Cristãos são obrigados a vender hotel por se recusarem a hospedar casal gay

52

Um casal de cristãos, que se recusou a permitir que um casal gay se hospedasse em um quarto de casal em seu hotel está sendo forçado a vender o estabelecimento devido à polêmica em torno do caso.

Peter e Hazelmary Bull contam que, por suas convicções religiosas, permitem apenas que casais casados partilhem uma cama em seu hotel, e negam qualquer tipo de discriminação. Porém, eles relatam que após recusarem hospedar Martyn Hall e seu parceiro Steven Preddy no mesmo quarto se envolveram em um polêmico caso judicial, que os está forçando a colocar à venda o estabelecimento: o Chymorvah Hotel, localizado em Marazion, na Inglaterra.

Julgados por desobedecerem o “Ato de Igualdade”, em vigor na Inglaterra desde 2007, o casal foi condenado a pagar 3.600 Libras a Hall e seu parceiro, e ainda relatam não estarem mais conseguindo atrair cliente, o que os levou à drástica decisão de vender o estabelecimento.

Eles contam ainda que estão sendo vítimas de ameaças de morte, e que seu hotel virou alvo de vandalismo. Eles alegam que tiveram os parafusos removidos das rodas de seu carro e, recentemente, encontraram um coelho morto pregado à sua cerca, segundo o site local This is Cornwall. Além disso, o site do hotel também tem sido alvo de ataques, sendo modificado com conteúdo pornográfico.


No próximo mês o casal vai levar o caso ao Supremo Tribunal Federal – a mais alta corte do país – depois de seu apelo original foi indeferido pelo Tribunal de Recurso.

Por Dan Martins, para o Gospel+


52 COMENTÁRIOS

      • de qual direito falas, deles donos e propietarios, tendo seus dogmas e preceitos são obrigados, a fazer a vontade dos gays…este é o perigo das leis que estão sendo aprovadas no Brasil…eles querem é isto mesmo processar e ganhar dinheiro em cima dos cidadãos…sabe com,o é que usar a saida de esgoto para ter prazer não demonstra muito jeito com sabedoria…querem é roubar alguém. não ve aqueles travestis que roubam saiu na reportagem

        • diogo vamos separar as coisas. voce sabe que respeito os gays, e sei que tem direitos fundamentais enquanto cidadãos pagadores de impostos tal qual os heteros, eu fala é de uma ala gay cristofóbica, patrocinados pl pt unesco e midia, para acabar com a familia como a conhecemos com a igreja, trazendo um socialismo barato e por conseguencia o caos desta civilização como a conhecemos, falo de ativistas pagos e patrocinados pelo governo, atras de previlégtios acima dos outros cidadãos , falo de direito das mulheres que mesmo tendo a lei maria da penha, na qual os gays já estão inclusos, mas que para as mulheres a maioria, não recebe amparo e pouca proteção tras, falo da lei dos idosos que não funciona e nunca foi aperfeiçoada, são mortos sofrem agressões, e nada falo do estatuto das crianças, que não funciona seus algozes estrupam matam e saem pedófilos pelas portas da frente de delegacias e tribunais…..como ve este casal gay só foi lá com o intuito de trazer prejuízos, para pessoas que não tem a mesma crença…pois na europa e america do norte , existem empresas especializadas em este tipo de programa para atender esta classe de clientes, inclusive com pacotes com desconto maiores do que para heteros, la já existe uma cultura gay voltada só para eles, então porque aquele hotel…é a mesma coisa que um não fumante ir a um restaurante que tem espaço para fumantes de charuto…e exigir que a lei municipal contra o fumo seja cumprida…querem boa vontade, mas não tem…são apenas ativistas..falou diogo…

  1. Esses são os coitadinhos, aqueles que se dizem pacíficos, que so querem viver suas vidas, que nos pedem a todo momento longanimidade. Olha o que eles dão a quem recusa suas práticas. É isso gente, essa é a verdadeira face da ditadura.

  2. Quando começar a morrer os tais gays aos montes ai eles param são uma minoria querendo fazer guerra e isso que eles querem, e com certeza vao achar quando o povo tomar consciência verdadeira dos seus atos ai o que vai morrer de gay não esta escrito eles estão tomando asas, lei nunca impediu de serem mortos pode colocar lei a vontade pois quando se vira revolta lei não vale nada, uma ora dessa o povo de bem vao ter que agir e mandar milhares deles para o inferno mais sedo pois e o que ele querem e que estão casando sarna pra coçar,

    • OBSERVAÇAO NITIDA E CLARA, não sou como estes insubordinados que generaliza tudo, e evidente que no meio dos efeminados tem muitos e muitos que são ótimos profissionais e são responsáveis em seus atos estou ai afirmando são para os baderneiros e que não tem responsabilidade com a moral e respeito para com as pessoas, são estes que vivem fazendo o mal e manchando a sua própria classe, estes sim como diz certo adagio quem caça acha

      • Que consolo, hein Tour. Dá o tapa e depois consola. A matéria não fala se eram baderneiros. De onde você tirou essa ideia? Quer um conselho? não generalise. Imagine você tentar se hospedar em um hotel e o gerente dizer que não aceitam velhos. É a mesma coisa.
        Abra os olhos, porque pode ter muito gay morando perto de você ou até um parente próximo que você nem imagina que seja viado. O mal dos fundamentalistas é associar a figura do gay ao travesti drogado, semi-nu, que se prostitui nas madrugadas desertas. Este tipo de gente pertence a outra classe, que nada tem a ver com os gays, a não ser o fato de gostarem de pessoas do mesmo sexo. Quando a medicina vai descobrir um remédio para a ignorância?

  3. E palmas para Jesus mais uma vez, nao sabem respeitar as diferencas, nao abram negocios, eu jah havia dito isso aqui num post anterior aonde os donos se recusaram a fazer o bolo de casamento das lesbicas que esses dois ai se fuuuuuu por causa disso. Existem 2 caminhos para o aprendizado um eh pelo amor e o outro eh pela dor, a escolha de como vai ser eh nossa, esses dai escolheram aprender pela dor, NAO SABE RESPEITAR AS DIFERENCAS, NAO ABRAM NEGOCIOS.

  4. Cristãos? Não, isso não é cristão não gente, isso é gente intolerante e preconceituosa, não se esqueçam que Jesus andava com as minorias e não julgava e nem discriminava ninguém!

    • Engraçado, sou gay e ateu e a única doença que me acomete é um resfriado de vez em nunca. Por outro lado, vejo muitos evangélicos nas filas dos postos de atendimento, quando passa alguma matéria sobre a qualidade da saúde pública no Brasil.
      Ex, acho que está na hora de você rever seus conceitos. Garanto que os animais que você citou não transmitem tantas doenças quanto certos cristãos. Aliás, felizmente a doença mental da qual vocês sofrem não é contagiosa. Graças aos deuses.

    • Infelismente o coisinha, isso será uma guerra sanguinaria.

      pois o brasim não é a maioria evangelico.
      e tem muita, mas muita gente que ainda presa pelo bom comportamento de homens e mulheres decentes…
      infelismente vai morrer muitos gays nessa historia.
      ai vcs vão amar os evangelicos, pois somos os unicos que lutamos sem violencia…

    • Infelismente o coisinha, isso será uma guerra sanguinaria.

      pois o brasil não é a maioria evangelico.
      e tem muita, mas muita gente que ainda presa pelo bom comportamento de homens e mulheres decentes…
      infelismente vai morrer muitos gays nessa historia.
      ai vcs vão amar os evangelicos, pois somos os unicos que lutamos sem violencia….

    • Como jah disse e repito, aqui nao eh a terra sem lei que eh a terra da Dilma, aqui tem leis e elas sao cumpridas, nao respeitou, tomou, experimente vir pra terra da rainha e fazer algum tipo de comentario maldoso sobre Raca, Religiao ou Orientacao Sexual pra voce ver o que te acontece, sou muito mais a terra da Rainha aonde ela me garante o respeito e a dignidade do que a terra da Dilma aonde a selvageria eh gritante.

    • Nem um nem outro, são dois extremos da lei que funcionam de forma desmedida, violando de forma grosseira o direito individual, ou não funcionam como no caso brasileiro.

      Existem outros sistemas jurídicos menos perverso na Europa onde determinados absurdos, a exemplo da matéria, não teriam esse final trágico.

  5. Um casal de idoso passando por esse tipo de constrangimento.

    Lamentável, pois de praxe o ser humano costuma precisar de tempo para lidar com o novo, mas do que se vê, o movimento gay está forcando situação contra geração que sequer foi trabalhada para rever seus conceitos, todavia já lhes sendo imposta penalidade.

  6. Cláudio é meu namorado. De vez em quando ele usa meu e-mail para irritar pessoas tapadas como você. Tá com ciuminhos de quem, de mim ou do Cláudio? Sai fora, horroroso!

      • Para seu conhecimento, eu sou orgulho da família. Nunca roubei, nunca me prostituí nem abusei de ninguém, nunca usei drogas nem tenho nenhum envolvimento com a polícia, ao contrário desses que dizem “convertidos”. É por isso que eu não me comparo e evito interagir com esse tipo de gente.

        • Roberto.
          Você é gay filho.
          Gay é uma opção sexual.
          Você escolheu esta vida contrária a vida natural que Deus criou.
          Se quiser você pode ser diferente.
          Mais prefere entristecer seus pais e amigos.

          • Cara, meta uma coisa na tua cabeça: gay não é nada disso que você imagina. Talvez você tome por base a imagem do travesti drogado, da bichinha quá-quá-quá de banheiro de rodoviária ou aquele viadinho saltitante que todos xingam quando passa. Eu pertenço a outra categoria. Tenho um bom emprego, frequento bons restaurantes, bons teatros, viajo muito, entro e saio de qualquer ambiente e ainda me dou ao luxo de escolher as minhas amizades. Tanto que, se sentir qualquer pontinha de preconceito, não dou àquela pessoa o prazer da minha amizade sincera. Uma prova disso é que não tenho e não quero amizade com evangélicos. Eu abominação, mas vocês são pessoas amargas, depressivas e mal amadas. Se orienta, cara!

  7. Não hospedar um casal gay parece ser uma coisa muito séria lá na Inglaterra , agora , ameaça de morte , ataque virtual sobre o site do hotel , matar animal e por na casa dos donos do hotel, soltar os parafusos da roda do carro deles , vandalismo contra eles , isso não é nada , né ingleses ?

  8. Eu, respeito e declaro todos os direito dos gays com muita tristeza.
    Eles, tem todo os direitos de: serem infelizes como os tais, direito de irem para o inferno eternamente, direito de viverem como híbridos e não procriarem e como isso não bastasse, os gays tem o terrível direito de serem típicos como apenas eles sabem ser.

      • Os gays são infelizes e os evangélicos são depressivos. Por isso, não podem perder o foco em Jesus. Já os gays tem várias opções serem felizes: uma boa pela de teatro, uma exposição de artes plásticas, um concerto, um cruzeiro pela ilhas gregas. Quem é mais feliz, afinal?

          • Já fui. Hoje tenho um excelente padrão de vida e, pasme o senhor, nunca paguei um centavo de dízimo sequer. Por eu ser ateu, será que foi o capeta que me ajudou? Mas eu nem acredito na existência dele…

          • Roberto
            Aqui tudo que se escreve,quem escreve acha que os outros acreditam.
            E sobre o diabo não precisa que você acredita nele para agir na sua vida afinal o que ele realmente quer é sua alma e você pode viver 100 anos rico e até cheio de poder mais seu fim chegar baitola.hehe

  9. Sou cristão, não sou gay mas concordo com o Diogo! Comerciante não pode ter religião, time de futebol predileto ou partido politico definido! Se o casal de gays não estavam drogados, não estavam vestidos de forma indecente a ponto de denegrir a imagem do hotel, não estavam agindo de forma escandalosa ao entrar no estabelecimento e tinham dinheiro para pagar o pernoite, tinham todo o direito de ter acesso ao referido quarto de hotel! (não estou afirmando ou generalizando aqui que todo gay é drogado, escandaloso ou se veste indecentemente…).
    Da mesma forma que aquele casal que não não quiz fazer o bolo de casamento para o casal de lésbicas, estes senhores donos do hotel mostram ser intolerantes, radicais, tapados e ignorantes!
    Fico pensando oque teria feito o Senhor Jesus, no lugar deles? Teria sido intransigente e intolarante como eles e como muitos que sempre estão postando suas opiniões aqui?…

  10. Infelizmente esse casal está errado em fazer essa discriminação! Comerciante, pra não ter problemas, não pode ter time de futebol predileto, partido político definido! Ou então, façam como um comerciante cristão de minha cidade que tem uma ótica com nome bíblico, música gospel tocando o dia todo no estabelecimento, entrega folhetos junto com a nota fiscal e insiste em pregar pra clientes que não são evangélicos…. Resultado: só atende a irmandade, está com um monte de cheques sem fundos e reclama que os negócios vão mal!
    Ser cristão não é sinônimo de intolerância, radicalismo, falta de perdão (ao menos, não deveria ser…)

DEIXE UMA RESPOSTA