“Bispo do Luxo”: Bispo católico é alvo de polêmica após gastar 31 milhões de euros em reforma de sua residência particular

86

Em meio aso anúncios feitos pelo Papa Francisco de que a Igreja Católica deve ser uma “igreja para os pobres”, e que para isso os sacerdotes da instituição precisam viver de maneira mais austera, um bispo alemão se tornou o centro de uma grande polêmica ao gastar 31 milhões de euros para reformar sua residência particular.

Apelidado pela imprensa alemã de “o bispo do luxo”, o bispo de Limburgo, Franz-Peter Tebartz-van Elst, construiu um enorme complexo que inclui, além de sua residência privada, um escritório, instalação para as freiras, salas de recepções e conferencia, átrio, capela privada, museu da diocese e um parque privado, além da catedral de Limburgo.

De acordo a agência Reuters, depois de uma auditoria inicial dos gastos do bispo, encomendada após um monitor Vaticano visitar Limburgo, no mês passado, foi revelado que o projeto teve um custo de pelo menos 31 milhões de euros, seis vezes mais do que o planejado.

Sob investigação episcopal devido aos gastos considerados excessivos, o bispo afirma que as mudanças no orçamento da obra se deram devido ao estatuto de “patrimônio protegido” da catedral centenária de Limburgo, adjacente à construção.


– Entendo que 31 milhões de euros soa assustador – afirmou o bispo ao jornal Bild, afirmando ainda que “os que me conhecem sabem que não levo um estilo de vida de muito luxo”.

Tebartz-van Elst, que também é acusado por magistrados alemães de mentir sob juramento sobre um voo de primeira classe para visitar programas de pobreza em Índia, se tornou notícia de primeira página em vários jornais alemães, e motivou declarações de diversas autoridades da igreja católica no país, como o arcebispo Robert Zollitsch, presidente da Conferência dos Bispos da Alemanha.

– Estou convencido de que o bispo de Limburgo… vai enfrentar essa situação com um espírito de autocrítica – afirmou o arcebispo, em coletiva de imprensa no Vaticano.

Zollitsch disse ainda que analisa a situação Limburgo “com grande atenção e grande preocupação” e que a Igreja alemã “teria que enfrentar as consequências” do escândalo que está a está abalando. Ele afirma ainda ter enviado ao papa um dossiê sobre o caso.

Considerado uma das maiores figuras do ranking da Igreja Católica na Alemanha, Zollitsch afirma que vai discutir a crise esta semana com o papa Francisco.

Por Dan Martins, para o Gospel+


86 COMENTÁRIOS

  1. Para início de conversa: sacerdote algum tem residência particular. Diferentemente de pastores, os sacerdotes católicos moram em casas da Cúria ou alugadas. Nunca, jamais em imóveis de propriedade dos sacerdotes. Bem diferente dos pastores e suas mansões milionárias.

  2. Gastar 31 milhões ?
    Seria possível gastar tanto dinheiro assim ainda mais sendo euros?
    Se for converter em reais,vixi deve chegar a uns 100 milhões.

    O que será que os fieis católicos de plantão dirão sobre esse caso?

    • Bem, diremos que se a matéria for verdadeira, vc pode observar que a Igreja em si não concorda com a atitude do “bispo”… inclusive a própria matéria traz (mesmo que bem sucinto) a informação de que a Igreja está investigando.

      abçs.

      • Engraçado, mas quando é um pastor vocês generalizam como se a culpa fosse de todos os evangélicos. Se fosse um pastor seria o bastante para vocês chamarem todos nós de ladrões. Pimenta nos olhos dos outros é “kisuko” né?

        • O problema reside Thatiana, no fato de que os maiores escandalos neste sentido virem do protestantismo e de praticamente todas as denominações protestantes… cada uma já teve seu escandalo formado, quando não foram vários… e no fato de que basta a denominação começar a crescer que a primeira coisa que evolui é a conta bancária do Pa$$tor…

          mas vc tem razão… nem todo Pastor é ladrão, de fato conheço pessoas boas e de bom coração preocupadas com a evangelização… pena que ao meu ver não estão pregando o verdadeiro evangelho.(minha opinião particular)

          • Reinaldo

            Reinaldo disse: “nem todo Pastor é ladrão, de fato conheço pessoas boas e de bom coração preocupadas com a evangelização… pena que ao meu ver não estão pregando o verdadeiro evangelho.(minha opinião particular)”.
            DIz ai pra nós Reinaldo, qual é o verdadeiro evangelho? O pregado pela igreja romana?

            Shalom!

          • Reinaldo

            Reinaldo disse: “nem todo Pastor é ladrão, de fato conheço pessoas boas e de bom coração preocupadas com a evangelização… pena que ao meu ver não estão pregando o verdadeiro evangelho.(minha opinião particular)”.
            DIz ai pra nós Reinaldo, qual é o verdadeiro evangelho? O pregado pela igreja romana?

          • Como eu postei… sim… o verdadeiro e puro é o pregado pela Igreja Católica, já que é a que faz isso a mais tempo, a que de certa forma “criou” a biblia para auxiliar na evangelização… a unica que segue corretamente os preceitos biblicos… e veja.. isso na minha opnião.. não quer dizer que eu esteja te obrigando a aceitar…

            abçs.

          • Apenas servo, preste atençao:

            “Sei que da verdade eu não sou dono;
            Sei que não sei tudo sobre Deus;
            ás vezes quem duvida e faz perguntas,
            é muito mais honesto do que eu.” Pe. Zezinho.

            então, o que postei é o que eu acredito, mas como diz o Pe Zezinho, eu não sou dono da verdade… a minha verdade pode ser diferente da sua e as duas podem ser verdade..

            abçs.

          • foi avisado…

            não fica alimentando as sandices do Levi…

            tá igual fralda de criança, sabemos bem o que vai sair, só não sabemos o momento certo.. kkkk

        • Thatiana
          Esperei um dia para te responder para mostrar na prática como é a diferença e apontar o erro de sua fala:
          “Engraçado, mas quando é um pastor vocês generalizam como se a culpa fosse de todos os evangélicos”

          Senhorita escrevo aqui a mais de 1 ano e nunca usei deste expediente baixo e calunioso. Nem vi catolicos como o Mauro ou o Reinaldo usar tambem.
          Releia varios posts de alguns outros evangelicos aqui e verá, se ler com serenidade, a reprodução deste mau hábito de generalizar e acusar levianamente os que seguem igrejas ou religiões difrentes.

          Se aparece um bispo ou padre ladrão ou pedofilo muitos autoproclamados evangelicos saem logo falando: ” É ruim por ser catolico ou é catolico por ser mau” E RARAMENTE ABREM EXCEÇÕES.

          Agora se a acusação é contra pastor a coisa muda de figura. Os mesmos fariseus que jogam pedra e pedem punição sumaria contra o clero catolico são os mais ferrenhos defensores destes mercenarios da fé que desenram suas igrejas.
          Dizem que é armação da midia, da policia, do governo, da IG Catolica. Lembram que não se deve condenar ninguem antes do devido processo legal, fazem vigilias nas postas das delegacias pedindo a libertação do “ungido do Senhor” e etc.

          Minha experiencia pessoal aponta que é mais facil encontrar pastores honestos e bem preparados nas igrejas protestantes mais velhas. OBVIAMENTE QUE NÃO ESTOU ESTOU GENERALIZANDO NEM ROTULANDO. Como ressaltei, trata-se de observação pessoal.

    • Exatamente como disse o Reinaldo muito certo Edson. Sabemos muito bem que nem todo membro do clero se comporta com a dignidade de seu ministerio. Nenhum de nós vai alegar “Não toque no Ungido” ou falar que é calunia e difamação da Globo ou etc. Muito menos vamaos falar que o fiel catolico deve silenciar se souber que um padre ou bispo esta roubando.

      O bispo de Berlim, por exemplo, vive numa casa de um quarto só com aprox 3 cômodos. O mesmo provavelmente será nomeado nos proximos meses arcebispo primaz da Alemanha.

      • Calma aí vocês dois.

        Primeiro, que não existe tais coisas na católica, $$$$ somente com os pa$$tores.

        Segundo, somente começou a aparecer depois da sociedade começar a apontar que havia coisas não devidamente esclarecidas no seio católico, aí os defensores de que não se deva mexer na igreja de Cristo, pois é perseguição cristã, logo se manifestavam contra qualquer matéria circulante, indício, abafando tudo, embora já havendo um papa assassinado, um que sofreu tentativa, outro que renunciou quando viu a coisa séria e o atual papa que constituiu uma comissão que está apurando essas e outras coisas.

        Ora, se no ministério de Cristo houve quem metesse a mão, então como é que se pode dizer que é perseguição supostos indícios?

        Outra coisa, foi na terra de Lutero e do papa bento, país de primeiro mundo, e não numa republiquetazinha de banana, isso onde a maioria é protestante.

        • Acho que vc deveria lavar a boca ao falar no nome de Cristo…

          vc não é Cristão Levi, vc andou dizendo por ai que o NT é invenção do Império Romano…

          é só mais um ateu se passando por Cristão.

          • Reinaldo,

            Não contesta o que eu comentei, todavia prefere agora me dar adjetivos, ateu.

            Se sou ateu ao falar das coisas ruins que acontecem no seio da sociedade, então, já que a bíblia é propriedade católica, a igreja católica é que realmente é ateia de verdade, pois os erros dos seres humanos são informados com a maior naturalidade nos textos bíblicos.

            Quer dizer que a igreja católica quando “fabrica” um livro e coloca todos os erros dos personagens não é ateia, eu quando faça referência respeitosa, tentando trazer católicos santos para a terra, os soberbos que se dizem donos da mora, aí eu é que sou ateu com roupagem de cristão, um fingido?

            Menos, né?

          • Levi, não defendo as coisas “ruins” da Igreja… porém…

            não te chamei de ateu porque vc fala mal da Igreja Católica… isso todo protestante ignorante faz…

            acho que vc é ateu ou pode até ser judeu porque afirmou que o NT, que é o que traz Jesus Cristo, foi criação do Império Romano…

            questão de lógica Levi…

          • Perfeito Reinaldo

            Se o NT é montagem farsesca catolica, se Deus “erra”, se Cristo teve filhos com Maria Madalena e outras sandices então o Levi é um ateu na prática embora não o reconheça.

            Logo ele que sai logo criticando e relamando de quem noticia qualquer coisa contra algum pastor em relação a dinheiro. Fala que é só um ser humano, que estão tacando pedras antes da hora, que so Deus pode julgar( e deve julgar errado se a opinião diferir da do Levi), mas se falam de um dirigente catolico então já pode pôr na cadeia pois o Levi tem certeza de cilpa.

          • Perfeito Reinaldo

            Se o NT é montagem farsesca catolica, se Deus “erra”, se Cristo teve filhos com Maria Madalena e outras sandices então o Levi é um ateu na prática embora não o reconheça.

            Logo ele que sai logo criticando e relamando de quem noticia qualquer coisa contra algum pastor em relação a dinheiro. Fala que é só um ser humano, que estão tacando pedras antes da hora, que so Deus pode julgar( e deve julgar errado se a opinião diferir da do Levi), mas se falam de um dirigente catolico então já pode pôr na cadeia pois o Levi tem certeza de culpa.

          • Reinaldo,

            Quando protestante fala mal da igreja católica trata-se de ignorante, bom e quando católicos falam mal do seu próximo apenas por ter sonhado uma igreja menos tendenciosa? Refiro-me o falar mal dos protestantes.

            Quanto ao novo testamento, quem é que era carne e unha do império quando na junção dos livros escritos quanto a história de Cristo?

            Jà que você se sentiu ofendido, então explique como é que vocês sendo assessorados pelo império romano e transcrevem duas ascendências de Cristo, pois os avós de Cristo sequer coincidem em Mateus e Lucas. Vocês não enxergaram isso? Ou foi de propósito para desfazer da pessoa de Cristo?

            Se sou ateu, sou melhor que vocês pois não mudei a história do principal personagem do povo judeu, no caso Cristo, seja dando ascendências diferentes, seja atribuindo à igreja dele premissas não autorizadas no velho e nem novo testamento, qual seja, oração para alma de mortos, e o que é pior cobrando taxa por missas de aniversários.

            Esse site somente crucificam o protestante, quando muito lannçam uma matéria da igreja católica, mas mesmo assim ninguém tece críticas tão fortes como costumam fazer com os protestantes, cabendo a você parar de fingir de desentendido, pois este site é uma mistura de católico e ateu, nunca evangélico.
            Comentar

            Digo sandices, então estou no mesmo pé de igualdade da tua igreja que prega o que Cristo nunca pregou, oração por alma de quem já morreu, e ainda arranjam a desculpa que é com base na TRADIÇÃO, de quem? A dos apóstolos é que não é.

          • Cadê o que acabei de escrever em resposta ao Reinaldo?

            Essa é a prova da proteção a ele e aos que pensam igual a ele, tudo movido por enorme dose de discriminação religiosa.

            Só polícia mesmo.

          • Eita que o Levi pirou na batatinha novamente!!!!

            Levi, eu percebi que sua revolta é porque a Igreja Católica tem o mérito de ter sido sempre assistida pelo poder do Espirito Santo, e por isso converteu ao cristianismo o maior império perseguidor dos Cristãos à época, que era o império Romano kkkkkkkk

            mas fica di boa menino… calma, calma…

            não precisa ficar nervosinho não…

            cada vez que vc fica nervoso começa a disparar heresias umas piores que as outras…

            Mas dizer que foi o império Romano que criou o NT foi uma pérola mesmo kkkkk

          • Bereano,

            Não fique apenas na minha palavra. Leia e verificará que é diferente a leitura da ascendência de Cristo nos livros de Mateus e Lucas, a começar pelos avós que são diferentes, são pessoas outras, coincidindo quando começa a chegar no rei Davi.

          • Levi, será que as genealogias divergem porque Mateus fez seguindo os antepassados de Jose e Lucas os de Maria, sendo eles primos??

            kkkkkkkk

          • Certo Levi, o Tour e o Reinaldo já explicaram a questão da genealogia.

            Levi, você acredita que Deus permitiu que partes do NT fossem adulteradas, e chegassem até nós adulteradas?

            Outra dúvida, se o NT é a única fonte segura que temos para conhecer Jesus, e se você diz que partes foram adulteradas, o que te garante que o resto todo é verdadeiro? Se parte foi adulterada, quem te garante que os milagres, a ressurreição e outras coisas também não foram?

          • Bereano,

            Meu caro, os evangelhos 100% estão corretos, exceto nesse aspecto da genealogia de Cristo, dizendo isso em face de que tudo que Cristo pregou e falou condiz com o que se esperava ainda no velho testamento, afinal Ele tem a mesma linha de raciocínio dos profetas independentes, os que procuravam zelar pela palavra de Deus, tanto que muitos foram deixados de lado pelos reis, que foram ameaçados, que sofreram discriminação, tendo o último deles passado pela angústia da morte prematura, João Batista, primo de Cristo.

            Se você verificar na história de Israel, verá que a monarquia(regimes de reinados) igual ao de outros países, leva-se em conta o parentesco, daí eu afirmar que, por ser o casamento um sacramento, Cristo podendo ter se casado, omitindo de propósito a igreja católica, a pedido do império(que só pensava em poder) de mencionar que o primeiro milagre ocorreu justo no seu casamento,pois não relata os nomes dos noivos, bem assim desde quando os convidados ficam a resolver questão dos pais dos noivos?

            Maria se viu tão aperreada pela grande quantidade de pessoas que foram ao casamento que exigiu do noivo, Cristo, solução, aponto dele dizendo que não tinha nada com isso, ela vai e procura os servos e diz para procurarem Cristo, tendo ficando constrangido, dai operar a conversão da água em vinho, pois o casamento era o seu.

            Cristo somente foi lidar com essa história de manutenção alimentar das pessoas quando do milagre do pão e do peixe, vez que demorara muito no seu sermão, um Cristo responsável com aquilo que diretamente caberia a Ele resolver.

            Uma pena, meu caro, mais os nossos irmãos que se debandaram para o lado do Império Romano, ao tempo que se preocuparam com a junção dos livros sobre o ministério de Cristo, eis que sucumbiram à vontade dos imperadores, e infelizmente não foi uma única vez, tendo depois, com os concílios, feito de tudo para descaracterizar Jesus, afinal foi o Império que o matou e que expulsou os parentes de Cristo trinta anos após sua morte, ou seja, tinha o império além do passado sujo, a vontade de permanecer no poder e não deixar que israelenses parentes de Cristo viessem mandar em Roma.

            Prova disso é que a igreja católica, o grupo de cristãos que acreditaram no império, sempre põe Cristo em segundo lugar, tendo enchido os altares como imagens de pessoas quase sempre italianas, a oração da ave maria, cita o nome de cristo de forma secundária, ou seja, fala mais numa mulher que é a mãe Dele.

            A igreja católica nega que Cristo tenha irmãos, dá um fim em José dizendo que ele morreu e que era viúvo e que os filhos falados são de jose com outra mulher, é muita coincidência, e ainda dizem que Maria viveu com José sem que houvesse confirmado o casamento, afinal a igreja se contradiz, pois ela afirma que sem copulação nulo é o casamento.

            O chato disso tudo, é que age a católica como se o império ainda estivesse de alma e corpo presentes, pois ela não muda nunca essas historinhas contrárias ao que está escrito na bíblia, cristo com irmãos, que José não conheceu maria até a concepção, que maria teve o seu filho de um parto natural e não um milagre de Cristo traspassar a mãe e não tirar a virgindade, tendo sido virgem sempre. É muita contorcionismo católico achando que a gente é tolo.

          • Bereano,

            Meu caro, os evangelhos 100% estão corretos, exceto nesse aspecto da genealogia de Cristo.
            Digo isso eu d em face de que tudo que Cristo pregou condiz com o que se esperava ainda no velho testamento, afinal Ele tem a mesma linha de raciocínio dos profetas independentes, os que procuravam zelar pela palavra de Deus, tanto que muitos foram deixados de lado pelos reis, que foram ameaçados, que sofreram discriminação, tendo o último deles passado pela angústia da morte prematura, João Batista, primo de Cristo.

            Se você verificar na história de Israel, verá que a monarquia(regimes de reinados) igual ao de outros países, leva-se em conta o parentesco, daí eu afirmar que, por ser o casamento um sacramento, Cristo podendo ter se casado muito bem, todavia, de propósito, a igreja católica, a pedido do império(que só pensava em poder) deixa de mencionar que o primeiro milagre ocorreu justo no seu casamento,pois não relata os nomes dos noivos. Outra coisa, desde quando os convidados ficam com a obrigação de resolver quesitos que a princípio são da competência dos pais dos noivos e dos noivos?

            Ora, Maria se viu tão aperreada pelo número de pessoas que foram ao casamento de Cristo, que exigiu Dele solução, tendo Cristo rebatido dizendo que não tinha nada com isso, mas mesmo assim ela vai e procura os servos e diz receberem ordens do noivo, Cristo, daí este, por constrangimento, se viu compelido a converter água em vinho, afinal o noivo era Ele.

            Cristo somente foi lidar com manutenção alimentar quando do milagre da multiplicação dos pães e dos peixes, vez que Ele demorara muito no seu sermão, ou seja, um Cristo responsável com aquilo que diretamente caberia a Ele resolver.

            Uma pena, meu caro, mais os nossos irmãos que se debandaram para o lado do Império Romano, ao tempo que se preocuparam com a junção dos livros sobre o ministério de Cristo, eis que sucumbiram à vontade dos imperadores.

            Infelizmente não foi uma única vez, muitas outras ocorreram via os concílios, pois do interesse do império não apenas descaracterizar Jesus em razão da sucessão do trono romano, pois o mundo em 200 DC quase todo tinha se tornado cristão, mais a mais o império tinha vergonha do que fez, como seja, matado Cristo, Pedro, Paulo, bem assim expulsado os judeus (parentes de Cristo) de Jerusalém, trinta anos após a morte Dele, ou seja, tinha o império além do passado sujo, a vontade de permanecer no poder e não deixar que israelenses parentes de Cristo viessem mandar em Roma.

            Prova disso é que a igreja católica(grupo de cristãos que acreditaram no império) sempre põe Cristo em segundo lugar, tendo enchido os altares como imagens de pessoas quase sempre italianas, a oração da ave maria, cita o nome de cristo de forma secundária, ou seja, fala mais numa mulher que é a mãe Dele do que em Cristo, oração para mortos…., tudo via os concílios, sendo um desses o que determinou que os padres tinha que ser celibatários, em 1200, daí inventado que Cristo somente queria no seu ministério os não casados, portanto ferindo frontalmente a orientação de Paulo, que recomenda a quem postula cargos na igreja ser casado com uma só mulher, pais de filhos…

            A igreja católica nega que Cristo tenha tido irmãos, bem assim dá um fim em José dizendo que ele morreu e que era viúvo e que os filhos mencionados como irmãos de Cristo são dele com a falecida mulher, é muita coincidência, e ainda dizem que Maria viveu com José sem que houvesse sido confirmado o casamento, tamanha loucura vai de encontro ao que a igreja católica prega, bem assim as legislações de outros países, a saber, a ausência da copulação torna nulo de pleno direito o casamento.

            O chato disso tudo, é que age a católica como se o império ainda estivesse de alma e corpo presentes, pois ela não muda nunca essas historinhas contrárias ao que está escrito na bíblia, a saber que Maria e José tiveram filhos, os irmãos de Cristo; que José conheceu a maria após o nascimento de Cristo; que Maria teve Cristo de um parto natural e não um milagre do bebê traspassar a mãe e ainda não tirar a sua virgindade, portanto eternamente virgem. É muita contorcionismo católico achando que a gente é tolo.

          • Não falei. Bereano, vc é ainda mais louco q o levi, em pedir explicação pra ele. A igreja católica é a culpada por essa loucura dele, fizeram alguma coisa traumática com ele, só pode. q cara maluco.

            levi, seria muita crueldade, Jesus sabendo do que iria lhe acontecer, se casar para deixar uma viúva e um órfão. na cruz ele entregou sua mãe aos cuidados de João, e sua família? e seu filho? o filho do homem nao tinha onde reclinar a cabeça, quanto mais manter uma família.

            entao temos uma descendência de semi deuses espalhados por aí levi?

            eu vou descobrir em qual hospício vc está internado, e pedir para te tirarem o laptop. assim vc nao vai se curar nunca.

          • Mancebo,

            Vou confessar. Realmente a igreja católica fez algo muito ruim comigo, portanto essa é a verdade que me impulsiona a falar sem arrodeio o que eu sinto. Esta é a explicação.

            É que ela adulterou a palavra pura de Deus.

            Fez o mundo se curvar ao seus pés como se fosse um império secular.

            Age como se as outras igrejas cristãs fossem todas falsas.

            Matou muitos quando Cristo não matou ninguém, somente trouxe vida.

            Se diz santa quando sequer o ministério de Cristo não foi santo, pois Pedro fez o que fez, Judas fez o que fez, mas ela se diz santa.

            Ela tomou uma reunião que foi o concílio de Jerusalém para, em fazendo outros com o mesmo nome, garantir a legitimidade de suas importações de cultos de religiões pagãs chamando a isso de tradições. Pode até ter ser tradição, mas nunca nascida do povo judeu, pois a história deste povo encontra-se no velho testamente e não tem culto a mortos, não tem culto a rainha mãe(importado de seitas que ladeavam o império romano.

            Outra coisa, nunca houve na bíblia admoestações de que somente os solteiros fossem capacitados a dirigir igrejas, mas ela casa seus padres até o ano de 1200 e muda para o celibato, aduzindo coisas que, como disse que fogem ás recomendação paulinas, como seja, que cumpriria aos pleiteantes a bispo e outros cargos serem casado e pais de filhos.

            Faz uso de imagens nas igrejas como se Cristo tivesse andado pra cima e pra baixo agarrado a um pedaço de pau trabalhado, a crucifixos, e orando em todas as esquinas ao vê igrejas, cemitérios, portanto diferente da pessoa Dele, sempre discreto.

            Quanto a maldade dele deixar filhos sabendo que iria morrer, até já defendi como argumento de que ela era solteiro. Acontece que Ele mesmo nos ensinou que não nos preocupássemos com o dia de amanhã, aí como explicar depois se o mundo tem órfãos e com a vontade de Deus seu pai?

            Mais a mais, se sua mãe já era viúva e Ele pediu a um discípulo que tivesse um olhar de assistência material e financeira complementando aos dos seus irmãos, (ou você acha que eles não assistiriam a Maria, sendo ou não filhos dela?) do mesmo modo pediria para os discípulos ajudar à sua mulher e filhos, aliás como já ocorria com a mulher e filhos de Pedro e de outros que casados fossem ou se casaram ao depois.

            Em bem da verdade, se Cristo tivesse essa preocupação, não teria escolhido Pedro, pois casado e provavelmente pai de filhos, afinal Cristo sabia que a turma Dele teria o mesmo fim, morte antecipada. A igreja judaica, face os dízimos, ajudava os órfãos e as viúvas, o que havia talvez era uma demora em reconhecer, igual modo o nosso sistema previdenciário, lento, o que muitos profetas se indignavam com a morosidade e apelavam á sociedade que os assistisse enquanto tramitava o processo de reconhecimento do estado de órfãos e da viuvez.

            Cristo fala de não ter onde reclinar a cabeça em face de que sempre fugiu para não ser morto, sendo a primeira vez quando bebê, por ordem de Herodes, mas depois Maria e Jose se estabeleceram longe do poder, na galiléia, e ao que tudo indica a família possuia uma casa sim, pois feita de pessoas trabalhadoras, pode até não ser uma mansão, mas Cristo tinha até trinta anos uma vida normal.

            Quanto a deuses espalhados por aí, tá vendo? Esta era a preocupação do império, pois logo as pessoas haveriam de idolatrar possíveis filhos de Cristo achando que fossem deuses, mas em verdade, o corpo daquele homem que morreu na cruz do calvário era igual ao de todos nós, daí gerar filhos em igual qualidade, homens e não deuses.

            Quanto a eu me curar da loucura, Ele próprio disse que nós seriamos tachados de loucos em razão da mensagem da cruz, não me ofende, pois sei que as conclusões que faço advém da tradição judaica, diferente da católica que traz contradições aquilo que o povo judeu cria por ordem de Deus.

          • Srs. Pelo amor de Deus Pai…

            PAREM DE FICAR ALIMENTANDO AS LOUCURAS DO LEVI.

            Graça e Paz de Cristo a todos, inclusive a vc Levi, que parece que tá precisando bastante.

            abçs.

          • Os caras te zoam Levi, mas eu gosto de ler as suas teorias. Pelo menos você apresenta seu ponto de vista cordialmente, e tem toda a paciência de me explicar as coisas.

            Se puder, tire mais algumas dúvidas minhas.

            1 – Jesus disse que alguns se tornam eunucos pelo Reino de Deus, mas que nem todos estão aptos para isso. Jesus não estaria apto para isso também? Para se tornar eunuco para se dedicar exclusivamente ao Reino de Deus, não tendo que se preocupar em assistir mulher e filhos?

            1 Coríntios 7:

            “Eu desejo que todos sejam como eu sou. Mas cada um tem o seu próprio dom de Deus, um de uma espécie e uma de outro. Para os solteiros e as viúvas digo que é bom para eles permanecer como eu sou. Mas se eles não podem exercer auto-controle, devem casar. Por isso é melhor casar do que queimar com paixão.” (versículos 7-9);

            “Quero que você seja livre de medos. Solteiro o homem está preocupado com as coisas do Senhor, a forma de agradar ao Senhor. Porém, o homem casado está preocupado com as coisas mundanas, como agradar à sua esposa, e seus interesses estão divididos. E a mulher solteira está preocupada com as coisas do Senhor, como ser santa no corpo e espírito. Mas a mulher casada está preocupada com as coisas mundanas, como para agradar o marido. Digo isto para seu próprio benefício, para não estabelecer qualquer restrição sobre você, mas para promover a boa ordem e para garantir o seu indiviso devoção ao Senhor.” (versículos 32-35).

            Isso que Paulo disse, bem é verdade. Ele disse que era melhor que o homem solteiro continuasse assim, para se dedicar ao Reino de Deus, mas que se este não tivesse controle sobre si mesmo, que se casasse, pois é melhor casar do que pecar.

            2 – Jesus não teria controle sobre si mesmo? Ele não era Pedro ou Paulo, mas o próprio Filho de Deus. Jesus diz para nós não nos preocuparmos com o dia de amanhã, porque não sabemos nem se haveremos de viver. Mas ele é diferente de nós, ele sabe e conhece a Vontade do Pai, e sabe o dia de amanhã e o dia depois de amanhã.

            3 – Obviamente, ele não poderia evitar o sofrimento de sua mãe e de seus irmãos, a respeito da sua crucificação. Mas sabendo do dia de amanhã, ele não poderia evitar de deixar órfãos e uma viúva? Ele não teria auto controle como Paulo? Ele não estaria apto para ser eunuco para se dedicar exclusivamente ao Reino de Deus?

            Você acha que todos esses conselhos de Paulo, sobre ser bom para solteiros e viúvas permanecerem assim, foram inseridos na Bíblia pela ICAR?

            4 – Onde estava sua mulher na ocasião de seu sepultamento? Em certa ocasião dizem a Jesus que sua mãe e seus irmãos estavam lhe procurando. Em outra dizem: “Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, e José, e Simão, e Judas?” Mas não há relato de sua esposa e de seus filhos. Você acha que a ICAR retirou todos os textos referentes à família de Jesus?

            5 – Mancebo disse sobre semi deuses. É óbvio que isso não tem sentido. Está escrito:

            “Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens”; (Filipenses 2:6-7).

            Mas Jesus não foi concebido da união de um homem e uma mulher. Foi o Espírito Santo que o concebeu no ventre de Maria, ou seja, ele não herdou o pecado de Adão. Caso tivesse herdado o pecado de Adão, ele não seria um justo morrendo pelos injustos. Veja:

            “Eu nasci na iniquidade, e em pecado me concebeu minha mãe” (Sl 51:5).

            “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens porque todos pecaram” (Rm 5:12).

            Todos nós nascemos da união de um homem e de uma mulher, logo todos herdamos o pecado de Adão. Mas Jesus não recebeu a herança de Adão, visto que foi o Espírito Santo que o concebeu em Maria. Por isso ele é chamado de segundo Adão, pois veio ao mundo sem pecado, puro e perfeito, como Adão. Como Adão, ele podia ter pecado, mas não pecou. Se Jesus tivesse herdado o pecado de Maria, ele não seria um segundo Adão, e seu sacrifício não teria sentido. Ora, se um Adão (um homem perfeito) errou, somente o sacrifício de um Adão (um homem perfeito) poderia pagar o erro, é a Lei do Talião. Isso nos leva a concluir que Cristo não herdou o pecado através de Maria.

            Então, vem minha outra questão. Se Cristo teve filhos, isso significa que há descendentes por aí que não herdaram o pecado de Adão, pois são filhos de um pai que não herdou o pecado no nascimento. É isso?

            E minha última pergunta. Deus não teria poder para impedir que a ICAR encobrisse tudo isso? Se Deus teve poder para manter o Tanach inalterado, porque ele falharia no NT? Porque Deus permitiria que algo adulterado chegasse até nós? A Palavra de Deus não tem poder para chegar inalterada onde ela deve chegar?

            Eu posso então confiar que toda a Bíblia é exata, ou devo começar a vasculhá-la procurando outras alterações? Sim, pois se você encontrou algumas, eu posso encontrar outras. E quem me garante que o VT também não foi inventado pelos judeus na Babilônia, como dizem alguns historiadores? Se você raciocina no ponto de que a Palavra de Deus não tem poder para permanecer inalterada, posso começar a duvidar de qualquer coisa ali, valendo-me de várias dúvidas levantadas pelos historiadores, como lugares citados por Moisés que viriam a existir séculos depois, o uso de alguns animais de carga que só vieram a ser usados séculos depois, contradições entre o Pentateuco e Crônicas, etc., ou seja, posso começar a duvidar de tudo que está escrito na Bíblia.

            Sei que são muitas dúvidas, mas poderia esclarecer Levi?

            Obrigado.

            Que a Paz do Senhor seja contigo.

          • Eles me zoam em face de que não me prendo aquilo que fui ensinado, sim fico atento a tudo e a todos, fazendo um juízo próprio das coisas de Deus, talvez um pouco diferente do que é pregado nas igrejas, mas nunca em contradição à bíblia como um todo.

            À sua primeira pergunta, tem-se que Cristo não veio aqui para mostrar ser o bonzão nas coisas terrenas, apenas não pecar e foi isso que ocorreu, nunca pecou como os demais seres humanos.

            Meu caro, Cristo não queria ser o bonzão, o santão, foi humilde a ponto de ter dado atenção especial às mulheres, ter trazido as mulheres para dentro do seu ministério, vendo-se aí que não seguiu a aureola de santidade que revestia a maioria dos homens que não falavam com as mulheres, não se dirigiam a elas estando sós; Cristo foi e se sentou à mesa dos pecadores sem ter se contaminado das suas imundícies; não seguiu a lei mosaica de apedrejar cônjuge adúltero, ou seja, ele não se preocupou com essa vestimenta externa, sim a de Deus, e Deus nunca havia impedido aos judeus serem clérigos em razão do casamento, Cristo apenas disse do resultado talvez que fosse melhor com solteiros, não que não quisesse, prova disso é que trouxe Pedro, o casado, será que esse apóstolo é o único homem no mundo que possuiu sogra sem ter tido mulher, o que foi casado, e que não tinha filhos? Os sacerdotes judeus todos casavam, então a tradição é o casamento, diferente do que a católica prega, e se não bastasse, o próprio Paulo evidencia da necessidade do casamento aos clérigos, pois tradição. Outra coisa, Cristo estava alertando para as pessoas maldosas que quando um jovem chega a determinada idade e não casa, já ficam as más línguas, portanto Ele dando uma força aos que não viam necessidade de casar, seja por serem tímidos, seja pelo peso de um casamento, o respeito ao que não quisesse, não sendo isso motivo, o não casamento, de impedir que exerçam na igreja o pastoreio.

            Quanto a agradar a Deus, este não quer que a gente fique limitado nem à bens, nem a mulher, nem à sociedade, nem a filhos, nem a religião, sim que saibamos fazer a obra de Deus, pois se você não tomar cuidado, pode muito bem ficar defendendo o indefensável, tipo, uma igreja e o que ela faz, esquecendo, todavia, das coisas de Deus, se importando com teus filhos a ponto de esquecer as coisas de Deus, se importando o que dizem contra quem leva a mensagem que você esquece as coisas de Deus, se importando com uma enfermidade a ponto de esquecer de Deus.

            Veja que Paulo, solteirão ou viúvo, com uma enfermidade, mesmo assim ele não se deixou abater, não quis saber se o criticavam por não ter casado de novo e/ou que nunca ter casado, foi avante com o corpo doendo da enfermidade e com as críticas por ser “rapaz velho”.

            Os pastores se casam, os padres se casavam até 1200, os sacerdotes judeus se casavam, então a tradição era o casamento, instituição que geralmente faz bem ao homem e à mulher, então em sendo Cristo um homem com os mesmos desejos nossos não se casaria?

            À segunda pergunta respondo, Jesus não veio como superhomem, sim igual a nós, pois se assim não for, o evangelho seria anátema, seria falso, pois Deus manda um sem os defeitos do ser humano, a fragilidade que nós todos carregamos.

            Já à sua terceira indagação, Cristo não veio mudar o percurso da história do homem decorrente de uma obra unilateral de Deus, sim que o ser humano, mesmo aceitando Cristo como salvador, teria que passar pelas mesmas coisas que as demais pessoas passam, pois se assim não fosse Ele não teria morrido primeiro que a própria mãe, ou seja, cada um seguindo o seu curso aqui na terra.

            Quanto a você indagar se os conselhos de Paulo pra não se casar, tal foi tenha sido alteração da bíblia. Não, meu caro, pois se sabe e bem que qualquer empresa prefere um homem solteiro, pois servirá mais que o casado, que servirá mais que o casado com filhos, que servirá mais que o casado e com muitos filhos, pois quanto mais gente o empregado tiver, eis que mais dividido ficará, não que abandone a empresa, mas de dificuldade superior a um sozinho.

            Cristo foi agressivo com sua mãe por duas coisas, primeiro que ela costumava, ao modo de todas as mães, ser impaciente com os filhos querer ser ouvida a qualquer tempo, pois mãe, bem assim e receber atenção especial perante todos, uma forma de autofirmação, mas também pelo fato de que Cristo não queria que soubessem dos seus familiares, pois poderiam prejudicá-los, aliás por pouco não pegaram Pedro na noite de sua crucificação, então pra que ficar expondo a mãe, os irmãos, a mulher e os filhos? Quanto aonde estaria sua mulher, talvez Cristo sabendo que seria imolado naquela subida a Jerusalém, tenha deixado em casa com os filhos, a mãe é que sempre foi impetuosa, diferente da mulher que nós costumamos ter mais controle.

            Jesus era filho de Deus e de Maria, então ele herdou sim essa natureza nefasta, todavia não se deixou dominar, tendo sido portanto o único homem do mundo a não ter pecados, pois o pecado de Adão somente se torna enraizado em nós quando a gente comete o primeiro pecado, enquanto isso não acontece, temos a sua gene, porém não manifestada a enfermidade.

            Cristo provou que o homem poderia viver aqui sem pecar, mas como a carne é fraca, como as tentações são grandes, como as nossas dúvidas nos tiram do foco do Deus, eis que acabamos, sem exceção pecando, todavia tal culpa não carregamos mais de sermos pecadores em vista de que um venceu, e pela sua vitória nós nos sentimos vencedores também, a chamada graça, daí conseguirmos caminhar sem medo, sem culpa, de cabeça erguida, pois nosso irmão, o Davi que venceu o golias, nos faz triunfar, por consequência não nos rendemos, não nos agachamos, não nos culpamos mais.

            Quanto a existência de descendentes de Cristo aqui na terra sem pecados, pois vindos de Cristo, não esqueça meu caro que Cristo possuía metade da natureza de Adão em face de Maria, já seus filhos herdaram essa metade dele, bem assim cem por cento da mulher de Cristo, o que os torna pecadores também igual a mim e a você, a bem da verdade se não fosse assim, a bíblia entraria em contradição, pois ela prega que somente Cristo não pecou, somente Ele e pronto.

            Quanto a Deus intervir na humanidade para evitar sabotagens, Ele nunca fez isso, do contrário, tem paciência, sabe que as coisas um dia vão ser esclarecidas, vão vir à tona, tudo será revelado, tanto é que não interviu na morte de seu filho, pois Ele sabia que Cristo era seu filho, e que estava sendo morto injustamente, mas não interviu. Cristo fala quanto a isso numa parábola, em que pegam o filho do dono da propriedade e matam. Todos os discípulos achavam que Deus haveria de intervir, Cristo iria reagir, sabiam eles da injustiça, mas Deus não interviu.

            Meu caro, se você olhar algumas passagens da bíblia vai vê que há uma alteração que pra quem não contextualiza, acha que foi sabotagem.

            Por exemplo, tomemos onde se lê que Deus manda assassinar as pessoas que viviam nas cidades tomadas por Israel quando retornam os judeus quatrocentos anos á terra que haviam abandonado. Ora, deus não quer a morte de ninguém, ali os judeus acham que deveria fazer porque Deus deu a eles a terra. Deu de forma pacífica, quando veio Abraão residir, não a três milhões de pessoas como se calcula a quantidade que retorna com Moisés. Ou seja, como os hebreus sabiam da promessa de Deus de dar a terra, entendem que deva ser até com violência, aí passam a dizer: Deus mandou matar…, aliás, como agora em que há uma profecia no presente do retorno dos hebreus, coisa que se opera desde o início do seculo vinte, culminando esse retorno em um número maior após a segunda guerra depois da criação do estado de israel, ai os judeus dão a interpretação que devem tirar os palestinos de lá, quando na verdade, a bíblia anteviu essa discrepância.

            Quanto à ciência, esta diz algo hoje, amanhá desdiz o que ela afirmou, todavia cada vez mais que fazem as escavações, cada vez mais que a tecnologia avança, concluem conforme o que está escrito na bíblia.

            Exemplo, a mãe de Jacó fez o pai abençoar o segundo filho do nascimento de um parto duplo, não o primeiro. Ora, a ciência deduz hoje que o filho que nasce por último foi o que primeiro na concepção, portanto nascendo por último por ficar na parte mais interna do útero.

          • Interessante Levi. Mas ainda tenho algumas indagações, se me permite.

            Primeiro, o casamento de Jesus seria algo tão importante que não passaria sem ser comentado, tal como sua circuncisão e seu batismo. Você diz que Jesus fez o milagre do vinho em seu próprio casamento, mas veja que não foi:

            “E, ao terceiro dia, fizeram-se umas bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus. E foi também CONVIDADO Jesus e os seus discípulos para as bodas”. (João 2:1-2).

            Ele era apenas um convidado, assim como sua mãe e seus discípulos. Assim, continua sem nenhum texto que dê a entender que Jesus fosse casado.

            Segundo, não faria sentido Jesus se casar, constituir família, a não ser que seu desejo por ter uma família fosse mais forte que o seu ministério, visto que ele sabia que deixaria a Terra aos 33 anos. Pedro e os outros apóstolos já eram casados quando Cristo os chamou, mas Jesus desde a sua mocidade sabia do seu ministério, e tinha a opção de não se casar e não deixar órfãos e viúvas. Pedro e os outros não tinham essa opção, mas Jesus tinha. Além do fato de que, ele tinha auto controle, e estava apto para isso. Você pode questionar: mas então porque Jesus não chamou outros solteiros? Claro, que seria muito melhor para o seu ministério e para poupar do sofrimento algumas mulheres e crianças, que ele tivesse chamado somente solteiros como Paulo. Mas a resposta é essa:

            “E diz-lhes ele: Na verdade bebereis o meu cálice e sereis batizados com o batismo com que eu sou batizado, mas o assentar-se à minha direita ou à minha esquerda não me pertence dá-lo, mas é para aqueles para quem meu Pai o tem preparado”. (Mateus 20:23).

            Jesus não escolhera aqueles homens por julgar que eles eram dignos, ou que estavam preparados. Mas foi o Pai que os havia escolhido, independente de posição social, estado civil ou nível de instrução. Por isso há solteiro (Paulo), casado (Pedro), cobrador de impostos (Mateus), pescador (Pedro), jovem (João), etc., ou seja, não são as características externas que Deus olhou ao escolher esses homens. Por isso Paulo diz, que “gostaria” que todos fossem solteiros como ele, mas ele reconheceu que cada um tem seu dom.

            Mas diferente desses homens, que estavam sujeitos à intempéries da carne, Jesus tinha uma opção, ele não precisava se casar, ele sabia do seu futuro, sabia de todos os dias que viriam, não havia nenhuma profecia que o obrigasse a casar, ele tinha auto controle, aptidão, e um ministério tão pesado que nenhum homem suportaria. Além disso, Jesus não era sacerdote, não era da tribo de Levi, não era obrigado a casar. Nem João, que era da tribo de Levi, filho de sacerdote, se casou, mas dedicou-se inteiramente ao seu ministério.

            Então eu te pergunto, visto todas essas condições, porque ele optaria por casar?

            Em relação ao pecado de Adão, nós não nos tornamos pecadores quando cometemos o primeiro pecado, nós já nascemos pecadores. A prova disso é nossa tendência pecaminosa, nossas doenças, as dores de parto da mulher etc., veja Levi, que quando ainda é um bebê, já tem tendência a desobedecer, tudo que seus pais proíbem você faz, mesmo sem ter consciência, já temos a tendência para o pecado, para a desobediência, está escrito em Salmos que já nascemos em iniquidade.

            Novamente, um homem perfeito pecou (Adão). Deus fez Adão adulto e perfeito, ele não tinha tendência ao pecado, não tinha tendência à desobediência, embora tivesse a opção. Veja que ele só desobedece a Deus pela entrada de uma outra pessoa (Satanás, a Serpente) que engana sua mulher, e essa o convence. Mas antes, a árvore já estava lá e Adão não havia estendido a mão para comer o fruto. Adão não morria, não adoeceria, era perfeito, porque Deus não criaria um ser imperfeito. Foi o pecado que trouxe a imperfeição à carne.

            Logo, se Adão era perfeito, e perfeito pecou, a morte de nenhum de nós pagaria o preço da desobediência dele, visto que todos somos imperfeitos. A Lei do Talião não seria cumprida, pois uma vida imperfeita não paga uma vida perfeita.

            Deus então providenciou a nossa salvação, por intermédio de Jesus, que era o segundo Adão (perfeito, sem máculas, sem defeitos, sem tendência ao pecado, como o primeiro). Isso mostra que Jesus era um ser humano como nós, mas perfeito, como Deus havia feito Adão. Aí sim, o sacrifício teria sentido, uma vida perfeita (Jesus) por uma vida perfeita (Adão), o preço foi pago, a justiça foi cumprida.

            Veja que interessante. Eva comeu primeiro do fruto, e seus olhos não se abriram, e ela não teve vergonha de estar nua. Mas isso só aconteceu quando Adão TAMBÉM comeu do fruto. Aí sim, seus olhos imediatamente se abriram. Ou seja, só podemos chegar a duas conclusões após a constatação de que quando Eva comeu o fruto sozinha, nada aconteceu:

            1 – O pecado só seria consumado se Adão comesse o fruto, visto que foi a ele que Deus deu a ordem.

            2 – O pecado só seria consumado se os DOIS comessem o fruto, visto que são os dois uma só carne.

            Em qualquer uma das duas conclusões, algo fica óbvio: o pecado só é passado pela geração seguinte se tiver o componente masculino. Seja porque o pecado só é passado por Adão, considerando na primeira hipótese, que foi a ele que Deus deu a ordem, ou seja porque o pecado só entrou quando os dois pecaram, considerando a segunda hipótese, de que seriam os dois uma só carne.

            O fato, é que o ato isolado de Eva em nada funcionou, eles não abriram os olhos, não perceberam que estavam nus, e não se sentiram envergonhados. Somente quando se juntou a ela, o componente masculino, tudo aconteceu IMEDIATAMENTE.

            Então Levi, chegamos a Jesus. Na sua concepção, não teve o componente masculino de Adão, ou seja, ele nasceu sem a herança do pecado de Adão, pois conforme demonstrado acima, é necessário o componente masculino para consumar o pecado. Isso demonstra porque Deus escolheu uma virgem, e porque teve que conceber Cristo com o Espírito Santo, sem a participação do componente masculino, pois a participação de José, por exemplo, passaria a Cristo o pecado de Adão, e ele seria um humano imperfeito como eu e você. Assim, a Lei do Talião não seria cumprida, não haveria uma vida perfeita para ser sacrificada no lugar de uma vida perfeita, entendeu?

            Agora, a conclusão final. Se Jesus tivesse filhos, os seus filhos também seriam homens perfeitos, como Adão, e como ele, pois seriam fruto da união de uma mulher imperfeita com um homem perfeito, o pecado não seria consumado, como mostrado anteriormente, pois não haveria o componente masculino pecador. Seria como se Eva tivesse comido o fruto sozinha. Ou seja, segundo a sua teoria, há outros Adões e Evas por aí, humanos perfeitos, sem doenças, sem tendência ao pecado.

            É isso?

          • Bereano,

            Cristo, o ser mais importante do mundo veio escondido, tudo resultado da má conduta dos homens, pois queriam destruir Ele por entender que haveria de firmar um reino secular, por isso Roma também o perseguiu mesmo depois de sua morte, só que desta feita em face das idéias lançadas por ele, o dar a cara ao espancador, não tirar a vida do próximo em hipótese alguma, preocupar-se mais com a vida extraplano terrestre, doar a quem nos rouba por entender que carece mais que a gente…

            Desse modo, ou seja, mesmo sendo importante, tem-se que a vida dele como rapazinho não foi registrada em vista do temor que tinha de ser morto antes do tempo, tanto que no seu ministério pedia para não falar sobre os seus milagres, somente no final quando viu que estava chegando o seu fim.

            Mas, neste caso, foi esperteza do império em não divulgar vida de casado e filhos, pois quanto se junta aos cristãos que formam depois o grupo católico, eis que o mundo, segundo os historiadores, já se tornara quase que por completo cristão, ou então simpático às idéias do cristianismo. Ou seja, tudo que fosse feito pelo império tinha que ser muito discreto com temor da reação das pessoas, porquanto a implosão ao cristianismo e reinserção dos cultos pagãos obrigatoriamente haveria de ser lenta e política, usando os coitados dos cristãos que a ele si juntou achando que possuía boas intenções.

            Meu caro, em verdade há a menção de que fora convidado, ocorre que a minha desconfiança ficou aguçada em vista de que desde quando aos convidados cabe resolver suprimentos de casamento alheio? E justo Maria, uma mulher de poucas posses? E justo Maria que sabia que Cristo não poderia se expor em face de poderia ser morto? Por quê ela transferir para Cristo essa obrigação a ponto de se tornar quase um desafio entre mãe e filho? Justo Maria que já havia visto Cristo chamar a atenção dos seus irmãos para que começasse o seu ministério? Por quê esse casamento não se diz o nome do dono da casa, dos noivos, e desde quando quem vivia se escondendo iria aceitar convites de festas?

            Cristo era igualzinho a mim e a você, como seja, atração à figura da mulher, desejo de ordem sexual, desejo de abraçar um filho que viesse de si, que sofria pelo sexo oposto como eu e você, vez que se não fosse, simplesmente Deus teria mandado um ser à terra com isenção de tudo, um alienígena, mas não, foi igual a mim e a você.

            Quanto a a Ele ter filhos quando iria logo embora, pergunto. Acaso você não queria ter como pai mesmo distante o filho de Deus que apela junto a este por nós todos, imagine pelos filhos dele?

            Cristo não veio poupar ninguém de tristezas, meu caro. Pedro foi morto crucificado, Judas suicidado, Paulo executado…Sua mãe sofreu e muito perdendo um filho direito como se fosse um bandido.

            Se seu padrasto, José, já era falecido, então sua mãe, Maria, já vinha sofrendo pela falta da figura do mantenedor principal da família, então devemos fazer igual a Ele e deixar nas mãos do Pai eterno, pois como afirmou: “Bom, só Deus.” “Qual o pai que não dá coisas boas ao seu filho, imagine Deus”

            Meu caro, Cristo não estava à busca de superhomens para o seu labor, sim pessoas responsáveis, sim pessoas dinâmicas, sabendo você que Deus nunca quis sacrifício acima daquilo que suportamos, e Deus sabia e tinha registado isso em gêneses que não era bom que o homem vivesse só, então por quê Cristo iria fazer o inverso do que Deus falou, o Deus que deu ao homem uma companheira, e aí não estou falando apenas para a parte sexual, sim uma pessoa amiga, uma pessoa que geralmente se completa com o homem e vice e versa, pois enquanto ela tem a intuição, nós temos a força bruta, o pensamento mais aprofundado dos temas que nos são lançados.

            Vamos analisar por outro ângulo, se o primeiro homem cometeu o pecado até, pode-se assim dizer, induzido pela mulher, Cristo não poderia jamais suplantar Adão por não conviver maritalmente, e não é só, fica fácil eu ser santo distante de tudo, o verdadeiro santo é aquele que passa em tudo e não se envolve com nada.

            Esclareço. O homem digno casa-se mas não mata sua mulher, o homem digno tem irmãos mas não mata seus irmãos, pois sabe conviver com as diferenças. Ou seja, passou no alho e no óleo, mas não pecou.

            Meu caro, Cristo foi o sacerdote de todos os sacerdotes. Igual a todo o sacerdote, Cristo não estava à busca dos seus interesses, sim os de Deus, e todos os sacerdotes, independente de ser descendentes de Levi, eles fazem sim um trabalho como o de Cristo, como ocorre com os pastores, mulás, padres…

            Ninguém opta por casar, sim uma paixão pelo sexo oposto, sim uma vontade de coabitar, de fazer família, e do que sei não se constitui fraqueza casar e ter filhos.

            Do contrário, para o homem é sinal de bravura e de destemor, pois traz pra si uma mulher e constitui família dando não apenas suporte material, financeiro como também amor, coisa de ser humano, coisa que Cristo se prontificou a fazer e ser aqui na terra senão seria Ele um minotauro, pois não viveria às mesmas paixões que nós os seres advindos de Adão.

            Então ele optaria por casar justamente pra provar que era igual a nós, que soube amar uma mulher, que soube ter filhos com essa mulher, que soube respeitar a família dessa mulher, que trabalhou para dar sustento a essa mulher e a seus filhos, tanto que era homem de traços grosseiros, que trabalhava na mesma função do pai, carpinteiro.

            Cuidado como está escrito que já nascemo no meio da iniquidade, pois em verdade, o que o salmista quer dizer que nossos pais são pecadores, por isso vivemos no meio da iniquidade desde pequenos, como seja, que todos erram, então meus pais também erram, por isso estou envolto de pessoas pecadoras, vendo, assistindo enquanto crianças meus pais pecarem.

            Alerto também que o fato de uma criança desobedecer aos pais não significa manifestação do pecado, sim em face como vc mesmo falou da inconsciência pela tenra idade, fato que se altera quando você passa a ter idade superior a 12 anos e dependendo da instrução religiosa oferecida pelos pais.

            Quanto ao pecado de Adão, poderia todos ao seu redor pecar, aliás de nós também, mas eu não peco. Foi isso que ocorreu com Adão, fosse a mulher dele, fosse a serpente, ora, ora, ora, ele é senhor de si, e era isto que Deus esperava dele, retrucar essa postura da mulher e convidá-la a se achar na presença de Deus para dar satisfação sobre o erro da mulher, mas o que fez foi pecar também. É como se seu filho chegasse em casa dizendo que está se drogando pelo fato de que os colegas se drogam e que o convidaram também.

            O pecado de Adão está impregnado em todos os seres humanos, como seja, essa tendência dagente em errar, mas somente fica manifestada a maldição de adão quando eu passo a cometer pecados, precisamente na primeira vez que peco já fica manifestada essa ausência de autocontrole do ser humano.

            Veja, Adão era perfeito. Quando nós nascemos, também nascemos perfeitos.Ocorre que Deus não pode impedir a ninguém a errar, então se eu erro me torno imperfeito, então a maldição de Adão ela si instala não com com o nascimento, sim quando eu peco, pois aí Deus seria injusto.

            Cristo veio mas não nos trouxe a vida eterna, pelo menos em nível desta terra, mas nos dá a certeza que em havendo pecado da minha parte, eu não me desespere ao ponto de achar que está tudo perdido, do contrário, temos um redentor que vai falar por mim, que vai interceder por mim, dizendo: “este dai errou uma vez em dez oportunidades, então passível de salvação, já a outrem que muito pecou a ponte de errar em nove das dez permitidas, Ele invocar a Deus que o sacrifício da cruz se estenda a tão vil pecador como ele disse sobre o modo de provar o amor de Deus que é perdoando o que mais peca.

            Quanto a essa sua concepção do erro dela somente passar a se constituir como conduta repreensível, eis que Deus como tinha dado a prevalência do homem sobre a mulher, ficou esperando que adão se portasse como o dono do lar, mas eis que pecou e ainda quis transferir sua culpa pra Deus, pois foi Ele que deu Eva, portanto falta de caráter dele.

            Já sobre a sua tese de que pecado somente mediante o componente masculino, eis que se assim for, Cristo não foi igual a mim e a você, pois concebido apenas de Maria, mulher, afinal o lado masculino não foi de José, sim de Deus, e Deus não tem pecado, é a perfeição.

            Assim o fato de Deus escolher uma virgem não tem nada haver com mulher sinônimo da não existência de pecados, sim para que não houvesse dúvidas a respeito da figura de Cristo, lembrando a você que à época não existia ainda exames de DNA para descartar supostos pais terrestres de Cristo.

            Outra coisa, o interesse em uma virgem não significa que Maria tinha que ser uma não pecadora, pois igual as jovens da idade dela pode ter cometido algum tipo de pecado, mas não o de envolvimento amoroso/sexual, que se assim não for, Cristo não perde a qualidade de ser considerado o único sem pecado, pois a mãe dele, Maria, conseguiu a mesma coisa, e não é isso que a bíblia mostra, pois Deus olha para a terra e não encontra um homem, um homem só que consiga ver nele a virtude completa de nunca ter pecado, do contrário, todos pecaram, todos pecam e todos pecarão, seja homem ou mulher.

            Sobre sua conclusão, não esqueça, meu caro, nós somos filhos de Deus e somos errados, então por quê os filhos de Cristo aqui na terra possuiriam por herança o que nós não conseguimos advindo de Deus, é que Cristo é mais importante que Deus, pois este fez filhos passíveis de errar, aquele não?

            Em verdade, os seus filhos podem possuir, vamos falar geneticamente, 75% de possibilidade de imperfeição derivada de Adão, portanto pecadores também, pois Cristo possuía 50% do lado de Maria, masa não pecou, portanto transferiu 100, mas ao se casar, seus filhos receberam a parte da mãe e ainda foram busca de Maria, pois os ancestrais acima dos pais transferem também sua genética.

            Por ser assim, esses supostos filhos de Cristo, se caso existam, em verdade não mais trazem a perfeição, perdida pelo entrelaçamentos, mais a mais, Cristo não era sinônimo estrutura humana perfeita, acreditando eu que teve dores de dente, gripes…, nada de perfeiçaão nesse campo, senão seria tudo, menos um ser humano, ou seja, Cristo uma fraude total, e nós sabemos que não foi.

          • não vou comentar sobre minha opinião do que esse texto do Levi significou para mim, porém vou comentar um pequeno trecho que me chamou muito atenção e tenho certeza que o Boreano talvez tenha uma boa opinião a respeito.

            Levi, vc disse que nascemos em meio a pecadores (pai e mãe), mas nascemos perfeitos até que pecamos pela primeira vez, assim como fez adão.

            Bem, se assim fosse mesmo, então o sacrificio de um recém nascido seria válido, já que seria o sacrificio de um “homem” perfeito e Cristo não precisaria ter morrido da maneira que morreu, e bastaria cada um de nós sacrificar um filho recém nascido e pronto. estaríamos salvos.

            Bem, parece loucura, mas é o que depreende-se da sua forma de pensar sobre o pecado Levi.

            concorda Boreano?

          • Cristão,

            Quanto a sacrifício de inocentes, meu caro, eis que a humanidade sempre pensou assim, uma pena, pois matou e continua matando crianças, virgens, fato que ocorre em todas as partes do mundo, seja nos Maias antigamente com jovens virgens, seja aqui no Brasil em trabalhos de macumbas, seja noutros países.

            Deus vendo essas ações de sacrifício ainda na época de Abraão, eis que bolou um plano para resolver duas situações.

            1- Dar lição em Abraão, pois cometeu dois grandes erros:

            a: ter filho c/ mulher outra por julgar que a sua não mais teria condições de gerar filhos;
            b: deixar desamparada a mãe e criança desse relacionamento, afinal se rendera aos caprichos e ciúmes de Sara, preocupada tão apenas com a sucessão, pois seu filho Isaque não era o primogênito.

            2- Mostrar para o mundo que Deus não aceita sacrifícios humanos seja de adultos ou crianças, convertendo em animais, que depois foi cessada essa prática com o sacrifício de Cristo;

            Meu caro, quero crer que o diabo pôs na cabeça da humanidade que seus pecados seriam perdoados mediante o sangue de inocentes, a que fúria dos deses se aplacaria com tais sacrifícios e passaram, norte, sull leste e oeste a assim proceder.

            Deus sempre foi pedagogo, e quanto a esse assunto começou ensinando que não quer humanos como sacrifícios, depois para alertar mais ainda, manda um para mostrar ao homem de vez que Ele abomina tal prática, por isso Cristo um sem pecado.

            Cristo, segundo a bíblia, se ofereceu como sacrifício nesse plano didático de Deus para com a humanidade, diferente das crianças imoladas sem o consentimento.

            Aliás, Deus não se compraz em mandar nem seu filho e nem um outro para a cruz do calvário, pois não interessa ao criador do universo sangue, e nem a morte como meio de salvação, sim posturas corretas nossas, sim retidão, sim saber escolher as coisas boas para seguir o nosso Deus, não mortes de inocentes, não matar os de outras religiões, não deturpar outras religiões, não dispor ao homem apenas uma escola de salvação(igreja), mas várias.

          • Bereano

            Sei que sua intenção é boa mas creia-me, sei por experiência própria, que se seu intento é levar um pingo de juízo e bom senso a cabeça esta fazendo trabalho em vão.

            Ele tem a si mesmo na conta de grande sábio e descobridor das verdades secretas da Biblia supostamente ocultadas pela Ig Catolica e não descobertas sequer pela reforma protestante.

          • Levi, o seu deus é bipolar igual vc cara, ele quis mostrar ao homem que não gosta de sacrificios humanos de inocentes e aceitou o sacrificio do próprio filho, também inocente?

            kkkkk

            essa é pra rir muito.

          • Leandro,

            Meu caro, o espaço neste site apesar de um tanto tendencioso, com todo o respeito ainda declaradamente não se disse uma extensão da igreja católica, um convento, um seminário, onde se falam as coisas, e agente tem que escutar, nada de levantar discussões, por favor, não sou católico para você dizer que eu disse algo quando não disse, todavia emudecer. Parece que você ama difamar, caluniar e injuriar?

            Primeiro, que não critiquei as escolhas que Cristo fez quanto aos discípulos. O que sempre disse é que no seio dos discípulos que Ele escolheu existiu personagens errantes, como Pedro, Judas, Tomé.

            Eu digo que no meio dos discípulos escolhidos, alguns eram peças de dar nó, mas tem igrejas que acham que tudo é perfeito, ela é perfeita, seus sacerdotes são perfeitos, e que a imperfeição está na seita dos outros e nos líderes das outras. O seu descontentamento comigo é que eu não fico medindo igrejas entre igrejas, ponho todas num patamar e mostro que devam ser humildes como foi Cristo no seu ministério que chegou a se dirigir para um dos seus discípulos que queria ser santo demais e mandar o diabo se colocar no seu lugar, dizendo: “para trás satanás.”

            Cristo disse: “Sede santo como eu sou santo”, nunca disse que nós fôssemos santos como a igreja que Ele iria criar ou já havia criado: “Sede santo como a minha igreja é”

            Se os discípulos de Cristo erraram e não tiveram temor que seus erros fossem publicados, então tem uma igreja aí que se diz “apostólica” que deveria também aprender essa lição dos apóstolos.

            Não, ao invés disto fica a pregar que os padres não erram e a igreja também não, diferente do verdadeiro Pedro Romano, o papa francisco, pois não quer nem saber e está fazendo igual aos apóstolos, mandando apurar os erros dos da sua igreja para depois proceder grande reforma, a que Lutero não pôde fazer, tornando-se uma ironia do destino o fato dum “irmano argentino” vir a fazer o que dois alemães não conseguiram, Lutero e Bento XVI.

            Quanto a doutrina sobre a natureza divina de Jesus, Ele teve que renunciar momentaneamente, do nascimento até morte, tendo-a recuperado com a ressurreição, pois deixou a humana na sepultura e retorna tomando para si a de antes, a divina, tudo por simples razão: não poderia ele ser divino enquanto homem, pois se sim, jamais teria morrido na cruz, ou melhor, quem foi que conseguiu tirar a vida de Deus? Desde quando um Deus perde a vida decorrente de hemorragia causada por cortes feitos por mãos humanas? Se sim, então a criatura teria ultrapassado o criador. Quem morreu na cruz foi um homem que se despira da sua divindade momentaneamente por ato de amor de seu Pai, O criador.

            Muita gente, católico e protestante, fica a indagar sobre a vida de adolescente e depois de rapaz de Cristo, pois a bíblia quando vem falar Dele já é um homem adulto. Muita gente quer saber sobre José. Muita gente quer saber se Cristo teve namorada e quem, pois acham que ou Maria ou Marta era, exceto os que acham pecado namorar(os santos demais). Meu caro, não tire os outros por você, se a tua fé é grande demais e o que já sabe te satisfaz, com todo o respeito, não meça os outros com a tua medida.

            Quanto a eu desqualificar os demais que matutaram sobre as passagens da bíblia, trago de volta o discurso em que eu adentrei nessa intervenção, daí enviar você e aos desavisados a verificar o que precisamente falei:

            Que Deus não dá revelações de sua palavra a apenas a uma categoria de pessoas, como sejam, os sábios e estudiosos, dá a qualquer um, desde que se esforce, portanto não desqualifiquei ninguém, sim retruquei a um internauta que veio zombar.

            Outra coisa, não disse que os outros não perceberam suposto casamento de Cristo em Caná da Galiléia, aliás, podem até terem visto e falado, embora nunca eu lido alguém fazendo essa conexão, mais que já vi gente falando da possibilidade de Jesus ter se casado, ter tido caso com Madalena, teve um escritor que escreveu e também filmaram quanto ao mesmo tema, não sabendo dizer a você se tais pessoas eram ricas, sábias, mas que falaram, isso pode ter em conta.

            Quanto ao delirante do século XXI, obrigado, meu caro, entretanto não tenho culpa e Deus dá a quem quer e na hora que quer, então se Deus está dando essa capciosidade agora, vá reclamar com o Homem ou com o Filho do Homem.

            Já a malvada igreja católica, a própria história dá contas disso, não precisas religiosos de seitas dizer, em verdade quem estuda a “verdadeira religião”, desde que não seja tendencioso, ficam decepcionados em vê que um seguimento do cristianismo se afastou tanto das coisas do céu para ficar administrando as vãs terrestres.

            Durante séculos toda esta gente sejam católicos, mulçumanos( pois sim os mulçumanos veem Jesus como um profeta e creem que viveu e morreu celibatário), protestantes como Lutero( a quem o Levi chama de Grande alemão), falaram e interpretaram do mesmo modo como cristãos primitivos e a “malvada” Ig Catolica ensinou.
            E então agora no sex XXI me aparece este delirante para “Humildemente” reescrever os evangelhos.

            E como sempre digo o que mais me afasta de tudo que significa a Reforma Protestante é exatamente tal pretensão de inovar de modo tão irresponsavel. O dogma maldito da Livre interpretação da Biblia sob alegação de inspiração divina ou grande sabedoria pessoal. O Levi é a própria encarnação do vírus HIV que isto significou para o Cristianismo na face da Terra.

            Tal dogma criado por Lutero( e que depois arrependeu-se amargamente de tê-lo criado) conseguiu o pior resultado colateral e indesejado. Na cabeça de um alienado como o Levi O que isto faz na pratica:

            O cara consegue tornar a Biblia e todos os grandes nomes do Cristianismo na Historia em meros mentirosos ou tolos.

          • Vale lembrar que para dar sustento ao “dogma luterano” da “livre interpretação”, os protestantes deveriam retirar mais um livro da já sofrida “biblia protestante”, que nada mais é do que a biblia católica faltando livros, ou seja, extirpar o livro de Thiago da biblia, já que ali se refuta este dogma de livre interpretação e o próprio lutero, para dar sustento a tal dogma, tentou desmerecer o livro de Thiago, chamando-o de “Livro de palha”.

          • Reinaldo,

            O judaísmo, igreja patrocinada por Deus, fez coisas de dar nó em pingo d’água, aí você acha que Cristo iria encher a bola de outra igreja, justo a Dele?

            Meu caro, será que Cristo não sabia quando se disse o cabeça da igreja que o corpo era o ponto de aquiles do todo?

            Ora, essa história de que Cristo é o cabeça, via de consequência o corpo se santifica decorrente da cabeça. O corpo, em processo de santificação, jamais Cristo iria tê-la como não errante. Vamos deixar de grandiosidade, de orgulho, de soberba, de exclusão.

            Quanto a história de que Lutero sugeriu tirar o livro de Tiago, se o fez é que talvez tivesse razões, não cabendo eu aqui discutir as teses do líder católico discidente de vocês, pois foi um sábio, aliás acima da maioria católica, 99,9999999.

            Sobre Lutero extrair da bíblia livros do velho testamento, sucede que ele não tirou pois os tais sete livros nunca estiveram lá, pergunta aos judeus, examine o velho testamento dos judeus, e verá que nunca foram inseridos, depois disso pare de fazer conclusões erradas.

        • Leandro e Cristão,

          Eu faço parte da igreja de Cristo, então se descobri algo, é que eu também sou um grande sábio, sou uma parte do Cristo, o que se revela a quem e do modo como ele quer, não a reis, a sábios, a estudiosos, a diplomados tão apenas.

          Quanto a eu ser louco por interpretar que Deus usou um único sacrifício, o filho, tudo isso visando botar na cabeça dos cabeçudos e dos pecadores da minha e da tua espécie algum grau de sensatez, pode ter como certo que é loucura mesmo como Cristo admoestou, o evangelho é loucura para os sábios, os acham que entendem tudo, e que tudo é explicado em termos de morais, racionais e materiais. A mensagem da cruz, repito, é loucura.

          • Levi

            Correção

            Vc se diz membro da Igreja de Cristo. Um personagem a quem já criticou as escolhas que fez para o colégio apostólico e de quem afirma terem escondido a descendência.
            Umas das coisas em comum entre as doutrinas católica e protestante é afirmar que Jesus foi de fato verdadeiro homem e Deus, sendo em sua natureza humana idêntico a nos EXCETO NO PECADO.
            Outra coisa em comum entre católicos e protestantes é o fato de reconhecerem que os evangelhos nos contaram tudo q

          • Continuando
            Os evangelhos nos contam tudo que precisamos saber sobre a vida de Nosso Redentor.

            Já notei que no discurso do leviano Varela ela tenta com falso humildade mostrar-se como sabedor das verdades desqualificando os demais pensadores e divulgadores do Jesus histórico e divino como gente de cima, os esnobes, os caras do poder:

            No contraponto, Ele o Levi é o humilde, o cara do povo que soube desvencilhar-se da farsa católica e deduziu as verdades ocultas. Os outros que em 2000 mil anos não perceberam o casório de Cristo nas bodas de Caná estes eram reis, diplomatas, poderosos.

            Aos leitores que tem um pingo de juízo em sua cabeça lembro que o fato de ser diplomado e culto nunca desmereceu ninguém perante Deus. Se o tal fato fosse verdade, um tipo como Paulo de Tarso jamais teria sido o maior evangelizador do Cristianismo. Nem um médico como Lucas discípulo e escritor da vida de Jesus.

            Durante séculos toda esta gente sejam católicos, mulçumanos( pois sim os mulçumanos veem Jesus como um profeta e creem que viveu e morreu celibatário), protestantes como Lutero( a quem o Levi chama de Grande alemão), falaram e interpretaram do mesmo modo como cristãos primitivos e a “malvada” Ig Catolica ensinou.
            E então agora no sex XXI me aparece este delirante para “Humildemente” reescrever os evangelhos.

            E como sempre digo o que mais me afasta de tudo que significa a Reforma Protestante é exatamente tal pretensão de inovar de modo tão irresponsavel. O dogma maldito da Livre interpretação da Biblia sob alegação de inspiração divina ou grande sabedoria pessoal. O Levi é a própria encarnação do vírus HIV que isto significou para o Cristianismo na face da Terra.

            Tal dogma criado por Lutero( e que depois arrependeu-se amargamente de tê-lo criado) conseguiu o pior resultado colateral e indesejado. Na cabeça de um alienado como o Levi O que isto faz na pratica:

            O cara consegue tornar a Biblia e todos os grandes nomes do Cristianismo na Historia em meros mentirosos ou tolos.

          • Levi…

            Cristo disse: “Sede santo como eu sou santo”, nunca disse que nós fôssemos santos como a igreja que Ele iria criar ou já havia criado: “Sede santo como a minha igreja é”

            Pois é Levi… é interessante se ater ao fato de que a Igreja É O CORPO DE CRISTO… portanto.. se Cristo disse, SEDE SANTO COMO EU SOU SANTO, está incluindo a Igreja, vez que ele é a cabeça deste corpo.

            abçs.

          • Vale lembrar que para dar sustento ao “dogma luterano” da “livre interpretação”, os protestantes deveriam retirar mais um livro da já sofrida “biblia protestante”, que nada mais é do que a biblia católica faltando livros, ou seja, extirpar o livro de Thiago da biblia, já que ali se refuta este dogma de livre interpretação e o próprio lutero, para dar sustento a tal dogma, tentou desmerecer o livro de Thiago, chamando-o de “Livro de palha”.

    • e eu lutando para ajuntar uma ninharia de 700,000.00 para comprar uma carreta Scania, ou volvo, para poder trabalhar honestamente, já pensou como este mundo e terrível, como nos informa categoricamente as Santas Palavra o mundo jaz no maligno, mas isto e o de menos o pior foi outra matéria os católicos aqui de plantonerios afirmar que os padres ganham pouco mais de 1000 a 2000 por mês, como se explicaria os carrões de luxo que os mesmos andam, como explicar os apartamentos de 800,000.00 de 1000,000,00 que os mesmos possuem, e as chácaras e fazendas, poderiam eles explicar como o eu conheço um que agora e monsenhor que possui vários apartamentos no setor sul do oeste em brasilia e chácaras na região do entorno de brasilia e o carrão que o mesmo desfila e carro pra mais de metro carro de barão, o que há de corrupção na católica não e brincadeira, somente os defensores de plantão puxando para suas sardinhas mesmo sabendo que estão na mentira, falam e afirma tal inverdade, estou falando porque sei das falcatruas, então não me venha com estas conversas de que so no meio evangélico existe verdadeiros roubos mais que assalto a mao armada, ladroeira verdadeiros assaltos existe em todas eu disse TODAS as denominações seja qual seja, e também afirmo que em todas eu disse TODAS as denominações existe sim eu desse SIM existe os honestos e muitos honestos, ta bom ora ora como diz um escrevente deste site, NAO GENERALIZEM SEUS BURROS, agora eu pergunto achou ruim eu chamar de BURROS então parem de GENERALIZARRRRRRRR

  3. Bispos saem com prostitutas,andam de mercedes benz,isso é quando não engravida alguma das fieis,e mantem seus filhos no anonimato para transparecerem uma imagem santa.
    Na verdade essa colocação á respeito desse bispo,é somente um grão debaixo de um imenso tapete sujo,na igreja catolica,quando um padre faz alguma besteira,e ele vai conversar com o bispo,a primeira coisa que o bispo pergunta é: “algum paroco sabé”,se ele responder não,então o caso é abafado e o sacerdote é transferido.
    Eu me lembro de um relato,de um pessoal que foi fazer um serviço em um convento,a tubulação estava entupida ,e quando foram fazer a limpeza,o que tinha entupido aquela tubulação era preservativos usados,o pessoal ficou perplexo,imagina aquelas freiras com caras de santinhas,de santinhas não tinham nada.

    • Todo servo do diabo sonha que isso ai seja verdade mesmo!!!

      calunias e calunias, mas olha que lindo, a Igreja de Cristo está em pé a mais de 2000 anos.

      CHORA CAPETA.

      rsrsrsrs

      • Crora capeta?!
        Você é mais um que vai chorar; junto com o capeta se não deijar de adorar as imagens de escultura em lugar do SALVADOR
        Idolatria leva ao inferno, seu cara pálida.

      • Chora você,

        A migração da igreja católica para outras cristãs é um fato.

        As regiões do mundo que antes eram cristãs hoje são de outras religiões como o islamismo, citando-se as cidade onde Paulo esteve em suas viagens, os países onde provavelmente o Éden fora, o Irã, o Iraque, parte do Líbano, os países do Leste europeu ligados a igreja ortodoxa, à grega, o norte europeu protestante, os EUA protestante, boa parte do Canadá protestante, a América Latina se tornando protestante, isso sem falar nos países do extremo oriente de maioria religiosa ligada a outros deuses, bem assim o número grande de ateus sejam os advindo do comunismo sejam os que se converteram depois.

        Isso não bastasse, aí tem a própria implosão, qual seja, os escândalos praticados pelos próprios da igreja, onde se vê os padres resolvendo os interesses particulares, aí ficam senhores iguais a você vendo o navio afundar, mas agem como se nada estivesse acontecendo porque o capitão disse que não afundariamos quando a água já se encontra no pescoço.

        Uma igreja que ficou intervindo nos interesses de estado da Europa e de países a ela ligados, esquecendo de evangelizar, ou seja, a prevalência mais que total do inferno sobre ela, mas aí a empáfia não os deixa calados, tendo João Paulo pedido perdão pelo que a igreja fez, bento também pediu, o atual que pegou a barcaça insustentável tentando dar novos rumos, aí os senhores com ares dos cultivadores de algodão do sul dos Estados Unidos agindo como se ricos fossem, como se melhores fossem, sem modéstia ao comer farinha e arrotar caviar? É este o ide de Cristo?

        Bom

        • chora Levi varela, fique louco, esbraveje para o mundo todo que a Igreja está afundando,

          da sua boca porca só saem calunias contra a Igreja de Cristo, quanto mais vc calunia mais a Igreja se fortalece.

          • Cristão,

            Você tem traços de um fundamentalista, como seja, só enxerga o que quer.

            Não que se agarrar a um monte de bombas para matar os infiéis não?

  4. CARTA ABERTA AO SENHOR LEVI VARELA, Meu Amigo,–Os primeiros quatro livros do novo testamento, chama-se Evangelhos. Estes juntos constituem um pouco menos que a metade do volume do Novo Testamento, os Evangelhos que tratam da manifestação da salvação, Mateus, Marcos Lucas e Joao, Os Evangelhos tratam do inicio da historia relatada no novo testamento, por isso vem em primeiro dentro destes quatro livros, o leitor ou estudioso logo percebe que o livro escrito por Joao distingue-se bastante dos outros três, e por isso não podia ser colocado entre eles, E pelo conteúdo, o livro de Mateus constitue uma ponte entre os dois testamentos, sendo assim o primeiro livro do Novo Testamento, Os Evangelhos nos contam, de certa maneira a historia de Jesus Cristo, o que quer dizer a palavra Evangelhos, quer dizer boa nova, ou boa noticia, O Evangelho, portanto trata de um fato que se realizou em uma certa época da historia, e não haveria Evangelho se Cristo não tivesse vindo ao mundo, Nos Evangelhos há muito mais que a narração de milagres, por igual modo, os Evangelhos não nus apresenta simples memorias, antes são proclamações escritas da historia da redenção, a primeira pergunta se pode perguntar e e esta porque quatro Evangelho? porque não são dois, três ou porque não somente um Evangelho ora isto pode ser explicado facilmente, e pelo fato de ter havido nos tempos apostólicos quatro classes representativas do povo, os judeus, os romanos os gregos e esse corpo tomado de todas as três classes , a igreja, cada um dos Evangelistas escreveu para uma dessas classes, adaptando-se ao seu caráter, as suas necessidades e ideais, Mateus, sabendo que os judeus ansiosamente esperando a vinda do Messias prometido no antigo testamento apresenta a Jesus Cristo como o Messias, Lucas escrevendo para um povo culto, os gregos, cujo ideal era o homem perfeito, fez com que seu livro focalizasse a pessoa de Cristo como a expressão desse ideal, Marcos escreveu aos romanos, um povo cujo ideal era o poder e o serviço e ele Marcos descreveu a Cristo como um conquistador poderoso, Joao tinha em mente a necessidade dos cristãos de todas as nações e assim apresenta as verdades mais profundas do Evangelho, entre as quais os ensinos acerca da divindade de Jesus Cristo e do Espirito Santo, quanto a isto devemos lembrar-nos de que a mensagem dos Evangelhos se dirige a humanidade em geral sendo os homens os mesmos em todas as épocas, Mais uma razão para a existência de quatro Evangelhos a saber Um Evangelho so não teria sido suficiente para apresentar os vários aspectos da personalidade de Jesus Cristo, cada um dos evangelistas o ve sob um aspecto diferente, Mateus como o Rei, Marcos como o conquistador, Lucas como o filho do homem o filho de Deus, esta visão de Cristo e como a visão de um grande edifício so um lado pode ser visto de cada vez, os escritores não procuraram produzir uma biografia completa de Cristo, mas levando em consideração as necessidades e caráter do povo para qual escreviam, escolheram exatamente aqueles acontecimentos e discursos, que acentuaram a sua mensagem especial, os três primeiros Evangelhos são chamados sinópticos porque fornecem uma sinopse vista geral dos mesmos acontecimentos e tem um plano comum, o Evangelho de Joao esta escrito em base inteiramente diferente dos três, os pontos de diferença entre os sinópticos e o evangelho de Joao são os seguintes, os sinópticos contem mensagem evangélica para os homens não espirituais, e o de Joao contem uma mensagem espiritual para os crentes ou cristãos, nos três vemos o seu ministério na galileia mas no de Joao vemos de modo especial, o seu ministério na judeia, nos três sobressai mais a sua vida publica, ao passo que o quarto o de Joao e revelado a sua vida particular , nos três impressiona a sua humanidade real e perfeita, no de Joao sua divindade impressionante e verdadeira, então Senhor Levi Varela espero que isto tenha ajudado ao senhor entender que os evangelhos não tem nada haver com os romanos e nem interferência dos mesmo e nem tao pouco da igreja católica,

  5. A genealogia de Jesus Cristo, considera-se que a genealogia de Mateus cita, a linhagem de Jose confome Lc 3.23, Mateus o Evangelho do reino de Deus, mostra Jesus como herdeiro legitimo do trono de Israel, Lucas o evangelho do filho do homem interessa-se pela descendência humana de nosso Senhor, a genealogia como de costume oriental, se demora apenas nos nomes mais conhecidos, mencionando 42 gerações num período de com 2000 anos a divisão em três secções de 14 gerações seria uma ajuda a memoria, o primeiro grupo de Abraao ate Davi com 1000 anos, o segundo de Davi ate o exilio na babilônia com 400 anos, e o ultimo com Jose e Maria representando a decima quarta geração abrange 600 anos cada divisão e separada de acordo com épocas básicas da historia de Israel, a Monarquia, o cativeiro, e a vinda do Messias, não se deve aqui procurar uma lista completa dos antepassados de Jesus, ora ESDRAS por exemplo omitiu seis gerações no seu relatório Ed 7. 1- 5, com 1 Cr 6, 3-15 em Lucas 3,23 esta FILHO de Heli, pode se explicar as diferenças entre Mt 1 e Lc 23 segundo Machen se vimos em Mt a linhagem legal de Davi em Lc a natual, Mateus se interessa pelo seu parentesco com Abraao, mas Lucas pela solidariedade com a humanidade em Adao espero ajudar no entendimento, e que estas diferenças não tem nada haver com romanos com brasileiros nem com igreja alguma

    • Com certeza… seria ótimo para o diabo.. estaria com o caminho livre para disseminar o mal.. kkkk

      MAS ISSO NÃO VAI ACONTECER, já que Cristo prometeu que sua Igreja PREVALECERIA.

  6. Leandro,

    Meu caro, o espaço neste site apesar de um tanto tendencioso, com todo o respeito ainda declaradamente não se disse uma extensão da igreja católica, um convento, um seminário, onde se falam as coisas, e agente tem que escutar, nada de levantar discussões, por favor, não sou católico para você dizer que eu disse algo quando não disse, todavia emudecer. Parece que você ama difamar, caluniar e injuriar?

    Primeiro, que não critiquei as escolhas que Cristo fez quanto aos discípulos. O que sempre disse é que no seio dos discípulos que Ele escolheu existiu personagens errantes, como Pedro, Judas, Tomé.

    Eu digo que no meio dos discípulos escolhidos, alguns eram peças de dar nó, mas tem igrejas que acham que tudo é perfeito, ela é perfeita, seus sacerdotes são perfeitos, e que a imperfeição está na seita dos outros e nos líderes das outras. O seu descontentamento comigo é que eu não fico medindo igrejas entre igrejas, ponho todas num patamar e mostro que devam ser humildes como foi Cristo no seu ministério que chegou a se dirigir para um dos seus discípulos que queria ser santo demais e mandar o diabo se colocar no seu lugar, dizendo: “para trás satanás.”

    Cristo disse: “Sede santo como eu sou santo”, nunca disse que nós fôssemos santos como a igreja que Ele iria criar ou já havia criado: “Sede santo como a minha igreja é”

    Se os discípulos de Cristo erraram e não tiveram temor que seus erros fossem publicados, então tem uma igreja aí que se diz “apostólica” que deveria também aprender essa lição dos apóstolos.

    Não, ao invés disto fica a pregar que os padres não erram e a igreja também não, diferente do verdadeiro Pedro Romano, o papa francisco, pois não quer nem saber e está fazendo igual aos apóstolos, mandando apurar os erros dos da sua igreja para depois proceder grande reforma, a que Lutero não pôde fazer, tornando-se uma ironia do destino o fato dum “irmano argentino” vir a fazer o que dois alemães não conseguiram, Lutero e Bento XVI.

    Quanto a doutrina sobre a natureza divina de Jesus, Ele teve que renunciar momentaneamente, do nascimento até morte, tendo-a recuperado com a ressurreição, pois deixou a humana na sepultura e retorna tomando para si a de antes, a divina, tudo por simples razão: não poderia ele ser divino enquanto homem, pois se sim, jamais teria morrido na cruz, ou melhor, quem foi que conseguiu tirar a vida de Deus? Desde quando um Deus perde a vida decorrente de hemorragia causada por cortes feitos por mãos humanas? Se sim, então a criatura teria ultrapassado o criador. Quem morreu na cruz foi um homem que se despira da sua divindade momentaneamente por ato de amor de seu Pai, O criador.

    Muita gente, católico e protestante, fica a indagar sobre a vida de adolescente e depois de rapaz de Cristo, pois a bíblia quando vem falar Dele já é um homem adulto. Muita gente quer saber sobre José. Muita gente quer saber se Cristo teve namorada e quem, pois acham que ou Maria ou Marta era, exceto os que acham pecado namorar(os santos demais). Meu caro, não tire os outros por você, se a tua fé é grande demais e o que já sabe te satisfaz, com todo o respeito, não meça os outros com a tua medida.

    Quanto a eu desqualificar os demais que matutaram sobre as passagens da bíblia, trago de volta o discurso em que eu adentrei nessa intervenção, daí enviar você e aos desavisados a verificar o que precisamente falei:

    Que Deus não dá revelações de sua palavra a apenas a uma categoria de pessoas, como sejam, os sábios e estudiosos, dá a qualquer um, desde que se esforce, portanto não desqualifiquei ninguém, sim retruquei a um internauta que veio zombar.

    Outra coisa, não disse que os outros não perceberam suposto casamento de Cristo em Caná da Galiléia, aliás, podem até terem visto e falado, embora nunca eu lido alguém fazendo essa conexão, mais que já vi gente falando da possibilidade de Jesus ter se casado, ter tido caso com Madalena, teve um escritor que escreveu e também filmaram quanto ao mesmo tema, não sabendo dizer a você se tais pessoas eram ricas, sábias, mas que falaram, isso pode ter em conta.

    Quanto ao delirante do século XXI, obrigado, meu caro, entretanto não tenho culpa e Deus dá a quem quer e na hora que quer, então se Deus está dando essa capciosidade agora, vá reclamar com o Homem ou com o Filho do Homem.

    Já a malvada igreja católica, a própria história dá contas disso, não precisas religiosos de seitas dizer, em verdade quem estuda a “verdadeira religião”, desde que não seja tendencioso, ficam decepcionados em vê que um seguimento do cristianismo se afastou tanto das coisas do céu para ficar administrando as vãs terrestres.

    Durante séculos toda esta gente sejam católicos, mulçumanos( pois sim os mulçumanos veem Jesus como um profeta e creem que viveu e morreu celibatário), protestantes como Lutero( a quem o Levi chama de Grande alemão), falaram e interpretaram do mesmo modo como cristãos primitivos e a “malvada” Ig Catolica ensinou.
    E então agora no sex XXI me aparece este delirante para “Humildemente” reescrever os evangelhos.

    E como sempre digo o que mais me afasta de tudo que significa a Reforma Protestante é exatamente tal pretensão de inovar de modo tão irresponsavel. O dogma maldito da Livre interpretação da Biblia sob alegação de inspiração divina ou grande sabedoria pessoal. O Levi é a própria encarnação do vírus HIV que isto significou para o Cristianismo na face da Terra.

    Tal dogma criado por Lutero( e que depois arrependeu-se amargamente de tê-lo criado) conseguiu o pior resultado colateral e indesejado. Na cabeça de um alienado como o Levi O que isto faz na pratica:

    O cara consegue tornar a Biblia e todos os grandes nomes do Cristianismo na Historia em meros mentirosos ou tolos.

    Por quê não publicaram logo após a ultima intervenção do internauta Leandro?

  7. A umas três horas eu respondi a um internauta, o Leandro,
    agora para surpresa, o site tirou o que postei e também a postagem que fazia considerações.

    Nunca vi nem na ditadura de 64, na KGB, tamanho furor para censurar.

    É brincadeira, pois provocam a gente, aí quando se responde à altura, vão num proteção não se sabe porquê, fazem um corte, inclusive do texto que provocou a resposta sadia, ordeira e respeitosa.

    Só na polícia pra vê o direito de resposta sendo respeitado?

  8. Leandro,

    Meu caro, o espaço neste site apesar de um tanto tendencioso, com todo o respeito ainda declaradamente não se disse uma extensão da igreja católica, um convento, um seminário, onde se falam as coisas, e agente tem que escutar, nada de levantar discussões, por favor, não sou católico para você dizer que eu disse algo quando não disse, todavia emudecer. Parece que você ama difamar, caluniar e injuriar?

    Primeiro, que não critiquei as escolhas que Cristo fez quanto aos discípulos. O que sempre disse é que no seio dos discípulos que Ele escolheu existiu personagens errantes, como Pedro, Judas, Tomé.

    Eu digo que no meio dos discípulos escolhidos, alguns eram peças de dar nó, mas tem igrejas que acham que tudo é perfeito, ela é perfeita, seus sacerdotes são perfeitos, e que a imperfeição está na seita dos outros e nos líderes das outras. O seu descontentamento comigo é que eu não fico medindo igrejas entre igrejas, ponho todas num patamar e mostro que devam ser humildes como foi Cristo no seu ministério que chegou a se dirigir para um dos seus discípulos que queria ser santo demais e mandar o diabo se colocar no seu lugar, dizendo: “para trás satanás.”

    Cristo disse: “Sede santo como eu sou santo”, nunca disse que nós fôssemos santos como a igreja que Ele iria criar ou já havia criado: “Sede santo como a minha igreja é”

    Se os discípulos de Cristo erraram e não tiveram temor que seus erros fossem publicados, então tem uma igreja aí que se diz “apostólica” que deveria também aprender essa lição dos apóstolos.

    Não, ao invés disto fica a pregar que os padres não erram e a igreja também não, diferente do verdadeiro Pedro Romano, o papa francisco, pois não quer nem saber e está fazendo igual aos apóstolos, mandando apurar os erros dos da sua igreja para depois proceder grande reforma, a que Lutero não pôde fazer, tornando-se uma ironia do destino o fato dum “irmano argentino” vir a fazer o que dois alemães não conseguiram, Lutero e Bento XVI.

    Quanto a doutrina sobre a natureza divina de Jesus, Ele teve que renunciar momentaneamente, do nascimento até morte, tendo-a recuperado com a ressurreição, pois deixou a humana na sepultura e retorna tomando para si a de antes, a divina, tudo por simples razão: não poderia ele ser divino enquanto homem, pois se sim, jamais teria morrido na cruz, ou melhor, quem foi que conseguiu tirar a vida de Deus? Desde quando um Deus perde a vida decorrente de hemorragia causada por cortes feitos por mãos humanas? Se sim, então a criatura teria ultrapassado o criador. Quem morreu na cruz foi um homem que se despira da sua divindade momentaneamente por ato de amor de seu Pai, O criador.

    Muita gente, católico e protestante, fica a indagar sobre a vida de adolescente e depois de rapaz de Cristo, pois a bíblia quando vem falar Dele já é um homem adulto. Muita gente quer saber sobre José. Muita gente quer saber se Cristo teve namorada e quem, pois acham que ou Maria ou Marta era, exceto os que acham pecado namorar(os santos demais). Meu caro, não tire os outros por você, se a tua fé é grande demais e o que já sabe te satisfaz, com todo o respeito, não meça os outros com a tua medida.

    Quanto a eu desqualificar os demais que matutaram sobre as passagens da bíblia, trago de volta o discurso em que eu adentrei nessa intervenção, daí enviar você e aos desavisados a verificar o que precisamente falei:

    Que Deus não dá revelações de sua palavra a apenas a uma categoria de pessoas, como sejam, os sábios e estudiosos, dá a qualquer um, desde que se esforce, portanto não desqualifiquei ninguém, sim retruquei a um internauta que veio zombar.

    Outra coisa, não disse que os outros não perceberam suposto casamento de Cristo em Caná da Galiléia, aliás, podem até terem visto e falado, embora nunca eu lido alguém fazendo essa conexão, mais que já vi gente falando da possibilidade de Jesus ter se casado, ter tido caso com Madalena, teve um escritor que escreveu e também filmaram quanto ao mesmo tema, não sabendo dizer a você se tais pessoas eram ricas, sábias, mas que falaram, isso pode ter em conta.

    Quanto ao delirante do século XXI, obrigado, meu caro, entretanto não tenho culpa e Deus dá a quem quer e na hora que quer, então se Deus está dando essa capciosidade agora, vá reclamar com o Homem ou com o Filho do Homem.

    Já a malvada igreja católica, a própria história dá contas disso, não precisas religiosos de seitas dizer, em verdade quem estuda a “verdadeira religião”, desde que não seja tendencioso, ficam decepcionados em vê que um seguimento do cristianismo se afastou tanto das coisas do céu para ficar administrando as vãs terrestres.

    • Ok Levi, vc fala as sandices e depois como não tem coragem de assumir me chama de caluniador. Na Hora que vc fala sem provar tuas ilações delirantes sobre o Texto Sagrado temos que aceitar baseado no teu achismo “iluminado”.

  9. Reinaldo,

    O judaísmo, igreja patrocinada por Deus, fez coisas de dar nó em pingo d’água, aí você acha que Cristo iria encher a bola de outra igreja, justo a Dele?

    Meu caro, será que Cristo não sabia quando se disse o cabeça da igreja que o corpo era o ponto de aquiles do todo?

    Ora, essa história de que Cristo é o cabeça, via de consequência o corpo se santifica decorrente da cabeça. O corpo, em processo de santificação, jamais Cristo iria tê-la como não errante. Vamos deixar de grandiosidade, de orgulho, de soberba, de exclusão.

    Quanto a história de que Lutero sugeriu tirar o livro de Tiago, se o fez é que talvez tivesse razões, não cabendo eu aqui discutir as teses do líder católico discidente de vocês, pois foi um sábio, aliás acima da maioria católica, 99,9999999.

    Sobre Lutero extrair da bíblia livros do velho testamento, sucede que ele não tirou pois os tais sete livros nunca estiveram lá, pergunta aos judeus, examine o velho testamento dos judeus, e verá que nunca foram inseridos, depois disso pare de fazer conclusões erradas.

    • Levi…

      não vou dar sustento a suas heresias não garoto.

      quer acreditar também que a Epístola de Tiago e até mesmo o livro de Apocalipse eram Cartas do demonio como acreditava Lutero, fique a vontade, aproveite que o protestantismo já retirou 7 livros da biblia e arranque mais esse dois… afinal, para quem já tá todo khdo mesmo o que vale um peido a mais ou um peido a menos?

      abçs.

      • É isso que eu digo, já que tudo advém de tradição, um santo a mais um santo a menos, uma reza a morto ou não, não mata e nem morre, portanto não se preocupem com a tradição criada pelos outros, não se preocupem com um livro a mais ou a menos, em especial se esses livros são fotocópia de outros, nada dizem de diferente.

        Mas espere aí, a igreja católica pôs e tirou vírgula na mensagem pregada pelos apóstolos do jeito que ela quis, aí fica você preocupado com livros que não constam no verdadeiro velho testamento, o dos judeus?

        Traga aqui na forma depoimento e citando a fonte em que judeus concordem com a inclusão de sete livros no velho testamento deles.

        Aí meu caro, qualquer evangélico vai concordar em dar razão que a igreja interferiu na religião judaica, ou seja, quer ser a dona de tudo, ao tentar mudar o VT.

        • Uma heresia sua a mais uma meno não é Levi?

          quer conhecer a história?

          vai estudar um poquinho garoto.

          to sem tempo pra ficar dando trela para suas heresias…

          já rasgou os livros de Tiago e Apocalipse da sua já sofrida biblia?, é como eu disse, pra quem já tá todo khdo, o que é um peidinho a mais ou um a menos.

          t+

          • Adianta não Reinaldo. Ele usa uma combinação de má fé e demencia so dele.

            Não cita as provas do casamento de Cristo(ai basta a palavra dele).

            Agora exige que provemos que os judeus aceitaram os 7 deutero. Ate isto ja mostrei mas a cabeça LEVIANA ESQUECE O QUe LHE CONVEM:
            Ver os manuscirtos do Mar Morto onde os essenios conservaram os 73 livros da septuagina
            Ver o livro do Eclesiastico encontrado nas ruinas de Massada, o ultimo bastião da resistencia dos zelotas.
            Ver o modo como os evangelistas e Estevão( o primeiro martir) citam as passagens da septuagina.
            Lembrar que até o concilio dos fariseus de Jamnia(estes com certeza os mestres e ancestrais do Leviano varela) não havia rejeição aos 7 deutero.
            E pesquisar entre os judeus da Etiopia e de Alexandria que ate hoje usam os deutero.
            MAS NÃO ADIANTA FALAR COM ESTE MISTO DE FARSANTE COM LOUCO.

          • Sabe que a cada discussão eu admiro mais você leandro? Eu li o livro “Sabedoria”, e achei muito bom. Independente de ser considerado canônico ou não, é um livro que passa realmente muita sabedoria acerca das coisas de Deus, e não vi nada que o exclua como um livro que fala das coisas de Deus.

            Afinal, há muitas coisas inspiradas por Deus que não damos valor, desde um gesto de afeto, ao sorriso sincero de uma criança, ou uma declaração de amor sincera de um homem apaixonado. O amor puro não pode vir de outra fonte senão de Deus, que é amor. Todo aquele que escreve, fala e age com amor puro e sincero, o faz por inspiração divina.

          • Muito agradecido Beraano, elogios confortam o muito que vejo aqui de maledicência.

            Mas digo em repito em termos de teologia sou um mero discípulo e aprendiz um pouco mais experiente. Tudo que aprendi nesta seara devo aos antigos mártires como Inácio de Antioquia do século I e aos modernos apologistas católicos como Alessandro Lima, d Estevão Bittencourt, Orlando Fedeli e outros.

            Em Mémoria e Historia Cristã posso dizer que tenho sim algum domínio mas levei anos e anos para ter bases solidas para afirmar algo.

            Se tenho algum valimento ou mérito o tenho só por minha persistência e disposição para pesquisar e aprender com os grandes estudiosos fossem eles católicos, protestantes ou até ateus.

            Dos deutero dou muito valor ao I Macabeus e ao Eclesiastico que é um refinamento do Livro de Proverbios. Deste veja o cap 28 é ótimo.

          • leandro

            tira uma duvida… que versão da biblia catolica vcs da icar mais usam? a avemaria ou a de jerusalem, ou outra versão? preciso dessa informação.

          • Leandro, os deuterocanonicos não são aceitos pelo protestantismo simplesmente porque eles atestam ainda mais as doutrinas e tradições Católicas, em contraposição as doutrinas e tradições humanas adquiridas pelo protestantismo…

            não tem outra razão mais plausível

            abçs.

        • Stardust

          Ate hoje a versão de Biblia obrigatoria para a IG Catolica é a Vulgata latina de S Jeronimo.
          No cotidiano use a Biblia de Jerusalem que é muito util e é um traballho conjunto de tradutores catolicos e evangelicos. Tem boas notas de rodape explicativas e otimos prefacios de apresentação de cada Livro da Biblia.

          A Biblia da Ed Ave Maria é mais popular e barata, contudo tem menor qualidade informativa.

          • Isto mesmo Reinaldo, veja que somente em 1519 Lutero começou a questionar os 7 deutero. E porque um teologo chamado ECk os usou para defender o Purgatorio. Ai ele usou o pretexto do canon fariseu de Jamnia.

            So esqueceu de excluir os demais do NT uma vez que pelas decisões deste lamentavel concilio todo livro não escrito originalmente em hebraico ou aramaico e não redigido na Terra Santa não seria inspirado por Deus.
            Provavelmente o único livro do NT que atende aos requisitos dos fariseus é o evangelho de Mateus.

            Antes dele creio que somente S Jeronimo hesitou durante algum tempo contra os 7 e tambem S Hugo de Paris no seculo XIII. Mesmo assim nunca foram tão ousados a ponto de chama-los de farsa ou apocrifos.

          • Leandro

            Então vc quer me dizer que a bíblia que os católicos tem em casa ou levam pra missa é a versão ave maria? Essa é a versão católica mais popular entre os adeptos da icar? é isso mesmo ?

          • De fato deve ser a ave Maria Stardust, mas não dou plena certeza pois nunca reparei muito.

            Agora para leitura e estudo recomendo muito a Biblia de Jerusalém acho excelente. E a versão oficial da Igreja pelo visto sempre será a vulgata de S Jeronimo.

            Na base do palpite digo que é a ave maria.

          • Leandro,

            Em que parte do livro de Sabedoria (um dos sete que a bíblia católica agrega) fala sobre purgatório.

            Outra coisa, se a igreja católica rejeitou muitos livros falando sobre Cristo, então o que motiva o seu filho mais importante, o rebelde Lutero, também não aceitar, fez ele igual a igreja dele.

            “Casa de pai, escola de filhos.”

          • Levi cada vez mais confuso em seus devaneios. Lutero o católico mais importante que a ICAR já gerou…. há há há. Não sei de que lugar tirou tal ideia, ele pode ser o mais importante para vc, mas não para nos católicos. E, além disto, ao se rebelar deixou de ser católico. Seria o mesmo que eu falar que Lucifer permaneceu anjo de luz após rebelar-se contra Deus.

            Não posso te afirmar com certeza que o Livro da Sabedoria dá base para o Purgatório. Mas o livro de Macabeus e uma das epistolas de Paulo dão suporte a tal teologia.

            E a Igreja escolheu os livros do canon sagrado porque de Cristo recebeu a tarefa de ser coluna e fundamento da verdade. Não cabe a um mero monge rebelado decidir a seu bel prazer o que entra e o que sai da Biblia. Acrescento que ele usou da autoridade dos rabinos fariseus que decidiram arbitrariamente em plena era cristã retirar livros que antes eram usados por judeus no mundo inteiro.

            Um cristão de verdade iria perguntar, no ano 100 DC, não aos rabinos judeus e sim aos apóstolos e seus sucessores devidamente consagrados o que é, e o que não é canon cristão. Como disse antes se é para seguir o canon de Jamnia fariseu então tire da sua Biblia todos os livros do NT com exceção de Mateus.

  10. quando se trata de pastores a imprensa e os amigos catolicos metem a lenha agora quando se trata de padres e bispos catolicos tem sempre uma justificativa e panos quentes, olha este absurdo e os padres pedofilos, pouco ou quase nada se comenta. ate quando vão querer tampar o sol com a peneira?

    • Isto que vc postou Paulo é uma questão de ponto de vista e usando uma generalização bem injusta.
      Primeiro que aqui a noticia diz respeito a falta de honestidade de um bispo e não sobre pedofilia.
      Segundo que nunca vi eu, ou o Mauro, ou o Reinaldo ficar botando panos quentes sobre casos de pedofilia em nosso clero. Ja vi muitos evangelicos aqui nos acusarem disto que vc fala. O engraçado é que os mesmos que exigem rigor contra a pedofilia na ICAr são os maiores defensores dos direitos civis dos acusados de abusos quando os reus são pastores evangelicos.

      Uma repostagem do CORREIO BRAZILIENSE já mostrou que no Brasil tem mais pastores pedofilos do que padres. Eu já vi muitos de vcs falarem que os seminarios são antros de pedofilia. Nunca vi um site catolico falar o mesmo de seus pastores.
      Ou alegar que se temos tantos casos de pedofilia é por conta do celibato clerical. O curioso é que se isto fosse uma verdade então não haveria um homem casado que cometesse tal aberação.

DEIXE UMA RESPOSTA