Caio Fábio classifica deputado José Genoíno, condenado no mensalão, como “honesto entre lobos” e gera polêmica

15

O mensalão e seus condenados ocupam há anos as manchetes da imprensa brasileira, e mesmo após a prisão dos condenados, há ainda muitas discussões a respeito do assunto. A mais recente, motivada pela declaração do reverendo Caio Fábio sobre o deputado detento José Genoíno (PT-SP).

Em sua página no Facebook, Fábio afirmou que acredita que o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores seja inocente da arquitetura do escândalo do mensalão, mas admite que como um dos responsáveis pelo PT, pode ter sim cometido falhas que o levaram à condenação.

“Quando comentei sobre o Genoíno no Caso do Mensalão, eu disse dele: ‘O Genoíno pode ter cometido alguma irregularidade documental e burocrática, mas ele não viveu a vida assim’. E disse mais: ‘O conheço e tenho carinho por ele; embora não possa dizer a mesma coisa do Lula e do Dirceu, quanto a terem a mesma isenção e honestidade de consciência’. Sempre vi o Genoíno como um honesto entre os lobos. Conheço esse lugar. Já estive aí por causa de apelos tanto do Lula, como da Bené e do Dirceu. Isto eu seu. E mais: sei como funciona”, escreveu.

A definição “honesto entre os lobos” gerou inúmeros comentários dos usuários do Facebook, em sua maioria, de reprovação.


Raquel Elana, jornalista e missionária na Síria, comentou a publicação de Caio Fábio em sua coluna neste portal, e ressaltou que provar a inocência de quem conduzia o partido responsável pela arquitetura deste escândalo de corrupção é uma tarefa desafiadora.

“O fato é que inocentes sofrem perseguição e pagam pelas maldades do mundo. Mas como saber se o deputado condenado num dos maiores escândalos políticos da história é realmente inocente? Para onde afinal foi parar o dinheiro desviado? Por quê Lula, o homem que é a grande estrela do PT não se manifesta a favor dos ‘companheiros’? Em se tratando de poderes, tudo pode acontecer. O inocente pagar pelo pecado de outro, perder a vida e até morrer para que os peixes maiores sejam preservados. Minha oração é para que a Igreja saiba como agir e reagir, e tenha discernimento sobre aquilo que não dominamos ou não entendemos. Pelo poder político muitos já morreram e outros são sacrificados. Que saibamos como agir, pensar e votar corretamente neste momento”, pontuou Elana.

Leia a íntegra do artigo “Nas redes sociais, Caio Fábio defende ‘Genoíno’”, de Raquel Elana, neste link.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

15 COMENTÁRIOS

  1. quer saber eu vou e cantar, Ve ali esta minha carreta estacionada debaixo do pe de ipe, vou cuidar melhor porque foi ela quem me deu você, esta casinha junto ao estradao faz muito tempo que parei aqui vem minha velha vamos recordar quantas carradas eu já conduze, sou carreteiro e ao me ver passar você corria me acenando a mao ate que um dia eu aqui fiquei preso nos laços do seu coração, me lembro bem o dia em que aqui parei para aquela viagem não cheguei ao fim, foi o comboio e eu fiquei aqui e os carreteiros companheiros dizendo adeus pra mim, minha carreta num e de ouro não mas para mim ela tem mais valor porque foi ela quem me deu você e foi você quem me deu tanto amor, eta saudade coisa boa e ter uma esposa fiel companheira crente e temente a Deus e por isso que dou Glorias a Deus Amem e Aleluias também,

  2. Para os curiosos este estradao existe e corta a cidade das minhas paixão, e chama-se Caiçara do rio dos ventos, hoje vou la a passeio pois la não moro mais, mas la vou sempre para estar com companheiros amigos e irmãos, hoje estou pra outras bandas mas ali e a cidade da minha felicidade, hoje me escondo pelas regiões do pajeu se chegarem ali pras bandas de afogados da ingazeira e der uns berros e perigoso de eu escutar,kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. O DIABO OU ADVOGADO DO DIABO INTERCEDENDO PELOS SEUS COLABORADOR…Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. (I Cor 6:9;10)

    De acordo com as escrituras acima, se qualquer pessoa é enquadrada em um destes casos, ela não herdará o Reino de Deus. Então, quanto é necessário para se tornar de acordo com a definição bíblica um adúltero ou qualquer outra destas definições na lista? Basta praticar-se adultério para ser enquadrado como adúltero? Ou será que tem que fazer parte do estilo de vida? Aqui estão os fatos:

    O homem que adulterar com a mulher de outro, sim, aquele que adulterar com a mulher do seu próximo, certamente será morto, tanto o adúltero, como a adúltera. (Lev 20:10)

    Como foi mostrado, a Palavra de Deus é consistente na definição da palavra adúltero – aquele que comete adultério. Portanto, qualquer pessoa que comete um ou mais atos de adultério é um adúltero. O mesmo pode ser dito sobre as outras palavras contidas em I Cor 6:9;10. A definição é aquele que comete este ato em particular, quer seja roubar, embebedar-se, adorar ídolos, etc. Não é preciso ser 5, 16, 113 vezes ou o nebuloso estilo de vida para passar a ser considerado um devasso, idólatra, adúltero, efeminado, homossexual, ladrão, avarento, bêbados, maldizentes ou trapaceiro de I Cor 6:9;10. Isso está claro como cristal, assim como foi mostrado acima com a palavra adúltero.

    Não Precisa Ser Contínuo ou um Estilo de Vida Pecaminoso

    Outras passagens revelam a mesma verdade devastadora, refutando a idéia de que o pecado contínuo ou o estilo de vida pecaminoso são a única forma de se perder a salvação (ou mostram que alguém de fato nunca foi salvo). Por exemplo:

    Mas se alguém ferir a outrem com instrumento de ferro de modo que venha a morrer, homicida é; e o homicida será morto. (Num 35:16)

    Outra vez, um único assassinato faz da pessoa um assassino. (Isso inclui suicidas, que são auto-assassinos.) Este ato isolado de pecado excluirá qualquer pessoa do Reino de Deus, a não ser que este se arrependa:

    Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte. (Apo 21:8)
    Negando a Jesus

    O Senhor Jesus disse a àqueles que já estavam salvos o seguinte:

    Mas qualquer que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus. (Mat 10:33)

    Mais adiante aprendemos que todos os apóstolos originais, exceto Judas que o traiu, negaram o Senhor:

    Então Jesus lhes disse: Todos vós esta noite vos escandalizareis de mim; pois está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho se dispersarão. Todavia, depois que eu ressurgir, irei adiante de vós para a Galiléia. Mas Pedro, respondendo, disse-lhe: Ainda que todos se escandalizem de ti, eu nunca me escandalizarei. Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que esta noite, antes que o galo cante três vezes me negarás. Respondeu-lhe Pedro: Ainda que me seja necessário morrer contigo, de modo algum te negarei. E o mesmo disseram todos os discípulos. (Mat 26:31-35)

    Então, quanto levou para Pedro negar a Jesus e decair da fé? Não foi muito difícil e ocorreu pouco tempo depois daquela conversa:

    Ora, Pedro estava sentado fora, no pátio; e aproximou-se dele uma criada, que disse: Tu também estavas com Jesus, o galileu. Mas ele negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes. E saindo ele para o vestíbulo, outra criada o viu, e disse aos que ali estavam: Este também estava com Jesus, o nazareno. E ele negou outra vez, e com juramento: Não conheço tal homem. E daí a pouco, aproximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro: Certamente tu também és um deles pois a tua fala te denuncia. Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou. E Pedro lembrou-se do que dissera Jesus: Antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, saindo dali, chorou amargamente. (Mat 26:69-75)

    Assim como Pedro, um verdadeiro cristão pôde negar a Jesus (ou decair da fé). O apóstolo Pedro o fez quando negou que estava com Jesus e que o conhecia. Ele não precisou dizer, eu não quero o Senhor (e isso não precisou ser parte de um estilo de vida).
    O que Pedro disse seria o suficiente para que Jesus o negasse! Se Jesus negar a você, então você não será mais sua ovelha, assim como os outros não salvos. Cristãos são descritos como possessão de Deus: suas ovelhas (João 10:26;27, 21:16;16), sua noiva (Rev. 19:7), seu corpo (Eph. 5:23; Col. 1:24), etc.

    Adão e Eva

    O primeiro ato de desobediência humana na Bíblia ocorreu em Gen. 3. Deus havia advertido Adão que no dia em que este comesse da árvore do conhecimento do bem e do mal, este morreria (Gen 2:17). Isto é exatamente o que aconteceu com um único ato pecaminoso. Não foi um estilo de vida, prática habitual, mas um único ato pecaminoso que trouxe Adão e Eva ao seu estado de morte espiritual.

    Davi se Tornou um Malfeitor

    Chocantemente, mesmo pessoas extremamente fortes na fé podem depois de tudo desviar-se a ponto de cometerem pecado que leva a morte. Davi o fez. Os pecados berrantes de Davi foram um único ato de adultério e um único assassinato, que o poderiam ter excluído do Reino de Deus e o enviado para o lago de fogo (I Cor 6:9;10, Apo 21:8). Por pelo menos 9 meses, ele esteve enquadrado biblicamente como adúltero e assassino por causa de um único ato de adultério e assassinato.
    Natan disse a Davi:

    Por que desprezaste a palavra do Senhor, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, mataste à espada, e a sua mulher tomaste para ser tua mulher; sim, a ele mataste com a espada dos amonitas. (2 Sam 12:9)

    Note, Davi fez o que era mal. Você pode dizer que isso não é nenhuma grande revelação. Óbvio que adúlteros e assassinos são maus. Mas falsos mestres, alguns dos quais dizem rejeitar o ensino da “eterna segurança”, declarariam que Davi não perdeu a sua salvação, mesmo que I Cor 6:9;10 e Apo 21:8 sejam tão claros. Quando II Sam 12:9 são casados com isso e com o texto a seguir, nós temos até mais suporte para a evidência de que Davi de fato perdeu sua salvação neste período negro de sua vida.

    Davi Morreu Espiritualmente

    Quando eu disser ao justo que certamente viverá, e ele, confiando na sua justiça, praticar iniqüidade, nenhuma das suas obras de justiça será lembrada; mas na sua iniqüidade, que praticou, nessa morrerá. (Ezequiel 33:13)

    Aqueles que praticam o mal, como Davi fez, morrem espiritualmente, de acordo com a passagem acima. O seguinte é também evidência de que Davi perdeu a sua salvação por algum tempo:

    Mas, desviando-se o justo da sua justiça, e cometendo a iniqüidade, fazendo conforme todas as abominações que faz o ímpio, porventura viverá? De todas as suas justiças que tiver feito não se fará memória; pois pela traição que praticou, e pelo pecado que cometeu ele morrerá. (Ezequiel 18:24)

    Quando o justo se apartar da sua justiça, praticando a iniqüidade, morrerá nela; (Ez 33:18)

    Desviando-se o justo da sua justiça, e cometendo iniqüidade, morrerá por ela; na sua iniqüidade que cometeu morrerá. (Ez 18:26)

    É triste que alguns rejeitarão a clareza destas Escrituras e tentarão distorcer os fatos dizendo que Davi não perdeu a sua salvação (morreu) depois de ter cometido adultério e assassinato. Tal pessoa é tão má ou mesmo pior que um professor da “eterna segurança”, mesmo que este aparentemente negue o ensino da “eterna segurança”.

    Note: As fortes advertências de Ezequiel 18:24;26, 33:13;18 não foram apenas hipotéticas, como alguns dizem, porque estas aconteceram com Davi.

    Mesmo Davi sabia que foi um malfeitor durante este tempo e conseqüentemente alguém que morreu espiritualmente (não fisicamente) por causa deste pecado:

    Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti, contra ti somente, pequei, e fiz o que é mau diante dos teus olhos; de sorte que és justificado em falares, e inculpável em julgares. (Salmo 51:1-4)

    Além disso, alguns gostam de usar indevidamente o Salmo 51 para dizer que Davi apenas perdeu a alegria da sua salvação. Eles de alguma forma não perceberam como Davi humildemente e penosamente clamou a Deus por misericórdia por causa de seus pecados, como foi citado. O que é também a forma como Jesus disse que o coletor de impostos arrependido se salvou (ou foi justificado):

    Mas o publicano, estando em pé de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: ó Deus, sê propício a mim, o pecador! Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque todo o que a si mesmo se exaltar será humilhado; mas o que a si mesmo se humilhar será exaltado. (Lucas 18:13;14)

    Depois de Davi orar por misericórdia, perdão (e salvação), ele também pediu outras coisas como a restauração da alegria da sua salvação (Salmos 51:12). Salmo 51 é a oração de um homem que havia decaído.

    Não Olhe para Trás do Arado

    O Senhor deve ter chocado as pessoas de seu tempo ao ensinar o seguinte:

    Jesus, porém, lhe respondeu: Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus. (Lucas 9:62)

    Outra tradução em inglês, a NIV diz em vez de “é apto para o reino de Deus”, “é apto para o serviço no reino de Deus”.

    Não há nenhuma diferença essencial entre estas traduções porque aqueles que entram no Reino de Deus servirão a Ele lá (Apo 22:3). Não estar apto para o serviço no reino de Deus é o mesmo que não entrar no reino de Deus, mas ir para o lago de fogo. De um jeito ou de outro, olhar para trás excluirá alguém do reino de Deus.

    Deus quer que sejamos fiéis a ele e que o amemos mais que qualquer pessoa ou coisa neste mundo. O Senhor elevou isto a uma questão de salvação (Mat 10:37-39, Luc 14:26;33). Tiago comentou semelhantemente:

    Infiéis, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. (Tiago 4:4)

    Pessoas cristãs que escolhem ser amigas do mundo tornam-se inimigas de Deus outra vez, assim como eram antes de se salvar. Isto é o mesmo que cometer um adultério espiritual. Lembre-se também da mulher de Ló que olhou para trás uma única vez e foi destruída (Gen 19:26). Jesus a menciona:

    Lembrai-vos da mulher de Ló. Qualquer que procurar preservar a sua vida, perdê-la-á, e qualquer que a perder, conservá-la-á. (Lucas 17:32;33)
    Suas Palavras

    Pessoas tem dificuldade em crer que palavras podem levá-las ao perigo do fogo do inferno, mas Jesus aliás disse isto:

    Eu, porém, vos digo que todo aquele que se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e quem disser a seu irmão: Raca, será réu diante do sinédrio; e quem lhe disser: Tolo, será réu do fogo do inferno. (Mat 5:22)

    Através deste único ato, o extremo perigo do fogo do inferno torna-se realidade, mesmo para pessoas previamente salvas. Isto é um paralelo a outra eterna verdade a cerca das palavras. Jesus também ensinou:

    Digo-vos, pois, que de toda palavra fútil que os homens disserem, hão de dar conta no dia do juízo. Porque pelas tuas palavras serás justificado, e pelas tuas palavras serás condenado. (Mat 12:37)

    Suas palavras podem trazer condenação ou o oposto que é justificação. Lembre-se, Pedro negou a Jesus com suas palavras.

    Pecado Eterno

    É também através de palavras que uma pessoa pode cometer pecado eterno, que nunca será perdoado:

    mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca mais terá perdão, mas será réu de pecado eterno. Porquanto eles diziam: Está possesso de um espírito imundo. (Marcos 3:29;30)

    Perceba, por favor, que pecado eterno é cometido através de palavras. Parece também pelas escrituras e por bagagem histórica do livro de Hebreus, que algumas das pessoas endereçadas lá cometeram pecado eterno e não poderiam mais ser renovadas ao arrependimento (Heb 6:4-6). Fogo ardente os estava esperando, mesmo que eles tenham previamente sido santificados pelo sangue da aliança (Heb 10:26-29). Não houve segurança eterna para eles e não há para nós hoje.

    Idólatras

    Paulo escreveu para aqueles já salvos e sabia que a identidade espiritual deles poderia mudar para idólatras através de um único ato pecaminoso:

    Não vos torneis, pois, idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo assentou-se a comer e a beber, e levantou-se para folgar. (I Cor 10:7)

    Paulo referia-se ao incidente do bezerro de outro em Exodo 32. Portanto, por um único ato de idolatria eles tornaram-se idólatras e ele sabia que o mesmo poderia acontecer a estes cristãos que ele endereçou. Lembre-se, idólatras irão para o lago de fogo (Apo 21:8).

    A Marca da Besta

    Apesar da clara advertência a cerca da marca da besta, muitos a tomarão por causa da forte pressão para faze-lo. Os santos que se renderem perderão a sua salvação por este único ato de desobediência:

    Seguiu-os ainda um terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na fronte, ou na mão, também o tal beberá do vinho da ira de Deus, que se acha preparado sem mistura, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. A fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, nem aquele que recebe o sinal do seu nome. Aqui está a perseverança dos santos, daqueles que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus. (Apo 14:9-12)

    Fidelidade a Jesus até o fim de nossas vidas é necessário para salvação, mesmo que isso possa significar severa perseguição ou morte física:

    Não temas o que hás de padecer. Eis que o Diabo está para lançar alguns de vós na prisão, para que sejais provados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. O que vencer, de modo algum sofrerá o dado da segunda morte. (Apo 2:10;11)

    Resumindo

    Há várias formas de um cristão perder a sua salvação. Algumas vezes um único ato pecaminoso pode ocasioná-lo, enquanto que outras vezes isso não acontecerá abruptamente, como é o caso de se ser morno (Apo 3:15;16). Além disso, as pessoas não precisam pecar para perder sua salvação. Elas podem perdê-la por crerem em um falso evangelho (I Cor 15:2 cf. I João 2:24-25) ou pregarem um falso evangelho (Gal 1:8,9).

    Que choque isto é para aqueles que tem sido enganados por aqueles que transformaram a graça em uma licença para a imoralidade ao pregarem que Davi nunca perdeu a sua salvação, ou que um único ato pecaminoso assim como adultério, suicídio ou bebedeira não acarretará isso. Judas identificou todos os que mudam a graça em uma licença para a imoralidade como ímpios (Judas 3;4), dissolutos, que não tem o Espírito (v. 19) e para os quais estão reservadas prisões eternas na escuridão (v. 13).

    Falsos professores que declaram “estilo de vida pecaminoso” não apenas ignoram ou distorcem as escrituras acima, mas também perigosamente sustentam a possibilidade de um devasso, um licencioso, um imoral ser um cristão. Pondere sobre I Cor 6:9;10 e a lista oferecida lá. (Veja também Ef 5:5-7 e Apo 21:8). De acordo com tais falsos professores, ao declararem sua versão anti-bíblica da graça, se uma pessoa previamente salva cometer ocasionalmente fornicação, idolatria, adultério, homossexualidade, se for efeminado, se cometer roubo, avareza, bebedeira, maledicência e trapaça, todos ao mesmo tempo, ele continua salvo. Isto é uma horrível e mortal distorção do verdadeiro cristão descrito na Bíblia. Por favor, note que Paulo não teve que considerar o estilo de vida de Elimas para saber que este era um filho do diabo (Atos 13:10). Veja também I João 3:10.

    Acrescentando, tal professor que proclama “estilo de vida pecaminoso” não é amigo genuíno dos imorais, uma vez que ele está apenas colocando estas almas em risco de ir para o inferno ao desviá-las com a falsa segurança e o que eles chamam de mensagem da graça e evangelho. Eles não estão sendo misericordiosos ou amando ao pregar suas mentiras e ao colocar algodão nos ouvidos dos afastados. A mensagem amorosa e vital que os imorais precisam saber é que eles tem que abandonar tais pecados pelo bem de sua salvação.
    Falsos pastores dizem que o justo que se tornar um malfeitor pode ainda assim ir para o céu, mas Jesus deixou claro como cristal que em vez disso este ressuscitará para ser condenado e lançado na fornalha quente:

    os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo. (João 5:29)
    Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles ajuntarão do seu reino todos os que servem de tropeço, e os que praticam a iniquidade, e lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá choro e ranger de dentes. (Mat 13:41;42)

    Ambos estão Igualmente Mortos

    No final das contas, a diferença entre os mestres da eterna segurança, que sem pudor declaram que um cristão pode cometer ocasionalmente atos pecaminosos tais como citados em I Cor 6:9;10 e mesmo assim permanecer salvo e, aqueles que dizem rejeitar a segurança eterna mas ensinam o mesmo é inexistente! Não há nenhuma diferença. Ambos estão igualmente mortos e desencaminhando pessoas na direção do inferno com suas mensagens. Se você é um verdadeiro cristão, abandone tais congregações e os tais chamados “pastores”, independentemente do quão conveniente possa ser permanecer lá. Não ponha em risco sua eterna alma e as almas de seus amados por freqüentar e dar suporte a tal lobo feroz em pele de cordeiro. Não compartilhe de seu trabalho maligno (II John 10,11).

  4. Que paixão por Genoíno !

    JOÃO AMAZONAS, PRESIDENTE DO PCdoB (Partido radicalmente anti cristão), DECLAROU-O DESERTOR, COVARDE TRAIDOR, QUE DEVERIA SER LOGO JUSTIÇADO.

    1 – O GRUPO DO Genoíno trucidou o jovem morador João Pereira, retalhando-o a facão. Foram dois companheiros de Genoíno, dois assassinos do grupamento B da Gameleira, de Osvaldão. Ele, Genoíno, portanto, deve saber quem foram os anjinhos. Mas não fala de vergonha.
    genoinojoc3a3opereira

    OS CRIMES DE GENOÍNO NÃO FORAM POUCOS.

    Sempre soube que os dois assassinos, num encontro com a tropa, próximo a Santa Isabel, em meados de 1972, correram ao receber a voz de prisão; um deles morreu na hora, com um tiro certeiro; o outro levou um tiro de munição traçante que entrou no calcanhar e foi queimando, alojando-se no joelho. Ele urrava desesperadamente de dor, até o magnésio se extinguir.

    O Antonio Pereira Filho, irmão mais velho do João, pegou um 38 de um agente, foi lá e deu-lhe um tiro na testa, vingando finalmente o assassinato do irmão caçula.

    Depois de tantos anos, confundi, esqueci, os nomes dos dois assassinos do João Pereira, até que li sobre o incidente do tiro traçante, com a informação de que os restos do Amauri satisfaziam aos dois itens: um tiro na cabeça e o osso da perna queimado. Podia, portanto, ser ele, o Amaury. Mas, em outras fontes, as revelações eram de que o Amaury foi morto no combate decisivo de 25/12/73. Assim, voltei à estaca zero no assunto. E silenciei sobre o Amaury, até que surjam novos fatos.

    O incidente da morte de João Pereira é o único, em toda a luta, que me atormenta sobremaneira até hoje. Eu não queria levá-lo como guia, pois, embora ninguém ainda soubesse dos perigos que os amigos do Pedro Albuquerque representavam, eu já desconfiava que ele estava falando a verdade sobre a existência de guerrilha na área. Poderia estar, porém despistando. Os papéis de Marighela não deixavam dúvidas. A presença confirmada do Haas na área. O depoimento de Pedro em Fortaleza era convincente, embora ele tentasse se fazer de debilóide em Brasília. O João Pereira tinha a idade e a compleição física do meu filho mais velho, da mesma idade; o mesmo jeitão alegre, feliz, era um bicho do mato, puro e ingênuo nos seus 17 anos; eu não queria arriscar comprometê-lo com bandidos. Recusei o oferecimento de Antonio Pereira, o pai. Mas, diante da insistência dele, aquiesci para não parecer grosseiro; levamos o pobre coitado de João Pereira, sem necessidade, pois o Pedro estava conosco e sabia onde era o local de onde fugira meses atrás.

    2 – O grupo do Genoíno matou o Cabo Rosa. Qual o guerrilheiro que o atingiu? O Cabo Rosa estava tomando banho no rio Gameleira, completamente desprevenido, nu. O valente guerrilheiro não lhe deu chance de defesa: massacrou o pobre militar que ele sabia que estava temporariamente no Exército e estava ali cumprindo ordens. Poderia ter apanhado sua arma e o deixado fugir; era um garoto…

    3 – O grupo do Genoíno matou o Sargento Mário Abrahim. Diante de várias versões, como aceitar a correta? Os moradores hoje, atrás de indenizações, inventam o que bem entendem. E os comunas se aproveitam, incentivam, dão esperanças e até mesmo prometem dinheiro.

    4 – O grupo do Genoíno matou o Sargento Brito. O incidente não está, até hoje, bem explicado.

    5 – O grupo do Genoíno matou o Soldado Francisco Valdir de Paula, cujo corpo nunca foi encontrado.

    6 – O grupo do Genoíno atirou no Tenente Álvaro, acertando-lhe um tiro traiçoeiro no ombro, de surpresa e pelas costas, quase o matando em plena selva. O tiro quase lhe arrancou a omoplata e o ferimento infeccionou em plena selva amazônica, quase lhe tirando a vida.

    7 – O grupo do Genoíno matou o Soldado Jaime Kardiwski.

    8 – O grupo do Genoíno matou o Soldado Luiz Antonio Ferreira.

    9 – O grupo do Genoíno atirou ferindo o Tenente Felipe Macedo Jr.

    10 –O grupo do Genoíno atirou no Soldado Maurício Jacinto Fernandes, ferindo-o gravemente.

    11 – O grupo do Genoíno matou o posseiro Osmar.

    12 – O grupo do Genoíno fez parte do pelotão de fuzilamento do morador Pedro Mineiro, capataz da Fazenda Capingo. No livro sobre as mulheres da luta armada, o comuna de carteirinha Maklouf não citou tal fato, omitiu propositalmente, com toda a certeza.

    13 – Por que nunca entrevistaram o Antonio Pereira Filho, irmão mais velho do João Pereira? Maior prova de revanchismo reside aí: eles só entrevistam moradores sedentos de grana. Não existem mais repórteres tipo Euclides da Cunha ou os donos de jornais é que murcharam? Estão mortos e não sabem. Ou comprados, irremediavelmente desmoralizados.

    14 – Por que os valentes guerrilheiros do grupo de Genoíno não resgataram os corpos de seus elementos mortos? O corpo da ”Sônia”, por exemplo, permaneceu jogado a pouco menos de um quilômetro da base do grupamento onde ficava inclusive o acampamento do “Velho Mário” e todo o comando militar da guerrilha. Vários moradores viram e avisaram. E a época ainda era de calmaria… Ao saber que seu filho e outros guerrilheiros tinham sido mortos em combate, o “Velho Mário” limitou-se a registrar no Diário, lamentando bastante e revelando que o Zequinha era seu filho André Grabois; por que não foi até o local do combate, pelo menos para ver onde enterraram os corpos, o que havia por lá?

    15 – Por que Maurício Grabois, abandonado covardemente pela cúpula do PC do B, não desencadeou a retirada tática ou estratégica, evitando o sacrifício de seus comandados? Era comandante da guerrilha ou estava só escriturando, tal qual Pigafetta, um diário de bordo? Sacrificou desnecessariamente os seus infelizes seguidores fanáticos, contrariando todos os preceitos rudimentares de estratégia. Dizem que estava doente (doente de raiva, naturalmente). Esperava a ambulância…

    Muitas barbaridades cometidas pelos guerrilheiros já estão sendo reveladas pelos bandidos, esclarecidas as identidades dos que as praticaram, muitos ainda hoje enganando o povo, mas felizmente já plenamente desmascarados, identificados e condenados pelo Ministério Público, prestando contas à Justiça.

    Genoíno e Zé Dirceu devem se dar muito por satisfeitos com a decisão do Supremo, porque A Lei da Anistia não foi revogada. A Justiça e o Ministério Público federal também preferiram não investigar a fundo todos os anéis orbitais do escândalo do Mensalão do PT, como já noticiou em diversas ocasiões o ucho.info. No guarda-chuva do Mensalão do PT estão os casos do assassinato do então prefeito Celso Daniel, de Santo André, e o que deu origem à Operação Satiagraha, da Polícia Federal. Quem conhece os três casos sabe identificar com facilidade a conexão entre eles. UMA VEZ BANDIDO, SEMPRE BANDIDO…

    Adeus, cambada de assassinos ! Espero que morram por lá, tal qual o troglodita Gregório Fortunato…

  5. Muito se fala da ditadura militar, e hoje estão ai a investigar, mas porque querem somente investigar os atos dos militares porque não se investiga também os atos dos subversivos que não eram nada de bons, os mesmos que os militares combatiam são os que hoje estão ai no poder a roubar assaltar os cofres públicos são estes mesmos ladroes que os militares combatiam, ou por venturam acham que os militares não sabiam quem eram as peças e claro que sabiam e e por isso que os combatiam, dias vira em que verdadeiramente o povo brasileiro saberá da verdade tim tim por tim tim, são verdadeiros ladroes não merecem nenhuma consideração por parte do povo brasileiro, os que os tem como pessoas boas são iludidos que não sabem da verdade nem tao pouco participou dela, estes políticos que foram subversivos casados pela ditadura são estes ladroes que ai estão, por ventura um ladrão pode ser bom? pode ser considerado? a justiça teria por obrigação tomar tudo que eles possui deixa-los a zero e isso que eles merecem não somente eles mas todos os ladroes políticos sem vergonha safados subversivos inimigo da pátria são traidores que não merecem consideração alguma e tenho dito

  6. O Caio Fábio
    Ta vazio e quanto mais vazio,mais quer chamar atenção.
    Aqui no site temos vários que também querem dar uma de polêmicos,mais na verdade estão vazios.
    Quando eu era criança, uma das grandes preocupações de meu pai era fazer-me compreender o quanto a cortesia é importante na vida. Por várias vezes percebi o quanto lhe desagradava o hábito que têm certas pessoas, de interromper a conversa quando alguém está falando. Eu, especialmente, tinha esse péssimo costume.

    Embora visivelmente aborrecido, ele, entretanto, nunca ralhou comigo. Certa manhã, bem cedo, ele me convidou para caminhar no bosque. Depois de um pequeno silêncio, perguntou:

    – O que está ouvindo?

    Apurei o ouvido e respondi:

    – Estou ouvindo o barulho de uma carroça que deve estar descendo pela estrada.

    – Isso mesmo, disse ele. É uma carroça vazia…

    De onde estávamos não era possível ver a estrada e eu perguntei admirado:

    – Como pode o senhor saber que está vazia?

    Meu pai pôs a mão no meu ombro e olhou bem no fundo dos meus olhos:

    – Por causa do barulho que faz. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz.

    Não disse mais nada, porém deu-me muito em que pensar. Tornei-me adulto e, ainda hoje, quando vejo uma pessoa tagarela e inoportuna, ou quando eu mesmo, por distração, vejo-me prestes a fazer o mesmo, imediatamente tenho a impressão de ouvir a voz de meu pai no bosque:

    – Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz!
    Meditem.

  7. Visão de Caio Fabio com respeito a igreja – Corruptos, bandidos, ladrões
    Visão de Caio Fabio com respeito a Genoíno – Um honesto entre lobos

    Esse é o mestre de Raquel Elana e cia ltda.

    Volta logo Senhor, pq aqui na terra tá ficando dificil.

    Shalom.

  8. Não gosto do Genoino pq partiu dele a idéia de unir o PT a Igreja Universal. Percebam que a IURD nunca ganhou tanto terreno político como nesses últimos 12 anos em que o PT está no poder. O próximo governo deve fazer uma CPI para investigar a politicagem, a corrupção que corre a céu aberto entre esse conluio do PT com as empresas da IURD. Edir Macedo é o PC Farias de Lula.

  9. Sabias palavras. O Caio Fabio esta vazio e sendo usado para proferir profetadas e palavras ao vento,mais uma vez servindo para escarnio do povo de ~DEUS, esquecam este cara, CAIo fabio nao nos representa.

  10. Caio Fabio, eu achava que esse cara era xarope, mas agora ele estrapolou, quando ele fala as asneiras dele sobre a Palavra ainda penso que como o diabo ele haje na falta de conhecimento, mas agora num assunto tão popular? Tô achando que é a maconha que ele fuma.

DEIXE UMA RESPOSTA