Milhares de cristãos nigerianos se unem em oração pela recuperação da saúde do presidente do país

0

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, vem passando por problemas de saúde, e um grupo de mais de 65 mil cristãos iniciou uma campanha de jejum e oração durante sete dias pela recuperaçao do mandatário.

Muhammadu Buhari foi eleito presidente da Nigéria em abril de 2015, em um pleito marcado por problemas de segurança e ameaças dos extremistas muçulmanos do Boko Haram. Embora Buhari seja muçulmano, ele é apontado pelos cristãos locais como o único político capaz de interromper a perseguição implacável dos terroristas.

O vice-presidente de Buhari é um ex-procurador-geral membro de uma Igreja no sul da Nigéria. A aliança política entre os dois derrotou o presidente anterior, o cristão Jonathan Goodluck, eleito em 2011, e criticado por pouco fazer para interromper a ascensão do Boko Haram.

A iniciativa de oração partiu da Associação Cristã da Nigéria (CAN, na sigla em inglês) na última segunda-feira, 20 de fevereiro, com diversos de membros do estado de Katsina, no norte do país. O presidente da CAN, Nelson Chukwu, as reuniões de orações estão concentradas em sete igrejas de Katsina.


De acordo com informações do Pulse, a campanha de jejum e oração será finalizada no próximo domingo, 26 de fevereiro, na Igreja Anglicana de São João. Chukwu frisou que a proatividade dos cristãos na situação se deve ao reconhecimento em relação às ações do presidente, que tem beneficiado o país e a segurança de todos.

“Estamos orando pela rápida recuperação do nosso presidente por causa das boas obras que ele iniciou no país”, disse Chukwu.

Oficialmente, o governo afirma que o presidente tem seu estado de saúde estável, mas recentemente prolongou sua licença para continuar recebendo atenção médica em Londres, na Inglaterra, o que levou os nigerianos a especularem se o mandatário, de 75 anos, estaria debilitado demais para reassumir o mandato.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA