Cristã gera polêmica ao posar com arma e Bíblia em foto publicada no Twitter

1

Durante uma discussão com ativistas liberais nas redes sociais onde defendia a justiça federal dos EUA por liberarem empresa de cobrir métodos de controle de natalidade em seu plano de saúde, a cristã Holly Fisher causou polêmica por publicar uma foto na qual posa segurando uma Bíblia e uma arma, em frente a uma bandeira americana.

Segundo o The Christian Post, Fisher primeiro publicou uma foto na qual aparece vestida com uma camiseta pró-vida em frente à Hobby Lobby, companhia gerida por cristãos envolvidos na luta do caso do plano de saúde. Depois disso, ela publicou a polêmica foto segurando a Bíblia e a arma, desencadeando uma série de reações contrárias, e até mesmo ameaças de morte.

Ao comentar sobre a polêmica criada por suas publicações, a cristã afirma que não era seu objetivo causar polêmica e que as postagens foram feitas apenas para seus seguidores na rede social. Ela afirma ainda que a foto em frente ao Hobby Lobby não teve como intenção provocar ninguém. Holly Fisher afirma ainda que estava passando por acaso em frente ao local quando seu marido sugeriu que ela tirasse a foto, e que isso acabou, involuntariamente, tomando uma proporção que ela não esperava.

Porém, ela afirma ter mantido uma postura altiva diante de toda a situação, respondendo pela rede social a quem ela acha que merecia. Ela afirmou ainda que a foto foi publicada no dia 4 de julho, dia em que se comemora a independência dos EUA, o que ela afirma ter a estimulado ainda mais a valorizar sua liberdade de expressão.


– Eles aparentemente não conhecem a América e o que nós éramos quando fomos fundados. Era o Dia da Independência. E eu estava de pé na frente de uma bandeira que representa nossa liberdade – afirmou Holly Fisher, que ainda ressaltou que a constituição do país estabelece em sua Primeira e Segunda Emendas que seus cidadãos tão terão seu livre exercício de se manifestar vetados ou proibidos.

Apesar da controvérsia motivada por sua foto, e das ameaças de morte, Holly Fisher também recebeu muito apoio de quem partilha da causa pró-vida e que concorda com o caso de Hobby Lobby.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA