Debate da Band: Marina Silva ataca ”erros” de Dilma Rousseff e pastor Everaldo fala em combate à corrupção

4

Marina Silva participou ontem, 26 de agosto, do debate promovido pela TV Bandeirantes sob os holofotes da pesquisa mais recente do Ibope que a apontava como segunda colocada na corrida pelo Planalto e provável vencedora do segundo turno das eleições.

Usando um tom firme, mas conciliador, Marina elogiou os acertos dos governos dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Lula (PT), afirmando que é preciso manter as conquistas sociais do povo brasileiro e corrigir os erros da gestão de Dilma Rousseff (PT).

Marina propôs um embate direto com Dilma, e perguntou à presidente o que havia dado errado em seu governo, especialmente as propostas feitas após a onda de manifestações em junho de 2013. “Veja, nós acreditamos que tudo deu certo”, respondeu a candidata à reeleição. Na tréplica, Marina afirmou que “o Brasil que a presidente Dilma acaba de mostrar com colorido quase cinematográfico não existe”.

A postura de Dilma Rousseff no debate se resumiu a exaltar os números de seu governo, sem propor novas ações e sem responder de forma direta aos questionamentos feitos a ela sobre como reverteria a falta de crescimento da economia brasileira.


Numa pergunta direcionada ao pastor Everaldo, Dilma questionou como o candidato do PSC planejaria o crescimento da oferta de energia elétrica necessária para que a economia brasileira tenha fôlego nos próximos dez anos. Everaldo respondeu que usaria “energia limpa”, e citou a capacidade hídrica brasileira como uma saída.

Ao final, o pastor ainda cutucou Dilma dizendo que hoje não há planejamento, pois se constrói torres de energia eólica mas não se faz torres de transmissão para levar a energia produzida, e voltou a destacar sua proposta de um “Estado mínimo” para combater a corrupção.

Aécio Neves (PSDB) promoveu um embate com Dilma e Marina, exaltando as conquistas dos governos do ex-presidente FHC. Contra Dilma, o tucano afirmou que nos últimos anos a Petrobrás tem tido uma “gestão temerária”, que levou a empresa a perder valor de mercado. Já contra Marina, Aécio disse não entender o conceito de coerência que a ex-senadora usa, pois ela não quis subir no palanque tucano em São Paulo para apoiar Geraldo Alckmin, mas disse contar com o apoio de José Serra caso vença as eleições.

Pesquisa

A nova pesquisa encomendada ao Ibope pela TV Globo e jornal O Estado de S. Paulo mostrou um cenário ainda mais favorável a Marina Silva do que o levantamento realizado pelo Datafolha na semana passada.

Marina se isolou em segundo lugar, com 29% das intenções de voto, contra 34% de Dilma Rousseff e 19% de Aécio Neves. Já o pastor Everaldo caiu de 3% para 1%, empatando com Luciana Genro (PSOL).

Numa simulação de segundo turno, Marina teria 45% das intenções de voto, contra 36% de Dilma. Se a disputa fosse entre a atual presidente contra Aécio Neves, o tucano somaria 35%, contra 41% da petista, que estaria reeleita.

pesquisa ibope


4 COMENTÁRIOS

  1. Não temos outra solução e nem saída, a não ser Marina Silva. Na minha modesta opinião esse governo do PT está caído de podre. QUALQUER OPÇÃO É MELHOR! Devemos e temos que tentar algo. ASSIM NÃO É MAIS POSSÍVEL FICAR. Nesse país NADA FUNCIONA, TUDO MENTIRA! Que Deus nos proteja das garras dos malditos.

    • e poderia ser uma soluçao marina ser eleita mas temos que analisar sua capacidade politica e apoio dentro do congresso pois ali infelizmente quem entra com boas intençoes mnao consegue fazer nada , esta e minha preocupaçao , devido esta mafia que existe la dentro eu sou contra evangelicos se envolverem na politica , pois acabam se corrompendo isto e uma tristeza para quem e evangelico , marina eleita cai nas maos do psdb , nao tem saida eles continuam a manipular

  2. o pastor Silas Malafaia , esta com as mãos coçando para votar no Aécio Neves), mas como existe um candidato pastor (pastor Everaldo) ele é “obrigado” a votar no pastor Everaldo, e como o maçom (queridinho do Malafaia) Aécio não vai para o segundo turno, o silas é obrigado a votar na marina.

  3. Quando o Lula disse que se Jesus Cristo fosse político faria acordo até com o satanás, acredito que ele se referia aos acordos feitos pelo PT que resultou na demissão de quase uma dezena de ministros corruptos, noves-fora os que escaparam pelo túnel da corrupção e continuaram ministros e/ou foram deslocados para outras atividades corruptivas espalhadas pelo território nacional. Acreditaria no futuro desse rico/pobre e petrolífero Brasil, se houvesse a dobradinha: Aécio Neves/Eduardo Campos, para presidente e vice-presidente e/ou vice-versa. Sou voto consciente no Aécio, porque não acredito que num universo de mais de 130 milhões de eleitores, a pesquisa ouve apenas 2.506 eleitores que decidem a eleição subjugando a vontade de milhões de eleitores restantes, provando o absurdo da teoria do poder eleitoral da minoria restrita/cativa sobre a vontade da maioria absoluta, haja vista que futebol e pesquisa eleitoral, no Brasil, virou piada de boteco de ponta rua.

DEIXE UMA RESPOSTA