“Queremos levar esperança através de atitudes”, diz pastor que liderou voluntários em Chapecó

0

Um grupo de voluntários da Igreja Adventista se mobilizou para levar uma mensagem de esperança e consolo para os amigos e familiares das vítimas do acidente aéreo com a Chapecoense, assim como os torcedores e jornalistas (foto). No entanto, a ação foi além do discurso.

Os voluntários se instalaram na entrada da Arena Condá, distribuindo kits com água mineral e panfletos com mensagens bíblicas, além de se ficarem à disposição para conversar com as pessoas que se dirigem ao local.

A ideia, de acordo com um dos líderes do grupo de jovens adventistas, é mostrar o Evangelho na prática: “Nós queremos ser relevantes levando esperança através de atitudes, não apenas de palavras”, afirmou o pastor Moisés Mora.

O site Notícias Adventistas informou ainda que a proposta já foi percebida pelas pessoas que passam pelo local. Marcelo Brusque, gerente comercial e amigo de pessoas que perderam a vida na tragédia, afirmou que esse é o momento onde a igreja deve abraçar seu chamado: “Não é hora de receber apenas ajuda financeira e outros jogadores para a equipe. O que precisamos no momento é de atitudes como essas, que nos fazem sentir abraçados e amados”, pontuou.


No velório do último sábado, os voluntários adventistas realizaram uma ação chamada “Taxi da Esperança”, em que pessoas colocaram seus automóveis à disposição durante um plantão para auxiliar parentes das vítimas em seus deslocamentos.

05 de dezembro: Dia Internacional do Voluntariado.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA