Cristãos protestam durante culto, chamam pastor de mentiroso e terminam presos

10

Um grupo de seis homens que protestaram durante um culto da megaigreja Lakewood, em Houston, no Texas (EUA) terminaram presos. Eles protestaram contra o líder da igreja, o pastor Joel Osteen (foto), no momento que ele havia começado a pregar.

“Joel Osteen, você é um mentiroso”, gritaram os homens. O pastor é conhecido por suas pregações repletas de princípios da teologia da prosperidade. A equipe de segurança da igreja agiu rápido e detiveram os homens, que foram presos pela Polícia logo depois.

Donald Iloff, porta-voz da Lakewood, disse que os manifestantes são cristãos membros da Igreja de Wells, uma denominação que incentiva o protesto contra as igrejas das quais eles discordam.

Agora, os manifestantes estão detidos e serão acusados de ofensa criminal: “A Igreja Lakewood leva a interrupção dos cultos a sério e pretende prosseguir com as acusações criminais, bem como todas as outras medidas legais contra esses indivíduos e a Igreja de Wells”, afirmou a igreja em um comunicado.


A ação rápida contra os manifestantes se deu, segundo a igreja, porque muitas das pessoas que trabalham como voluntários atuam na Polícia: “Um número significativo de arrumadores de Lakewood e membros da equipe de segurança são policiais e oficiais do xerife que frequentam Lakewood regularmente. Estes oficiais foram eficientes e rápidos na resposta à situação e, juntamente com a liderança de Lakewood vão continuar a estar vigilantes na segurança e proteção da Igreja Lakewood e seus membros”, pontuou.

Em entrevista ao Christian Post, Anwar Richardson, um dos membros da igreja, afirmou que decidiu deixar o culto com sua família após o sexto grito de protesto do grupo, por temer um tumulto: “Depois da sexta vez que ele gritaram, meu filho estava dormindo no meu colo. Eu olhei para minha esposa e ela estava nervosa, e nós decidimos sair de lá”, afirmou.

O fiel contou ainda que muitas pessoas que estavam no local tomaram a mesma decisão. Ele acredita que o temor das pessoas era que acontecesse algo como o recente massacre na igreja de Charleston, um drama que ainda está muito fresco na memória dos norte-americanos.

“Tudo que vinha em minha mente é que eu não sabia o que estava acontecendo, e eu simplesmente não podia esperar para descobrir, então eu tinha que sair de lá”, concluiu.

Assista a uma reportagem sobre o protesto, com vídeos da prisão dos manifestantes:

Assine o Canal

10 COMENTÁRIOS

    • Exato. Sem falar que isso está com cheiro de picaretagem pra sujar a imagem da outra denominação, tipo o que acontece aqui no Brasil entre duas denominações também.

    • GILBERTO
      NÃO PUDE ACREDITAR QUE VC. ACHE QUE ESTA ATITUDE FIQUE SEM PUNIÇÃO DEVIDA, SERIA ABRIR PRECEDENTE PARA NOVOS PROTESTOS, E CONFUSÕES , LOGO VOLTARIAM PARA ESCANDALIZAR, VC. LEU A REPORTAGEM MUITAS PESSOAS FORAM EMBORA, SE ACONTECER FICA PIOR A CADA VEZ. A BÍBLIA ENSINA QUE DEVEMOS PERDOAR, ISTO ENSINOU JESUS, MAS NUNCA DEUS DISSE QUE IRIA PERDOAR E ANULAR A PENA, NÃO SE ENGANEM DEUS NÃO SE DEIXA ESCARNECER, TUDO QUE O HOMEM SEMEAR TAMBÉM VAI COLHER.

  1. Não tem nada de espírito cristão esse pastor. Mandou prender e vai tocar em frente o processo. Quem manda querer estragar o pesqueiro dos homens. Isso é de esperar, bem como acontece aqui no Brasil com brigas e mais brigas por meros e simples interesses.
    Cadê aquele amor que Jesus disse bem claramente, “amar uns aos outros como a ti mesmo”, e está escrito no livro sagrado que os cristãos dizem seguir. Essa frase, como tantas outras, cai por terra no primeiro pisão no pé dos malandragens. São incapazes de usar o “amor cristão” para o diálogo e solucionar no puro amor de Deus. O INFELIZ E POBRE FIEL, SEGUE ACREDITANDO E ENGANADO. Que Deus tenha piedade!

  2. Cada um tem o pastor que merece. Existe a teologia da prosperidade porque tem gente que dá muito valor ao dinheiro, status e etc.. E tem gente que não dá a mínima pra isso, se preocupa mais com o espiritual e tem pastor nessa linha de pensamento. Toda briga dentro da igreja é inútil, desde que não exista pecado. O foco mesmo deve ser Cristo, independente de teologia.

  3. Sinceramente não vejo proveito neste tipo de ‘protesto’ a não ser que o outro pastor esteja condoído porque o discurso de prosperidade atraí mais seguidores do que o discurso dele seja qual for. Mas irá mudar algo ir lá chamar o cara de mentiroso? Creio que não. Alguém terá os olhos abertos? Duvido! A grande maioria gosta destes discursos positivos em nome de deus. Agrada a alma. Se são cegos, e querem ser guiados por cegos, ambos cairão no abismo.

  4. O Messias verdadeiro NADA TEM COM MERCADORES que se auto intitulam como PASTORES. Aquele que veio em nome do PAI YHWH, é o ÚNICO PASTOR, e deu a sua vida para restituição daqueles crerem EM SUAS PALAVRAS, PURAS, vindas do Eterno YHWH, e não nas palavras humanas de MERCADORES.

    A escolha é esta. Que escolheram as palavras de morte, dos MERCADORES e pisaram nas palavras do de vida eterna do verdadeiro YHWH transmitidas pelo seu filho unigênito.



    Assine o Canal

DEIXE UMA RESPOSTA