos de congregar e pregar por meios legais (temos muitos casos hoje em dia).

        Tu acredita que teve um treinador de futebol americano que foi demitido porque ora com o time após os jogos? Esse tipo de coisa sabe.

        • Cristão
          Sim, eu sei que se utilizam de meios legais, porem distorcidos.
          Da mesma forma distorcem o significado de Estado Laico.
          Parece que o nosso amigo acima vive em outro planeta.
          A medida que o Estado começa a coibir a liberdade religiosa, a perseguição é iminente.
          As palavras e as e o direito de se expressar são policiados por grupos
          ativistas e os braços do estado ainda dá uma força.

          É claro que há alguns casos que são meio bobos e isso deve ser posto de lado.
          No inicio da evangelização no Brasil os comerciantes eram proibidos pelos padres de venderem aos crentes e nas ruas estes eram até agredidos. Digo de uma época quando o evangélico era realmente evangélico e não uma caricatura do que ocorre hoje. A esse eu nem me esforço a defender.

          Esse caso do treinador é um demonstração de intolerância real e isso em um país que teve uma formação cristã.

        • Sou evangélico, hoje batista tradicional, fiquei 5 anos no sistema neo pentecostal e e pentecostal; agora estou a 12,5 anos no tradicional, e vejo mesmo entre esses grupos lutas sobre as línguas estranhas; eu mesmo quando estive lá sentia uma opressão muito forte com relação a ser obrigado falar aquelas línguas o que fazia com que eu mesmo a clicasse e imitasse aquilo; quando porém, ouvindo a http://WWW.BBNRÁDIO.ORG foi dito que: não existe base bíblica para que o pastor forçasse o falar em línguas estranhas; e lendo o livro “o engano do movimento ecumênico e carismático” do pr.Joe E. Tarry, me deu um esclarecimento total sobre esse sistema de línguas e foi aí que me libertei, pois tive um entendimento sobre o cap. l4 de 1 Coríntios; quantos aos que se dizem ateus: a resposta é o salmos 14 palavras de Deus; o que o irmão acha de tudo isso? faz parte dessa apostasía que se avista.

  5. É difícil ao cristão fundamentalista fanatizado entender que já não vivemos no século passado, no período da guerra fria, dos nacionalismos, mas que o mundo se tornou globalizado, as culturas se interconectam, a população cresceu exponencialmente e todos querem seus direitos respeitados. Em um mundo globalizado e que entendeu que deve aceitar o relativismo cultural, não há mais espaço para essas visões totalitárias de mundo e de religião, daí virem esses fanáticos cristãos dizer que é perseguição o não poderem mais ditar regras de fé, moral, conduta ao conjunto da população, tendo de respeitar minorias e diferentes visões de mundo, do homem, de Deus.

  6. E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma: temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.
    Não se vendem dois passarinhos por um ceitil? e nenhum deles cairá em terra sem a vontade do vosso Pai. mateus 10: 28,29

  7. a todos os comentaristas, se vcs acreditrem ou nao? A perseguicao vira, pois a Palavra de Deus tem que se cumprir. No mundo tereis TRIBULACOES, faz parte do contexto, viu seus desinformados.

DEIXE UMA RESPOSTA