Câmara poderá suspender o mandato de Jean Wyllys por cuspida em Jair Bolsonaro

2

O cuspe do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) no colega Jair Bolsonaro (PSC-RJ) durante a sessão de votação para aceitação do processo de impeachment contra Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados no dia 17 de abril último poderá render uma suspensão do mandato ao ex-BBB.

Segundo informações do Uol, a suspensão de mandato por alguns meses passou a ser possível após a Mesa Diretora da Câmara Federal autorizar o Conselho de Ética a abrir processo contra Wyllys.

O processo disciplinar nº 110.482 tem a punição de suspensão do mandato endossada pelo corregedor da Câmara, deputado Carlos Manato (SD-ES). O ato covarde de Wyllys, que após cuspir em Bolsonaro correu por entre os demais colegas, foi mostrado ao vivo em rede nacional pelas emissoras que transmitiram a histórica sessão.

À época, o pastor Marco Feliciano (PSC-SP), um dos aliados de Bolsonaro, lamentou a atitude de Wyllys: “Existe algo mais fascista do que cuspir em alguém? Isso denota que o alvo do escarro é menor e desprezível. O cuspidor sente-se superior. Se fossemos eu e Bolsonaro os cuspidores, os esquerdopatas, os que sofreram lavagem cerebral pela mídia e os idiotas úteis nos linchariam”, pontuou.


“Acho que já passou da hora dos brasileiros começarem a rever quem é quem de verdade. Eu e Bolsonaro sempre quando atacados, nos calamos. O ex-BBB e o global sub-intelectual, desfilam o ódio e já deram provas dos seus desequilíbrios, mesmo assim são ovacionados pela mídia”, acrescentou, mencionando também o ator José de Abreu, que foi filmado cuspindo em um casal antipetista dentro de um restaurante.

O pastor concluiu seu raciocínio destacando que é preciso comparar o discurso com a prática: “Eles pregam menos ódio, mais amor, e um monte de ladainhas, mas quando confrontados com a verdade, na ausência de sabedoria para refutar intelectualmente, de maneira porca e desonrosa cospem nos seus semelhantes. Chega”.

Veja a cuspida aos 2:00 minutos:

Assine o Canal

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA