Brasil

Comparando a árvore do Éden aos dízimos, bispo Edir Macedo afirma que “quem não é fiel rejeita o senhorio de Jesus”. Leia na íntegra

Comments (132)
  1. O ETERNO mantra da CULPA… Quem não dá não é abençoado.
    Como se jesus alguma vez tivesse falado em dinheiro..

    1. Além da culpa, o MEDO. É lamentável assistir a tantos pregadores (não só o bispo Macedo) apontar dedos acusadores aos fiéis, falando de maldição, de inferno e tantas mensagens negativas. Onde está a palavra amorosa? O conforto espiritual? O acolhimento caloroso? Prefiro passar bem longe dessas "igrejas"

    2. Elyas Yeshua disse:

      me desculpe jonh não sou da universal,mas acho q vc poderia estudar mais a biblia jesus falou de dinheiro sim…ou a ele relacionado, falou de tesouro que o homem achou em um campo…falou de dá acesa o que é de cesar e a Deus o que é de Deus…errais por não conhecerdes as Escritura nem o poder de Deus…Dizimo é uma questão de fé e obediência a sua palavra se vc não crê,continui do seu modo de vida…Jesus Disse que os fariseus dava o Dizimo do coentro,cominho…mais omitial o mais importante da Lei a misericordia…e depois Jesus falou sem omitir aquelas …esse aquelas se refere ao dizimo estude e verás na biblia…

    3. Elyas Yeshua me querido jesus veio cumprir a lei e o dizimo era referente ao povo de isrrael . quando JESUS foi crusificado abolil a lei meu querido no novo testamento apos a assençao DE JESUS nenhum dos apostolos jamais mencionol a palavra dizimo ,so se fala em oferta isso e com alegria DEUS nao aceiita algo forçado, enquanto aos lobos e nao sao pouco tem enganados os incautos . mais vao prestar contas a DEUS ninguem escapa. se voce quedar o dizimo e com voces .dizimo nao leva ninguem para o ceu. JESUS SIM ESTA ACIMA DE TUDO E DE TODOS, o dizimo na lei era bençao hoje e ganancia e amor ao dinheiro que pena, se usase o dizimo para as coisas certa.

    4. OBRIGADO, Luiz. Por ME POUPAR de explicar o óbvio.

    5. Elyas Yeshua , já fui crente. Conheço a bíblia de trás pra frente. Conheço todas as passagens q falou. Mas Jesus NUNCA PEDIU DINHEIRO. Nem cobrou ingresso pra pregações ou shows gospel.
      E nem pediu DÍZIMO durante suas pregações.
      Pelo contrário. A mensagem passada por ele era ajudar os "órfãos e as viúvas". OU SEJA, os NECESSITADOS. A parte que diz "trazei os mantimentos para a casa do senhor" se tratava DISSO. MANTIMENTOS. COMIDA. E não dinheiro.
      Quem interpreta isso hoje em dia como DINHEIRO são os espertalhões. Os mesmos que estavam no pátio do templo e que Jesus teria colocado pra correr a pontapés.
      O que acontece com essa religião hoje é a mais pura degradação do objetivo maior que é AMOR. E não DINHEIRO.
      Tudo virou um GRANDE COMÉRCIO. E quem faz parte disso está tão podre quanto os líderes.

  2. Estas palavras só podem sair da boca de HEREGES E FALSOS PROFETAS !!! LOBOS MERCADORES !!! > Os dízimos nos dias de Moisés eram por obrigação e quem não devolvesse era amaldiçoado ! > Era a lei de Moisés que era estabelecida entre Moisés e os Israelitas !!! *{Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João. Mateus 11:1}* > Esta lei (MOSAICA) só foi validada até a morte de Jesus na cruz do calvário !!! > *{E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão. Hebreus 7:5}* > OS LEVITAS !!! TINHAM ORDEM SEGUNDO A LEI DE MOISÉS !!! PARA TOMAREM O DÍZIMO DO SEU POVO > OS JUDEUS !!! , AGORA VEJAM O QUE O ESCRITOR AOS HEBREUS FALA SOBRE OS DÍZIMOS NA NOVA ALIANÇA !!! > *{De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? Hebreus 7:11}* > O ESCRITOR DEIXA CLARO QUE O SACERDÓCIO LEVITA NÃO RESOLVEU AS QUESTÕES ESPIRITUAIS DOS JUDEUS QUE SE DESVIARAM DE DEUS !!! > AGORA O ESCRITOR AOS HEBREUS, VAI NOS APONTAR A DIFERENÇA ENTRE A ANTIGA ALIANÇA ESTABELECIDA EM MOISÉS QUE ERA DA TRIBO DE LEVI E A NOVA ALIANÇA EM CRISTO QUE ERA DA TRIBO DE JUDÁ !!! *{Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei. Hebreus 7:12}* > MUDANDO-SE OS SACERDÓCIO … MUDA-SE A LEI MOSAICA !!! O ESCRITOR AGORA DEIXA CLARO QUE OS DÍZIMOS QUE ERAM OBRIGADOS NA ANTIGA ALIANÇA …(MALAQUIAS 3:10) > DEIXAM DE TER AS OBRIGAÇÕES DENTRO DO NOVO SACERDÓCIO DE CRISTO !!! *{Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar. Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio. Hebreus 7:13-14}* > AI DOS LOBOS MERCADORES QUE TENTAM TRANSFORMAR A VERDADE DE DEUS EM MENTIRAS !!! A IGREJA SÓ PASSOU PERTENCER A NOVA ALIANÇA A PARTIR DA DESCIDA DO ESPÍRITO SANTO NO LIVRO DE ATOS !!! NENHUM DOS APÓSTOLOS PREGAM O USO DOS DÍZIMOS NAS CARTAS APOSTÓLICAS !!! APÓSTOLOS FORAM UNÂNIMES EM SILENCIAR SOBRE OS DÍZIMOS E TODOS FORAM UNÂNIMES EM ENSINAR SOBRE OFERTAS E COLETAS !!!

    1. ESTE HEREGE ESTÁ APELANDO !!! É PARA IMPOR MEDO AOS SEUS SEGUIDORES !!! ELE QUER DINHEIRO PARA CONCLUIR AS OBRAS DO FALSO TEMPLO DE SALOMÃO !!! OUTRA OBRA PAGÃ !!! É O DESESPERO DE UM LOBO !!! DETURPA A VERDADE DE DEUS E A TRANSFORMA EM MENTIRAS !!! APONTAR ESTA ÁRVORE DO BEM E DO MAL COMO SENDO OS DÍZIMOS ??? AI DOS SEGUIDORES DESSE FALSO PROFETA UNIVERSAL !

    2. OUTRA HERESIA !!! LÚCIFER SE TRANSFORMOU EM SATANÁS ??? TOTALMENTE CONTRÁRIO AO QUE A PALAVRA DE DEUS ENSINA !!! > E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. 2 Coríntios 11:14 > NÃO É O LÚCIFER QUE SE TRANSFORMA EM SATANÁS !!! É SATANÁS QUE SE TRANSFORMA EM LÚCIFER !!! O LÚCIFER JAMAIS FOI SATANÁS !!! LÚCIFER SÃO OS PASTORES = ANJOS ILUMINADOS POR DEUS PARA CUIDAREM DA SUA IGREJA E QUE SE DESVIAM E CAEM PELAS RIQUEZAS E A VAIDADE DO PODER !!!

    3. O mistério das sete estrelas, que viste na minha destra, e dos sete castiçais de ouro. As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas Apocalipse 1:20 > ESTRELAS = ANJOS = PASTORES …

    4. **{Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João. Mateus 11:13}* IMAGINEMOS SE AS LEIS MOSAICAS ESTIVESSEM EM VIGOR PARA ESTES PASTORES GENTIOS/ PECADORES !!! PROFANOS !!! LOBOS !!! ADÚLTEROS !!! MENTIROSOS !!! MERCADORES !!! NÃO HAVERIA MAIS PASTORES NOS PÚLPITOS CRISTÃOS !!! DEUS JÁ TERIA EXTERMINADO TODA A RAÇA DE VÍBORA PASTORAL !!!

    5. Profeta Do Apocalipse :
      Concordo,em partes,sobre lúcifer,o próprio nome ,já diz,anjo de luz.
      sobre o Dízimo,não é obrigatório,mas é Bíblico.
      Agora,sobre Dízimo e a Arvore da Vida ,terem ,o mesmo,significado,ele deu uma forçada na barra.

    6. Ser bíblico não significa ser obrigatório ou necessário !!!

    7. Profeta Do Apocalipse :
      Foi o que eu disse,é Bíblico,porém, não é obrigatório.

    8. Profeta do Apocalpse continuando com as suas heresias quando diz que lúcifer são pastores. Precisa estudar mais um pouco teologia, você é um teologo contemporanio.

    9. O mistério das sete estrelas, que viste na minha destra, e dos sete castiçais de ouro. As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas Apocalipse 1:20 > ESTRELAS = ANJOS = PASTORES …

    10. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. 2 Coríntios 11:14 > NÃO É O LÚCIFER QUE SE TRANSFORMA EM SATANÁS !!! É SATANÁS QUE SE TRANSFORMA EM LÚCIFER !!!

    11. SATANÁS SE DISFARÇA DE LÚCIFER !!! DE PASTORES X PASTORAS !!! Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. 2 Coríntios 11:13 <> Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras. 2 Coríntios 11:15 > FALSOS LÍDERES USADOS POR SATANÁS SE PASSANDO POR SERVOS DE DEUS !!!

    12. Edson Souza disse:

      Romney Elson Lima não obrigatorio??kkk
      Fala isso para o papa macedo pra ver se ele não te escomunga.kkkk

    13. Virou uma doutrina universal !!! Quem descumprir não dizimando está disciplinado > e se tiver algum cargo na igreja é proibido de exercer até que regularize nem que tenha que parcelar a dívida no cheque pré o cartão de créditos !!!

  3. PH disse:

    KKKK… Ainda existe dúvida que não existe nenhum mandamento de dízimos para os cristãos???????????? Como serei generoso se sou obrigado a dar?????

  4. Agnes disse:

    “Para tornar-se a Ele tem de ser, primeiro, dizimista fiel. Do contrário, manter-se-á distante dEle que, na prática, significa maldição.” Apenas uma palavra ABSURDO.

    A palavra de Deus é bem clara ” Nenhuma condenação há para que está em Cristo, para se voltar para Deus é necessário reconhecer que somos pecadores e precisamos Dele, todo o mais o Nosso Senhor Jesus Cristo já fez com sua morte, morreram nossos pecados, com sua Ressurreição também temos vida com Ele.

    Nestes momentos ao ver coisas como esta que agradeço a Deus por ter me libertado deste evangelho estranho, e dou Graças a Deus pois sei que Deus me ama e me dá paz e felicidade independente de ritos judaicos…

    A Paz do Senhor Jesus Cristo a todos….

    1. Edson de Alvarenga Sodré disse:

      Agnes. Não há dízimo para o cristão,pois o dízimo é uma lei em forma de ordenança,e junto com ela mais mil e cem.E todas foram abolidas de acordo com a Bíblia.Novo Testamento Efésios 2:15 aboliu ,na sua carne,a lei dos mandamentos na forma de ordenanças,para que dos dois criasse,em si mesmo,um novo homem,fazendo a paz,e reconciliasse ambos em um só corpo com Deus,por intermédio da cruz, destruindo por ela a inimizade.

  5. Sergio Olimpio Ribeiro disse:

    Mentiroso vai se converter e faça como os Bereanos , leia e estude a santa escritura seu Néscio e Tardo. Grande da lata heinnnn

    1. Daniel disse:

      CONCORDO SERGIO!

      Verdade…
      O que as pessoas são capazes para encher ‘templos’?? Como o povo não enxerga a loucura que chegou isso tudo??
      Minha oração é pro povo de Deus que é da luz mesmo vir para luz..
      Todo mundo sabe que quanto mais gente for mais rola grana por trás…

      NÃO SIGA AS PERDIÇÕES DESTE POVO… SIGA O JESUS E OS APÓSTOLOS DA BÌBLIA
      OS APÓSTOLOS BÍBLICOS NÃO TIVERAM VIDA DE MARAJÁ!
      CRISTÃO VERDADEIRO NÃO É NEGÓCIO!
      ACORDA!!
      QUER VIVER NESTA NEUROSE INFERNAL OU VIVER NA GRAÇA DE CRISTO??

      Veja abaixo se não é este o caso? Somos negócio rentável?? Sua fé é negócio?? Tenha suas convicções próprias.. Jesus disse: as minhas ovelhas ouvem a minha voz.
      2 Pedro 2:1-4
      E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também FALSOS DOUTORES , que introduzirão ENCOBERTAMENTE HERESIAS de PERDIÇÃO, e NEGARÃO O SENHOR QUE OS RESGATOU, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
      E MUITOS SEGUIRÃO AS SUAS DISSOLUÇÕES, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
      E POR AVAREZA FARÃO DE VÓS NEGÓCIO com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
      Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;
      2 Pedro 2:1-4

  6. Não gosto de falar de Pastores, mas, já está, tão difícil, ensinar sobre, o Dízimo, aí vem mais, esta.Afff
    Esse tipo de pregação, deveria ser feita internamente ( entre a liderança da igreja , para, quem conhece e entende o que é o Dízimo e não , para, a igreja em geral, pois, falta conhecimento à ela.Para a igreja tem que, falar é de JESUS, da Palavra , ensinar a Palavra.

  7. O capetão Mamomcedo está desesperado. A evasão de clientes para outras denominações é irreversível. Coitados dos que permanecerem lá, serão espoliados à exaustão.

  8. vai te ferrar seu porco!!!!!!!!!!!!!!

  9. “Para tornar-se a Ele tem de ser, primeiro, dizimista fiel”. (frase extraída do artigo escrito por Edir Macedo)

    E quanto aos pastores, bispos, apóstolos, reverendos e demais líderes materialistas que não são fiéis na aplicação dos dízimos e ofertas na Igreja do Senhor o que acontecerá com eles?
    Resposta: Além de escandalizarem o evangelho de Cristo os mesmos irão para o LAGO DE FOGO E ENXOFRE!

    1. Ele acabou tornando sem efeito uma mensagem real e verdadeira.
      De que adianta se pregar a verdade, se ela está firmada na mentira?
      Ele prega uma verdade, numa igreja que não corresponde em essência!

    2. Este comentario retrata que vc so se baseou no que esta escrito neste site, não acompanhou corretamente a mensagem na sua integra.

    3. Simone Carvalho Sousa Onde está a mentira ai eim .

    4. Simone Carvalho Sousa Não vejo nenhum tipo de mentira ai nessa mensagem muito pelo contrario

    5. Oi Gilmar… vocâ não acompanhou o meu raciocínio e está plenamente engano sobre minha posição.
      Não falei que a mensagem é mentirosa. Leia meus comentários, acho que fica mais fácil… rs. Não me baseio somente no que ele disse (que já seria de grande valia!), mas num todo.
      Bom, quis dizer o seguinte: Ele foi muito pontual e verdadeiro no que disse. Tudo que Edir Macedo disse está ligado à Bíblia num grande e verdadeiro paralelo; devemos realmente nos dedicar e ser fiéis a Deus. O que quis salientar, é que ele não seria a pessoa ideal a falar a mensagem (a olhos humanos) visto tantos escândalos que envolvem a IURD; desvios, lavagem, falcatruas, uso indevido, etc. Se é verdade ou não os escândalos só Deus o sabe.
      Mas se a imagem da igreja correspondesse ao que se espera visualmente falando, seria uma mensagem verdadeira, vindo de um ser crédulo de confiança, entende? Agora, se a mensagem verdadeira vem de alguém em quem não se tem tanta confiança, é como se a mensagem fosse uma mentira para quem está somente apegado a pessoa dele, entendeu?
      Ex.: se Satanás disser a um ateu que só Jesus salva e que toda a bíblia é verdade. Ele acreditaria? Lógico que não! Ele está 'cego' pela sua incredulidade em Jesus, bíblia e afins… mas nem por isso a mensagem deixa de ser verdadeira para nós. Entendeu?
      Espero ter sido mais clara… rsrsrs
      Abs,

  10. Renato Paura disse:

    Tem uma frase que Edir Macedo falou bem quando disse: “O que adianta confessar Jesus como Senhor e Salvador, se, na prática, não obedecer a Sua Palavra?”
    Concordo contigo Edir Macedo! Então, obedeça a Palavra de Deus ensinando às Escrituras Sagradas conforme ela é; sem inventar e nem acrescentar nada. Dizer que a árvore do conhecimento do bem e do mel era o dízimo é o cúmulo do absurdo.

    1. Esse paralelo da árvore x dízimo, foi um comparativo, visto que na criação (sendo tudo muito bom e perfeito) não havia o que dizimar ainda. A árvore era sim o símbolo da soberania divina, e a obediência implicava em dizimar sua vida para Deus; no caso de Adão e Eva, a obediência quanto a árvore – visto que nela não havia poder algum – era a consumação e consagração (dedicação – dizimo) da vida plena em Deus.

    2. Renato Paura disse:

      Simone Carvalho Souza, confesso que não entendi muito a sua colocação. Mas, dízimo não é sinônimo de dedicação. Tem jogador de futebol que é dedicado a sua profissão e nem por isso ele está dizimando. Não sou contra o dízimo. Sou contra a obrigação que muitos pastores impõe aos membros de dizimar e também ao ensino herético da Bíblia para incentivar os membros de dar o dízimo. Neste último caso, o Macedo se encaixou bem.

    3. Marcelo L L Ferreira disse:

      Esse carinha que se diz bispo deveria estar em Brasília, e não em uma "Igreja" pois lá que é lugar de enganador!!!!!!!!!!

    4. André Messias disse:

      A IURD é a igreja que mais mostra para onde vão os dízimos, ofertas, doações e coisas semelhantes, não é sem motivo que a mesma em apenas 35 anos está em 200 países pregando o evangelho, enquanto a há igrejas de 200 anos no Brasil e outras centenárias, que se atrofiaram pregando para o próprio umbigo e se tornaram clubimhos sociais…quem dera que em todas igrejas evangélicas houvessem homens corajosos como o Bp Macedo, JESUS já teria voltado…fica aí minha opinião…UM ABRAÇO…

    5. Renato Paura, concordo com vc no exemplo profissional dado. Mas não concordo que o ensino da bíblia seja herético, isto é questão de fé de cada um. Só acredito o pregador da bíblia o possa ser e que o ensino esteja vindo do lugar errado compreende? Tipo, ele não é a pessoa mais apropriada a olhos humanos a fala disso, visto estar envolvido em tantos escândalos.
      Mas biblicamente falando, dízimo representa sim uma dedicação. O dízimo (10ª parte) era pedido por Deus ao fiéis seus… essa entrega representa em outras palavras minha obediência para com Deus, meu reconhecimento de que aquilo que tenho não é meu e não ganhei por mim mesmo, mas Deus o permitiu me dando meios de obtê-lo, submissão, entrega e colocação de Deus em 1º na minha vida.
      O dízimo deve ser usado exclusivamente para manutenção da obra (pregação do evangelho), a demais coisas deviam ser mantidas com ofertas (temos exemplos disso em Malaq. 3, Gên. 2, Êx. Lev. e outros livros tb no NT que não me lembro agora).
      Hoje o dízimo é em dinheiro, pois é a nossa moeda e através dele fazemos tudo – compramos, vendemos, trocamos – e muitos são apegados a ele. Mas nos tempos antigos tudo era feito por meios como animais, mantimentos, colheitas, terras, utensílios… isso era o que eles tinham, e não dinheiro.
      Não devemos ser apegados aos bens materiais, e os dízimos e ofertas representam nosso desapego a eles e nossa devoção a Deus. Porém isso vai de cada um, a liberdade de escolha.
      Não podemos dizer que isso vá interferir na salvação de alguém, pois só Deus julga todas as coisas… É como na parábola do jovem rico, Jesus não precisava do dinheiro dele… mas queria que ele fosse desapegado dos bens, pois era aquilo que o prendia de uma verdadeira entrega. Se ele fosse rico e também 'bondoso' e tivesse a Deus em primeiro lugar, com certeza Jesus não o teria orientado a vender tudo que tinha e doar aos pobres.
      Espero ter exemplificado melhor… rsrsrs ;)

    6. Para quem não sabe, muitas igrejas usam o dízimo da forma correta: para pregar o evangelho.
      Uma delas, para quem não sabe, é a IASD que já está em mais de 220 países oficiais (reconhecidos pela ONU), e muitas ilhas, reservas, países que ainda não são reconhecidos como países mas provincias de países. A bíblia diz que quando o evangelho chegar a todo o mundo, viria o fim. E isso esta bem perto, visto esse exemplo que citei e o do irmão André Messias sobre a IURD.

    7. Ansise Nogueira disse:

      Renato Paura, Edir tem duas preocupações neste mundo. Valdemiro Santiago e Rede Globo de televisão…. Se algum dia ele conseguir derrotar ambos. Ele descansará em Paz.Há muitos anos este senhor não escreve nada que edifique.

    8. André Messias disse:

      Irmã Simone louvo e agradeço a DEUS pelas IASD em suas varias ramificações também estarem pregando o evangelho no mundo e fazendo bom uso dos dízimos e ofertas…
      Não sou advogado do Bp Macedo, mas ele é tão apto a falar sobre qualquer assunto bíblico como qualquer líder ou pastor de qualquer denominação que são tão falhos quanto ele…e não se engane com relação aos ""escândalos"", JESUS foi o REI dos ""escândalos"" em sua época…""escândalos"" esses inventados, aumentados e espalhados pelos religiosos e inimigos da fé e hoje não tem sido diferente…

    9. Edson Souza disse:

      André Messias, Não pq esta em 200 paises que pode ser considerada uma igreja seria com compromisso com a verdade.
      Veja o Islamismo esta no mundo todo e não deixa de ser uma seita perigosa.A universa vai no mesmo caminho do islamismo conquistando o mundo inteiro,mas com praticas de heresias com seu terrorismo mental.
      A intituição Universal não é uma igreja e sim uma seita.

      Entendeu agora pq ela esta e mais de 200 paises.

    10. Odair Jose disse:

      ansise nogueira , entao esta dificil de ele descansar em paz , nao esta facil da record ganhar da globo ,estava se aprroximando ,e agora caiu no buraco de novo , e valdomiro esta incomodando cada vez mais !! rounando as ovelhas zumbis do seu rebanho ,que e a sua GALINHA DOS OVOS DE OURO ,razao de existir todas as empresas do grupo .

    11. Renato Paura Você pensa em dinheiro e com medo de perder o que tem por isso não aceita o dizimo

    12. Renato Paura disse:

      André Messias. Você já me conhece e deveria saber que eu não estou falando da instituíção IURD. Conheço muitas pessoas de lá que moram aqui e sei que muitos dos membros da IURD são pessoas sérias e tementes a Deus. Eu não concordo (e deixei bem claro isso) é com a declaração do Edir Macedo dizendo que a árvore do conhecimento do bem e do mal seja o dízimo. E essas declarações do Macedo não foi inventado não. Foi extraído do seu site.

    13. Renato Paura disse:

      Simone Carvalho Sousa, concordo com tudo que você falou quanto ao uso e manutenção do dízimo. Mas, pra se ensinar a verdade não é preciso inventar. O Edir Macedo não precisa disso. Se ele e qualquer outra pessoa me mostrar na Bíblia que a árvore do conhecimento do bem e do mal seja o dízimo, eu serei homem suficiente de me retratar aqui e pedi perdão a todos. A minha opinião não diz respeito ao dízimo em si. Mas, na forma como se é ensinado e como se é pedido.

    14. Renato Paura disse:

      Gilmar Ferreira, onde você viu eu dizer que não aceito o dízimo. Meu amigo não ponha palavras na minha boca! Em nenhum momento eu disse que sou contra o dízimo. Eu sou contra a forma que o Edir Macedo (não a IURD) disse a respeito da árvore do conhecimento do bem e do mal dizendo que esta era o dízimo.

    15. André Messias disse:

      Renato o Bp Macedo não é o único a ter essa '''visão''' de que a árvore do conhecimento do bem e do mal eram o dízimo de Adão e Eva…já ouvi teólogos da AD e da NOVA VIDA fazerem ess comparação…acredito que é mais uma implicância…dessa ""matéria"" com a pessoa do Bp Macedo…

    16. Renato Paura disse:

      André Messias, Se é implicancia ou perseguição de site ou não, isso eu não posso te responder. Mas seja quem for e de que denominação for, dizer que a árvore do bem e do mal, não tem base nenhuma na Bíblia pra tal afirmação. E pode ter certeza, se eu ver ou ouvir qualquer teólogo os pastor da AD, denominação ao qual pertenço, fazer o mesmo tipo de comentário, me pronunciarei da mesma forma. A primeira menção do dízimo na Bíblia foi com Abraão muitos anso depois (Gn 14.20).

    17. André Messias disse:

      Renato existem os argumentos bíblicos – totalmente baseados na bíblia, os extra-bíblicos – argumentos que não tem base bíblica, entretanto não se chocam com seus ensinamentos, que no caso é o argumento do Bp e os anti-bíblicos que vão totalmente contra a bíblia…não li em nenhum momento o Bp Macedo dizer ""que ele disse isso por estar na bíblia"" mas é uma visão que ele tem sobre o tema, assim como já ouvi outros teólogos de outras denominações fazerem o mesmo…UM ABRAÇO

    18. Marcelo L L Ferreira:
      Quando DEUS fez a Arvore da Vida,ele deixou bem claro pra Adão q do q tudo que existe é de domínio de Adão sendo que foi Ele q criou.Porém só essa arvore era a predileta de tudo q ele criou(depois de sua criação humana,é claro) e pediu pra não tocá-la senão morreria(isso era um teste pra ver se eles não iriam cometer o erro de Lucifer,de desobedecê-lo).Deu no que deu.
      Deus priorizou no início a arvore e nunca o dinheiro.Depois disso espera um dia que seus filhos se arrependam do erro herdado de seu primeiro filho humano:Adão.

      No artigo citado,não me lembro em Malaquias falar de dízimo,só me lembro que na última parte,Deus resolveu cessar de enviar profetas e reis em nome Dele.Por isso enviou seu Filho.

      Adão só comeu por curiosidade pq não sabia achou q seria 100% parecido com Deus,Nem todos tem sua imagem(tem a energia Dele mas não a personalidade e o poder) e semelhança(ser fiel em seus conceitos e estatutos).
      Não foi ele que idealizou o dízimo.Prosperou Jacó pq ele estava disposto a se arrepender se e tornar se para ele(tornar no sentido de voltar pra presença dEle.

    19. Renato Paura disse:

      Amados, gostaria de esclarecer duas coisas aqui. O que é o dízimo e a ordem de Deus para Adão e Eva quanto a árvore do bem e do mal.
      O dízimo é a pessoa separar 10% de sua renda (ou de sua colheita e do seu gado) e entregar na casa do tesouro (Pv 3.9). Aí eu pergunto: como a árvore do bem e do mal poderia ser o dízimo de Adão e Eva se eles foram proibidos de colher do seu fruto? Como poderia ser o dízimo se nem tampouco foram eles que plantaram aquela árvore? Não tem lógica um negócio deste! Aquela árvore foi uma prova de obediência e, obedecer a Palavra de Deus não se resume a dar o dízimo; até porque o dízimo é um ato voluntário. Abraão deu o dízimo voluntariamente. Em nenhum momento vemos na Bíblia Deus estabelecendo o dízimo para Abraão. A mesma coisa foi com Jacó. O dízimo só passou a ser obrigatório a partir da lei mosaica que foi finalizado na morte de Jesus (Hb 7.1-5; Rm 10.4). A igreja deve dar o dízimo voluntariamente como fez Abraão, o pai da fé e não da lei.
      Quanto a ordem divina para Adão e Eva sobre o comer do fruto da árvore do bem e do mal, gostaria de mostrar na Bíblia que Eva cometeu dois erros antes de tomar do seu fruto. Ao responder a serpente, Eva comete dois erros: ela troca a Palavra de Deus e acrescenta a Palavra de Deus. Vejamos: "Do fruto das árvores do jardim comeremos, mas, do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais” (Gn 3.2,3). Conforme a palavra de Deus a árvore que está no meio do jardim não era a da ciência do bem e do mal como disse a mulher; e nem sequer Deus disse nem nele tocareis (cp. Gn 2.7,17). Na sua resposta a mulher trocou a palavra de Deus e acrescentou a Palavra de Deus.
      Em nenhum momento Deus disse que não deveria tocar na árvore. A ordem era para não comer do seu fruto. Tocar ou não era irrelevante.

    20. Edson Souza disse:

      Isso mostra que Macedo não passa de um Mercenário e manipulador que só pensa em tirar tudo que os pobres fieis tem.
      Ai joga a conta pra Deus pagar.
      "Cobrem de Deus pq vc deu o seu tudo"
      Ai vai la a ovelha colocar Deus na parede exigindo ser abençoado pq deu tudo que tinha na universal

      Universal não passa mais uma igreja católica enrustida com suas vendas de indigências

    21. Simone Carvalho Sousa Não dá pra perder tempo, nem pra dar moral pra esses cabeças de bagre Simone. Interpretam como querem… O pior e que alguns se dizem estudiosos da bíblia, estudam e não entendem nada.

  11. Renato Paúra disse:

    Tem uma frase que Edir Macedo falou bem quando disse: “O que adianta confessar Jesus como Senhor e Salvador, se, na prática, não obedecer a Sua Palavra?”
    Concordo contigo Edir Macedo! Então, obedeça a Palavra de Deus ensinando às Escrituras Sagradas conforme ela é; sem inventar e nem acrescentar nada. Dizer que a árvore do conhecimento do bem e do mel era o dízimo é o cúmulo do absurdo.

    1. Pitagoras disse:

      Sr. Paúra. A tempos, Vc. me perguntou sobre minha descrença na volta de Cristo, e eu lhe apontei alguns versiculos. O que Vc. concluiu ?

      1. Renato Paúra disse:

        Pitágoras, a tempo eu entrei lá pra ver sua resposta e não vi. Por isso que eu não respondi de volta. Mas, se quiser colocar aqui ou me dizer em que matéria está, nós podemos conversar (não brigar, rsrsrs) outra vez.

      2. Pitagoras disse:

        Olá Paúra, não desejo briga com ninguém, só esclarecimentos. Veja 1Tessal. 4:14 a 18 e inúmeras passagens no N.T. tais como: “Antes que essa geração passe, antes de percorrerem todas as cidades da Galiléia, eis que cedo venho, etc.” Não lembro agora os versículos, mas se Vc. não achar, me avise. Paz

      3. Pitagoras disse:

        Achei, Veja Mat.10:23 – 16:27,28 – 24:34 – 1Cor.10:11 e 15:51.52 – Rom.16:20 – 1Ped.4:7, e outros ainda, no Apocalipse, Hebreus, etc. Aguardo seu comentário aqui mesmo. Abs.

        1. Renato Paúra disse:

          Pitagoras irei te responder cada passagem que você citou.

          1Ts 4.14-18 – Quando Paulo usa o pronome “nós”, ele não está se referindo aos da sua época. O “nós” significa os cristãos que estarão vivos na vinda do Senhor. Ou seja, se Jesus voltasse agora, essa palavra se cumpriria a nós hoje.

          Mt 10.23 – Mas uma vez repito. Jesus não se refere aos judeus-cristãos da sua época. Essa palavra se refere aos judeus-cristãos que pregariam a Sua Palavra até a Sua vinda em Israel. A Bíblia é um livro profético. Portanto, se é um livro profético, não pode ficar restrito para à época em que foi escrito; mas, para o futuro até o seu cumprimento final.

          Mt 16.27,28 – Esses dois versículos não se trata do mesmo assunto; são assuntos diferentes. No versículo 27 jesus fala da sua volta. No versículo 28 Jesus não fala da sua volta. O texto é bem claro quando Ele diz: “Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que VEJAM VIR O FILHO DO HOMEM NO SEU REINO”. Essa promessa se cumpriu na pessoa do apóstolo João que foi arrebatado e teve as visões de Jesus no seu Reino celestial ao qual está registrado no livro de Apocalipse (Ap 4.1-11).

          Mt 24.34 – A palavra “geração” na presente passagem tem um sentido escatológico. É a palavra grega “genea”, ela traz em si a idéia de “raça, família, espécie, etc.”. É certo que a palavra se emprega apenas como uma geração familiar (um filho sucedendo a um pai), não se coaduna com a tese principal, porque nenhuma destas “coisas”, a saber: a pregação do evangelho do Reino em todo o mundo; a volta de Jesus em glória; o ajuntamento dos escolhidos pelos anjos, não aconteceu antes da destruição de Jerusalém, que todos sabem, deu-se no ano 70 d.C. A promessa é, portanto, que a Geração – a Nação de Israel ou família israelita – será conservada até o fim como nação: ninguém a destruirá. Paulo declara exatamente isso em Romanos 11.

          1Co 10.11 – Em nenhum momento aqui faz referencia a volta de Cristo. É importante que se leia o contexto pra não tirar interpretação precipitada. Nesta passagem, Paulo faz uma analogia dos hebreus quando estiveram peregrinando no deserto no período de 40 anos e suas rebeldias à voz do Senhor. É uma advertência para a igreja não seguir os mesmos passos errados e não sofrerem do mesmo mal que eles sofreram.

          1Co 15.50,51 – Idem a primeira resposta.

          Rm 16.20 – Acredito que a sua questão se encontra na palavra “breve”. O breve para nós, simples mortais, não é o breve para o Senhor que é eterno (2Pe 3.8). Lembre-se, ainda que homens escrevessem a Bíblia, todavia a Palavra é de Deus e não dos homens (2Pe 1.21).

          1Pe 4.7 – Idem a resposta anterior.

          Pitagoras, você mostra claramente que conhece as Escrituras Sagradas. Quem dera que todos os cristãos fossem iguais a você. Porém, você a usa para guerrear ou combater contra Cristo. Não sei se você já foi cristão algum dia ou se apenas ler para contrariar a própria. O apóstolo Paulo já foi assim como você (At 9.1-4) e teve um belíssimo encontro com Jesus pela misericórdia de Deus. Eu oro pra que você também seja iluminado pelo Senhor Jesus e tenha esse mesmo encontro que teve Paulo. Que O Senhor te abençoe e te guarde. Espero ter esclarecido as referências bíblicas que você citou.

        2. Pitagoras disse:

          Ola Sr. Paúra. Agradeço suas considerações, que li com atenção. Mas creio que ao substituir o sentido literal de determinado texto, por um possível sentido figurativo, Vc. deseja apenas justificar suas convicções pessoais. A bíblia tem sido alvo constante destas práticas, sendo os textos ora tomados pelo sentido figurativo, ora pelo literal ao pé da letra, de acôrdo com as crenças ou interesses de cada um. Sei que você foi sincero,e respeito seu ponto de vista, mas sinceramente, nisso, não compartilho contigo. Abs.

        3. Pitagoras disse:

          Nada de briga, (rsrs) desejo manter uma relação cordial e franca consigo, independente de nossas opiniões divergentes.

          1. Renato Paúra disse:

            Claro! Discordar é um direito; respeitar é um dever. Quem dera que todos pensassem dessa maneira. Abraços.

    2. ALEXANDRE disse:

      e isso ai amigao sao um verdadeiros canastroes e querem obrigar a gente aceitar tudo o que falam colocando reportagem em sua emissora de tv a historia da igreja universal ridiculo e o cumulo do calafrio meu Deus venha logo arrebatar tua verdadeira igreja antes que esses lobos contamina com o joio,Senhor Jesus tenha misericordia de vossas almas aqui na terra nos protega destas tentaçoes que persistem em sujar teu evangelho….

  12. O internauta -profeta do apocalipse disse tudo! O que mais o Romney Elson Lima quer explicar? Trazer a lei para dentro da graça,é anular o sacrifício de Jesus! Pois se a justiça é mediante a lei, segue-se que Cristo morreu em vão! Quem recebe um profeta na qualidade de profeta, recebe o galardão de profeta, e quem recebe um justo na qualidade de justo, recebe o galardão do justo!Eu aceitei o Senhor Jesus como o meu senhor e salvador, ele é justo? Então, por que cocheia entre dois pensamentos? Agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus…..(Rom :8:1) Ou esse povo confia no autor e consumador da nossa fé ou confia nos "bispos" Macedos da vida! Irmãos! Está é a última hora! Eu rogo em nome do Senhor Jesus, que tudo que recebes por verdade, provai-o, pesai-o com as Escrituras!!!!

  13. Creio ter sido muito bom o posicionamento colocado por Edir Macedo. Realmente repleto de verdades bíblicas, para quem entendeu a lógica.
    Mas de que adianta tal mensagem, de uma pessoa que não tem boa índole perante os outros? Não sabemos da vida particular dele com Deus, mas sabemos do que ouvimos e lemos…
    Não que o comparativo esteja correto, mas fica como se Satanás tivesse pregando sobre salvação, sem tirar nada da verdade, mas quem daria crédito? Ninguém! Pois nem boa fama tem…
    Lamentável que ao invés de se ater à mensagem, muitos se apeguem só ao pregador…
    É para se refletir se estou colocando Deus ou o mesmo em 1º na minha vida…

  14. Tá! E aqueles que não podiam dar o dízimo em que situação ficavam, pois nem todo Israelita era dizimista. O dízimo foi incorporado à lei como um modelo de igualdade entre os hebreus onde o que tinha posses dizimava e o que não tinha comia dos dízimos, o que aliás muitos se esquecem ou não sabem que dízimo era MANTIMENTO e não dinheiro, ouro ou prata.

    Vale ressaltar que não existem dizimistas fieis na era da graça, pelo fato de ninguém levar ao templo vacas, carneiros, bodes ou cereais. O modelo de contribuição que o Novo Testamento nos ensina e que foi deixado por Jesus aos crentes é a contribuição voluntária sem um percentual pré-estabelecido, pois cada um deve contribuir segundo propor no coração e com uma finalidade específica que é o auxílio aos menos favorecidos.

    1. Amigo Reginaldo Barbosa, quanto as ganancias do Edir Macedo tudo bem, mais uma coisa não deixa de ser verdade, disimo não é só do livro de Hebreus não, desde o AT sempre existiu disimo, em toda a biblia fala sobre disimos e ofertas, o dizimo é para a casa do tesouro (casade oração) a salvação é só para quem é fiel com Deus, tanto faz a congregação que vc congrega

    2. Esse foi o ensino que nos repassaram, contudo, quando estudamos a bíblia fazendo uso da hermeneutica que é a ciência que estabelece os princípios, leis e métodos de interpretação, vamos compreender que o dízimo foi abolido por Jesus, assim como os demais ritos da lei mosaica, como a circuncisão, o sábado, sacrifícios de animais e outros. Já expliquei em outros comentários que a casa do tesouro não era a casa de oração, mas um compartimento dentro desta, onde se depositavam os cereais e até mesmo animais que eram justamente os dízimos do povo que eram para o sustento dos levitas, dos sacerdotes e dos necessitados de Israel representados pelos órfãos, viúvas e até mesmo os estrangeiros.

    3. Concordo com o irmão Eugenio. O dízimo sempre existiu! Dízimo = 1/10; 10º parte de algo, 10%. A oferta sim é o que se propõe no coração. E o fato de quem não tinha do que dizimar, não dava. Você vai devolver daquilo que não recebeu? Claro que não! Só se dá daquilo que se tem… se vc não tem comida vai dar pra alguém? Não… e assim por diante.
      Agora, acrescento: se comete o erro de achar que a graça de Deus foi só no NT. A graça SEMPRE existiu! Ele sempre nos deu a oportunidade de salvação. Desde a promessa do descendente da mulher no Eden (Jesus nascido daquela descendência que pisaria a cabeça da serpente!). O que diferia era que, no AT viviam pela fé de que a Graça de Deus se manifestaria para cumprir o plano da salvação (Jesus é a Graça) e através dessa fé se sacrificava o cordeiro sem manchas, simbolo do Cordeiro que morreria sem pecados pelo pecador. Nos tempos do NT (até hoje) vivemos pela fé de que essa Graça (Jesus) já veio e cumpriu o plano da salvação (que terá fim na Sua volta e redenção dos salvos), anulando toda a LEI CERIMONIAL, pois Ele era o cumprimento delas. Ou seja, sacrifícios de cordeiros, purificação do santuário e etc. JESUS não aboliu suas LEIS MORAIS que se incluem os 10 mandamentos.
      Que anulação parcial seria essa onde se pode adorar imagens, falar o nome de Deus em vão e quebrar o sábado, mas não se pode roubar, matar, adulterar, mentir, etc? É tudo parte de uma mesma lei! Tem-se por costume fazer o que se é conveniente… e não o que Deus manda.
      O amor a Deus requer muito além de palavras, mas também atos que representem a que Deus eu sirvo.
      Ele disse que o sábado foi feito (lá no Éden – nem existiam judeus e não judeus!) por causa do homem e não o homem para o sábado; um dia para nos dedicarmos mais a Ele, a Sua obra, à família, à comunhão (tudo deve ser todos os dias também). Mas precisamos de 1 dia de descanso das atividades seculares e de interesse pessoal para nos voltarmos totalmente a Deus.

    4. Simone Carvalho:

      Na graça não é somente 10%, mas 100.

      Ah. A circuncisão também foi antes da lei para Abraão e sua descendência e o próprio Cristo foi Circuncidado obedecendo essa regra. Porque não circundamos também nesta era presente?

      Pense nisso e que Deus te abençoe

    5. A graça é 100%, não falei que ela era 10. Apenas especifiquei que se fala muito em tempo da lei e da graça, sendo que a graça sempre existiu. Mas vc intendeu o que eu disse…
      Agora, a circuncisão atendia um propósito específico. 1º identifica um povo específico (os de Deus e os que não era), visto que os que não era se mutilavam de diversas formas. 2º que era uma forma de prevenir doenças e manter a higiene das partes íntimas, visto que o povo viva em uma região carente de muitas coisas. Já provado pela ciência que o corte do prepúcio é benéfica para a saúde quando feita – imagina o acúmulo de sujeira e bactérias numa região onde se havia escassez de água, onde vivam em condições precárias e como nômades muitas vezes? Porque acha que as mulheres eram tidas como impuras durante o ciclo menstrual? Deus é sabedor de todas as coisas, e desde o início orientava seu povo quando aos procedimentos e saúde, temperança, vida espiritual, etc.
      O problema todo, é que queremos limitar Deus aos nossos olhos e compreensão humanos e corrompidos pelo pecado. Aí queremos tirar da Palavra de Deus aquilo que não nos agrada e não nos convém por incômodo.
      Mas como disse o Gilmar Ferreira em um dos posts, é questão de fé. Há os que praticam e os que ficam arrumando pretexto (dentro da própria bíblia) pra não praticar.
      Cada um obedece de acordo com sua consciência, pois quem julga o certo e o errado é Deus.
      Ah, e Satanás também usava a bíblia… aliás, a conhece melhor que qualquer ser humano. Porém sempre usou o texto fora do contexto… por isso há tantas igrejas e controvérsias. Cada um quer interpretar a sua forma e não da maneira como o próprio Deus diz.

    6. Ah é… esqueci de responder sua pergunta.
      Não fazemos a circuncisão hoje por falta de hábito, por não achar necessário, por não ser solicitado por um médico, por não achar que faça parte da "época da graça"… entenda como queria.
      É como determinados alimentos e bebidas que Deus especificou… mas cada um entende e faz como acha melhor (livre escolha/interpretação)… mesmo sabendo que faz mal!

    7. Não estou arrumando pretexto fora da bíblia, pelo contrário, cito o texto e o contexto para não deixar dúvidas. Satanás usava sim, mas com astúcia e negando a sua eficácia, como fazem os falsos mestres hoje. Só lembrando que a circuncisão quando foi estabelecida não visava higiene ou outras coisas, se bem que Deus sabe o que é melhor pra nós. Ela era uma aliança que Deus estava fazendo com Abraão e sua descendência.

      Genêsis 17:9-13: "Disse mais Deus a Abraão: Tu, porém, guardarás a minha aliança, tu, e a tua descendência depois de ti, nas suas gerações.Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti: Que todo o homem entre vós será circuncidado. E circuncidareis a carne do vosso prepúcio; e isto será por sinal da aliança entre mim e vós. O filho de oito dias, pois, será circuncidado, todo o homem nas vossas gerações; o nascido na casa, e o comprado por dinheiro a qualquer estrangeiro, que não for da tua descendência. Com efeito será circuncidado o nascido em tua casa, e o comprado por teu dinheiro; e estará a minha aliança na vossa carne por aliança perpétua".

      Não era cultura, era mandamento do Senhor para um povo específico assim como o dízimo. Ambos existiram antes da lei e foram inseridos na Lei 400 anos mais tarde.

      O que acontece é que muitos hoje encontraram na igreja uma maneira fácil de possuir tudo sem esforço. Por isso, fazem de tudo para convencer as pessoas a serem dizimistas e não explicam o que verdadeiramente isso significa. Por exemplo: Os levitas e sacerdotes que recebiam dízimos não poderiam possuir qualquer tipo de bens e/ou propriedades e tinham de dar assistência integral no templo. Números 18:20,21: "Disse também o SENHOR a Arão: Na sua terra herança nenhuma terás, e no meio deles, nenhuma parte terás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel. E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo ministério que executam, o ministério da tenda da congregação".

      Fazem isso os que administram os dízimos hoje?

      Fica na Paz do Senhor.

    8. Esqueci de dizer que pela fé, também sou filho de Abraão, mas não me circuncindo e nem dou mais dízimos. Veja porque:

      Gálatas 4:21-26;29-31): " Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei? Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre. Todavia, o que era da escrava nasceu segundo a carne, mas, o que era da livre, por promessa. O que se entende por alegoria; porque estas são as duas alianças; uma, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar. Ora, esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos. Mas a Jerusalém que é de cima é livre; a qual é mãe de todos nós. Mas nós, irmãos, somos filhos da promessa como Isaque. Mas, como então aquele que era gerado segundo a carne perseguia o que o era segundo o Espírito, assim é também agora. Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre. De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre".

      Hoje eu sou livre para servir a Deus com os bens com o quais Deus me abençoou sem o fantasma da porcentagem obrigatória ou do terrível "devorador".

      E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ (João 8:32).

  15. mauricio disse:

    Isto e tudo pressão de ED Macedo o dizimo e do velho testamento não tem nada a ver com jesus
    Oque vale para nós hoje e o que ta escrito 2 Coríntios 9:7Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.
    2 Coríntios 9:7 ELE USA O VELHO TESTAMENTO POR QUE NO NOVO NÃO FALA DE PROSPERIDADE

  16. Taí mais uma bizzarice desse sujeito Macedo. Seu império está ruindo e ele está desesperado e apelando até para o cúmulo do rídiculo em fazer uma comparação dessa natureza. Isso é o que se chama torcer as escrituras e isso para sua própria condenação 2Pe 3.16. Saiam da BABIURDLÔNIA enquanto há tempo povo de Deus.

  17. Totalmente fora da visão, ta faltando interpretação da Palavra de Deus com a ajuda do Espírito Santo, é muito triste ler essas coisas… está totalmente corrompido pelo amor ao dinheiro.

  18. edney disse:

    a simone ta certnha , com o povo abrindo os olhos, saindo da igreja dele e arrecadaçao caindo o jeito é apelar. o castelo ta começando a ruir

  19. Interpretação de texto rasa, exegese pobre. Texto sobrecarregado de ideias de confirmação doutrinária e pouco ou nada de asseveração de verdade bíblica. Não podemos esquecer que a Bíblia é coesa. Auto-explicativa e sem necessidade de se usar milhares de metáforas e interpretações. A Bíblia fala do dízimo onde fala do dízimo e é o suficiente. Esse texto fala do comportamento humano em sua "adolescência" no relacionamento com seu Criador e só. Precisamos parar de dizer o que a Bíblia não disse, e declarar o que o Senhor não declarou.
    Por fim, procurar coerência nesse texto, é como procurar cabelos na cabeça de quem o escreveu…
    http:/env.io/brp

  20. isac disse:

    Edir macedo que toda maldiçao que voce deseja para o povo caia sobre voce seu maldito.

  21. Ricardo disse:

    Quanto absurdo!!!! Alguém já tentou colocar vinho novo em odre velho? Viu o resultado? Pois é, arrebenta tudo… Lei, não se mistura com GRAÇA – E o que está ESCRITO É: A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei. ROMANOS 13:8

  22. Pitagoras disse:

    Quem não é fiel no dizimo, rejeita o senhorio do pastor. Dízimo é fruto do medo de perder o paraíso.

  23. Descubro por imaginação que tal arvore é a que produz o "Santo Daime" de Edir. Dai-me todo o seu dinheiro.

  24. edir macedo trabalhou em vão na vida dele rsrsrsrs, se uma pessoa quer ir pro inferno , vai pro inferno curtindo o mundão isto e ter um pouco de inteligencia kkkkkkkkkkkkkkkk veja a burrice do edir macedo, ele vai pro inferno e ainda trabalou pra Deus pois muitos que aceitaram a cristo na universal foram para outras igrejas conhecer a Jesus melhor .Ainda que ele ajudou a escandalizar os cristãos ele so fez tirar o joio kkkkkkkkkkkkkkkk . Aos pastores que buscam destruir a igreja de cristo deixo o meu concelho , ja que vai pro inferno vai pro mundão curti-lo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk esquece a igreja seu burro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    1. Félix Ivete disse:

      O DÍZIMO NO EVANGELHO DE CRISTO

      No Evangelho de Marcos 16. 15, 16, disse Jesus: Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura. Quem crer e for batizado, será salvo, mas quem não crer será condenado.

      Observem que o Senhor Jesus mandou pregar o Evangelho, para que crendo, recebamos a salvação (I Coríntios 15.1, 2). Esse foi o propósito do Senhor ao oferecer o seu sangue em sacrifício vivo. E onde está a ordenança para o dízimo, senão no Antigo Testamento? Porque então o homem persiste em pregar e manter as ordenanças da lei, as quais foram por Cristo, abolidas? Pregar a velha aliança é exumar uma lei sucumbida e mutilar o Evangelho de Cristo, sobrecarregando as ovelhas do pesado fardo que Cristo levou sobre si.
      No Evangelho de Cristo Ele nos ensina fazer caridade, nos ensina a orar, a jejuar (Mateus 6.1 a 18), e uma infinidade de outros ensinamentos, porém nas duas únicas vezes que Ele referiu-se aos dízimos, foi com censura. Vejamos:

      Mateus 23.23 – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé;deveis, porém, fazer estas coisas e não omitir aquelas.
      Alguém poderá considerar que Jesus ordenou que se dizimássemos, porque Ele disse: Deveis fazer estas coisas. Vamos buscar o entendimento espiritual na palavra do Mestre:
      Jesus era um judeu, nascido sob a lei (Gálatas 4.4). Portanto, viveu Jesus na tutela da lei de Moisés, reconhecendo-a, e disse dessa forma, pela responsabilidade de cumprir a lei. Vejamos:
      Mateus 5.17,18: Disse Jesus: Não cuideis que vim abolir a lei e os profetas, mas vim para cumpri-la, e, nem um jota ou til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.
      E verdadeiramente Ele cumpriu a lei. Foi circuncidado aos oito dias, foi apresentado na sinagoga (Lucas 2. 21-24), assumiu o seu sacerdócio aos trinta anos (Lucas 3.23, Números 4.43, 47), curou o leproso e depois o mandou apresentar ao Sacerdote a oferta que Moisés ordenou (Mateus 8.4, Levíticos 14.1…), e cumpriu outras formalidades cerimoniais da lei.
      Porém, quando Cristo rendeu o seu espírito a Deus (Mateus 27.50,51), o véu do templo rasgou-se de alto a baixo, então passamos a viver pela graça do Senhor Jesus, encerrando-se ali, toda ordenança da lei de Moisés, sendo introduzido o Novo Testamento, o Evangelho da salvação do Senhor Jesus Cristo.
      O que precisamos entender de vez por todas, que Cristo não veio a ensinar os Judeus a viverem bem a Velha Aliança, Ele disse: Um novo mandamento vos dou (João 13.34)e, se a justiça provem da lei, segue-se que Cristo morreu em vão (Gálatas 2.21).
      Em Mateus 5.20 disse Jesus: Se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos céus.
      Observem que o Senhor Jesus Cristo mandou justamente os escribas e fariseus (os quais o Senhor sempre os tratava por hipócritas, falsos) que cumprissem a lei de Moisés, lei que ordenava o dízimo. Nós porém, para herdarmos o reino dos céus, não podemos de forma alguma voltar no ritual da lei Mosaica como faziam os escribas e fariseus, com hipocrisia, mas precisamos exceder essa lei, a qual foi por Cristo abolida. O amor, a graça e a paz do Senhor Jesus excede a lei de Moisés e todo entendimento humano.

      A Segunda vez que o Senhor Jesus referiu-se ao dízimo, foi na Parábola do Fariseu e do Publicano (Lucas 18.9 a 14) e outra vez censurou os dizimistas. Tomou como exemplo um homem religioso, que jejuava duas vezes por semana e dizia ser dizimista fiel, porém, exaltava a si mesmo e humilhava um pecador que suplicava a misericórdia do Senhor.
      Isso acontece hoje exatamente da mesma forma, muitos ainda exaltam-se dizendo: “Eu sou dizimista fiel”, mas nesta narrativa alegórica, o Senhor Jesus Cristo exemplificou que no Evangelho não há galardão para os dizimistas fieis, ao contrário, Jesus sempre os censurou.

    2. Félix Ivete disse:

      A contribuição do cristão é voluntária. Leva em conta que cada pessoa tem circunstâncias diferentes na vida. “Se houver primeiro a prontidão”, a Bíblia diz, “é especialmente aceitável segundo o que a pessoa tem, não segundo o que a pessoa não tem”. — 2 Coríntios 8:12.
      Quanto, então, deve dar? Essa é uma questão que somente o leitor pode resolver por si mesmo. A profundeza de seu próprio apreço de coração por Deus — e não alguma fórmula predeterminada de dízimo — indicará o que contribuirá. Como insta a Bíblia: “Faça cada um conforme tem resolvido no seu coração, não de modo ressentido, nem sob compulsão, pois Deus ama o dador animado.” (2 Coríntios 9:7) O dízimo era uma provisão do pacto da Lei mosaica para sustentar o templo e o sacerdócio de Israel. Para os cristãos, atualmente, não é uma ordem, nem é necessário.

  25. Jose Matias disse:

    É facil chamar ladrão a todo o crente; Pobre de nós quando Cristo nos fez por sua vontade ovelhas do seu pasto. E agora o mesmo Deus passa a vida a chamar-nos ladrões, hoje estamos salvos amanhã estamos no inferno.É uma questão de não fazermos bem as contas!…Será que estes cegos inuteis não tem um pouco de temor a Deus? Chama-se a isto doutrinas de demónios, só há um objectivo enriquecimento, e será que isso já não é visivel, nas ricas manções? Se querem viver segunda a ordem de Levi, que vivam, nós os chamados pelo decreto de Deus vivemos segundo a ordem de Melquizedeque. Será que um crente é estúpido, ao ponte de acreditar em todo o vento de Doutrinas? Dízimo dizem que é 10% logo é a inteireza de Deus. Logo o que Deus pede de si, é a sua vida entregue a Ele a 100% Volto a repetir Deus não é nenhum cobrador de impostos, e não nos deixa á mercê destes PASSARINHEIROS. Dar é uma alegria que dá prazer a Deus, e trás naturalmente benção a quem a pratica, sem em nada pensar em receber, em troca. Mas o Dar não está associado a lei alguma imposta por essas denominações, que sem escrupulos, atemorizam os crentes. Fuja desse sistema, seja livre em Cristo. Se voçê recebeu o amor de Deus, logo isso é o cumprimento de toda a lei perfeita que foi implantada em nosso interior. Não andamos por vistas mas de fé em fé.

  26. Daí o fato de ela jamais conseguir a felicidade neste mundo. E o pior, carrega sobre si a maldição”, observa o bispo Macedo, em tom de intimidação.
    Para esse senhor, dona dessa instituição, que lesa os incautos, a única felicidade é a que ele goza com o dinheiro dos simplórios, uma vez que foi às custas dos dízimos e das ofertas que ele construiu seu império. Rogo a Deus para que seu fim seja o mais sinistro possível. Satanás mente desde o princípio e para tanto, usa a palavras de Deus para distorcer sua mensagem e obscurecer o entendimento da mesma.

  27. "PELOS TEUS MANDAMENTOS ALCANCEI ENTENDIMENTO; POR ISSO ODEIO TODO FALSO CAMINHO" SALMO 119:4
    TODOS CONHECEM A VIDA PREGRESSA DESTE SENHOR, TODOS SABEM DAS SUAS ESCOLAS DE TEOLOGIA, ONDE O ENSINO PRINCIPAL E A DISTORÇÃO DO DIZIMO E A PRINCIPAL LIÇÃO É ENSINAR AOS SEUS PASTORES A ARRANCAR O DINHEIRO DOS FIÉIS, POR MEIO DO ENGANOSO DISCURSO DE QUE SE NÃO DER ESTARÃO ROUBANDO A DEUS. TODOS SABEM QUE APÓS AS REUNIÕES, ELES VÃO CONFERIR O DINHEIRO ARRECADADO EM MEIOS A DEBOCHES DOS FIÉIS, TODOS SABEM QUE OS CANAIS DE TV E RÁDIO FORAM ADQUIRIDOS COM O DINHEIRO DOS CHAMADOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS.ESTA É UMA INSTITUIÇÃO CRIMINOSA DAS MAIS CRUÉIS.

  28. esse elemento apela de toda forma para arrecadar! Não dêem ofertas a esses picaretas do evangelho, antes porem auxiliem os pobres miseraveis, as viuvas, os orfãos, colaborem com Portas Abertas! vejam como os verdadeiros cristãos são perseguidos por não negarem a Cristo! A cada dia esse picareta mostra a cara para investir o dinheiro de seus seguidores em seu imperio e quem o segue jamais será seguidor de Jesus Cristo!

  29. Marcelo disse:

    Criativo o bispo macedo, não! Que mente brilhante, fazendo uma comparação da árvore do éden aos dízimos. Isso só pode vir de uma mente privilegiada e criativa. Ainda bem que Paulo nos advertiu sobre isso dizendo que nos últimos dias viriam mestres ensinando FÁBULAS.

    Mais somente para complementar a minha fala, eu desejo que o bispo consiga cumprir TODA A LEI, pois Jesus e o Apóstolo Paulo dizem que : ” aquele que vive na lei, tem que cumprir TODA a lei”, para ser justificado.

    Desejo sorte à ele.

  30. BANDO DE MALUCOS, DIZIMO, NUCA FOI DINHEIRO, O LIVRO DA CAPA PRETA/BIBLIA, AVARENTO, MENTIROSOS, MERCENARIOS, E ENGADORES DE LEIGOS, CHEIO DE SUFISMA, SEPLUCO CAIADO, BANDO DE LADROES, DA FE A LEIA, VO A VISA, JESUS/IESUS CHRIST, E UM DEMONIO, DEUS/ZEUS, TAMBEM E UM DEMONIO, VOCES ESTAO A DORADO UM DEMONIO, QUE SE DIZ JESUS, JE. E CAVALO, SUS PORCO, PESQUISE, QUE VOCES VAO DESCOBRE A VERDADE…!!! LEIA Yarmiyaohu 11,19 (corrompido como jeremias) leia tambem o livro de atos, 28,14, leia tambem, 2 corintios 4,4, e descobra a verdade, o nome verdade e YAOHUSHUA HOL MESSIAS, VOCES ESTA ADORADO UM IMPOSTOR, CUIDADO, ELE E UM DEMONIO, CHAMADO JESUS CRISTO, O FALSO, CONHECIDO NO PAGANISMO, MITRA,CUIDADO….!!!

  31. SUJEITO ESPERTO! SÓ SABE USAR TESTO BIBLICO PRA ARRECADAR DINHEIRO.
    OS ASSALTANTE NORMALMENTE USAM UMA .40 ESSE SUJEITO USA UMA 66
    O CIDADÃO ASSALTADO PELO DÁ TUDO POR MEDO DE PERDER A VIDA
    OS IURDIANOS DÁ TUDO POR MEDO DE PERDER A ALMA.

    1. Odair Jose disse:

      norival tinto ,parabens voce falou pouco mas disse tudo !! ,o povo tem medo mesmo e devido a esse medo e uma presa facil desse ladrao ,jaguara !!

  32. davi lima disse:

    Quem não aceita o Senhorio de Cristo é ele, me diga lá a que propósito a Rede Record serve – que é dele – adquirida e sustentada pelo sacrificio não dos mundo, mas dos fieis da IURD. Não existe essa história de ficar em cima do muro – essa balela que se está se fazendo de tudo para ganhar todos – mas dessa maneira – é história da carochinha.

  33. José Carlos disse:

    A paz do Senhor jesus.

    As contradições de nossa cabeça.

    O Macedo tem certas razões em pregar sobre dízimos, falar em obediência, em se esforçar, sacrificar para Deus, em não aceitar a miséria, e outras coisas mais.
    Mas, veja bem! O Macedo é contra a miséria, mas é conivente com o aborto de crianças que irão nascer em lares miseráveis, sem perspectiva de qualidade de vida, de uma boa educação. A prosperidade que o Macedo prega é para quem?
    O Macedo prega que Deus só se manifesta nas dificuldades da vida. Quanto maior a crise, maior a vitória. Mas, então, o por que ele não acredita que Deus pode fazer as crianças, e sua família que nascem em lares miseráveis prosperar?
    Será que O prosperidade do Macedo só serve para quem está vivo? Os recèm nascidos, ou os que estão em estado de gestação não têm a menor chance?
    Jesus ordenou que deixasse vir a Ele as criancinhas, ou seja, que não as impedissem de ter o direito de vir a mundo sob a benção de Deus. Pois o reino são delas. Afinal, os filhos não são herança do Senhor? Deus não cuida de sua criação?
    O álccol é um motivo de pais e mães abandonarem seus filhos na sarjeta, na miséria. Mas, o Macedo diz que bebe. O diabo, o Zé Pilintra adora trabalhos com champanha, cachaça. E aí?
    Quem nesse mundo é mais valioso para Deus? Será que é os dez por cento dos dízimos? Ou a vida de uma criança que nasce em um lar miserável? E às vezes, por causa da cachaça, dos vícios dos pais?
    Quando se fala em dízimo, na verdade, estamos falando de Jesus, o dízimo, o amor, as primícias de Deus em todas as áreas de nossa vida. Mais vale uma alma salva do que o mundo inteiro dando dez por cento dos dízimos. Filho meu, dá-me o teu coração e me sirva com prazer, com gratidão. Não foram dez os curados? Só você voltou para agradecer?
    Nem é à toa que coamos mosquito e engulimos camelos, diz a palavra de Deus..
    Quero deixar claro que não sou contra a pessoa dizimar, ou procurar por Deus em sua vida em primeiro lugar. Mas, cuidado com os que querem fazer de vocês negócios, mercado da fé, uma simples mercadoria, um cliente em potencial, um Zé Mané.
    Se eu desse e pregasse dízimo sem amor, nada seria.

    Deus abençoe a todos em nome de Jesus.

    1. a. marcon disse:

      Não consigo entender esta do Edir. Se Deus só se manifesta nas dificuldades da vida, então porque a Universal prega prosperidade, bem-estar físico, paz, etc.? Quer dizer que, depois que a pessoa passa a viver “sem dificuldades” não precisa mais de Deus? Deus não mais precisa se manifestar?

  34. suely disse:

    concordo plenamente,porq hj os pastores acham q os membros ñ tem direito de ficar com o dinheiro do pão para seus filhos,todos os cultos eles tem q falar em dízimo e ofertas,falando palavras ameaçadouras coagindo as pessoas a darem os dízimos,quero deixar claro q ñ sou contra o dízimo Q Deus abençoe a todos os pastores honestos.

  35. Nós, porém, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e uma nova terra, nos quais habita a justiça. II Pedro 3:13
    E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe.Apo 21:1
    A cidade não necessita nem do sol, nem da lua, para que nela resplandeçam, porém a glória de Deus a tem alumiado, e o Cordeiro é a sua lâmpada.
    As nações andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória.Apo.21:23:24

    COMENTÁRIO:

    Quem quiser ver como foi o Jardim do Éden, é só olhar para o futuro, não relativo a Nova Jerusalém que substituirá o Sol que conhecemos hoje, pois estará reservada somente para os Cristãos. Mas refiro-me as nações que andarão à sua luz, pois da mesma forma estes não verão a Deus foi como Adão no Éden. E no lugar de ouvir a voz do Senhor, receberão o mantimento de uma folha da árvore da vida a cada mês por ano. Podemos dizer que a nova terra será uma continuidade do que foi principiado no Éden e no lugar da Árvore da vida, só a folha, enquanto a Igreja estará contida na Nova Jerusalém.

    Parece-me que a pregação do Edir Macedo não está destinada para Cristãos vencedores.

    Fernando Camboim Filho (Irmão na fé)

  36. Mesmo todos olhando o bispo com maus olhos e tudo mais, ainda assim ele continua pregando a mensagem da bíblia de uma forma pratica e não teorica.
    Os que aceitarem e praticarem a bíblia, vão fazer a diferença, quem não praticar a palavra de Deus vai ficar ai se contentando em ficar postando comentarios sem ver nada acontecer nas suas viDAS. Essa é a fé.

    1. Gostei do seu comentário.
      Totalmente verdadeiro… Fé é tudo!
      Quem não quer praticar a palavra de Deus realmente fica arrumando essas desculpas. Inclusive usando a desculpe de que foi abolida por Jesus.
      Deus por acaso é de mudar o que diz???? De maneira nenhuma!

  37. Mas de que adianta dar o dízimo a IURD, se o dinheiro vai para TV RECORD, para promover prostituiçao!

  38. Diana Rocha disse:

    Dizimar na casa do Senhor é um princípio que todos nós cristaos deveríamos cumprir por amor a obra do Senhor, pois atraves das nossas contribuições e quando estas sao empregadas visando o reino de Deus, as igrejas continuam de portas abertas, mais pessoas sao alcancadas pela pregacao da evangelho atraves de programas de TV, de radio, sites na internet, obra missinoraria e etc… este deveria ser o foco principal do dizimo. Algo simples que nao requer muito para ser cumprido.. Porem o que acontece é a apelacao exagerada atraves de interpretacaoes equivocadas da Palvra do Senhor e elaboracao de fabulas para que o povo entregue dizimos e ofertas prometendo em troca uma formula quase magica para prosperidade, riqueza, liquidacao de dividas e ate mesmo salvação. No fundo, tanta enfase assim esconde ganância, cobiça e amor a Mamom da parte de muitos lideres de hoje. Estes nunca deveriam ser chamados pastores pois nao dao a vida pelas suas ovelhas, antes as abatem quando as expoem a um evangelho mentiroso e longe de Cristo.
    Lembrem-se os fariseus davam dizimo de tudo, no entanto o senhor nao se agradava deles; pois deixavam de lado coisas mais importantes como o amor, a justica, a misericórdia e a fé.
    O foco das igrejas jamais poderia ser arrecadacao de dizimos, mas sim a busca pela face do Senhor, por conhece-Lo cada dia mais, por ser cheio do Espirito Santo, por santificação, pela salvação de mais e mais almas, dai sim o Senhor se agradaria daqueles que dizem ser sua Igreja, entao seriam verdadeiramente prósperos. Por enquanto sao apenas cegos, nus e pobres, deturpadores da Palavra de Deus….

    1. linda colocacao amor…..e o melhor de tudo eu sei q vce fiel..rsrs.nos dizimos e oferta..rs….antes e depois de passar no concurso..eersrs…por isso..q aos meus olhos vc esta a frente rsrss.bjosss amorr…

    2. VC ESCREVE MELHOR DOQ EU AMOR….SOU MEIO..RUD..RS…rsrs..

  39. Quer fazer a vontande de Deus em forma de dizimo? Pegue a decima parte do que vc recebe e compre de alimentos, remedios e agasalhos e doe para os necessitados. Vc pratica o amor ao próximo da forma mais urgente que isso, e aproveite para falar as Boas Novas para os necessitados! Ou seja, seja um cristão amoroso e não um patrocinador de riquesa de "pastor".

  40. Erasmo disse:

    o dizimo biblico nao e para encher bouso de pator nao, ele tem uma finalidade que e ajudar os nessecitados e as viuvas da igreja,mais oque vemos principalmente nas igrejas universal d reino de Deus, fasem uma lavagem celebral nos seus menbros e usam as escrituras para isso i é claro e evidente que ele se manisfeste em relação a esse termo, porque foi ele mesmo que ensinou aos seus bispos la nos estados unidos no hiat, edir macedo vc precisar urgentemente pedir desculpas a os seus fieis e se dobrar aos pes de cristo pedindo perdão.

  41. luiz ramos disse:

    Enojo-me de ler esses tipos de ensinamentos, que distorcem o verdadeiro sentido das sagradas escrituras, este homem chamado edir macedo é um mercenário que só visa dinheiro nas suas pregações. Dizer que: “Para tornar-se a Deus tem de ser, primeiro, dizimista fiel. Do contrário, manter-se-á distante dEle que, na prática, significa maldição.”
    Isto é uma heresia!!!
    Veja agora seu edir macedo, neste trecho de Mateus 4:17 o que nosso Salvador diz para tornar-se ao Criador Eterno Pai! (“Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.” Matesu 4:17). Para que alguém se torne ao Criador dos céus, tem que se ARREPENDER primeiro e não dar o dizimo!
    Seu HIPOCRITA MERCENARIO!!!!!!!!!!

  42. JÓ GOMES disse:

    Quanto ódio pessoal !
    Por que vocês se incomodam tanto com o qui bispo Macedo prega?
    Eu devo dizer que a FÉ não para todos.
    DEUS abençoe a todos.

  43. JSB disse:

    Só Jesus na causa, quem é ele pra fala “O que adianta confessar Jesus como Senhor e Salvador, se, na prática, não obedecer a Sua Palavra?”

    1º Deus nunca cobrou nada para fazer curar ou abençoar. O evangelho de Cristo é tão simples, e esse cara sempre coloca $$$ acima de tudo, os discursos dele é sempre sobre $$$ pra alguém receber a cura, milagre de Deus tem que ter $$$ o voto de confiança de fé é $$ daqui a pouco ele vai vender a salvação, esse homem precisa ter um encontro com Jesus.

    Eu acho certo a gente dar o dizimo, mas aprendi que dizimo não se dar porque é uma obrigação, Deus quer sempre que tudo que façamos para ele seja com sinceridade, Além do mas não iremos morar no céu porque demos o dízimos ou porque respeitamos a doutrina do “homem” porque se fosse assim todos os Fariseus teriam se salvado, iremos pro céu porque VERDADEIRAMENTE o evangelho de CRISTO viver em nos e nos VERDADEIRAMENTE vivemos no evangelho de CRISTO, ser Cristão não é ser parecido com FARISEUS mas sim como CRISTO sejam imitadores dele! agora vem um é te dar uma “receita” pra ter incida a como ser salvo ah pera ai né? eu tenho uma receita meu amado tenho a PALAVRA DE DEUS, não adianta só ter tem que ler e praticar!

    A paz do Senhor Jesus Cristo, Noiva de Deus!

  44. Para o Edir Macedo a 'medida do ter nunca enche' ele está sempre querendo mais, disputando com outros do mesmo naipe os incautos e explorados fiéis. Este sujeito comprou no mês apassado o jornal O DIA do Rio de Jeneiro por 75 milhões de dólares. Com dinheiro do DÍZIMO! Já é considerado um dos homens mais ricos do Brasil e não se cansa de explorar o POVO sem conhecimento Bíblico. É um estelionatário de primeira classe! Vendedor do nome de Jesus! Hipócrita! (2Cor. 11:12-15; 1Cor. 9:18; 1Tim. 6:5-11; Mateus 23:28,29) A Bíblia adverte: "O caminho do tolo é direito aos seus próprio olhos, mas quem escuta conselhos é sábio" (Prov. 12:15) E Jesus foi lacônico: "Este povo me honra com os lábios, mas seus corações estão muito longe de mim" (Mat. 15:8)Acooooooooooooooooooooooooordem!!!!!!!!!!!

  45. edir macedo é um enganador torpe. O centro de sua pregação, de sua vida religiosa é o dinheiro, a torpe ganância. Os demais assuntos não passam de argumentos para tirar proveito (roubar) de pessoas que se deixam enganar por esse psicopata.

  46. Será que posso dar o dízimo noutro lugar que não seja a Universal, por exemplo, na Igreja Mundial do Poder de Deus?

  47. fabio jorge disse:

    O que os senhores sabios e entendidos dizem quando a palavra do senhor diz que o ultimos dos profetas foi joao batista, mas, o menor sera maior do que ele, e que eu saiba a biblia diz que sao dez os mandamentos, nao sao onze, dizimo e uma questao de fe e nao e lei.

  48. quanta gente perdida, que não estão atento na palavra de DEUS, achando que dizimo é 10% do seu salario suado e dado para mãos de pastores e igrejas.pessoas que estão abandonando a liberdade em cristo e vivendo escravo de uma lei inventada que não tem nada haver com a palavra.

  49. QUEM TRANSFORMOU DÍZIMO EM DINHEIRO DEUS OU OU OS HOMENS.
    deuter.12:17,18 14:22 ao29.A BÍBLIA É O MELHOR ENSINAMENTO PARA NÃO SERMOS ENGANADOS.

  50. Chaeltre On disse:

    Se era pra fazer o que está na Bíblia, onde tá escrito que tem que enriquecer com o dinheiro dos fiéis? A ganância não é pecado? Como será que o Edir macedo paga o seu Dízimo? Ele deve trocar o dinheiro no bolso esquerdo para o direito. E como ele paga a Record pelo horário na televisão? Ele devolve o que tá no bolso direito para o esquerdo.

  51. Wilson Lira disse:

    Isto é desespero, ta faltando grana na universal; vende o fruto das outras nove arvores.

  52. Wilson Lira disse:

    Aquele que fez todas as coisas tiraria dinheiro de aposentados miseraveis fazendo promessas de prosperidade? não pode ser o Deus verdadeiro.

  53. DANIEL disse:

    A carapuça é para os irmaus:

    http://prdaniellopes.blogspot.com.br/2012/09/evangelicos-ladroes.html

    Quem responder é porque a carapuça serviu.

  54. falsos profetas dízimo nunca foi dinheiro sempre foi grans e só os levitas tinham direito sobre os dízimos

  55. Disse também o Senhor a Arão: Na sua terra herança nenhuma terás, e no meio deles nenhuma porção terás; eu sou a tua porção e a tua herança entre os filhos de Israel.

    Eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo serviço que prestam, o serviço da tenda da revelação.

  56. Fernando disse:

    Esta é uma verdadeira “EXEJEGUE”

  57. Paulo Di Tarso disse:

    Esses homens de deus só estão seguindo a bíblia – Veja o que esta escrito em Marcos 10:21

    E Jesus, olhando para sua carteira, se interessou e lhe disse: Falta-te uma coisa: dê o dízimo para a minha igreja e terás prosperidade financeira; e vem, pega a placa de minha igreja, e segue-me.

    Paulo Di Tarso – paulo.ditarso@bol.com.br

  58. Hubner disse:

    O dízimo, segundo a Palavra de Deus

    Em nenhum lugar nas Escrituras Sagradas você vai encontrar pessoas devolvendo dízimos em dinheiro. Na Bíblia, o dízimo está associado a cereais e rebanhos, ou seja, frutos da terra em geral. Antes do período da lei, Abrão (mais tarde chamado Abraão) deu os dízimos dos bens que havia conquistado dos inimigos (Gênesis 14:16-20) durante uma batalha. Melquesedeque saiu ao encontro de Abraão porque era rei de Salém, e recebeu o tributo. Isso aconteceu uma única vez e não há mais registros de que Abraão tenha dizimado depois.

    Quando as Escrituras Sagradas começaram a ser redigidas (por volta do ano 1500 antes de Cristo), o dinheiro (em hebraico כסף) já existia, conforme Gênesis 17:12, Deuteronômio 14:25, Êxodo 12-44, Números 3:49, 1 Reis 21:2, etc. Apesar disso, o povo deveria seguir as determinações de Deus e dizimar apenas dos rebanhos e cereais, conforme escrito em Deuteronômio 14:22, Levítico 27:30, Êxodo 34:2; 26, 1 Samuel 8:17, etc.

    “Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do SENHOR; santas são ao SENHOR.” (Levítico 27:30)

    Desse modo, as pessoas que exerciam outras profissões, tais como artesãos (Êxodo 31:3-5), copeiros e padeiros (Gênesis 40:1-2), carpinteiros e pedreiros (II Samuel 5:11), músicos (I Reis 10:12), alfaiates (Êxodo 28:3), mestres-de-obras (I Reis 5:16), ourives, pescadores, mercadores, coletores de impostos, guardas, cozinheiros, não poderiam dar dízimos, mas apenas ofertar.

    Na Bíblia, Deus não recebeu dízimo em dinheiro, apesar de existir o dinheiro, e ninguém pode provar o contrário. Observe:

    “Separem o dízimo de tudo o que a terra produzir anualmente. Comam o dízimo do cereal, do vinho novo e do azeite, e a primeira cria de todos os seus rebanhos na presença do Senhor, o seu Deus, no local que ele escolher como habitação do seu Nome, para que aprendam a temer sempre o Senhor, o seu Deus. Mas, se o local for longe demais e vocês tiverem sido abençoados pelo Senhor, pelo seu Deus, e não puderem carregar o dízimo, pois o local escolhido pelo Senhor para ali pôr o seu Nome é longe demais, troquem o dízimo por prata, e levem a prata ao local que o Senhor, o seu Deus, tiver escolhido. Com prata comprem o que quiserem: bois, ovelhas, vinho ou outra bebida fermentada, ou qualquer outra coisa que desejarem. Então juntamente com suas famílias comam e alegrem-se ali, na presença do Senhor, do seu Deus.” (Deuteronômio 14:22-26)

    Como vimos, Deus não aceitaria a prata no lugar do dízimo, ou seja, o dinheiro no lugar dos frutos da terra, mas permitiria, por causa de uma longa distância, a troca do dízimo por prata, por ser fácil de transportar, mas com a condição de o dizimista (homem do campo), já no local indicado por Deus, comprar o que quiser para ali “comer do seu dízimo” e se alegrar na presença do Senhor Deus, o nosso mantenedor.

    Quem não era fazendeiro poderia colaborar com ofertas de alimentos, incenso, utensílios (Neemias 13:5) e também dinheiro:

    “E disse Joás aos sacerdotes: Todo o dinheiro das coisas santas que se trouxer à casa do Senhor, a saber, o dinheiro daquele que passa o arrolamento, o dinheiro de cada uma das pessoas, segundo a sua avaliação, e todo o dinheiro que trouxer cada um voluntariamente para a casa do Senhor,” (2 Reis 12:4)

    Algumas ofertas deveriam ser feitas obrigatoriamente em dinheiro, como a do arrolamento citado na referência acima, em obediência ao escrito em Êxodo 30:13-16.

    Consideradas essas coisas, podemos concluir que a igreja, no período atual, vem utilizando a palavra “dízimos” equivocadamente e fora do seu contexto original.

    Atualmente, muitas denominações ensinam que os crentes devem dar 10% do salário, caso desejem ter uma vida financeira abundante e intocada pelo devorador. Quem não dá o dízimo, dizem alguns, está sujeito à ação do devorador, é ladrão e está roubando a Deus. Para sustentar esse ensinamento equivocado, utilizam indevidamente o capítulo 3 de Malaquias, que não está dirigido à igreja, mas apenas à nação de Israel, sob o regime da lei (Malaquias 4:4).

    A Palavra de Deus nos ensina, no entanto, que toda maldição (inclusive a do devorador) foi desfeita com o sacrifício de Cristo (Gálatas 3:13), pelo menos para os que creem nisso. Porém se o crente ainda deseja se justificar pelas obras da lei, o tal permanece sobre o efeito de qualquer maldição (Gálatas 3:10), inclusive a do devorador.

    É importante esclarecer que o devorador não é um demônio, como alguns pensam, mas sim uma espécie de gafanhoto. Observe essa passagem:

    “O que o gafanhoto cortador deixou o gafanhoto peregrino comeu; o que o gafanhoto peregrino deixou o gafanhoto devastador comeu; o que o gafanhoto devastador deixou o gafanhoto devorador comeu.” (Joel 1:4) Nova Versão Internacional.

    As Escrituras Sagradas nos alertam para a possibilidade de passarmos até por alguns apertos. O próprio apóstolo Paulo padeceu necessidades, enfrentando até mesmo a fome, porque não tinha dinheiro:

    “porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.” (Filipenses 4:11-12)

    O profeta Malaquias não se dirigiu à igreja, do contrário Deus estaria entrando em uma irreparável contradição ao prometer bênçãos e prosperidade, mas ao mesmo tempo permitindo que os crentes, inclusive dizimistas, enfrentassem necessidades tão grandes, como as que Paulo enfrentou.

    Outra questão importante é acerca da legitimidade para receber dízimos (frutos do campo). Quem pode atualmente tomar dízimos, segundo a Palavra de Deus?

    “E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.” (Hebreus 7:5)

    Portanto atualmente ninguém no mundo tem autorização, segundo a lei, para tomar dízimos do povo. Nem mesmo entre os judeus legalistas em Israel, pois não há mais templo e levitas servindo como sacerdotes.

    Considerando que o dízimo só poderia ser dado por agricultores e criadores de rebanhos, e que o Senhor Jesus Cristo cumpriu toda a lei com perfeição e sem cometer qualquer tipo de pecado, podemos concluir que Jesus não dizimou no templo e nem cobrou dízimos de qualquer pessoa por dois motivos muito simples: o primeiro é porque Ele exerceu o ofício de carpinteiro (Marcos 6:3), e não de produtor rural; o segundo é porque não pertenceu à tribo de Levi, mas a de Judá.

    “Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.” (Hebreus 7:14)

    Desse modo, é incorreto afirmar que Jesus Cristo, em Mateus 23:23, esteja cobrando dízimos da igreja. Nessa passagem, o Senhor repreendeu duramente os escribas e os fariseus por se preocuparem com as coisas mínimas da lei, mas desprezarem as que importavam mais: o juízo, a misericórdia e a fé.

    “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.” (Mateus 23:23)

    Repare que o dízimo dado pelos fariseus e pelos escribas era constituído apenas de produtos do campo. Eles eram tão meticulosos que se preocupavam com coisas mínimas, mas esqueciam das mais importantes. Perceba que o Senhor Jesus não incluiu o dinheiro na relação, apesar de haver grande circulação de moedas romanas naquele tempo (Mateus 22:19-21).

    O fato de Jesus Cristo ter falado para os fariseus não omitirem o pagamento dos dízimos não dá respaldo algum para o pagamento de dízimos pelos crentes, e ainda mais em dinheiro. É preciso compreender que o Senhor Jesus está se dirigindo a pessoas que viviam sob o regime da lei.

    Dizer que a igreja deve devolver dízimos só porque a palavra dízimos apareceu no evangelho não é um argumento válido. Nem tudo que está no evangelho se aplica para a igreja ou para a sua vida. Por exemplo, o evangelho informa que o Senhor Jesus foi circuncidado ao oitavo dia (Lucas 2:21), mas isso não significa que você tenha que fazer o mesmo só porque esse texto está no Novo Testamento. Observe ainda a passagem abaixo, retirada também do evangelho:

    “E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra. Disse-lhe então Jesus: Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho.” (Mateus 8:2-4)

    Atualmente, se alguém é curado milagrosamente por Deus, o que recebeu a cura não precisa guardar segredo e nem muito menos pagar a oferta determinada por Moisés. Hoje ela deve contar isso para o maior número de pessoas, a fim de dar testemunho do poder do SENHOR para honra e glória de Deus.

    Para compreender as Escrituras Sagradas, é necessário obter inspiração do Espírito Santo, considerando o contexto, o momento histórico, os destinatários, costumes locais (como rasgar as vestes, lançar poeira para o alto), etc.

    Na Bíblia não existe qualquer mandamento para a igreja no sentido de arrecadar dízimos e muito menos que esses dízimos sejam dados ou devolvidos em dinheiro.

    Todavia, encontramos algumas instruções no sentido de a pessoa contribuir para socorrer os mais carentes (1 Coríntios 16:1-3). Hoje, as contribuições podem ser utilizadas para alimentar e vestir os mais necessitados, distribuir exemplares da Bíblia e mensagens de evangelismo, possibilitar a pregação da Palavra de Deus nos pontos mais distantes (existem custos), permitir o funcionamento dos locais de reunião (limpeza, água, luz, aluguel), custear a vida sem extravagâncias de obreiros (Mateus 10:10; 1 Timóteo 5:18) que vivam exclusivamente em prol da obra de Deus. Se o obreiro de Deus possuir emprego, há recomendação bíblica para que não seja pesado aos demais. Tudo deve ser feito com muita transparência e temor a Deus.

    O valor a ser destinado para a obra é pessoal (2 Coríntios 9:7), conforme a renda (1 Coríntios 16:2), liberal (2 Coríntios 9:5) e, por mais incrível que pareça, dentro das possibilidades financeiras (2 Coríntios 8:12), a fim de que não se sobrecarregue financeiramente (2 Coríntios 8:13). Leia as referências bíblicas indicadas e constate por si mesmo.

    Ao observarmos o capítulo 4 de Atos, do versículo 32 ao 35, não encontraremos qualquer indício de que a igreja primitiva devolvesse dízimos. Segundo as Escrituras Sagradas, os membros possuíam todas as coisas em comum. Quando chegava um novo convertido, este vendia suas herdades, apresentava o valor diante dos apóstolos e dos demais e imediatamente o valor era dividido entre todos, inclusive entre os membros, de acordo com a necessidade de cada um, o que justifica o fato de não haver necessitado na igreja. Esse modelo de igreja acabou muito rápido.

    Colabore com a sua congregação, ajude sua família, socorra os mais necessitados, faça tudo dentro das suas possibilidades.

    O “dízimo em dinheiro” foi inventado no século V, pela igreja Católica, embora essa prática tenha adquirido força somente a partir do século VII. É importante lembrar que a igreja evangélica surgiu da católica, o que justifica o fato de esse procedimento ter sido preservado, juntamente com alguns outros incorretos.

    Atualmente, o dízimo em dinheiro é mais comum nas Américas e em parte da Europa. No Brasil, é difícil encontrar uma congregação que não mencione o dízimo, mas isso não é motivo para não congregar.

    “Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.” (Eclesiastes 11:2)

    Espero que o Espírito de Deus possa falar melhor ao seu coração.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *