Stephen Fry, ator ateu, será investigado por blasfêmia após chamar Deus de “malicioso e egoísta”

0

Ativistas ateus costumam ser verborrágicos ao comentarem sobre a fé, sem medir consequências. Mas para o ator inglês Stephen Fry, essa postura poderá render dor de cabeça.

Fry, 59 anos, é um comediante nascido em Hampstead, Londres, e conhecido por seu trabalho na televisão e também pelo ativismo em prol do ateísmo e do humanismo. Em uma entrevista concedida à emissora RTE, ele afirmou que Deus é “malicioso, estúpido e egoísta”.

Agora, pouco mais de dois anos após a entrevista, as autoridades da República da Irlanda – país que conquistou a independência do Reino Unido em 1949 e tem maioria católica – decidiram investigar Stephen Fry por blasfêmia, com base em uma lei aprovada em 2009.

Na entrevista, o apresentador Gay Byrne, do programa The Meaning of Life, da RTE, perguntou ao ator o que ele diria a Deus se após sua morte, se visse à porta do Céu e descobrisse que Deus existe.


Stephen Fry não economizou em impropérios, dizendo que diria a Deus “como se atreveu a criar um mundo onde existe tanta miséria”, e acrescentou: “A culpa não é nossa! Não está certo. É absolutamente, absolutamente perverso. Por que hei de respeitar um deus caprichoso, malicioso, estúpido que cria um mundo que está tão cheio de injustiça e dor?”, disse.

“O Deus que criou este universo, se é que foi criado por um deus, é claramente um maníaco, um louco completo, totalmente egoísta”, asseverou o ator, dizendo ainda que a divindade pregada pelos cristãos é ainda pior, pois na mitologia grega, os deuses “não se apresentavam como seres oniscientes, infinitamente sábios e absolutamente benévolos”.

A investigação se deu porque, segundo o jornal irlandês Indenpendent, um espectador se queixou à Polícia sobre as declarações do ator. A lei da blasfêmia prevê punição para “matérias que sejam grosseiramente abusivas ou insultuosas relativamente a assuntos tidos como sagrados por qualquer religião, ofendendo um número substancial de membros dessa religião”.

Se for indiciado, condenado e julgado, Stephen Fry deverá pagar uma multa de € 25 mil, de acordo com informações do portal Diário de Notícias. Confira o trecho da entrevista em que o ator dispara contra Deus:

Assine o Canal

*Use o serviço de legendas do YouTube

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA