Bola de Neve tenta impedir publicação de livro que analisa gestão da igreja; Justiça nega liminar

14

A Bola de Neve Church está tentando impedir na Justiça a publicação de um livro baseado num trabalho acadêmico que analisa a direção da denominação e as ações de “marketing” usadas para posicionar a igreja junto aos fiéis.

O livro em questão é A Grande Onda Vai te Pegar – Marketing, Espetáculo e Ciberespaço na Bola de Neve Church, escrito pelo mestre em história Eduardo Meinberg Maranhão Filho, 40 anos, e editado pela Fonte Editorial.

A publicação faz uma análise sobre supostas estratégias de mercado adotadas pelo apóstolo Rina – formado em marketing e pó-graduado em administração – na condução da Bola de Neve. Entre os subcapítulos do livro, existem alguns que falam sobre “Marketing ‘de Jesus’ e teologia da prosperidade”; “Conhecendo/acessando a lojinha/shopping/Planet Bola”; “É dando à igreja que se recebe de Deus: preparando davis para as finanças”; e “Nós somos a dobradiça da porta: as mulheres do Bola como costela”.

De acordo com informações da blogueira e jornalista Anna Virginia Balloussier, colunista do site da Folha de S. Paulo, a Bola de Neve entrou com uma ação liminar na 2ª Câmara de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo pedindo que o lançamento do livro fosse proibido.


O juiz Alexandre Marcondes negou a liminar aos advogados da Bola de Neve alegando que “o interesse público [na obra] é inegável”, e citou o artigo 20 do Código Civil (que veta biografias não autorizadas) dizendo que a proibição de publicações como essa “apenas será tolerada quando seja possível afastar, de imediato, a presunção constitucional de interesse público”.

Segundo a advogada Taís Amorim, uma das representantes da Bola de Neve, o motivo da ação contra a publicação do livro não seria o conteúdo, mas sim o uso do nome da igreja sem consentimento da direção: “O autor utiliza, sem qualquer autorização, o nome da igreja na capa do livro, induzindo a erro especialmente os milhares de membros da entidade, que poderiam confundir a publicação como sendo da própria igreja”, declarou Taís à jornalista Balloussier.

Taís Amorim ainda descarta a ideia de que o livro seja uma publicação com análises acadêmicas e diz que “foi possível deduzir que o juízo de valor promovido pelo autor não condizia à realidade da entidade”, e pontua que observar a igreja como uma “agência mercadológica é uma inverdade e, portanto, uma ofensa à entidade, que tem como único alvo e fomentador de seus trabalhos o Senhor Jesus Cristo”.

O autor do livro discorda: “Em minha dissertação, termos como agência religiosa, marketing, espetáculo e midiatização são entendidos de forma diferente do senso comum, que trata e tende a ver os mesmos do lado oposto da dimensão do sagrado. Tais termos não têm sentido negativo nem positivo, na minha opinião são categorias de análises – rasuráveis, como proponho”, afirmou Eduardo à Folha.

A blogueira Vera Siqueira também publicou artigo sobre o imbróglio e afirmou ter procurado o livro para aquisição, sem sucesso: “Ora, o que um livro acadêmico pode trazer de tão ruim para a Igreja Bola de Neve e seu apóstolo (?) Rina, para que tenham que acionar seus advogados contra a publicação? Será que têm algo a esconder?”, questionou.

Sobre liberdade de expressão, Vera Siqueira discorreu sobre o tema de uma perspectiva mais ampla, e citou bandeiras hasteadas por líderes evangélicos nacionais, inclusive o apóstolo Rina: “É muito bonito ouvir essa expressão nas Marchas para Jesus, quando os líderes gospel e os políticos em cima do palco principal a bradam e fazem a plateia repetir, em referência à liberdade que querem para denunciar o homossexualismo. Porém, a tal ‘liberdade de expressão’ só vale quando é favorável ao líder gospel. Esse negócio de ‘liberdade de expressão’ para homossexuais, críticos e autores de livros acadêmicos tem que ser reprimida a qualquer custo”, criticou.

Em sua conclusão, Siqueira incentiva o contraditório como fonte de conhecimento e sabedoria: “Recomendo a compra e a leitura, pois é um assunto muito pertinente nesses dias em que vemos muitas das profecias bíblicas se cumprindo. ‘Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.’ – 2 Coríntios 12:10”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

14 COMENTÁRIOS

    • não é questão de medo, pelo oq os advogados estão pedindo, é q retirem o nome da igreja para q não pensem ser uma publicação autorizada por ela. e tbm esse livro tem grande chance de conter conteúdo do ponto de vista do autor e não oq realmente é na verdade.

      imagine um ateu escrevendo sobre uma igreja, não q seja o caso, mas só pra entender.

    • Ninguém deve e ninguém teme, nosso advogado principal é JESUS. Mas como igreja e instituição temos o direito de nos defender de mentiras, falåcias e pessoas usando nosso nome em benefício próprio para aparecer e vender livro. Queria ver se alguém fizesse um livro difamando sua mãe, seus parente ou você. Iria ficar quieto ou buscar seus direitos de defesa?

    • Podriqueira aonde, num livro mentiroso e aproveitador? Vai na igreja, anda com os líderes, conhece o caráter, sentença a visão e veja os frutos que são muitos. O problema do crente carnal Ē que fala a primeira besteira que saí da boca, faz fofoca, para depois entender a burrada que fez. A igreja bola de neve é uma benção, poucas igrejas como essa prestam o caráter e a vida espiritual. A diferença é que que é administrada com excelências, para não falhar com os compromissos e crescer com saúde.

    • Podriqueira aonde, num livro mentiroso e aproveitador? Vai na igreja, anda com os líderes, conhece o caráter, sentença a visão e veja os frutos que são muitos. O problema do crente carnal Ē que fala a primeira besteira que saí da boca, faz fofoca, para depois entender a burrada que fez. A igreja bola de neve é uma benção, poucas igrejas como essa prestam o caráter e a vida espiritual. A diferença é que que é administrada com excelências, para não falhar com os compromissos e crescer com saúde.

  1. uai so esse negocio de bola de neve me da uma impressão que o trem rola porque sera qui me da essa impressão? bola de neve num da impressão de efeito domino eu em

    • Uaiapuçá, esse negócio de tour natrak me d uma impressão de coisa ruim, uai, que trem Ē esse…. Da mesma medida que julgar serå julgado,… Querido anônimo, vai buscar a JESUS na igreja bola de Neve com o coração quebrantado, e sua vida, seu caráter, seu futuro serå mudado para melhor… Aí você vai ver o trem bom… Os fariseus perseguiam JESUS por que Ele dava frutos…. Vem conhecer nossos frutos e nossas vidas…

  2. Esta Lei liberdade de expresao, tem sido muito mal interpretada. é nisto que os fracos se apoiam como uma muleta. eu porem me apoio na palavra de Deus onde suas leis sao justas e perfeitas, as leis que se tem criado ultimamente tem apenas trazido muitos conflitos isto poderia ser evitado, porem sei que é daí pra pior , porque o deus deste seculo cegou o entendimento dos ingredulos para que nao resplandeça a luz do evangelho da gloria de Deus.. Quanto ao autor do livro., nao irá me acrescentar em nada . e nem tao pouco a instituiçao ou igreja Bola de Neve. .

  3. Sou cristão e concordo que se há verdade deve ser explicitada. A Bola terá o espaço para apresentar e processar o responsável caso haja mentiras. Mas Essa “blogueira” Vera Siqueira está usando essa brecha para levantar a “bandeira” de perseguição contra os homosexuais, me parece mais “missa comprada” !!! Uma coisa não tem nada haver com outra, uma coisa é uma denuncia pública contra uma igreja, outra é o direito de exprimir seu credo dentro de uma igreja. Avalie de forma imparcial !!! Cuidado! Ela, como muitos, está sendo usada como massa de manobra de ativistas que faturam em prol da causa!!! Mesmo assim respeito sua opinião, apesar de não concordar !!

  4. ASSIM COMO A UNIVERSAL, ASSEMBLEIA DE DEUS, QUADRANGULAR,RENASCER,VITORIA EM CRISTO ESSA COISA QUE CHAMA-SE BOLA DE NEVE,
    É UMA VERGONHA NO BRASIL A IGREJA QUE SE DIZ DO SENHOR JESUS CRISTO, É UMA VERGONHA, SÃO PREGADORAS DA PORTA LARGA, TUDO PODE, VALE QUE O HOMEM POSSUI RIQUEZA, É UM MUNDANISMO TOTAL, TODAS QUE CITEI EM TORNO DE 99% DAS IGREJAS NO BRASIL SÃO HEREGE.
    PESSOAS QUE DIZEM SER CRENTE, TATUADAS, PIERCING,HOMOSSEXUAIS,DIVORCIADOS,DROGADOS, SEM VIDA DE SANTIDADE E TEMOR ALGUM PORQUE PASTORES NÃO PREGAM O QUE TEM QUE PREGAR E SIM O QUE O POVO GOSTA DE OUVIR.
    E O FIM SERÁ O INFERNO, É UMA VERGONHA É UMA VERGONHA A IGREJA QUE SE DIZ EVANGELICA NO BRASIL.
    MAS SEMPRE HA O REMANESCENTE DO SENHOR DEUS SEMPRE HÁ, QUE NÃO SE DOBRAM A BAAL, MAMOM AOS BEZERROS DE OURO QUE HOJE SÃO ESSES PASTORES TRAVESTIDOS DE SATANÁS.
    QUE O SENHOR TENHA MISERICORDIA DESSA NAÇÃP, A NAÇÃO ESTA PODRE PORQUE A IGREJA QUE SE DIZ DO SENHOR É UMA PODRIDÃO.
    MAT 5: DIZ: O SAL TORNOU-SE INSIPIDO, PARA NADA MAIS PRESTA A NÃO SER PISADO PELOS HOMENS.
    É ISSO AI QUE ESTA ACONTECENDO, É UMA VERGONHA, DEVERIA FECHAR ESSAS IGREJAS, PREGADORAS DE PORTA ABERTA, CAMINHO LARGO.

    • Até o tolo é tido como sábio quando se cala. Agente recebe as pessoas com amor e sem preconceito, mas o caminho é estreito. Poucas igrejas pregam caráter e santidade como o Bola. Falar o que não sabe é fácil. Vai conhecer.

    • Junior, se a igreja dependesse de você para escolher os salvos, ia tudo para o inferno, quanta abobrinha. Vai conhecer a igreja Bola de Neve antes de todas conclusões irem cabimento. A igreja é totalmente focada nas vidas, no evangelismo, na ação social… Como toda igreja precisa se manter e se organizar, para não ficar devendo aluguél, e outras coisa, escandalizando o nome de JESUS. Na igreja que vc diz porta larga, para entrar não temos preconceito, estamos em 2013, acorda, não mande as vidas para o inferno por que JESUS te amou com seus defeitos. Agora ande com Deus na nossa igreja é estreito, pregamos e buscamos viver na palavra, em santidade, caráter… Coisa que hoje em dia está em estinçao no meio evangélico. Faz uma visita no Bola, conheçamos de verdade os líderes, depois tire suas conclusões.

  5. Fazer um livro sério, com qualidade, profissional, fundamentado em noticias verdadeira, é uma coisa. Por que ele não falou do trabalho social, de quantas vidas e casamentos destruídas como a meu foram recuperados. Quantos ex drogados libertos. Por que ele não conheceu a fundo os pastores para ver o caráter. A visão do Bola de neve Ē uma benção, focada nas vidas e o no reino. Quem conhece SBE que nós pregamos o amor de Cristo, a santidade, o caráter . A diferença é que somos bem organizados, fazemos a obra com excelência para não escandalizar, pagamos todas as contas e implantamos muitas igrejas. Quem fala de evangelho de prosperidade é por que næo conhece nosso trabalho. As árvores conhecereis pelos frutos. Que Deus tenha misericórdia desse aproveitador interesseiro… Se você é. Cristão, não faça como os crentes carnais tolos, que saem apedrejando sem conhecer. Crente gosta de fofoca. Depois que jogou no ventilador fica dicio de recolher.

DEIXE UMA RESPOSTA