Banco Central anuncia que bispo Edir Macedo e sua esposa compraram 49% das ações do Banco Renner

51

O bispo Edir Macedo tornou-se proprietário de 49% do Banco Renner na última semana, segundo informações do Banco Central, divulgadas na sexta-feira, 05 de julho.

O negócio com a família que controla o Banco A.J Renner S. A. foi firmado considerando Edir Macedo e sua esposa como investidores estrangeiros, por terem domicílio no exterior. A aquisição dessa porcentagem na sociedade foi facilitada por um decreto da presidente Dilma Rousseff (PT) no começo da semana passada, que aumentou para 40% o limite da participação de investidores estrangeiros  em bancos nacionais.

Desde 2009 a TV Record possui 40% das ações do Banco Renner, e a participação foi aumentada agora devido a uma reestruturação feita desde o início das negociações.

“Os controladores do Banco A.J. Renner S.A., com sede em Porto Alegre, negociaram parte de suas ações com a empresa B.A. Empreendimentos e Participações Ltda., que é controlada pela empresa Rádio e Televisão Record S.A., cujos sócios, Sr. Edir Macedo Bezerra e esposa, têm domicilio no exterior”, informou o Banco Central em nota oficial.


Os valores da negociação não foram divulgados pelas partes, porém a família Renner continua como controladora da empresa, que desde 1998, não possui mais vínculos com as Lojas Renner, rede varejista de vestuário que foi adquirida pela companhia JC Penney.

O bispo Edir Macedo é tido como o líder religioso mais rico do Brasil, e em 2013, passou a integrar a lista da Forbes como um dos 43 brasileiros com fortuna acima de US$ 1 bilhão, informou a revista Exame.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

51 COMENTÁRIOS

  1. Um bispo banqueiro?
    Nunca ouvir falar nos meu tempo de cristão, a vocação pastoral e depois se tornando um banqueiro.

    Será que os fieis não enxergam isso?
    A falta de postura do Macedo como pastor espiritual?
    Será os apóstolos nos dias de hoje aprovariam um seguidor de Cristo como Macedo?

    Espero que os fieis da Universal que veem aqui reflitam sobre as atitudes dele.

  2. agora que edir macedo é banqueiro, os iurdianos na fogueira santa podem fazer empréstimos no banco do macedo pra dar na iurd e esse dinheiro “emprestado” só vai custar juros de 10% ao mes…

    Edir macedo ganha assim como religioso e como banqueiro…

    “nada a perder”.

  3. E difícil mas não impossível muitos são os que enxergam e sai da la mas muitos estão com suas mentes Cauterizadas no engano por isso não consegui enxergar, somente quando tomam uma atitude e vao em outra denominação e que notam a diferença ai em suas mente começam a martelar e ver que alguma coisa esta errada

  4. Com três diplomas superiores, posso afirmar, com toda propriedade, que foi na ESCOLA “UNIVERSAL” que tenho verdadeiramente aprendido a viver melhor.

    Uma vida com qualidade, saudável, feliz e próspera.
    Foi lá que encontrei o verdadeiro AMOR.
    Foi lá que resgatei minha dignidade, minha autoestima.

    Me ensinaram que sou capaz, que tudo posso, que nada é impossível para aqueles que conhecem a DEUS.
    Foi lá que tive um encontro com DEUS.
    Foi lá que troquei minha identidade: DE MULHER FRACASSADA, DERROTADA E INFELIZ, PARA UMA MULHER FELIZ E VITORIOSA.
    Não sei o que seria de mim sem DEUS e sem a UNIVERSAL.
    Parabéns, minha Igreja. Parabéns, minha Mãe!

    Tenho o maior orgulho de dizer:
    EU SOU A UNIVERSAL!!!

    Rosangela Melo

      • MARINA disse: 3 de julho de 2012 ás 5:07 am

        ja frequentei a IURD, um ano, infelizmente minhas filhas e genros estão la.
        na e´poca de fogueira santa, era um dilema de trabalho, eu via crianças de 9, 10, 12 anos, vendendo pelas ruas, farois docinhos, trufas, balas, ficavam a tarde na rua, e os pais neh, deiavam, era para o sacrificio de amor e fé.. fui observando cada detalhe, e cai em mim.. qto ale a vida de nossos filhos ?? para q eles tenham q sacrificar pelas ruas violentas para doar na igreja seu tudo, era de doer o coração 400, até 800 reais de venda de sol a por do sol, e em suas casa, deviam aluguel, nao tinham o q comer.. isso é um absurdo, chegava n dia da fogueira.. os q estavam com seus cerebros lavados não haviam completado seus porpositos, punham, celulares, chaves do carro, de casa, ate aliança de casamento eu vi.. brinquedos de crianças, FALA SÉRIO NEH.. kem é EDIR MACEDO PRA FALAR DE ALGUEM ?? ainda mais de Waldemiro que mostra, prova, e podemos sentir a presença de Deus na vida dele, ELE VAI SIM MUDAR ESSA NAÇÃO, ELE É UM ESCOLHIDO DE DEUS E ESTA EM GUERRA COM O INFERNO..JA DA PARA PERCEBER PELOS ACONTECIMENTOS.. FIKEMOS ALERTAS, E APOIEMOS COM AMOR UM SER ESCOLHIDO PELO NOSSO PAI..
        alias como podes falar tão mal dos bispos e pastores q sairam da IURD e estão na MUNDIAL?? afinal vcs fazem uma reciclagem de anos para virarm pastor, sem contar a fome, a escravidão, e maus tratos e humilhações que passam, isso eu mesma sou prova viva, vi, presenciei…no inicio pensava nossa como são bons servos, depois via cobrança nas reunião onde muitos q dedicavam sua vida a obra era chamado de derrotados, mau exemplo por não participarem de propositos e fogueiras… ai ja diZ o nome..FOGUEIRA QUE NÃO TEM NADA DE STA.. alias qtos cristão foram ortos nelas na sta inquisição..
        e Edir vc desde o começo nunca me cheirou bem, embora a igreja em si, e alguns pastores valerem a pena pelo seu coração… transformou muitas vidas..mas depois de anos, vejo até hj, obreiros fieis, que não passam da mesma camisa, calça, casa, carro caindo aos pedaços.. uma pena..e sempre dando tudo no altar..sera q somente vc Edir e sua filha e familia podem ter uma vida de luxo ?? reveja seus conceitos, trate melhor os q servem na IURD, pq parecem cachorrinhos abandonados com rabo em meio as pernas esperando a proxima ordem..

  5. Bispo, obrigada por tudo!!! Se não fosse Deus ter usado o senhor e a dona Ester… Nem gosto de pensar!!!!! A minha vida não tinha valor nenhum, eu parecia aqueles cachorrinhos perdidos de rua: chutada por um, chutada por outro… Só chorava! Nem as igrejas TRADICIONAIS me aceitaram, todas me rejeitaram. Quando cheguei à Universal, uma mulher de Deus estava varrendo a calçada, e eu perguntei: “O que é aqui?” Eu via um brilho diferente lá dentro, mas não entendi nada, porque era um salão normal, com os bancos de madeira. Ela disse: “É a casa do seu Pai…” Na casa do pai a gente abre a geladeira, põe o pé no sofá, senta no chão… Aí eu gostei do que ela me disse e entrei… NUNCA SAÍ!! Choro todos os dias porque eu lembro como se fosse hoje! Até o cheirinho daquela igreja ficou dentro de mim! Era carpete vermelho no altar, ventilador na parede… Que SAUDADE!!! Graças a Deus, temos ainda obreiros que me viram chegar à Universal!!!

    Oro todos os dias por vocês. Amo os pastores, os bispos – tenho um filho pastor, que me fala: “Mãe, você não imagina que privilégio é subir nesse altar!” E saber que muitas “Elianas” estão sofrendo por aí…

    TE AMO, meu pai na fé! Deus o abençoe!

    Eliana – SP

    ****************************************************************************************************************

    Graças a Deus, eu me rendi!

    Muitos não conseguem entender por que milhões se rendem a esse chamado. Acreditam que tudo isso é obra humana, realização de um único homem. Não! A Universal cresce, evolui, aparece, enfim, transforma, porque é a realização do sonho de Deus aqui na terra. Por meio da Universal, Deus tem transformado milhões de vidas, e uma delas fui eu. Talvez alguns leitores esperem agora um belo testemunho financeiro, inúmeras casas e carros, mas não, ainda não, mas será. O que Deus fez na minha vida dinheiro nenhum neste mundo pode comprar.

    Lembro-me daquela quarta-feira como se fosse hoje. Ao meio-dia, pouco mais de 300 pessoas na reunião, que durou exatamente 58 minutos – desculpe os detalhes, mas é que foi algo inesquecível -, cheguei triste e abatido. Como se já não bastassem os problemas familiares que vinha enfrentando, havia acabado de ser dispensado do meu emprego, a minha única distração, o único momento, até então, que me tirava de casa, me “tirava” dos problemas.

    A minha alma estava inquieta. Um jovem sem sentido para viver; vivia me perguntando por que aquilo estava acontecendo comigo. O meu quarto era o meu mundo; passava praticamente o dia todo ali, acordado, sonhando. Imaginava como tudo seria se tivesse “sorte” melhor, se nascesse em uma família rica, se ganhasse na megassena, se fosse para os Estados Unidos, se…

    Naquela quarta-feira de Santa Ceia, logo me entreguei. Embora, exteriormente, as coisas ainda necessitassem de mudança, meu interior havia sido transformado. Cerca de um mês depois fui batizado nas águas e alguns meses à frente recebi O MAIOR PRÊMIO, A MAIOR CONQUISTA AQUI NESTE MUNDO: O ESPÍRITO SANTO. Desde então Ele tem comandado a minha vida, tem estado comigo em todos os momentos, sejam eles bons ou ruins, afinal de contas, também somos seres humanos sujeitos a erros e problemas – a diferença está no que, ou melhor, em Quem nos orienta nos tempos difíceis.

    Tudo com o Espírito Santo é diferente. Dias atrás encontrei conhecidos da minha juventude e pude ver como poderia ter sido minha vida sem Jesus, se é que ainda poderia estar vivo. Alguns deles estavam tomados pelas drogas; outros, pais e mães solteiras – uma até me chamou atenção: aos 25 anos, já com 6 filhos, cada um com um pai diferente.
    Outros, infelizmente, nunca saíram da juventude. Um dos mais influentes do grupo foi assassinado na frente da casa dele, aos olhos da namorada, nos braços do pai, que nada pôde fazer.

    Vi naquele dia como é bom estar sob o Olhar do Alto, nos braços do Pai verdadeiro, que diariamente nos conduz. Nestes anos com Jesus, na Universal, Ele não só me fez uma pessoa diferente, mas me deu uma esposa linda, um filho abençoado, um talento brilhante descoberto no Altar. Por meio deste talento, tenho a certeza de que Deus concretizará Suas promessas também na vida financeira. Já tenho desfrutado dos Seus frutos, e coisas maiores virão.
    Neste mundo, abri mão de coisas e pessoas para viver com Deus, e a vida entregue no Altar realizará os sonhos de Deus na minha vida, assim como tornou a Universal a Sua realidade!

    Meu Deus, que sempre possa exalar o Perfume Universal, o Perfume de Jesus na minha vida.

    Mais do que os parabéns, OBRIGADO PELOS 36 ANOS!

    Felipe de Goes

    • Biografia do Ex-Pastor da Igreja Universal do Reino de Deus

      Sou Um Ex-Pastor da IURD, e minha intenção ao criar este blog é falar toda a verdade que existe dentro da Igreja Universal, Focalizando principalmente o pessimo comportamento dos bispos e pastores desta denominação, e esclarecer duvidas que muitos tem em relação a Dizimos e ofertas. Quem ler o que segue faça de mente aberta.

      sábado, 2 de janeiro de 2010

      1° A Igreja Universal, só porque é a igreja universal esta livre de cometer erros e injustiças?

      2° A igreja Universal é a única igreja de Deus neste mundo e as demais não são de Deus?

      3° Já parou para pensar no porque de quase TODOS os pastores que saem da IURD falarem mal da mesma?

      4° Você acredita mesmo que todos os pastores que saíram da IURD é porque erraram? Será que a liderança da igreja não é a verdadeira culpada?

      5° Você como membro, obreiro ou mesmo pastor da IURD nunca se sentiu assustado com certas coisas dentro dessa igreja a ponto até de pensar em procurar outra duvidando até se Deus esta realmente ali?

      6° Quem nunca viu um pastor da IURD mentir descaradamente, e depois ir pregar contra a mentira?

      As coisas que enfrentei nesses últimos dias me teriam feito ficar ateu caso não tivesse uma fé firme em Deus, e não somente destes últimos dias, mas principalmente durante os dez anos que passei dentro da IURD.

      Cheguei a IURD em 1998, na ocasião estava com um serio problema de saúde, desempregado, viciado em bebidas alcoólicas e drogas, minha família era completamente desestruturada, depois que entrei na igreja passou-se dois meses e já estava totalmente livre de todas essas coisas, fui curado, liberto e minha família passou a ter paz.

      Passaram-se mais quatro meses e lá estava eu já de obreiro da igreja, já havia experimentado o poder de Deus de forma tão clara e resolvi que minha única meta agora seria servi-lo de todo meu coração levando as pessoas que sofrem o mesmo poder que havia me abençoado. Mesmo novo de obreiro eu tinha uma ousadia muito grande para pregar a palavra fazendo cultos nas casas dos membros; todos que me viam se surpreendiam, pois em tão pouco tempo já fazia coisas, como se tivesse muito tempo na obra, lembro-me do meu pastor na época, dizendo que me mandaria logo para a obra, pois não iria ficar amarrando meu ministério.

      Depois de mais onze meses fui mandado para fazer a obra, (como pastor) estava na ocasião muito feliz de fazer parte do quadro de pastores da IURD, sabia que assim iria poder servir mais ainda a Deus. Infelizmente me enganei, pois descobri que estava vivendo no mundo da fantasia e que a realidade dentro da obra no meio dos pastores era bem diferente do que eu imaginava, quando estava de obreiro.Antes de concluir a minha historia dentro da obra relatada logo acima, vou dizer para todos porque não sou mais pastor da igreja universal.

      MINHA HISTORIA DENTRO DA IURD ANTES DE SAIR DA OBRA.

      Houve uma fogueira santa, e o Bispo Romualdo estava em vídeo conferencia fazendo uma reunião de pastores para todo o Brasil, nesta reunião ele tratava de assuntos relacionados à fogueira santa, ensinando os pastores os argumentos que seriam usados para levar as pessoas a entregarem o seu tudo ($$$) no altar, na ocasião mandou também que os bispos nos estados buscassem casar os pastores solteiros que tinham mais de 23 anos, e que fosse visto caso por caso, se o pastor solteiro cresce ($$$) então tinha que casar e se não cresce tinha que ser mandado embora. Logo após a vídeo conferencia o bispo Francisco Decote em Pernambuco reuniu os pastores solteiros e disse que essa fogueira santa era a nossa oportunidade para casar, pois se nós crescer-mos ($$$) iríamos casar. Obviamente isso já foi dito pelo bispo Romualdo como forma de motivação para que nós pastores solteiros viesse-mos trazer o resultado ($$$) esperado na fogueira santa que estava começando, e funcionou, pois buscamos fazer de tudo para levantar muitas pessoas para darem o seu tudo ($$$) no altar. Logo após a fogueira ter passado, fiquei na expectativa de que em fim eu iria casar (Na IURD só pode casar o pastor se o Bispo autorizar), porém o bispo Francisco foi trocado para outro estado, depois de haver feito um bom trabalho na fogueira ($$$) a direção resolveu “abençoá-lo” com um estado maior, eu acabei não casando porque o Irresponsável do bispo Sergio Correia que substituiu o bispo Francisco fez vista grossa, o que recebi na ocasião foi um premio de trezentos reais por ter feito um bom trabalho ($$$). Passaram-se mais seis meses e veio outra fogueira santa, nesta o bispo Sergio Correia havia prometido mundos e fundos para os pastores que crescessem ($$$), novamente me empenhei para trazer um bom resultado ($$$) e foi o melhor, pois na IURD os pastores são ensinados a sobrepujar os maiores valores em dinheiro, já colocados por pastores anteriores que passaram naquela igreja, nesta ocasião eu consegui nesta igreja quase o dobro da maior de todas as fogueiras (em dinheiro) e acreditei que dessa vez iria casar, pois além de ter trazido uma grande quantia em dinheiro, já estava noivo há cinco anos e já tinha trinta anos de idade; enganei-me de novo, pois o bispo Sergio Correia quando viu minha ficha de pedido de casamento, simplesmente despresou-a e disse que eu não iria casar, e que eu não crescia, em fim não casei, isso se deu numa quinta feira e no sábado da mesma semana me tiraram a igreja, me colocaram no templo central, fiquei lá como se tivesse feito algo errado, depois de dois meses fui mandado para Santa Catarina lá adoeci devido ao frio e ao meu estado emocional, tive tipo um começo de derrame e depois de fazer muitos exames médicos foi constatado que eu precisaria fazer um tratamento com remédios controlados por dois anos cheguei à direção da IURD de Santa Catarina e o bispo me tratou de forma desprezível dizendo que eu estava ali porque eu não prestava, pois se eu fosse bom ($$$) o bispo Sergio Correia não teria me mandado para lá. Até que chegou um dia em que com os exames nas mãos e a ordem medica para fazer um tratamento que levaria dois anos, fui falar com o pastor estadual que era 2° do bispo Odivan naquele estado e pedi para que se possível meu tratamento fosse realizado em Pernambuco perto de minha família, na mesma hora o Pastor ligou para o bispo Odivan que por sua vez falou comigo pelo telefone dizendo que eu estava fora da obra, fui mandado embora e lá se foram dez anos de dedicação da minha vida pelo ralo da imcopreenção.

      ENTREVISTA

      1. Porque você não é mais pastor da IURD?

      R. Porque fui tirado da obra devido a um problema de saúde na ocasião eu estava em santa Catarina e por não ter conseguido me adaptar ao frio que faz lá adoeci e tive sérios problemas depois de fazer muitos exames foi comprovado meu problema foi quando pedi ao pastor Andre Cajéu que na ocasião era o pastor estadual, para voltar e me tratar em meu estado de origem que é Pernambuco na ocasião mostrei a ele os exames e contei minha situação, na mesma hora ele ligou para o bispo Odivan (Bispo do estado de SC) e pelo telefone fui tirado da obra.

      2. Como você vê a atitude deste bispo?

      Eu vejo como um ato covarde e irresponsável, porem é de se esperar, pois ele é novo de bispo e esse ato revela sua imaturidade, é evidente que se ele não fosse neófito jamais teria feito essa asneira.

      3. Como você esta se sentindo agora?

      Sinceramente revoltado. Não com a igreja, mas com certas coisas que acontecem dentro dela devido à irresponsabilidade da liderança que não gerencia as pessoas que estão à frente do trabalho nas igrejas e estados. Por causa de supostos “homens de Deus” muita gente boa tem sido injustiçada dentro da obra da igreja Universal.

      4. Você considera como tempo perdido estes dez anos na IURD como pastor?

      R- Só não considero perdido porque sei que minha intenção sempre foi servir a Deus e o servi, apesar de viver no meio de pessoas que em sua maioria não tem caráter, é obvio que hoje posso enfrentar dificuldades para sobreviver, pois entrei de pastor ainda muito jovem com 19 anos, abandonei estudos, trabalho, vendi minha casa não me profissionalizei em nada, hoje com trinta anos estou tendo que recomeçar a vida mesmo assim fiz isso porque eu quis na intenção de servir a Deus.

      5. A IURD lhe deu alguma indenização?

      Claro que Não. Tudo o que me deram para eu recomeçar a vida foram 556,00 reais rsrs. Já vi pastores serem tirados da obra por motivos legítimos como prostituição, adultério, roubo e etc., mais como meu caso foi a primeira vez que vi.

      O PROBLEMA DA IURD.

      Seu maior problema esta na formação dos Pastores, quando um obreiro na IURD quer ser pastor passa a participa do IBURD que para quem não sabe quer dizer Instituto Bíblico Universal do Reino de Deus. Segundo a direção da igreja esse suposto instituto é para preparar o obreiro para ser pastor, o que ocorre lá é que fica um amontoado de jovens morando dentro de um grande quarto e que trabalham todo o tempo sem ter hora para dormir, porém tendo hora para acordar, vivem reprimidos pela ameaça de serem mandados embora, caso não façam as coisas que devem ser feitas, hoje em dia assim que entram já começam a receber uma ajudinha de custo que é um dinheirinho para poder sobreviver, mas antes não era assim, pois os jovens que entravam para o IBURD só recebiam esse dinheirinho depois de seis meses. Dentro desse quarto acontece de tudo, pois muitos dos jovens roubam uns aos outros dizem palavrões, e outras coisas que não tem nada haver com uma pessoa que tenha de fato tido um encontro com Deus, ali são ensinados a não pecar, pois se pecam a imagem da igreja pode ser denegrida, também não pode roubar oferta e outros ensinamentos, todos voltados ao bem estar da IURD. Depois que estão pela visão da igreja prontos são mandados para alguma IURD para auxiliarem a um pastor qualquer, é justamente nessa fase que começa o jovem pastor a entender a realidade.

      A realidade é que, os pastores começam de mansinho a cobrar o jovem pastor a pedir melhor ofertas em suas reuniões, eles costumam dizer assim: tem que “crescer” essa reunião. Esse crescer a reunião nada, mas é se não que ele deve pedir mais ofertas, ser mais de fé e pedir oferta com mais ousadia. Depois de certo tempo as cobranças vão aumentando ate que chega ao ponto de que o jovem pastor que entrou na obra para servir unicamente a Deus passa a olhar as pessoas, visando tirar delas a oferta, pois se tiver oferta o pastor fica feliz e todos vivem bem e se não tiver oferta o pastor fica mal humorado e o trabalho do jovem pastor não é reconhecido. Depois que o pastor já aprendeu a pedir ofertas então o pastor dele dirá a direção que o jovem “cresce” que ele é “bom”, isso independente do caráter do jovem; depois que o jovem é reconhecido como o “cara que cresce” e dado a ele uma igreja, na maioria das vezes pequena, para que ali ele possa desenvolver seu “ministério” o jovem já ciente de que os seus lideres querem ver ofertas (dinheiro) começa então uma maratona para poder crescer ofertas, o jovem passa a assistir uma reunião de pastores a qual antes não assistia, e ali nesta reunião ele passa a entender melhor as coisas, pois vera o bispo muitas das vezes aborrecido com as igrejas que não mataram o leão (matar o leão é uma forma usada entre eles para dizer que não pegou o mês) nesta reunião o pastor é ameaçado de perder a igreja ou até mesmo sair da obra caso não traga o resultado $$$. Nesta reunião também é usado muito de psicologia para controlar os pastores, é dito que quem não cresce oferta é porque esta mal com Deus ou esta em pecado é dito que o pastor que não crescer tem que pedir para sair porque não tem chamado de Deus, e vários outros argumentos.

      Observe que quando entramos na obra, entramos bem intencionados dispostos a servir a Deus, porém dentro da “obra” somos moldados de forma bem sorrateira a fazer tudo da maneira deles, perdemos o nosso foco e ficamos muitas das vezes servindo mais ao homem do que ao próprio Deus. O pastor na IURD esta sempre tentando fazer por onde merecer receber alguma coisa da liderança principalmente reconhecimento, se é para casar um pastor solteiro é estabelecida a regra de que só pode casar quem estiver com uma igreja acima de 10,000,00 coisas assim fazem com que o jovem pastor fique cada vez mais e mais corrompido, lógico que os pastores que estão dentro da obra hoje, não falam disso abertamente, por terem medo de ser posto para fora, mas eu sei que quase todos os pastores da IURD estão decepcionados com a liderança, porem só tomam coragem para falar quando passam pelo que estou passando, embora digam que não, mas pelas muitas conversas que já tive com vários pastores pude perceber a insatisfação. Os pastores da IURD em sua maioria são pessoas ignorantes muitos mal sabem escrever o próprio nome por isso são tão dominados pelo sistema.

      Os pastores que tem a mente, mas aberta, ou seja, são menos ignorantes acabam sendo tachados de fracos, não tem chamado, não nasceu de Deus, endemoninhados e por ai a fora. (Meu caso)

      Para tristeza dos lideres da IURD igrejas como Internacional e Mundial tem recolhido os pastores que são dispersos e rejeitados e por incrível que pareça o crescimento dessas igrejas com esses rejeitados tem assustado aos lideres da IURD.Na IURD pastores são mais insignificantes do que lixo, é como eu sempre dizia ainda quando estava dentro da obra que se lixo pode ser reciclado porque também não pode reciclar pastor que erra? O que a IURD não faz, a mundial e a internacional tem feito.

      Já encontrei ex-pastores da IURD que estão em outras igrejas, que dizem agora ter paz; observem que coisa interessante um ex-pastor dizer que agora tem paz, sendo pastor de outra denominação, isso quer dizer que o mesmo estava dentro da IURD atormentado, é nesta hora que os bispos usam o velho paradigma de que só fica na IURD quem é de Deus, quem não for sai, ou então diram que estão na guerra e na guerra não tem paz rsrsrs, graças a Deus esses velhos paradigmas da IURD estão deixando de funcionar. Mais na frente irei falar melhor dos paradigmas da IURD.

      Os pastores da IURD precisam abrir a visão, muitos já tem aberto, porem precisam ter mais atitudes, sei que 90% dos pastores da IURD andam insatisfeitos com a própria denominação, mas do que adianta estar insatisfeito se não fazem nada para mudar. A maioria vive na IURD como se estivesse numa igreja católica onde o santo padre dita as regras e pode mudar até a bíblia que os padres dizem amem.

      Precisam deixar de ser cabeça dura, pois quando eu estava de pastor na IURD as vezes ficava pensando e me perguntava: Será que todos os pastores que saem da IURD é porque estão errados? Ou será que a liderança é quem errou com eles? Costumamos julgar mal porque só ouvimos a versão de quem ficou, porém não paramos para pensar se aquele bispo ou pastor que saiu talvez não estivesse com a razão; na visão da IURD todos, mas todos mesmo, que saíram é porque não prestavam, mas será que era isso mesmo? Inclusive um dos pensamentos que é implantado dentro da cabeça do pastor é que ele deve ser servo, rsrsrs sendo que ser servo para a liderança da IURD é não pensar, ou seja, para ser servo lá dentro o pastor não pode usar o raciocinio, (por motivos obvios) não questionar o que a igreja faz, mesmo que seja errado, os pastores aceitam os erros da liderança da mesma forma que os padres aceitam do papa. Não é a toa que a palavra UNIVERSAL tem o mesmo significado da palavra CATOLICA.

      Quantas não são as vezes que o pastor na IURD fica preocupado ao chegar o dia 15 ou 20 e o mês da igreja ($$$) esta lá em baixo, o bispo cobra de um lado o pastor regional cobra do outro, uma ameaça aqui, outra ameaça ali e o pastor muitas das vezes até chega a adoecer de tanta pressão por causa de oferta, isso quando não perde de fato a igreja, com isso até o próprio povo na IURD sofre, pois vem a pessoa a igreja, sedenta de buscar a Deus e quando chega lá encontra um pastor nervoso, louco para tirar o dinheiro dela, não porque queira roubar mais porque se ela (o membro) não der, ele ira perder a igreja o carro que dirige e em alguns casos até o apartamento que mora, pois terá que ir para um inferior como punição por não ter conseguido atingir as metas da IURD. As vezes em atos de desespero o pastor ate inventa de ultima hora um propósito com um envelopezinho pra ver se resolve o problema.

      Presenciei o caso de um bispo que saiu da IURD. Em Santa Catarina esta o ex bispo Alceu eu observava ele pelos cantos da IURD, os outros bispos principalmente o bispo Odivan não davam muita atenção a ele, pelo que entendi ele estava como muitos dos outros insatisfeitos, devido à situação que a igreja havia colocado ele, pois o mesmo desejava o altar, porém por imposição da IURD ele tinha que continuar na política, claro que o Bispo Odiavan em sua incapacidade para administrar a obra de Deus, certamente deve ter dado o ponta pé final e o mesmo não agüentando mais acabou saindo da obra e abriu sua própria igreja. Dias depois o próprio bispo Odivan o estava chamando de perturbado no altar da IURD em Santa Catarina. Daí eu pergunto quem errou? o bispo Alceu ou a direção da IURD? O que leva um bispo como o Alceu que praticamente fundou a IURD em Santa Catarina chegar ao ponto de simplesmente sair da obra jogando para o alto seus mais de 20 anos de ministério? A resposta é simples: Pessoas incompetentes na frente do trabalho. Se o bispo Odivan que esta em santa Catarina tivesse competência teria evitado isso.

      Infelizmente a direção da IURD não vê o pastor como um ser humano, que apesar de ser um homem de Deus, também é um homem, e como todo ser humano também tem suas necessidades. O dever do líder é identificar as necessidades dos seus liderados e buscar supri-las mesmo que o individuo não se de conta disso; eu passei por isso em Santa Catarina pois tive minhas necessidades como ser humano, mais o bispo Odivan ao invés de buscar compreender minha atual situação preferiu me mandar embora, ele viu em mim apenas as minhas funções o que eu tinha que fazer, mais não viu minhas necessidades; e porque? Resposta: porque é um incompetente.

      Hoje eu estava lembrando de uma situação muito difícil que passei quando estava de pastor na IURD, era quase final de mês e o bispo Francisco estava fazendo uma pressão muito grande em cima dos pastores para que os mesmos pegassem o maior mês da igreja ($$$) ele fazia muitas insinuações como se os pastores estivessem roubando, alias um dos maiores cuidados dos bispos é para que os pastores não roubem, não porque o mesmo esteja preocupado com a salvação do pastor, mas sim com o mês do estado, pois se o estado não estiver bem financeiramente falando, o bispo também corre o risco de ser trocado ou ate mesmo de perder o estado e ficar em alguma sede regional como punição de não conseguir muito dinheiro, mas voltando ao assunto eu estava me lembrando dessa ocasião em que o bispo estava fazendo uma pressão muito grande, eu pedia ofertas ao povo e o povo não tinha o necessário, por outro lado eu não tinha coragem de inventar algum propósito de “fé” para o povo trazer dinheiro, pois me sentia um enganador, a única saída então, foi conseguir dinheiro emprestado para colocar no mês da igreja, já era o ultimo dia do mês e se eu não pegasse o maior mês daquela igreja eu iria perder a mesma e eu estava fazendo um trabalho tão abençoado com o povo que não queria deixar aquela igreja prematuramente; consegui o empréstimo e não fui trocado, claro que a direção da igreja não sabe que eu fiz isso como também não faz idéia do que os pastores fazem nas igrejas para poder se manter nas mesmas, com isso a pessoa que é inteligente pode agora raciocinar que o pastor da IURD não digo todos, mas a maioria não é ladrão como dizem, concordo que são pidões, mas só pedem muito porque são indiretamente forçados a isso, pois a lei da IURD é esta ou o pastor cresce no dinheiro que entra na IURD ou então o mesmo perdera, ou até mesmo será tirado da obra. Agora imagine a situação de um pastor sendo o tempo todo ameaçado de ser mandado embora caso não cresça no dinheiro.
      Muitos podem até dizer: se é assim porque então ele não sai logo de uma vez? A resposta é: Muitos deles não tem estudos e por terem entrado na obra muito cedo não se profissionalizaram em nada, abandonaram casa, família, emprego, estudo e etc, hoje muitos estão numa certa idade com filhos e esposa para dar de comer se saírem da obra vão fazer o que da vida? O jeito é agüentar e tocar a vida para frente dentro da obra.

      fonte: vigiai.net

  6. “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo nos amou e Se entregou a Si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave.” Efésios 5.1-2

    Estava meditando nesses versículos, sobre o que o Espírito Santo nos fala por intermédio do apóstolo Paulo, e veio-me ao pensamento aquelas pessoas que dizem: “O sacrifício não é necessário.”; “Deus não Se agrada do sacrifício.”, ou ainda, “Isso era no Antigo Testamento; os que vivem na Graça não precisam sacrificar…”

    É claro que uns falam porque não conhecem; outros, porque não creem; outros, porque não querem…

    Mas, a minha primeira pergunta é a seguinte: Será que existe alguém que esteja mais na Graça do que Paulo estava, quando escreveu essa Epístola?

    Vejamos o que ele nos diz: “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados…”

    Ele se refere ao Deus-Pai.

    A segunda pergunta é: Em que poderemos nós imitar Deus?

    Lúcifer quis ser como Deus e foi amaldiçoado para sempre. Adão comeu do fruto, porque lhe foi dito que se o fizesse saberia tanto como Deus, e perdeu toda a autoridade, abrindo a porta para o pecado.

    A única coisa em que nós podemos ser imitadores de Deus é no Sacrifício. Ele deu o maior bem que tinha, o Seu Filho bem amado. Ele não sacrificou uma estrela, um planeta ou ainda um anjo. Deus deu o que de mais valioso tinha, e tudo isso para alcançar o Seu objetivo, que é a Salvação do maior número de almas.

    Para sermos imitadores dEle, e para alcançarmos os nossos objetivos, nós temos que fazer a mesma coisa: colocar no Altar o que temos de maior valor, que é o Sacrifício material e físico.

    Já no versículo 2, ele fala da entrega total e pessoal, convidando-nos a imitar o Senhor Jesus, que Se entregou como sacrifício de aroma suave e agradável a Deus.

    “E andai em amor, como também Cristo nos amou e Se entregou a Si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave.”

    Aquele que fizer essas duas coisas, estará fazendo o perfeito sacrifício. Não tem como não dar certo, porque Deus não falha. Neste, o diabo não poderá tocar, porque ele é a própria oferta santificada pelo Altar e, consequentemente, todas as portas fechadas se abrirão.

    Que o Deus de Abraão, de Isaque, de Israel e da Universal abençoe a todos!

    • ALERTA:

      VAZOU O AÚDIO DE UMA REUNIÃO SECRETA DO “BISPO” ROMUALDO DA IURD COM PASTORES…

      ouça que o próprio romualdo, intitulado bispo na iurd confessa que a intenção da “igreja” não é abençoar as pessoas ( no minuto 0:29 do video abaixo) e a sua intenção é subir com a “igreja” materialmente ( no minuto 0:43 ) confessa que quando sai pra “evangelizar” sua intenção é apenas trazer pessoas para a igreja subir ( código secreto iurdiano que significa aumentar a arrecadação financeira da “igreja” – no minuto 0:51) E deixa bem claro… pastor que não “crescer” ( na arrecadação ) será tirado da iurd.

      http://youtu.be/xdFtPTCTdKM

  7. Um bispo banqueiro, um apóstolo fazendeiro, é final dos tempos mesmo, mais como dizia um velho amigo, enquanto existir trouxas e babacas, os espertos se enriquecem.

      • Maria José.
        Não se irrite com o J.Neto ele ta chateado porquê imitar o Roberto Carlos não esta mais vendendo ai ele fica aqui revoltado.hehe.
        E ai J.Neto a música que eu gosto sua é aquela “eu quero sentir minha vida mudar com toque das suas mãos”
        Sabe qual?
        Kkkkk

      • Quem disse que o evangelho me incomoda minha cara ?
        O verdadeiro evangelho não incomoda ninguém, agora não dá para ficar quieto, ver esses mercenários do evangelho enriquecendo as custas de seus fieis, assim como vc, na verdade tenho pena de vcs.

        • J Neto
          Deixa de ser mentiroso,você gostaria de estar no lugar do Edir Macedo.
          Ter pena você tem é inveja e olho gordo no nosso dinheiro.
          Sai para lá olho gordoooo.

          • Tenho pena de vc ex, não do edir, ele está na dele, enquanto existir trouxas e bacacas como vc, ele vai estar numa boa, a não ser que vc faz parte da laia dele, do mesmo time de mercenários.
            Vc dizer que eu gostaria de estar no lugar dele ? vc e mais retardado(a) do que trouxa cara.

  8. Helenito eu sinto muito mas seu testemunho não me convence não estou falando de você e claro estou fando da doutrina da universal e do edir Macedo eu fui por 2 vezes na universal assistir como dizem vocês a reunião o que em minha igreja assembleia de Deus e culto na sua e reunião mas voltando ao assunto por duas veses que la eu fui não ve de espécie alguma uma pregação da Palavra de Deus, começou com uma oração e foi so o resto foi pedir dinheiro eu e logico não dei nem um centavo por já saber da fama da pidança eu fui mesmo somente para comprovar para mim mesmo o que via falar, não estou dizendo que la são todos larápios os membros simples estão bem intencionados mas são enganados para dar dinheiro o canto puder mas se você esta feliz ai continua ai e DEUS TE ABENÇOE

  9. Helenito disse:
    “A minha vida não tinha valor nenhum, eu parecia aqueles cachorrinhos perdidos de rua: ”

    E ainda diz que tem 3 diplomas.kkkkk
    Esse sim é alienado ao quadrado.

    Nem ver que Macedo mudou sua posição de bispo para banqueiro Macedo.

    Triste como a lavagem cerebral é forte na universal.

    • Macedo ainda tem a cara de pau de denunciar Valdomiro por ter comprado fazendas com cabeças de gados.
      Compra um Banco pode então?
      Ele tenta limpar a imagem da universal colocando OS ALIENADOS dizendo EU SOU A UNIVERSAL e depois não demora muito vem a noticia que agora virou BANQUEIRO. Macedo ajuda muito com sua imagem .kkkkkk

      Helenito explica ai pra nós se vc for capaz.

      Pode chamar Valdomiro de ladrão em rede nacional e depois seu mestre Macedo compra um banco, pode isso?

  10. É isso, agora, tem gente que pega seu dinheirinho ganho com muito suor e leva para esse insano,
    porem esperto!. Todos que tem entendimento sabe que, de evangélho essa denominação nunca
    jamais teve,porem tem gente que gosta de ser enganado.” A biblia diz que o diabo é o pai da mentira” porem, para que a mentira seja consumada, a pessoa tem que ser enganado. é isso,
    aliás, por isso tem o ditado popular. ” me engae que eu gosto”.

    • a universal nao tema preconceito, se vc vai nu, vestido , roupa rasgada, catolico, de outra denominacao, la que saber que vc pode ir do jeito que quiser com tanto que vc leve um ( pontinha) seja la qual for,,,, de 1,00 50,00, 100,00 ou mil reais ou 50,00000, nao inporta com tanto que vc leve alguma dessas quantias que no catadinho gera milhoes,,, eu to errado,,,

  11. O que mais me intriga é que Edir nem disfarça ao usar o dinheiro dado pelos fiéis em causa própria,para propagar baixaria na record,e os fiéis não enxergam isso,ao contrário deixam muitas vzs de ajudar quem realmente necessita para dar na Iurd (para Edir) cada vez mais.

  12. Puxa vida, quando li a matéria, pensei que seria Bradesco, Itaú, mas Rener?

    Banco bodega, banco de meia porta, que ninguém ouviu falar, aí fazem um estardalhaço desses?

    Ninguém comenta o que eu vinha falando há muito neste site sobre o banco do vaticano. Epa, será que Edir está imitando a católica?

  13. “Jacó foi a seu pai e disse: Meu pai! Ele respondeu: Fala! Quem és tu, meu filho? Respondeu Jacó a seu pai: Sou Esaú, teu primogênito…
    Jacó chegou-se a Isaque, seu pai, que o apalpou, e disse: A voz é de Jacó, porém as mãos são de Esaú.” Gênesis 27.18-19,22

    As conquistas de Jacó foram fundamentadas na mentira. Embora tenha ele construído família e bens, carregou, durante aproximadamente 20 anos, a marca do engano, pois era um homem vazio, inseguro e apegado ao que havia conquistado, a ponto de ser atormentado pelo medo de seu irmão reencontrá-lo e tomar tudo o que havia adquirido ao longo de sua trajetória.

    Assim também existem obreiros (as) que iniciaram seu ministério na mentira, quando, na entrevista, o pastor perguntou: “Você é batizado com Espírito Santo?” E a pessoa diz “Sim”, mas ela sabe que não foi, ou pelo menos tem dúvidas. Nesse momento, o espírito mais perverso do inferno, que é o “ENGANADOR”, começou a agir na vida dela de forma sorrateira, fazendo-se passar pelo Espírito Santo. Veja que coisa interessante:

    “A voz é de Jacó, porém as mãos são de Esaú.” Gênesis 27.22

    Isaque questionou que a voz era verdadeiramente de Jacó, mas as mãos, que eram falsas, de Esaú. Hoje eu diria que existem obreiros cujo uniforme é verdadeiro, porém as atitudes e o comportamento debaixo dos panos são falsos.

    Temos que tomar muito cuidado com o espírito enganador, pois ele agiu pelo menos em três personagens bíblicos: em Jacó, em Pedro e em Judas, e hoje tem agido na vida de muitos que fazem parte de ministérios por aí afora.

    Podemos ver o enganador agindo na vida de Pedro:

    “E Pedro, chamando-O à parte, começou a reprová-Lo, dizendo: Tem compaixão de Ti, Senhor; isso de modo algum Te acontecerá. Mas Jesus, voltando-Se, disse a Pedro: Arreda, Satanás! Tu és para Mim pedra de tropeço, porque não cogitas das coisas de Deus, e sim das dos homens.” Mateus 16.22-23

    Podemos também ver o enganador agindo na vida de Judas:

    “Durante a ceia, tendo já o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que traísse a Jesus…” João 13.2

    A diferença de Jacó e Pedro é que eles não aceitaram mais serem vítimas do espírito do engano. Pedro, ao ouvir o galo cantar, correu desesperado e arrependido, e chorou amargamente.

    Jacó não perdeu a oportunidade de estar face a face com o Anjo e lutou com ele a noite toda pela troca de sua identidade, ou seja, pela libertação do espírito do engano e do seu próprio eu. Mas Judas não quis mudar, e o espírito do engano o levou para o inferno.

    E você obreiro, evangelista, jovem, membro, pastor, esposa, e nós, bispos, ex membros que lição podemos aprender disso tudo?

    O Anjo responsável por trazer a bênção de transformação da Fogueira Santa tem estado no Altar todos os dias. Será que iremos deixá-Lo subir sem nos abençoar?
    Eu não irei deixá-Lo e você?

    Deus os abençoe.

  14. A PAZ!

    Pois é, e assim se faz história com o dinheiro OFERECIDO AO NOME SENHOR DEUS PARA SUA OBRA?, sim obra, para o CANTEIRO de Obras da roda da fortuna para os que se dizem PASTOR da Igraja de JESUS O CRISTO!, se e que me entendem o que aqui estou a LAMENTAR!.

    Tudo isso em BREVE , muito Breve será cobrado daqueles que ESCARNECEM E EXPLORAM O SANTO EVANGÉLHO DO DEUS VIVO DA BÍBLIA!

    E mais LAMENTÁVEL AINDA E QUE TEM FIÉIS AINDA QUE DEFENDEM CEGAMENTE esse EXPLORADOR!, canibal da FÉ do AMOR A JESUS O CRISTO E A SEU E NOSSO PAI CELESTIAL!, muitos devem agora estar se perguntando “isso e JUSTO?”, TIREI DE MEU CONFORTO DE MINHA BOCA, DE MEUS FILHOS DE MINHA ESPOSA E ESPOSO E FILHAS PARA SERVIR DE MOEDA PARA COMPRA DE BANCO E TV QUE ERA PARA PREGAR O EVANGÉLHO E LOVAR A DEUS???…”

    JESUS O CRISTO andava de Carruagens elegantes?, Tinha Negócios?, Oferecia Banquetes?, andava em Cavalo de Raça?, Tinha Mansões?, Vestia do Melhor Linho? “isso tudo e uma VERGONHA!

  15. ” Voo do Amém

    Nomeado como novo vice-presidente, Marcelo Silva teria solicitado que diretores e executivos da Record usassem de maior discrição e não se excedessem nas redes sociais.

    Isto depois que um deles publicou fotos de Israel, numa viagem conhecida como “Voo do Amém”.

    A tal viagem, com dezenas de integrantes da Record/Universal, aconteceu justamente na mesma semana da demissão de 400 funcionários da emissora.

    As fotos foram tiradas em um hotel de luxo, com os seus personagens portando bolsas e joias de valor estratosférico. A repercussão, obviamente, não teve nada de positivo”

    FONTE: coluna flávio ricco -uol

  16. A paz do Senhor.

    Estou muito interessado.

    Vê-se um interesse sem fim, uma luta, uma concorrência de vida ou morte para ficar cada vez mais endinheirado, mas infelizmente, o pobre, a viúva, o órfão, o necessitado fica só lambendo com a testa, sem poder comer um pão seco com mortadela estragada.
    Essa parte da bíblia a maioria pula, e diz que é desperdício ficar cuidando da parte social, que isso é obrigação do governo, etc.
    O necessitado é sempre a Instituição (CNPJ, concreto, madeira, lata, madeira, luxúria) que pedi em nome de Deus. O importante é fortalecer as colunas das catedrais e não as pernas dos famintos, do verdadeiro templo, o ser humano.
    O pedinte, o verdadeiro necessitado, a igreja em forma de gente, o templo do Espírito Santo ainda é estereotipado de vagabundo, de preguiçoso, de pessoa sem perspectiva, e que nem merece nem viver. Esse não dá lucro. Pode abortar.

    Deus abençoe a todos em nome de Jesus.

  17. Gostaria de lamentar que uns ficam mais ricos e outros mais pobres,e que a palavra de Deus não se compra pois Jesus já pagou por nossos pecados e infelizmente o Sr Macedo fica mais rico enquanto os seus fies ficam mais pobres,porque é que o Sr não pública quando os seus ex fiéis entram nos templos com retroescavadoras porque se sentiram enganos com as suas promessas.
    Espero do fundo do meu coração que você sem arrependa antes que seja tarde.

  18. Eu achei estranho quando o bispo falou mau atravez da record do valdemiro por ele comprar uma fazenda e agora o bispo tem acoes de um banco bancos sao agiotas institucionalizados mas nao tenho nada contra a iurd mas jesus mandou observarmos os frutos das arvores.

DEIXE UMA RESPOSTA