Pela terceira semana consecutiva, votação da “cura gay” é suspensa na Comissão de Direitos Humanos

1

O projeto de lei apelidado de “cura gay” teve sua votação na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) adiado pela terceira semana consecutiva.

A proposta, de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), visa derrubar regulamentação do Conselho Federal de Psicologia que impede profissionais da área de atenderem pacientes homossexuais que queiram orientação para mudança de orientação sexual. Atualmente, psicólogos devem recusar-se a atender pacientes que procurem ajuda nesse sentido.

O projeto foi colocado em pauta pelo pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), atual presidente da CDHM.

O cancelamento da sessão da CDHM que discutiria o projeto se deu pela implementação da Ordem do Dia na Câmara, que obriga a suspensão das atividades em todas as comissões para votação de outros projetos no plenário da casa. Além disso o pastor Marco Feliciano está com dores na garganta e sem voz teve que ir a um hospital se tratar, segundo Lauro Jardim da Veja.


Na semana anterior, o projeto “cura gay” teve sua análise e votação suspensa devido aos trabalhos emergenciais pela aprovação da Medida Provisória  (MP) 595, conhecida por MP dos Portos. Essa MP estava na reta final de seu prazo de validade, e os deputados se concentraram em debater e votar a matéria. Na ocasião, todas as comissões temáticas tiveram suas atividades canceladas.

O primeiro cancelamento da sessão da CDHM que discutiria o polêmico projeto se deu a pedido do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), por temer manifestações exageradas durante a sessão.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


1 COMENTÁRIO

  1. NO PLANETA TERRA, NÃO EXISTE UM SÓ HOMOSSEXUAL QUE SEJA FELIZ!
    NO PLANETA TERRA, NÃO EXISTE UMA SÓ FAMÍLIA QUE TENHA ORGULHO DE TER UM DOS SEUS MEMBROS GAY!

    • Eu sou mãe de filho gay e tenho muito orgulho do meu filho!!! Um filho gay trata seus pais com muito mais dedicação que um filho hétero!!! Somos muito felizes sim!!!

DEIXE UMA RESPOSTA